terça-feira, 7 de janeiro de 2014

O jogo da vida deles...

A pagina do GV continuará de luto até á missa de 7º dia e depois voltarão ao blog as cores do nosso Benfica - o vermelho vivo que tanto gostamos. A vida continua e não podemos fazer da vida um lamento continuo.
- Eusébio; um dia - que prefiro bem longe na contagem do tempo, assistiremos juntos às vitórias do teu e do nosso Benfica...but - not yet...
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------
A morte de Eusébio interrompeu a campanha que já se adivinhava a propósito do jogo Benfica - corruptos de Contumil...
Os lacaios da sportv, seguindo a cartilha instalada na cs, onde o pasquim do Serpa dava cartas, tentando provar ao mundo que o Benfica com Oblak não mais sofrerá qualquer golo; não sofre à três (o último também contou?) jogos, sendo que esta ladainha já vinha do jogo anterior...

Os sempre disponíveis 'macacos de repetição', na blgoosfera, fazem o resto...
A receita é simples, repetida e comprovadamente "eficaz", fácil de perceber e não custa mesmo nada - tira-se Artur da baliza, mete-se o Oblak e nunca mais o Benfica sofrerá qualquer golo.
Mais ou menos o que aconteceu assim que Roberto foi esquartejado, vilipendiado, e, escorraçado do Benfica e de Portugal! Bastou Roberto sair da baliza (por troca com Artur) e os títulos, que apenas o espanhol impedia que acontecessem, voltaram de imediato ao Benfica; de enxurrada!

Os dados estavam lançados (serão retomados nos próximos dias) e o tema Oblak/Artur voltará à baila novamente e em força...
Curiosamente, ninguém vai querer saber se Fabiano pode ou deve tirar o lugar a Helton, apesar dos grandes elogios e das grandes exibições que todos juram ter visto o brasileiro fazer!

No final do jogo de sábado passado, mais do que o resultado ou a exibição, o que todos queriam realmente discutir eram Oblak e Artur.
Percebeu-se o porquê de tanto alarido - Oblak acabara de fazer uma "espantosa" exibição (mais uma) impedindo que o Benfica sofresse mais uma humilhante derrota. Os jogadores do Gil, incrédulos, ficaram de mãos na cabeça, espantados com fantástica exibição do jovem esloveno, e nas bancadas, o publico extasiado não se cansou de aplaudir - de pé!

Com o mesmo pé se faziam duas pegadas. Metia-se pressão em Oblak e ao mesmo tempo empurrava-se Artur para um caldeirão efervescente, prestes a rebentar e de preferência já no próximo jogo...
A quem interessa todo este ruído? ao Benfica não é com certeza. - Mais do mesmo, num filme mais do que visto e revisto em tempos não muito distantes....
Siqueira ainda meteria o lacaio da sportv no seu devido lugar. Melhor faria Jesus se soubesse seguir-lhe o exemplo. 
Para mim - é completamente cagativo que jogue um ou o outro. Tenho a minha preferência, mas nunca farei a Artur, o que muitos fizeram com Roberto. Desejo para Artur os mesmos sucessos que desejo a Oblak - tal como a qualquer outro jogador do Benfica.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------
Lendo a blogosfera e as redes sociais no dia a seguir ao jogo, percebeu-se como tão é fácil ser adepto; quando ganhamos, ganhamos todos, o mérito é de todos e somos todos os maiores. Quando as coisas correm mal, perdem Luís Filipe Vieira e Jorge Jesus, que devem ser demitidos sempre que há um empate ou uma derrota e todos os jogadores (menos o 'fabuloso' Nelson Oliveira) devem ser emprestados ou vendidos.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------
É tempo de Vieira, Jesus e os jogadores, perceberem - de uma vez por todas, o que vai estar em jogo no próximo Domingo, a partir da 16H (bendita BenficaTV)...
Larguem o Senhor Eusébio por uns dias, e concentrem-se no muito que há a fazer. E nem é preciso apelar aos jogadores que dediquem um possível triunfo ao King. Eles sabem muito bem o que têm de fazer.

Não duvidem que a acontecer o pior cenário possível, será isso mesmo que os corruptos farão, acabando de vez com o ânimo das hostes benfiquistas.
Por agora, restam-lhes, como factores extra de motivação, os favores da cs adestrada que vai atirando com a possível trivela do Quaresma, com o provável ressurgimento do  apalhaçado Kelvin do minuto 92 e pouco mais...

Não será um simples jogo de futebol que estará em disputa. Todos, no Benfica, precisam perceber de uma vez por todas - que esse jogo; tem de ser o jogo da época.
Os jogos com o clube da fruta têm de ser encarados por todos como os mais importantes da época. Faz mais mal ao Benfica uma derrota nestes jogos do que perder uma final europeia. E não é só pelo arrasar dos ânimos benfiquistas. É o suplemento "vitamínico"que lhes damos (aos corruptos) de mão beijada. É esse suplemento que tanto os ajuda a ser fortes enquanto que a nós nos afunda! Tem sido sempre assim ao longo dos anos. É preciso inverter a tendência. E tem de se começar já no Domingo próximo.

Os campeonatos, ao contrario do que muitos dizem, decidem-se muito nos jogos entre candidatos. Uma vitória do Benfica será meio caminho andado para o título que todos queremos. Uma derrota, com tudo o que isso implicaria de mau em termos anímicos, nos jogadores, na equipa técnica e principalmente nos adeptos, demasiado feridos com as desilusões da época passada - seria desastrosa.

É bom que todos o percebam e é imperativo lembrarem-se que do outro lado estará uma equipa que fará deste jogo, não o jogo da época, mas o jogo da vida deles...
Como sempre o fazem - quando defrontam o Benfica.

10 comentários:

  1. Caríssimo Guachos, deves ser muito persuasivo... pois mesmo, quando pontualmente tenho um ponto de vista divergente do teu, geralmente no fim dos teus Posts já estou convencido da validade do que propões.
    E no caso, dos guarda - redes, a frase:

    « Com o mesmo pé se faziam duas pegadas. Metia-se pressão em Oblak e ao mesmo tempo empurrava-se Artur para um caldeirão efervescente, prestes a rebentar e de preferência já no próximo jogo ».

    É completamente elucidativa das maquiavélicas e ardilosas manobras da imprensa amestrada e dos tentáculos do « polvo »... que tentou colocar um foco de instabilidade na baliza do Benfica, enervando e desassossegando os guarda - redes e simultaneamente... criando potenciais fontes adicionais de pressão vindas de adeptos que para defender as suas preferências pessoais podem incorrer no erro de antagonizar o escolhido ( caso não seja o « seu » ).

    Por último e no que respeita à importância do clássico... considero esta colossal, gigantesca e determinante para o futuro do Benfica no campeonato, para um novo fôlego e ânimo da massa adepta e... confesso para a minha sanidade mental... porque detesto ( odeio ) tanto os suínos, que tudo o que não seja ganhar está fora do meu horizonte, não penso, nem considero outra possibilidade!
    Tal como todos os anos, já entrei na fase em que entoo a minha ladainha ( não muito racional... mas possível ):

    « É desta que vamos ganhar por mais de cinco, é simplesmente justo que assim aconteça, nós merecemos, eles também... e algum dia terá de ser e se é assim, que seja já »!

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Belas palavras e excelentíssimo penúltimo parágrafo.

      Eliminar
    2. Obrigado. Retirei, porque achei que era melhor guardar para mim essas palavras.

      Eliminar
  3. É comida requentada a que está a ser servida. Até porque criar histórias da carochinha sobre a qualidade dos guarda-redes do Sport Lisboa e Benfica, criar novelas e focos de instabilidade imbecil é coisa para os atrasados mentais (sem desrespeito aos atrasados mentais que têm todo o meu respeito ao contrário dos outros) benfiqueiros engolirem à colherada. Para depois poder vir mais um roubo arbitral monumental no Foi Com Putedo-Benfica no Estádio da Luz e os atrasados mentais virem regurgitar cheios de razão que o Benfica não ganhou, não porque foi assaltado por um boi de preto, mas sim por causa do Moretto, digo, Quim, digo, Roberto, digo, Artur, digo, Oblak.
    Tal e qual como tivemos lá atrás um início de época com Roberto na baliza com roubo de igreja atrás de roubo de igreja e para no final da época termos adeptos do Foi Com Putedo incrivelmente em uníssono (porque lhes interessava) com os benfiqueiros que o Benfica não tinha sido campeão por causa do Roberto e não por arbitragens absolutamente criminosas logo no início da época que imediatamente afastaram o Benfica do título logo no início do campeonato.

    Está a ser preparado o mesmíssimo caldinho de sopa requentado para este jogo em questão que vai ser decisivo como bem dizes. Mas eu estou com esperança que acima de quaisquer atrasados mentais como os benfiqueiros, vai estar Jorge Jesus e os atletas do Sport Lisboa e Benfica a darem tudo neste jogo para arrancarem a vitória contra todas as expectativas e principalmente contra o gado que que for nomeado para este jogo. Sim, porque a equipa do Foi Com Putedo vale menos que a equipa do Zénite São Petersburgo, Austria de Viena ou Atlético de Madrid, nesse aspecto portanto o Benfica nada tem a recear, a única coisa que decide no sentido contrário no frutabol corrupto português não é um Kelvin, um Cardozo, um Izmailov, um Helton, um Artur ou um Fabiano, mas sim um internacional português da APAF.

    Repito que tenho a impressão que os atletas do Benfica vão deixar tudo em campo neste jogo e que só um penalti à Put@ Proença, um golo invalidado à Boi Benquerença, uma expulsão por socar a relva ou mais um golo em fora-de-jogo à Maicona pode roubar a vitória ao Benfica neste jogo.

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  4. Como quero que o Benfica vença o clube da fruta, mas parece que nós entramos nos jogos com putedo a dormir, a tremer! É incrível. Não percebo o que se passa com Benfica nestes jogos! Por variadíssimas fiquei desiludido. É verdade que Jesus tenta sacudir a pressão aos jogadores afirmando que o jogo não é decisivo, mas deviamos dar tudo para assassinar os curruptos!

    João Fernandes

    ResponderEliminar
  5. O jogo de Domingo tem uma carga simbólica enorme.
    O Benfica não pode dar hipóteses ao adversário. Tem de mostrar carácter, seriedade e vencer.
    É essa atitude, positiva, de garra, de vontade de vencer, que mostrará que o Benfica de Eusébio está vivo, e que estará sempre presente numa mística reforçada e partilhada por cada um de nós, por cada profissional e por cada dirigente que estiver no Benfica.
    Estou convicto que é isso que testemunharei no Domingo.
    Se a vitória não suceder, espero que ninguém ouse fazer provocações eironias no domingo, do género que ouvi M.Serrão sugerir (o fcp dedicar uma eventual vitória a Eusébio).

    Domingo, todos nós benfiquistas, seremos um.

    E Pluribus Unum.
    Força Benfica

    ResponderEliminar
  6. Guachos: perdoa-me mas não te dou razão relativamente à questão Oblak/Artur... Cada bola cruzada para a área com o Artur è um valha-me Deus, e não senti o mesmo nos jogos em que Oblak esteve na Baliza...Senti segurança, frieza, invulgar num puto com 19 anos. Logo de caras optaria por Oblak na Baliza... Quanto ao resto estou contigo, e aguardo por uma atitude inesquecível da equipa de todos nós! È o JOGO da vida deles (nossa) e dessa forma deve ser encarado por todos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A questão Oblak/Artur vai muito para além das bolas cruzadas, da segurança e da frieza de um ou de o outro...mais a mais não soubeste ler nas entrelinhas...

      A questão Artur/Oblak é exactamente igual à questão Roberto/Artur. Os benfiquistas e os responsáveis pelo Benfica é que ainda não o perceberam. Com os graves custos que dai advêm.

      Eliminar
    2. Contra os valha-me Deus e para a segurança e frieza tenho uma vasta selecção entre Xanax, Valium e outros e sem falar nos genéricos que ainda são mais baratos. Mesmo assim não me livrei, apesar da forte dose de Xanax em cima, de ver no último jogo (com mais uma estrondosa exibição da defesa do Benfica isto porque claro está nesse jogo não sofreu golos) uma bola cruzada para a área e ver o Oblak a rodar sobre si mesmo como uma barata tonta, a perder a noção de onde estava a bola com esta felizmente a saír pela linha de fundo. Agora, tenho duas opções, ou reforço a dose de Xanax para 2000 mg por dosagem ou então pura e simplesmente dou valor a esse lances episódicos, tal como dou a qualquer lance semelhante nos guarda-redes do Benfica, chamem-se eles Oblak, Artur ou Zach Thornton: nenhum.

      Esta segunda opção é assim a modos que a usada por outras bandas, onde um guarda-redes chamado Helton já sofreu uma série de lances episódicos que resultaram em frangos monumentais, mas que como goza de um tratamento mediático diferente, continua a ser uma presença indiscutível, e a reboque deste tratamento até temos benfiquistas que dizem tratar-se de um grande guarda-redes e até o melhor em Portugal! Portanto dizia eu, esta segunda opção é a usada noutras bandas, continua na baliza e não há stresses para ninguém e está tudo na paz do Senhor o que é uma maravilha. Mesmo quando joga o suplente Fabiano, é tudo uma maravilha, (começarem a chamar a este Fabiano também "Fabuloso" como era o outro, é um pequeno passo) e nem são precisos ansiolíticos: caso haja algum stress maior, vai-se ao alterne para espairecer e aliviar o cérebro de crises existenciais.
      Cumprimentos

      Eliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não vale a pena perderes tempo...faz-te à vida malandro.