domingo, 29 de maio de 2011

Alex Ferguson (sir)

                         
Mais que um grande treinador, Alex Ferguson mostra que um gentleman não se mede pelos títulos conquistados, mas pelo respeito que tem pelos seus adversários mesmo que estes momentos antes lhe tenham dado uma "sova" de dificil digestão...a sua face expressava bem o que lhe ia na alma!
Isso impediu-o de ser um cavalheiro? Isso impediu os seus jogadores de unanimemente reconhecerem a superioridade do Barça? Bom...unanimemente também não foi bem assim, houve um jogador (Nani) que no final do jogo de forma imbecil declarou;  «Demonstrámos que tínhamos qualidade para defrontar o Barcelona de igual para igual. Na primeira parte conseguimos aguentar o jogo, conseguimos um jogo equilibrado» e que
«as escolhas dos red devils para este jogo «não foram as melhores»
Em duas frases conseguiu ver o que mais ninguém viu (todos os elementos da sua equipa foram unânimes em reconhecer os méritos do adversário) e ainda criticou o treinador!
Leva-me isto à forma como os portugueses lidam nestes últimos tempos com os sucessos do Barcelona!
Outrora badalada como uma escola de virtudes, passou o Barcelona num ápice, a um grupo de batoteiros! 
Ao contrário, o Real Madrid passou de clube do "regime", a uma espécie de clube indefeso, a quem todos querem fazer maldades!
A avaliar pelo que li e ouvi na ultima semana, a UNICEF, o Platini  (Homem que domina todos os árbitros do mundo) e até o vulcão Islandês, se propuseram derrotar, o indefeso e pequeno Manchester United, unindo-se numa trama que coraria de vergonha o peidoso senil...
Via-se pela cara de satisfação de Platini (aquelas gargalhadas na tribuna de honra) que o plano deu certo!
Logo no inicio da semana, a terrível UNICEF que tem um trato com o demónio, provocou que o vulcão islandês entrasse em erupção e com isso obrigou o Barça a deslocar-se logo na terça feira (estava programado ser só na quinta) para o País do seu adversário...É preciso não esquecer que jogar a final em Londres só trouxe vantagens ao Barça e os sacanas da UEFA (comprados pelo Platini) sabiam bem o que faziam ao atribuir a Wembley a final da champions...(Já ouvi uns zunzuns que o Roberto também anda metido no assunto)
Ora como se percebe começou aí o Barça a tirar dividendos do sucedido (mais dois dias em Londres, longe das suas mulheres e namoradas) enquanto o indefeso Manchester ficava à mercê dos pecados carnais até à hora do jogo, ainda por cima tendo de percorrer os cansativos 250 quilómetros que distam Manchester de Londres!
Não se faz, é muita batotice!
Quando Patrice Evra cortou a bola com a mão (0-0) dentro da área, sem o correspondente penaltie, percebeu-se que o escândalo estava à vista...quando o excelente mas infelizmente já idoso Ryan Giggs, em claro fora de jogo "dá" ao fenomenal Wayne Rooney a possibilidade de empatar o jogo, já poucas duvidas restavam da cabala montada...
Valencia (mascarado de lass diarra) só à 7 ou 8 tentativa levou o amarelo e isso evitou que Nani entrasse mais cedo em campo, favorecendo com isso descaradamente o Barcelona.
Messi, esse moço que apenas sabe atirar-se para o chão, tinha que ser expulso quando louco de alegria pelo golo marcado, assassinou a pontapé um microfone que pacificamente assistia ao jogo na linha final...
(Fosse o microfone um steward mascarado de espectador, e Messi ainda levaria um louvor da liga portuguesa....)
Daniel Alves, teria de levar igualmente o vermelho pois na sequência pisou o mesmo microfone, já depois de este estar desfeito pelos maus figados do Messi!
Segundo freitas lobo (se ele diz, só pode ser verdade) o golo de Messi só foi possível porque o Van der Sar não viu a bola partir! A mim ninguém me convence que não foi mais um frango do Roberto e que Messi afinal o que queria era atirar a bola para fora...
Ao ver-mos o Barcelona entrar campo com 8 jogadores formados nas suas escolas, tendo no banco de suplentes mais 4 formados na mesma "cantera", demonstra que Guardiola é um treinador medíocre, pois conseguiu em 3 anos mandar embora entre outros, Roandinho, Deco, Samuel Eto'o, Ibrahimović e Thierry Henry, optando pelos imberbes rapazes, em detrimento de tão ilustres figuras...
É caso para dizer; assim também eu! Jogar praticamente só com com jogadores vindos das camadas jovens é fácil...gostava de o ver pegar no humilde Chelsea, no pobrezinho Inter de Milão ou no falido Real Madrid e ganhar qualquer coisa! Isso é que eu gosta de ver!
Que dizer de Messi? mais uma vez sem fazer nada que o mereça, recebeu o prémio de melhor jogador!!
Mas aqueles gajos não percebem que ele só joga porque está no Barcelona? Que burros!
A continuar assim ainda lhe vão dar o prémio de melhor do mundo! Só pode ser mais uma cabala...
Cheira-me a "dedo" do Platini, da UNICEF e quem sabe do próprio Roberto, que não duvido estará por trás de mais uma tramoia para tramar algum português asiado...
Fora destas tramoias está o grande Manchester, que galhardamente se bateu com a maior dignidade, apenas não conseguindo fazer o que manifestamente lhe era "impossível"!
Parabéns a Sir Alex fergusson e aos seus jogadores que valentemente, sem recorrer a pancadaria, souberam suportar a derrota com galhardia e grande classe, apenas ao alcance dos grandes Homens!
Já era fã do Manchester, sê-lo-ei ainda com mais prazer...
A Van der Sar, Ryan Giggs, Paul Scholes, Rio Ferdinand e Carrick, possivelmente não mais os veremos numa final da Cahmpions, mas que foi um enorme prazer vê-los durante tantos anos a um nível tão elevado, isso ninguém nos pode tirar, isso e a classe das suas declarações no final de uma derrota, em que quase não tocaram na bola!!!
Palavra final para Wayne Rooney; Que fabuloso jogador!!! Talvez o único jogador do mundo capaz de entrar de caras, no Barcelona actual!!

1 comentário:

  1. GERAÇÃO BENFICA DEIXA DE SER ANÓNIMO AGORA É ...
    www.sakanagem69.blogspot.com

    ResponderEliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não vale a pena perderes tempo...faz-te à vida malandro.