quarta-feira, 27 de junho de 2012

Capitão da treta!

Um capitão de equipa a sério, pegava na bola, assumia a responsabilidade e marcava o primeiro e talvez mais decisivo penaltie, para pôr a sua equipa a ganhar!
Acobardou-se mais uma vez!
E não me venham dizer que o Paulo Bento é que decidiu assim!
Se o fez, foi porque Ronaldo não tem um pingo coragem! É só treta, só prosápia.
Ou então queria marcar o ultimo para ficar com os louros da vitória, o que ainda é mais reprovável!
Nos momentos em que a equipa mais precisa dele, esconde-se e deixa a responsabilidade para os colegas!
Tristeza.
Aquela selecção merecia um capitão a sério!
Pepe apesar se ser brasileiro, é mais capitão num dedo que Ronaldo no corpo inteiro.

7 comentários:

  1. Concordo.

    E aquele penalti era o mais importante, era ali que se ganhava confiança para o resto dos penaltis.

    Falta muito para Ronaldo ser capitão.

    Até o admiro como jogador, mas é muito fraco como capitão.

    ResponderEliminar
  2. Não concordo!
    Não há necessidade disto.

    ResponderEliminar
  3. Concordo! Digo mais, o melhor (ou pretenso melhor) jogador deve marcar o primeiro ou o quarto penalty. São estes os essenciais para ou tranquilizarem a equipa ou decidirem o jogo. Nesse aspecto, grande Nani! Quanto ao "Birrinhas" (é assim que lhe chamo) lá se fica pelos momentos de protagonismo: até a porcaria dos livres têm de ser marcados por ele mesmo se são mais ao jeito de outro jogador. Já não há a humildade de um "senhor Coluna, deixe-me marcar que eu faço golo."

    ResponderEliminar
  4. este texto vai causar polemica...tas a ofender o maior jogador de todos os tempos....o heroi, o modelo, o trabalhador, o maior!

    e muitos te dirão... não havia necexidade disto! Mas dou um exemplo de verdadeiro capitão na hora da verdade e mto mais jogador que Ronaldo....Andrea Pirlo!E concordo c a essencia do teu comentário!

    ResponderEliminar
  5. Desculpa lá Guachos, compreendo a tua e a nossa frustração, mas não concordo. O homem fez o que pôde e já foi muito.

    Saímos de cabeça erguida e isso é o mais importante. A Espanha foi melhor quando nos faltou o gás.

    ResponderEliminar
  6. Caro Guachos!!! Esclareça me só uma duvida. Aquando o falhanço de Xavi Alonso poderia o Ronaldo bater o n/ primeiro penaltie? Não está previamente estabelecida a ordem dos marcadores?

    ResponderEliminar
  7. Pedro Vale,
    Obviamente que não.
    A forma como pus o problema é meramente retórica...
    O problema não é esse como está bom de ver.
    Faço-te uma pergunta; se durante os 120 minutos de jogo houvesse um penaltie, seria João Moutinho a batê-lo?
    Não, todos sabemos que não. Então porque não assumiu Ronaldo ele próprio o primeiro e talvez decisivo penaltie?
    Por medo? ou seria por que se marcasse o último, (o da vitória) esse seria o que correria o mundo?
    As capas dos jornais e as televisões de todo o mundo que é que mostrariam hoje?
    Estás a ver o filme?
    Essa é a merda que me revolta!

    ResponderEliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não vale a pena perderes tempo...faz-te à vida malandro.