segunda-feira, 18 de outubro de 2010

MAIS UMA BLASFÉMIA (correio da manhã)


Comunicado SLBenfica

A intenção de uma notícia

Vivemos tempos perigosos no jornalismo, tempos em que, infelizmente, se começa generalizar a prática de ‘adaptar’ os esclarecimentos ou declarações que são solicitadas ao lead da notícia previamente formado. Aconteceu ontem, uma vez mais.

A meio da tarde fui contactado pelo jornalista Miguel Curado do Correio da Manhã que me questionava sobre uma suposta dívida do SL Benfica à PSP, dívida essa que constava de uma lista divulgada pela ASPP (Associação Sindical dos Profissionais da Polícia).

A minha primeira reacção foi de prudência, informando-o que estranhava tal facto, que estranhava ainda mais que as dívidas à PSP fossem divulgadas por uma associação sindical, alertando-o para o facto de ser domingo e não puder garantir com os serviços financeiros do Clube semelhante informação.

A este primeiro momento, seguiu-se um outro em que contactei o Director de Segurança do Clube que me garantiu não ter preasente nenhuma dívida à PSP, até porque os actuais procedimentos instituídos entre a PSP e o SL Benfica não o permitiriam.

Tomei a iniciativa e voltei a falar com o jornalista identificado, explicando-lhe que no Clube não havia memória de tal dívida, mas mais, que se a justificação da mesma se prendia com “serviços solicitados para o acompanhamento de claques” (como me fora transmitido), então sim, podia-lhe garantir que a informação não tinha qualquer fundamento, em primeiro lugar porque o Benfica “não tem claques, mas sócios e adeptos” e, em segundo lugar, porque “os encargos resultantes da segurança dispensada aos sócios e adeptos, nas deslocações fora, são sempre da responsabilidade do clube visitado”. Portanto, o argumento caía pela base! No que ao SL Benfica se referia não havia notícia!

Erro meu! O título desta manhã, e deste diário, anuncia a dívida, e as minhas palavras convenientemente “adaptadas” para dar sustentação a uma informação que já fora previamente construída.

Assim, para que fique claro, o Benfica não tem nenhuma dívida pendente à PSP. Mais, os serviços solicitados à PSP são pagos por antecipação. Vou repetir: são pagos por antecipação. E só mais uma nota: ao contrário do que o senhor Paulo Rodrigues, presidente da ASPP, afirma, o SL Benfica não tem qualquer “conflito institucional” com a PSP. Os conflitos institucionais da ASPP ou do seu presidente não são seguramente com o SL Benfica.

Mas como nenhum esclarecimento ou correcção repõe a verdade de um título panfletário, o SL Benfica vai processar o Correio da Manhã, o jornalista “adaptador” e o presidente da ASPP, pela leviandade da informação prestada.

João Gabriel, Director de Comunicação SL Benfica

A blasfémia podem ler aqui


2 comentários:

  1. manosguachos é como comentei ontem, é deixá-los morrer à fome.Os corpos sociais do Benfica esqueceram-se de apelar à não compra de jornais formatados para dizer mal do Benfica.Eu ainda compro a bola mas está por um fio.Agora tenho a Gloriosasfera e o site do Benfica para me pôr a par do que se passa no clube.
    j.rodrigues

    ResponderEliminar
  2. Tal e qual J.Rodrigues,está tudo nas nossas mãos,
    cabe aos benfiquistas deixar de comprar esses pasquis de merda, só indo-los ao bolso "n/comprar Jornais" é que eles vão abrir a pestana.
    O GuachosVermelhos, há anos que os topou e nem uma coroa furada gasta com esses pasquins de merda. Está na hora dos benfiquistas abrir de uma vez por toda os olhos.
    E PLURIBUS UNUM.

    ResponderEliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não vale a pena perderes tempo...faz-te à vida malandro.