terça-feira, 20 de janeiro de 2015

O génio dos génios...

Para quem imagina que treinar ao mais alto nível é meter o Guedes, tirar o Talisca ou  arriscar no Ola Jonh - avançar com o Nelson, tirar o Lima ou apostar do Derley...lançar o Samaris na posição 8 e o Cristante na  6 - André Almeida na esquerda ou Pizzi na frente...deixo-vos alguns exercícios saídos da mente privilegiada de Pepe Guardiola...apenas um exemplo do muito que se passa nos bastidores até que tudo aquilo pareça fácil e natural...


4 comentários:

  1. A partir do momento em que o Barcelona passou a jogar o futebol que jogava com Guardiola, passei a ser um seguidor e admirador permanente. Ainda por cima joga lá um dos melhores jogadores da história do futebol. E eu tive o privilégio de ver boa parte deles, ao contrário de muitos que falam como se o futebol tivesse começado noutro dia. Não, não é jogador atleta, é futebolista, é também ele, como Guardiola, um génio e chama-se Messi.
    Guardiola é um caso à parte. Tenho para mim que Guardiola vê o futebol sem perder de vista a sua essência, a essência onde ele começou a ser jogado, na rua. E a partir dai desenvolve-o eficazmente para patamares superiores, onde a beleza do jogo está sempre presente. Ah, e com os resultados que sabemos.
    Como se não bastasse, Guardiola é sóbrio e sensato, sem se pôr em bicos de pés para aparecer por tudo e nada. Aprecio também essas características da sua maneira de ser.
    Fora do tema do post, tomei conhecimento há pouco que Bernardo Silva rendeu ao Benfica quase 16 milhões. Grande venda. Pense-se o que se pensar, escreva-se o que se escrever, confabule-se o que se quiser, "talibanize-se" o habitual pelos tolos do costume, factos são factos e este é inequívoco: Ganda venda! Assim ocorram outras com malta da formação. É muito bom para o clube e mostra que estão a ser dados os passos apropriados também nessa área.

    ResponderEliminar
  2. Porra... nunca seria treinador de futebol. Quanto mais ter a mania que saber mais que eles.
    Basta-me discutir aquilo que vejo, num jogo, e dizer se gosto ou não.

    Quanto à venda do BS... a formação está a render... é preciso pagar o investimento.

    ResponderEliminar
  3. Muito bom Guachos, obrigado pela partilha. O sucesso dá muito trabalho!

    Relativamente ao comentário do Alma Encarnada discordo da dimensão do sucesso da venda de B. Silva.
    Assim como defendi que a venda do A. Gomes era prematura, o mesmo se aplica neste caso. É evidente que outras razões para além da desportiva, presidem a esta decisão da administração.
    No entanto, do ponto de vista da estratégia global do clube, para chegarmos às grandes vendas ainda temos de subir mais alguns degraus.
    É evidente que nos últimos 30 anos (ou alguma vez na história do clube) raramente se chegou ao patamar actual de vender um jogador quase junior por um montante elevadíssimo. Como escrevia o guachos, estamos a habituar-nos ao file mignon, e temos tendência a esquece a fome por que passámos. No entanto, e aqui admito que entra em jogo alguma clubite (por oposição à racionalidade da decisão económica e de gestão), jogadores como A. Gomes e B. Silva (mais até este segundo por toda a sua cultura e amor clubístico) são jogadores de TOP que poderão (oxalá assim o consigam) chegar às melhores equipas europeias (=mundiais) e assentar arraiais como titulares. O timing da venda é sempre difícil de avaliar. Temos de confiar na estrutura que gere o clube e conhece os jogadores e o mercado, como competentes para tomar a melhor decisão. Estou certo que L.F.Vieira vibraria com estes dois craques a titulares no Benfica. Eu, e muitos milhares de Benfiquistas também. Será que não era possível aguentar estes dois putos mais um ano ou dois e vê-los fazer maravilhas com o manto sagrado vestido?
    Espero que A.Gomes e B.Silva sejam os sacrificados para que possamos no futuro disfrutar de outros futuros craques mais tempo na primeira equipa do BENFICA!
    CARREGA BENFICA!

    ResponderEliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não vale a pena perderes tempo...faz-te à vida malandro.