quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Boa sorte, Bernardo.

Por José Albuquerque

Pede-me o Guachos que eu contribua com a minha humilde opinião nesta oportunidade em que muitos Companheiros discutem a venda de um dos mais talentosos produtos da Nossa “Fábrica” – o Enorme Bernardo Silva, e se o Guachos acha que eu devo … eu pago, ahahah.
Mas antes e se me permitem, quero fazer o mesmo que fiz quando da saída de um outro Nosso Companheiro – o Miguel Vítor, até porque eu considero que há um traço comum a estes dois antigos atletas do Glorioso. Assim …

Ao Bernardo Silva, Futebolista e Benfiquista, desejo toda a felicidade do mundo, porque ele merece e porque ele me deu muitos momentos de felicidade a mim, em quase todos os desafios, quer pelos Juniores, quer na Nossa Equipa B, em que o vi com o Manto Sagrado.

Posto isto, que querem que eu vos diga?
Que não tinha esperança de ver o BS crescer para uma espécie de “Messi” e brilhar na Nossa Equipa de Honra?
Não posso! Eu tinha, mesmo, essa esperança!

Humildemente, eu considero o BS um dos mais excitantes jovens futebolistas portugueses da actualidade. Pelas suas criatividade e capacidade técnica, o BS foi conseguindo, ao longo destes 4 anos mais recentes (aqueles em que acompanhei o seu crescimento), superar o seu mau handicap atlético e pode vir a ser, tal como outros “minorcas” no passado, um daqueles executantes que justificam o preço dos bilhetes.
Mas, por agora, o BS é apenas isso e não seria titular na Nossa Equipa de Honra, nem que ela adoptasse um sistema com 3 médios interiores.
Mais ainda e na minha humilde opinião (recordem-se que eu percebo quase nada disto), mal estaríamos se o BS pudesse ser titular no Benfica, mesmo que jogasse o dobro do que eu o vi jogar nestes 3 últimos desafios da sua actual equipa.
Sim! Se eu fosse Técnico de futebol, só colocava a jogar “minorcas” se eles fossem do gabarito de um Maradona, ou daquele que, hoje por hoje, eu considero o melhor futebolista do planeta – o pequeno Lionel Messi.
Mas isto são opiniões, subjectivas por definição e discutíveis por principio, meio e fim.

E não é de opiniões pessoais que se deve fazer este debate, porque o Glorioso não se sintetiza em nenhum dos seus Atletas, nem que fosse o Nosso Rei.
Vou ter de me repetir, Companheiros e recordar que o Nosso Clube enfrenta um “mostrengo” com mais de 3 décadas, um POLVO imundo e grosso que chegou a controlar quase todo o fenómeno desportivo nacional, garroteando a Verdade Desportiva em muitíssimas modalidades e corrompendo de uma forma aviltante aquilo em que se transformou a mérdia “des portiva” nacional, aproveitando e abusando do período mais negro da Nossa Gloriosa História.
E se já percorremos muito caminho e já, se já fizemos recuar muito esse POLVO e já, se já conseguimos libertar a Verdade Desportiva em muitas modalidades e já, se já conseguimos contestar a hegemonia andrupta no “futeluso” e já, se já conseguimos reerguer o Nosso Clube mais alto do que o que tínhamos há 20 anos e já … tudo isso o pagámos com sangue suor e lágrimas, com a Coragem de assumir o Futuro e com o compromisso daqueles Companheiros que já ficaram pelo caminho.

Que ninguém se iluda, Companheiros: a Vitória que ambicionamos e exigimos, até por patriotismo, pode estar cada dia mais próxima, mas só se não Nos perdermos pelo caminho. E esse caminho continua a ter 3 “frentes”: a Desportiva, a Económica e a da Comunicação.
Que ninguém se iluda, nem se esqueça.

Nos estádios, nos pavilhões e por onde quer que passem os Mantos Sagrados, sim! Apoiamos com a Paixão, com a Mística, com a Chama Imensa e maior loucura Benfiquista de que formos capazes.
Mas aos que elegemos para dirigir o imenso “porta aviões” em que já transformámos o Nosso Clube (mais de 13 mil Atletas e quase mil e quatrocentos “assalariados”), a esses devemos exigir rigor, competência e coragem para manter o rumo que sabemos ser o correto, mesmo quando se cometerem erros pontuais.

Vocês que têm a pachorra de seguir os meus textos, sabem bem como eu vejo o Nosso futuro colectivo e, no caso especifico do futebol (uma modalidade que se profissionalizou desde os escalões mais jovens e que, hoje, tem todas as características de uma “indústria”), sabem que eu considero que o Nosso próximo patamar assenta na preservação da estabilidade técnica e de Gestão, na otimização dos Nossos direitos de TV e na rentabilização económica da Nossa “Fábrica”.
Com o actual Regulamento de Transferências (e ele só pode piorar) e enquanto o Benfica não puder pagar salários que garantam rendimentos líquidos de impostos competitivos com os dos 15/20 clubes mais ricos, o Nosso modelo de Gestão tem de contar com a realização de mais valias com a venda de passes de Atletas. Pode gostar-se mais, menos ou nada, desta realidade (incomparável com tudo o que vivemos antes do Acórdão Bosman), mas não se pode ignorá-la, nem que o Presidente, no seu muito criticável voluntarismo, diga frases que permitam outros sonhos.

Todos também sabem que, especialmente durante esta tremenda crise económica e financeira amargada pelo absurdo assalto fiscal, eu nunca me preocupei nem com o Passivo, nem com a insuficiência dos Nossos Capitais Próprios contabilísticos, tendo-me contentado com o controlo (no sentido de não agravamento) da situação que vem sendo garantido pela Nossa SAD e desde que se mantivesse, como se manteve, a capacidade de investimentos e sustentação do crescimento.
Mas, Companheiros, eu nunca omiti a “fatura bancária” que essa opção implicou e que, grosseiramente, representa cerca de 20ME anuais. Debaixo do jugo do mamão chupista e antes da maturação do Seixal, optar por uma estratégia de redução do Passivo só teria sido possível com recurso a outros accionistas, realidade que eu acredito que seria inaceitável para a esmagadora maioria dos Benfiquistas, mas, agora, com a BTV e uma aparente “corrente” de Proveitos originada por empréstimos e vendas dos Nossos mais promissores jovens futebolistas, acredito que vai ser possível assistirmos a uma década de sustentada redução do Passivo oneroso e de recuperação do Capital Social da Nossa SAD, mesmo quando, como nesta actual época, seja falhado o objectivo de 20ME de proveitos com as provas da UEFA e nunca comprometendo os necessários investimentos que o Nosso crescimento exige.

Neste quadro, negócios como os do André Gomes e do Bernardo Silva são, pelo conjunto, muito melhores que as melhores das outras vendas a que assistimos (Witsel, Fabio, Di, Luiz e Rodrigo) e por uma razão que qualquer burro percebe: as suas saídas não representam um prejuízo desportivo importante!                   

Viva o Benfica!

24 comentários:

  1. «Humildemente, eu considero o BS um dos mais excitantes jovens futebolistas portugueses da actualidade. Pelas suas criatividade e capacidade técnica, o BS foi conseguindo, ao longo destes 4 anos mais recentes (aqueles em que acompanhei o seu crescimento), superar o seu mau handicap atlético e pode vir a ser, tal como outros “minorcas” no passado, um daqueles executantes que justificam o preço dos bilhetes.
    Mas, por agora, o BS é apenas isso e não seria titular na Nossa Equipa de Honra, nem que ela adoptasse um sistema com 3 médios interiores.
    Mais ainda e na minha humilde opinião (recordem-se que eu percebo quase nada disto), mal estaríamos se o BS pudesse ser titular no Benfica, mesmo que jogasse o dobro do que eu o vi jogar nestes 3 últimos desafios da sua actual equipa.
    Sim! Se eu fosse Técnico de futebol, só colocava a jogar “minorcas” se eles fossem do gabarito de um Maradona, ou daquele que, hoje por hoje, eu considero o melhor futebolista do planeta – o pequeno Lionel Messi.
    Mas isto são opiniões, subjectivas por definição e discutíveis por principio, meio e fim.»

    Para mim, quanto à parte desportiva (que na minha opinião nunca pode andar de mal com a vertente financeira) tirando o primeiro paragrafo, onde estou muito longe de concordar, acho que resumes de uma forma magnifica o que eu penso sobre o Bernardo Silva. Com a ressalva que tu também fazes de que eu nada percebo de futebol.

    Quanto ao resto, como tão bem sabes, delicio-me sempre com a forma como consegues explicar o que tantos insistem em complicar. Abraços e muito obrigado por este belo texto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E muito importante;

      «Neste quadro, negócios como os do André Gomes e do Bernardo Silva são, pelo conjunto, muito melhores que as melhores das outras vendas a que assistimos (Witsel, Fabio, Di, Luiz e Rodrigo) e por uma razão que qualquer burro percebe: as suas saídas não representam um prejuízo desportivo importante!»

      Eliminar
  2. Caro Companheiro José Albuquerque

    Gostaria também que escrevesse umas palavras sobre:

    1- O "Milagre" económico dos corruptos que após 45 milhões de prejuízos apresentados aumentam os encargos salariais em mais de 20 M....mistério.

    2- A campanha vergonhosa, digna de qualquer regime de Putin ou Saddam Hussein que está a ser orquestrada por serviçais como o Rui Santos da Sic. o Octávio Lopes do CM, etc.

    3- O que se passa com A BOla...razões de se ter vendido ao inimigo e não terem a mínima vergonha da falta de isenção e coragem na análise que fizeram ao caso Penafiel...que valores novos são estes de A Bola? Que poder é este que tomou de assalto os "Média"?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enorme Redbull1710, Companheiro,

      Quanto 'a atual tatica (de curto prazo, portanto) da Gestao da andruptosad, e' obvio que eu a considero de alto risco (embora saibamos que aquele "castelo de cartas" cairia sem este brutal acrescimo de investimento, nem que fosse so' pela pressao dos "macacos"), mas nao acredito que ela seja "suicida", nem que os leve a um abismo caso sejam eliminados na CL e nao vencam nenhum titulo nesta epoca.
      No pior (para eles) cenario, a andruptosad vai engolir a tal euroantas (que ainda tem 50% do ladrao) e, provavelmente, vai admitir novo(s) acionista(s), instrumentos com os quais ganha folego suficiente para "estrebuchar" por mais uns 3 anos.
      Nao convem ignorar que, aparentemente, a Gestifute (Jorge Mendes) e' uma variavel deste problema.

      Quanto aos teus pontos 2 e 3, ja' nem sei o que te dizer e olha que nao e' por eu nao ver sic's, tvi's e quejandas.
      Nao sei, Companheiro. Nao sei nem consigo entender ... juro-te!
      E' verdade que eu admiti (e escrevi, ja' ha' anos) que o crescimento da Nossa BTV, articulado com o Nosso sucesso desportivo, pudesse gerar um fenomeno do tipo "anticorpos", especialmente ao nivel dos merdia, mas, mesmo assim, a dimensao desta tragedia surpreende-me completamente.

      Apetece-me dizer-te que a solucao pode passar pelo crescimento dos Nossos proprios media (com a radio e o aumento da frequencia de O Benfica), baseados em principios de rigorosa etica jornalistica e como espacos abertos ao contraditorio (o mais que for possivel), mas nem disso tenho qualquer certeza.
      Infelizmente, parece-me que a culpa e' Nossa (sim, Nossa, dos Benfiquistas) e de algum inexplicavel eventual masoquismo, que leva os merdia a ter melhores audiencias (e receitas) quando Nos maltratam e achincalham o Nosso Clube. Por mais absurdo que isto seja, parece que o Benfica vende ainda mais quando perde, ou quando se lhe apontam pecados.

      Viva o Benfica!
      (Jose' Albuquerque)

      Eliminar
    2. «a culpa e' Nossa (sim, Nossa, dos Benfiquistas) e de algum inexplicável eventual masoquismo, que leva os merdia a ter melhores audiências (e receitas) quando Nos maltratam e achincalham o Nosso Clube. Por mais absurdo que isto seja, parece que o Benfica vende ainda mais quando perde, ou quando se lhe apontam pecados.»

      Há anos que o repito; o Benfica faz vender muito mais quando não ganha.Desde que modero este blog que tenho a certeza absoluta . Quando há um resultado menos bom, mesmo uma má exibição, apesar da vitória, ou nem mesmo isso; basta que o Benfica venda um jogador por mais obscuro que seja que a polémica se instala num instante e as visitas mais os comentários duplicam. Nas redes sociais triplicam as visitas, os comentários e...os insultos.

      Podem ter a certeza; sempre que há uma polémica, mesmo que fabricada pelos pasquins, uma mau resultado ou uma má exibição, as vendas dos media disparam para números inimaginaveis. Só por isso é que acontece essa vergonha que chega a ser doentia. Os benfiquistas são mesmo masoquistas. Acreditem.

      Eliminar
  3. Bom texto, caro José Albuquerque. E como o texto é bom, só posso concordar com o que transmite.
    Ser-me-á permitido dizer algo, pouca coisa, sobre esta sua frase: "E esse caminho continua a ter 3 “frentes”: a Desportiva, a Económica e a da Comunicação".
    Como bem referiu Guachos, a parte desportiva não pode andar de mal com a financeira. Nem mais. A parte a Comunicação tem que se lhe diga e não é pacífica. Sabemos porquê.

    Saudações desportivas e, naturalmente, benfiquistas.

    ResponderEliminar
  4. Caro Albuquerque

    Aquilo que aqui nos deixas só mesmo um burro é que não percebe. Está lá tudo. Dizes que "as opiniões são subjectivas por definição e discutíveis por principio, meio e fim", é verdade, mas há coisas que entram tão pelos olhos adentro, são tão visíveis, que nem merecem discutir a sua subjectividade.
    Só mesmo os burros ou pessoas de má fé, e há tantas por aí, basta ver alguns dos blogues ditos afectos ao Benfica, é que poderão ter uma visão diametralmente oposta da tua opinião carregada de sensatez. Ou então, os malucos, sim, porque quando se leem algumas opiniões, e li algumas, alucinadas e de histerismo pela venda do B. Silva, a sensação, para não dizer a certeza, com que se fica é que só podem provir de cabeças perturbadas. Estes não escrevem de má fé contra tudo o que respeita ao Benfica, nem por razões opacas. Escrevem apenas porque são malucos e para com esses temos de às vezes, só às vezes, ser algo complacentes. Porque o Benfica é muito grande e também tem os seus malucos.
    Para ti, aquele abraço benfiquista

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enorme Alma Encarnada, Companheiro,

      Nestes dias, eu nao tenho passeado muito pelos Nossos blogues (tenho ficado so' pelos melhores), mas o meu Filho mais novo (como sempre, ahahah) mandou-me uma sintese de algumas coisas escritas que sao de bradar aos ceus. Aqui te deixo alguns exemplos ...

      . Que o BS foi vendido por uma "ninharia" (tambem ha' outros sinonimos) de 15ME e isto escrito por gente que faria um coma alcoolico se recebesse so' a diferenca (0,75ME);
      . Que quem nao queria ver o BS na Equipa nao pode ser Benfiquista, quando eu, por exemplo, preferia ca' ter o Enzo, ou o Witsel, ou ... etc.
      . Que, por este andar, os unicos Atletas "made in Benfica": na Equipa vao ser "os monos do tipo do Silvio, ou Andre' Almeida", nao se coibindo de desmerecer, ofender e injusticar estes dois Companheiros e excelentes Atletas.

      Enfim, Companheiro, se quiseres a minha opiniao sincera, eu continuo a pensar (e sentir) que se nao fosse o anti Vieirismo, ninguem discutiria esta venda do passe do BS.

      Viva o Benfica!
      (Jose' Albuquerque)

      Eliminar
  5. Caro Guachos quando um post para isto: http://www.record.xl.pt/storage/2015_1/ngFA9E4D0E-2681-47B9-9441-D928102A5C9D.jpg

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O nosso presidente a abraçar um dos árbitros que nos roubou mais pontos e nos tirou campeonatos! Acho uma falta de respeito para os Benfiquistas e para o Clube! Estava doente para ir a Moreira de Cónegos mas para ir a despedida do Proencinha já não estava!

      Eliminar
    2. O presidente faz mais falta nos bastidores onde se compram e negoceiam apoios do que a apanhar frio num jogo da taça da liga. Proença vai desempenhar cargos importantes onde é melhor tê-lo como amigo do que como inimigo e o presidente esteve onde tinha que estar; sempre por dentro e não a cagar tacos para agradar aos especialistas da internet. O resto são tretas...

      Eliminar
    3. Completamente de acordo com o Guachos. O Presidente do Benfica representa o Benfica em actos públicos onde estão as estruturas do futebol, como era aqui o caso. Mesmo que tenha de engolir alguns sapos.
      O Bruno Carvalho também lá estava. Aprendeu depressa!

      Eliminar
    4. Nesta questão do Proença, por mais que me doa a Alma, tenho de reconhecer que infelizmente o Mundo em que vivemos é mesmo este-não se hostilize aquele que ainda pode ser util para a nossa causa, por mais que a vontade seja a de lhe tirar o lustro á cabeça...

      Eliminar
    5. Para malabarista tens tu jeito Guachos!

      Eliminar
  6. Caro JAlbuquerque- Amém!
    O que mais me irrita, é que mesmo explicando tudo como se fossem criancinhas, áqueles que são maldizentes por natureza, eles não aceitam argumento nenhum, porque o que os anima neste momento é muito pouco, visto cada vez ser mais evidente que trilhamos o caminho do sucesso.
    :::::::::::::::
    O que muitos gostariam, é que por cada decisão tomada, o próprio LFV lhes telefonasse pessoalmente, a pedir a opinião, depois de lhes explicar detalhadamente, durante umas horas, todos os fundamentos dessa decisão, e os pressupostos de ordem estratégica que lhes deram origem.
    È que não há pachorra, porque não se pretende compreender nada, mas apenas rebater tudo, sejam as vendas (Bernardo e tal e tal...), ou as compras (Samaris, JCesar, Jonas, os tais velhos e/ou caros em demasia tal e tal..).
    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
  7. 15 ME dão para pagar 3 anos de Seixal - o resto é conversa...

    ResponderEliminar
  8. Caro José Albuquerque,
    Excelente post, concordo com tudo.
    As vendas de BS e de AG são prova do sucesso da formação do Benfica, e são sem dúvida negócios ao alcance de poucos clubes.
    No entanto, e como muito bem escreve B. Silva (e A. Gomes) é um jogador com potencial para ser... um novo Rui Costa. Ainda não é. É verdade. Mas tem potencial para isso. E estamos de acordo, que se o Benfica o pudesse manter mais 2 ou 3 anos, poderíamos (ou não) disfrutar de momentos mágicos nos relvados portugueses.
    E é fundamentalmente esta paixão dos adeptos Benfiquistas por jogadores "fora de série" e com uma cultura e amor clubístico raros, repito raros, que nos deixa com um amargo de boca de termos um caramelo quase a derreter na boca e ter que o vender, para continuarmos a pagar as contas da água.
    Vamos torcer por mais Bernardos. Na certeza porém, de que eles são raros, e por isso tão valiosos.
    CARREGA BENFICA!

    PS: Gêgê "made by Jota Jota" está a deixar-me com água na boca! ;)

    ResponderEliminar
  9. Caro José Albuquerque,
    Uma só dúvida metódica, será que não deveremos avaliar o valor de um jogador também pela actualização do valor esperado das suas capacidades futuras ?
    Pessoalmente, mesmo que não tenha qualquer impacto actual, pelo que deixamos de poder ter nos próximos anos, para mim é um negócio muito negativo e muito pior que o do André Gomes. Mas se olharmos só ao valor actual e não ao valor actualizado, acho que um titular do meio campo ofensivo do Mónaco, vale muito mais que os 15,75 milhões, mas isto é só a minha opinião.
    Viva o Benfica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O assunto é interessante mas enferma de um erro de avaliação só por si extremamente subjectivo.
      Desde logo pelo valor do jogador avaliado. Quem é que pode garantir a evolução positiva de um atleta, sabendo dos tremendos condicionalismos e as variáveis, a começar pela própria condição física, que estarão à sua espera?

      No caso de BS, eu, por exemplo, estou muito longe de partilhar as melhores expectativas quanto ao seu futuro, no que diz respeito a comparações com Rui Costa ou mesmo num patamar inferior. André Gomes, tem, na minha opinião, muito mais possibilidades de crescimento para atingir patamares de alto rendimento, e não vi tal barulheira aquando da sua saída...

      Os lagartos venderam Ronaldo por um preço semelhante e embora eu na altura, contra a maioria das opiniões, já dissesse que ele tinha condições para vir a ser um dos melhores do mundo, continuo a pensar que mesmo assim, os de alvalade fizeram um excelente negócio. Se Ronaldo não tem encontrado um Ferguson no seu caminho, apesar de toda a sua capacidade e mentalidade de vencedor, coisa que não vejo em BS, jamais chegaria aos patamares de agora.

      Mas, como sempre faço questão de dizer; eu não percebo nada de futebol e por isso é que gosto tanto do nosso treinador!

      Eliminar
    2. Só para completar o meu raciocínio...
      «Recorde-se que, ainda hoje, Sulejmani é o jogador mais caro da história do futebol holandês. Em 2006/07, o Heerenveen contratou-o ao Partizan, mas, em 2008, o Ajax bateu todos os recordes ao pagar mais de 16 milhões de euros pelo passe do futebolista, então considerado uma das maiores promessas do futebol europeu.» - no record de hoje.

      Eliminar
    3. Enormerrimo BCool, Companheiro e Amigo,

      Antes de mais, e' sempre um prazer responder aos teus comentarios, com os quais sempre acrescentas algo mais ao debate.

      E respondo-te que nao: sinceramente, nao me parece possivel fazer esse tipo de avaliacao especulativa, pelo menos sem correr o risco de errar.
      Se reparares bem, quer no caso do BS, quer no do AG, o que a Nossa SAD teve de fazer foi uma "avaliacao" no momento X (todas as assinaturas devem ser datadas) e, na minha humilde opiniao, essa "avaliacao" foi bem ambiciosa nas datas que estao em causa e que foram: janeiro de 2014 para o AG e julho de 2014 para o BS.

      Claro que tratando-se de dois promissores atletas, o mais natural e' que, com o passar do tempo, eles possam vir a valer mais, se os respetivos clubes lhes conseguirem acrescentar valor.
      Neste aspeto, o exemplo do AG e' excelente, porque recordamo-nos que algum tempo antes (em julho de 2013, creio) ele tinha sido "avaliado" por 5ME quando do negocio com o BSF.

      Na minha humilde opiniao, o que esta' aqui em causa e' que a Nossa SAD entendeu que nao poderia acrescentar mais valor aos atletas (alem do valor da venda do AG e da clausula de opcao para o BS) e, sendo assim, fez o melhor negocio possivel.
      Repara que a Nossa SAD tem a sua capacidade de valorizacao de Atletas limitada aos numeros do Plantel (A e B), mais aqueles que consiga emprestar a clubes que lhes possam acrescentar valor e que estejam na disposicao de fazer esse "favor" (e, em alguns casos, ainda pagando por isso, ahahah).

      Viva o Benfica!
      (Jose' Albuquerque)

      Eliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não vale a pena perderes tempo...faz-te à vida malandro.