quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Falando (ainda mais) de Contas e falando de futuro.

Por José Albuquerque

Na sequência da publicação, no dia 30 p.p., do R&C da Nossa SAD, é com verdadeiro prazer que retorno a este assunto tão determinante para o futuro do Nosso Clube, no quadro daquilo a que eu tenho chamado a “frente económica” da Nossa guerra a favor do Desporto e da Verdade Desportiva, na qual não podemos, pelas Nossas responsabilidades históricas e pelos Nossos Valores, enjeitar o papel de liderança que as circunstancias Nos exigem.

Bem sei que se trata de um documento muito orientado para especialistas, mas creio que ele deveria ser lido (pelo menos nas suas primeiras páginas) por todos os Companheiros, pelo que aqui fica o seu link (aqui) de acesso.
Simultaneamente e porque o GUACHOS publicou, recentemente, dois textos que escrevi a propósito das “Contas” deste exercício, recomendo que os leiam (aqui e aqui) ou recordem, conforme os casos, uma vez que não tenciono repetir o que, então, escrevi sobre este tema. 

Do documento publicado.

Trata-se de um excelente “R&C”, que, uma vez mais, comprova a clara intenção do CA da SAD em informar transparentemente o Mercado sobre a actividade económica do Grupo do qual ela constitui o verdadeiro “motor”, indo muito mais além do que as normas internacionais de reporte implicam e, assim, reforçando a credibilidade do próprio CA e de todo o Grupo Benfica.
Existem apenas dois aspetos que eu gostaria de ver melhorados, a saber: (1) os prazos de publicação desta família de documentos e, neste caso especifico, (2) uma descrição mais detalhada do negócio que levou a SAD a adquirir 50% (?) dos direitos económicos do Atleta Pizzi e do seu posterior empréstimo ao clube Espanhol de Barcelona.

Dos resultados comunicados.

Não havendo lugar a nenhuma surpresa, até porque o essencial da informação já tinha sido divulgada há semanas, podemos confirmar que este foi mais um exercício com excelentes resultados económicos e financeiros de todo o Grupo, bem ao contrário do que sugere o resultado final da exploração (um “prejuízo” de 10,4ME), em resultado do que já identifiquei e expliquei ser a incapacidade técnica da contabilidade para “filmar e fotografar” este tipo especifico de actividade empresarial (a das SAD dedicadas ao Futebol).
Excelentes resultados quantitativos, tanto mais que eles respeitam ao derradeiro exercício em que o Benfica é espoliado de uma parte significativa do que deveriam ser os seus proveitos, pelo abuso contratual com que foi agredido pela PPTV/mamão chupista e em que a ação concomitante do assalto fiscal (pelo inconcebível agravamento do IVA), adicionado ao pico negativo da crise económica em Portugal, terão determinado uma quebra geral de cerca de 10ME no que deveria ter sido o resultado operacional da SAD.
Em síntese e em “números gordos”, podemos afirmar que as contas deste exercício como que foram “prejudicadas” em cerca de 25ME (15 pelo mamão), aos quais temos de adicionar os quase 20ME, que decorrem da insuficiência de Capitais Próprios do Grupo e do subsequente recurso a um exagerado financiamento bancário.
Um Grupo empresarial que suporta todas estas penalizações e, ainda assim, mantém uma tal capacidade de investimento, pode ser tudo menos duas coisas: nem pode estar em “falência técnica”, nem pode ser “mal gerido”.

Do ponto de vista qualitativo, creio que devo destacar três aspectos essenciais, a saber: (1) a reafirmação de todos os princípios da estratégia de Gestão que se confirmam há anos, nomeadamente no tocante á politica de investimentos, o reforço do CA da SAD com um Companheiro (JEM) que veio assumir a Gestão de Comunicação do Benfica e o relançamento da Nossa BTV.
Paralelamente e no que respeita ao Futebol (a actividade da SAD), mesmo na época de todas as frustrações, há que registar importantes sucessos nos escalões de formação, o lançamento da Equipa B, como o pináculo que faltava para viabilizar a desejável “ponte” entre a formação de Atletas e a Equipa principal, a disputa da final da Euroliga e, no campeonato nacional, a melhor pontuação desde há demasiadas épocas.

Em resumo, um “R&C” excelente, sobre um exercício económico notável e uma época desportiva que, por mais dolorosa que tenha sido, fica como marco na construção do Nosso sucesso futuro.

Algumas curiosidades.

. Como não podia deixar de ser, o “R&C” volta a reafirmar que a valorização de Atletas e a subsequente venda, com mais valias, de alguns dos mais valiosos, continua a constituir um dos pilares do modelo de Gestão da SAD.
. A SAD entende que o Benfica Stars Fundo deve prolongar a sua existência para além do seu horizonte quinquenal inicial (terminaria em setembro de 2014). Como tal, foram concretizadas (vidé pág. 120) algumas novas operações com o fundo, envolvendo os seguintes Atletas: Rodrigo, André Gomes, Duricic e, já no actual exercício, Sulejmani (avaliados pelo BSF, respetivamente, em 15, 8, 10 e 5 milhões de euro).
. O valor dos investimentos realizados em reforços entre o final da época e o inicio da actual ultrapassou os 50ME, considerando as imparidades resultantes da “limpeza de plantel” entretanto operada.
. Embora não sejam particularizados os diversos casos, o “R&C” informa que a SAD manteve partes nos direitos económicos dos Atletas que foram libertados a “custo zero”.
. O investimento inicial da BTV com conteúdos (Premier League) foi de 6,8ME.
. A BTV atingiu os 220 mil assinantes antes do final de setembro passado.
. O “passe” do Ola John permanece em balanço a 100%, embora exista um contrato de associação de interesses económicos com um investidor externo (Doyle).
. As vendas do Melgarejo e do Rodrigo Mora foram feitas por 5 e 3,5 milhões de euro, respectivamente.
. A SAD cumpre integralmente todas as regras do chamado “Fair Play Financeiro” (pág. 49).
. Em 30 de junho, a SAD tinha 88 Atletas sob contrato profissional. Os seus contratos envolveram um investimento total de 177ME e, uma vez que as amortizações acumuladas atingem 79ME, o valor de balanço total do Plantel é de 98ME, um valor quase ridículo e que demonstra a tese com base na qual eu venho, há anos, a desacreditar os que alegam a tal “falência técnica”.
. Na mesma data, o valor de balanço total dos Activos Tangíveis (terrenos, edifícios, equipamentos, etc.) e dos que constituem a Propriedade de Investimento (Galeria Comercial, etc.), era de 167ME, quando o seu custo total de aquisição e construção foi de 250ME.
. Ainda e sempre em 30 de junho, os 15% que a SAD tem no BSF, que foram adquiridos por 6ME e que o BSF “avalia” cautelosamente em 4ME, estão no Nosso balanço por 2,4ME

Ou seja e uma vez que um Amigo me informou que há alguns blogues Benfiquistas que sugeriram uma “perigosa manipulação” das Nossas contas, por alegado “inflacionamento” aos valores do Activo (por exemplo por existirem “muitos Atletas sobreavaliados”), talvez inspirados num discurso de um dirigente da cracsad que falava em “contas mascaradas”, estes exemplos comprovam que as principais rubricas do Activo da Nossa SAD se encontram claramente subavaliadas.

Falando de futuro.

Começando por uma questão de aparente pormenor, gostaria de começar por reafirmar a minha total oposição a que a SAD insista em respeitar o absurdo CCT subscrito pela LPFP a respeito do esquema de “Complemento de Reforma” para Empregados administrativos das SAD e por motivos que me vou escusar de descrever, de óbvios que são. Em alternativa, vou sugerir (em AG de acionistas) que a Nossa SAD o substitua por um regime de “custo definido” e o mais cedo possível (notem que o custo do atual beneficio já foi de 330 mil euro, só neste exercício).
Em segundo lugar, quero reafirmar o meu integral apoio ao ambicioso programa de investimentos aprovado pelo CA, insistindo numa estratégia há muito aprovada pelos accionistas e que, na minha humilde opinião, deve continuar a ser aprofundada, quer no plano estrutural, quer no plano estritamente desportivo.
Em terceiro lugar, quero afirmar que também aprovo a nova redistribuição do valor da quotização dos Sócios (que passa a reverter a 75% para o Clube), registando que desse facto decorre uma redução dos Proveitos da SAD em cerca de 5ME.
Em quarto e último lugar, uma vez mais vou insistir no sentido que o CA estude as diversas alternativas possíveis de reestruturação financeira que viabilizem o aumento dos Capitais Próprios da SAD, entre as quais se destaca o regime de “benesses” concedidas ao “Sport Millennium & Espírito Santo de Angola” (antiga osgalhada) pelos dois principais Bancos que financiam a Nossa SAD.

Sem pretender fazer previsões sobre o exercício económico iniciado em 1 de julho, creio que o CA deveria definir como objectivo global a realização de um exercício equilibrado em termos contabilísticos (“lucro zero”), ao qual se devem suceder exercícios com saldos contabilísticos positivos na ordem dos 10ME anuais.
Para o efeito, deverá o CA adequar-se ao evoluir do seguinte trinómio de variáveis centrais: (1) os proveitos com provas UEFA (objectivo central de 20ME por ano), (2) os proveitos líquidos da BTV (22,5ME neste próximo ano, crescentes até aos 40ME em 2018), ambas impulsionando os Proveitos Operacionais para a ordem dos 17ME anuais, ficando (3) aos Proveitos com passes de Atletas o papel de “cobrir a diferença” até ao valor total objectivo de 55/60ME.
Da evolução do ciclo económico, que pode vir a permitir um crescimento mais favorável dos outros Proveitos Operacionais e, sobretudo, dos resultados futuros da BTV, deveria resultar um novo paradigma da Gestão da SAD, nomeadamente ao nível da componente salarial dos custos do Plantel.

Colocando-me ao dispor dos Companheiros para todos os esclarecimentos que entenderem solicitar-me, quero concluir manifestando o meu integral voto de confiança no CA da Nossa SAD e nos Corpos Sociais do Clube, para persistirem e aprofundarem as estratégias aprovadas, visando levar o Glorioso a uma indiscutível liderança do fenómeno desportivo nacional.

Viva o Benfica!                                    

26 comentários:

  1. Que contas? O aumento do passivo mesmo com as vendas do Javi e do Witsel, e a entrada na Champions?
    Com o Vieira ao Leme, o passivo passou para mais de 400 milhões, um aumento brutal. Os títulos nem vê-los. Gastam-se milhões em Pizzi's, Fariña's, Funes Moris, Fesjas, Lisandros Lopez's para aquecerem o banco ou serem emprestados... Isso não convém referir, pois não?
    O Benfica está em situação de falência técnica. Logo, a gestão está longe de ser positiva. As contas são tão fáceis de fazer. O passivo é maior que o activo.
    O resto é areia para os olhos das pessoas.
    Rua Sr. Presidente. Se no Sábado formos de vela, é bom que os benfiquistas se manifestem democraticamente. Têm esse direito!
    O Benfica merece mais e melhor! E agora sim eu grito - VIVA O BENFICA!

    ResponderEliminar
  2. Com a actual estrutura directiva do Benfica, futuro é palavra que não existe... Basta ver o legado em termos de passivo que será um dia transmitido à direcção que tomar posteriormente conta do clube. Por isso, não há futuro no Benfica.
    O Benfica MORREU!

    ResponderEliminar
  3. Meus Caros Anonimos,

    So' sendo muito ignorante nestas materias se pode continuar a alegar uma pretensa "falencia tecnica", resultante de um falso "Passivo superior ao Ativo".

    Ha' anos que eu desmontei esse arrozoado ridiculo e aqui, neste texto e muito sinteticamente, voltei a deixar exemplos de itens do Nosso Ativo claramente SUBAVALIADOS. Por isso, tentem contrariar o seguinte:

    - " ...
    Em 30 de junho, a SAD tinha 88 Atletas sob contrato profissional. Os seus contratos envolveram um investimento total de 177ME e, uma vez que as amortizações acumuladas atingem 79ME, o valor de balanço total do Plantel é de 98ME, um valor quase ridículo e que demonstra a tese com base na qual eu venho, há anos, a desacreditar os que alegam a tal “falência técnica”.
    . Na mesma data, o valor de balanço total dos Activos Tangíveis (terrenos, edifícios, equipamentos, etc.) e dos que constituem a Propriedade de Investimento (Galeria Comercial, etc.), era de 167ME, quando o seu custo total de aquisição e construção foi de 250ME.
    . Ainda e sempre em 30 de junho, os 15% que a SAD tem no BSF, que foram adquiridos por 6ME e que o BSF “avalia” cautelosamente em 4ME, estão no Nosso balanço por 2,4ME ..."

    Alguns exemplos aos quais eu ainda poderia juntar mais alguns (como o caso do contrato de exploracao da Marca, contabilizado por cerca de 10ME e ainda valido para 3 decadas), mas que, todos juntos, valem o mesmo que o simples facto de a mais recente emissao obrigacionista da Nossa SAD (no valor de 45ME) ter tido uma procura de quase 170ME e a uma taxa de juro mais de 10 pontos base inferior ao que foi oferecido pela cracsad.

    Ou seja: os investidores nao percebem bolufas disto e andam todos a fazer fila para investir numa SAD "falida" e "muito mal gerida" ... segundo o "douto parecer" destes anonimos ignorantes.

    Outra coisa que estes anonimos ignoram, provavelmente porque nem Socios sao, e' que o Clube tem Estatutos e que, nos respetivos termos, os Corpos Sociais democraticamente eleitos ha' cerca de 1 ano, ainda tem mandato para Nos representar por mais 3 anos, mandato esse que so' poderia ser anulado nos termos e condicoes estatutariamente previstos e NUNCA porque umas duzias de garotelhos ignorantes lhes apetecesse, tendo ou nao alternativa.

    Fui suficientemente claro para voces, anonimos ignorantes?
    Ainda bem que fui.

    Viva o Benfica!


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. José nem vale apena perder tempo nem latim a tentar explicar coisas tecnicas a pessoas que nem sequer sabem compreender a relação entre passivo e ativo. Com alguma sorte nem sequer tiveram tempo para ler o relatório de contas que a SAD emitiu e apenas e só falam pelo que os jornalecos estratégicamente falam como falencia técnica. É gritante a forma como certos "anónimos" falam acerca do que não entendem apenas e só porque ouviram alguém no café da esquina a falar. Gostava que eles me explicassem se por acaso quando adquiriram casa e carro tb entraram em falencia técnica uma vez que contrairam um empréstimo de milhares de Euros para a compra dos mesmos. Uma vez que não há relação entre o ativo (compra de bens) e passivo (pagamento ressarcivo desses mesmos bens) não tarda muito para estarem todos na cadeia ou com os seus ordenados penhorados por falencia técnica...

      É mais do que lógico que com os investimentos, tanto ao nivel de infraestruturas (caso do estádio bem como campo de treinos, Benfica TV e passes de jogadores) o passivo teria de aumentar mas terão de ser sempre avaliados em relação ao ativo que estão avaliados. Se formos ver por esse campo então o passivo está de longe controlado e ainda há cashflow a ser retirado. Mas isso para certos monos iluminados não importa para nada, uma vez que quando estão em casa a jogar o seu FM o que importa mesmo é apenas e só titulos que não conseguimos ganhar mesmo fazendo a melhor época dos últimos 20 anos (culpa do treinador, presidente, CA que andaram um ano inteiro a marcar penaltis fora da área a campeão e a viabilizar a utilização de 3 ou até mesmo 4 guarda redes por jogo). Não conseguem entender que o que eles chamam de cantiga do vigário, é o esquema utilizado pela corrupção para mascarar a vergonha que eles provocar para desprestigiar o que fazem para ganhar ano após ano. Pena haver "anónimos" tapadinhos que preferem ir pela solução fácil que é a de criticar a direção com palavras ditas por esses mesmos cracs, em vez de lutarem contra quem provoca que esses titulos nos fujam. Num campeonato leal, nunca teriamos perdido 10 pontos em 5 jogos seguidos (claro que já todos se esqueceram das vergonhosas arbitragens que temos sido vitimas em Coimbra, bem como a vergonha que foi a derrota com o FCP com os 3 golos deles a serem oferecidos pelo Dragão d'Ouro, ou até mesmo do penalti bem marcado pelo Xistra no jogo do Sporting) há dois anos, muito mesmo teriamos chegado ao Dragão, na passada época, com chances de eles poderem ser campeões (obviamente que contra nós os foras de jogo não contam, os avançados podem estar onde quiserem sem nada ser marcado, ou então é normal que depois de constantes mãos dentro da área do FCP nada nunca é marcado, ou até mesmo quando eles estão empatados e o jogo parece ser dificil o penalti da ordem tem sempre de sair para tentar facilitar a tarefa do enorme campeão, nem que para isso seja marcado penalti numa falta quase a meio campo). Tenham vergonha na cara se são realmente Benfiquistas e deixem-se de ir por palavreados de quem mais não quer se não o nosso mal!

      Eliminar
    2. Enorme Hugo Santos, Companheiro,

      Obrigado pelo contributo e pelo teu apoio.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
    3. Nós Benfiquistas de alma e coração é que agrademos ao José e ao Hugo, de uma forma simplista e em três penadas, ajudarem a desconstruir o cenário catastrofico e irrealista das contas da SLB SAD, pelos anónimos dos Portistas Acéfalos Filhos da Fruta, que tudo fazem para dividir a familia Benfiquista. Os acéfalos devem pensar que os R&C do Benfica são sujeitos a efeitos de Photoshop, como as fotografias do Velho Senil do Putedo e da sua ex amante alternadeira, aquando da sua ida ao Vaticano.

      Anti-Portistas Acéfalos Filhos da Fruta

      Eliminar
  4. Caro José Albuquerque, concordo com tudo. O passivo e a chamada "falência técnica" que alguns ignorantes continuam a martelar, são termos técnicos que neste caso não refletem a realidade, na medida em que a última, por exemplo, é facilmente ultrapassada com uma pequena e correcta reavaliação dos activos. Quanto à anterior basta um aumento de capital ou a venda de um único jogador.

    O exercício gerou quase 50M€ de cash flow e isto é que é importante pois mostra a capacidade da empresa para gerar riqueza e libertar meios.

    Infelizmente os custos financeiros constituem um lastro que temos de arrastar, que no entanto serão amortizados pelos resultados futuros que a BTV irá proporcionar. Com já mais de 250000 assinantes, estou convencido que juntando aos proveitos de publicidade e venda de direitos ao estrangeiro irá constituir uma reserva de cash flow mensal de quase 3M€, o que não é de todo despiciendo.

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enorme Manuel, Companheiro,

      Obrigado pelo teu comentario e pelo apoio.

      Fizeste bem em recordar o impressionante valor do Cash Flow (ou EBITDA) que, pelo terceiro ano consecutivo, no meio desta crise e roubados quer pelo mamao, quer pelo mais recente assalto fiscal (nao me consigo conformar com este estupido aumento do IVA para este sector de atividade), se aproxima dos 50ME,comprovando uma fenomenal vitalidade economica.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
    2. Basta analisar qual foi o valor que a Benfica SAD recebeu neste exercicio pelas transmissões televisivas, cerca de 8 milhões de euros, para se chegar fácilmente á conclusão que no próximo trimestre será um valor no minimo perto deste, que estará inscrito no respectivo R&C.

      Anti-Portistas Acéfalos Filhos da Fruta

      Eliminar
  5. Se o sr. Presidente do Benfica for inteligente (algo que até eu duvido), cortava no número de jogadores séniores que o clube tem nos quadros (88!!!) e deixava de fazer aquisições tipo Pizzi, Fariña e outros que apenas vêm para rodar noutros clubes.
    E dizem por aí que o Benfica vai ter de vender 1 ou 2 jogadores chave em Janeiro para equilibrar as contas. Acham isto uma boa gestão?
    Parece-me que o passivo tem aumentado sempre... Vamos a caminho dos 500 milhões. Factos são factos! O resto são teorias!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se fosses uma pessoa inteligente (algo que qualquer pessoa pode duvidar) usavas o teu tempo para não dizeres apenas disparates sem sentido.

      Eliminar
    2. Guachos, só constatei factos!

      Eliminar
  6. Só um pequeno recado para experts de economia que por aqui pululam.

    Segundo a vossa teoria os Chineses são uns estúpidos.

    Então não é que aqueles palermas compraram por um balardio de dinheiro uma empresa falida(EDP)segundo o vosso conceito de falência ténica.

    É pá voltem para a escola e não escrevão asneiras sobre o que não sabem.

    Santa ignorãncia FDX.

    ResponderEliminar
  7. O anonimato é isso mesmo: COBARDIA!

    A cobardia anda de mãos dadas com a ignorância (para além de outras coisas) e para provar isso mesmo, bastaria solicitar a esses calhordas para explicarem o que é "cash flow".

    Companheiros, José, Hugo e Manuel, continuem com o vosso valioso contributo e deixem os cães ladrar.

    ResponderEliminar
  8. Companheiros,

    Acabam de me alertar (confirmando o que um anonimo ja' tinha referido) que o pasquim fez uma capa para tentar apoiar a boatada de que, caso seja eliminada a Equipa desta Champions (como, infelizmente, parece provavel), o (auto)Matic teria de ser vendido em janeiro, hahaha.

    Esta cambada nao tem remedio, tal como a respetiva ignorancia nao tem limites, hahaha.
    Levaram na tromba porque viram chegar o 31 de agosto sem que a Nossa SAD fizesse uma so' venda importante e, agora, ja' se colocaram na fila para levar outro tanto no dia 31 de Janeiro!

    Cambada de ignorantes e vendidos ao POLVO, que continuam a tentar insistir (porra, ha' anos) nesta do "tem de vender", a ver se conseguem desestabilizar.

    Companheiros,
    Se o CA da SAD nao aceitou vender (e o Atleta afirmou querer ficar) antes da epoca comecar, muito menos o vai fazer se e quando, por ver a Equipa for a da Champions, ainda mais determinantes se tornarem os jogos na UEFA, inclusive do ponto de vista estritamente economico.
    Mais ainda, estes ignaros abestalhados fingem ignorar que os Nossos Atletas mais valiosos ja' nao poderiam alinhar na Champions por nenhum outro clube (deve ser o Monaco que ca' os vem comprar todos, hahaha) nesta epoca.

    Que fique muito claro que, fosse eu o Presidente (ainda bem que nao sou, hahaha) e teria sido muito provavel que o Matic e/ou o Salvio tivessem saido este verao (desconheco o valor real das propostas que sei terem sido formalizadas para ambos), mas este CA ja' fez saber, sem margem para duvidas, que, pelo menos nesta epoca desportiva, o primeiro objetivo passa por nao enfraquecer a Equipa com nenhuma saida de nenhum Atleta influente no seu desempenho coletivo.

    Haja alguem que explique esta evidencia aos avencados da merdia, aos junta letras de medulla com geometria variavel e a todos os outros ignorantes, mais ou menos anonimos.

    Fod@-se, que ja' nao ha' pachorra para esta cambada!

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também já tinha pensado nisso, caro José Albuquerque. A BTV veio dar uma ajuda preciosa pelo que não há necessidade de vendas. Muito menos de jogadores nucleares.
      Isto faz tudo parte da propaganda para criar instabilidade. Os lagartos estão também muito atarefados na contra informação, agora que se aproxima um jogo importante para eles. O medo tem destas coisas.

      Isto não quer dizer que não seja vendido ou emprestado um ou outro jogador que o treinador ache que é dispensável. Como o ano passado foram o Bruno César e o Nolito, oportunidades que foram bem aproveitadas.

      Eliminar
  9. José Albuquerque, isto é tudo muito técnico para EU poder entender e exlicar a alguém, mas, mesmo não entendendo muito disto, não deixa de ser muito preocupante para mim. É mais uma preocupação a juntar a tantas outras não só do Glorioso SLBenfica, mas também deste país de corruptos.

    Abr.
    Marciano

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enorme Marciano, Companheiro,

      Compreendo perfeitamente a tua preocupacao, ate' porque eu tambem nao acho, nem escrevo, que esta' tudo "num mar de rosas", bem longe disso.

      Mas a questao tem de ser colocada em bases muito claras, ou seja:
      1 Gostando mais ou menos do LFV, dos que Nos elegemos e do DSO, considerando o ponto de partida e o intenso ROUBO e ATAQUE que o Glorioso sempre sofreu por parte do XISTREMA e, ate', da osgalhada, ha' que reconhecer o muito trabalho bem feito ... sobretudo porque todos Nos nele participamos, com mais ou menos sacrificio pessoal; e
      2 Goste-se mais ou menos do LFV, concorde-se, ou nao, com a estrategia que vem sendo seguida, ha que reconhecer a (quase) inacreditavel forca economica do atual Grupo Benfica, perante tantos sinais claros que dela sao um sintoma incontestavel.

      Tu sabes que eu venho tentando, umas vezes melhor que outras, alertar todos os Companheiros para estes assuntos, para a sua tremenda importancia e para a necessidade de nunca esquecer que, se queremos (E EU QUERO) que o Nosso Clube nao possa ser vendido a um qualquer bilhardario, temos de APOIAR as funcoes economicas do Nosso Grupo e, nas eleicoes, exercer o Nosso Voto com toda a responsabilidade.

      Ja' quanto ao pais ... a questao e' bem diferente e a palavra "magica" deveria ser ... PRODUTIVIDADE!
      Neste mundo do "globatinol", derrubado por uma cultura materialista e imediatista (sem etica, rigor e valores morais) cujo pinaculo gerou um Sector Financeiro pior que vergonhoso (e completamente corrompido e desregulado), Portugal foi "apanhado de calcas na mao" num quadro de regressao social que ja desceu abaixo da era da Revolucao Francesa (hoje, se gritares por Liberdade, Igualdade e Fraternidade, ja' te consideram um perigoso esquerdista) e em que o problema ja' nem se coloca ao nivel de "pobreza" ou "classes sociais": desgracadamente, hoje ja' vivemos o drama de "graus de cidadania".

      Esperemos que os nossos filhos consigam fazer menos merd@ do que a nossa geracao tem feito e esperemos que os Nossos Valores Benfiquistas os possam ajudar.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
  10. Um clube português com as contas negativas está obrigado a vender... O resto é letra!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas o clube de que falas teve 48M€ de cash flow POSITIVO e por isso NÃO está obrigado a vender. O resto é letra!

      Eliminar
    2. É letra, não! São letras com as quais se escreve ESTUPIDÊZ anónima!

      Eliminar
  11. Enorme Companheiro José.

    O teu post está como é sempre costume muito bom mas permite-me que te dê um conselho que é ao mesmo tempo um desafio:

    Parece que há meninos que não sabem como são os jogadores 'avaliados' (é esta a palavra que usam) num R&C, chegando até a dizer que estão sobreavaliados.

    Assim em 3 penadas podes desmascarar esta coisa que é, sem duvida, a base de muita desinformação.

    Se as pessoas (não estou a falar dos 'exigentes') bem intencionadas souberem que por exemplo, Ivan Cavaleiro, André Gomes, André Almeida ou Nelson Oliveira, não valem nada no R&C... ou que o Matic vale pouco mais de 1 Milhão (salvo erro) entenderão as contas um pouco melhor.

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enormerrimo Carlos Alberto, Companheiro,

      Excelente sugestao! Obrigado por ela.
      Prometo fazer (mais) um texto sobre os "valores do Plantel", tipo uma atualizacao do que foi publicado ainda n'OBELOVOAR. Fica prometido.

      Tens toda a razao quanto aos valores contabilisticos (de Balanco) dos "passes" da rapaziada saida da "Fabrica", que se resumem aos premios de assinatura, ou melhor, ao seu valor liquid das amortizacoes anuais ja' ocorridas, ou seja: esses 4, somados, nao devem valer nem 1 milhao, hahaha.

      Ja' quanto ao Matic, olha que te estas a esquecer que ele ja' teve o contrato renovado 2 vezes, ou seja, admitindo um valor inicial de 5ME e contrato inicial por 11 semestres (5 anos e meio), teriamos:
      1 Valor semestral da amortizacao contabilistica -- 454 milE;
      2 Valor de Balanco em 31/12/2013 (antes da renovacao) - 4,008ME;
      3 2 premios de renovacao (admitamos) - 2ME;
      4 Contrato renovado por mais 2 semestres (creio);
      5 Novo valor de Balanco em 29/6/2013 -- 4ME + 2ME = 6ME;
      6 Novo valor semestral de amortizacao (6ME/11= 545 milE;
      7 Valor de Balanco em 30/6/2013 -- 6ME - 0,545ME = 5,455ME

      Hahahaha, este deve ser um dos tais que esta' ... "muuuuito sobreavaliado".

      Viva o Benfica!

      Eliminar
    2. Não te esqueças que te vou cobrar essa promessa a partir de...agora.
      Abraço

      Eliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não vale a pena perderes tempo...faz-te à vida malandro.