quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Mathayus & arrasayus

Por Mathayus

Confesso, que passo por um momento de algum desencanto relativamente ao futebol!

É que do Bruno Cataclismo ( ou autoclismo ) das osgas, nada existe a esperar, a não ser referências de ordem intestina aos problemas de prisão de Rojo e de Slimani ou à falta de alguns clisteres comerciais para ver se evacua algum jogadores... pela cláusula de rescisão!

Da imprensa avençada, também nada a esperar, a não ser, uma subserviência porcina ou leonina... a quem lhes serve a malga com a ração de cada dia. A vergonha e o carácter nunca foram vistos por aquelas bandas.

Dos cadastrados, ainda menos existe a esperar. a não ser, tatuagens com o número das celas, diplomas de condenação desportiva ou « jogadas » espectaculares com meninas, vinho verde e árbitros!

Agora, da canalha que se diz Benfiquista e conspurca e infecta a Blogosfera... tudo se pode esperar!

É repugnante e insuportável, assistir a bestas que todos os anos... maldizem todo e qualquer jogador que vem para o Benfica e que depois passam a invectivar e a insultar a direcção porque deixa sair os mesmos jogadores.

É deprimente observar o argumento « já estamos cheios de jogadores para essa posição, não pode vir » e depois, passar para um « o Markovic é o maior, o Salvio é fantástico e único no plantel, se não tivessem vindo era o fim » e... finalmente, para uma renovada insistência na estupidez inicial « o que é que vem o Zivkovic para cá fazer... já temos porradas de extremos!

É asqueroso criticar a formação do Benfica, observar André Gomes vendido por 15 milhões, temer que Bernardo, Cancelo e Ivan rendam... apenas mais 45 milhões e... afirmar depois, que o Seixal não existe para nada.
E pelo meio, criticar ainda o Benfica por não apostar nos miúdos e dizer que se tiverem sido emprestados e não vendidos... também é péssimo, porque aí nesses clubes nem calçam ( já no Benfica... seria um festa. Viva a coerência ).

É igualmente próprio de bestas infinitamente podres e viscosas, começar já neste momento e depois do 11º apocalipse financeiro e falência falhada... para um « agora já há dinheiro... para estourar no Zivkovic e noutros reforços ».

É preciso transcender mesmo, os limites da imbecilidade, para continuar com a ladainha, « vieram e já foram emprestados sem jogar ».

É que depois, de assistirem aos Mitrovics vendidos pelo dobro, aos Farinas pagos em 2 empréstimos, aos Jaras (em empréstimos sucessivos... paga a possível contratação menos feliz), aos Derlys e Melgas que dão lucro, mesmo não jogando ou jogando pouco, aos Davids, Ramires, Javis, Di Marias, Matics, Markovics, Coentrões, etc... em que 1 paga dezenas de apostas menos conseguidas e principalmente, a que:

Em todos os grandes clubes europeus, se fazem conjuntos de apostas similares. Umas resultam outras não.Uns saem, outros entram ( sendo que o Benfica é apontado pelos seus parceiros europeus como exemplo de acerto ) e em nenhum destes...

Existe um conjunto de bestas talibans amestradadas, um vara de porcos em férias a sul, que passam o tempo cheias de comichão e agora também com fricções nas costas...

A difamar, sujar e enlamear o clube. Sempre contra tudo, nunca vislumbrando nada de positivo, sempre me campanha suja, sempre a lacrimejar nas vitórias e a pular de alegria de forma visível das derrotas...

Como diz, o grandíssimo José Albuquerque, quero é que vão todos Poker****!
POKERalho, digo eu! (GV)

PS; este post é roubado do post anterior...
(comentário com demasiado substrato que não poderia passar despercebido - ganhou direito a post)

19 comentários:

  1. Ja o tinha dito ontem e volto a repetir, que texto Brilhante.
    Saudaçoes Benfiquistas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Diogo Pais,

      E eu, volto a repetir o meu agradecimento.

      Abraço.

      Eliminar
  2. Caríssimo e grandíssimo amigo Guachos,

    O meu, muito obrigado, por publicares o meu humilde ( mas, bem sincero desabafo ) na forma de Post.

    Bem hajas, meu enormérrimo amigo.

    ResponderEliminar
  3. É isso, mandá-los para o pokeralho. Sempre.

    ResponderEliminar
  4. (1ª Parte)
    "Albergue, estratégia digital, projeto político. Como funcionava, no dia-a-dia?

    Por exemplo: existia um mail acessível a um grupo fechado, através do qual recebíamos informações, linhas gerais, provenientes de quem estava a preparar o programa do Passos. No início, nem sabíamos quantos éramos. Cada um desenvolvia aquilo, nas redes sociais e na blogosfera, à sua maneira. Utilizávamos isso no Fórum da TSF, no Parlamento Global, da SIC, no Twitter, etc. No último confronto televisivo entre os três candidatos à liderança [Passos, Aguiar Branco e Rangel], condicionámos o debate. Só eu tinha três computadores à minha frente, em casa, além do telemóvel. Antes do debate, já tínhamos tweets preparados para complicar a vida ao Rangel. Nos primeiros minutos, começámos a "tuitar" como se não houvesse amanhã, dizendo que o Rangel estava nervoso e mais fraco do que o esperado. Criou-se um ambiente negativo que se propagou rapidamente. Ao fim de cinco minutos, ríamos até às lágrimas! Até opinion makers repetiam o que dizíamos! E o debate tinha apenas começado...

    Como se "vendeu" Passos ao PSD?

    Nas diretas, o universo era de 60 mil militantes, muitos deles difíceis de convencer. Mas compraram a ideia de que o Passos era o único capaz de ganhar a Sócrates. A equipa do Sócrates ajudou, sem querer: batiam no Rangel e ignoravam o Passos, que também ia ganhando pontos ao abordar questões fraturantes da esquerda. Num jantar de blogueres, quiseram saber a opinião dele sobre a adoção de crianças por casais homossexuais. "Se os interesses da criança estiverem mais defendidos com um casal homossexual, sou a favor." Ao dizer isso, ele abriu uma janela importante na blogosfera de esquerda. O próprio eleitorado do PSD percebeu que não eram só os "da corda" a defendê-lo: até os adversários o respeitavam. À esquerda convenceram-se de que ele representava a direita tolerante.

    Conquistado o PSD, o que seguiu?

    As coisas melhoraram. O leque de blogueres foi alargado. Nas diretas, tinha havido um call center, que quase todos os partidos usam, para telefonar aos militantes, em Lisboa. Para as legislativas, foi no Porto. Nessa altura, o Nogueira Leite torna-se muito influente no Facebook e o Carlos Abreu Amorim no Twitter. Havia voluntários a defender as posições do Passos, mas sobretudo a atacar o Governo PS, no Fórum da TSF, na Antena Aberta, da RDP, e nos debates dos canais por cabo. Alargou-se a influência mediática. Os outros partidos também fazem isto. E bem.

    ResponderEliminar
  5. (2ª Parte)

    Como se trabalhou a campanha contra Sócrates?

    A contrainformação era a praia do grupo à volta de Sócrates. Tínhamos nick names para as redes sociais, perfis falsos no Facebook e por aí adiante, mas éramos uns meninos do coro comparados com os tipos dele. Não há virgens nisto: em qualquer campanha eleitoral, existem centenas de perfis falsos, mas perfis com "vida", que incluem fotografias de "família", "clube de futebol", "gostos", etc. O segredo é ir pedindo "amizade" a pessoas da política e alargar os círculos de "amigos". Se deixarmos uma informação sobre o caso Freeport num perfil falso e ele for sendo partilhado, daqui a pouco já estão pessoas reais a fazer daquilo uma coisa do outro mundo.

    Os fóruns da rádio e da televisão são facilmente manipuláveis?

    Completamente. Se for preciso, provo. Existem equipas só para isso, nos partidos e nas consultoras de comunicação que fazem assessoria política. As juventudes partidárias são uma boa base de recrutamento. Em 2011, o Sócrates foi ao Fórum da TSF. Decidimos entalá-lo e descredibilizar a coisa, exagerando nos elogios. Deu um bruaá enorme. O diretor da TSF teve de explicar-se por causa das críticas dos ouvintes, que consideraram aquilo uma coisa do tipo Deus no céu e Sócrates na terra. Deu-nos um gozo tremendo!"
    in VISÃO

    Agora façam lá o favor de comparar a blogosfera benfiquista, com alguns fóruns e blogs à cabeça, a este terrorismo manipulativo... as parecenças são assustadoras!

    Link: http://visao.sapo.pt/ascensao-e-queda-de-passos-versao-20=f758352

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Papoila Saltitante,

      Excelente Post. Uma desmontagem perfeita de todo a estratégia porcina na Blogosfera Benfiquista e da forma como os: novos chispes, os ser. morcelas.com e outros enchidos.. aumentam o colesterol mau dos Benfiquistas com as suas mentiras gordurosas e nefastas.

      Eliminar
    2. É isso que o Vieira faz, e muito bem feito. Secou a oposição toda

      Eliminar
    3. Grande post, parabéns.

      Há muito que digo o mesmo, tudo isto é uma campanha muito bem montada por alguém.

      Há cada vez mais literatura que se debruça sobre o tema "manipulação das massas", já tive oportunidade de ler alguma e posso afirmar que o modus operandi é bastante eficiente e quase sempre o mesmo.

      Basta pensar que, se até em países muito maiores e mais desenvolvidos intelectualmente, como os USA por exemplo, é possível fazer este tipo de estratagema, no nosso cantinho à beira mar plantado e onde mais de 90% da população prefere seguir opinion makers do que pensar por si próprio, é uma brincadeira de crianças.

      Eliminar
    4. Caro Senna24,

      Atenção... tens uma vez mais ou os binóculos ao contrário ou o intelecto do avesso!

      Certo, é que as tuas conclusões são novamente o inverso da realidade objectiva que te é colocada à disposição...

      Mas enfim, nada que surpreenda, pois o Benfica que vês... não é azul como pensas, é mesmo só vermelho e incorruptível.

      Eliminar
    5. Papoila Saltitante,
      este seu comentario descreve brilhantemente o espirito critco necessario ao abordar os media e as redes sociais.
      Discordo contudo com a generalização que faz da utilização da manipulação da opinião publica.
      Julgo que os EUA são um bom exemplo do abuso da desinformação e terrorismo opinativo.
      Este fenómeno é aí incontornável porque as lideranças ou o poder em geral não pode ser conquistado através da verdade.
      Dos "esqueletos no armário" na economia, direito constitucional, costumes, saúde, estado social aos da politica externa, todos obrigam candidatos a comprometer os seus projectos à elegibilidade dos mesmos junto dos lobys.
      As lideranças que estão expostas por força de uma transparência quase total, a essas de nada lhes servem as equipas de manipulação de opinião.
      Quando a "obra" está à vista de todos, a influência sobre a opinião publica é residual e nada relevante em actos eleitorais.
      Em Portugal este método é sobretudo visível na criação de dirigentes que são autenticos energúmenos como Passos Coelho e contenção de danos de imagem como no caso de JNP da Costa.
      Sem querer puxar a politiquice dou apenas dois exemplos da sua não utilização.
      No caso de Sócrates quanto tempo foi necessario para que ainda assim apenas alguns portugueses percebessem o acto de traição à Patria que constituiu o chumbo do PEC4 e consequente forçar de ajuda internacional? Uma eternidade.
      No caso do Benfica, em que de tanta desinformação só perante a falência os lagartos perceberam que gestão apoiaram e os andrades julgo que nem a falência vão ter tempo de evitar.

      Em casos de mérito e demérito evidente não há gabinetes de "Talibans" que lhes valha, a obra feita prevalece sobre os bitaites, mesmo sobre os virais.
      São apenas "paleativos", mas lá que metem nojo aos cães...

      Saudações benfiquistas

      Eliminar
  6. Enormerrimo Mathayus, Amigo e Companheiro,

    Tu ja' es a imagem da Nossa Equipa: dizes que andas desencantado (como a Equipa durante os jogos treino), mas ... quando a coisa ja' e' a serio ARRASAS!

    Viva o Benfica!
    (Jose' Albuquerque)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caríssimo e grandíssimo amigo José Albuquerque,

      Mais do que grato pelo elogio e lisonjeado pelo facto de ser proveniente de quem, qual Pedro Álvares Cabral, descobre com inusitada frequência, nas suas viagens de esclarecimento ao mundo financeiro...

      Não, novas terras de Vera Cruz, mas sim... as carecas escondidas dos homens de turbante, que através das suas espúrias mentiras tentam dividir o reino Benfiquista.

      Eliminar
  7. Companheiros,

    Quanto 'a entrevista do Nosso Presidente, eu continuo sem perceber porque e' que ele entendeu escolher esta data.

    Admito que muita gente lhe tenha dito que os Benfiquistas necessitavam de o ouvir a dizer o que aqui temos escrito tantas vezes e que, na minha humilde opiniao, e' tao logico que nao necessitava de confirmacao.

    Como registo positivo, sublinho ter-se tratado de uma Grande entrevista feita por um Senhor Jornalista e nao uma sessao ensaiada.

    Viva o Benfica!
    (Jose' Albuquerque)

    ResponderEliminar
  8. Boa noite, caro Mathayus

    Muito rapidamente, porque estou a ultimar umas coisas antes de uns dias de férias, e depois de o saudar quero dizer-lhe que dei uma vista de olhos por alguns blogues e tal como você tem vindo a manifestar, ao ler o que é comentado no blogue do geração bastarda depois da entrevista de LFV, não tenho a mínima dúvida que anda por ali muito filho de puta que nada tem a ver com o nosso clube.
    Aliás, tenho sérias dúvidas que esse inqualificável GB, que de uma forma alienada veio para aqui recentemente dizer que não insultava ninguém quando não faz e consente outra coisa senão isso, seja benfiquista de verdade.
    Trata-se, isso sim, para quem tivesse tempo e oportunidade de o fazer, de um caso de estudo. Sobre a personalidade desta alma. Apesar de tudo, tenho para mim que o sombras é muito mais, direi, rectilíneo, do que este GB qualquer coisa. Pelo menos não é fingido. Sabemos que pelo menos mantém um critério de manifesto anti LFV, anti JJ e anti seja o que for preciso. Agora o outro, bem, o outro procura manipular os otários e frágeis, dá uma no cravo e outra na ferradura. É contraditório e possivelmente, quiçá, terá objectivos obscuros. Seja como for, é caso para dizer: Mas que benfiquista, será?, de merda! Ele e a corja cujos comentários permite publicar naquele blogue anti benfiquista.
    Não aprecio insultos no quotidiano, mas borregos daquele jaez não merecem outra coisa senão serem desrespeitados em face da falta de escrúpulos que manifesta, a propósito de tudo e todos quanto se relacione como Benfica.

    Caro Mathayus desculpe o desabafo e abraço benfiquista

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Alma Encarnada,

      Não tem que se desculpar e eu é que lhe agradeço, pela clareza e objectividade, não só deste, mas de todos os comentários com que nos costuma brindar neste Blog do amigo Guachos.

      Quanto ao presente texto, concordo a 100% com o que diz.

      Digamos que dos dois « pulhas » mencionados, um já é uma borboleta assumida ( sem sombra de dúvida ) e o outro, ainda está no seu estado larvar, revolvendo-se dentro seu casulo e babando por vezes fora dele... a dor que lhe causam as vitórias do glorioso.

      Abraço.

      Eliminar
  9. em resumo amigo mathaus,uma cambada de javardolas que de benfiquistas duvido que tenham alguma coisa,pois passam o tempo a dizer mal de tudo o que mexe no clube que dizem ser o seu,para mim e vergonhoso e devia ter vergonha,ha certos blogues de supostos benfiquistas que me metem nojo,ate do treinador de guarda-redes dizem mal e depois ha aquelas figuras que nao passam dos 2 ou 3 por cento nas sucessivas eleiçoes e agora dizem mal do benfica a torto e a direito todos os dias,a mim como benfiquista e socio desde que nasci a 47 anos essas pessoas de benfiquistas tem pouco e ja começam a meter nojo,em vez de apoiar o nosso benfica,estao constantemente a deitar tudo abaixo ou ainda nao perceberam que dizer mal da direcçao e a mesma coisa que dizer mal do benfica,falem nas assembleias e candidatem-se as eleiçoes,tenham respeito pelo clube que dizem ser seu........

    ResponderEliminar
  10. Nem mais, caro amigo joão miguel marques!

    Existe um tempo próprio, para promover candidaturas e para debater programas eleitorais. Ora, se o conjunto de acéfalos que mede o valor do Benfiquismo, pela quantidade de mentiras, insultos e invenções que faz, o quiser... que se candidatem ( embora, creia sinceramente... que a « cadeira de sonho » deles, está mais a norte ).

    Abraço.

    ResponderEliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não vale a pena perderes tempo...faz-te à vida malandro.