segunda-feira, 2 de abril de 2012

Critica ou Maledicência?

Hoje vou fazer um copy e past descarado de um habitué deste lugar que alguns costumam visitar, uns quantos opinam regularmente e outros (poucos) teimam em deixar uns insultos sem importância...
No post Aplausos vs Assobios  o companheiro que assina ******deixou o seguinte comentário:

Não concordo com os aplausos. 
Não podem os Benfiquistas dar ânimo aos jogadores adversários!
Mas houve antes outra maneira de dar ânimo aos bracarenses ao oferecer-lhes bilhetes a 10 euros!


O companheiro Manuel, veemente e acaloradamente respondeu de forma que eu entendo ser merecedora de um post a propósito, daí o copy e paste descarado...


Manuel disse...
Não, o caso do ****** é o exemplo flagrante de que a maledicência por parte de muitos benfiquistas que passam o tempo à procura de razões para dizer mal do Benfica, da direcção do Benfica (LFV), dos treinadores do Benfica (JJ) e dos jogadores do Benfica (Emerson e outros), dá realmente resultado. Conseguem os seus fins. Por dar resultado é que isso faz muito mal ao clube e às suas pretensões desportivas. Que estão na corda bamba muito por culpa desses maldizentes! 
O ano passado "lixaram" o Roberto, este ano o Emerson. A seguir querem "lixar" o JJ, querem vê-lo pelas costas. Procuram por tudo o que é sítio argumentos para o fazer. 
Inadmissível em adeptos. Dizem que têm o direito de criticar, esquecendo-se que confundem crítica com maledicência. Ignorantes e carneiros do caraças! 
Os benfiquistas gostam de acreditar em tudo o que diga mal do clube, como o nosso amigo *****. Porque quem começou esse boato infame foram benfiquistas em blogues, como o ***, ***** e outros quejandos. Até o ********************* caiu na esparrela! Inventam e insinuam questões que não existem tornando-as verdades. INFAME!
Como disse noutro blogue, existe diferença entre crítica e maledicência. O problema é que quem critica fá-lo de tal modo que se confunde com maledicência, porque a intenção no fundo não é tanto fazer crítica construtiva, mas DIZER MAL. É que a crítica construtiva é muito difícil de fazer pois pressupõe um conhecimento profundo da matéria que é criticada (o que quase nunca acontece). Vejam um blogue onde se faz crítica construtiva, o "***********", por exemplo. 
Quando se diz mal ou se insinua sobre pessoas que não conhecemos, não estamos a fazer crítica construtiva mas apenas a maldizer. Por isso vemos pessoas a fazer crítica, ou a dizerem que estão apenas a criticar, quando o que estão é apenas a fazer maledicência baixa e corrosiva, com intenção clara de mandar abaixo, de destruir. E aí eu e outras pessoas, como adeptos do Benfica, quando toca ao Benfica temos todo o direito de reagir. Se não formos nós a defender os nossos, quem o faz?
Retirei e substituí apenas umas expressões mais "acaloradas" e apaguei o nome dos blogs referiu que espero o Manuel me possa perdoar...

4 comentários:

  1. Caro Guachos

    Conhecendo como conheço o Manuel, penso que não ficará melindrado por teres "limpado" os nomes dos blogs referidos no comentário,até porque todos os conhecem, mas tenho a certeza que preferiria que o não fizesses, por várias razões e, uma delas, é o facto de não se coibir em chamar os bois pelos nomes quando se trata da defesa do Benfica.
    Se eu estiver equivocado, tenho também a certeza de que se pronunciará.
    Quanto ao assunto,é demais conhecida a falácia e a estupidez dos pretendentes a coveiros de LFV e JJ, mas nem sequer para aquele ofício têm categoria para o desempenhar.
    São meia dúzia de bandalhos oportunistas que escrevem o sermão que lhes é encomendado em troca ou pagamento de favores.

    ResponderEliminar
  2. Caro Guachos, infelizmente no SL Benfica sempre tivemos adeptos que vão principalmente à LUZ para assobiar os seus ódios de estimação. Lembro-me disso desde o Néné, os habituais de hoje (Emerson, Cardozo e Gatán) e Nno Gomes que quando jogava pelo SL Benfica era assobiado e com a camisola do Braga é ovacionado. Espantoso este último exemplo.
    Quanto aos blogs, estão mais que identificados, é que realmente são sempre os mesmos, só é enganado quem quer. Deles sai sempre a mesma conversa enfadonha, onde já nem a criatividade a deturpar a realidade é divertidada de ler.
    Eu antes ainda comentava num ou noutro a expôr as mentiras e depois cortaram-me o "pio" através da censura, com desculpas esfarrapadas para justificar essa acção.

    Miguel

    ResponderEliminar
  3. Amigo Guachos, podes citar-me tudo o que quiseres. Eu só quero defender o Benfica e ajudar a torná-lo maior. Tudo o que contribua para isso por mim... TUDO BEM!!!

    Um abraço

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
  4. Claramente o problema (será problema?) de ter muitos adeptos.
    A maioria torna-se fácilmente na representação do povo Português. Por vezes mesquinho, muitas completamente acritico ao que lhe enfiam pelos olhos e ouvidos dentro, por isso incapaz de distinguir critica de maledicencia.
    Aquilo a que chamam critica, não passa do esconder da própria ignorancia numa capa sabichona, tentando dar-se importancia.
    Claro que a ignorancia é que os leva ao seguidismo e à figura de papagaios de repetição, e isso não é culpa deles, mas sim da mediocridade dos poderes vigentes, que neste país sempre acharam ser um povo de ignorantes, dócil e fácil de controlar.
    Por isso como um grande Benfiquista que todos conhecemos da Benfica TV, costuma dizer, são custos de contexto!
    Como é evidente o Benfica é maior que isso. Aliás é isso que o distingue! Foi este mesmo povo que o agigantou e é este mesmo povo que o continuará a agigantar.

    O Benfica é o povo!

    PS. É incontornável fazer o que o Manuel fez. Defender o Benfica da ignorancia ou das intenções dubias. Grande Manuel.

    ResponderEliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não vale a pena perderes tempo...faz-te à vida malandro.