sábado, 28 de março de 2015

Selecção? - Uma teia de interesses obscuros.

A minha relação com a selecções nacional é de relativa indiferença. E só não é de indiferença total porque existe sempre o risco de que uma lesão possa estragar a época ou talvez mesmo a carreira de um jogador...

Desde o tristemente celebre mundial de Saltillo (México) - onde o saudoso Galrinho Bento partiu a pena - precipitando o fim da sua longa e gloriosa carreira, que me arrepio a cada vez que os diversos seleccionadores se lembram que no Benfica também existe um ou outro jogador de qualidade! Na sexta-feira foi Gonçalo Guedes que saiu do estádio de "canadianas" - depois de ser caçado por um caceteiro do Usbequistão (vermelho directo). Ontem foi Talisca a ir parar ao Hospital (choque de cabeças) após marcar um golo pela selecção brasileira! E amanhã só me interessa que a Eliseu não aconteça nenhum percalço físico.

Desde que percebi que os interesses dos empresários e os interesses de clubes mais ou menos importantes (segundo uma escala de interesses mafiosos) passaram a estar no top das prioridades por troca com o patriotismo e o fervor nacional.... Desde que percebi que as convocatórias são feitas mais para promover jogadores do que para representar condignamente a bandeira nacional que a selecção passou a ser coisa menor; uma chatice que me obriga a um (às vezes dois) fim-de-semana sem o prazer de ver o Benfica em acção.

Vende-se tudo, desde a alma às cores da bandeira portuguesa.
Políticos de pacotilha, figurinhas e figurões, novos e velhos caciques, e variados mafiosos de charuto na boca que se juntam à volta da selecção...hotéis de luxo, viagens (à borla), orgias, putas (sempre as putas) e outras sacanices, são camufladas e escondidas por uma comunicação social subserviente e reles. Tudo me mete demasiado nojo para sentir algo que não seja desprezo por essa gente toda.

E depois, tudo o que rodeia a selecção me provoca náuseas. O circo à volta de Ronaldo desde logo, a falta de respeito pela braçadeira de capitão, mas sobretudo a comunicação social...sempre a comunicação social...
Só com a sua cumplicidade é que se tornam possíveis casos como a não convocação de João Moutinho para o mundial da África do Sul, desvalorizando o jogador propositadamente, preparando o caminho para uma das maiores sacanices que vi fazer nos últimos anos. O resto ficou a cargo dos betos do alvalixo, que se deixaram comer vergonhosamente...a maça podre (sempre a fruta) o gozo e os dichotes...em mais uma jogada de "mestre" bufas e seus esbirros.

E depois - que ninguém me peça para torcer por gentalha como, pepe, quaresma, bruno alves, raul meireles, josué...só para lembrar um pequeno lote dos mais recentes energúmenos que vestiram/vestem a camisola da selecção.

E para encerrar este tema - basta lembrar a perseguição feita a Paulo Bento para que rejuvenescesse a selecção e o silêncio cúmplice pelas convocatórias de Fernando Santos que a envelheceu de sobremaneira. Selecção? - Uma teia de interesses obscuros...

19 comentários:

  1. Muito bom GV!

    Refresca-me a memória neste item por favor:

    "preparando o caminho para uma das maiores sacanices que vi fazer nos últimos anos". Quem ou o que? É que a selecção que eu apoiava incondicionalmente, findou em 2004.

    Saudações Gloriosas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O negócio João Moutinho foi uma golpada que começou a ser preparada com a sua ausência na convocatória de Carlos Queiroz para o mundial da África do Sul...

      Eliminar
    2. Não posso dizer com certeza absoluta mas penso que Moutinho esteve em todas as convocatórias dos jogos de apuramento para esse mundial. Também concordo que foi uma das maiores filhas da putice a que já assisti na selecção.

      Eliminar
  2. A minha Selecção chama-se Sport Lisboa e Benfica! O resto é paisagem!!! Guachos sintetizas-te tudo o que penso acerca da treta que é a seleçoum mete nojo!

    ResponderEliminar
  3. Como dentro do campo certos interesses vão sentindo a machadada, há que virar o azimute para fora dele. Sempre foi assim embora com menos evidência.

    ResponderEliminar
  4. Obscuros? não creio...os verdadeiros motivos são do conhecimento geral, estão à vista de todos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então caro taliban, se fizer o favor, poderia explicar os motivos tão do conhecimento geral?

      Miguel

      Eliminar
  5. Vejo que no futebol Portugues e tudo um mundo de interesses por um lado e bom que nao convoquem jogadores do Glorioso os poucos selecionaveis que temos ainda se lesionam pouca sorte a nossa,deviam convocar os onze galegos do fcp porque arrefeci muito nos ultimos anos com a nossa seleccao se ganhar ganhou se nao ganhar tanto se me da,o meu mundo a minha seleccao sao o Benfica.

    ResponderEliminar
  6. Selecção? Passo.
    E com isto digo tudo.
    Saudações benfiquistas.

    ResponderEliminar
  7. Concordo! A minha seleção é o Benfica!
    Na minha opinião, as seleções deveriam jogar uma vez por mês (ou menos), sempre à quarta feira. No fim de semana seguinte seria exclusivo para as competições menores (tipo taças da liga). Dessa forma não se paravam os campeonatos por 2 semanas, as seleções acabariam por ter mais algum entrosamento porque todos os meses haveria uns dias de concentração e o pessoal sempre via uns toques na bola aos fins de semana.
    Eu nem perco tempo para assistir jogos de seleções, prefiro muito mais ver a taça da liga Inglesa com equipas cheias de reservas, ou o SLB com 3 ou 4 titulares do que assistir a jogos de seleções. Mas isso sou eu.

    Litmanen

    ResponderEliminar
  8. Mt bem - "Políticos de pacotilha, figurinhas e figurões, novos e velhos caciques, e variados mafiosos de charuto na boca que se juntam à volta da selecção...hotéis de luxo, viagens (à borla), orgias, putas (sempre as putas) e outras sacanices, são camufladas e escondidas por uma comunicação social subserviente e reles." - tudo mt bem espelhado e simbolizado no abastardamento das cores nacionais nos equipamentos oficiais e oficiosos.

    ResponderEliminar
  9. Que vergonha! Que nojo!
    http://www.slbenfica.pt/noticias/detalhedenoticia/tabid/2788/ArticleId/41204/language/pt-PT/SL-Benfica-nos-media.aspx

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
  10. A minha seleção sempre foi e será o Benfica.
    Que Talisca e Guedes recuperem rápido.

    ResponderEliminar
  11. O problema da selecção e da falta de interesse que suscita já nem é só os "interesses" e as "mafiosices" que a envolvem!

    É também a falta de qualidade!

    Comparar por exemplo o que eram capazes de fazer Rui Costa, Paulo Sousa, Figo e João Pinto, com o que são capazes de fazer Moutinho, Ronaldo, Nani e Quaresma é quase como comparar o Barça de Guardiola com o Real Madrid de Mourinho.

    Mesmo que os resultados fossem similares, e não são, o perfume e o espectáculo do futebol da selecção portuguesa já não é o que era!

    Quando se devia fazer um esforço extra para que voltasse a existir um futebol de maior qualidade, o que acontece é que se faz exactamente o contrário, tapando o sol com a peneira, procurando só os resultados imediatos e assim limitando o futuro, tentando maximizar a rentabilidade da imagem internacional de Ronaldo, e ao mesmo tempo aproveitando a sua presença para tentar dar algum protagonismo a alguns jogadores que de outra forma não a teriam.

    Mesmo para o simples adepto que não se preocupa a pensar nas razões de algumas coisas acontecerem na selecção, a simples falta de qualidade e o excesso de folclore foi o suficiente para que ele já não se sentir tão cativado pela selecção como antes.

    Para os Benfiquistas que gostam de tentar pensar um bocadinho, a coisa piora porque sentem um certo asco.

    As lagartixas acham tudo normal porque já estão habituadas a circo.
    E os porkos acham tudo normal porque já estão habituados a máfia.

    E a comunicação social acha o máximo porque os jogadores dão mais importância ao mediatismo do que à responsabilidade de representar as cores nacionais.

    ResponderEliminar
  12. Se o Eliseu se lesionasse até era capaz de ser positivo. Sílvio e André Almeida dão bem melhor conta do lugar.

    Cool Red

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Positivo era teres um cérebro em lugar de um cagalhão.

      Eliminar

    2. Oh Anónimo... vai trabalhar!

      Eliminar
  13. Nem mais Guachos!

    Entristece-me como Português o que estão a fazer com a nossa selecção nacional.

    E, o mais parvo disto tudo, é que os mafiosos, os parasitas do futebol nem percebem o quão mal estão a fazer para o seu próprio futuro. É que continuando a querer promover jogadores sem qualidade, o "clube Portugal" deixará de estar nos grandes palcos e com isso, as federações e demais associações recheadas de tachos e tachinhos, receberão cada vez menos dinheiro...

    Se ao menos fossem inteligentes o suficiente para deixarem o futebol com pessoas competentes, descobririam que poderiam "comer" muito mais...

    ResponderEliminar
  14. Obrigado GV, por nos avivar a memória de tanta história em torno destas recentes selecções, não de Portugal, mas dos Mendes e afins. Um grande serviço público que aqui se presta neste blogue.

    ResponderEliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não vale a pena perderes tempo...faz-te à vida malandro.