quarta-feira, 25 de setembro de 2013

O Benfica acima de tudo!

Quem escreveu os últimos posts foi o GuachosVermelhos - o adepto benfiquista que não tem que ser racional, imparcial ou politicamente correcto, e que reage sempre (tal como Jorge Jesus o fez) em defesa do Benfica e dos seus profissionais!
Nada do que foi dito antes interfere um milímetro que seja ou contradiz sequer tudo o que adiante escreverei...

Hoje vai ser o cidadão GV a dar a sua opinião sobre os acontecimentos de Guimarães!
Não ficaria de bem com a minha consciência se não o fizesse - neste tempo e aqui neste espaço.

Já na pré-época da época passada - na Alemanha, mercê daquele 'nazi' de terceira categoria que simulou um desmaio, o Benfica se viu em apuros, porque os seus profissionais não perceberem a magnitude e a importância que é representar o Benfica, onde tudo é esmiuçado até ao tutano. O Benfica tem muitos e variados inimigos, (muito diferente de adversários) em todo o lado, e as pessoas que o servem têm que estar preparados para isso. (os risos e a falta de um pedido de desculpas (mesmo que muito nos custasse) tornou o problema muito mais complicado de resolver, com as consequências que se conhecem)

Guimarães;
- Falha grave de segurança que permitiu a vários adeptos saltar a vedação - muito mal os seguranças do estádio e pior ainda os policias de serviço, Não era uma policia qualquer; eram profissionais com treino específico no acompanhamento das equipas, mais do que preparados para agir a contento.
Tivessem feito bem o seu trabalho (impedir que os adeptos entrassem em campo) e nada daquilo teria acontecido!

- Os adeptos têm que saber que não podem invadir um recinto desportivo - é crime fazê-lo.
Quem o faz sujeita-se às consequências legais e pode inclusive ser preso.
Jorge Jesus ao aproximar-se dos adeptos pedindo-lhes calma, (é bem visível nas imagens) a calma que ele não conseguiria manter a seguir, deveria ficar-se por aí e em ultimo caso, entrar em dialogo (respeitoso) com os agentes da autoridade, para que estes, voluntariamente, soltassem o adepto!
Jesus não pode sob qualquer pretexto tentar impedir que o agente da autoridade faça o seu trabalho, muito menos entrando em contacto (não agredindo como de forma cobarde o acusam) físico com as autoridades.
Isso também é grave e Jorge Jesus tem obrigação, enquanto cidadão, de o saber.

As pessoas em geral, talvez não saibam, mas os agentes em serviço não podem estar a perguntar e muito menos tentar adivinhar, qual é a intenção de um adepto que invada um recinto desportivo. O agente, colocado perante tal situação, faz aquilo para que foi treinado - derruba o invasor para o imobilizar e se este não acatar a ordem usará a força que for necessária...
É assim e não pode ser de outra forma. Não há forma de saber as intenções de um adepto (nem a provável arma que pode trazer escondida) por mais pacifico que pareça ser.
Ao agir dessa forma, o policia estava não só a cumprir o seu dever, como também a proteger a integridade física dos profissionais em campo (Jorge Jesus incluído)

Estes agentes estiveram tão bem como muito mal esteve aquele sub-Comissário que no estádio do dragão afirmava para as câmaras de TV que não se tinha passado nada de importante ou de grave, quando na realidade o autocarro do Benfica fora apedrejado, tendo os profissionais benfiquistas sido pressionados, acossados e violentados no uso da sua liberdade e impedidos de exercer a sua profissão sem pôr em risco as próprias vidas!

Há vários exemplos em que os agentes procedem de forma mais pedagógica, levando os adeptos de forma cordial para fora do terreno de jogo, mas isso depende sempre da interpretação que o agente faz (no momento) da situação. Em ultima análise - se correr mal, a culpa será imputada ao policia que não soube cumprir o seu dever...
Assim ou assado, o agente em serviço não pode ser obstruído ou impedido de cumprir o seu dever.
Se o faz bem ou mal, não cabe ao cidadão comum interferir ou julgar.

Acredito que Jorge Jesus nem se tenha apercebido que estava a lidar com agentes da lei, mas mesmo que fossem apenas seguranças, não deveria nem o poderia ter feito.
Ao perceber que eram policias, terá ido pedir-lhe desculpas em privado.
Fez bem, mas na minha opinião, de seguida, mandava fazer um comunicado e tornava publico o pedido de desculpas.
O Benfica deveria ter feito o mesmo. É esta a minha opinião. 

Tudo isto não invalida (antes pelo contrario) tudo o que escrevi (aqui) e (aqui)
Uma coisa é ser um adepto apaixonado e querer a todo custo que o seu clube seja respeitado, lutando com todas as minhas forças contra a máfia que nos quer oprimir, outra coisa é fechar os olhos e não olhar para dentro e para aquilo em que podemos melhorar.
E muito podemos melhorar - todos; adeptos, treinadores, dirigentes e jogadores.

Quanto ao Benfica - pode e deve defender o seu treinador com unhas e dentes.
Bem preciso será.

Os outros - a chusma de bandalhos que querem ver o Benfica no fundo, jamais nos darão descanso.
Cabe-nos a nós dar-lhes a resposta que merecem, sem que isso nos faça ser iguais ou parecidos com eles.
Viva o Benfica.

PS: Sábado lá estarei a aplaudir (de pé) o grande Jorge Jesus, treinador do S.L.Benfica!

12 comentários:

  1. Cidadão Guachos:

    Ao contrário de ti, continuo a indicar que a PSP exagerou na força como abordou o adepto Benfiquista. E isto, deve e tem que ser mencionado! Conforme indica, há formas mais pedagógicas de abordar uns quantos adeptos que entraram em campo, e são usuais os vídeos em que se vê isso, nos quais,as forças de autoridade levam os adeptos de forma ordeira e sem recurso à força bruta para os deter.

    E aqui encontra-se o busilis da questão que muitos não falam, ou até decidem esquecer... peço desculpa pela comparação que irei descrever de seguida, poderão dizer que não se pode comparar o incomparável, mas aqui vai:

    em quantas manifestações públicas, aquando da detenção de pessoas para identificação, não vemos os responsaveis politicos da oposição a virem criticar a forma violenta e abuso de força policial e a serem condenados esses actos por parte da policia? E também nesses momentos, quantas e quantas vezes não vemos os amigos, familiares, a terem reacções identicas à do Jesus, dificultando o trabalho das autoridades, pedindo para libertar aquelas pessoas? A diferença: é que uns são cidadãos e logo merecem a protecção de um estado de direito. No caso de Jesus, é treinador do Benfica e merece a crucificação.

    No entanto, Jesus exagerou. Deve responder por isso, se o agente da PSP se considera agredido. Acredito que o mesmo, vê aqui a hipótese de meter algum dinheiro ao bolso e ainda ganhar um pedido de desculpas por parte do treinador do Benfica!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cidadão anónimo,
      Decerto que concordarás comigo que aqui jamais crucificamos/crucificaremos (antes pelo contrario) Jorge Jesus.

      Concordo em grande parte com o que dizes (em quantas manifestações públicas, aquando da detenção de pessoas para identificação, não vemos os responsaveis politicos da oposição a virem criticar a forma violenta e abuso de força policial e a serem condenados esses actos por parte da policia? E também nesses momentos, quantas e quantas vezes não vemos os amigos, familiares, a terem reacções identicas à do Jesus, dificultando o trabalho das autoridades, pedindo para libertar aquelas pessoas? A diferença: é que uns são cidadãos e logo merecem a protecção de um estado de direito. No caso de Jesus, é treinador do Benfica e merece a crucificação) mas isso não interfere em nada com o espírito do post!

      Eliminar
    2. Carissimo cidadão GV:

      Concordo contigo no ponto da crucificação... este é dos poucos blogues em que se defende Jesus com toda a plena propriedade! Apenas referi um aspecto em que me distanciava da opinião constante da publicação e que decidi referir no meu comentário. Em nenhum momento quis dizer que este blogue crucifica Jesus. Nesse ponto referia-me ao que se passa na generalidade, com comunicação social, antis e adeptos de todos os outros clubes, que ardentemente desejam ver Jesus a ser castigado!

      Um abraço e um excelente dia!

      Eliminar
  2. Enormerrimo Guachos, Amigo e Companheiro,

    Ja' nao vai ser a primeira vez que aqui escrevo isto e, estou certo, tambem nao sera' a ultima: se eu fosse invejoso, sentiria inveja de mais este teu texto, que eu muito gostaria de ter escrito pelo meu punho.

    Este teu post fica a ser mais uma razao pela qual tenho um imenso orgulho em colaborar com o GUACHOS.

    Viva o GUACHOSVERMELHOS!

    Entretanto e pela simples razao que parece confirmar-se que a PSP de Guimaraes vai acusar o JJ de "agressoes", o que eu considero uma ignominia que lhes retira toda a razao e credibilidade, quero que saibas que nem uma so' palavra vou proferir contra os comportamentos do Nosso Tecnico.
    Mais do que isso, espero que todos os Benfiquistas entendam a responsabilidade que temos neste assunto: mesmo que nao se sintam solidarios com os comportamentos do Tecnico, temos a obrigacao de saber que ele so' vai continuar a ser julgado desta forma perversa (dentro e fora dos Tribunais), por estar ao Nosso servico.

    Viva o Glorioso Sport Lisboa e Benfica!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu amigo,
      quem me dera não ter que escrever este texto!
      Obrigado pelas tuas palavras, mas apenas disse o que tinha que dizer.

      No mais concordo contigo e estarei sempre na primeira linha na defesa do nosso treinador.

      Eliminar
  3. Caro Guachos, JAlbuquerque,e demais Benfiquistas.
    Para além de subscrever na generalidade este texto, tambem sublinho-A decência acima de tudo, menos do Benfica, e agora que Jesus carrega a cruz em que vai expiar os pecados do futebol português, apetece dizer- "perdoai-lhes, que eles não sabem o que fazem"! Se Jesus, O Salvador, não este, empunhou o chicote e expulsou os vendilhóes do templo, se disse, "atire a primeira pedra quem estiver livre de culpa, quem se atreverá a criticar Jesus"(este, não o Salvador)?
    Ah, espera aí, afinal apareceram os fariseus, do alto da sua soberba, a prever tempos de apocalipse, talvez desejando que se deixe Jesus para toda a eternidade a apodrecer nos calabouços da PJ, quem sabe até chicoteado no pelourinho, já que na praça publica apenas falta demonstrar que Jesus conspira para infligir danos á policia, que como se viu, coitados, foram de tal forma agredidos, que até se ouviu nas bancadas um deles com voz de falsete- "ai, que ele bateu-me, dói-me tanto"!

    Pululam por aí uns quantos, imparciais claro, e que no atrevimento fruto da ignorancia, mas com grandes conhecimentos de Direito,prevêm meses, quem sabe anos de cadeia, tal a violencia das agressões, mesmo que varios juristas conceituados e reputados digam que nada configura o crime de agressão!Claro que estes nada sabem, apenas foram bastonarios da Ordem e Ministros da Admnistração Interna, até veja-se, são de clubes rivais, mas devem ter o curso mal tirado, precisam da ajuda dos Doutores que opinam sobre tudo, até do que nada sabem.

    Temos tambem a comunicação social, alinhando no coro das virgens ofendidas, difundindo imagens do crime nojento e barbaro, Televisoes passando as imagens mais vezes que as torres gemeas a cairem no 11 de setembro, espalhando o medo do terrivel Barrabás, digo Jesus, o falso, não o Salvador.
    Pede-se agora ás crianças que tenham medo, vem aí Jesus, ele vai levar-te, não para o paraiso, mas para um sitio onde te vai bater com mais força que aos policias coitadinhos .
    Já não há papão, agora temos um mais feroz que ele, um celerado que só não foi preso porque era do Benfica, ou porque era do Benfica, ou quem sabe porque era do Benfica.
    Temos tambem os defensores dos bons costumes e os Judas, lembrando que Jesus é terrivel, ja gritou com os traumatizados jogadores, que se borram todos quando o vêm aos gritos na linha lateral, até mostrou quatro dedinhos a outro treinador, que ainda hoje se encontra em recuperação, tal o trauma provocado.Até o Cardozo se fartou e lhe deu um empurrão, sim porque quem teve a culpa foi Jesus, que nao devia ter tirado o Cardozo, porque coitadinho queria ajudar a equipa e o Jesus não, até a queria prejudicar.

    ResponderEliminar
  4. parte2
    Os Judas, coitados, vendem-se por menos de dez moedas, ai Jesus que o Jesus agrediu, vilipendiou,injuriou e massacrou as autoridades, não comparem com o Hulk, o Sapunaru,com o Caldeira, com o Sá Pinto, com o pobre do Paulinho Santos, esse mártir do nosso futebol, esses não, porque...porque...porque...epá, porque... porque.......................... sei lá, porque não são do Benfica, ou acho que não têm cabelos brancos ou então porque têm a benção do Papa, não me lembra agora mas amanha já digo.
    Jesus o malfeitor, começou a percorrer a Via Sacra, com Vieira ajudando a carregar a cruz, amparado pelos Benfiquistas(o que eu teria para dizer de alguns Benfiquistas nesta hora que só pode ser de coesão e solidariedade), cuspido pelos impolutos, gente séria, que na Pascoa se encarregarão de o colocar no Golgotá, pregado na cruz, onde o seu exemplo fará com que o futebol portugues sofra um aumento brutal de seriedade.Presumo é que, nas duas cruzes que o ladearão, estarão personagens afaveis como o "chefe de caixa" e o "toca-a-andar".

    Este testamento nem é o Novo nem é o Velho, mas tem de acabar com uma frase grandiloquente, dirigida a estes fariseus, a estes que são falsos como Judas, a esta cambada de puritanos que no Calor da Noite tudo farão para continuar a conspurcar a nossa gloriosa Camisola:
    VÃO PÓ C******** QUE VOS F****!!!!!!!! (já rezei dez Avé-Marias a pedir perdão pela ordinarice, fico grato por me perdoarem tambem).
    VIVA O BENFICA, O GLORIOSO!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grande chakra, estás perdoado!
      Em verdade te digo - aqui, neste lugar, jesus não subirá ao calvário e muito menos pagará os pecados do mundo.
      Viva o Benfica.

      Eliminar
    2. Enorme Chakra Indigo, Companheiro,

      Amen!
      Mainada!
      Obrigado!
      Muito, muito, muito Obrigado!

      Viva o Benfica (PORRA)!

      Eliminar
  5. Discordo caro Guachos,

    A resistencia a autoridades abusivas e excessivas, é não só um direito constituido em algumas sociedades, como é o que as faz manterem-se sãs. Uma sociedade que não reage perante a injustiça deixa que as elites e os poderosos - que só por o serem, já têm todas as vantagens - se tornem predatórios. E nunca duvides meu caro, a quem as autoridades obedecem.

    Jesus têm tanto direito á indignação como qualquer um de nós. A indignação quando ocasional leva a reações menos pensadas, quando acumulada a reações planeadas. Desatento anda quem não percebe a indignação acumulada e a panela de pressão sem escape, em que este país se está a tornar.

    Abraço glorioso,

    RMC

    ResponderEliminar
  6. Isto é apenas uma manobra de diversão para não se falar nas verdadeiras agressões no estoril - fócuporco...

    Qt + se falar no JJ, pior...

    ResponderEliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não vale a pena perderes tempo...faz-te à vida malandro.