quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Celtic - Benfica - História - Memória - Respeito - Presente

A história benfiquista, é, como sabemos, das mais ricas (mesmo em termos mundiais) em acontecimentos importantes, títulos e honrarias...
É comum usarmos a nossa história para lembrar feitos do passado, gozando com a inveja disfarçada dos nossos adversários e há quem use o nosso glorioso passado para desancar os profissionais do presente...
Ora a história tem sempre dois lados...
Não se pode usá-la para algumas coisas, olvidando-a quando não nos dá jeito...

Quando me debruço para debitar o que me vai na alma benfiquista, é sempre com o intuito de mero desabafo e tenho poucas ou nenhumas pretensões de 'doutrinar' ou influenciar seja quem for que ocasionalmente passe por aqui, menos ainda os que vêm cá mais frequentemente...
Meros desabafos, que muitas vezes (mais, muito mais do que espero) alguns leitores me fazem sentir não estar sozinho nos meus pensamentos, deixando comentários mais ou menos elogiosos, obviamente sempre muito bem vindos...

Neste post, no entanto, confesso que o faço unicamente para lembrar a todos os que passam por aqui, que a história benfiquista, a passada e a presente, sempre em constante evolução, não pode ser tratada à medida de quem a pretende manipular, visando o seu único e exclusivo interesse imediato... 

Celtic 3 - Benfica 0

Quim, Luisão, Léo, Alcides, Ricardo Rocha, Petit, Katsouranis, Simão Sabrosa, Nuno Assis, Nuno Gomes, Fabrizio Miccoli!
Jogaram ainda, Nelson e o mexicano Kinkin Fonseca ...

Derrota por 3-0, tendo em campo defesas centrais como Luisão e Ricardo Rocha, na lateral esquerda o para muitos (não para mim) fantástico Léo, um trinco da categoria de Petit, tendo a seu lado o excelente  Katsouranis, e na frente o grande Simão Sabrosa e os magníficos goleadores Nuno Gomes e Micoli que ainda hoje fazem chorar (de saudades) baba e ranho à maioria (não a mim) dos benfiquistas!
Nada de Melgarejo, Jardel, Miguel Vitór, Matic, Enzo Perez, Gaitan ou do 'desajeitado' Cardozo...

No mesmo local, no longínquo 12 de Novembro de 1969 - 20 H locais...

José Henrique, Malta Da Silva, Humberto Coelho, Zeca, Humberto Fernandes, Jaime Graca, Coluna, Simões, Torres, Eusebio (Jose Augusto 46 mt), Diamantino (Artur Jorge 46 mt)

Derrota por 3-0 e em campo centrais como, Zeca e Humberto, médios da estirpe de Jaime Graça ou do grande capitão Mário Coluna, e na frente Simões, Torres, Eusébio, Jose Augusto, Artur Jorge!!!
Como se percebe, ainda menos de Melgarejo, Jardel, Miguel Vitór, Matic, Enzo Perez, Gaitan, ou do 'desajeitado' Cardozo...

Parece impossível não é? mas não, era mesmo assim; ontem, tal como hoje acontece, havia sempre 3 resultados possíveis e a derrota era apenas um deles!
Com Eusébio, sem Matic, com Coluna, com Humberto, com Luisão, com Léo, sem Jardel, sem Melgarejo! Com Nuno Gomes, sem Cardozo, com Micoli, sem Gaitan, com Simão, sem Enzo...
Ele há coisas do 'caraças'...





2 comentários:

  1. Não é possivel!O Benfica perdia jogos com o Eusébio e o Coluna? Não acredito. E essa dos 3 resultados possiveis também não é de fiar.
    :)

    Abraço

    ResponderEliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não vale a pena perderes tempo...faz-te à vida malandro.