sábado, 11 de dezembro de 2010

LUIÍS FILIPE VIEIRA

Tal como todos os benfiquistas esperavam o Presidente apareceu a dar a cara.
Fê-lo ( no lugar certo, BTV) com a serenidade que se impunha, num discurso calmo mas incisivo de onde destacamos o seguinte;

“Jesus é o meu treinador”

 ”Nenhum benfiquista pode ter memória curta. Jorge Jesus é o mesmo treinador que nos deu o título de Campeão Nacional. Neste momento, ninguém está satisfeito. Não imaginávamos estar a passar esta fase menos boa, mas o Sport Lisboa e Benfica tem treinador e vai continuar a tê-lo. Jorge Jesus é o meu treinador, o nosso treinador e o de todos os benfiquistas.” Seguiu-se um repto: “Nos momentos mais complicados é que devemos estar unidos. Faço desde já um apelo aos adeptos, para, já com o Sp. Braga, virem à Luz apoiar a equipa e acreditarem nela.”

Também...

“É preciso não ter memória curta”

“O Benfica tem um projecto e um futuro risonhos, mas deixem-nos trabalhar. Sei que temos o treinador e os jogadores certos. Vamos todos em conjunto tentar inverter esta situação, e adquirir a confiança para voltar a ser Campeões Nacionais”.  “Convém não esquecer que na época transacta ganhámos dois títulos, coisa que não acontecia há 17 anos. É preciso não ter memória curta! Também estamos a preservar a nossa história e o nosso espólio de conquistas.”

Ainda;

“A revolução não é a que vem nos jornais”

”A revolução está a acontecer mas não é a que vem nos jornais. É na estrutura profissional, no espólio, na criação do nosso Canal de TV, é a revolução da credibilidade, dos ordenados em dia... Não se pode deixar o Benfica à mercê como o que aconteceu num passado recente. Ando igualmente triste mas tenho a noção exacta do que tenho de fazer para voltar às coisas boas. O resto não me merece comentários. Infelizmente esse tipo de notícias vendem e não podemos fazer nada.”

Finalmente...

“No tempo da euforia tudo é fácil, mas nas alturas mais complexas é que temos de estar unidos. É verdade que o Benfica tem sido prejudicado em alguns jogos que nos empurram para baixo, mas não nos conseguem abater. O grande balneário é ter o estádio cheio no domingo”,

Não entrou a matar com um discurso inflamado disparando a torto e a direito, preferindo manter a serenidade, dando assim a ideia que o Líder está calmo mas atento! A situação menos boa em que nos encontramos ainda pode ser revertida!

Onde penso que ficou aquém do seria necessário foi na abordagem às arbitragens:

«A única coisa que espero é que os critérios sejam iguais. Ainda recentemente vimos como se marca um penalty a um adversário nosso. Para se marcar um penalty ao Benfica parece que há um sinal a dizer STOP para não se marcar»,

Não que não esteja dito o excencial, mas faltou talvez um carregar mais inflamado no tema...

2 comentários:

  1. Senhor Presidente
    Tenho Meo e o Canal Benfica e por isso tenho visto o SLB em todas as modalidades.
    Mas Sr. Presidente eu troco tudo pelo Futebol.
    Inventar como representante do SLB o Sr. Fernando Gomes não lembra ao diabo

    ResponderEliminar
  2. @VENDING,
    De onde tiraste a ideia que alguem seja ele quem for, inventou o fernando gomes para representar o Benfica?

    ResponderEliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não vale a pena perderes tempo...faz-te à vida malandro.