quinta-feira, 16 de julho de 2015

O sabujo que emporcalha as memórias dos antigos fundadores do "extinto" jornal a bola...

A forma como a merdia nacional trata estas questões do futebol é que me dá razão quando digo que na sua grande maioria são uns merdas. Podia apelidá-los, como faço inúmeras vezes, de vassalos, pés-de-microfone, avençados, junta-letras, sem espinha, coisos, coisinhos, cobardes...enfim, um sem numero de epitáfios que lhes caem a matar. Mas não; hoje, em homenagem ao serpa dos rissóis, fico-me pelo "uns merdas" acima descritos.

Vamos então ao cretino serpa, um merdas que diariamente emporcalha as memórias dos antigos fundadores do "extinto" jornal a bola...

Em Agosto da época passada o Benfica contratava Júlio César - de 34 anos - um dos mais titulados e prestigiados guarda-redes do futebol mundial - senhor de um currículo extraordinário, que vinha colmatar a saída de Oblak - entretanto contratado pelo Atlético de Madrid, que tinha batido os 16 milhões da cláusula da clausula de rescisão do esloveno...

O que disse o mentecapto serpa; «A contratação de Júlio César para a baliza do Benfica vem confirmar uma estranha ausência de critério nas aquisições do campeão nacional.»... 

Agora que Casillas - de 34 anos - um dos mais titulados e prestigiados guarda-redes do futebol mundial - senhor de um currículo extraordinário, assinou pelo clube da fruta, o mesmo imbecil escreveu, empanturrando-se na porcaria que lhe escorre do cérebro...
«A contratação de Iker Casillas pelo FC Porto não deve ser vista, apenas, pela razão desportiva. É verdade que Casillas pode vir a estar para o FC Porto como Júlio César esteve, na época passada, para o Benfica»

Veja-se a coerência do idiota! Um ano antes tinha dito que Júlio César vinha apenas «confirmar uma estranha ausência de critério nas aquisições do (Benfica) campeão nacional».

Na contratação de Casillas este jumento 'viu' que «o FC Porto provou saber libertar-se do habitual miserabilismo nacional que tem o fado do pobrezinho por lema e por sistema.»

Já na contratação de Júlio César constatou que «um grande clube em Portugal é um pequeno-médio clube no contexto dos grandes clubes europeus». Olhem-me só para este cerdo sem vergonha!

Diz o pateta que «Toda a Espanha olha, actualmente, com subido respeito para o FC Porto».
Estaria o papa-rissóis a lembrar-se da mãe de Casillas quando arrotou esta bosta? Estaria o seboso serpa a lembrar-se do presidente do Barça, que, ainda ontem num questionário, disse não saber o nome do actual clube de Casillas, ou quiçá, à imprensa espanhola que ainda há poucos dias dava como certa a contratação de Casilhas pelo actual campeão português? - Mata-te ó paquiderme. Não passas de um reles sabujo. 

O resto dos considerandos deste gordo jumento deixo para a caixa de comentários. Sintam-se à vontade para o tiro ao boneco. Sim, eu sei que é um boneco rasca e repelente, mas assim à distância tem a vantagem de não salpicar ninguém...
(com a prestimosa ajuda do arquivo do benficauniversal)

25 comentários:

  1. Desculpem o meu francês, mas este filho da puta é um anti benfiquista e nota-se quase sempre, embora por vezes o disfarce bem como faz o Rui Santos. A tal hipocrisia tão típica dos jornalistas lagartos que se gostam de vez em quando esconder debaixo das pedras.
    Diz-se do Belenenses, clube do seu pai, mas é mentira, é mais lagarto do que o Eduardo Barroso!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O serpa dos croquetes lagarto?
      Népia. É andrade.
      De qualquer maneira é igual: é, acima de tudo, Anti-Benfiquista.
      E nós damos-lhe palha.
      A este e à direção calimera e submissa do badochadocarvalho do rascord.
      Para não falar no nojo. E em outros pasquins, como o JN e o DN, do mesmo grupo.
      E nas Tv's. Todas antis.
      Junte-se a santa aliança dos toldos: azuis-e-brancos e verdes-e-brancos + o tal que se diz Benfiquista desde pequenino que nos odeia proença na liga e temos o cenário montado.
      Só lá vamos com muita competência e o colinho dos Gloriosos Adeptos.
      Chama Imensa

      Eliminar
    2. Eu não me atrevi a chamá-lo de andrade com medo de enganar-me. Mas se é porco ainda mais razão eu tenho. Dissimulado com´ á merd@. Obrigado pela informação.

      Eliminar
  2. Com os MERDIA podemos nós bem, agora o que me preocupa vem de dentro.

    1. Como foi possível manter a jogar um infiltrado a partir de Janeiro que nos poderia ter arruinado o BI campeonato ?

    2. Como foi possível esse infiltrado depois de 8 anos, chegar ao antro da porcaria e parecer que sempre lá esteve embora jogando pelo rival ?

    3. Como foi possível o mestre da tática passados 15 dias estar no rival aos saltos como se nunca tivesse estado num lugar onde tudo lhe deram ?

    4. Como é possível estarmos a ser comidos no sorteio dos árbitros e em breve nas eleições da liga ?

    5. Como é possível abrir as portas à SIC do anão e mostrar o interior de uma máquina que se quer reservada e focada ?

    6. Como é possível a BTV continuar tão amadora sendo neste momento o maior canal desportivo Português ?

    Estou preocupado com a liderança , estão deslumbrados, e os sinais são preocupantes, não consigo entender como 2 ativos com muitos anos de casa e tratados principescamente saíram sem o mínimo sinal de respeito pelo que deixaram para trás. Não é normal. Algo se passa. Será que temos lá dentro mais disto ? Vieira abre os olhos porque fostes comido que nem um anjinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cantas bem mas não alegras ninguém. Aliás, essa canção tem direitos de vários autores e eles não fazem parte dos 83%.
      Capice?

      Eliminar
    2. Anónimo, da minha parte digo-te apenas que quero ser comido todos os anos assim. Comido e bem comido.

      Eliminar
    3. Foda-se oh anonimo cabrão ,e no meio dakilo tudo não encontras alguma coisa de jeito fdp ?!

      Eliminar
    4. Lamentavelmente vim a este espaço exprimir a minha opinião e levantar algumas interrogações para análise , o resultado foi ser chamado de cabrao e o autor do blog publicou o insulto, obrigado mas não venho mais aqui.

      Eliminar
    5. Epá agora fiquei confuso...
      Qual é o anónimo cabrão ou gajo que não gosta de ser cabrão mas que também é anónimo ou que mesmo sendo cabrão não gosta de ser anónimo ou que sendo anónimo e cabrão não gosta nem de uma coisa nem outra?
      Como é que eu, vendo um anónimo chamar cabrão a outro anónimo sei que um é o anónimo bom e o outro é o anónimo mau? E quem diz mau diz cabrão...

      Eliminar
  3. "não se deve perder de vista a coerencia numa politica baseada na escolha de jovens talentos, prontos a crescerem e a valorizarem-se no futebol português, garantindo, assim, necessárias mais valias ao clube."

    Tão rasca este tipo. Este e maioria da restante comunicação social. Este ano o Porto contrata veteranos por milhões e toda a escumalha bate palmas. "Golpes de génio" é o que se ouve mais nestes dias. Ninguem questiona que do seu futuro 11 titular o Porto apenas tenha Alex Sandro e Herrera para ganhar algum dinheiro (isto se ainda ficarem). E não conseguem sequer 20 milhões com qualquer um deles. E vai ser preciso bem mais até ao final da época para cobrir o gasto todo em salarios. Eu não sou nenhum especialista em contas mas se depois de Fernando, Mangala e Danilo venderam Jackson à pressa antes do final de Junho ( todos juntos segundo os valores por eles apresentados é mais de 100 milhões) para evitarem novo prejuizo nas contas deste ano, então nem quero pensar como vai ser com o aumento da massa salarial.

    Outra coisa engraçada é que cada nova contratação para o Benfica é logo criticada. Noutro dia na tvi lá estavam uns estarolas a rotular Taarabt de "erro de casting" sem sequer verem um minuto de jogo do rapaz que até veio a custo zero. Se com tipos que vieram a custo 0 e sem sequer se mostrarem eles mordem logo as canelas nem quero imaginar se o Benfica tivesse contratado um gajo chamado Adrian por 11 milhões. Ou mesmo um Quintero por 6 e um Reyes por 8.

    Também me lembro das piadas acerca dos sérvios que vieram para o Benfica. A norte temos um clube mais espanhol que maior parte dos clubes de espanha. Ao ponto de se calhar André André ou Sérgio Oliveira precisarem de umas aulas de espanhol. Mas não se vê qualquer tipo de critica a esse facto.

    Tal como também não incomoda ninguém que Gonçalo Paciência tenha recebido guia de marcha ou que para o lugar de Ruben Neves já tenha entrado quase uma equipa inteira. Essa questão dos jovens também só vem à cabeça dos jornalistas quando passam pela zona de Benfica ou pela zona do seixal. Já nem em Alvalade eles se importam que todas as contratações sejam dos 30 para cima.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E eu diria mais, Pedro. O ano passado os corruptos jogaram várias vezes com 11 estrangeiros de início e ninguém deu por nada. Mas quando o Benfica o fez pela primeira vez, foi um escândalo nacional... e continuou a ser criticado até que os porcos o fizeram e aí passou a ser normal...

      Eliminar
    2. Pessoalmente, não fico muito irritado com essa dualidade de critérios, porque se por um lado demonstra a falta de carácter e sentido profissional, por outro e esta parte da-me um gozo enorme, demonstra igualmente que o SPORT LISBOA E BENFICA é o centro da vida, não apenas de nós adeptos que amamos o GLORIOSO, mas também daqueles, sem ideias e vida proprias

      Eliminar
  4. Enormérrimo Guachos, Companheiro e Bom Amigo,

    Eu estou cada dia mais convicto que mérdi@ foi a minha melhor "invenção", quando falamos do "futeluso": o nojo é de tal modo grande, que eu só posso pensar que acontece para explorar o masoquismo de alguns Companheiros, porque, sabemos bem, todas as subespécies de anti, Taliban incluídos, não chegariam para os mérdi@ subsistirem (sobretudo com aquele aspeto gordinho e escorreito com que pululam as tv's).

    E o papa croquetes ... está bem no topo da pirâmide, no critério das genuflexões ao D. Cor(no)leone.
    Mas gosto daquele último parágrafo, em que ele admite que pode estar errado sobre o Nosso Júlio César e porque a realidade lhe enfiou mais um triplete pela goela abaixo, ou o .... acima, ahahahah.

    Eu gosto de os ver, a todos sem exceção, a esgatanhar-se para Nos impedir de chegar ao Tri ... nta e cinco e espero que todos os Benfiquistas se recordem do imenso poder que já demonstrámos quando APOIAMOS o Nosso Clube e as Nossas Equipas.

    Quem tem medo, que compre um cão!

    Viva o Benfica!

    P.S.: já me esquecia, carago ... "ganda post, ó Guachos!"

    ResponderEliminar
  5. Em aceitação do repto, eu bem que gostaria de vir aqui e desancar naquele ente sapudo, mas a língua portuguesa que tão rica é, não tem um só termo que qualifique adequadamente a personagem. Então, o raio que o foda!

    ResponderEliminar
  6. Tenho 67 anos. Comprei a extinta Bola, sem falhar um dia (rigorosamente verdade), até aos 60. Comprava porque sempre admirei o estilo, a verticalidade, o bom português, o sentido crítico dos mestres Pinhão, Farinha, Márcio e muitos outros. Com a chegada dos herdeiros e suas malabarices, enchi-me de nojo e cortei com o actual pasquim. Agora estou confortavelmente rodeado de Mística, BTV, jornal do clube e, claro, de barriga cheia de êxitos. Viva o nosso Glorioso Benfica! É muito obrigado GV pelos seus textos admiráveis.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu caro; sou um pouco bem mais novo, mas ainda sou do tempo em que quando comecei também eu a comprar religiosamente o extinto jornal "A Bola" na altura ainda tri-semanário (Seg/ Quint/ Sáb) e ainda com a concorrência do Igualmente extinto Record e Mundo Desportivo este era considerado e bem uma autêntica Bíblia do desporto português; assim comtinuou mais uns bons anos já com o desaparecimento do Mundo Desportivo e o aparecimento da Gazeta dos Desportos, que acabou por fechar depois de um dos seus principais jornalistas ter revelado pela primeira vez com funcionava o corrupto sistema do futebol português e a colocar pela primeira vez o nome aos bois que estavam por detrás de tudo. E a consequência foi o surgimento do jornal oficial do dito sistema; o reconhecido "O Nojo". Mesmo assim e durante uns tempos os parâmetros da Extinta "A Bola" umas vezes melhor outras vezes pior lá se conseguiram manter... Só que depois é o que se sabe aquela grande fornada de jornalistas e acima de tudo homens, foram desaparecendo ou saindo porque queriam ou eram corridos pelo o simulado Serpa (entretanto elevado a director) de forma a limpar a casa a seu jeito, ou melhor emporcalhar... e assim se deu a extinção de vez de um jornal que foi durante décadas a referência do jornalismo desportivo em Portugal. Mas isto já foi há mais de 7 anos e portanto muito antes disso também eu deixei de comprar a actual "A Bolha" do papa croquetes, mesmo que tenham entrevistas em exclusivo com o presidente do Benfica (atenção que com isto não critico o nosso presidente de ater dado, pois mais vale ter os inimigos por perto do que longe da vista).

      Hoje não compro nenhum dos pasquins desportivos, como nunca fui assinante da Sport TV. Não me sentiria bem comigo mesmo, contribuir com dinheiro meu para um projecto que sempre viveu ás custas do Benfica e contra o Benfica.

      Eliminar
  7. O timing da chegada do Iker Casillas e a boa imprensa que o mesmo possui, fruto do clube que escolheu e da Sara Carbonero, permitem omitir muitas informações relevantes - diria mesma factos sobejamente consumados!

    O azar da chegada de Júlio César ao Benfica é que coincidiu com o mundial de má memória para o Brasil, onde este guarda redes encaixou 7 golos da selecção campeã mundial! Esse estigma ou recordação de um dia horrível para Júlio César, deu pano para mangas, não só entre adeptos do Benfica, como entre os rivais e comunicação social - incluindo comentadores residentes desses meios. Mas Júlio César, fruto da sua capacidade de sacrifício, espírito de liderança e personalidade, deu a volta por cima e mostrou toda a sua qualidade e valor! Hoje, já todos exigem a renovação, se possível e no mínimo, por uns 3 anos, sob pena de não termos guarda redes para as futuras épocas!

    Mas esquecem os nossos rivais que o mundial do ano passado revelou uma Espanha em fim de ciclo, na qual, Casillas teve um desempenho desastroso e encaixou 5 golos contra a Holanda. Se em vez de ingressar este ano, o mesmo tivesse vindo o ano passado, gostaria muito de saber o que a comunicação social iria falar! Assim, como já passou um ano, o tempo apaga muitas lembranças e as incidências dos jogos passados e o clube escolhido tem uma arma letal para fazer boa propaganda, quanto a Casillas, " no pasa nada"!

    Mas hoje, já posso realmente dizer que os contentores de espanhóis revelam a criação de um novo clube a norte... o futebol castelhano do porto= fcp, o novo candidato à hegemonia nacional!

    Que o Benfica saiba fazer o seu caminho com rigor, seriedade e principalmente competitividade até ao fim, para os fazer sofrer!

    ResponderEliminar
  8. Vou à feira dos piratas.

    ResponderEliminar
  9. Curiosamente, e embora não subscrevendo a conclusão, alguns dos pontos evocados pelo "anónimo das 23:55 de 16 de julho"merecem-me também reflexão. Principalmente os 4 primeiros. Então o 4º não é de todo para desprezar.
    O contumil apoiou a associação recreativa e cultural do lumiar unicamente no intuito de atacar o Benfica. "Os inimigos dos nossos amigos, nossos amigos são". É o lema destres dois antros de gente pequenininha, ressabiados e invejosos.
    O BI custou a engolir. A época de sonho do clube Benfica no seu todo ainda está na goela, não é fácil de deglutir.
    Derrotar o SLB por qualquer meio é o que os une. O TRI seria um desastre para o "império ANTI". A física explica: é a matéria (Benfica) e a anti-matéria (rapaziada dos clubes dos toldos de praia).
    O fernando pinheiro e o mini foi o começo. A loucura das contratações como se não houvesse amanhã e contas para pagar está em marcha. Faltava ainda o "controlo". O contumil apoiou o duque e agora quer vê-lo pelas costas. Deu de barato a vitória de pirro da arbitragem ao badocha para avançar com o proença, que apessar de ser um atual assalariado dos calimeros (com o pomposo cargo de assessor para as questões da arbitragem), é um "troian" azulado. proença (a minúscula é propositada) pode muito bem vir a ser the "next big thing" neste conluio.
    Não se esqueçam que o aldrabão do badocha forjou um telefonema com LFV, o tal da divisão dos títulos. Quem sabe não era o seu desejo... ele, quer dizer, eles, o clube no seu todo, nem se importam de que o contumil ganhe outra vez desde que lhes caia alguma coisinha e, principalmente, nada ganhe o Benfica que tanto odeiam.
    A estarmos bem atentos. Todos os indefetíveis do "Glorioso Colinho".
    Chama Imensa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. UPS... Errata: "os inimigos dos nossos INIMIGOS, nossos amigos são".
      Chama Imensa

      Eliminar
    2. O bi custou a engolir?? E o tri, o tetra, o penta??? Para não falar nas competições europeias que aí sois uma vergonha!! Ganhais um bi campeonatozito já ficais todos eufóricos... Mas e normal visto que a 30 ANOS que não cheiraveis 2 campeonatos seguidos!!!! Lolol

      Eliminar
    3. Há muito que não encontrava um verdadeiro morcão a escrever aqui no GV. Só por isso valeu a pena a visita ó Bruno. E o bi - se for bem apreciado - vais ver que não é coisa pouca. Há por muito boa gente que nunca experimentou. Mais a mais, só se consegue o tri se antes fizeres um bi...e assim sucessivamente. Capiche?

      Eliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não vale a pena perderes tempo...faz-te à vida malandro.