terça-feira, 30 de junho de 2015

Lindelöf

Victor Lindelöf - nascido em 1994, em Västerås - é um futebolista sueco, polivalente, que joga como defesa central (lateral ou centro campista). Defende actualmente as cores do bicampeão nacional. Está na selecção sueca sub-21 desde 2014 e acaba de se sagrar campeão europeu de sub-21 anos. 

Não é querido da merdia nacional e não tem os especialistas a tentar impingi-lo aos clubes da Europa todos os dias nos jornais ou em programas desportivos. Parece ser um moço pacato, não dá entrevistas, e pasme-se; até sabe marcar penaltis sob pressão!
Nem sei qual é a clausula de rescisão mas sei que o Benfica acaba de lhe renovar o contrato. E também sei que é o único campeão Europeu da categoria saído das "academias" portuguesas. Uma chatice do caraças! 

Quanto aos craques nacionais...
Não sei, mas, se calhar os craques não são assim tão craques...não sei, digo eu.
E antes que comecem as carpideiras com o choradinho do azar e outras lamechices; não vi nada de injusto na vitória da Suécia. Lutaram bravamente pela vitória, tal como a selecção portuguesa, e no fim foram mais eficazes.

19 comentários:

  1. Excelente jogo do Victor!

    Um bom rapaz e um jogador a quem atribuímos grande potencial desde há 2 anos. Temos a felicidade de acompanhar a evolução destes jogadores na Benfica TV, incluindo o Ivan e o Bernardo.

    Chamo a atenção para outro rapaz da Equipa B que qd chegou, há apenas 1 ano, não sabia sequer dar um chuto na bola e que agora, se jogar na Equipa A já não vai decepcionar - o polaco Pavel.

    Seguramente q amanhã os pasquins desportivos portugueses vão dar nas 1as páginas o destaque q o Victor Lindelöf merece, tal como fizeram c/ o betoteiro na época passada...

    Quem deve estar a arrancar os cabelos em desespero é o nosso JJudas - é q fazer uma equipa de futebol c/ jogadores como o William, o JMário, o Mané, o YMedeiros, o Mané, o Adrien, o Patrice, o POliveira, o TFigueiredo, o Capel e todas as vedetas da B não vai ser fácil...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. muito bem lembrada essa do betoteiro , e tb tou á espera de quem irá levar com a medalha de lata da ultima pagina do rascord ,já que quando os sub 20 foram eliminados os premiados foram o guzzo e o nuno santos ,por estarem ligados ao nosso grande SL Benfica

      http://1.bp.blogspot.com/-I_-xP3uUQD4/VZMjXI4dM6I/AAAAAAAAW8I/eWLL_UJNucM/s320/1378608_998468456832867_3111377862888103381_n.jpg

      Eliminar
  2. As finais são para se ganhar (prosápia não lhes falta) disseram muitos dos jogadores de Portugal.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O WC do Lumiar foi um deles,deviam era dizer~lhe que para ganhar convém marcar penaltis.LOLADA
      Duas finais perdidas com Grécia e Suécia,em ambas em 2 jogos contra cada uma ganhámos ZERO.Sem dúvida de que certos tugas são mesmo campeões,a merda é que são campeões da BAZÓFIA.PS:Parabéns à Suécia e em especial ao nosso Lind.
      Seven

      Eliminar
  3. Esta Suécia fez-me lembrar uma seleção alemã no brasil,pouco paleio e trabalho.

    A seleção portuguesa sofre de influências e está voltada para promover pseudo vedetas para alegrar presidentes de clubes e empresários,os jogadores sabem disso e a pressão é enorme no momento das grandes decisões.
    Criam organismos para criar guarda redes de elite e promovem Vitor baía para tal mas para criar um que ensine jogadores a marcar penalidades em finais já não interessa.

    ResponderEliminar
  4. @FranciscoB o nome do miudo e Pawel, tem muita qualidade. Eles os 2 tem um bom entendimento na defesa. Parabens ao departamento de propescao e os scouts do SLB espalhados pelo mundo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro, claro, para já ainda é Pawel, c/ 2 "Vês"... mas espere + 2 ou 3 anos e será tão Português e Benfiquista como nós...

      Eliminar
  5. O mister 40 milhões, na velocidade (única) que se conhece, marcou um penalty à sua imagem... Sem ter nada contra o rapaz, valerá a pena dizer que gosta mais da disco, que de trabalhar, não obstante os merdia quererem promovê-lo à força... e Quanto à justiça ou não do resultado, fico com a ideia que após 210 minutos contra a Suécia mostramos pouco mais que o que vi nos outros jogos, com a diferença que os 5-0 à Alemanha foram altamente enganadores. Alías, quando vi as fotos da comitiva em jeito de festa final após o jogo das meias antecipei que já entravamos a perder tal cagança tão à Portuguesa, qual final contra a Grécia. E é isto, depois é azar, é isto, é aquilo, mas apesar de ficar naturalmente triste (não tanto assim), os Suecos fizeram um jogo realista e muito competente. Parabéns aos Suecos, e ao nosso Victor.

    ResponderEliminar
  6. Esgotaram os golos com a Alemanha, isto não é nada que se não estivesse à espera, com os lagartos a marcar penaltys era de esperar, o selecionador não vê que a vedeta do ultimo penalty em 5 falha 4

    ResponderEliminar
  7. Enormerrimo Guachos, Companheiro e Bom Amigo,

    Quanto ao desafio da final, so' me apetece lamentar que tanto e tao bom futebol (especialmente atendendo 'a idade da rapaziada)) tenha de ser decidido daquela forma que sabemos ser sempre dolorosa.

    Nao deixa de ter piada que tu, Guachos, seja a melhor testemunha de qual eu acho que foi a diferenca entre as equipas e os atletas: o argumento atletico!
    Quando publicares o texto que eu te enviei ontem, antes do jogo, veremos quais sao as preferencias dos Leitores: se preferem superatletas como o Nosso Lind, ou genios como o Nosso Bernardo.
    Claro que eu prefiro o Bernardo, mas se tivesse de formar uma equipa de futebol, nunca meteria em campo mais de 2 "Bernardos", nem menos de 9 "Linds".

    E se isso ja' e' uma verdade geral, entao num torneio com 5 encontros em 13/14 dias ...

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
  8. O jogo da selecção é monocórdico e, como li num dos comentários, a excepção foi o jogo contra a Alemanha, sendo que é daqueles que surge de séculos a séculos.
    Há jogadores que podem fazer carreira, carreira de verdade e não daquelas pseudo grandes carreiras a toque de imprensa amiga. Gostei do guarda-redes e do central dos lagartos, o P. Oliveira. Foram para mim os melhores da equipa durante todo o torneio, pela homogeneidade e consistência.
    Quanto a Bernardo Silva, teve lampejos. Tem imenso talento, mas tem de ser mais consistente. Ainda não é, nem pode ser, aquilo que muitos acham que já é. E não, mau grado o seu muito talento, não é um génio. Jamais o será. Vamos ver se chegará mesmo lá acima ou se não será daqueles, dos muitos que têm existido no futebol, em que ficamos com a sensação de que ficou a faltar qualquer coisa. Espero que não.
    Ainda em relação a ele, espanta-me que, como dos mais dotados tecnicamente, se não mesmo o mais dotado, o tal 10, não tenha sido um dos indigitados para os penaltis e, mesmo sem saber a razão especifica, veremos se a viremos a saber, levanta-me dúvidas sobre se não terá sido sobre a eventual incapacidade mental de aguentar a pressão do momento. Se sim, não é nada abonatório.
    Nota final para a questão de, como já li, termos perdido por azar. Isso é patético. Perder nos penaltis é azar?! Então as equipas portuguesas têm de ir é à bruxa ou ao professor Bambo e procurar afastar a nuvem negra que os assola sempre nestes momentos. Azar?! Não e não. Foda-se, azar é um gajo cair de costas e partir o caralho. Isso é que é azar. Aqui foi apenas e só competência. Perdemos, porque João Mário teve oportunidade durante o jogo de por 2 vezes, descaradamente, acertar na baliza e chutou de forma disparatada. Perdemos, porque 2 jogadores da selecção portuguesa não foram capazes de converter os seus penaltis. Perdemos, porque a Suécia foi quem mais acreditou e porque os seus jogadores foram competentes na marcação das penalidades. Aliás, o rapaz deles que foi incompetente foi quem quis enfeitar e, pimba, falhou, porque os restantes não foram em merdas e remataram com convicção.
    Por falar em competência, veja-se Lindelof, que jogo competentissimo fez. Mesmo fora do lugar onde, pelo visto, prefere jogar, que será a central, não comprometeu em nadinha e foi sério e compenetrado no papel que o seu treinador lhe atribuíu. Muito bem. Apetece-me dizer que Lindelof foi um jogador à Benfica.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Excelente comentário. 100% de acordo.

      CARREGA BENFICA!

      Eliminar
  9. Gosto muito do nosso Victor. Principalmente a defesa central.
    Parabéns ao rapaz!

    As nossas selecções continuam a padecer de um problema grave, ainda que com tendência a desaparecer: Uma elevada concentração de lagartos por metro quadrado (lg/m2).
    Ora ganhar coisas é um conceito que o lagarto tem dificuldade em compreender até porque nunca o vivenciou. Já lhe falaram por alto na academia mas é um conceito vago.
    Para um lagarto é-se o maior porque sim. E quando chegam os momentos da verdade... Ganham os "Victores"

    ResponderEliminar
  10. É claro que esta época todos vamos preferir o Lindelof ao Bernardo.
    Eu não vi o jogo (tenho coisas mais interessantes para fazer). Mas vi portugal empatar com a itália sem merecer.
    E no jogo com a alemanha as coisas correram 100%.
    Não desfazendo na selecção que tem bons jogadores (incluindo o capitão sergio oliveira), penso que a derrota se deveu ao facto de termos privilegiado sempre o processo defensivo (coisa que os suecos fizeram com a mesma competência), e esquecemo-nos do processo ofensivo onde éramos claramente superiores (do que vi no jogo de grupo). Também não gosto da tromba do treinador (que convocou lagartos e triperios a mais), mas acho que tem futuro.
    Também adorei o destaque que os pasquins cá do burgo deram ao Lindelof. Como bem diz o cota do bigode: "pau no cu dos aziados". Kakakakakakaka!

    CARREGA BENFICA!

    ResponderEliminar
  11. Guachos,

    Acho que podias mudar a foto do post (ou juntares) com a foto do lindelof de medalha ao peito, cachecol Glorioso, e coração encarnado!

    CARREGA BENFICA!

    ResponderEliminar
  12. E mais, os cumentadeiros, tão lestos a responsabilizar Lindelof no golo sofrido contra a Dinamarca, lembrando inclusive o seu clube, parece que desta vez não lhes ouviu nenhum pio.
    FDGP!!!

    ResponderEliminar
  13. Parabéns pela conquista ao nosso rapaz.
    Claro que se fosse contra uma equipa de uma federação que não a portuguesa, tanto melhor.
    Ok, não estou a ser sincero. Para mim é exactamente a mesma merda.
    Ok, continuo a não ser sincero. Só por causa da merda de jornaleiros e cumentadeiros que para aí andam, até me deu mais gozo ser contra a equipa desta federação. A puta que os pariu a todos.

    ResponderEliminar
  14. E pronto, lá os lagartos ganharam uma data de títulos para a sua contagem: não sei quantas medalhas de prata no euro sub-21 2015. Mas de outro só o Benfica e nós não contamos isso como títulos :P

    ResponderEliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não vale a pena perderes tempo...faz-te à vida malandro.