quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Como é diferente o futebol do resto do mundo!

Ficou provado pelo TAS ( Tribunal Arbitral do Desporto) que os turcos viciaram resultados durante a conquista do título turco de 2010/11. Raul Meireles e Bruno Alves já não vão jogar na fase de grupos da Liga Europa.

Aquilo que em Portugal é considerado corriqueiro e elogiado pela generalidade da comunicação social - chamam-lhe estrutura, no resto do mundo é corrupção!
O que em portugal dá direito a medalhas, convites para a AR e jantares com os deputados da nação, no resto do mundo é considerado corrupção!
Cada vez me convenço mais que Portugal não faz parte do resto do mundo!

Burro Alves e Raul Meioreles estão fora das competições europeias porque se provou que o seu clube, o FC Putedo fruta&chocolatinhos, perdão, o Fenerbahçe, viciou os resultados durante a conquista de um titulo!!!

Desde que ambos saíram de Contumil, já vimos Meioreles saír de campo aos quatro minutos de jogo por agressão a um adversário, cuspir num árbitro, e em vez das costumadas medalhas que recebia em Portugal, acabar expulso e castigado!
Maior espanto para todos os portugueses, foi ver Burro Alves expulso num espaço de minutos por acertar duas patadas em adversários! Ninguém o julgaria possível!
Mas o mais espantoso é que o "rascord" não foi entrevistar o seu Pai!

Na passada terça feira, chegamos ao cúmulo de ver Burro Alves sangrar da face, (ver aqui) perante a 'carícia' que o francês Giroud, jogador do Arsenal de Londres, lhe aplicou com todo aproposito!
O ar de estupefacção com que Burro Alves foi fazer queixas ao árbitro da partida, mostra bem até que ponto o estado de desorientação que tomou conta destes moços!

O máximo de sangue que este burro vira até hoje, tinha saído do seu próprio cotovelo ou então das canelas dos adversários!
Consta-se que ambos estarão a caminho do psiquiatra incapazes de lidarem com a situação.
Há que dizê-lo; habituados a um tratamento diferenciado em Portugal, onde cuspir nos árbitros ou pontapear adversários é rotina, não deve ser fácil lidar com tantas e variadas "injustiças"...

Mas há mais...
Eram (são) famosas as "lesões" misteriosas que todas as épocas tomavam (tomam) conta de alguns jogadores do clube da fruta.
Todos os anos saem - por um ou dois meses, alguns jogadores de circulação, sem qualquer justificação médica.
Dos mais mediáticos; Deco um cliente assíduo e sempre presente, Hulk, e ultimamente; João Mortinho!

Deco, que em Barcelona, não dispensava a visita anual ao Povix das antas, e que mesmo já no Brasil, nunca deixou de viajar para Portugal sempre que lhe acabava o 'sustento', acaba de pôr fim à carreira, porque, segundo um antigo companheiro;  «o doping também foi um problema muito grande na carreira dele»

Agora é Hulk, que só de bunda pesa meia tonelada, a recorrer aos serviços do famoso Povix! (aqui)
Ainda nas antas, quando não estava entretido a agredir stewards, a mergulhar na piscina ou a marcar penaltis inventados pelos árbitros, era habito, por alturas de Novembro/Dezembro, ver este moço fazer o 'desmamo' dos primeiros meses da época e preparar a entrada nos meses mais importantes...

Pôr aquela besta a correr desalmadamente sempre foi o cabo dos trabalhos, mas o pior é que parece que a amarelinha deixa hábitos que são difíceis de largar...
Se Deco não dispensava a visita anual ao santuário do druida. Hulk já se percebeu que também não!

Curioso é verificar a "carreira" de João pequenino e Ramés Rodriguez no Principado do Mónaco!
Parece que ambos transportam meia tonelada em cada bota!!!!

João pequenino passou de prodígio físico a suplente não utilizado ou 'lesionado' permanentemente!
A Rámes Rodriguez tiraram-lhe a piscina e o moço ainda se está a habituar a andar de pé!

Vale uma aposta que os próximos 'clientes' a visitar anualmente a clínica das antas vão ser o antigo prodígio físico e o ''piscinas'' Colombiano?

Confusos? vão perguntar ao Casagrande. Ele explica-vos o resto... (aqui)

35 comentários:

  1. Desmestificar este mistério (o de o futebol por cá ser diferente) é fácil.
    Na verdade a resposta é dada no próprio texto quando diz " o
    Fenerbahçe viciou os resultados durante a conquista de UM título".
    Se fizessem o que fazem os corruptos de cá, ou seja viciassem todos os títulos não se passaria nada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tou a ver a ideia...
      Tenho um colega que pede uma dispensa todas as semanas...
      Aquilo tornou-se tão natural que é sempre dispensado, sem discusão!

      Quando alguém precisa da mesma dispensa, mas apenas por uma vez, tá quieto que não pode ser nada!

      Compreendi-te...

      Eliminar
    2. Passa por educar o sistema ao longo de cerca de trinta anos... O criminoso torna-se justo!

      Eliminar
  2. Enormerrimo Guachos, Amigo e Companheiro,

    Estou contigo, a 100%, mesmo pertencendo ao grupo que detesta dizer coisas sem provas insofismaveis.

    Bem, sobre o cadastro criminal do D. Cor(no)leone e "su estrutura" (leia-se "apaniguados"), as provas sao incontaveis, embora o bandido tenha conseguido escapar entre os "intervalos da chuva", perante a falta de vergonha de alguns Juizes.

    Quanto ao resto, desde a BOIADA aos "sorteios" (com quem vai jogar o "Pacos" depois da viagem a S. Petersburgo, por "coincidencia"?), passando pelos administradores da "justica e disciplina" desportivas, vale tudo menos arrancar olhos, mesmo 'a descarada, que a merdia disfarca!

    Um verdadeiro nojo!

    Eu bem sei que estou na minoria que apoia a estrategia deste Presidente ("nao falo sobre arbitros"), mas pergunto-vos a voces, Companheiros que discordam: falar ... de que, exatamente?

    De tudo?
    So' dos BOIS?

    Bem sei que se trata de uma opcao altamente discutivel, mas eu continuo a pensar que a solucao menos ma' passa por Nos concentrarmos no que podemos garantir:
    1 o melhor desempenho desportivo possivel;
    2 o melhor desempenho economico possivel;
    3 manter, sempre, contra tudo e todos, a determinacao de fazer mais e melhor;
    4 correr os riscos do isolamento e da inovacao, acreditando sempre na Vontade dos Benfiquistas; e, finalmente,
    5 em momentos "chave", cuidadosamente selecionados e nas melhores oportunidades, "arrear a "jiga", em "ataques" incontestaveis, objetivos e diretos, visando objetivos bem determinados e exequiveis.

    Dificil?
    Nao, dificilimo!

    Ja' estamos mais perto?
    Inquestionavelmente!

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é meu amigo, pois é...
      Para já levamos com o Huguinho para Alvalade!
      E o mais que se seguirá...

      Numa coisa concordo contigo; se ultimamente não tem melhorado o "tratamento" arbitral ao Benfica, seguramente que durante muitos anos foi muito pior!

      Parece que Paços vai receber os compadres de Contumil em Penafiel - por causa das obras...
      Um 'bico' de obra!

      Eliminar
    2. Va' la', cheguei a pensar que o desafio fosse no ladrao.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
    3. Caro José Albuquerque,

      concordo substancialmente consigo, embora considere que o ponto 5 não tenha de ser realizado dessa forma.

      Porque é que, falar civilizadamente sobre situações objectivas e incontestáveis que nos afectem, só deva ocorrer apenas "em momentos "chave", cuidadosamente selecionados e nas melhores oportunidades"?

      E, quando se decidir falar sobre alguma situação, porque é essa comunicação deverá ser em forma de "ataques" (presumo que na forma de comunicado oficial ou nos moldes da conferência de João Gabriel do ano passado?

      Qual a razoabilidade da figura a que se presta Rui Gomes da Silva, se não pode comentar o que se vai passando? Mas que mordaças, amarras e complexos são esses que inibem os dirigentes e, em consequência, os jogadores?

      Não são esses "ataques" de meia dúzia de palavras, afinal, que depois aparentam ser uma desculpabilização para algo que ocorreu ou para algum desaire que se espera que ocorra? Não se transmite assim uma mensagem de medo, ao contrário da mensagem de confiança e otimismo que os jogadores e adeptos precisam nos tais momentos "chave"? Não se dá assim a ideia de que os dirigentes estiveram a dormir ao longo dos acontecimentos, para, de repente acordarem para a casa arrombada?

      Não se atingirão melhores resultados com uma comunicação permanente, abordando com naturalidade os casos de cada jornada, sobre aquilo que se vai passando, consciencializando assim os "atores" para a atenção que se presta ao desempenho dos mesmos?

      Eu prefiro uma comunicação de proximidade, que vá vincado pontos sobre a as boas e as más decisões arbitrais e disciplinares ao longo da época, que comunicados indignados feitos fora de tempo.

      FORÇA BENFICA!
      E PLURIBUS UNUM!

      Eliminar
    4. Enorme Superaguia1904, Companheiro,

      Ok, mas vamos tentar concretizar, se quisermos avancar no tema.

      Eu dou-te, como exemplos, os dois momentos mais graves da epoca transata: a campanha "Capela" depois do "derby" e a "cena" na "final four" do Hoquei.

      Agora, por favor e para eu entender perfeitamente, sugere-me tu alguns exemplos, ainda que "teoricos", de como tu preferias ter visto as coisas a serem feitas.

      Olha que se tiveres muito para escrever, podes remeter o texto para o GUACHOS, porque imagino que ele vai aplaudir e publicar esse teu contributo.

      Mais acima, o Enormerrimo Guachos referiu-se a esta nomeacao (ridicula, como seria outra qualquer que recaisse num BOI "internacional") deste BOI e eu pergunto-te se achas que o Glorioso a deveria contestar?

      E, contestando ou nao, imaginando que vamos ser ROUBADOS (eu nao espero outra coisa), o que sugeres que o Benfica fizesse?

      Eu sei que estou em minoria e, ainda por cima, vejo na maioria alguns dos Benfiquistas que mais respeito, como tu, o Guachos, o Carlos Alberto e tantos mais, mas , acredita, nao consigo imaginar solucao alternativa.

      Por isso vos peco (com cedilha, ahahah) ajuda, ajuda na forma de exemplos o mais concretos possivel.

      Para veres que estou de inteira boa fe', vou confessor que ja' sugeri ao Palacin que pensasse num programa (seminal, 'a terca feira, de discussao das apintagens), um programa que fosse completamente objetivo.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
    5. Meu Caro JA
      Um programa objectivo sobre arbitragem, ou seja sobre factos de arbitragem nos jogos é muito dificil.Logo, porque teriamos de escalpelizar os que nos beneficiam, e para isso já basta sermos constantemente zurzidos com casos Capela e outras campanhas de má-fé.Basta ver(quem vê porque eu desisti a bem da sanidade mental) os programas tipo trio de ataque-ao benfica claro, em que temos dois personagens saidos de um conto de Eça de Queiroz, com o maior descaramento e a mais absoluta má-fé, a esgrimir argumentos risíveis de tão crápulas e cinicos se revestem-tambem temos o bonacheirão Benfiquista, que de tentar ser sério no meio da imundicie, se torna alvo de ataques cerrados, ora cortando-lhe o raciocinio, ou mudando a conversa para algo em que nos possam apontar o dedo.De tanto tentar manter o nivel até servem os outros crápulas, concordando que sim, nós também somos beneficiados(apetece exclamar como os meus filhos, de admiração-WTF??!!!)
      Os casos dos outros talvez servissem para equilibrar a má-fé dos programas que por aí campeiam, mas será que se atingiria o objectivo?È que maioritáriamnete são benfiquistas os subscritores do canal, e a divulgação de casos seria feita por outros canais ao sabor da conveniencia, e com o logo da BTV a encimar os que lhes fossem favoraveis, deixando cair os que não interessam.
      O que o Benfica enfrenta há muitos anos, desde que surgiu o Goebells portugues e o Grande Lider-leia-se, os grandes mártires Pedroto e PC, é uma campanha de destruição massiva, repito, uma campanha de destruição massiva, levada a cabo por grandes meios de comunicação social, por pessoas estrategicamente colocadas em orgaos de decisao, tipo Fernando Gomes, Mortaguas e afins, por futebolistas aliciados para a causa(estao a ver um GR expulso ou um golinho facil,ou um Jorge Costa a cabecear para o fundo das redes-do maritimo, mas com a camisola errada, com tecnicos colocados em diversas equipas e que possam facilitar informações sobre jogadores, e mais tropelias como os casos de doping que vão surgindo, e outros que seria fastidioso enumerar.E o que é certo é que funcionou e em menor escala ainda funciona-quantos titulos nacionais tem o FCP a mais desde que estes grandes estrategas começaram a dominar o mundo e o sub-mundo do futebol?Nem me apetece escrever de tão humilhado me sinto.
      Portanto, para grandes males....nós que somos confrontados com o Mal, temos uma guerra a travar, e tem de ser diaria, constante, e com a nossa força Moral, e com os nossos meios temos de simplesmente fazer contra-terrorismo, usando de maior inteligencia, maior persistencia e tenacidade.
      Para terminar que já me alonguei, usar as alianças, criar mais alianças e mostrar que estar connosco, a longo prazo é melhor e mais benefico para todos, que não será sempre o mesmo a ganhar e a tirar maior proveito.Por isso, não sei se esta atitude que temos tido será a ideal, mas acredito que alguem terá congenminado que sim, que será melhor só atacar depois de sofrer danos irreparaveis, que atacar com comunicados risiveis será bom, obrigando depois a apagar do nosso site o que foi escrito num momento de obvio desleixo.Quero crer que estamos no bom caminho na comunicação e na contra-propaganda, mas os factos não me sossegam, e fazem-me duvidar que neste campo estamos bem entregues.Oxalá esteja enganado, e gostava de estar-no entanto, não creio.
      Viva o Benfica, sempre!!!

      Eliminar
    6. Nem mais;
      Como não acredito em acasos, logo a seguir a escrever este meu anterior comentario, leio o artigo de hoje da Leonor Pinhão, e o minimo que posso dizer é que foi um momento de comunhão de ideias e ideais.Até estou arrepiado..desde o caso Luisão, a verdade desportiva e um dos intervenientes que acima mencionei, o inefavel Fernando Gomes, o caso Paços Ferreira, que personifica em si tudo o que é obscuro no futebol, e o mais importante, a própria Leonor(nem ela sabe o quanto lhe estou grato por esta sua prosa, nem sei como o croquetes não a pôs ainda em debandada depois do vergonhoso caso Quintela/RAP vs.MST)serviu ela própria como definição do que é uma peça de uma comunicação que defendo-agressiva nas ideias, graciosa na letra, e verdadeira no espirito.
      Grande Benfica, que tais filhos tens...

      Eliminar
    7. Sem querer abusar, mas penso ser imperdivel, e muitos como eu não compram o pasquim

      http://benfiliado.blogspot.pt/2013/08/a-leonor-esta-como-o-markovic.html?showComment=1377802028617#c4492783893132656212

      Eliminar
    8. Enormissimo chakra indigo, Companheiro,

      Nao sei se reparaste bem, mas acabaste de fazer uma sintese perfeita do que e' o "futeluso" e nem sequer falaste nos BOIS, ahahah.

      Parabens por este teu poder de "topica" (um dos meus pontos fracos, ahahah): estou impressionado!

      Estou 100% de acordo contigo, como bem sabes (incluindo no que toca 'a formidavel cronica da Enormerrima Leonor).

      Viva o Benfica!

      Eliminar
    9. Caro José,

      julgo que não vale a pena desviar a questão do fundo analisando casos concretos.

      Em tempos referi que a comunicação do Benfica ao longo da época tem de lidar com "a guerrilha de desinformação e exploração emocional dos agentes desportivos e de adeptos, com origem noutros clubes e em grupos económicos/media bem conhecidos, realizada ao longo de cada época desportiva, através dos media, redes sociais e da blogosfera. Mais do que reagir importa antecipar." E acrescentei ainda "importa marcar a agenda mediática de cada semana com objectivos operacionais de comunicação bem gizados, quer para os agentes desportivos intervenientes, quer para os adeptos de clubes rivais, quer para proteger os próprios adeptos do Benfica dos ataques comunicacionais exógenos. Da acutilância e tempestividade da actuação da Comunicação, virá maior união e estabilidade para o Benfica. Todos os meios de comunicação ao dispor do clube devem ser usados para complementar a sucessão de objectivos comunicacionais ao longo da época"(http://guachosvermelhos.blogspot.pt/2013/06/benfica-batalha-da-comunicacao-iv.html)

      E como bem dizia há uns dias o GuachosVermelhos, "O escacaréu de nada vale se for feito ao acaso, ao sabor dos ventos, sem uma estratégia bem definida e defendido por alguém sem o dom da palavra e sem estar minimamente preparado para o fazer!"

      Ora, infelizmente verifica-se que nos canais generalistas, o único comentador com visibilidade para concretizar alguma comunicação oficiosa do clube é RGS. E mesmo para esse, qual foi a decisão para esta época? Silêncio! Ora esse silêncio confunde-se com omissão, com resignação e aceitação das atuardas alheias e, contrariamente ao que se possa julgar, não valorizará a palavra do Benfica quando esta for veiculada oficialmente, porque esta, quando chegar, chega tarde e é inconsequente.
      Sempre fundadamente, coerentemente e ponderadamente, com base no histórico e em análises sustentadas, ele devia poder ser mais útil para atingir os objectivos comunicacionais de cada jornada.
      Por outro lado, verifica-se frequentemente que pessoas como Toni e outros que vestiram o manto sagrado, que quando vêm para as tvs veicular opiniões, preocupam-se mais em proteger a sua própria imagem do que a do Benfica, aproveitando as oportunidades para desmacarar os ardis que a CS e os corruptos colocam na agenda. Porquê?

      Hoje, há meios ao dispor do Benfica para ter uma comunicação mais presente. A Benfica TV, as redes sociais e a blogosfera são óptimos meios se abordarem as questões quentes que marcam a actualidade e que preocupam os adeptos, para gerar consensos e ripostar oficiosamente. De forma mais séria, com mais ou menos escárnio, com maior ou menor profundidade na análise, estes meios têm de ser mais utilizados, com maior dinâmica e complementaridade na actuação.

      É só isso que neste momento se poderia fazer mais. Não se pode ter um comunicação "presa" a regras, que oscila entre o 8(silêncio) ou o 80(escaréu infundado), mas antes uma comunicação permanente, inteligente, fundada, ponderada, próxima dos adeptos, que acompanhe o desenrolar da época desportiva (no futebol e não só) e que jogue na antecipação para prevenir as situações.

      Irá resolver a boiada? Não, mas pelo menos os adeptos e jogadores sentirão o inequívoco focus do Clube no alcance dos objectivos desportivos a que se propõe.

      FORÇA BENFICA!
      E PLURIBUS UNUM!

      Eliminar
    10. onde se lê "preocupam-se mais em proteger a sua própria imagem do que a do Benfica, aproveitando as oportunidades para desmacarar os ardis que a CS e os corruptos colocam na agenda."

      deve-se ler "preocupam-se mais em proteger a sua própria imagem do que a do Benfica, não aproveitando as oportunidades para desmacarar os ardis que a CS e os corruptos colocam na agenda."

      Eliminar
    11. Enorme Superaguia1904, Companheiro,

      No essencial, estou inteiramente de acordo contigo: o Benfica tem de "comandar" a sua (planeada) comunicacao externa e de acordo com os objetivos por si proprio definidos.

      A esta, chamemos-lhe assim, "regra geral", vamos, agora, adicionar a questao da BOIADA, desde as nomeacoes 'as classificacoes e passando pelas exibicoes e pelas "observacoes", combinados?
      Que objetivos podemos definir?
      Nao sermos ROUBADOS, nem termos de assistir ao ANDOR oferecido ao crac, certo?
      Poderemos definir outros objetivos? Quais?
      (Nota que eu me estou de cagantes para tudo o que sejam "trios e quejandos")

      Pensando e "repensando" nisto, sabes o que eu consigo concluir?
      Que a unica coisa que deveriamos fazer seria criar um "Premio" (laranja e limao) a atribuir pelos Jornalistas do Grupo Benfica 'as melhores arbitragens de cada semana.

      Sinceramente, nao estou a ver mais nada exequivel e que valesse a pena.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
    12. Caro José,

      vamos lá então concretizar um pouco, no que respeita às arbitragens, por exemplo. Para os objectivos comunicacionais semanais serem atingidos, a mensagem deve ser fundada e ser razoável para ser atendida pelo público em geral, certo? Então, além de se registarem os lances em que somos prejudicados e outros em que outros são favorecidos, devemos ter a coragem e frontalidade de reconhecer lances evidentes dos quais beneficiámos assim como lances que foram bem ajuizados, de forma a não se cair no ridículo do faciosismo. Qual era o mal de JJ aceitar que houve lances em que Capela ajuizou mal no Benfica-Sporting do ano passado?

      Ao sair a nomeação deve-se começar logo a contestação ao árbitro? Claro que não pois, não a ideia não é condicionar a sua atuação ou desviar a concentração da equipa em dar o seu melhor em campo. Mas apresentar o árbitro, recordar alguns aspectos do seu perfil e alguns equívocos até pode ser feito de forma propedêutica, não?
      Por outro lado, quando se verificam disparidades na análise dos lances ( penalties, fora-jogo, disciplina) eles devem ser frontalmente identificados e servir de base de comparação para decisões futuras desse árbitro e doutros árbitros, noutros jogos, em lances similares. E se houver lances com influência no resultado porque não chamar à colação as notas da avaliação dessa arbitragem e os seus observadores para se verificar a correspondência entre elas? Tal como por exemplo fez, o influenciaarbitral, não poderão ser veiculados aos adeptos via RGS e Benfica Tv trabalhos similares sobre o desenrolar da época e do desempenho dos árbitros? E se a BenficaTV pode ter convidados, e estes são livres de expressar a sua opinião, porque não podem eles ser livres de falar do que sentem e entendem, tal como o são o Serrão, o Aguiar ou o Guedes, no sentido oposto?

      Fora das arbitragens, há muitos temas que podem marcar a batalha da comunicação semanal: onde está o ladrão da FPF? Carlos Alberto, mais um ex-jogador do fcp apanhado no doping? Fenerbace punido pelo Tas...

      Aliás, tal como fez o Guachos com este post, como é que a BTV não está a par do que se fala na blogosfera e trás esses temas à ribalta para marcar a agenda? Se é o que a ABolatTV e o CMTV fazem, para definir os temas dos seus debates, porque é que a BTV é tão sisuda e instituicional? Porque não dar um espaço semanal de antena na BTV à blogosfera, tal como fizerem com os tertulianos? Este espaço poderia inclusivamente, convidar semanalmente bloggers que se tenham destacado com algum tema...

      Por outro lado, o que faz o clube para promover os bons sites e blogs que defendem o Benfica e a verdade desportiva ao longo ano? Qual a colaboração, reconhecimento e incentivo que dá por serem, também eles, um braço armado do Benfica?
      Já aqui sugeri, por exemplo, que o jornal do Benfica deveria passar a jornal online, com ampla colaboração com os muitos e bons bloggers que por aqui andam. As potencialidades de ter benfiquistas por esse mundo fora poderem aceder ao seu jornal online para saberem da actualidade desportiva portuguesa, em vez de serem guiados pelas edições online doutros jornais são imensas.

      Mas até que isso possa ser uma realidade, não me convencem que não sempre algo de exequível que não valesse a pena fazer, para melhorar o diálogo do Benfica com os benfiquistas e para fazer respeitar o empenho dos profissionais do Clube em cada época.

      FORÇA BENFICA!
      E PLURIBUS UNUM!

      Eliminar
    13. Enorme Superaguia1904, Companheiro,

      Para memoria futura (ahahah), subscrevo tudo o que tu sugeres, acho que o tema das "apintagens" poderia ser tratado num programa com o tal titulo "laranja e limao".

      Quanto a todos os outros assuntos, parece-me que podem perfeitamente ser tratados num programa (bi seminal, por exemplo) de debate (tipo Tertulia), alem dos prorpios servicos noticiosos (com comentadores convidados para o efeito).

      Tudo isto, coordenado pelo Dir. de Informacao da BTV e pelo Ze Nuno Martins (que escolheria os ecos a aproveitar em "O Benfica").

      O que te parece?

      A mim, humildemente, parece-me que tu deverias escrever ao Clube (Presidente, com copias ao Palacin e ao Ze Nuno), com esta proposta cuidadosamente desenvolvida.

      Olha que estou a falar com conviccao.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
    14. Caro José,

      sim, as sugestões que faz parecem-me bem.
      O que importa é que a BTV esteja predisposta a ser mais irreverente, interventiva e mais próxima das discussões que marcam o dia-a-dia dos Benfiquistas. Mas é preciso coerência e consistência dos vários intervenientes na difusão da comunicação oficiosa: como se pode falar das arbitragens na BTV e ao mesmo tempo remeter ao silêncio nessa matéria RGS ou JJ? A diferentes níveis e com diferentes graus de intensidade, a mensagem conjunta tem de ser coerente para ser eficaz.

      Mas já agora, deixo no ar, outras áreas onde talvez se poderia fazer mais:
      - uma rubrica dedicada ao público infantil (2-5 anos, onde, por exemplo, poderiam ser exibidos cartoons inspirados na história ou em jogadores do Benfica)
      - um programa para jovens que promova/ensine outros desportos (skate, surf, etc)
      - um concurso, que escolha o melhor clip de vídeos amadores sobre a temática "fervor benfiquista"
      - aumentar a cobertura das deslocações do Benfica e seus adeptos nos jogos fora pelo país e nos jogos europeus, com mais diretos, entrevistas rápidas aos nossos adeptos e registo de eventuais incidências que ocorram.

      Quanto à sugestão de transmitir estas ideias ao Clube, não duvido que haverá pessoas mais conhecedoras e fundamentadas no Clube a debruçarem-se nesta matéria!

      FORÇA BENFICA!
      E PLURIBUS UNUM!

      Eliminar
  3. Só se perdem as que caiem no chão. E não vejo que nenhuma caisse.

    Carrega Benfica
    Carrega Guachos

    ResponderEliminar
  4. Amigo Guachos, não é em Penafiel mas em Felgueiras, pelo menos foi aí com o braga ...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, é em Felgueiras...
      Mas em Penafiel seria o mesmo...

      Eliminar
  5. Caro Guachos, acertaste mais uma vez na "mouche"! Ando há que tempos a dizer isto. Mas há mais, muito mais.

    Não sei se se lembram que no princípio deste ano, nos 2 meses a seguir ao Natal e no seguimento da preparação do jogo Benfica-Porto, estiveram no "estaleiro" (ou na "estrutura") 12 (Doze!) jogadores sempre com lesões musculares que não eram adquiridas nos jogos. Eram sempre nos treinos.

    Sinceramente não percebo que tipo de treino eles fazem no Olival para se lesionarem tanto. Andarão eles aos pontapés às oliveiras?

    Já este ano, e ainda estamos no princípio do ano, o Mangala e o Alex Sandro, dois fregueses habituais do "estaleiro", já estão lesionados outra vez com, deixa cá ver, lesões musculares! What a coincidence!

    Vamos estar muito atentos a mais coincidências musculares futuras!

    O nossos conhecidos João Moutinho e James Rodriguez também têm estado com "lesões musculares" depois de uma pré época diabólica, em que jogaram TODOS os dias e por isso os músculos deram de si! Só podia!

    POIS....

    ResponderEliminar
  6. Realmente Portugal é um caso à parte em relação hà justiça a todos os níveis!!

    Só um exemplo:Sabiam que já à três anos que dois administradores da FERROSTAL estão a cumprir penas de prisão efectiva,por causa da história dos submarinos.

    Os Alemães em três meses,julgaramos administradores por corrupção e em Portugal ainda andamos a ver se encontra-mos os submarinos.

    Quanto às "amarelinhas" nem vale a pena comentar de tão vergonhoso que é!

    Eu só fico espantado como é que o Zenit deixa um jogador vir curar uma lesão muscular com o departamento médico da ex-equipa.

    Das duas uma:Ou o dep.médico do Zenit é incompetente,ou então alguma coisa aqui não bate certo.

    Entretanto vamos todos cantando e rindo na Tugalândia.

    ResponderEliminar
  7. Companheiros,

    PSG, Olimpiakos e Anderlecht

    Gostei deste sorteio!

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também eu! Em Paris e Liège jogamos em casa.

      Eliminar
    2. Só uma brincadeira...também gostei da do ano passado:-))é preciso é crer, querer, correr e ganhar!!

      Eliminar
  8. mais outro drogado
    http://br.esporteinterativo.yahoo.com/noticias/carlos-alberto-%C3%A9-condenado-por-doping-e-recebe-um-ano-de-suspens%C3%A3o-163555773.html

    ResponderEliminar
  9. Mais um post grandioso Guachos.
    Não é novidade para ninguém acontece há muito tempo desde os finais dos anos 80 quando se começou verdadeiramente a vender jogadores para fora. Vejam as equipas e os jogadores vendidos nesses tempos. Tirando o Futre que de facto era um génio á parte e não precisava nada das amarelinhas (apesar de as ter utilizado) outros... enfim. O Rui Barros esteve na Juve no 1º ano foi eleito o melhor estrangeiro no ano seguinte no seguimento do Dopping do Maradona do Napoles não saiu do banco sendo dispensado ao Monaco no fim da epoca (de melhor jogador a dispensado em meses????). O Madjer o mitico Madjer porquê praticamente nunca saiu dos Corruptos depois de ter dado a Champions e a taça Toyota em Toquio. Estranho não, os golos dele que correram Mundo, ninguém o quis??? Pois é esteve no Valencia 3 mesitos recambiaram-no logo porquê? Sabe-se bem porquê, não se sabe. Outro o Kostadinov lembram-se rapidissimo, goleador, temivel. A Europa toda atrás dele vai para o Bayern e passado meses é dispensado quase não jogando, porquê? e o Domingos no Tenerife o melhor goleador português não calçava num clubeco que lutava para não descer? 1 anos meia duzia de jogos 1 ou 2 golitos...
    A lista é interminável até o Baia que de melhor GR da Europa a suplente do 3º GR da seleção Holandesa em 1 ano.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enorme O Glorioso, Companheiro,

      Ora aqui esta' um tema para investigacao jornalistica, que eu gostava de ver estudado pela Benfica TV.

      Obrigado pelo teu excelente contributo.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
  10. Com tantas provas, com estas decisões da Uefa, porque é que a nossa Direcção fica parada sem nada fazer...

    É tão facil... os casos são tantos e sucedem-se a cada dia que passa, ja para não falar das provas irrefutáveis do Apito Dourado...

    J.L.

    ResponderEliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não vale a pena perderes tempo...faz-te à vida malandro.