segunda-feira, 23 de junho de 2014

Pablo Aimar - entrevista


Resolvi publicar a entrevista de Aimar, o anti taliban, para desopilar deste assunto do ronalismo...

Clicar e aumentar (aqui) para melhor leitura...


11 comentários:

  1. Caríssimo e estimado amigo Guachos,

    Uma óptima entrevista de Sir Aimar, príncipe dos relvados e fantástico domador de talibans.

    A genialidade que patenteou ao serviço do glorioso, está bem evidente na forma como agora os faz rebolar, sentar e dar a pata... para pedirem desculpa da forma, como distorceram e macularam a verdade sobre a relação de Jorge Jesus com ele e deste com todos os jogadores em geral.

    Digamos que a outra leitura do título da entrevista « O Benfica não encontra melhor que Jorge Jesus » será: « O Benfica não encontra pior que um taliban »!

    ResponderEliminar
  2. Um Homem com este carácter, capaz de renunciar porque fisicamente não estava bem - e mesmo menos bem, era sempre melhor que os restantes - e capaz de se negar a vir ganhar dinheiro sem o justificar merece um respeito que é independente de clubices.

    Mas tê-lo tido no nosso grande clube é daquelas honras que nunca apagarão.

    Um dos maiores que merecerá sempre uma vénia minha.

    ResponderEliminar
  3. Muito obrigado pela publicação.
    O mais engraçado (NOT!) é ver alguns blogues dos talibans que ou não publicam nada da entrevista, nem a mencionam sequer pois para eles nem existe, ou publicam apenas uma pequena parte, apenas as partes pequeninas que lhe convêm. Que filhos da puta! Só à chapada!!


    ResponderEliminar
  4. Enormerrimo Guachos, Companheiro e Bom Amigo,

    Mesmo nao querendo andar a "inspecionar a merd@ com um pauzinho", imagino este Senhor a responder ao Sabella algo como "obrigado pela prova de confianca, mas escolhe outro por favor, que eu nao estou em condicoes de representar a Argentina neste Campeonato Mundial", caso o selecionador da Argentina se tivesse lembrado de o convocar.

    Um exemplo que deveria ter sido seguido por alguns ...

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
  5. Se eu já gostava muito da Argentina, por ser a Pátria de Che Guevara e por ter passado 2 vezes férias na maravilhosa Buenos Aires, agora com tudo o que o grandíssimo jogador e Homem, Pablo Aimar, fez no Glorioso e, ainda por cima, a verticalidade, honestida e gentileza do seu ser, faz-me ser mais um Argentino, por adopção.

    Se não fosse o Benfica, nem valia a pena eu ser Português!

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
  6. SAKANA E SAKANAGEM ESTÃO DE VOLTA!

    http://sakanagem69.blogspot.com/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enormerrimo Sakana, Companheiro,

      Sentimos a tua falta.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
  7. Pessoal, o Aimar é um jogador que ficou no coração dos Benfiquistas assim com o Javi, nunca se esquece onde foi feliz, embora ache que alguns elogios são feitos para ser politicamente correcto e este jogador foi ostracizado no final da sua passagem no nosso clube, ele deve estar agradecido por uma ultima vez demonstrar que não era uma cepo mas um magico, às ordens de JJ foi capaz disso. Fica também os meus parabéns por a partilha pois ainda não tinha visto muitos feedback em outros blogs.

    ResponderEliminar
  8. Faço parte de uma geração de Benfiquistas que pouco ou nada viram jogar o grandíssimo Eusébio; sou da geração que começou realmente a ver futebol em plena consciência no ano em que o Presidente Ramalho Eanes esteve presente no estádio da Luz para assistir a um Benfica vs Sporting, em que o general por respeito ao resultado final, durante o escutar e cantar o hino nacional. esteve em sentido e a fazer continência com a mão bem aberta, para assinalar a vitoria do Benfica por cinco a zero sobre o Sporting; cinco golos marcados ainda nos primeiros 30 minutos de jogo; numa equipa onde despontavam jogadores como Pietra, H. Coelho, Sheu. Alves, Néné e Bento por exemplo, este ultimo nao jogou por motivo de lesão e que foi substituído pelo grande Zé Gato... Jose Henrique, para quem nao saiba; já em fim de carreira. Lembro estes dados porque desde essa altura e com a tomada de consciência do que era um grande jogador de de futebol, tive a oportunidade de ver e apreciar grandíssimos jogadores no Benfica, Portugal e no mundo, dos quais destaco por exemplo Maradona; mas nao sei porquê. houve três jogadores que me enchiam as medidas em termos futebolísticos e dois deles completavam ainda em termos de personalidade; o unicamente futebolístico era Figo; os outros dois, eram Rui Costa e o outro que por razoes varias nunca pensei o ver jogar no glorioso era o "El Mago" Aimar... sem duvida um dos melhores do mundo na sua posição e como Rui Costa, um grandíssimo ser humano.

    Joana Vasco.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Benvinda ao grupo dos mais antigos, gloriosa Joana Vasco.

      Agora ainda mais gosto de ser um velho que viu ao vivo lendas como José Águas, Cavém, Coluna, Santana, Cruz, Ângelo, Simões, Germano, Eusébio (que granda golo uma vez nas antas em que pega na bola no lado esquerdo do nosso meio-campo e vai pela linha fora fintando todos que lhe sairam ao caminho e já na linha de fundo mandou um bilhete/golo de ângulo impossível ao gr Rui dos corruptos que ficamos todos de boca aberta. Nesse jogo o Eusébio tinha uma ligadura na cabeça após choque com o rolando dos corruptos que arreou e não pôde jogar mais nesse jogo, mas o Eusébio ainda marcou 2 golos no total de 3-1 a nosso favor).

      depois sim veio essa geração de que falas também grandiosa em que os mais velhos transmitiam a mística aos recém-chegados, que pegavam de estaca.

      Bons tempos esses! Mas...chega de saudosismos! vamos é arrear nessa cambada de corruptos e lagartos sem dó nem piedade, e ser bicampeões!

      Viva o Benfica!

      Eliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não vale a pena perderes tempo...faz-te à vida malandro.