quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Jorge Jesus - a estratégia e a falta dela...

De volta ao campeonato...
Conferência de imprensa na Luz - Jorge Jesus falou aos jornalistas e disse...

«Djuricic foi contratado para fazer parte do plantel» 

«Todos os jogadores que vêm para o Benfica chegam com a ilusão de jogar, mas o Benfica também é o sétimo clube do ranking da UEFA e não é fácil chegar e impor-se. Isto nada tem a ver com o valor com o Djuricic. É natural que queira jogar mais, mas o Djuricic, como todos os outros, são contratados para fazer parte de um plantel»

E porquê? porque Djurici, muito legitimamente, confrontado com o baixo rendimento na sua selecção, terá dito à imprensa do seu País que «estou a passar por situações novas. Não pensava estar nesta situação no Benfica. Em Cardiff, joguei pela primeira vez 90 minutos nos últimos quatro meses. Isso deixa marcas, mas vou continuar a trabalhar e a lutar, no clube e na selecção»

Isto porque a 5 de maio, num jogo do campeonato holandês, fracturou duas costelas e desde aí não mais jogou os 90 minutos...
Tudo normal e sem qualquer polémica.
Em Portugal trataram logo de fazer destas normais declarações um bicho de 7 cabeças.

O treinador do Benfica não deu qualquer importância às recentes declarações de Djuricic, e respondeu com o óbvio; 
“Todos os jogadores que vêm para o Benfica têm a ilusão de jogar, mas este é um clube que tem um plantel com muita qualidade. Não é fácil para um jogador chegar e impor-se. Os jogadores são contratados para fazer parte do plantel e depois então é que são escolhidos para fazer parte do onze. O Djuricic, como todos os outros, faz parte de um plantel”

Só um anormal é que pode achar isto anormal!

«O Benfica precisa dos três pontos frente ao Paços de Ferreira» - Jorge Jesus

«Manter o Paços de Ferreira sem pontos no campeonato, até porque o Benfica também necessita de vencer»
Só um idiota que vê em cada peido de Jorge Jesus um tsunami de merda é que pode tirar esta frase do contexto para fazer o 'lanchino' da tarde...

Depois vitor pereira...
À procura de visibilidade - agora que as moscas e o cheiro a merda de camelo tomaram definitivamente conta do seu "fantástico" carisma, o vitó da mosca procurou no "rascord" das petas um local para defecar.
Fez bem - melhor lugar seria difícil de encontrar. Descontando o focinho de bruno prata não conheço nenhum local mais apropriado.

Jorge Jesus - cada vez mais avisado, inteligentemente cagou no assunto e ainda elogiou o traste...
«O Vítor Pereira merece o máximo respeito, é um excelente treinador, que fez um trabalho bonito no FC Porto. De resto não vou estar a arranjar qualquer polémica» - de mestre!

Caso para dizer - daqui não levas nada. Queres fama? trabalha camelo!

«Se estivesse bom seria o Cortez a jogar frente ao Paços de Ferreira»
- Não sei seria, e até duvido muito, mas, assim ou assado, Jesus esteve uma vez mais impecável.
- Depois...
«Há um equívoco muito grande. O grande objectivo do Benfica para este ano é o campeonato e que eu saiba não tirei o Cortez da lista de jogadores do Benfica. Por vezes parece que ao deixar um jogador fora da Champions o estamos a tirar da equipa, mas o objectivo número um do Benfica é o campeonato.»

Para os mais lerdos - «Na Champions só se pode inscrever 17 estrangeiros e temos de optar. Face às lesões de Gaitan e de Salvio, procurei inscrever mais um avançado, retirando um jogador do sector defensivo. Optei por não inscrever o Cortez, pois tenho o Sílvio quase a recuperar, o Siqueira e ainda o André Almeida para qualquer emergência.»

- Por aqui só podem pegar-lhe pela ponta do stik e mesmo assim é preciso estarem desesperados por isso...

Mas há uma questão que eu gostava de ver bem explicada...e resolvida para sempre.
«O grande objectivo do Benfica para este ano é o campeonato»
Foi por causa de uma afirmação semelhante que na época passada começaram os mais ferozes ataques vindos inclusive da estrutura benfiquista!
Que diabo! Se o objectivo numero um era o campeonato, então que metesse uma segunda equipa contra os turcos do Fenerbahçe e poupavam-se os melhores jogadores para ganhar ao Estoril...e aos corruptos!

Como sabemos - isso não aconteceu, porque a pressão para que a rotação não fosse feita foi enorme - de fora mas também muito de dentro, com os péssimos resultados que se conhecem...
Mudar de estratégia a meio do caminho às vezes dá merda - e da grossa. Se não se pode cagar em dois penicos ao mesmo tempo, então que se escolha um e leve-se a opção até ao fim. Quem não gostar que mude de clube.

Porquê cair no mesmo erro? não seria melhor esconder as pedras a quem tanto as quer atirar?
A estratégia - sempre a estratégia...

8 comentários:

  1. Pelos teus últimos parágrafos passa muito do que vai ser o sucesso desta época desportiva...

    ResponderEliminar
  2. Não dá para entender...
    Então mesmo que o objectivo principal seja chegar à final da Champions, sendo o de mais difícil e imprevisível consecução, vamos logo escancará-lo e ficar à mercê de em caso de falha abrir o flanco para infindáveis criticas e "gozos"?
    Tenham dó. Candidaturas a títulos europeus, só se assumem nos quartos de final e mesmo aí como "underdog".
    Muito bem dito pelo JJ; "o principal objectivo é o campeonato".
    Queriam que dissesse o quê? "Como já estamos com 3 jornadas no campeonato e ser campeão nacional já não é possível, temos que acraditar que vamos ganhar a final da champss no estádio da luz contra o unite."???
    Tenham dó!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas quem é que disse que o objectivo a considerar fosse a Champions?

      Mas quem é que quer candidaturas a títulos europeus?

      Qual é que foi a parte que não entendeste?
      Chegaste a ler o post até ao fim? pelo menos leste o post?

      Pega no dó, mete-lhe um ré, acrescenta-lhe um mi, propõe-lhe um fá, mete-os ao sol e não te admires se no fim te sair um si!
      Mais um bocado e ainda te sai uma sinfonia...

      Eliminar
  3. Grande forma, Guachos! Muito bom post.

    Quanto à questão estratégica, percebo o que dizes, mas às vezes, quando se está perto do sonho, não se pode ter receio de arriscar. Aceito que se poderia ter rodado um pouco mais os onzes iniciais nesse período, mas também não estou a ver os jogadores titulares compreenderem ficar no banco num jogo da meia-final da Liga Europa. E aposto que, após a vitória nesse jogo e de terem atingido a final, todos eles disseram em uníssono estavam a top, cheios de «ganas» para jogar e vencer o Estoril!

    O Benfica vinha de n vitórias consecutivas e era compreensível pensar que, apesar do esforço, os jogadores conseguiriam alcançar os 3 pontos frente ao Estoril. Para mim, é um erro fazerem-se escolhas entre objectivos. Ser campeão e vencedor da Liga Europa era difícil, mas possível! Ser ambicioso não pode ser um defeito num treinador do Benfica! E, já agora, ninguém pode garantir que, se os titulares ficassem resguardados para o jogo do Estoril, o desfecho seria diferente. Poderia ser ou não.

    Acredito que hoje há mais equilíbrio e maior qualidade entre o plantel, pelo que, quando tiver pensar fazer a rotação de jogadores, JJ terá mais garantias de que a capacidade ofensiva e defensiva das equipas não se ressentirá. O desempenho ao longo da época dirá quais os objectivos que teremos ao nosso alcance.

    FORÇA BENFICA!
    E PLURIBUS UNUM!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Superaguia
      «Para mim, é um erro fazerem-se escolhas entre objectivos»
      Toda a gente as faz. O mal não é fazerem-se escolhas, o mal é fazerem-nas e depois não as levar até ao fim. E pior do que isso é fazerem-nas publicamente e depois serem cobrados por elas. E o pior é o que isso trás de pressão adicional!
      A tal estratégia...ou a falta dela.

      Eliminar
    2. O Benfica joga para ganhar.

      A estratégia é lutar para vencer todas as frentes que estiver inserido, gerindo os jogadores em função da exigência de cada fase da época e do adversário que tem pela frente.

      A pressão no Benfica é a de sempre. Jogar para vencer, em qualquer competição!

      Dizer que a prioridade é o campeonato não significa que não tentaremos ir o mais longe possível na Champions, tal como não significou abdicar de tentar chegar a Amsterdam.

      Essa pressão há que assumi-la, aceitá-la e é por isso que há que ter no plantel uns 20 jogadores que deem garantia de responder positivamente nos momentos de maior exigência. Porventura não havia e, essa será sido provavelmente, a razão de ter havido menor rotação do que a desejável nessa altura da época. Por outro lado, mal do treinador que não demonstrasse confiança nos jogadores que estavam a realizar uma brilhante época até então e que se mostravam desejosos de vencer o Estoril. Daí compreender que JJ decidisse escolher os melhores jogadores para um jogo fulcral como era o do Estoril.

      Em conclusão, no Benfica só há uma estratégia: ganhar! Entrar em todos os campos para ganhar, e em todas as competições para ganhar! Com confiança no trabalho desenvolvido, com audácia e determinação.

      Na verdade, o que varia é a qualidade dos planteis disponibilizados para se atingirem estes objetivos, que são e serão sempre, os objetivos do Benfica.
      Apesar de tudo o que se passou, a época passada revelou uma enorme categoria dos jogadores e equipa técnica. E, nesta época, julgo termos ainda mais condições fazr o que não se fez na época passada.


      FORÇA BENFICA!
      E PLURIBUS UNUM!

      Eliminar
  4. lol realmente este jesus é um MUST, so é pena estarem a 5 pontos do 1º classificado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É como esse cometário. é MUST, só é pena que esteja a uns 50 pontos do anterior comentário.

      Eliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não vale a pena perderes tempo...faz-te à vida malandro.