quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Um fracasso que importa reflectir.

Facto:
Jesus vai ter uma semana difícil mas para já o que se pode dizer é que livrou as canelas dos mastins enfurecidos que nos meses de Fevereiro, Março e Abril, não lhe dão descanso. E em Maio não terá qualquer FDP a criticá-lo por ter perdido uma final europeia. Como diria o outro; dessa já ele se livrou. 

Dizem que o Benfica tem os melhores adeptos do mundo. É verdade; tem muitos e bons - na sua esmagadora maioria acredito que sim. Mas como tudo o que existe em grande numero 'obriga' a que tenha (misturados) um dos maiores contingentes die anormais, filhos de pais incertos, que além de conspurcarem o nome do clube, dos dirigentes, dos treinadores e dos jogadores em Blogs e redes sociais, aparecem como anónimos (na sua maioria) na minha caixa de correio sempre que o Benfica não ganha, felizes por me invectivarem; anormais e filhos de pais incertos que apenas me merecem um profundo desprezo.

Portugal tem vivido momentos de grande tensão mediática neste ultimo mês. Foi o ébola, a legionella, os vistos dourados, o BES e o Sócrates que foi apanhar sabonetes para Évora. Dias fantásticos que a imprensa tem aproveitado até à exaustão...Sócrates arrumou com os vistos dourados, que por sua vez tinham arrumado a legionella, que atirou o BES para o lixo, que antes já tinha chutado o ébola para canto...Coisa pouca que um Benfica fora da Europa vai ajudar a esquecer certamente...por agora. Mais tarde - todos lamentarão não poder criticar o Benfica europeu, as escolhas, as estratégias e as tácticas de Jesus - e as semanas levarão mais tempo a passar e as vendas vão cair certamente.

Assim que Mónaco e Zenit saíram em sorte ao Benfica tive um mau pressentimento. Se o Leverkusen já 'parece' ter um nome (deveras) português em contraste com o germânico Benfikahweig 09, imagine-se competir com mais duas equipas carregadas de jogadores e treinadores portugueses, em confronto com o nosso bileorrusso clube, que ainda por cima - é treinado pelo fariseu afegão da Reboleira - Jorgyasir Jesusuzuri.

Não me enganei. Para alem do conhecimento táctico e da competência dos treinadores de Mónaco e Zenit, que conhecem na perfeição Jorge Jesus, ainda levamos com a antipatia dos merdias nacionais, que optaram sempre por torcer pelos adversários do campeão português (supostamente português). Ainda esta semana, num programa da rtp, um conhecido treinador português 'ensinava' ao treinador adversário do Benfica a melhor forma de lhe ganhar. «Para ganhar ao Benfica é preciso...» dizia o compenetrado moço, passando a explicar pormenorizadamente a melhor forma de derrotar o campeão português...

Tudo com o beneplácito dos símios que o acompanhavam. Para estes FDP o interessante não era saber como a equipa portuguesa poderia ganhar aos russos. Para eles - o melhor era perceber como  é que estes podiam ganhar ao Benfica! Que FDGP! Nas conferências pré e após jogos; toda a simpatia para treinadores e jogadores de Mónaco e Zenit, implacáveis para com o Benfica e os seus profissionais (para eles) tratado como estrangeiros.

Quanto aos doentes´´ como eu, que não conseguem dormir e que sofrem horrores quando o Benfica não ganha, também é preciso um pouco de coerência. Talvez não fosse má ideia parar para pensar antes de insultar o treinador, julgando que ele é um milagreiro. Que ele tem feito muitos 'milagres' durante estes quase 6 anos, é uma realidade, mas convém que não pensem que ele é um Deus capaz de transformar em ouro tudo o que toca. Não é; é apenas um treinador competente.

Se todos afirmam que a equipa foi destruída em Agosto, como podem exigir aos jogadores e ao treinador que continue a ganhar como se os melhores jogadores não fossem vendidos? Enfim, cada um que engula a frustração o melhor que puder e que se aguente à bronca com esta 'isenção' inesperada...

Uma conjugação de resultados mais ou menos inesperados acabou por ditar o afastamento do Benfica da Europa. Ao contrario do que já vi escrito, não acho que isso traga qualquer beneficio à equipa. Se o Benfica fez nestes anos de Jorge Jesus tantos e bons negócios com transferências de jogadores e também em patrocínios, empréstimos ou contratações, deve-o ao ter sido capaz de realizar excelentes espectáculos na montra europeia - projectando a equipa e os jogadores para patamares de competitividade e visibilidade acima da média. Não foi pela visibilidade do nosso campeonato que é quase zero no panorama europeu. Além disso, esta ausência nos grandes palcos seguramente que retardará a evolução da maioria dos jogadores jovens e retirará parte da motivação aos restantes. Não será fácil a vida do treinador a partir de agora.

Terá algumas vantagens, como não sobrecarregar a equipa fisicamente, e no aliviar da pressão semanal que é exercida durante as competições europeias, mas nem aí vejo grandes proveitos. Quem joga no Benfica tem de saber lidar com a pressão e quanto à gestão de recursos, está mais que provado que não é na parte física que reside o  maior problema, antes na gestão da evolução dos jogadores, obrigados a crescer com a competição, mas sobretudo na vertente psicológica, essa sim acima de todas as outras.

Jorge Jesus, disse no fim do jogo que o resultado do Leverkusen-Mónaco era um problemas de franceses e alemães. Equivocou-se como mais tarde se veio a perceber. Aquele resultado tinha tudo a ver com o percurso do Benfica. Às vezes é preferível não falar do que dizer baboseiras. Fica o recado.

Teremos tempo para continuarmos a digerir a frustração...mas quero dizer já e com todas as letras que, apesar de reconhecer que defrontamos equipas de orçamentos várias vezes superiores ao do campeão português, não considero nenhuma delas superior ao Benfica. Ainda por cima, os campeões nacionais têm ao seu dispor (na minha opinião) de longe e sem qualquer margem para duvidas - o melhor treinador em compita. Talvez o Benfica não seja superior a nenhum destes adversários, mas como não acredito que seja inferior a qualquer deles...
Esta campanha foi um tremendo fracasso, sem qualquer duvida, que exige a Jesus e aos responsáveis benfiquistas uma profunda reflexão.

18 comentários:

  1. (retirado do lateralesquerdo)

    - Antes da chegada de Jesus. 15 anos e 5 entradas na fase de grupos da Champions.

    - Depois da chegada do mau treinador ao nível da Europa, 5 anos e 5 entradas na fase de grupos da Champions.

    - Antes de Jesus, 15 anos e 1 campeonato. 10 classificações abaixo do segundo lugar. E se quisermos igualar o registo de Jesus, vamos ao décimo sexto campeonato. Mas seguindo até ao décimo oitavo os números continuam iguais, ao décimo nono é superado.

    - Depois de Jesus 5 anos 2 campeonatos. Sendo que Nunca ficou abaixo do segundo lugar.

    -------------------------

    Este ano a nossa equipa não tem a qualidade de outros anos. Pelo menos agora e ainda por cima desfalcada de jogadores importantes no meio campo, como Amorim e Fejsa. Há que saber lidar com as derrotas e crescer com elas. O treinador do triplete não se tornou de repente incompetente. Confio nele. Partilho, todavia, desse asco contra os media. É incrível o tratamento que o Benfica tem actualmente, quando comparado por exemplo com o Sporting.

    ResponderEliminar
  2. Caro Guachos, não sou da mesma opinião que temos os melhores adeptos do mundo. Os melhores adeptos do mundo para mim são aqueles que quando o seu clube está a perder por 5-0 em casa continuam de pé a aplaudir a equipa e a incentivá-la. E não vêm para blogues tentar arranjar culpados para as suas frustrações.

    Cometendo o pecado da generalização, eu continuo a afirmar com convicção que os adeptos do Benfica são os mais acéfalos e mais estúpidos que eu conheço. E por ser muito mais inteligente é que LFV não despediu JJ há ano e meio quando quase todos os adeptos - eu não que sempre o defendi! - o queria ver despedido porque tinha perdido as competições em que estava no espaço de 2 semanas.

    Aproveito para copiar um comentário de um benfiquista, dos mais inteligentes, de outro blogue:


    "Não raras vezes dou comigo a pensar que um dos principais problemas do Benfica, se não mesmo o principal, é o severo excesso de benfiquistas. Esta matéria devia ser alvo de reflexão, porque se aos jogadores se lhes pede que honrem e dignifiquem a camisola que Águas, Eusébio, Coluna e Cosme Damião, ele próprio, usaram, aos adeptos não deve exigir-se menos do que dignificar as bancadas - ainda que metafóricas - em que o meu Avô sentou o rabo.
    Por vezes sinto que há muito quem se afirme Encarnado - e acredito que acreditem que o são -, mas que, na verdade, nasceu com outras vocações clubísticas. (…)

    Estes adeptos a que me refiro encaram muito mal duas situações. A primeira é a derrota. Por alguma razão estranha, consideram ultrajante que o Benfica possa algum dia perder. Quando tal sucede, olham para o universo em busca de um sinal, de um indício, de uma pista que lhes possa sugerir um culpado. Normalmente, o culpado é "o Jesus". Se não for, é provável que a culpa seja do árbitro.

    O que nos leva à segunda situação que esse tipo de benfiquista tem grande dificuldade em digerir: a existência do adversário. Para esse benfiquista, os 11 elementos do outro lado do campo são pinos que precisamos de contornar de modo a obter vários golos e assim cumprir o que estava destinado desde sempre: ganhar todos os jogos e de goleada. O próprio desafio, em si, a chamada "partida de futebol", é um mero cumprir de protocolo, necessário para validar as vitórias futuras."


    O Benfica é um grande clube e só não é grande para os anti benfiquistas. Muitos destes que se dizem benfiquistas não o são, são antis, são talibans. Estão ao nível de um asno. Um asno, mesmo com a camisola do Benfica vestida, continua a ser um asno.

    Não pensam que o Benfica perdeu o seu melhor goleador que disfarçou muita coisa, Cardoso. Aquele mesmo que estes mesmos asnos andaram anos a querer ver pelas costas. Porque não se mexia.

    Estes asnos são ingratos e como asnos que são não sabem dar o devido valor a quem o tem: JJ. Os asnos são os falhados da vida, porque não conseguem dar o devido valor a quem o tem, por isso mesmo são falhados e querem espalhar os seus falhanços, porque assim não se sentem tão pequenos.

    Como alguém disse, despedir o JJ lembra quando o Cintra despediu o Robson: um tiro nos pés.
    Eu sou a favor ao prolongamento do contrato com o JJ. Comete erros? Naturalmente. Quão não os comete?

    A verdade é que os melhores clubes da Europa todos os anos vêm pescar ao Benfica, jogadores formados, já feitos, mas pedem mais uma época para construir a equipa para ter resultados na segunda época.

    Por isso vamos ter paciência pois os novos jogadores precisam apenas de tempo para crescerem. E os asnos que dizem que a culpa do Samaris ou Crisanto falhar (por estarem há pouco tempo no Benfica) é do JJ porque é o seu professor não passam de filhos da puta que estão a mais no Benfica.
    O Benfica tem adeptos a mais e estes deviam mudar de clube e deixar o Benfica em paz.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não concordo com afirmações do tipo "O Benfica tem adeptos a mais" e "os adeptos do Benfica são os mais acéfalos e mais estúpidos que eu conheço. "
      Isso é uma afronta a milhões de pessoas que amam o Benfica, cada um á sua maneira, com a sua formação e com a pouca, muita ou nenhuma inteligência com que foi dotado á nascença.

      Eu considero uma arrogância sem sentido esse tipo de afirmação, e então essa do "tem adeptos a mais"!!!... Se calhar era melhor duzentos ou trezentos mil adeptos, assim provavelmente caberiam todos na bitola de tamanha exigência.Jesus nos dê a a mesma paciência para suportar estas atoardas, como a que ele tem para aturar alguns jornalistas que não conseguem disfarçar a sua animosidade congénita a tudo que seja, pertença ou vista Benfica!
      VIVA O BENFICA, E A SUA PLURALIDADE!!!

      Eliminar
    2. É a minha opinião e não é baseada em qualquer arrogância da minha parte é apenas a constatação da minha parte daquilo que eu observo como factos. E como tal tenho o direito à minha opinião como tu tens o direito de não concordares com ela. Mas esta opinião já eu a tenho há muito tempo e comigo há muitos milhares de benfiquistas que pensam o mesmo.

      A falta de inteligência das pessoas não lhes dá o direito de insultar outras pessoas, neste caso do Benfica, de mentirem, de levantarem falsos testemunhos, de fazerem acusações falsas, de sujar o nome de pessoas sérias nem de usarem a maledicência para rebaixar pessoas que trabalham a favor do clube, porque isso tudo são formas de agressão. A agressão é crime, no caso de não saberes! A agressão psicológica na forma de boato falso e insulto é ainda mais grave!
      A democracia dá direitos mas também exige respeito e acima de tudo exige obrigações das pessoas.

      Quando ultrapassas a fronteira da decência sujeitas-te a ser tratado da mesma forma que tratas os outros. Isto são as regras da democracia!




      Eliminar
  3. Respostas
    1. Caro Guachos,

      O Benfica não foi inferior ao Zenit. Em termos exibicionais acho o Benfica bem superior ao do início da época e ontem teve um desempenho digno, mas entre equipas de elevada qualidade serão os pormenores que fazem a diferença. Faltou "algo" para se concretizar as oportunidades criadas ofensivamente e, em contrapartida, sofreu-se golo num dos poucos erros defensivo que se cometeu.
      Mas, basta ver que também o Bayern comete erros defensivos crassos e, quando os comete, se sujeita a sofrer golos na Champions como qualquer outra equipa, se do outro lado houver jogadores com qualidade para fazer a diferença...

      Não é tempo de lamber feridas.
      Há que a reagir ao desaire vencendo em Coimbra. E ao Belenenses. E no Porto...

      É nestes momentos que importa ser-se mentalmente forte, para refletir, reagir e vencer.

      Força Benfica!

      Eliminar
  4. O que podemos (Benfica) aprender com esta eliminação da Liga dos Campeões?
    Competir numa Liga como esta enquanto se ainda se forma a equipa é três vezes mais difícil, não existe tempo para recuperar de maus arranques e qualquer deslize se paga caro.
    Desconfio que este foi o passo para mais um triplete.
    Enquanto os idiotas da CS fazem crer que lagartos e corruptos são equipas de excelência e que estão a um passo de ganhar a Liga dos Campeões...

    ResponderEliminar
  5. Caro GV,
    Compreendo o pessismo revelado.
    Todavia, penso que não regatearás força e aplausos à equipa que entrará em Coimbra para vencer rumo ao 34.

    Para mim, o 34 seguido do poker será mais importante que a dezena de milhões que poderíamos encaixar com a UEFA. Até porque há jovens e menos jovens que podem compensar a perda uefeira.

    Carrega Benfica

    ResponderEliminar
  6. Toda a gente sabe que o JJ é um grande treinador(excepto aquela alma que aparece na SICNoticia, o Jorge Batista), e que não tem culpa de ter visto desfalcada a equipa (que falta fazes Cardozo), de estar a preparar jogadores como o Samaris, o Talisca e o Cristante, de ter lesionados que dariam outra experiência ao meio campo(Amorim e Fejsa, o mesmo Fejsa que calou os que diziam ser um cepo, ou mais um Sérvio).
    Nós perdemos a qualificação no jogo em casa com o Zenith, onde a expulsão nos condicionou, e com um Monaco que não nos ganhou mas marcou dois!!!golos até agora e tem 8 pontos!!!!!
    O ano passado nem 10 pontos chegaram para passar, e agora 8 talvez cheguem.
    ::::::::::::::::::::::::::::::
    No jogo de ontem, estivemos bastante concentrados, o AAlmeida mostrou o que sempre disse dele, a sua elevada inteligência e compreensão do jogo, se fosse junta com maior qualidade seria um dos melhores médios/laterais da Europa, tivémos 30 minutos muito bons, com uma perdida do Salvio na 1ª parte e mais duas incriveis na 2ªparte, e quando o JJ quis ganhar o jogo, perdeu por ter desequilibrado o meio campo;no entanto o golo, para alem da qualidade do lance, tem na sua genese dois erros individuais que desequilibraram a defesa, mas de erros e acertos se constroem resultados.
    :::::::::::::::::::::::::::
    A falta de critério nas criticas é que me chateia, se o Jesus tivesse optado por manter a estrutura estou mesmo a ver as parangonas-Jesus teve medo de ser feliz, ou, faltou coragem para o golpe final, e merdas dessas, optou por ser ousado, e as criticas são no sentido de que deveria ter sido mais pragmático-são os chamados comentadores após resultado, onde mostram a sua sapiência, tal qual uma criança de 7 anos.
    ::::::::::::::::::::
    A falta de cultura desportiva, faz com que se pense que somos sempre obrigados a ganhar, se não ganhamos não prestamos, não aceitamos o erro, quando em qualquer desporto o erro sempre existiu e existirá.O Benfica ganha mais vezes porque tem grandes jogadores, grande treinador e uma massa enorme de gloriosos adeptos que nunca desistem de apoiar quem como os nossos luta.E só essa é a obrigação de quem nos representa, dar o melhor de si dentro e fora dos relvados, ser digno e leal da camisola que já foi envergados por alguns dos melhores atletas e desportistas de sempre, como Eusebio e Coluna, Carlos Lisboa, António Leitão, Matos Fernandes,Alberto Ló, João Queimado, filho do presidente Ferreira Queimado, considerado o melhor jogador de rugby de sempre em Portugal,Valter Neves e Luis Viana, Ricardinho e o grande André Lima, entre muitos outros que se distinguiram com a gloriosa camisola do Benfica.
    VIVA O BENFICA!

    ResponderEliminar
  7. "Esta campanha foi um tremendo fracasso"... justificado:

    - Equipa em reconstrução

    - Jogadores importantes lesionados, principalmente Fejsa, na importante posição 6

    - Más arbitragens, algumas vergonhosas - ontem mais um árbitro c/ interesse em q os portugueses percam pontos para os italianos terem + equipas na UEFA

    - Mau momento do Lima - nem marca nem dá a marcar, s/ dinâmica - velho? esperemos q melhore...

    - Azar tremendo no sorteio, sem Marlboros , Bates os guarda-redes frangueiros...

    - Demasiados adversários portugueses ou q jogaram em Portugal, c/ verdadeiro ódio ao Benfica como o rulki e o Vilas

    - 1º jogo em casa, qd a equipa estava pior - se fosse na Rússia ontem poderíamos ter ganho facilmente em casa...

    - Nome europeu do Benfica - tb lá fora todos nos querem ganhar... o empenho c/ q o Leverkusen jogou contra nós é sintomático...

    Como mt bem disse, apesar de todas estas condicionantes em nada fomos inferiores a estas equipas.

    Parabéns ao JJ, com uma equipa em reconstrução jogou c/ tanta ou mais qualidade do q equipas mais caras e mt mais rotinadas... ontem, podendo segurar o empate, tentou a vitória e + uma vez teve de se ajoelhar perante o infortúnio de um golo traiçoeiro qd o nosso melhor jogador (Enzo) se encontrava a receber assistência fora do relvado...

    Mais uma vez dizemos, como desde há 4 anos - Jorge Jesus - o Alex Ferguson do Benfica!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Clap, clap, clap.
      100% de acordo.

      Eliminar
    2. Caro Guachos,

      Filhos da puta há em todo o lado. E no Benfica também.
      Mas é preciso considerar que o nosso treinador JJ tem já uma série de derrotas humilhantes que tem pesado no subconsciente de muitos Benfiquistas. Um treinador com tantas épocas de Benfica, é bem demonstrativo da liderança actual no clube, o facto de tantas derrotas e tanto desgaste não ter "efeitos" práticos como seria desejo dos inimigos do BENFICA.
      Na minha opinião JJ não é o culpado destas derrotas humilhantes (não me refiro a derrota de ontem). JJ é sim um dos responsáveis por em condições bastante adversas termos vindo paulatinamente a ganhar cada vez com mais consistência. Não é por acaso que eliminámos os corruptos o ano passado a jogar com menos 1 e com o árbitro a roubar.
      O Benfica tem mudado a sua história recente. E isso não vem do nada. Vem de muito trabalho. Muita competência.

      O companheiro francisco apontou muito bem as principais razões para este desaire. Que não é inesperado na minha opinião.
      E preciso enquadrar esta eliminação no contexto actual da equipa:
      i) 3 peças fundamentais sairam (oblak, garay e rodrigo)
      ii) a equipa do ano passado tinha dois anos a jogar junta. Este ano levam 6 meses.
      iii) o grupo do Benfica não é o mesmo do fcporko. Não acredito em coincidências nos sorteios. Desculpem-me se pareço um céptico, mas o grupo dos porkos é simplesmente surreal. Não esquecer que o Benfica estava no pote 1.
      iv) na champions pequenas falhas pagam-se caro. JJ insiste em Lima. Mas Lima não está fisicamente ao nível do ano passado. Quanto mais depressa JJ tirar Lima de titular mais depressa voltamos ao topo.

      Agora há um factor que ainda não vi ninguém referir e que deveria (e tenho a certeza que o está a ser internamente) ser analisado. Como pode o Benfica ter em épocas consecutivas tantas lesões GRAVES? Será só azar? Não me parece.

      Por outro lado, é preciso não esquecer que o jorge mendes tem um investimento colossal aplicado na equipa corrupta. jorge mendes é actualmente um dos tubarões do futebol europeu. Vai ser mais um barreira a separar o Benfica do sucesso. E se é verdade que para valorizar jogadores as competições europeias são praticamente únicas, a boa carreira dos porkos na champions pode aliviar alguma da pressão sobre as competições internas. Porque eu do duque não espero nada. é como na sueca. Não vale nada.
      CARREGA BENFICA!

      Eliminar
    3. Concordo com o conjunto de argumentos apresentados.

      No que respeita a Lima, acho-o importante para a equipa mas vejo-o sempre como um segundo ponta de lança e o mesmo com Derley, que me parece ser um jogador do mesmo tipo do Lima, mas mais novo.
      Acho, portanto, que falta um jogador que seja referência na área.
      O Jonas, tem qualidade, mas não sei ele será o tal jogador de área que necessitamos, nem se se deve perspetivar o desenvolvimento da equipa nos próximos 3 ou 4 anos à volta dele.

      Mas agora, o prioritário é reagir e ganhar à Académica, Belenenses e Porto.

      Força Benfica!














      Eliminar
  8. Apenas tenho a dizer e relembrar:Não perdemos nada...o ano passado ganhamos: Campeonato , Taça, Taça da Liga e Supertaça! Pergunto: O que ainda podemos ganhar este ano?
    Respondam se souberem!

    ResponderEliminar
  9. Se há alguém que errou, foi alguém que já ganhou muito.
    Sempre disse, no meu circulo de amigos, que o Jesus é muito bom (para mim o melhor) a preparar as equipas taticamente. Acompanho a sua carreira desde o belenenses e sempre insistiu no 4-4-2 com variante 4-2-4. Há 10/15 anos essa tatica tinha resultados bons (como teve nestes anos internamente), mas atualmente o futebol mudou e o Jesus deveria saber preparar e mexer na equipa durante o jogo. Isto referente á liga dos campeões.
    Enquanto tivemos o Talisca, o meio campo foi nosso, isto de apesar do Talisca ser tipo 9,5 ou assim que medio centro. O derley foi bem jogado, mas deveria sair o Lima (uma nulidade).
    Mas não é por isto que o valor do Jesus muda ou mudou, só acho que deveria deixar de ser um bocado teimoso, mas quem sou eu para apontar o dedo?
    Continuo a pensar que podemos ser campeões (se na altura do damásio e do azevedo acreditava...), pois teremos disponiveis jogadores importantes a partir de janeiro/fevereiro: Fejsa, Amorim e Silvio.
    Penso que destes 3, Enzo, Gaitan e Salvio, 1 irá sair em janeiro, ou não.
    Outra questão é a formação. Sou defensor na aposta nos "putos", mas se Jesus tivesse apostado neles e com este resultado europeu, seria tão criticado como o é agora? Claro que sim e até mais, pois diriam que era por ter putos e não jogadores maduros.
    Defendo que os "putos" devem ser inseridos na equipa principal com cuidado e não por imposição, mas o Jesus parece-me que só aposta quando não tem alternativa (caso de cavaleiro). Quero dizer que acho que agora é altura de Jesus olhar mais para os "putos" e perceber que alguns têm mais valor que certos que estão atualmente lá.
    Por exemplo (já o disse em outros blogs):
    - Lindelof, é bem melhor que César
    - Não falo do Gonçalo Guedes, mas o Helder Costa é de longe melhor que o Tiago/Bebé
    - O Rebocho consegue ser mais constante e melhor tecnicamente que o Benito
    - O Ruben Pinto joga melhor a 6 que o Samaris (está a ser queimado, já que é um 8 puro) mas Fejsa, Amorim, Ameida e Cristante estão bem á frente, embora seja um jogador a observar
    - Rui Fonte é melhor, e muito, que Jara, mas de avançados estamos bem, Jonas, Derley, Lima (que esta má fase vai passar) e Nelson Oliveira são sinal de qualidade.
    Para finalizar, acho que deveremos apoiar a equipa e treinador porque temos ainda muita coisa para conquistar, independentemente dos jogadores e taticas que use. Devemos dar a nossa opinião mas não devemos pensar que somos senhores da razão.

    Obrigado e Saudações!

    ResponderEliminar
  10. Enormerrimo Guachos, Companheiro e Bom Amigo,
    Bom dia, Companheiros,

    Com a ressalva do pouco que eu percebo de futebol (nao me levem muito a serio, portanto), juro que nao entendo tantas criticas ao 1x4x4x2 do Nosso Tecnico, especialmente por contraponto a um outro sistema que usa 3 Avancados (1x4x3x3), logo eu que, teoricamente, sou apaixonado pelos esquemas de 3 defesas.

    Por isso sugiro a todos uma experiencia gira: gravem uns quantos desafios de algumas equipas de que gostem e, depois, repitam essas imagens parando quando a tela mostrar o campo quase todo, seja em bolas paradas, seja em momentos de transicao, seja em momentos de organizacao.

    Nesta jornada da CL eu fiz essa experiencia com mais de metade dos desafios e, sem nenhuma surpresa, confirmai que a maioria das melhores equipas se distribui no terreno em 1x2x4x4 nos momentos ofensivos (com um "9 e meio") e em 1x4x4x2 (sempre com o tal "9 e meio") nos momentos defensivos.
    Para ver desenhados 1x4x3x3, e' preciso ter alguma sorte e apanhar transicoes, especialmente as ofensivas.

    Humildemente, eu considero este debate de uma infertilidade quase comica.

    Outro aspeto que me impressiona e' a facilidade com a qual se transformam erros coletivos em individuais, sempre naquela linha "judicialista" do "temos de encontrar o culpado".
    Sao raros os exemplos de erros individuais, especialmente em equipas (como a Nossa) maioritariamente compostas por atletas de muito elevado nivel tecnico. 90% dos erros sao erros coletivos, mesmo que alguns destes possam ter sido originados por erros individuais no inicio dos lances.
    A esse proposito, reforco o alerta que ja' aqui foi feito em relacao ao posto no LATERAL (eu nunca me recordo se e' direito ou esquerdo, ahahah) em que o Nosso Andre' Almeida explica (nas imagens) todos os erros de posicionamento ... COLETIVOS.

    Cada vez que eu vejo coisas destas, lembro-me dos treinos do Quique em que ele "atava" os 4 defesas e os 2 medios centro com elasticos.

    Viva o Benfica!
    (Jose' Albuquerque)

    ResponderEliminar
  11. Caro PEDRO ÀLVARES CABRAL,

    Permita-me discordar da sua opinião "Humildemente, eu considero este debate de uma infertilidade quase comica."
    Este debate cingido à vertente tática da equipa pode ser pobre dado que os participantes, e por mim falo, são perfeitamente leigos nessa matéria.
    Mas o debate do BENFICA é sempre, como concordará comigo, uma actividade transcendental que liberta em todos nós benfiquistas sensações de comunhão e partilha de um bem comum.
    É por isso importante para "a paz de espírito" de cada um de nós, tentar descobrir as razões do insucesso (que nos frustra) mais pela via das conquistas colectivas do que pela perseguição ao culpado individual.
    E se todas as nossas vitórias são obra do colectivo, obviamente que as derrotas também o são.
    No entanto, e para que o colectivo funcione, é preciso que as partes contribuam equitativamente para o esforço global.
    Embora possa transparecer alguma motivação (embirração) pessoal quando algum de nós nomeia um jogador, a verdade é que é o jogador (indivíduo) que transporta todas as nossas expectativas em determinado lance, e por essa via temos tendência a esquecer o trabalho "silencioso" dos colegas que não têm a bola.
    Mas sem dúvida, que quando sofremos um golo existem culpas individuais que podem ser pertencentes a mais de um jogador.
    Isto tudo para dizer que uma derrota não explica uma equipa, e que temos todas as condições para repetirmos os êxitos do ano passado.
    Oxalá TODOS estejam interessados nesse mesmo objectivo.
    CARREGA BENFICA!

    ResponderEliminar
  12. "Esta campanha foi um tremendo fracasso, sem qualquer duvida, que exige a Jesus e aos responsáveis benfiquistas uma profunda reflexão."

    Começando pelo fim, está tudo dito.

    O meu apoio a esta direcção não é cego nem acéfalo. Pelo contrário.
    É totalmente racional, sustentado no que já se conseguiu fazer e nos planos estratégicos para o futuro.
    E qualquer visão de futuro passa obrigartóriamente por analisar sempre o que corre mal, extrair conclusões e melhorar.
    A direcção erra cada vez menos porque este processo é feito. Estou certo que neste caso será também.
    Internamente, como todas estas análises devem ser feitas.

    ResponderEliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não vale a pena perderes tempo...faz-te à vida malandro.