domingo, 4 de novembro de 2012

Ser diferente é...ser normal!

Jesus é diferente!
Os adeptos portugueses estão habituados ao discurso(!) formatado das conferências de imprensa, chatas e cheias de frases feitas, onde todos os treinadores/jogadores dizem basicamente a mesma coisa, repetindo-se todas as semanas - nada de conteúdo - nada de interessante.

Vai ser um jogo difícil - sabemos que se formos iguais a nós próprios estaremos mais próximos da vitória- a equipa está coesa - o adversário é uma equipa difícil - enaltecer a postura dos jogadores, enormes na entrega e no profissionalismo - a equipa esteve concentrada - os jogadores estavam alertados para isso - com esta postura voltaremos a ganhar - perdemos mas ganhamos uma equipa...um sem numero de frases requentadas, que davam para mais 3 paginas de palha seca...

Jesus diz 'coisas' - Jesus fala futebolês mas diz sempre algo de interessante - Jesus fala a linguagem do futebol mas não se limita a repetir o que dizem os outros - Jesus fala de tácita - Jesus fala de jogadores - Jesus fala do jogo - Jesus fala sem subterfúgios -  Jesus é genuíno - Jesus é anti-politicamente correto - Jesus é interessante - Jesus é...diferente!

Eu gosto - gosto de gente diferente - gosto de ser diferente!
Quando Jesus fala, escuto - quando falam os outros, a maioria; mudo de canal!
Agora, querem à viva força calar a única pessoa que fala realmente; a única que realmente diz algo de interessante!
A matilha não gosta de quem é diferente - a matilha ainda não percebeu que não ser culto, não é sinónimo de falta de inteligência - a matilha ainda não percebeu que ser politicamente correto não é sinónimo de competência - a matilha não gosta de  ser forçada a pensar - a matilha gosta de controlar...

Jesus disse mais umas 'coisitas' que ofenderam as cabecinhas pequeninas e estupidamente correctas dos seus 'rafeiros' de estimação...

Diz Jesus para irem ver o que era o Benfica antes da sua chegada - uma ofensa sem igual!
Eu lembro...
O Benfica foi campeão em 1993/94, com Toni, depois em 2004/05, com Trapattoni, e novamente campeão em 2009/10, já sob o comando de Jesus!
(É curioso verificarmos que os dois últimos treinadores a conquistarem títulos tiveram como prémio o despedimento!)

Para quem se esqueceu, estamos na época de 2012/2013, 19 anos depois do titulo de 1993/94 e de lá para cá os títulos foram apenas dois, um deles brilhantemente conquistado por Jesus!
Em 19 anos, Jesus conquistou metade dos campeonatos ganhos pelo Benfica!

Nas ultimas 3 épocas, o Benfica de Jesus chegou ao fim do campeonato com 76 - 63 e 69 pontos!
Como curiosidade, o Benfica de Trapattoni ganhou o campeonato com...65 pontos - 31 golos sofridos e 51(!) golos marcados - 8 empates e...7 derrotas!
Mas o mais curioso é verificarmos que mesmo os míseros 63 pontos de Jesus em 2010 davam para sermos campeões em 2004/05, campeões com Trapattoni!
É que o segundo classificado de 2004/05 fez apenas 62 pontos!

O clube do putedo, (segundo classificado) nessa época órfão de José Mourinho e  atormentado pelo apito dourado, somou apenas 62 pontos!!!
No reinado de Jesus, o clube condenado por corrupção fez 68 - 84 - 75 pontos! 
Os 68 pontos (o mínimo em 3 anos de Jesus) de 2009/10 num ano em que até o Braga ficaria à sua frente, chegavam e sobejavam para serem campeões no ano de Trapattoni...
Falta dizer que em 2004/05 as jornadas foram 34 (18 clubes) e não 30 (16 clubes) como agora acontece - mais 12 pontos possíveis!
Dá para perceber ou é preciso um desenho?

E o resto fica para depois que a missiva já vai longa - esta mania de pensar cansa que não é brincadeira...

9 comentários:

  1. Na minha opinião o problema de JJ vai muito na linha do que dizes, fala de forma sincera e espontânea, sem formatações, algo a que não se está habituado, embora considere que há coisas que devem ser evitadas de ser ditas.
    JJ fala demasiado com o coração e isso por vezes não é bem aceite, eu pessoalmente, exceptuando uma ou outra frase menos prudente, gosto do estilo e acho que dá muito mais verdade ao futebol.

    ResponderEliminar
  2. Uma maioria de parvalhões que nem aos calcanhares de Jesus lhe chegam!
    A maioria dos que lhe mordem as canelas mal sabem escrever português!
    Uns palermas, estúpidos e mal formados, armados em intelectuais...
    Carlos

    ResponderEliminar
  3. "- a matilha não gosta de ser forçada a pensar - a matilha gosta de controlar..."

    Lol! Exactamente, caro Guachos.

    O JJ é genuino. Mas eles sabem lá o que isso é!

    ResponderEliminar
  4. Caro Guachos Vermelhos,

    Concordo com grande parte do que referiste, especialmente no que respeita à qualidade de Jesus que se traduz em pontos, golos e espectáculo proporcionados. Aliás, quando se compara com os anteriores treinadores campeões, deve ter-sem em conta que Jesus dispõe de 30 jornadas, isto é 90 pontos possíveis, e os anteriores de 34 jogos, isto é 112 pontos. No entanto, cumpre fazer alguns reparos. Desde logo, referir, que apesar da sua espontaneidade, o treinador do Benfica deve ser cauteloso quando analisa a performance dos seus jogadores. Não é concebível que se diga na comunicação social que o jogador X não dá para a Liga dos Campeões ou que o jogador Y não tem qualidade para o ataque. É pura e simplesmente desmotivante. Pode dizer-se ao jogador que não se gosta do que faz em campo, mas não se deve criticá-lo e minimizá-lo em praça pública. Outra questão que merece reparo é a do despedimento dos treinadores campeões. Trapattoni não foi despedido. Preferiu ir para perto de casa, para Salzburgo...que é um bocadinho mais perto de Itália que Portugal...De resto, devo ainda referir não fomos campeões em 1993 mas em 1994.

    Saudações Benfiquistas,

    Bruno Antunes

    ResponderEliminar
  5. Que grande "esgalhadela" meu caro Guachos.

    Mas há uma coisa que me atormenta o espírito; leio por aí retóricas "iluminadas" provenientes de intelectualóides de sargeta, que me levam a questionar:

    «ignorância analfabética,» será que isso existe?

    Porra, estou a ficar baralhado!!!

    ResponderEliminar
  6. Meu caro Bruno, Trapattoni saiu pelo seu pé porque percebeu que levaria um chuto do tamanho das roubalheiras do xistra!
    Fomos campeões na época de 1993/94 sim...
    Quanto ao treinador do Benfica dever ser cauteloso, concordo plenamente mas não no sentido que queres dar à 'coisa'...
    No próximo post abordarei essa questão...
    Sabes? a garrafa quando meio cheia também está meio vazia! Depende do dono da mesma...

    ResponderEliminar
  7. Isto de se estar sem net uma semanita no Portugal profundo - e que Portugal - tem destas coisas. Força-nos a na primeira oportunidade vir beber de empreitada a lucidez aqui do caro Guachos.
    Uma dezena de obrigados num só comentário!

    RC

    PS. Ser culto também não é sinónimo de inteligência. E como isso se tem revelado nos ultimos tempos.

    ResponderEliminar
  8. Preferiam um Engodinho para a presidência ou um Vitó Pereira ou Sá Pintas ou lá quem é o treinador para este mês, em vez do Jesus. Mas felizmente no Benfica tanto na direcção como no treinador estão homens que sabem de futebol e melhor ainda, não se deixam levar por quem percebe de futebol como eu percebo de lagares de azeite.

    O Melgarejo não tem nível para avançado do Benfica assim como o Campos internacional mexicano ou Van Der Sar também não tinham nível para jogarem a avançado. Ou como o Ronaldo "Fenómeno" não tinha nível para guarda-redes. Ou como o Coentrão não tinha nível para extremo. Ou como o Javi Garcia não tinha nível para defesa-central. Bem, os exemplos são imensos e qualquer pessoa entende ou devia entender.
    E o lado esquerdo tem estado muito mais sólido que o direito porque o Maxi tem-se esquecido que é um jogador da defesa e não do meio ou do ataque. Esta então qualquer pessoa que não come gelados com a testa entende, a não ser claro que tenham segundas intenções, e seja do seu interesse fingir que não entende.

    Agora o que o Jorge Jesus tarda em entender é que tudo o que faz ou diz, está a fazer ou a dizer nas conferências de imprensa para um grupo de bestas anti-benfiquistas nos media que a única coisa que pretendem é atacar e destruir o Benfica e nada mais. Não é nada contra o Jorge Jesus treinador (estão-se pouco cagando para isso, aliás basta o Jorge Jesus sair do Benfica e assinar pelo Futebol Corrupção e Putas para passar a ser o melhor treinador português do mundo e arredores a seguir ao Mourinho) é contra o treinador do Benfica. O alvo é o Benfica, não o Jorge Jesus.

    Por isso caro Guachos, apesar de ser cansativo, louvo-te a paciência e enquanto continuares a escrever e pensar pela tua própria cabeça nós também vamos continuar a ler-te.

    Cumprimentos

    ResponderEliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não vale a pena perderes tempo...faz-te à vida malandro.