quarta-feira, 30 de outubro de 2013

O tempo que o tempo tem.

Por José Albuquerque

O tempo grávido de tempo. O tempo certo e o errado. Dar tempo ao tempo. Há tempo para haver tempo…

Muitos, especialmente poetas, brincaram com esta palavra quase mágica e eu não tenho o talento necessário, pelo que me permito avisar, já, quem não tiver tempo para regressar mais tarde, quando tiver tempo para trocar, pelo tempo que eu demorei a pensar e a escrever este … tempo.

Eu e o meu Benfiquismo nascemos noutro tempo: num tempo em que havia tempo para que nem tudo tivesse de ser imediato, aqui, já e agora, sob pena de não termos tempo. 
Depois … bem, depois vivi tempo de tempos gloriosos do Glorioso. E vivi tempo de POLVO nascente e, até, vivi o tempo de ter medo que não tivéssemos tempo para salvar o Clube, um tempo de lágrimas sem tempo, que a determinação as secava antes que tivessem tempo de nascer.

Desde esse tempo que eu sei que o Benfica necessita de tempo. De tempo e de uma opção clara sobre o caminho com que temos de ocupar o tempo, tão depressa quanto for possível
Eu já não vou ter tempo suficiente para agradecer aos Companheiros que lideraram o Clube neste tempo, pelo tanto que fizeram para que ao Glorioso não faltasse tempo: Bem Hajam por Nos terem demonstrado que o tempo estava do Nosso lado, que tínhamos um tempo para sonhar e tempo para realizar o que não podia ser adiado.

Há dias foi tempo de celebrarmos uma década da Nossa Nova Catedral, um tempo de imensa Alegria que eu não consigo isolar da tristeza por ter errado, pessoalmente, sem ter querido fazer parte dos Companheiros que souberam ser aquele o tempo justo para substituir a Antiga Catedral: ainda bem que a minha burrice não prejudicou o Clube (eu queria a prioridade ao Seixal) e que muitos Companheiros se uniram para fazer certo e no tempo certo.

Há umas semanas, não muitas, na entrevista na CMTV, o Presidente fez uma afirmação que o tempo me não permitiu entender: “… dentro de um ano, o Benfica deixará de ter de vender Atletas …”!
Recordo-me de termos, aqui no GUACHOS, discutido a frase, especulando sobre como o Companheiro LFV a poderia justificar e tivemos tempo para admitir muitas hipóteses … alternativas … não mutuamente exclusivas.
Tempo sobre esse tempo e … teria sido, apenas, mais uma manifestação de vontade, como quando o Presidente “promete” mais títulos?
Não podia ser!
Ao tempo que conheço o LFV já sei que ele não confundiria alhos com bugalhos e que uma coisa é não conseguir impedir que o POLVO Nos ROUBE títulos, bem diferente de fazer confusão com dados de natureza económica e/ou financeira que dependem maioritariamente de Nós próprios.

Não, de maneira nenhuma o Presidente poderia cometer um erro de tal tamanho e quem o conhece sabe disso muito bem, mesmo em tempo de crise.
Portanto, para mim e humildemente, foi tempo de um … salto.
Não de um “salto de Fé”, que a minha única Fé chama-se Mística, ou Chama Imensa, ou uma mistura de ambas, mesmo em tempo de crise.

Depois … foi tempo …
De assistirmos a uma selecção entre a centena de Atletas com os quais tínhamos contratos.
De verificarmos que a SAD mantinha uma agressiva politica de investimentos, quer em Atletas, quer em infraestruturas.
De Nos surpreendermos (eu não) por não ver sair nenhum dos Atletas mais valiosos.
De festejar a BTV e o Museu Cosme Damião.
De constatarmos os sucessos da Nossa “Fábrica”, razão suficiente para Nos convencermos da seriedade da aposta da SAD nos jovens Atletas que lá estão a ser “produzidos” e de …
Nos surpreendermos (eu também, confesso) com o sucesso retumbante da Nossa BTV!

Mais de 220 mil assinantes em Portugal!
Já algumas dezenas de milhar de subscritores “indirectos” (através da ZAP) em Angola e Moçambique!
E ainda a procissão não teve tempo para, sequer, sair do adro da Catedral!

Hoje, já é tempo de sabermos que o Grupo Benfica vai conseguir, a curto prazo, atingir aqueles “famosos” 40 milhões de euro em que alguns especialistas avaliavam os Nossos direitos de TV.
Hoje, todo o POLVO já sabe com o que vai ter de se enfrentar.
Hoje, já todos sabemos do que estava o Presidente a falar e sabemos que ele não tinha “na manga” nenhum contrato especial de Sponsor, ou de “naming” para a Catedral.
Hoje, já temos de saber que vamos poder assistir a mais um “salto qualitativo” da Nossa Equipa principal de futebol, baseado numa nova estrutura dos Proveitos da Nossa SAD.

O tempo que o tempo tem …
Não foi ontem que esta Vitória começou a ser construída: foi há bastante tempo, mais de 6 anos. Agora, já chegou este novo tempo!

Vai sendo tempo de se perfilarem os que pensam ser capazes de fazer melhor uso do tempo futuro, até porque o Companheiro LFV não é “dono do tempo” e porque queremos ter tempo para os conhecer … a tempo.

Oxalá os que me leram até ao fim tenham dado por bem empregue este tempo.

Viva o Benfica!

P.S.: Meu Caro DSO, por favor, repare que um “R&C” demora o mesmo tempo de trabalho a ser feito, seja qual for o tempo que demorar a ser publicado e que alguns Benfiquistas, tal como o Mercado, lamentam boa parte do tempo que tem demorado a “sair” esta próxima prestação de contas; caramba, olhe que já era tempo!        

12 comentários:

  1. Obrigado por nos dedicares parte do teu tempo com mais um delicioso texto!

    ResponderEliminar
  2. já era tempo de ver um Benfica ganhador...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enorme Semper Fidelis, Companheiro,

      .... para isso, se precederes a palavra ganhador pela palavra mais e para passares pelo oftalmologista, nao te parece?

      Viva o Benfica!

      Eliminar
  3. Luís Sobral está a escrever um artigo sobre os últimos dez anos do Benfica (e de Vieira) e gostava de ter a vossa opinião: datas, factos, sucessos, insucessos. Quem quiser contribuir só precisa de enviar um mail para lsobral@mediacapital.pt. O resultado sai na revista Maisfutebol Total de sábado. Obrigado, desde já.

    Só mais uma nota: os contributos de qualidade para o artigo sobre a última década de Benfica verão os autores citados e, se tiverem blogues ou sites, um link para lá. É o mínimo, claro. Obrigado pela ajuda, desde já. Mail: lsobral@mediacapital.pt.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A esse a única nota que lhe enviaria seria algo mais ou menos como isto: PORCO.

      Eliminar
  4. Não confio neste anónimo. E porquê?
    Primeiro:se for mesmo esse avençado porque se acobarda no anonimato?
    Segundo: o e-mail não confirma absolutamente nada porque é público.
    Terceiro: supondo que é mesmo esse caneta de aluguer, o descaramento é o seu pão de cada dia. Um labrego que faz da censura uma das suas cobardes armas, só mesmo um labrego, não tem vergonha na puta da cara para pedir seja o que for aos benfiquistas.
    Quarto: os benfiquistas jamais poderão ajudar um patife de mãos dadas com a corrupção, a fazer-se "jornalista" à custa do saber e dos arquivos de cada um.
    Quinto: se és memo o sabujo do Sobral, é com enorme prazer que, pessoalmente, te mando para a PUTA QUE TE PARIU!
    Sexto: como não sou cobarde e a juntar ao nome aqui vai:

    josephdelemos@gmail.com
    www.bimbolagartada.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Totalmente de acordo. Cheira-me a mais uma manobra da máquina de propaganda andrado-nazi para gamar alguns contactos, emails, etc., de benfiquistas de boa fé que enviando as informação revelam a sua identidade que depois pode ser aproveitada por esses sabujos para vários fins.

      Os gajos do maisfutemerda têm informação suficiente nos seus arquivos para fazerem os artigos que querem fazer. E quando não têm, não sentem vergonha nem pudor em inventar.

      A história do Vieira é mais do que conhecida. Existem livros escritos sobre isso. Só têm de os comprar. Os jornais também têm arquivos que podem ser consultados.



      Eliminar
  5. excelente texto . josé albuquerque & GV gosto mto da vossa dedicação e benfiquismo .uma "chama imensa " sóbria q de todos merece respeito.
    PS: o izmailost deu sinais d vida hj no pasquim "Abolha"

    A.C.

    ResponderEliminar
  6. José Albuquer
    Li por aí que o Benfica tem uma tranche de 20 (vinte) milhões de euros para pagar, em 2020, da dívida do Estádio. Será que é assim mesmo?
    Marques

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enorme Marques (Marciano?), Companheiro,

      E' possivel que sim, mas nao te posso nem confirmar, nem desmentir.
      O que te posso garantir e' que, desde ha' uns 3 anos (com a fusao da Benfica Estadio) a Catedral como que "se desligou" do Project Finance inicial e passou, muito bem, na minha humilde opiniao, a ser apenas mais um Ativo, no conjunto das garantias mutuarias da Nossa SAD.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
  7. Muito bom texto, José!

    Compartilho a sua perspectiva do caminho percorrido, e julgo que, apesar das incompreensões e dos erros de comunicação, são inegáveis os progressos do clube em todos domínios.
    Faltaria apenas recuperar o peso do Clube nos órgãos federativos e da Liga, no futebol e outras modalidades, de forma a que haja maior respeito pelo Benfica, isenção e seriedade das pessoas, e uniformidade na aplicação dos regulamentos em vigor. É o que falta (e se falta, é porque é o mais difícil), para que seja possível que mérito desportivo do Benfica seja reconhecido em títulos.

    Tenho indicação oficiosa que os subscritores da BenficaTV são mais de 250.000. Mais precisamente cerca de 254.000. Como disse, a procissão ainda vai no adro, e julgo ser possível chegarmos ao final do ano com 300.000 subscritores. Atingir esse feito, em 6 meses, seria de facto notável.
    Esta época o Benfica, através da gestão própria dos direitos televisivos, através da BenficaTV, provocou o maior abalo dos últimos 30 anos no pulpus corruptus. Nunca a guerra silenciosa, que decorre nos bastidores, se tornou tão crucial. Se neste percurso LFV cometeu erros, há de certo outras decisões, muitas outras, como esta, que ficarão registadas pela coragem e determinação com que orientou a recuperação do Benfica e combateu a teia de interesses instalada.

    No que se refere à impossibilidade de se virem a celebrar novos contratos de Sponsors e para o “naming” para a Catedral, não estou tão seguro como o José, mas o tempo dirá.

    E PLURIBUS UNUM!
    FORÇA BENFICA!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enorme Superaguia1904, Companheiro,

      Obrigado pelo teu apoio e pelos contributos.

      Quanto a uma presenca mais importante do Clube nas estruturas do "futeluso", confesso que tenho muitas duvidas, face ao verdadeiro panico que muitos clubecos (sporting millennium do espirito santo de Angola incluido) parecem ter dessa eventualidade. Alem disso, nao consigo esquecer que o POLVO nasceu e se comecou a implantar durante a presidencia de um Companheiro (o Joao Rodrigues), que, por isso, tinha de ter tido conhecimento do processo e nada parece ter feito.

      Entre o erro tremendo no apoio ao "faturas" e uma eventual lideranca Benfiquista na FPF e/ou na LPFP, eu espero que existam melhores alternativas, sem termos de "queimar" bons dirigentes que Nos seriam necessarios nos Corpos Sociais.

      Se este texto for uma boa previsao, o futuro do Glorioso a medio prazo passa a ser tao distinto dos demais, que nem sera' conveniente vermos Benfiquistas a liderarem essas instituicoes: bastaria contribuirmos para la' colocar gente seria, honesta, patriotica e competente.

      Oxala' estejam corretas essas tuas "fontes oficiosas" e as informacoes que te forneceram. Entretanto, o que importa e' que ja' so' estamos a "discutir" a dimensao do retumbante sucesso: do lado do POLVO, isso sim, pode ser pertinente saber se a "bomba" e' de 10 ou 11 megatoneladas, hahaha.

      Se me permitires uma correccao, repara, por favor, que eu nao neguei a existencia de mais surpresas positivas ao nivel de Sponsors, ou do naming da Catedral: o que eu referi foi que nao foi com base em noticias nesses campos que o Presidente adiantou aquela "promessa"

      Viva o Benfica!

      Eliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não vale a pena perderes tempo...faz-te à vida malandro.