terça-feira, 8 de abril de 2014

Nico Gaitan e André Almeida - o talento e a utilidade e a razão de tão bem coabitarem...

Nico Gaitan e André Almeida - o talento e a utilidade - a razão de coabitarem...
O que os une e qual a razão do seu sucesso?
Há um enorme denominador comum - Jorge Jesus...

Epá, mais um post sobre Jorge Jesus???

Fazer o quê? é o homem do momento! 
O que mais diferencia os treinadores é a sua capacidade de fazer com que jogadores perfeitamente banais aparecerem aos olhos dos adeptos como grandes jogadores e a sua capacidade de "sacar" o talento onde ele já existe, transformando simples promessas em grandes certezas!

Sempre pensei que o bom treinador é aquele que 'pega' num grupo de bons rapazes e faz deles uma grande equipa. Não apenas com bons rapazes, entenda-se...também é preciso talento.
Se é verdade que o talento ganha grande parte dos jogos, não é menos verdade que os campeonatos se ganham defendendo bem. Não há equipas campeãs sem serem muito competentes a defender.
Só o conseguem as equipas em que os mais talentosos defendem como os que não o são, e que, os tais bons rapazes saibam (parecem) transformar-se em jogadores talentosos...

O Barcelona de Guardiola, a mais fantástica máquina de (bom) futebol que alguma vez vi jogar, mais do que os talentos individuais ou o ataque demolidor, era sobretudo a equipa que melhor sabia defender. 
Mais do que atacar bem o Barça de Guardiola defendia como ninguém. Ter Messi também ajuda muito, mas, como muito se tem comprovado, muitas vezes isso não chega...

Sempre me bati, (algumas vezes aqui) que Guardiola, no Barcelona, tinha um plantel bastante mais fraco que o do Real Madrid. Muitos daqueles moços recém saídos da tal "cantera" milagrosa, não passavam de rapazes bem comportados, que, sem Guardiola, perder-se-iam num qualquer clube de menor dimensão. Hoje, só alguém muito teimoso é que não o percebe. Saiu Guardiola e a maior parte daquela rapaziada mais nova perdeu-se ou simplesmente desapareceu do mapa...

Veja-se o caso do M. Unitd que após a saída de Alex Ferguson parece um castelo de cartas a desmoronar-se...

É garantido; pegue-se num bom maestro e dêm-lhe um grupo de bons (alguns menos bons) músicos para trabalhar...
Garanto-vos que com aquele 'material' humano ele construirá uma excelente Orquestra...e que os músicos menos bons parecerão, também eles, excelentes executantes.
Pegue-se num mau maestro e dêm-se-lhe os mesmos músicos...
É garantido que dali sairá uma péssima orquestra....onde até os bons músicos parecerão maus executantes.
A mesma orquestra - maestros diferentes; a razão do sucesso ou insucesso. 
Boa ou má música, salas cheias ou vazias, bons ou maus concertos. É assim e não há nada a fazer.

No futebol é a mesma coisa. O bom treinador é o que pega em jogadores bons e fá-los parecer melhores e, dos menos bons, faz com que pareçam tão bons como os melhores.

André Almeida...
Moço humilde, sem peneiras, pouco talentoso, mas uma grande vontade de aprender e uma inteligência (nota-se) acima da média. (também é preciso)
Com Jorge Jesus, que acredita nele, transforma-se e parece um craque no meio dos craques. Muito mérito de André, sem duvida, mas, maior mérito do seu treinador, em fazer com que o jogador pareça ser aquilo que muito dificilmente seria num outro contexto, até mesmo numa equipa menor!

Matic já não mora na luz, Fejsa está lesionado e, azar dos azares, até Rúben Amorim se lesionou...
Em qualquer outro clube, e mesmo noutros "Benficas" de outros tempos, seria o descalabro e um "Deus nos acuda"...
Almeida entra na equipa, num lugar tido como crucial, para muitos o coração da equipa e...não passa nada. A equipa absorveu-o e ele fez de conta que sempre actuou naquele lugar! 

Meus caros, isto só se vê nas grande equipas e em equipas equipas com uma identidade à prova de bala.
Veja-se o falatório que provocam as ausências de Fernando no clube da fruta ou a ausência do novo C. Ronaldo do alvalixo, o estratoferico William Carvalho! 

Agora; alguém se lembra de Nico Gaitan quando chegou ao Benfica? 
Alguém se lembra da quantidade de vezes que os "especialistas" o quiseram mandar embora?
Alguém se lembra que aqui sempre foi tratado como o 'sr classe'?

Nico é grande, Nico é classe, a classe que nasceu com ele...
Agora, tem uma vida inteira pela frente para agradecer ao seu treinador por o ter trazido para o patamar de excelência em que se encontra!
Não sei que jogos vê o seleccionador da Argentina e sei que há grandes jogadores argentinos espalhados pelo mundo. Tenho sérias duvidas é que tenham muito melhores jogadores que Gaitan...e Enzo Perez...
Ambos mereciam ver o seu talento reconhecido na selecção das pampas, no mundial...ainda mais, sabendo-se que por lá vão vegetar 'pernas de pau' como João Pereira, Raul meioreles, Josué, Micael, Varela, quem sabe Licá...

16 comentários:

  1. Enorme Guachos, de facto o Enzo e o Gaitán mereciam ir à selecção, mas deixa-me ser um pouco egoísta e preferir que não vão para que possam continuar a envergar o manto sagrado. :)

    Quanto ao JJ continuo sem perceber porque muitos benfiquistas não o querem por cá. Por mim era renovar por 5 anos já!!!!

    ResponderEliminar
  2. Agrada-me verificar que já dá um pouco mais valor a o A. Almeida... repare que fez muito melhor aquela posição do que o A. Gomes...

    Qt ao A. Gomes acho que daria um excelente extremo esquerdo...

    ResponderEliminar
  3. Sobre o Gaitan e André Almeida comungo da mesma opinião....dos de Barcelona, não sei, não acompanho, sobre o Jesus acho que depois de cumprir o contrato logo se via...

    ResponderEliminar
  4. Osvaldo Nicolás Fabián Gaitán é, todo ele, a arte do e no futebol.
    Quando ingressou no Benfica quem apostava nele? Quase só a pessoa que sugeriu a sua contratação: Jorge Jesus.
    Paulatinamente, Gaitán 'cresce'. Hoje, é a confirmação dos que acreditaram. Dá gosto ver Gaitán jogar. Defende, ataca, constrói, distribui e marca.
    Um pé esquerdo com olhos. Uma visão de jogo fora do comum. Uma cabeça que pensa o jogo segundo a segundo.

    André Almeida, o 'puto' que assinou o contrato na mesa de um restaurante, na mesa ao lado da que eu estava, continua a ser o que era. Um menino/senhor simples, educado e amigo.
    Não surpreende a sua adaptação ao lugar que ontem ocupou. André é aquilo. Um adaptado, mesmo antes de lá estar. Uma questão de mente, de vontade, de profissionalismo puro.

    Alejandro Sabella, o selecionador argentino, vê os jogos por interpostas pessoas. Que desta vez lhe indicaram Ezequiel Garay e Marcos Rojo.
    Gaitán merece ir à selecção? É evidente que sim. Irá. Os 26 anos feitos em Fevereiro não são obstáculo.

    Jorge Jesus deve, quanto a mim, ter o futuro traçado. Luis Filipe Vieira terá já 'apertado' com o técnico. LFV quer arrumar a questão antes do final da época, para garantir que Jesus não fique mais caro.

    Cumprimentos benfiquistas.

    ResponderEliminar
  5. «Nunca vi treinador que saiba e conheça o futebol como ele, é um perfeccionista. Não sou o único jogador a defender isso, aliás, todos os que trabalharam com ele dizem o mesmo. Em Espanha, diz-se que as pessoas não valorizam o que têm até o perderem. Eu quero ter os melhores a meu lado, nunca contra mim» - Javi Garcia

    «Com Jorge Jesus cresci como futebolista, em todos os sentidos. É um magnífico treinador e estou-lhe muito agradecido» - Javi Garcia

    «Respeito muito a equipa do Benfica. Tem um grupo centrado, com muita qualidade. As finais são sempre decididas nos detalhes, hoje foi uma bola parada nos últimos minutos que nos deu a vitória. O Benfica vai ter um futuro brilhante com o treinador e os jogadores que tem.» - David Luiz

    «Seria um desperdício imenso o Jesus sair agora do Benfica. Todos sabem o futebol que o Benfica está a fazer e hoje mostrou isso.» - Ramires

    «When I went to Benfica, I played like a No 10 in the team. Jorge Jesus told me: ‘You’re going to play like a defensive midfielder.’ And I said ‘me?’ He said: ‘Yeah, I think you can play better in that position.’
    I worked every day tactically with him to improve. I think I’ve improved a lot and also physically I train very hard every day. After training, I stay every day to work alone in the gym.
    It wasn’t easy because I had never played that position before. In the start I didn’t play so well, but Jorge Jesus believed in me, he believed in my quality, and kept saying: ‘Just do what I ask and slowly you will play better and better’. I did.”» - Matic
    -
    «Quando fui para o Benfica, eu jogava a 10. Jorge Jesus disse-me: "Vais passar a jogar a médio-defensivo". E eu disse "Eu?", ele disse "Sim, eu penso que és capaz de jogar melhor nessa posição." Trabalhei no duro tácticamente todos os dias com ele para melhorar. Penso que melhorei imenso e também fisicamente, treinando no duro todos os dias. Depois do treino, ficava todos os dias para treinar sozinho no ginásio. Não foi nada fácil porque eu nunca tinha jogado a médio-defensivo antes. No início não jogava lá muito bem, mas Jorge Jesus acreditou em mim, acreditou na minha qualidade e dizia-me sempre: "Faz só o que eu te digo e gradualmente vais passar a jogar melhor e cada vez melhor. Foi o que aconteceu.» - Matic

    O resto é azia, melões, experts das internaites e conversa para bois dormirem.
    Carrega Guachos, já vamos em Abril e o Benfica continua em primeiro (deixou de rimar desde Janeiro/Fevereiro, é pena).
    Cumprimentos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Excelente comentário, deixa lá que a gente não se importa nada que não rime...he he

      Eliminar
    2. Obrigado pelas citações, Aguia. Dizem mais do que muito, dizem tudo quando são os próprios jogadores a falar, aqueles que realmente sabem!

      Mas os antis são desonestos, são gente com mau íntimo, são gente rancorosa, invejosa, vingativa, gente que coloca os seus ódios pessoais à frente da verdade e dos interesses do clube de que muitos deles se dizem adeptos.
      É gente que deve ser ignorada e não podemos ter medo de lhes mostrar o nosso desprezo.

      Eliminar
    3. É disso que a nossa rasteira comunicação social não fala.
      Por esquecimento ou por conveniência?

      Eliminar
    4. Liverpool, não faz mal, mas tinha mais piada há uns meses, agora já há muita companhia já tem menos piada (e em muitos casos mal acompanhado...). Mas quando chegar o título a piada vai voltar toda enquanto noutros lados a azia vai explodir de vez.

      Tudo certo Manuel, e obrigado.

      Caro Observador, exactamente não é tanto o interesse como é a má-fé e os seus objectivos de atacar e prejudicar o Benfica. Mas é para isso que as redes socias e os blogues de qualidade e defesa dos superiores interesses do Benfica (como este e mais meia-dúzia, infelizmente muito poucos) servem.

      Cumprimentos

      Eliminar
  6. Enormerrimo Guachos, Amigo e Companheiro,

    O Nosso Tecnico nao e' so' o "Homem do momento": o Nosso Tecnico e' o "alvo" de todos os anti Benfica e de todos os anti Vieira, pela simples razao de ser o principal "elo" (um dos mais fortes), a principal alavanca e a principal roda (dentada, hahaha) da maquina de futebol em que ele transformou a Equipa.

    Por outras palavras, meu Amigo, O Senhor Jorge Jesus E' o campo em que se luta a "batalha" pelo Nosso futuro! Ele, o JJ, nao e' insubstituivel, mas permitir (no sentido de facilitar) a sua substituicao seria fazer o "jogo do inimigo", seria, como tu bem descreveste, um erro crasso e imperdoavel!

    Eles nao passarao!
    Nem os anti Benfica, nem os anti Vieira!

    Nos, Nos que Somos o Benfica, nao permetiremos que isso suceda!
    Nos, Nos que Somos o Benfica, aprendemos com o que sofremos nestas 3 ultimas decadas: cometemos erros e pagamos muito caro por eles!

    Nao passarao!

    Sabes o que mais me choca, Companheiro Guachos?
    Que existam Companheiros nossos, tipos com alguma educacao e inteligencia, que olham o crescimento e desenvolvimento do Glorioso neste 5 anos mais recentes e insistem em nao querer perceber que esse merito tem "nomes" (de algum modo tem o "nome" de cada um de Nos).
    Olham para o nome do Sport Lisboa e Benfica em SEXTO (quase quinto) lugar na hierarquia de clubes da UEFA e insistem em vilipendiar o Presidente e o Tecnico, sem ponta de respeito e de verdade.

    Dizem esses que o merito foi ... "do forte investimento", FDGP!
    Alguem conhece esse "gordo"?
    E' preto, branco ou oriental?

    "Forte investimento" os Andres? O Supermaxi? O Luisao? O Garay? O Artur? O Oblak? O Automatic? O Witsel? O Javi? O Enzo? O Gaitan? O "Manel"?

    FDGP! Que algum deus lhes perdoe, que eu ja' nao consigo!

    Mudando um pouco de tom, sem sair do assunto ...
    Recordas-te de qual foi uma das primeiras sugestoes que te fiz?
    Exatamente! Que acrescentasses o LATERALDIREITO ao teu "blogroll".

    Trata-se, na minha humilde opiniao, de um dos melhores blogues de tecnicos de futebol (os escribas sao todos jovens treinadores e/ou estudiosos de futebol) e, seguramente, aquele onde mais coisas eu ja' aprendi sobre este desporto apaixonante.
    Escrevem la' adeptos de muitos clubes e todos sao unanimes em considerar o Nosso Tecnico UM DOS MELHORES DO MUNDO.

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Partilho os teus sentimento e também a tua revolta meu caro amigo. Toda.
      Deixa-me só fazer uma pequena correcção. O blog que referes é o lateralesquerdo e não direito como por lapso escreves...
      Viva o Benfica!

      Eliminar
    2. Meu caro José não te importes com esses tais, esses tais não fizeram o Benfica, o Benfica foi feito por Grandes Homens, Grandes em tudo, mas acima de tudo Grandes no seu benfiquismo.

      Eliminar
    3. Hahahahahaha,

      "Lateral direito", hahahaha. E' caso para escrever ... CABURRO!

      Hahahahaha, nao me recordo da vez anterior em que eu ri ate' 'as lagrimas com um disparate de minha autoria.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
  7. Caríssimo e estimado amigo Guachos,

    Jorge Jesus além de excelente... precisou como precisaria qualquer treinador de tempo, para implantar um sistema de jogo que vejo hoje e pela primeira vez de tal forma consolidado, que parece totalmente imune a ausências ou integrações de jogadores de maior ou menor valor.

    Além de um somatório de qualidades que excede largamente os defeitos, da adaptação total ao que o clube necessita desportiva e economicamente... este modelo de grande equipa estável e sólida, que permite o lançamento e rotação contínua de « peças » da máquina sem se notar imperfeições...

    Depende ( e é bom que muitos não o esqueçam ) de um treinador de topo, de um caso de simbiose bem sucedida com os objectivos do Benfica... e de tempo, muito tempo para chegar a este patamar ( e não me falem de « Jardinagem » porque isso é o mesmo que comparar lagosta com caracóis )!

    E é isso que se deve ter presente, para considerar que é imprescindível a permanência de Jorge Jesus, é extremamente difícil encontrar alguém que preencha todas as premissas anteriores e... se fosse possível encontrar tal pessoa... faltaria ainda e sempre o factor temporal para erguer nova equipa baseada em novos pensamentos.

    De resto, Gaitan fantástico e André Almeida um rapaz esforçado que em determinadas circunstâncias será útil com peça sobresselente.

    ResponderEliminar
  8. A proposito.

    Quem não se lembra do Mario João e do Neto? Foram campeões europeus. Juntamente com talentos como Coluna, Germano, José Aguas, entre outros.

    ResponderEliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não vale a pena perderes tempo...faz-te à vida malandro.