segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Carta aberta ao Rui Vitória.

Por José Albuquerque

Quem te escreve percebe muito pouco de futebol, mas tenho este hábito estranho de escrever aos Nossos Técnicos quando os vejo fazer burrada da grossa, o que foi o teu caso, para lhes pedir que se desculpem perante os Nossos Atletas. Fi-lo relativamente ao teu predecessor, no dia em que um erro crasso Nos custou um resultado vergonhoso no ladrão e repito a coisa hoje, porque aquilo de ontem foi demasiado mau.

Por seres o Nosso Técnico, eu considero-te o melhor Técnico do mundo, mas, mesmo assim, não estás isento de erros e, ainda menos, de críticas, especialmente quando os erros são tão graves. Por isso, meu caro, aqui vai ...

O meu primeiro pedido passa por te alertar para o discurso miserável que tens mantido nestes dias (um desastre atrás do outro): trata de chamar um bom especialista e ... trabalha a coisa ... muito!
Até lá, livra-te de responder às provocações do visconde novo, porque não tens pedalada para ele e vais ser trucidado com os erros infantis que cometeste nesta final. E também não era mal pensado parares de repetir aquela lenga lenga do “só falo com quem eu quero e quando eu quero”, porque dita uma vez não ficou mal, mas, repetida assim, mostra que não só não tens resposta para ele ( e não tens) como, o que é bem pior, que gostas de te ouvir a dizer coisa nenhuma.
Enquanto não estiveres preparado, eu sugiro-te que respondas por monosílabos, ou não respondas de todo e mandes passar à pergunta (e ao perguntador) seguinte.

Logo que tu chegaste, eu, muito humildemente, escrevi por aqui que esperava que tu mudasses o menos possível na Equipa, que pedisses ajuda ao Pietra, aos Nossos Capitães e a toda a estrutura de apoio que te ensinassem o máximo sobre os métodos de treino e preparação do teu predecessor e que estudasses, dia e noite, todos os Nossos jogos mais recentes (até fui ao ponto de sugerir especial atenção para os desafios em que a Equipa esteve em inferioridade numérica).
Eu não percebo muito disto, mas pareceu-me uma sugestão muito inteligente, apoiada em tantas excelentes exibições desses Atletas por cujo desempenho tu estás, a partir de agora, responsabilizado, num conjunto de resultados muito bons e no objectivo de conseguires repetir umas e outros.
Não sei se já reparaste, mas em todos os desafios que já fizeste, os melhores desempenhos foram, exactamente, quando a Equipa jogou mais próximo do sistema e dos conceitos a que estava habituada. Isso e outra coisa muito séria: quanto mais tempo passa, pior a coisa parece, o que deve significar que tu não estás a seguir este meu conselho ...

E faz-me um último favor: para de te lamuriares com as condições da digressão pelas américas, ou ainda vamos acreditar que andaste com a equipa em palhotas de pau a pique, mal alimentados, sem campos onde treinar, nem salas para debateres e explicares o que queres em cada momento do jogo, ou a dormir ao relento e a fugir das picadas de mosquitos.

Sobre a final da Supertaça.

Não lembra ao diabo colocares em campo um lateral esquerdo sem um mínimo de rotinas e um garoto como lateral direito, num dia em que não podias contar com o Nosso Capitão. A menos que faças saber que o Eliseu não tinha condição atlética para ser titular, esse já foi um erro com o qual podias ter perdido a final.
Não lembra ao diabo colocares uma dupla de médios centro sem lhe dar rotinas e olha que eu acredito que o Samaris e o Fejsa podem vir a formar uma soberba dupla de médios (em 4x4x2), mas isso só pode acontecer depois de muitas horas de treinos.
Mas, acima de tudo, não lembra ao diabo pretender fazer transições ofensivas obrigando o Jonas a disputar a primeira bola com os centrais adversários (ainda se fosse com o João Pereira), depois de pontapeada pelo Nosso imperador e, ainda pior, sem que o Talisca e o Samaris soubessem onde se colocar para o apoio directo.

E tu, do sítio onde estavas, pudeste ver o ridículo de uma situação repetida até ao vómito sempre com o mesmo incontornável resultado: a perda da posse da bola (além do esforço inglório do teu Atleta mais esclarecido e perigoso). Viste, voltaste a ver e não foste capaz de exigir que a Equipa saísse a jogar a partir da área, mesmo enfrentando uma eventual pressão do adversário e mesmo até ao final do encontro, quando eles já não faziam nenhuma pressão.
Qualquer um destes erros (e tu sabes bem que cometeste mais uns quantos) teria sido suficiente para perderes a final, mas o cúmulo destes três só não te custou uma goleada porque tiveste muita sorte e porque, do outro lado, estava uma equipa que ainda não passa de sofrível. Se, daqui a dois meses, voltares a repetir as graçolas contra estes ou contra os do lorpatego, prepara-te para levar meia dúzia!

Ontem, tinhas na Nossa Equipa um (soberbo) dos “Keepers” com melhor jogo de pés do planeta e pediste-lhe que fosse uma espécie de bombardeiro.
Deixaste no banco o médio centro com melhor recepção orientada da bola e só o colocaste em campo quando já tinhas o casaco empapado em suor.
Tinhas o melhor médio ala esquerdo que este país pode ver há seis anos e mandaste-o (eu vi, várias vezes) ficar agarrado à linha enquanto o imperador ia bombardeando para o Jonas.
E tinhas o melhor segundo avançado do país, um tipo capaz de oferecer linhas de passe constantes, de tabelar superiormente com qualquer estremo ou médio e ... mandaste-o para o meio dos centrais. É verdade que não tiveste sorte, porque, enquanto ele ainda tinha pernas, bem podia ter feito dois golos (ainda está longe da melhor forma).
E, apesar de tudo, tiveste uma excelente dupla de centrais e um conjunto de Atletas com vontade de te dar o melhor que podem dentro do que lhes pedes e daquilo para que os treinas. A coisa é tão grave que me apetecia perguntar-te o que raio é que pediste ao Talisca e que raio de treinos é que lhe deste.
Ontem, meu Caro, tu tiveste muitos mais e melhores trunfos do que a alimária do teu colega, mas perdeste para ele em toda a linha (desde que os dois “onzes estavam alinhados e o viste a olhar para os Nossos Atletas com olhar desafiador e intimidador).

Meu Caro Rui Vitória,

Pede desculpas aos Atletas!
Diz-lhes que eles perderam o desafio e aquele troféu por tua culpa!
E, se verificas que eles não acreditam no que lhes pedes que façam, convence-te que o erro é teu e que futebolistas com o currículo de alguns deles só conseguem acreditar no que tiver mérito e, não acreditando, vão sempre entrar em campo com receio de um desastre. Foi esse o receio com que eles subiram àquele relvado, ou será que tu ainda não percebeste?

Tu tens a sorte de ter um Presidente que te deu a prova de confiança que vem com um contrato por três épocas, mas esse simples facto tem de te fazer preferir a humildade de reconheceres que sabes muito menos que o teu predecessor e que só farás bem se estudares tudo o que ele fez no Benfica. Se estudares e aprenderes, para fazer pelo menos tão bem como ele já fez.
E não penses que tens muito tempo (olha que não tens), porque tempo é coisa de clubecos.  

Viva o Benfica!

114 comentários:

  1. Ou seja, (ainda?) não temos treinador.

    ResponderEliminar
  2. Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap! Clap!.....

    Oh Rui, tu "escuta" bem o que este homem te está a dizer, que ele não percebe nada de futebol, mas não parece ser nada parvo!!

    A SLBênção!

    ResponderEliminar
  3. Caramba! Para quem diz que não percebe nada futebol... percebe e muito!
    Subscrevo tudo sobre o discurso inenarrável e acrescento aquela coisa de entrar segundos antes do apito inicial como que a fugir do confronto com o treinador adversário. Um líder não se comporta assim!

    Quanto ao futebol jogado, para além de tudo o que o José disse realço a linha defensiva 10 metros mais atrás do que devia, a linha de meio-campo longe da defesa a defender e muito longe do ataque a atacar, pressão ao portador da bola adversário inexistente, falta de apoios ao portador da bola... enfim... Foi muito mau.

    Replicar o futebol do actual treinador lagarto não é fácil. Mas se há um sítio onde tal pode ser conseguido é no Benfica.
    A coisa vai ter que dar uma grande volta. Esperemos que comece já no Domingo.

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enormérrimo Cosimo Damiano, Companheiro,

      Obrigado pelo teu soberbo comentário, com o qual concordo integralmente.
      Tristemente, os erros foram tantos e tão evidentes (e ... exuberantes) que fazer-lhes referência extensiva ia subverter o meu objetivo ao escrever este desabafo.

      O Nosso Técnico pode ter uma lista quase interminável de coisas "to do", mas eu gostaria que ele começasse pelo mais simples e ... regressasse ao desafio contra a Fiorentina.
      Percebes o que eu quero dizer com isto?

      Viva o Benfica!

      Eliminar
    2. Caro, José Albuquerque,

      Compreendo. Foi o melhor jogo do Benfica de RV.
      Sem deslumbrar, jogou Jonas atrás de Jonathan, pressionámos no campo todo, a defesa esteve mais subida, houve mais apoios ao portador da bola... enfim princípios muito mais aproximados aos que uma equipa da dimensão do Benfica deve ter.

      Houve uma grande regressão e isso é o que mais me tem preocupado desde o jogo com o América.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
  4. Há largos meses disse aqui que quando ouvia o nome do RV para o Benfica até tinha pesadelos.
    Depois disso já voltei aqui a colocar vários comentários onde disse, e reafirmo, que RV não tem qualidade para o Benfica.

    Supertaça ou não, ontem não dormi!

    João Silva

    ResponderEliminar
  5. Que categoria de texto! Simplesmente na mouche. Óbvio que é do nosso (adepto) ponto de vista, mas não deixa de ser muito certo.

    PM

    ResponderEliminar
  6. O Benfica liderado por Rui Vitória perdeu o jogo de domingo em toda a linha, dentro e fora do campo, sem espinhas.

    Um líder tem que ser ousado, ter uma visão, destemido, determinado, seguro, interventivo e motivador. Nenhum destes predicados se vislumbraram no domingo, muito pelo contrário.

    Se um líder não liderar , passa a ser mais um no meio dos liderados sem ninguém para seguir.

    O grande perigo nesta altura, e quem sou eu para ter certezas, é de que o balneário possa já ter interiorizado que o mestre do barco não tem bússola.

    Os critérios para a escolha de Rui Vitória para substituir Jorge Jesus são para mim mais misteriosos do que a possibilidade de existir vida noutros planetas.

    Ainda não entendi o que levou LFV a renovar com um treinador que tudo tinha perdido e a chuta-lo porta fora depois de tudo ter ganho.

    Até parece masoquismo?



    AACM



    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem mais!
      A escolha de RV não se percebe!
      Ganhou uma taça de Portugal, ganhou! E que mais! Qualidade de jogo? Princípios de jogo?

      O que vi no domingo e me preocupa não foi a derrota, foi uma equipa sem princípios de jogo, sem rumo, sem estratégia...uma confusão! A época passada vi o Rayo de Paco Jemez a perder 6-1 no Bernabéu mas a apresentar uma qualidade de jogo e ideias de equipa grande.
      Mais do que o resultado, interessam as ideias porque com uma rumo bem definido e com a qualidade dos jogadores do Benfica as vitórias aparecem naturalmente.
      Neste momento olhamos para vários jogadores do Benfica e duvidamos que sejam os mesmos do anos passado tal é a regressão nas suas prestações.

      Quando se contrata um treinador devia ter-se em atenção muitas coisas e não apenas as boas campanhas de imprensa e um titulo ocasional. Durante 6anos tivemos um treinador de topo, agora regredimos para os tempos de Quique Flores.
      Há mais treinadores de topo além de JJ, Rui Vitória não é um deles!

      João Silva

      Eliminar
    2. Enorme AACM, Companheiro,

      Eu estive no estádio e fiquei com a nítida impressão de que os Atletas não acreditaram no que quer que o Técnico lhes pediu (?) para fazerem.
      Sincera e humildemente, acredito que essa falta de convicção chega para justificar pelo menos a metade dos erros de posicionamento que foram patentes, nomeadamente a falta de vontade para subir a última linha de 4 quando (quase sempre) o adversário tinha a posse de bola (basta ver o reduzido número de "off side" assinalados, por exemplo, à osga argelina).

      Viva o Benfica!

      Eliminar
    3. Caro José Albuquerque ,

      A sua sensação no estádio foi também a minha em casa.

      Os jogadores não só não acreditaram como não perceberam nada do que lhes foi pedido.

      Quem tem Jonas, melhor jogador e melhor marcador da última época, e o deixa só no meio de dois centrais a mais de 50 metros do último colega de equipa e a receber charutos aéreos, não percebe nada de futebol.

      Jonas no final do jogo estava descontrolado e não foi só por causa de JJ.

      O carnaval que se viveu no banco do Benfica , não deixa dúvidas quanto à qualidade do mensageiro e sus muchachos.

      Se não fosse coisa séria até dava para rir.


      AACM

      Eliminar
  7. Porra! E diz ele que não percebe nada de futebol!
    Abraço José Albuquerque

    ResponderEliminar
  8. Concordo com quase tudo, mas não posso concordar com a parte do "garoto" como lateral direito. Parece-me óbvio que RV viu, nos treinos e nos encontros de pré-época, que Nélson Semedo tinha valor e tinha uma atitude competitiva, e a verdade é que o "garoto" não desiludiu. Diria mesmo que parece a opção mais válida para aquela posição, e um jovem como ele (com qualidade) só pode melhorar se tiver minutos e jogar. De qualquer forma, parabéns por este excelente post!

    Saudações Benfiquistas

    Francisco Rocha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enorme Francisco Rocha, Companheiro,

      Eu não me expliquei corretamente, só pode ter sido, até porque aquele garoto foi o que mais prazer me deu naquele encontro: o erro do Nosso Técnico foi estreá-lo naquele desafio ... (+) e quando não tinha o Luisão ao seu lado ... (+) e quando deixou no banco o lateral esquerdo mais rotinado da Equipa.

      O Nosso Técnico está convencido de que tem todo o tempo do mundo e considera que, mesmo acumulando erros, vai vencer todos os desafios das próximas semanas, ou seja: não tem ideia do que é o Benfica, nem do que vai acontecer se os Benfiquistas continuarem a ver aquela espécie de futebol (???) de domingo.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
  9. Quero dar-lhe os parabéns pela coragem e pela inteligência do seu texto. Tenho contudo a apontar uma coisa e ainda uma observação a fazer.

    Considero que Rui Vitória está a ser apoiado pela direção. Mas devemos deixar claro que foi a direção que o escolheu, julgando ser um treinador à altura do Benfica, parecendo desconhecer que esses defeitos tácticos, estratégicos e até comunicacionais já se notavam no Vitória de Guimarães. Não vale a pena falar de novo da saída de JJ, mas parece-me que a direção não fez tudo para ficar com um treinador de nível mundial (pode não ser um homem irrepreensível do ponto de vista moral, mas não creio ser este o principal parâmetro na escolha de um treinador). Por isso, se a situação se agravar, é sempre Vieira o principal responsável.

    Uma observação: Jonas (ao que se diz) enfrentou JJ porque terá sentido as palavras dele antes do jogo. Rui Vitória, todavia, entendeu que não era necessário responder. Penso que o fez porque achou que as palavras se dirigiam a ele apenas e por isso a decisão de responder só a ele lhe cabia. Esqueceu-se que JJ também estava de alguma maneira a desvalorizar os seus antigos jogadores. Era por aqui que Rui Vitória deveria ter contra-atacado. Não o fez, calou-se, e se calhar o balneário não gostou muito. Entendo-o assim, mas posso estar errado.

    Saudações

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quanto aos motivos da altercação do Jonas com o Judas, o que o nojo diz é que foi pela atitude do Judas durante e depois do jogo. Se é verdade ou não, não sei, mas que faz sentido, faz.

      http://oindefectivel.blogspot.pt/2015/08/reu-jonas.html

      Eliminar
    2. Enorme Red night, Companheiro,

      Obrigado pelo teu comentário e por me dares a oportunidade para fazer (mais) uma referência especial ao Nosso Jonas "pistolas", que, mesmo depois daquele estúpido massacre, teve a presença de espírito para dar uma lição àquele provocador aldrabão: Obrigado, Jonas!

      Viva o Benfica!

      Eliminar
    3. Bem visto - as aleivosias do Judas põem em causa, em 1º lugar, os jogadores - tv lhe venha a sair o tiro pela culatra...

      Eliminar

  10. Alguém sabe qual é a semelhança na falta na área sofrida pelo Gaitan ontem e a cabeçada na nuca que o Jonas levou na área do Sporting na época passada? Em ambos os casos, o Jorge Sousa não viu penalti nenhum favorável ao Benfica, tal como não viu a falta na área sofrida pelo Lima, aos 90 minutos do 1º jogo da época 2013/14 no Marítimo 2 - Benfica 1.

    Quanto as preocupações com o trabalho do RV tens razão. No jogo jogado o onze do Benfica apareceu neste confronto estar pior preparado que o do Sporting do JJ.

    Já no último confronto Sporting 1 - Benfica 1, dirigido pelo Jorge Sousa, o rendimento do Benfica tinha sido muito fraco, atençao ainda era um 11 dirigido por um experiente e titulado tecnico como Jorge Jesus.
    O Jorge Jesus está farto de saber que o rendimento médio do Benfica nos jogos dirigidos pelo Jorge Jesus tem sido bastante fraco nas últimas 7 épocas, aliás do quadro de árbitros em actividade é aquele com o qual o Benfica obteve o pior rendimento pontual médio nas últimas 7 épocas, é também um dos poucos que o clube tem um saldo negativo de penaltis no acumulado de jogos arbitrados. Coincidências ou tendências?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enormérrimo Influência Arbitral, Companheiro,

      A arbitragem foi muito má (também estão fora de forma), mas, sinceramente e tal como nas mais recentes exibições deste BOI, não me pareceu intencional, tantos foram os erros e para os dois lados.
      Na minha humilde opinião (consolidada com muitos "replay" das imagens), os dois golos foram mal anulados, ficou aquela falta por assinalar sobre o Gaitan e, pelo menos, houve mais 5 erros em "fora de jogo" (dois mal assinalados e três que não o foram).

      Má arbitragem, num jogo de início de época e, ainda assim, todos esses erros como que desaparecem perante as burradas do Nosso Técnico. Infelizmente.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
    2. Foram para os 2 lados mas o fora-de-jogo tem desculpa por ser 1 lance rápido mas as agressões e o penalti não... acresce q na questão da bola ter saído do campo no canto do fora-de-jogo é 1 tipo de situação q os bandeirinhas não costumam falhar...

      Eliminar
  11. Saudações,parabéns pelo texto,tudo certo,espero que o RV possa melhor mas para isso tem que mudar o chip,pois assim como está,parece o Guimarães a jogar(sem ofensa ao clube em si),mas e sabendo o Presidente que Temos,por mais erros que o RV cometa,não o vai demitir,espero que pelo menos o Shéu,Pietra,ou até Rui Costa,lhe tenham dado uma achega.O que descreves em relação ao Talisca é por demais evidente,uma nulidade em campo,quando o ano passado foi o que foi enquanto ouve pernas é certo mas mesmo assim melhor,o Ola John(e até fez o melhor jogo que o vi fazer pela direita),insistrir que jogue pela direita,quando está mais que visto na esquerda é que rende.Neste texto só um reparo,na minha modesta opinião,o Nelson Semedo fez um bom jogo,aliás assim fizessem todos o que o "miúdo" fez,não foi por ele que não houve ideia de jogo,quanto ao resto tudo certíssimo.
    Mas nunca deixando de acreditar!!
    Carrega Benfica
    Ps: só uma nota em relação ao Jonas,esteve em grande em relação ao que J. Judas disse e fez ao Benfica,assim o RV os tivesse.

    ResponderEliminar
  12. Concordo.

    Não sabendo detalhes mas pelo que se soube não havia vontade do Benfica de continuar com a ligação a este ex-treinador , e juntamente com o Mendes tentou-se a sua saída para o Estrangeiro.

    Se tudo na vida corre-se como planeado , a vida seria algo de facto fácil de mais e perderia todo o interesse.....

    O Cretino num golpe de teatro muda-se para o Rival directo e tudo se altera visto ter saído como um toiro bem picado.....
    Obviamente está ali um inimigo para o resto da vida.

    Perante este cenário a ideia inicial de Rui Vitória , que mesmo que a ideia de colocar o Cretino no estrangeiro corre-se bem , já era demasiado arriscada , transformou-se num colossal erro por parte de LFV......

    Teria de vir outro treinador , mais batido , estrangeiro ou a ser Tuga , teria de ser um daqueles que sempre comeu o Cretino ao pequeno almoço .....
    Villas Boas seria um exemplo válido visto que o marco Silva , outro que sempre o comeu de cebolada estava e continua blindado pelo brunalgas.......

    O Carácter , ou falta dele , do Cretino vê-se quando pega num trabalho muito válido do Marco Silva e não muda nada , apenas mete os reforços nos sítios e rouba os direitos de autor a quem teve todo o trabalho......e vende a ideia que foi ele que criou tudo.....
    Para alem de Fanfarrão , é Charlatão e vendedor de banha da cobra......

    O Erro está feito , Rui Vitória foi derrotado mesmo antes do jogo se iniciar , parece um dos ensinamentos de Sun Tzu na arte da Guerra...."A suprema arte da guerra é derrotar o inimigo sem lutar...." .....algo que o Cretino conseguiu de um modo claro em 2 conferências de imprensa....

    Neste momento , Salvo um investimento grande em qualidade para reforço do Plantel ,creio que o tempo de Rui Vitória será muito curto e basta 1 acidente já no Domingo para as portas da rua se escancararem......

    Também convenhamos que um problema resolvido precocemente não vai degenerar num cancro de consequências imprevisíveis.....

    Ainda por cima a 1 ano de eleições.....

    ResponderEliminar
  13. Como sempre um texto cheio de muita verdade e coragem como não podia deixar de ser,tenho pena que Rui Vitória tenha alimentado com esta exibição ,prestação, atuação ,discurso e resposta aquelas alimárias dos pés de microfone e avençados que não vão parar de bater no Glorioso em tudo o que seja canal ou programa desportivo.

    Não acredito como foi possivel RV ter-se deixado levar pelo mind game tão bacoco que todos sabiam que era para pato cair...e pronto aconteceu mesmo,tudo o que não se deveria de mudar mesmo não estando muito bem ,mudou-se piorando o esse não muito bem que estava.

    Uma palavra também para o verdadeiro malabarista do apito,nada que não se esperasse,como disse acima o nosso amigo do Influência Arbitral factos são factos.

    Achei que ele não marcou penalti porque não quis,não há coincidencias são coisas dos quinhentinhos,não me estou a desculpar do lance de fora de jogo(até tenho mesmo dúvidas que a bola tivesse saído e entrado de novo no canto mas dou de barato o golo mal anulado,aliás até aconteceu mais que uma vez e foi assinalado).

    Não marcar o penalti sobre o gaitan é uma coisa que o jorge sousa está habituado a fazer ou seja a tapar os olhos quando é o Benfica a ser prejudicado,e salvo erro na primeira parte também houve outro penalti aos 31 minutos onde as cameras da rtp nunca quiseram mostrar .

    Mas até nisso Rui Vitória se esqueceu de falar...
    Jonas é grande dentro e fora de campo(espero que tenham percebido)


    ResponderEliminar
  14. Pela 1ª vez discordo em grande parte do que aqui leio e a frase que se segue resume o que de mais errado e falso contesto na tua opinião caro José Albuquerque.
    "Ontem, meu Caro, tu tiveste muitos mais e melhores trunfos do que a alimária do teu colega, mas perdeste para ele em toda a linha …”
    Ou seja, ao contrário que o mentiroso quis fazer passar toda a semana (o trabalho era todo dele), a equipa traduziu-se numa espinha dorsal de 7 jogadores todos transitados da equipa titular que Marco Silva criou, acrescentando 4 jogadores, todos eles experientes. Já no ano passado os lagartos tinham no seu meio campo o melhor sector e sem terem nenhum super jogador complementam-se os 3 (ontem os 2). Aliás, será bom lembrar que a melhor equipa do SLB do ano passado, não venceu em 3(!) ocasiões e não terá sido pelo RV certamente...
    No SLB ao contrário, deu-se a revolução (e não por culpa de RV ), saíram 4 titulares indiscutiveis pelas mais variadas razões (Maxi, Luisão, Lima e Sálvio) substituídos por 4 suplentes (Lisandro, Fedja, Silvio e O. Jonh) somado a 1 estreia (Nelson Semedo) e à indisponibilidade do jogador que mais mostrou na pré-época ser opção para o lado direito, Carcela. Logo aqui há uma enorme diferença de qualidade ganha no nosso rival e perdida na nossa equipa. Pelo que urge compensar essa perda mas já lá irei...
    Sobre a estreia de Nelson Semedo só tenho a dizer bem e elogiar a coragem, pois fez mais em parte e meia que jogou nas Américas que Silvio, Eliseu e A. Almeida juntos! Mereceu ser titular! Ganhamos 1 jogador e não foi por ele que perdemos. Só assim faz sentido falar-se em usar a formação, senão feche-se o Seixal e venda-se tudo em liquidação! Se tem qualidade deve jogar e ontem vimos qualidade, com margem para crescer, mas está lá.
    Da equipa inicial para mim saía O. Jonh e entrava Pizzi, mas cada um terá a sua deixa, mas olhando para o banco que opções tínhamos? Que consistência? Seria possível ver mais e melhor destes jogadores?! E nesta fase?!
    O que quero referir e não sou imune ao que aconteceu (superioridade do adversário em toda a linha apesar da haver muita parra e pouca uva na prática) é que não me choca o vou vendo e sobretudo que ainda não vi. Já vi disto a rodos com o mestre da táctica, sobretudo no ano passado em que, sem as últimas contratações eramos uma equipa mais fraca, para não dizer banal (Jonas, J.César, Samaris).
    Os lagartos iriam sempre chegar com um pico de forma nesta fase (propositado) em função do Agosto tremendamente importante pelos compromissos que eram decisivos para o sucesso desportivo, mas sobretudo financeiro desta aposta de risco. Estão mais avançados tacticamente (sabemos que não passará disto), fisicamente (pico de forma antecipado) e organizacionalmente (o plantel está praticamente decidido e fechado), daí a catadupa de contratações quase em regime de urgência. A supertaça era importante mas a LC é fundamental para a sustentabilidade daquilo tudo!
    Em relação às repercuções, logo se verá com que custos em ambos os aspectos (desportivo e financeiro), mas se nos lembrarmos, esta vertigem exibicional deixava as nossas equipas de rastos lá para o mês de Março...
    O SLB não necessitava de ir ao mercado com o mesmo propósito e sobretudo com a mesma sofreguidão (e não é por falta de meios como sabes) simplesmente estávamos e estamos expectantes face às oportunidades (melhores e quiçá mais baratas) que o mercado irá e/ou poderá proporcionar no fim do mês, para além de o novo treinador ter o direito e o dever de querer analisar o leque de jogadores à sua disposição.

    (continua)

    ResponderEliminar
  15. Ontem a equipa que jogou não é, nem em 50% a equipa tipo da próxima época. Os reforços vão chegar e serão mais valias indiscutíveis, acredito nisso.
    Não entro na conversa fácil de mais de 95% dos adeptos cujas opiniões, que leio na blogoesfera e na net em geral, em que se elegem culpados vários, se descarregam frustações, se antecipam cenários de cataclismo e um futuro tenebroso. Cabeças precisam-se e já!!!
    Fi-lo exactamente no ano passado (lembro-me como se fosse ontem) em que poucos eram os que acreditavam na equipa (lembram-se também?) e antecipavam o mesmo fado.
    Os mesmos que elogiam o ordinário que foi para o clube do lado, queriam que este saísse e se assim fosse este não teriamos ganho nada, nem poker, nem bi, nada... por isso coerência sff
    Acredito em quem treina e em quem gere, não por fé mas por já terem dado provas no passado e em cenários diferentes. O processo irá demorar, também em função das entradas e saídas que irão haver, mas conto que a equipa irá ganhar identidade, mais definição e capacidade. Se assim não for, também me verás com espirito crítico, mas não agora.
    Por isso, acho que a análise que fazes do jogo, é irrelevante, pois também posso fazê-la por outros prismas e verás que a abada de futebol que levamos se traduz num chouriço de golo, num penalty roubado, num golo anulado em que a bola sai na trajetória, em faltas duras nas nossas 1ªas transições sem acção disciplinar (Adrien abusou com o Talisca), nas melhores ocasiões de golo pertencentes ao Jonas na 1ª parte(2), as mesmas em número na 2ª para os lagartos e no fim fomos goleados por 1-0. Ok, o Talisca não jogou, o O. Jonh não passa do mesmo, o Gaitan está com a cabeça na Lua, o Samaris não acertou um passe,etc, etc, não sacudimos a pressão, não ganhamos uma 2ª bola, ok vimos isso tudo, mas perdemos 1 jogo, 1 jogo apenas...
    Estou-me cagando para a Supertaça, fico mais f… é de perder para os Lagartos!
    O resto é foclore e estás preocupado que o RV tenha nas suas prioridades responder ao verme do treinador adversário?!
    Haverá tempo e espaço para isso, de preferência lá para Outubro quando eles vierem à Luz.
    O que espero é que no Domingo encham a Luz e dêem o mesmo colinho ao RV, que como referes é o melhor treinador do mundo, porque é o treinador do SLB, e que comecemos com o pé direito rumo ao tri e ao 35. Eu vou lá estar com esse espirito!
    Quanto ao outro animal, todos conhecemos o registo (agora amplificado pelo ressabiamento), mas também sabemos as humilhações que sofremos por tanta cagança, tanta palermice, tanta falta de nível e sobretudo tanta teimosia, que o conduziram a inúmeros erros e falhanços desportivos... é deixa-lo cair porque não tenho dúvidas que assim será ( e estou à vontade porque apoiava e admirava o tipo, (futebolisticamente falando).

    Ps.: Desculpem a extensão do comentário, mas por vos acompanhar assiduamente e por serem das opiniões mais válidas e coerentes que leio, queria vos dar a minha opinião com o respeito que me merecem, com uma critica construtiva, mas sobretudo enaltecendo o benfiquismo que nos une, uno e plural ao mesmo tempo. Assim espero que da mesma forma respeitem a minha opinião.

    Et pluribus Unum
    Viva o Benfica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Subescrevo interamente.
      Viva o Benfica!

      Eliminar
    2. Enorme M Rosseti, Companheiro,

      Antes de mais, o meu Muito Obrigado por este teu comentário e fica o meu incentivo para que nunca mais te inibas e partilhes tudo o que pensas connosco: ao fazê-lo, ajudas a sério.

      Muito do que escreveste não pode ter sido dirigido nem a mim (as minhas posições são bem conhecidas por todos os Leitores habituais do GUACHOS), nem, sobretudo, a este meu texto:

      1- Porque não contra argumentaste as minhas principais críticas (eu nunca sugeri que o Nosso Técnico respondesse ao aldrabão complexado, bem pelo contrário), nem sequer quanto ao Nosso jovem lateral direito (já esclareci a minha opinião numa outra resposta), que, como seria de esperar, cometeu vários erros posicionais (embora tenha sido muito "poupado" pelo posicionamento interior mais recorrente do Brian Ruiz.

      2 - Porque interpretaste erradamente os objetivos com que escrevi este texto: que fique claro que eu estou disponível para "morrer" com o Nosso Técnico, desde que ele demonstre a humildade de estar disponível para aprender, a hombridade para se assumir e a determinação para Vencer.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
    3. Excelente comentário.

      E Pluribus Unum!

      Eliminar
    4. Assino por baixo, Rossetti. Ia escrever um texto nos mesmos moldes mas poupaste-me muito tempo.Obrigado!

      Acrescento apenas o seguite. Em relação ao que aconteceu há um ano, sem tantas viagens e jogos desgastantes, ao contrário do que os antis dizem, fizemos uma pré época muito pior, perdemos os 3 troféus (TRÊS!!), perdemos 7 jogos (SETE!) com uma única vitória contra o gigante Sion, sofremos 15 golos (QUINZE!), com o super génio da estratégia defensiva, fizemos uma Supertaça MISERÁVEL contra o gigante Rio Ave, ganhámos 1-0 com sorte mas a jogar em casa, com o estádio cheio de adeptos do Benfica.

      Os adeptos, uns histéricos, outros vendidos, e os jornais gritavam "Descalabro!", "Pânico!" e "Rua!" com Vieira e treinador! As histéricas do costume ajudados pelos infiltrados e pela habitual CS vendida!

      O Sporting este ano apresentou-se muito mais adiantado na preparação, como o rossetti já afirmou, muito melhor fisicamente, o mesmo já tinham afirmado os jogadores da Roma, têm a Champions na qual estão a apostar tudo. Senão vai tudo por água abaixo.

      Medonhos foram os jogos que o Benfica fez a época passada fora com o Porto e o Sporting, não ganhámos ao Sporting e estivemos para perder os 2 jogos. Mas o treinador era o Marco Silva.
      Agora na Supertaça tivemos mais oportunidades, o Jonas podia ter marcado 2 golos e o árbitro esteve mal. Mas isso é o que menos importa agora.

      Tivemos 5 jogadores titulares impedidos de jogar (Maxi, Salvio, Lima, Luisão, Carcela), dois porque saíram os outros por lesão, entre quais o capitão da equipa e o outro defesa (Jardel) que esteve para não jogar pois vinha de lesão prolongada.
      O golo deles foi um chouriço de todo o tamanho, se retirarmos os 2 erros graves do árbitro não ganhavam o jogo, apesar de estarem muito mais soltos e melhores fisicamente. Se fossemos a prolongamento tudo podia acontecer.

      O que eu deduzi das declarações do JJ durante a semana é que quem estava com medo era ele! E tentou destabilizar. RV esteve bem, "o desprezo é o maior insulto", mas é natural que também se sinta inseguro quando lhe colocam tanta pressão em cima. Mas o discurso terá de ser mais sóbrio, menos palavras mas mais contundente.

      A propaganda taliban e os trolls andaram a espalhar o boato que não íamos ao mercado por não termos dinheiro, dificuldades financeiras, mas como eu sempre afirmei para além de ser mentira sabia que a direcção não andava a dormir! Cada coisa tem o seu tempo!

      O ano passado aconteceu a mesma coisa, primeiro, o treinador era o mesmo, segundo, queria ver como a equipa reagia nos 1ºs jogos do campeonato, por isso os reforços vieram mais tarde no fim de Agosto.

      Para além disso, o Vieira já não é tolo nenhum olha como se reforçam os principais adversários, deixá-los gastar as fichas todas e depois ajustar o plantel não só às necessidades do plantel como também à esperada resistência adversária.

      RV tinha primeiro de conhecer os jogadores que estavam assim como os miúdos da formação e os reforços. Ora isso só se consegue com tempo e com jogos durante a digressão.
      Logo que a equipa voltou, no dia seguinte tínhamos o Mitroglou contratado e uma semana depois um 2º avançado. Significa que ninguém no clube anda a dormir!

      Vamos todos confiar em quem já provou que é competente, as duas últimas épocas provam-no à saciedade! Nunca se ganhou tanto na história do clube. Não me digam que foi graças à incompetência de quem gere o clube!

      Só alguém muito burro, com segundas agendas, com segundas intenções ou de má fé fala mal da gestão que tem sido feita! Os resultados falam por si!

      Este ano tivemos 2 contrariedades, acontece em todas as organizações! Por vezes temos de dar 2 passos atrás para dar 3 para a frente, criar patamares para futuro crescimento, fazer aquilo que se chama "criatividade destrutiva", mudar o chip, mudar o paradigma, para que a organização posse crescer mais limpa e mais dinâmica.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
    5. Totalmente de acordo.

      Qd diz "Adrien abusou com o Talisca" abusa do eufemismo - Adrien agrediu Talisca por duas vezes... se o árbitro permite é natural q o jogador se retraia e não jogue o q pode... é uma estratégia antiga dos defesas + manhosos darem cacetada aos avançados logo nos 1os lances...

      Eliminar
    6. Obrigado amigo m rosseti por teres esplanado o meu pensamento,poupaste-me a escrever um texto se calhar mais longo que o teu hahahahaha
      PS:já encontraram (além do descarado penalti sobre Gaitan) a repetição do minuto 34???Ai esta sporko tv.....ops,rtp 1,,,,,que se foda,ajoelham todos para o mesmo lado - oliveiredo peidoso.
      Seven

      Eliminar
    7. Também concordo com o Rosseti.

      O pessoal esquece-se também que o plantel chega do México , treina 4 dias e tem uma final da Supertaça num ambiente completamente hostil e incendiado pelo Cretino.....
      Talvez se esqueçam de Saltillo mas os jogadores estoiraram fisicamente no México e se calhar só para Setembro estarão melhores.....

      A comparação das ultimas pré-épocas está no ponto , esta foi melhor que a passado com um nível de dificuldade e exigência maior , apenas não se jogou com uma equipe de escalão inferior para ganhar 1 jogo , que até ganhamos 1 ao América nos Penaltys , apesar da CS se esquecer......

      O Párlapié do Cretino é palha em quantidades industriais e foi uma tentativa de condicionar o Rui Vitória , e foi conseguida infelizmente.....

      A história do Cérebro é discutivel pois nem o Benfica jogou a 100% á Cretino , pois ele nunca meteria o Semedo a Titular nem jogaria com uma dupla de trincos , se calhar com as condicionantes fisicas o Cretino teria sido goleado.....

      Já o SCP jogou Claramente á Marco Silva , por muito que o Cretino tente Roubar a patente , Rotular e tentar vender como Trabalho Seu....

      E essa ai foi a Diferença , a base do SCP estava feita , foi só aproveitar tudo e colocar 2 ou 3 reforços no 11 para melhorar a qualidade......
      Marco Silva provou ser Melhor que o Cretino pois teve de fazer omoletes quase sem ovos, e em comparação com o cretino também André Villas Boas provou e até o Vitor Pereira Provou que sempre o comeram de cebolada........

      O Cretino é um Fanfarrão , um Charlatão e um Vendedor de Banha da Cobra.....

      Não quero com isto assumir que o Cretino não vale nada , mas como diz a Besta do Manuel Serrão , ele é Melhor treinador de Alcochete apenas.....

      Vamos dar tempo ao Tempo , o Benfica tem de recuperar da Digressão , tem de ter os reforços que precisa e ai sim veremos se o Rui Vitória consegue meter a equipe a Lutar pelo Titulo Nacional que esse sim é o Objectivo Principal.....O Resto São Peanears......
      Acredito que se a Supertaça fosse um troféu de Real Importancia , não se teria ido em Digressão......

      Eliminar
    8. Caro Xander,

      Concordo com o comentário, menos com a "dimuinuição" de JJ. JJ é neste momento o melhor treinador em Portugal. Não vale a pena insultá-lo para o diminuir porque os títulos falam por si.
      É importante reconhecer o valor de JJ e nunca o desprezar como fez e muito bem RV.
      Se ele desprezar o Benfica está mais perto de perder.

      CARREGA BENFICA!

      Eliminar
    9. Gosto de vir a este blog, mas não comento porque se houver uma coisa em que não esteja de acordo, sou logo ofendido com injurias, como já aconteceu por dizer que não acreditava nem gostava de JJ.
      Agora fiquei pasmado com a análise que o "m rossetti" fez do momento que a equipa passa. Não estou 100% de acordo com os seus pontos de vista, estou 200% de acordo. Tudo o que escreveu, condiz exactamente com aquilo que eu vejo e sinto, e ainda lhe invejo a paciência e a facilidade com que expressa as suas ideias para o papel, pois é coisa que eu quero e gostava de fazer, mas a impaciência impede-me de o fazer.

      Muito obrigada "m rossetti".

      Eliminar
    10. Peço desculpa, a habituação ao inglês baralha-me as ideias.

      Queria dizer "destruição criativa" e não "criatividade destrutiva", que é uma tradução literal do inglês ("creative destruction") mas que em português não significa o mesmo, como se compreende.

      Eliminar
  16. Caro companheiro José Albuquerque, saudações e aproveito já para o saudar pelos seus textos q leio sempre, embora nunca antes tenha comentado nenhum.
    Começando a concordar com o companheiro,discordando,ou então não compete ao Sport Lisboa e Benfica ter um gabinete de comunicação??tem?faz o que??na minha opinião seria esse tal gabinete a cuidar dessa falha do Rui Vitoria. Quanto a batalha Vitoria vs Jesus ao contrario dos q acham q Vitoria perdeu pq jesus é melhor,eu acho q Vitoria como bom general q é preferiu perder uma batalha para mais pra frente ganhar a guerra e as vezes é necessário. Na minha leitura do q fez RV q é o q me importa d momento e atenção q eu também como o companheiro pouco entendo das táticas e tal,entendo se a bola entra ou não. RV arrisca no 11 q põem em campo pois tem d o fazer,pois ele próprio ainda não tem ou tinha as certezas absolutas com quem contar, e ele d certeza q sabia q o risco q estava a correr lhe podia bem tirar a super taça. RV podia bem por Eliseu na esq e Silvio ou Almeida na direita mas não,na altura em q falavam q o SLB queria um DD se calhar encontrou-o já, poupando a casa uns 8M€..tenho a certeza q se este jogo fosse para o campeonato e o SLB precisa-se de ganhar para ser campeão,Luisao jogava,assim n se correu riscos. RV mostrou a direção q DE precisa-se pelo menos 1. RV arrisca no Ola Jonh tentando lhe devolver a auto estima perdida em 3 anos com o judas e tenta entender onde rende Talisca q pra mim se Mourinho ainda estiver d olho nele,q o vendam. Jonas perdeu seu companheiro na frente e quanto aos q acham um erro d palmatória Mitroglou jogar com apenas 2 treinos eu digo q é preciso dar minutos o mais rápido possível a esse jogador e por isso jogou. Eu relembro só aqui para os amigos das dificuldades q o Benfica teve o ano passado na super taça contra o Rio Ave,esse Benfica treinado há já 5 anos pelo judas e desse Benfica RV além d todo o trabalho q tem d fazer (mudar tatica,ver jogadores,motivar outros) perder Maxi,Salvio e Lima queria ver qual o treinador q faria melhor,de certeza nem o próprio judas.Eu só apelo a calma,deem tempo ao Rui Vitoria q ele,tenho a certeza vai mostrar q esta a altura da enorme missão q lhe foi confiada.

    Saudações.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Talisca é 1 enorme jogador de futebol q só tem ainda 21 anos... ainda necessita de + tempo do q o RVitória...

      Eliminar
    2. Ò dilema,vai ver os primeiros 6 meses da época passada.Fez mais que o Bernardo num ano de Mónaco.
      Por vezes,ao ler este tipo de comentários faz-me recordar do que diziam de Di Maria,que não passava de um jogador de futsal.....hummmmmmmm eduardo barroso és tu atrás do nick dilema???
      Seven

      Eliminar
  17. Bom, parece que hoje vou ter que ser o mau de fita, amigo Albuquerque, e desafinar a banda.
    Discordo a 1000% de quase tudo o que dizes. Só concordo mesmo é que foi por culpa do Rui Vitória que perdemos o jogo.
    Na minha opinião pelos motivos exactamente opostos aos que referes.

    O treinador é o único dentro de uma estrutura que percebe, e que tem que perceber, das questões técnicas e tácticas directamente ligadas ao jogo. E sobre estes assuntos ninguém tem que meter a colher. Nem o presidente, nem o director desportivo ou técnico, e ainda menos o fantasma do treinador passado.

    O Rui Vitória só tinha que chegar com o seu modelo de jogo, e impor esse modelo.
    Dizer à direcção os jogadores que precisa para jogar nesse modelo, e os que lá estão que não servem esse modelo. Ponto Final.
    A partir daqui triunfe ou morra é sendo fiel a si próprio como treinador e seguindo as suas ideias.

    Ora parece-me que o Rui Vitória não fez nada disto. Pelo contrário, fez aquilo que tu o acusas de não ter feito.
    Em vez de impor a sua filosofia, tentou adapata-la ao que encontrou no clube. Erro crasso.
    É por isto jogamos numa confusão táctica total, com jogadores que visivelmente não percebem o que andam a fazer em campo.

    E digo mais, ou o Rui Vitória emenda a mão imediatamente e se impõe dentro da estrutura, ou faz tábua rasa do que encontrou e diz claramente o que precisa e o que não quer, ou arrisca-se a sair do clube sem sequer o ter treinado, porque neste momento o verdadeiro treinador do Benfica é a sombra pálida do Jorge Jesus.
    Exactamente o que nunca poderia acontecer.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enorme Manuel Afonso, Companheiro,

      Conceptualmente, creio ter entendido (e nem discordaria frontalmente) este teu ponto de vista, mas vou tentar esclarecer a principal razão que me levou (e leva) a sugerir outra atitude da parte do Nosso Técnico ...

      Ao longo da minha vida profissional, tive oportunidade de enfrentar desafios tão diferentes como ser chamado para salvar organizações em falência integral, ou outras que eram lideres nos seus mercados e ... essas diferenças implicam atitudes diametralmente opostas: quando tudo está mal, até do ponto de vista psicológico há que tentar provocar um choque "epistemológico" e mudar tudo o que se possa (mesmo sem se ter a certeza de se estar, imediatamente, a mudar para melhor), quando quase tudo está bem, só uma besta egocêntrica é que entra "a pés juntos", pelo menos até que lhe façam oposição interna (e eu creio que posso garantir não ser esse o caso).

      Sinceramente, creio que o Nosso Técnico tem muito a aprender com o trabalho que foi feito no passado recente e desperdiçar isso, não me parece inteligente, nem necessário, ainda menos se o objetivo for marcar uma nova liderança.

      Mesmo que tu tenhas razão (do ponto de vista conceptual, quero dizer), seguramente não me vais dizer que a culpa foi minha por ter sugerido ao RV um caminho que ele também não seguiu, ahahah.
      É que, finalmente, ele não fez nem o que tu preferias, nem o que eu gostaria.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
    2. Muito bem - mas penso q o RVitória já deu conta disso...

      Eliminar
    3. Caro Manuel Afonso, eu também discordo a 2000% com o seu comentário que na minha opinião parte de uma premissa completamente errada. Um treinador que tem UM modelo de jogo, UM esquema táctico, UMA filosofia e que tem de contratar jogadores para O SEU esquema táctico é só por si mau treinador.
      Um grande treinador MOLDA os SEUS (VÁRIOS) esquemas tácticos aos jogadores que possui.

      Era bonito um treinador chegar ao barcelona e dizer que quer extremos diferentes que não puxem para dentro e que não tinha esquema táctico para o Messi.
      Claro que há sempre jogadores com que os treinadores não se conseguem adaptar mas o seu comentário parte da premissa típica de um mau treinador! TER UM ESQUEMA táctico.
      O jj adaptou-se a jogar com o Cardozo e Saviola, depois só Cardozo e Aimar mais atrás, depois Lima e Cardozo, Lima e Rodrigo completamente móveis, a jogar com um EE (Di Maria) que ia sempre à linha e um ED que fugia para dentro (Ramirez) e raramente aparecia na linha a centrar bolas. E todos os seguintes que passáram por cá.

      Um bom treinador usa os melhores e adapta-os e ADAPTA-SE a eles.

      Eliminar
    4. Enorme Tiago Guedes, Companheiro,

      Obrigado por esse soberbo comentário.

      Esta questão sobre qual deveria ser a "atitude original" do Nosso Técnico (manter ou mudar) para as primeiras semanas de trabalho, é uma questão tremendamente difícil de responder, mas parece-me que este teu conjunto de argumentos e o mais elementar bom senso, tudo somado, recomendariam aquilo que eu sugeri logo de início.

      Todos estamos recordados das frases do RV na sua apresentação (1 - aproveitar o que existe e 2 - enriquecer a Equipa com variedade tática), que me pareceram absolutamente perfeitas.

      Passaram 40 dias de trabalho (porr@, não me venham com as viagens de avião, as visitas a três países, a altitude e mais o escambau) e ...

      Viva o Benfica!

      Eliminar
    5. Caro Tiago, epá, isso é tanto que até fico com medo de replicar. Até aí aos 1700% estou à vontade, mas 2000%...
      A sério, não conheço nenhum grande treinador que tenha mais do que um modelo de jogo, normalmente ou quase sempre explanado no mesmo esquema táctico.
      A não ser que o Manuel Machado possa ser considerado um grande treinador. (esta frase é outra vez a brincar.)
      Aliás, quando um treinador abandona a sua filosofia num determinado jogo em função do adversário, faz aquilo a que os adeptos chamam de invenção, e que acaba invariavelmente com resultados de merda.

      Basta ver o caso do Jorge Jesus, que eu nunca considerei um grande treinador (nem eu nem a Europa futebilística, caso contrário não teria acabado num clube de 4 linha como o Sporting) não por não obedecer a todos os pressupostos que fazem um grande treinador, mas por ter um modelo de jogo que nunca me convenceu.
      Chegou ao Sporting e, ele disse a verdade, mudou tudo. Fez tábua rasa do que existia e do que não existia e o Sporting nasceu com ele. Acabou a conversa. E são assim os grandes treinadores. Nunca ouvi cá o Pepe ou o Mourinho com conversas de aproveitar o trabalho existente, nem de incorporar o trabalho de outros treinadores nas rotinas diárias.

      Para terminar, alguém que não encaixe o Messi na sua filosofia de jogo, no seu modelo, pode ser padeiro, carpinteiro, pintor, artista da radiotelefonia, mas treinador de futebol não é de certeza; e o Jesus nunca se adaptou a nenhum jogador, foram sempre os gogadores que foram adaptados; se o Mourinho tivesse ficado mais uma época em Madrid, pode ter a certeza que o menino de ouro era corrido e viesse alguém dizer o contrário; O modelo de jogo do Jorge Jesus implica mesmo jogadores nas alas que fechem no centro, tanto ofensivamente como defensivamente, deixando o trabalho de cruzar à linha para os laterais. O Di Maria não era excepção, e quem cruzava frequentemente do lado esquerdo era o Coentrão.
      Depois de escrever isto, chego à conclusãao que discordamos mesmo a 3000%.

      Caro Albuquerque, era o que mais faltava. Já nos chega a vida profissional para ter que assumir responsabilidades. A beleza da internet é podermos falar de assuntos sérios, dos quais percebemos peva, sem qualquer receio de poartirmos o que quer que seja. Pena, só mesmo a quantidade de seres que não percebem o conceito de não se levarem demasiado a sério.
      Mas mais uma vez estamos em grande discordância. É certo que o Benfica é neste momento uma empresa, sendo e bem gerido como tal. Mas a parte específica do futebol, que não é nada matemática, por muito que "intelectuais" como nós a analisemos deste prisma, o futebol é mesmo o mundo dos Jorge Jesus, é um mundo paralelo.
      Um mundo que é e tem que ser criação do treinador, literalmente. O treinador é Deus, não é CEO nem administrador delegado. Sobre o seu mundo não presta cantas a ninguém, e mais, nem sequer existe ninguém a quem possa prestar contas. Um treinador vive e morre só com as suas convicções.
      Em redor deste pequeno mundo, é que existe a nossa realidade, e sem ela nada funciona. nem o pequeno mundo do treinador. A tal estrutura.
      Mas o ponto maior da nossa discordância, é mesmo que eu continuo a achar que o RV fez exactamente o que tu achas que ele devia ter feito. E que o grande problema reside exactamente aí.




      Eliminar
  18. O nosso clube neste momento tem um treinador pior que Porto, Sporting e Braga. O Rui Vitória é um erro crasso. Ao longo da pré-época percorri os diversos fóruns e blogues benfiquistas a alertar para analisarem a época passada do Vitória de Guimarães. O Vit. de Guimarães fez uns miseráveis 20 pontos em 17 jogos na segunda volta da época passada! A jogar um futebol paupérrimo. Ao longo destes anos em que o RV foi treinador de equipas de mais pequena dimensão (e o Guimarães já é de média dimensão) alguma vez viram futebol vistoso nas equipas orientadas por este treinador? A resposta é simples: Não, nunca. E dirão vocês "mas ele não tinha as armas de que dispõe agora". Ao que eu respondo: E o Judas tinha quando estava no Belenenses e no Braga? Não, não tinha. E não era reconhecido que essas equipas praticavam um futebol de qualidade? Sim, era. De tal forma que o Braga na época a seguir à saída do Jorge Jesus tinha uma base de tal ordem montada que lutou pelo título até ao fim. Mentalizem-se que o RV não tem competência para o cargo que ocupa. E será uma questão de tempo até ele sair. Aposto o que quiserem que o RV dificilmente chegará a Maio de 2016 como treinador do Benfica. E sairá com a conversa que sofreu do síndrome "Paulo Fonseca". Não, ele não sofre do síndrome Paulo Fonseca, simplesmente porque ele é um técnico inferior ao Paulo Fonseca.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só especulação... nos Clubes Grandes não se despedem treinadores a meio da época....

      Eliminar
    2. Se baseias a tua opinião no que dizem os trolls da net estás muito mal, por isso só escreves disparates.
      Para além de possuírem uma ignorância deprimente nunca têm intenção de escrever textos úteis à discussão. Pelo contrário, são sádicos, tudo o que escrevem é com a intenção sádica de ferir quem os lê.
      A melhor coisa a fazer é pensar exactamente o contrário do que dizem e irás acertar quase sempre.
      Já agora quero acrescentar que o síndrome Paulo Fonseca não existe, foi criada pelos SD por ele ser benfiquista. Iremos ver o verdadeiro síndrome Paulo Fonseca quando o Porto jogar com o Braga.

      Eliminar
  19. A minha pergunta é: será Rui Vitória capaz de mudar?
    Será que aquela equipa sem chama, sem qualidade que se viu no domingo, será capaz de renascer? Não me lembrava de ver a nossa equipa sem ideias, de chutão para a frente. Se calhar estávamos mal habituados. Se calhar ao Rui Vitória falta-lhe "chispa". E não querendo comparar treinadores, bem que muita coisa teria sido diferente se tivéssemos Marco Silva no banco.
    Agora é acreditar, ter esperança. Vamos ver como responde a equipa, se começamos a impor respeito aos adversários para não nos perderem o medo. Senão daqui a nada, qualquer um pensa que nos pode ganhar. Por isso, no domingo, temos obrigatoriamente de ganhar, de jogar bem, se possível marcar alguns golos, para dar uma resposta cabal a todos que pensam que estamos amorfos, para responder, em campo aos "Manuel Serrão" desta vida que dizem que já nem somos candidatos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. S/ chama, s/ qualidade, s/ ideias, se chutão para a frente - aconselho-o a rever o jogo.

      Qt aos manueis serrões deixe-os criticar enquanto podem...

      Eliminar
    2. Aconselho-te a ver (ouvir) o que ele disse nos 2 últimos anos.Como não há duas sem 3 MMMMMÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉ

      Eliminar
    3. Um treinador que não sabe falar português, pouco aprende porque não sabe ou demora a interpretar o que deve estudar.

      Eliminar
  20. Completamente de acordo...em toda a a linha;

    Apenas algumas notas complementares, se me permitem;

    1 - O RV caiu que nem um pato na estratégia do JJ que o fez mudar para um aberrante 4-2-3-1;
    2 - Por algum motivo o JJ nunca colocou o Sílvio a jogar (fez apenas 4 jogos na época passada); este jogo é mais uma prova;
    3 - Concordo perfeitamente com a análise em relação ao N. Semedo; Se é certo que nunca teve receio em partir para o 1X1 mostrou muitas lacunas a defender; bem certo que possivelmente teve pouco apoio, ainda assim agora que RV apostou em N. Semedo será um erro retirá-lo da equipa. É queimar o miúdo;
    4 - Fejsa e Samaris na mesma equipa é contranatura. Pelo menos enquanto as rotinas de jogo não existirem. Se é certo que Samaris é um 8 na sua osição original, a verdade é que desde que chegou ao Benfica tem sido um seis e um oito ao mesmo tempo; Samaris andou perdido em campo todo o jogo e Fejsa não fez mais que pontapé para a frente; não me lembro de ter entregue um passe em condições;
    5 - A análise que faço do Talisca é a mesma que faço do Sílvio; por algum motivo JJ retirou-o da equipa, e quando o colocava em campo (2ª parte da época) na maioria dos casos eram jogos que já estavam resolvidos;
    6 - O Ola John ainda lá anda? Ainda assim foi dos menos maus;
    7 - A condição física da equipa é preocupante; não me lembro de nenhum jogador do Benfica que tenha ganho um lance em sprint ou numa disputa de bola; Na memória fica aquela corrida desenfreada do Fejsa atrás do Bryan Ruiz a tentar agarrá-lo, sendo que Bryan Ruiz só tem mais 5 anos que Fejsa!

    Por fim e para rematar, o mais preocupante foi o discurso de Rui Costa à CS no final do jogo; Veio tentar ele passar a mensagem que RV definitivamente nunca conseguiu fazer desde que tomou conta da equipa; E isso não augura nada de bom;

    Aspectos positivos;

    1 - A Exibição de Lisandro Lopez;
    2 - O carácter do Jonas; foi o único com eles no sítio para mandar o JJ para aquele sítio que JJ costuma mandar os jogadores dele!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Fejsa não fez 1 passe em condições?

      E não se lembra do Carrillo a correr atrás do Gaitan no lance do penalti?

      Eliminar
    2. Positiva a exibição do Lisandro Lopez?

      O homem falhou sempre o controlo de profundidade, não fez linha, não alinhou pelo Jardel quando devia...mas já sei, o comentador da rtp disse que ele jogou bem, por isso, deve ter jogado!

      João Silva

      Eliminar
    3. O teu comentário dá-me vontade de rir. Já li nos jornais e ouvi nos programas desportivos da TV tudo o que comentaste.
      Plagiar é proibido.

      Eliminar
  21. Na mouche. Excelente texto. O RV não tem ideia de jogo, nem modelo daquilo que pretende. Exceptuando a consideração s/ o Nelson Semedo (que jogou bem), concordo totalmente com o post.

    Saudações benfiquistas.

    SLB4ever B/F

    ResponderEliminar
  22. Meu caro José Albuquerque, como eu gostava que este teu Post não fosse tão brilhante como todos os outros com que nos tens presenteado, mas infelizmente para nós também este Post é brilhante.
    Ainda é cedo para se dar tudo como perdido, acredito que com os estimulos certos e os conselhos dos Gloriosos que compõem a nossa estrutura, como Shéu, Pietra, Rui Costa e o nosso Capitão, ainda vamos a tempo de entrar na rota do sucesso, caso contrário não auguro um futuro longo de RV no nosso Benfica.

    Obrigado por saberes estar nos bons e maus momentos com uma enorme elevação.
    Enorme Benfiquista.

    Saudações Benfiquistas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enorme Pedro, Companheiro,

      "Dar tudo como perdido" ????

      Nunca! Nunca, Companheiro! Nunca, Nunca, Nunca!

      Ser Benfiquista é muita coisa diferente, mas há algumas em relação às quais temos todos (Todos Um) de estar de acordo: desistir não faz parte do Nosso dicionário!

      Viva o Benfica!

      Eliminar
  23. Está tudo, magnificamente dito, pelo enorme José de Albuquerque,

    Grande abraço

    ResponderEliminar
  24. Bom dia José.

    Temos um ponto de vista muito similar.

    Infelizmente, eu ainda necessito de ver mais uns jogos. Até ao final de Agosto, penso que já terei uma ideia mais concreta!


    Saudações Gloriosas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há q dar tempo, pelo menos até Outubro...

      Eliminar
  25. subscrevo.

    Apenas acrescentaria um alerta ao RV, não dê pasto à CS. O treinador do Benfica é sempre um alvo a abater, ao contra´rio do ex-treinador do vitoria que era aplaudido pelo politicamente correcto

    ResponderEliminar
  26. Companheiros,

    Além de vos agradecer pelas palavras de apoio, quero sugerir-vos duas coisas:

    1 A primeira para que revejam as imagens do desafio e reparem como foram malbaratadas as vantagens que tínhamos, quer pelo jogo de pés do imperador, quer por terem alinhado os Nossos 4 defesas mais rápidos, aquela linha defensiva tinha de se ter posicionado, sempre, bem à frente do que aconteceu e, infelizmente, eu ainda vi o Nosso Técnico a mandá-la recuar umas quantas vezes (todos os livros que eu já li sobre o futebol de 11 se referem à semelhança entre o jogo e o xadrez, no aspeto particular do roubo do espaço na posse do adversário - o chamado "campo pequeno", e na tentativa de alargar o campo - o chamado "campo grande", quando temos a posse da mesma); e

    2 Esta época, ainda mais que nas anteriores, a Nossa Equipa vai necessitar do Nosso colinho ... que não falte ninguém.

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Relativamente ao jogo de linhas e de pressão do JJudas penso ser uma das razões de termos sido, nestes 6 anos, "fortes contra os fracos e fracos contra os fortes"... e se queremos ir aos quartos da Champions...

      Eliminar
    2. Talvez RV soubesse que os nossos jogadores não estivessem nas melhores condições físicas para depois fazerem sprintes atrás dos jogadores do sporting, por saber que eles estão mais preparados e velozes para darem o máximo nos jogos de apuramento da CL.

      Eliminar
  27. Caro José Albuquerque,

    Espero que não se ofenda com o meu comentário, mas após dois anos a acompanhar este blog penso que saiu um post "de merda".
    Respeito a sua opinião, como a da grande maioria dos comentários feitos a este post, mas não concordo.
    Penso que este post enferma de três pecados capitais:

    É desajustado no conteúdo e na forma.
    É desajustado no tempo.
    E é profundamente injusto (para o treinador e para os jogadores).

    Permitam-me concordar com o Rosseti e com o Manuel Afonso que escrevem que todo o post está errado (e não vou dizer que é falso pois parece-me claramente que o companheiro José Albuquerque expressou aqui o seu sentimento profundo de Benfiquista).

    Recomendo (como já escrevi logo após o anúncio da contratação de RV) a todos os Benfiquista que façam " DELETE JORGEJESUS.* ".
    O post está desajustado na forma e conteúdo porque (à semelhança de todos os comentários) faz uma comparação direta entre RV e JJ. Rui Vitória já mostrou que é muito diferente de JJ. A forma como respondeu ao golpe baixo (que muitas vezes aplaudimos em JJ treinador do Benfica) mostrou a saciedade que se inaugurou no Benfica uma nova era. A era de RV!
    A era de JJ já acabou no Benfica. O nosso ENORME presidente já deixou isso bem claro na magnífica entrevista ao record.
    É preciso que todos nós apaguemos o chip e deixemos de comparar toda a performance do Benfica (equipa, treinador, direcção) com aquilo que foi nos últimos seis anos. Ou melhor aquilo que foi no último ano.
    Qualquer que fosse o treinador que viesse substituir um treinador que ganhou quase tudo o que havia para ganhar (menos duas finais da uefa perdidas ingloriamente), mesmo que fosse o mourinho (cruz credo) teria um enorme fardo para carregar.
    Esqueçam o estilo de liderança, o estilo de comunicação, o estilo de jogo, o estilo apresentação de JJ, e foquem-se num novo estilo.
    RV está, e muito bem como comenta Manuel Afonso, a implantar um novo estilo. Sabemos que isto demora tempo. JJ sabe-o melhor que ninguém e usou as suas armas e o seu estilo agressivo para por pressão em RV, dizendo que não vê nada de novo. E os Benfiquistas vão na conversa (do judas)! O que queriam ver, uma equipa a jogar de olhos fechados após SEIS, phoda-se, SEIS ANOS, a treinar como o mesmo treinador!?

    (continua)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nené ,

      A diferença de opiniões pode existir e deve existir, agora apelidar de post de merda a opinião de um colega, faz de si o quê ?

      Olhe, desde já vou comentar a sua :

      Sem Comentários.





      Eliminar
    2. E aqueles que já fizeram Delete JJ, também é suposto fazerem Delete Bom Futebol (e o concomitante Delete Títulos regulares)?

      Eliminar
  28. (continuação)

    O post é desajustado no tempo porque não se pode avaliar o mérito de um treinador em dois meses!
    Se o José Albuquerque escreve que não percebe nada de futebol, eu aqui (focando-me apenas neste post) concordo plenamente. Nenhum treinador pode passar uma ideia de jogo para uma equipa em dois meses! Muito menos, caro José Albuquerque, a uma equipa que ganhou tantos títulos, ganhou o apoio da massa adepta, e a confiança de quem sabe que está integrado numa estrutura altamente profissional e vencedora.
    Agora diga-me José Albuquerque: Acha justo pedir a RV para seu um "clone" de JJ!? Acha que essa seria a melhor solução? Ainda que nos garantisse umas exibições assim assim e eventualmente a vitória na supertaça (o que eu logo duvidei assim que ouvi falar em jorge dragay sousa)!?

    Sejamos tolerantes com RV como fomos com JJ quando perdeu um campeonato aos 92min numa bola "bombeada" para a área. Isto sim é um erro infantil. Erros repetidos muitas vezes por JJ em seis anos de Benfica. Muitos aqui identificados e escalpelizados no GV!
    A estratégia do sportém (conluiado com os corruptos de contumil) é clara: Desestabilizar o Benfica! JJ como pessoa inteligente que é desenvolveu enormemente a sua capacidade de comunicação, ensinado pelo BENFICA!
    Lançou os dados como tinha que lançar, e ganhou a primeira batalha, como não poderia deixar de ganhar. Jogou melhor, conhecia bem os jogadores do Benfica e anulou-os com muita eficácia (samaris, talisca, fejsa, jonas, gaitan) mas também com recurso a meios à margem da lei (permitidos mais uma vez por um fdgp de um árbitro).
    O sportém recebeu mais um milagre com a notícia do adversário da champions. Penso que vai ser relativamente fácil a qualificação.
    Agora, o sportém não tem uma estratégia de longo prazo, como tem o Benfica, que tantas vezes aqui já foi elogiada pelo JA. A direção está a tomar as decisões de uma forma coerente e correcta. Quer queiram quer não, quem trabalha de uma forma séria e competente está sempre mais perto do sucesso, pelo menos do sucesso sustentado.
    O que se pode esperar de um clube cujo presidente pretende despedir um treinador por não usar o fato oficial da equipa!?

    Espero que não me levem a mal neste comentário. Estou tão triste com a derrota como vocês. Tenho 4 filhos que estão todos tristes por terem perdido com o sportém. Eles já sabem (sentem) o que é perder com os viscondes. Mas não deixemos este sentimento toldar-nos a razão, e não vermos para além do horizonte. RV é compentente? Vamos aguardar até Maio. Até lá vamos apoiar incondicionalmente o nosso treinador. Escrever post a pôr em causa a sua competência técnica de uma forma tão grave é um insulto à inteligência do nosso presidente, da direção da SAD e de todos os Benfiquistas.

    CARREGA BENFICA RUMO AO TRI...NTA E CINCO!


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enorme Nené, Companheiro,

      Antes de mais, Muito Obrigado por este teu comentário e podes ter a certeza absoluta de que não me ofendeste com nada do que escreveste: nós os dois já nos "conhecemos" há tempo suficiente para sabermos que estamos na mesma "trincheira" e, sendo assim, nada nos pode ofender a não ser o desprezo.

      Quanto ao conteúdo do que escreveste, desculpa por eu não responder a tudo (encontras algumas outras ideias em outras das minhas respostas a outros Companheiros), especialmente porque me estou a c@g@ar para a osgalhada e o visconde novo.

      Quanto à oportunidade deste meu texto, confesso-te que também tive dúvidas (agora já tenho menos) e o Guachos pode ser minha testemunha, confirmando que eu deixei para ele a decisão de o publicar.

      Mas há coisas que escreveste que exigem resposta ...

      1 - Não é verdade que este texto faça qualquer comparação entre o Nosso Técnico e o seu predecessor;
      2 - Se for verdade que o Nosso Técnico está a aplicar um "novo estilo", o que, humildemente, não me parece ser o caso, então convinha ele anunciar esse novo estilo, em vez de ser incoerente com as suas declarações na tomada de posse (já agora e em termos estritamente futebolísticos, muito eu gostaria que tu me ajudasses a perceber que raio de "novo estilo" será esse);
      3 - Quem sou eu para "avaliar o Nosso Técnico", coisa que não fiz, nem pretendo tentar fazer; o que eu aqui critiquei aberta e sinteticamente foram algumas das suas opções técnicas e alguns dos seus comportamentos em público; por favor, nunca confundas as pessoas com os seus comportamentos, sob pena de nunca conseguires ajudá-las a corrigirem-se; e
      4 - Nunca me passou pela cabeça pedir ao RV que se transformasse num "clone" do seu predecessor e não foi nada disso que eu aqui fiz.

      Companheiro(s),

      O exemplo não é bom, face às inúmeras diferenças evidentes, mas eu sugiro que se analise a substituição daquele que eu considero o melhor técnico da atualidade - o Josep Guardiola, na melhor equipa deste milénio e reparem nas diferenças (de atitude, de método e ... de resultados) en tre o "El Loco" do Bielsa e o atual técnico do Bercelona.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
    2. Nene, eu peço-lhe imensa desculpa mas também considero o seu comentário completamente sem sentido!

      Senão vejamos:

      - 2 meses não chega para preparar uma equipa para outro sistema táctico, mas o jj conseguiu no sportem alterar o sistema táctico! e não falta muito para parecerem o BENFICA dos últimos 6 anos.

      - se não comparar com anos em que fomos a finais europeias e LIMPÁMOS TUDO ou quase tudo a nível nacional vou comparar com o quê? Nivelar por baixo e comparar com Koeman, Quique e Fernando Santos? EU QUERO CONTINUAR A GANHAR TUDO!!!

      - Em relação ao discurso ser diferente, chama-se confiança e a confiança transmite-se a um balneário muitas vezes mais cá fora do que propriamente lá dentro! Jogadores confiantes pq têm um treinador que transpira confiança é meio caminho andado. Um balneário funciona como um todo e a confiança dele nos métodos e no treinador têm de ser geridas internamente e externamente (declarações públicas, defesa dos atletas, o assumir do erro por parte do treinador).

      - Vem nos "livros da 1ª classe do futebol" que um treinador assume sempre os erros para não destruir a confiança dos jogadores. TODOS fazem isso nas declarações rápidas no pós jogo!!! é básico isso! e um treinador que deixa desestabilizar não assumindo as "porradas" que vêm de fora e se desvia não transmite confiança nenhuma ao grupo. Já li 450 vezes o "estamos a trabalhar bem".... discurso paupérrimo para não lhe chamar pior.

      - RV está a implantar um novo estilo? desafio-o a dizer-me que estilo tinha o vitória de guimarães uma equipa que 90% dos golos marcou-os em contra-ataque! uma equipa que contra -1 nunca soube jogar em ataque organizado. E o que é que se vio no domingo? uma equipa a perder e o jj mandou recuar as linhas e nós??? ah vamos bombear bolas pq n temos PROCESSOS DE ATAQUE ORGANIZADO. DEZENAS de movimentos e suas variações que devíamos de ter já implantados e treinados e nada. o sportem já treinou a pressão alta e/ou semi-alta que o jj gosta por vezes de mandar fazer. As únicas oportunidades que tivemos foram em contra-ataque ou em bola parada, as tais do Jonas. nos últimos 30 minutos quantos remates fizemos?????

      Aprenda realmente a ver futebol e não defenda cegamente um treinador apenas porque simpatiza com ele ou com a escolha do nosso PRESIDENTE.

      TG

      Eliminar
    3. Caros José Albuquerque,

      A primeira sensação que fiquei depois de ler o post foi de que este iria apenas servir para desestabilizar as hostes encarnadas. Confesso que após as suas respostas aos comentários percebo que continua a apoiar o técnico do Benfica e isso é o mais importante.
      Não comentei as suas críticas às opções táticas porque não tenho categoria para o fazer, mas (e perdoe-me a insistência) quase todas elas vão no sentido de repetir o estilo de jogo do Benfica com JJ.
      Quanto ao novo estilo de RV muito gostaria eu de poder já ver qual é, mas tal como quando JJ chegou ao Benfica, só na parte final da época se começa a "ver" o estilo do treinador. Não podemos comparar o Benfica com o v. guimarães, e nem eu, nem o nosso presidente, nem nenhum Benfiquista quer que o RV do Benfica seja o mesmo de guimarães. Assim como JJ se tornou um grande treinador, também RV se há-de tornar, oxalá tenha as condições para o fazer. E não tem que o anunciar publicamente ou ser criticado por não ser coerente com as declarações (inteligentes) que fez na apresentação. As duas coisas são compatíveis. Novo estilo e aproveitar o que de bom está feito.
      Não concordo que o nosso técnico se ande a lamuriar, e acho que respondeu muitíssimo bem a JJ, com a inteligência de quem percebeu que ainda não tem AINDA "andamento para entrar nestes jogos "extra". Pela forma como falou antes e depois do jogo, e de como os jogadores se comportaram (no final do jogo) parece-me que RV tem muito mais pedalada que JJ, e que podemos aspirar a comportamentos éticos ao nível de guardiola (coisa que JJ ainda tem muito pedalar, ou melhor, no clube onde está vai ser sempre a descer "os pirinéus").
      Embora possa eventualmente concordar que algumas decisões de âmbito técnico/tático de RV tenham tido muito pouco êxito (pelo menos quanto ao resultado do jogo), muito pouco concordar com o facto de terem sido erros graves e "que só farás bem se estudares tudo o que ele fez no Benfica". RV não chegou de para-quedas ao Benfica. Não precisa de estudar tudo o que JJ fez no Benfica, não só porque este também fez muitas burradas (e não foi só nos 5-0 no ladrão), mas fundamentalmente porque RV tem de pensar pela sua cabeça, de acordo com os seus critérios, e com o contexto atual que é diferente daquele que foi no passado.
      Foi o primeiro jogo oficial de RV. Cometeu erros!? Quem não os cometeria!? Foram graves!? Porquê, porque perdemos, porque jogámos mal, porque era contra o sportem, porque era contra o treinador que nos traiu, porque era exigível nesta altura ter outro tipo de fiabilidade!? Mantenho que ainda é prematura avaliar as decisões de RV. E quem pensar que RV toma as decisões sozinho, está muito enganado quanto à dinâmica atual do Benfica. A pré temporada, o plantel, a planificação da temporada, a aposta em jogadores novos, a gestão física dos atletas, etc, tudo é trabalhado ao detalhe e com o máximo profissionalismo. Quem trabalha de forma séria está condenado ao... sucesso.

      CARREGA BENFICA!

      Eliminar
    4. Caro Tiago Guedes,

      Não tem de pedir desculpa se o meu comentário lhe parece sem sentido, eu confesso que gostaria de ter tempo e talento para escrever melhor.
      "Comentando os seus comentários":
      - "dois meses para preparar uma equipa para outro sistema tático". Não foi isso que eu escrevi. Eu escrevi "Nenhum treinador pode passar uma ideia de jogo para uma equipa em dois meses!". Eu não sei se RV vai mudar ou não o sistema tático da equipa. O que ele disse publicamente foi que queria que a equipa fosse mais versátil (o que me parece inteligente dado que com JJ o Benfica jogava sempre da mesma maneira). O que eu escrevi e mantenho é que nenhum treinador pode passar as suas ideias para a equipa em dois meses, e ser avaliado como bom ou mau (competente ou incompetente) em dois meses. Escreve o Tiago que JJ conseguiu alterar em dois meses no sportem o sistema tático. Olhe, confesso a minha incompetência nessa matéria, mas já li por aqui muitos comentários a dizer exactamente o contrário, que JJ se limitou a manter a forma de jogar do sportem de m. silva. Por mim, e parafraseando J. Albuquerque, estou-me a cagar para JJ e o sportem. Se alguém acredita em cretinices do género "no Benfica está tudo igual menos o cérebro" e "no sportém mudei tudo", acho que que está a comer palha que alguém está a tentar distribuir.
      - Compare o Benfica das finais europeias no final da época, não no início, e também, se a memória não me falha, no final da 4ª e 5ª época, ok? Ah, e ponha-lhe em cima um Benfica de Otto Glória ou Sven Goran Eriksson, não um de quique flores ou fernando santos? Se quer continuar a "ganhar tudo" então tem de pensar pela sua cabeça e não pedir a um treinador que chega pela primeira vez a um grande clube que "limpe" um treinador que anda há seis anos a aprender num grande clube logo no primeiro jogo. Compare aquilo que é comparável: madeixas amarelas vs gel e popa; água do luso vs pastilha elástica, provocações aos adversários vs sobriedade e respeito por todos os agentes desportivos.
      - A confiança transmite-se no trabalho diário, não é nas declarações aos jornalistas. Quem disse que RV não assumiu os seus erros? O TG vive o interior do balneário? Porque assume que os jogadores não confiam no treinador? Eu vi os jogadores correrem e lutarem até não poder mais. Mais que isto não posso escrever.
      - Relativamente ao estilo já respondi no comentário do José Albuquerque.
      - Bombear bolas? Como é que o kelvin marcou aquele golo aos 92m?
      - Movimentos e variações que já devíamos ter implantados e nada. O que é nada? Após o golo sofrido vi a equipa a mudar de postura tática automaticamente. Isto revela o quê?

      Eu não defendo cegamente ninguém. Simpatizo tanto com RV como simpatizava com JJ. É o treinador do Benfica, é humano. E tem ambição de ser tricampeão. Eu também.

      CARREGA BENFICA!

      Eliminar
    5. Caro Nene, o que mais me custou ver não foram os primeiros 15 minutos em que fomos encostados às cordas ou os primeiros 15 minutos da 2ª parte em que voltámos a ser encostados às cordas. O que me custou mais ver foram os últimos 30 minutos em que fomos incapazes de realizar jogadas em ataque organizado.
      O sportem marcou e recuou as linhas....colocou a defesa junto à grande área para não permitir bolas nas costas e o BENFICA foi incapaz de criar jogadas de envolvimento. Isso aliado ao facto de qualquer falta no meio campo adversário dava logo direito a uma bola atirada para a área parece-me que realmente aquilo que tínhamos de melhor se perdeu. Aquela garantia que já tínhamos de que em qualquer jogo em casa e por mais que colocassem o autocarro nós marcaríamos.
      "Formação "encarnada" detém um recorde caseiro invejável, com 90 jogos seguidos sempre a marcar, todas as competições incluídas, desde Abril de 2009."
      Recorde este que durou até ao empate a zero(que nos era favorável) com o fcp.

      Um abraço e saudações BENFIQUISTAS

      Tiago

      Eliminar
  29. Quando eu aqui à uns dias disse que esta época ia correr muito mal, era taliban, agora que o autor já diz o mesmo é um excelente texto. Só falta o Guachos vir concordar... isto dos blogs é mesmo uma valente merda.
    Não seguia blogs há muitos anos, voltei a seguir quando o JJ saiu do Benfica para tentar perceber o que achavam outros Benfiquistas, mas em pouco mais de um mês percebi porque tinha deixado de seguir blogs.
    Tenham vergonha e respeitem a opinião de todos, porque a vossa num dia é uma e no outro é totalmente diferente. E os que vêm as coisas antes de vocês é que não percebem nada de futebol e são talibans..

    ResponderEliminar
  30. Caro José Albuquerque, concordo e muito com o conteúdo da tua carta aberta ao nosso treinador Rui Vitória. Na minha opinião e por aquilo que tenho observado, o que ouvido da boca de outros benfiquistas, o motivo de preocupação e de alerta que nos assola não são os resultados obtidos até aqui, nem uma vitória; mas sim a falta de filosofia e fio de jogo da equipa. O que tenho visto de positivo nos jogos do Benfica que até agora efectuou, é a atitude de entrega por parte dos jogadores, mas é confrangedor perceber ver como andam perdidos em campo. Deu-me dó ver durante a maior parte das vezes o Jonas a disputar sozinho a bola com 4 a 6 defensores contrários; como foi possível que o Benfica com maior números de unidades no meio campo durante a maior parte do jogo, nunca conseguiu ser superior ao adversário naquele sector vital do terreno? O que terão pensado os jogadores em especial o jovem Uruguaio, quando viu entrar o recém chegado MitroGOLO? Isto sim é preocupante.

    Da minha parte continuo a confiar a 100 % na nossa competente e comprovada "estrutura", logo na escolha de Rui Vitória como a solução ideal para o Benfica alcançar os objectivos a que se propõe; mas é bom que a "estrutura" comece desde já a fazer ver a Rui Vitória que o treinador é o líder da equipa e que esta para o bem e para o mal actua à sua imagem... logo que nunca mais lhe passe pela cabeça de referir e muito menos comprovar que o BENFICA entrou com MEDO do adversário.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os jogadores, conscientes das suas responsabilidades, entram sp c/ medo em campo e os do zbording não são excepção... admiti-lo em público é, apenas, escusado...

      Eliminar
    2. Enormérrimo Benfica Uno e Plural, Companheiro,

      Acredita que também a mim me preocupa muita coisa (ahahah), mas mais do que tudo o resto, preocupam-me os erros crassos (que ainda nenhum Companheiro contestou) cometidos pelo Nosso Técnico e, mais ainda, o facto de ele não os ter assumido como tem de ser quando se é Homem.

      Não há nada pior do que deixar os Atletas a sentir-se responsáveis pelas burradas do seu Líder.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
  31. Gosto da serenidade e convicção de RV no trabalho que está a fazer.

    A questão do fulgor físico predominou na capacidade fe recuperação de bola e no critério de circulação da mesma.

    Os jogadores não acreditavam na tática? Nem por sombras!

    Creio que o critério largo do árbitro favoreceu a agressividade e o impeto dos jogadores do Sporting nas disputas de bola, mas o jogo foi bastante equilibrado. Até diria que o Benfica jogou mais e melhor do que fez, há poucos meses atrás em Alvalade, em que empatou a um com um golo caído do céu no fim do jogo. Só que ai, o treinador era Jesus e ninguém lhe disse para pedir desculpas..

    E Pluribus Unum!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exactamente - jogo equilibrado e melhor do q no alvalixo....

      Eliminar
    2. Enormes Superaguia 1904, Redangel e FranciscoB,

      Ou eu, ou vocês (ahahah), vimos desafios diferentes e olhem que, na minha modestíssima opinião, o Nosso adversário de domingo foi bem pior que o desse jogo no wc de alvalidl.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
  32. Mais sucintamente:

    Caro Rui Vitória,
    Pede para cagar e sai. O Vieira cometeu um erro histórico e tu não tens culpa, mas agora precisamos mesmo de um treinador. Vamos fingir que isto não aconteceu. Vai pela sombra.

    ResponderEliminar
  33. Caríssimo,

    Concordo c/ várias críticas q aponta mas não c/ a globalidade/sentido geral do Post.

    Vejamos:

    - "aquilo de ontem foi demasiado mau" - gostava de seguir o seu raciocínio mas começa por esta consideração c/ a qual discordo totalmente. Compreendo-a no aspecto de q perdemos 1 jogo c/ o zbording, q apresentou 1 modelo de jogo + cativante a q estávamos habituados do nosso lado, mas não, objectivamente, qd analisado o jogo no q ao trabalho e orientação estratégica do treinador diz respeito.

    - Totalmente de acordo qt à repetição do discurso, juntando, neste aspecto, o constante "limpar o suor da testa" c/ a mão ou c/ a manga do casaco... eu sei q estava mt calor mas parece-me 1 sinal de indisfarçável (e compreensível) nervosismo...

    - "mudasses o menos possível na Equipa" - não concordo - pelo contrário, terá sido 1 dos erros de RVitória - o sistema de jogo tem de ser diferente, conforme as ideias do novo Treinador e, por isso. qt + cedo começasse a trabalhar equipa nas suas ideias melhor... o sistema táctico é menos atraente? é... é menos eficaz? duvido mt - parece-me melhor defensivamente; em termos ofensivos, ainda é cedo para tirarmos conclusões pois vai depender mais do génio dos Jogadores do q do trabalho do Treinador. Chamo a atenção para o enorme desgaste físico q o sistema táctico de JJudas, sp em pressão alta, implica ao longo da época, c/ os jogadores a terminarem invariavelmente "de gatas"...

    - Totalmente de acordo relativamente à digressão americana q deu dinheiro e "pôs a nu" as fragilidades da equipa.

    - Totalmente de acordo qt ao Eliseu, menos de acordo qt ao puto Semedo, c/ a agravante de me parecer ser uma resposta, no terreno, às provocações do Judas...

    - Totalmente de acordo qt à dupla Fejsa/Samaris, qt à entrada de Pizzi e qt ao posicionamento do Jonas, c/ a atenuante de valer + 1 jogo destes para entrosamento do q 1 mês de treinos...

    - 1 pouco injustas as considerações relativas ao Gaitan, uma vez q, c/ RVitória, Gaitan terá seguramente + liberdade de acção - se o "colou à linha" terá sido uma situação pontual...

    - Relativamente ao "pontapé para a frente" tb discordo pq me parece uma estratégia válida nos jogos contra o mestre da táctica, uma vez q ele concentra a equipa em 30 m de terreno... naturalmente é necessário saber dar o "pontapé para a frente" e ter jogadores rápidos para receber a bola em condições.

    - De acordo qt à importância de ser respeitado pelos jogadores mas a confiança só se poderá ganhar c/ + tempo de trabalho c/ todo o plantel à disposição.

    Parece-me q a a maioria do Benfiquistas tem medo do regresso ao tempo pré-JJudas... mas esse tempo está, irremediavelmente, para trás - o grande marco histórico do Benfica neste século não é a entrada de JJ no Benfica mas sim o início das transmissões dos nossos jogos na Benfica TV.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enorme FranciscoB, Companheiro,

      Quase todos os meus argumentos pertinentes em relação a (mais) este teu excelente comentário (que te agradeço), já os poderás ler um pouco por muitas outras respostas que dei antes, mas não quero deixar escapar a oportunidade para sublinhar este teu último parágrafo, uma vez que, como bem sabes, estou completamente de acordo contigo.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
  34. Caríssimo e Grandíssimo amigo José Albuquerque,

    Mais um excelente e bem estruturado texto, onde é visível que o actual momento do Glorioso se está a tornar para ti demasiado incomodativo, para não ser escrutinado e analisado ao pormenor.

    Neste caso, e apesar de sermos quase em termos de pensamento e ideias para o Glorioso, uns autênticos « manos Dupond e Dupont », não iria tão longe.

    Sendo certo, que de igual modo descortino erros por exemplo na estratégia contra as osgas ( onde Rui Vitória caiu na armadilha de Judas de mudar demasiado, só para dizer que mudou tudo ), encontrei no entanto no deserto que foi o nosso jogo, sinais promissores!

    E sim, eu sei que, vejo coisas onde mais ninguém vê, e que provavelmente são alucinações derivadas de uma mente profundamente fanática e distorcida. Todavia, retirei várias coisas e factos positivos do jogo:

    Coragem - Teve-os no sítio e fez uma aposta no puto Semedo de tal forma intensa e profunda, que creio que ganhamos um jogador para o futuro ( foi moldado e provado no fogo e sobreviveu ).

    Qualidade de trabalho - Lizandro jogou como nunca o tinha feito com Judas. Está feito um Senhor e surpresa das surpresas, confiança nos píncaros, posicionamento, sentido táctico e capacidade de leitura do jogo nunca antes vistas.

    Liderança - Talvez o menos esperado! Onde vi isso? Na penosa derrota. É que me pareceU que os jogadores estão claramente ao lado dele e acreditam nos seus métodos.

    Passemos agora aos seus erros declarados:

    Jogou com Samaris e Fejsa, prescindindo de Pizzi. Uma grossa asneira ( neste momento, porque o treino pode fazer milagres ).

    E aqui encontro uma atenuante, Carcela de fora, foi um golpe profundo na estratégia. Todos nós sabemos que se só um dos alas apresenta perigo, toda a equipa que defende tende a flectir para o lado desse ala, despreocupando-se com o « inconsequente » da la contrária.

    Ora aqui chegados, é o momento em que diria que na minha opinião talvez seja ainda algo prematuro estar a tecer grandes considerandos sobre o que Rui Vitória fez.

    E digo-o apenas, pela simples razão que o erro pode acontecer... não pode é ser repetido! Ou seja, os próximos jogos serão determinantes para aferirmos quem é Rui Vitória. Se ele não repetir os erros e aprender com eles, estará muito próximo de ser um excelente treinador. Já se persistir neles, então sim... a coisa estará a ficar verdadeiramente feia.

    Quanto à sua capacidade de comunicação. Creio que devemos retornar 6 anos atrás e lembrarmos-nos de Judas, este era um desastre com pernas e cada vez que abria a boca saia disparate ( aliás, vastas vezes picou os corruptos no passado e foi atropelado pelos acontecimentos ). O Guimarães não é claramente o Benfica, e o Rui está como os jogadores em processo de adaptação.

    Dito isto, termino dizendo que a razão da minha confiança, parte de uma variável por demais desprezada neste momento. A nossa participação na Champions Cup ( que eu espero que se repetida consecutivamente nos próximos anos. E em que qualquer dos nossos rivais daria o traseiro por poder estar no nosso lugar ), teve consequências óbvias a nível físico...

    Horas passadas imóveis dentro de aviões, mudanças de hotéis, altitude, humidade e calor extremos... é diferente de treinar de forma maioritária quase de pantufas, consecutivamente e à porta de casa. As osgas, suplantaram o nosso sistema táctico, porque estamos com a capacidade de « triciclos » e havia verduscos não de Ferrari mas com um « chasso » que andava ( por agora e só agora ) muito mais rápido que os nossos.

    Ou seja, assim o desfecho do derby foi o desfecho da natural diferença de condições físicas. Daqui a 3/4 jornadas ou terei de comer o boné ou terei acertado uma vez na vida... em algo que respeite a futebol jogado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enormérrimo Mathayus, Amigo e Companheiro,

      Obrigado. Muito Obrigado (mesmo) por mais este teu soberbo comentário com o qual me alertaste para alguns aspetos que me podem ter escapado: prometo que vou voltar a ver as imagens do desafio e, caso necessário, cá voltarei para corrigir a minha opinião.

      De resto, tu sabes bem, por saber de experiência feito, como pode ser complicado escrever textos que não podem ser demasiado longos (embora os Leitores do GUACHOS sejam de um campeonato muito acima da média) e eu, confesso, não tenho na tópica o meu ponto forte, ahahah.
      Por exemplo e relendo o texto, percebo que quem não leu um outro que escrevi a dar as boas vindas ao Nosso Técnico, pode ter ficado com a sensação de que eu queria "um clone" do visconde novo, quando eu apenas fiz uma sugestão a curto prazo. Por isso me referi ao prazo do contrato que ele tem com o Clube: são 3 épocas ... tem todo o tempo do mundo ... para melhorar e continuar a ganhar.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
    2. Houve uma óbvia diferença de condição física entre as duas equipas. Sempre que os verdes aceleraram, nós não conseguimos acompanhar. Espero que tenha sido este o factor principal desta (muito pobre) exibição.
      É que passei o jogo todo a lembrar-me do Benfica do ano passado quando via o sporting jogar, e a lembrar-me do Guimarães do ano passado quando via o glorioso jogar...

      Eliminar
    3. Enormérrimo amigo José Albuquerque,

      Aprecio sobejamente a racionalidade que colocas em tudo o que respeita ao Glorioso, bem como a elegância e ponderação que exibes em cada resposta aos companheiros de caminhada Benfiquista e estimados « Guachenses ».

      Em boa verdade, tens de dar o devido desconto às minhas opiniões. É que sou daqueles que tentam acreditar até ao último momento que tudo esta a correr bem, mesmo que as vezes também já esteja como: « as meninas da ribeira do Sado », com os carrapatos atrás da orelha.

      Aliás, e por analogia recordo-me de um filmes mais épicos e dotados da bela capacidade de improviso portuguesa, que se passava no Alentejo com uma espécie de bandoleiros ou algo semelhante.

      A cena mais marcante, é uma que seguiu para as salas de cinema assim mesmo: um dos bandoleiros é atingido e antes de cair no chão ( para avisar quem tivesse dúvidas ) diz: Háaaaaaaaaa... morri.

      Ou seja, para mim. só quando o Rui Vitória disser em termos desportivos: Háaaaaaaaaa... morri ( ou a direcção lhe puser um par de patins ) é que irei mais longe nos considerandos. Por isso mesmo meu caríssimo amigo, ainda bem que detens esse visão, mais pura e objectiva de analisar a realidade.

      Eu, continuo esperançado, mas tenho bem presente que os meus óculos são de vermelho tão garrido que por vezes só vejo o Benfica Tricampeão.

      Eliminar
    4. Caro Mathayus,

      Parabéns pelo excelente comentário.
      Não irá certamente comer o boné, porque o Benfica estará seguramente melhor daqui a 3/4 jornadas. Aliás, até pensei que quisesse escrever daqui a 34 jornadas. Aí sim, o Benfica estará muito melhor.

      CARREGA BENFICA!

      Eliminar
  35. Companheiros,

    É com muita tristeza q leio um post tão "a la talibans" num dos poucos blogs q sigo assiduamente e cujos posts me divertem, me deliciam e, mais importante, me dão esperanças pela clarividência e objetividade demonstradas em defesa do nosso Glorioso clube, minha eterna e única religião.

    Enorme Companheiro José Albuquerque, entendo a sua frustração pela derrota e pobre performance da nossa Gloriosa equipa de futebol no último jogo. Sinto-me, no minimo, tão frustrado, triste, enraivecido, agoniado e ofendido quanto os Companheiros mais Benfiquistas.
    Não posso no entanto, deixar de concordar com os companheiros Rossetti e Néné. A análise deles ao jogo e ao momento da nossa Gloriosa equipa é muito mais justa, ponderada, razoável e construtiva do q a sua e dos demais Companheiros (e talibanzinhos infiltrados de mercado) q concordam consigo.
    A qualidade e sobriedade dos seus, assim como dos demais, textos e posts publicados neste maravilhoso blog são incompatíveis com a sua posição no post acima.
    Sou um dos milhões de Benfiquistas q vivem longe da pátria sábia, e por isso sinto-me muito mais dependente de companheiros como vcs aqui no Gv, o Companheiro Alberto Miguens, os Companheiros Papoila Saltitante, Coluna dAguias Gloriosas e Antitripa, entre outros (poucos) q sigo e admiro.

    Mantenhamo-nos Unidos e sóbrios na defesa do nosso venerado e Glorioso S L BENFICA: E Pluribus Unum!

    Hugo, the portugeezer - Mais um Benfiquista Tripeiro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enorme Hugo, Companheiro Tripeiro,

      Talvez tenhas razão (o meu estilo de escrita, se é que eu tenho tal coisa, ahahah, pode ter dado um cariz exagerado a esta minha crítica), mas garanto-te que só me move a vontade de contribuir para o engrandecimento do Clube, de preferência com muito sucesso do Nosso Técnico.

      Se és seguidor do GUACHOS, sabes como eu defendi a competência técnica do predecessor do RV, mas fiz o mesmo que aqui vês quando ele entendeu ir jogar no ladrão sacrificando o Luiz na lateral esquerda.
      E olha que não estão em causa os erros técnicos, nem a teimosia de não os corrigir o mais rápido possível: o que me custa muito a admitir é que um Líder (e um Técnico tem de o ser) não assuma a sua responsabilidade e deixe os Atletas expostos a críticas imerecidas.

      Tu citaste três Companheiros, Leitores assíduos deste blogue, que me merecem o máximo respeito e consideração, pelo conjunto de contributos que, aqui, nos têm dado, mas olha que eu ainda não vi nenhum deles comentar diretamente as charutadas para o Jonas, a ordem para não sair a jogar com os laterais abertos, ou a manutenção do Talisca em campo (e todos sabem como eu sou um admirador do Talisca) e isto para só te dar estes exemplos.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
    2. Enorme Companheiro José Albuquerque,

      Obrigado pela resposta.
      Sou seguidor fiel deste blog há relativamente pouco tempo, desde há um ano e meio mais ou menos, quando decidi boicotar os merdia portugueses a 100% e em definitivo. Talvez por isso tenha ficado um pouco "chocado" com o tom deste teu último post. Todos os são tão sublimes e esclarecedores, q estava "mal" habituado. Haha
      De resto, estou de acordo q podemos e devemos criticar o q achamos q pode ser melhorado. Mas o momento é tão delicado q prefiro dar mais tempo à equipa, e promover o máximo de paz e apoio possíveis.
      Infelizmente, só vou à Catedral uma ou duas vezes por ano, qdo vou de férias a Portugal.
      Ainda assim, estou confiante numa casa cheia e numa bela vitória do Rui e dos Nossos Heróis já no domingo.
      Um grande abraço e um Obrigado Gigante a todos os q dão vida a este Excelente blog, em defesa do Nosso Glorioso SL BENFICA!
      E PLURIBUS UNUM

      Hugo, the portugeezer - Mais um Benfiquista Tripeiro

      Eliminar
  36. Caro José Albuquerque,

    Como referei no post, sou leitor assíduo do blog (o Guachos sabe) e comento sempre que posso ou sempre que acho que posso acrescentar alguma coisa à discussão... O ponto de discórdia que me levou a iniciar o post nem tinha muito a ver com a comunicação, mas sim com a questão em que consideras que o RV tinha e tem à sua disposição melhores argumentos que o JJ. Daí a minha dissertação que penso ficou clara...
    E só porque, por norma, estou de acordo (senão a 100%, quase) quer com os textos do Guachos, do Mathayus e dos teus (por sinal muito bons e esclarecedores no que à situação do clube diz respeito a vários níveis), só por isso escrevi um testamento daqueles, porque é minha análise e o meu entendimento do jogo e do que é o ponto da situação da equipa e do grupo em geral.
    Espero que o jogo com o Estoril nos traga melhores noticias e que sossegue os mais nervosos, e desconfiados, mas sobretudo que cale os nojentos do costume que já nem nos classificam como candidatos.

    Um abraço José
    Viva o Benfica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ao ler o que escrevi há umas calinadas porque o meu teclado está sempre a saltar...

      Eliminar
    2. Outro Abraço para ti e ... lá nos encontraremos na Catedral, para verificarmos que a Equipa já solucionou todos estes problemas.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
  37. Pela 1ª vez em muitos anos discordo de um post no Guachos Vermelhos e em linhas gerais vou dizer o que penso.

    Em 2 meses dá para muito pouco, e não quero saber se judas conseguiu, ou não conseguiu no mesmo tempo. judas já tem a equipa mais ou menos completa à algum tempo, quanto a reforços, e que eu saiba, só o wc está lesionado.

    Quanto a Nós, Rui Vitória ainda está a construir a equipa e com várias lacunas.

    Estão agora a entrar verdadeiros reforços que não conhecem a equipa como Carcela, Mitroglou, Jiménez, etc. Outros como Taarabt a encontrar a melhor forma

    Outros irão sair, com Gaitán (espero que não) à cabeça.

    E temos apenas lesionados Salvio, Luisão e Carcela que já mostrava algum entrosamento com a equipa.

    Estão ainda para chegar mais 1 ou 2 elementos para as laterais e 1 extremo - Coentrão?

    Não acha o José Albuquerque muitas condicionantes na equipa para já estar no patamar que exigimos? E na questão táctica, quem somos nós para sabermos mais do que o Rui Vitória? Será que algum dos que estavam no banco estariam tocados como Eliseu ou Almeida?

    Só o Mitroglou na minha pacatez não teria entrado, porque ainda não conheceria minimamente a equipa.

    Desculpe caro José Albuquerque, mas é o que eu penso.


    Miguel

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enorme Miguel, Companheiro,

      Só não me desculpo por tu teres sentido a necessidade de te desculpares por contribuires com uma opinião - a tua, que vale pelo menos o mesmo do que a minha.

      Mas, já que me perguntaste, eu respondo-te com toda a sinceridade ...

      Estou sinceramente convencido de que se a Equipa tem jogado no sistema habitual, com o Eliseu à esquerda (estando no banco, não podia estar sem condição atlética), com o Pizzi no lugar do Fejsa (ou do Samaris, se preferires) e o Jonathan no lugar do Talisca, mantendo os princípios de jogo habituais (pressão na perda da posse e transição ofensiva com apoios dentro do bloco adversário ... tínhamos vencido aquele adversário claramente, pelo menos enquanto houvesse disponibilidade atlética.

      Quanto à entrada do Mitrogolo, nem me apetece dizer nada a não ser que estou de acordo contigo.

      Eu já percebi que toda a mérdi@ e os diversos grupos de anti andam a glorificar a exibição da osgalhada. Eu discordo totalmente (houve algumas soberbas exibições individuais, como o João Mário e o Brian Ruiz) e também é por isso que repito a sugestão para que revejam o jogo, mas vendo com olhos de ver, para confirmarem a quantidade de erros cometidos e, também, a relativa pobreza das combinações ofensivas.

      Sim, mesmo com todas as limitações que recordaste, eu acho que tínhamos os onze melhores futebolistas.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
  38. Caro Jose,

    Devo dizer que concordo com algumas observações e discordo de outras.
    Quanto ao jogo da Supertaça, na minha opinião enquanto adepto do SL Benfica os pontos positivos foram:
    Nelson Semedo claro! Bom jogo do miúdo, sem comprometer e com boas subidas pelo seu flanco.
    Lisandro Lopes fez um bom jogo.
    RV a não responder ao treinador lagarto (acho que fez bem, porque deve seguir o seu caminho proprio)
    Jonas, muito lutou e o "confronto" com o treinador lagarto foi digno de um senhor.

    Os pontos negativos:
    A falta de pressing ofensivo
    As saidas de bola com pontapés longos
    O Talisca e medios centros perdidos taticamente
    O silvio não rende ofensivamente do lado esquerdo da defesa

    O que mais me espantou foi a falta de pressão e as saídas com bolas longas, porque vi os primeiros dois jogos de pré-epoca e ví a equipa a querer sair a jogar e a querer ter mais posse de bola do que fazia antigamente com o anterior treinador, inclusivamente em situações complicadas e junto à grande area defensiva. Não percebo o porquê de se fazer isto nos jogos de pré-epoca e no primeiro jogo oficial fez precisamente o oposto.
    Quanto ao jogadores que jogaram (silvio, fejsa e samaris) penso que o RV é que sabe a condição fisica dos jogadores e a forma como treinam, daí não criticar isso.
    O RV enquanto for o treinador do SLBenfica terá sempre o meu apoio, mas penso que tem de melhorar a parte ofensiva da equipa e implementar o futebol apoiado conforme fez na pré-epoca. (este é um receio meu, porque na minha opinião, as equipas onde ele esteve, nunca ficaram famosas por um futebol bonito, mas espero e confio que o RV vai conseguir no SL Benfica)

    Parabens a todos pela opiniões em prol do SL Benfica

    Ricardo Oliveira

    Benfiquista do Norte

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enorme Ricardo Oliveira, Companheiro,

      Concordo com tudo o que escreveste e acho que tu descreveste os exatos mesmos erros que eu imputei ao Nosso Técnico, só que o fizeste com palavras "meigas", ahahah.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
  39. Sentimentos ambíguos me perseguem; escrevi aqui, que achava este jogo de uma importância estratégica fundamental para o futuro próximo da nossa equipa.

    Porque em compita directa com o nosso anterior técnico, com um clube que declaradamente nos escolheu como, simultâneamente, alvo a abater, mas também a copiar (clonar talvez seja mais acertado), e depois de 2 épocas muito boas, não seria desejável deixar uma má imagem.

    Para mim, que espero sempre uma reviravolta do Benfica, mesmo a perder por 3, a 5 minutos do fim, neste jogo fiquei com a sensação de que nos faltou muito para o conseguir.

    Estranhamente, discordo do post do brilhante JAlbuquerque, embora na génese continuo a pensar que Rui Vitória não foi a melhor escolha para treinador do Benfica-penso que um treinador mais "guerreiro" e com mais tarimba seria mais adequado, especialmente tendo em conta o perfil do tecnico anterior. No entanto confio que RV poderá surpreender-me e reservo melhor opinião para daqui a algum tempo.

    Isto porquê? Porque a responsabilidade do planeamento da pré temporada não foi do treinador, as lacunas que são evidentes (um plantel estruturado tem mais de uma opção válida para todos os lugares) não foram colmatadas a tempo por forma a estarem preparados para um jogo que representa um titulo com a importância que já identifiquei acima.

    Como se prepara o inicio de temporada com jogos fora de horas, uns atrás dos outros, com temperaturas altissimas, viagens atrás de viagens? Prepara-se tão bem que tivémos a mesma paga que o Chelsea e o Bayern por exemplo, que continuavam com o mesmo treinador e com os mesmos e mais alguns jogadores- será que foi isso que aconteceu no Benfica? Não! O treinador era diferente, sem experiência destas andanças, e se calhar havia jogadores que olhavam para o lado e perguntavam-se- quem é este gajo? A lesão do Luisão e do Carcela só serviram para agravar ainda mais a situação.

    Foi prometido ao RV que as condições que teria seriam as que foram dadas a Jesus, e acredito que isso acontecerá, mas a forma como foi planeada a Pre Temporada, e o proprio jogo da Supertaça ( pré jogo, jogo, e pós jogo) não foram as melhores, mais uma vez sublinho, dadas as condicionantes- se fosse JJ o treinador, a margem para esta actuação seria aceitável, mas assim não, e para mim foi uma derrota anunciada( embora antes do jogo eu garantisse que íamos ganhar 3-0 eheheheheh).

    Quero dar um grande abraço ao Jonas pela sua coragem e assertividade,, eu senti-me desagravado para com os actos do Judas, que tentou humilhar todo o Universo Benfiquista, cuspindo no prato onde generosamente comeu.

    VIVA O BENFICA!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A pré-época foi bem planeada.

      Eliminar
  40. Caro José, adoro a forma como escreve sobre o Benfica, porque me revejo no sentimento que transmitem os seus textos. Mais uma vez demonstrou coragem e ousadia para colocar o dedo na ferida. Não percebi porque é que o Benfica bicampeão perde um dos seus capitães - meu jogador preferido, e o seu treinador, para rivais. Não consigo perceber qual o critério da escolha do Rui Vitória. Nunca apreciei este treinador mas estou como você, disto percebo pouco. O perfil de treinador que eu aprecio é mais próximo de Marco Silva porque me parece ser líder, ter carácter, coisa que o nosso treinador deve desconhecer. Um treinador do Benfica deve ser ousado, destemido e arrastar os jogadores e adeptos consigo para a guerra. Eu com este treinador não ia tomar café, quanto mais para a guerra. Só discordo do seu texto numa coisa, é que você acha que ele pode melhorar ao longo da época e eu acho que ele jamais terá perfil de líder para um cargo com esta responsabilidade.
    Um abraço e pelo menos que se aproveite a época para dar oportunidade aos jovens numa perspectiva de futuro - sim, estou desanimado com a postura do treinador.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rui Vitória não tem carácter???

      Eliminar
    2. Você sabe o significado da palavra carácter? Se fosse a si pegava no dicionário e depois usava, ou não, a dita.

      Marco Silva é assim tão fabuloso? Bom treinador sem dúvida, mas ainda não descobri esse fascínio por ele. Foi porque treinou a lagartagem, ou porque conseguiu o 3º lugar e a Taça de Portugal para a merda verde? É só sucesso!!!

      Rui Vitória ainda agora pousou as malas, deixem-no ambientar-se e conhecer a equipa.

      Parece que o pessoal do contra são só sobredotados, a onde quer que cheguem são o supra-sumo da inteligência e da rapidez em transformar latas em ouro.

      Abdulahhh

      Eliminar
  41. Jorge Jesus é um dos melhores treinadores da atualidade e, pela minha parte, teria ficado para sempre no Benfica. Àqueles que o criticaram durante anos e o queriam ver fora do Clube, fui avisando que quando ele se fosse embora iríamos penar muito. A não ser que fôssemos tratando da sua sucessão, sob a sua supervisão. O que aconteceu não podia ter sido pior. Saiu ressabiado para o rival e o seu sucessor teve que se arranjar à pressa. Portanto, sob este ponto de vista, batemos no fundo e neste momento tudo o que vier por acréscimo será muito bem-vindo.

    E o que vimos nós neste jogo da Supertaça. Vimos um resultado de 0-1 (nada escandaloso) obtido com um chouriço, onde sofremos de uma arbitragem «adversa», onde não podemos alinhar 2 titulares por lesão, onde estreámos e ganhámos um novo defesa direito, um jogo que afinal, com um pouco mais de sorte, pontaria, acerto, poderíamos ter ganho. Houve alturas do jogo que pensei que aquilo ia acabar nos penalties, já que nenhuma das equipas estava a ser verdadeiramente acutilante.

    Não estou, portanto, preocupado com o futuro. Lembremo-nos que com o anterior treinador, apenas em finais de novembro a equipa começava a carburar. Neste momento apenas uma coisa me perturba: a prestação de Rui Vitória no banco, a sua linguagem corporal. A mim, não me transmite qualquer confiança. Parece sempre muito nervoso. Depois é um homem que transpira muito, o que aumenta a sensação de que ele próprio está desconfortável. Espero que essa imagem não seja a que passa para os jogadores.

    JJ tem um enorme carisma e o seu fantasma demorará a erradicar, especialmente dentro do Benfica. As vitórias serão o instrumento através do qual essa erradicação se fará más celeremente. Portanto, e para já, vamos todos apoiar o Nosso Treinador!

    Viva o BENFICA!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito bem - para ganharmos este jogo só faltaram duas coisas:

      - Jogar ao 1º toque

      - + mobilidade

      O resto é conversa.

      Eliminar
  42. Relativamente a Jorge Jesus, quero ser muito claro: quero, desportivamente, que ele se foda e acabe «morto» debaixo da merda cagada pelo Brunalgas. O gajo já não é nosso treinador, tem um caráter miserável e, por esse lado, ainda bem que se foi.

    O erro de Vieira foi ter contratado quem contratou. Alguém aqui acompanhou o futebol praticado pelas suas equipas? O ano passado, por exemplo, empatou connosco. Ah, fantástico e tal! Nada disso: ao intervalo não estava a levar 4 ou 5 no lombo por... azelhice e «má fortuna nossa». O futebol de Rui Vitória sempre foi de pontapé para a frente, esperando que as gazelas que ia tendo apanhassem os adversários em contrapé e faturassem.

    Ao fim de dois meses, o que se vê, em termos de organização e processos da equipa, de trabalho específico de setores, etc., etc.? Ofensivamente, então, não vi absolutamente NADA.

    Assim sendo, para mim, repito, Rui Vitória não tem «categoria» para ser treinador nosso.

    Dito isto, espero estar redondamente enganado e que, no final da época, tenhamos ganho. Que ninguém tenha dúvidas disto. Nãos e trata de um ataque ao treinador ou ao Benfica. Isso do apoio sempre à equipa e tal é muito lindo, mas também é necessário dizer que o rei vai nu quando, na nossa modesta opinião, consideramos que vai. Nada disso faz de nós mais ou menos benfiquistas. Aliás, se há menos benfiquistas serão aqueles que estão sempre a bater palmas e a fazer carícias, mesmo quando têm plena consciência da merda que está a acontecer.

    Recapitulando: o sucesso de Rui Vitória é o meu sucesso. Assim o espero.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Está redondamente enganado.

      Para dizer q o rei vai nu é necessário ver o rei.

      Eliminar
  43. Abusando de comentários e comentadores anteriores, diria que contigo comungo a 1000%, mas qual "Maria vai com elas", de ti discordo 1001%.
    Ligeira a diferença sim, mas a suficiente para de ti discordar. As razões nem preciso de as apresentar. Estão aí todas expostas, de um lado e do outro, construtivas e exemplares.
    Resumindo para não dedilhar saliva. Que orgulho ver o Nosso Benfica ser discutido assim!
    É isto meus amigos, Uno. Todos a empurrar para o mesmo lado porque pretendem o melhor para o Clube. Discordamos no caminho? Debate-se, decide-se, segue-se caminho. Erramos, debate-se, decide-se, segue-se caminho. Todos por um!

    PS. Algumas notas apenas sobre o final da final, nenhuma delas especiamente ligada ao Glorioso.
    JJ no fim foi incapaz de festejar o seu exito, preferiu derramar bilis. Algum deste seu azedume derivou da expectativa por si próprio criada de que iria esmagar o Benfica. Acreditem que ele assim o pensava. Falhou. Venceu, foi melhor, mas não foi esmagador como prentendia. JJ naquele momento encarou a realidade. Só o seu valor como treinador não chega. JJ no seu primeiro ano de Benfica teria atropelado este mesmo Benfica. O que a realidade lhe diz é que este Benfica irá crescer quer devido ao aperfeiçoamento deste ou doutro treinador, quer a reforços que ainda irão chegar. Ele? Ele, poderá ter atingido o seu principio de Peter, deu o seu melhor, mas no Sporting o seu melhor, poderá não chegar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não deves andar longe da verdade. JJ, e não só, pensava que nos ia cilindrar, pelo que, considerando todas as circunstâncias, como aliás referi já em comentário anterior, esta derrota foi «normal». Bastante pior foi a derrota há um ano para o torneio da AFL.

      Eliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não vale a pena perderes tempo...faz-te à vida malandro.