segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Vamos a “contas”, comparadas?

Por José Albuquerque

Os Leitores do GUACHOS sabem que é pela pele dos dentes que eu, normalmente, escrevo sobre os clubecos com os quais o Glorioso disputa as competições internas, especialmente quando se trata da osgalhada e dos andruptos.

Arrogância facciosa da minha parte?
Não! Muito longe disso!

É muito mais a humildade de reconhecer que ainda há tanto, mas tanto tanto, para fazermos pelo Nosso Clube, que é um desperdício de tempo e, ainda mais, de inteligência se Nos ocuparmos a olhar para eles.
Há pouco mais de um ano, aqui no GUACHOS, foram publicados uma série de textos com ideias e sugestões de possíveis transformações estruturais no Benfica e, recentemente, os Companheiros do TUDOPORTIBENFICA têm lançado desafios semelhantes de reflexão sobre o Clube e já conseguiram propostas que me parecem muito interessantes.
Todos conhecemos o apego do Enormérrimo Mathayus a um projeto de Jornal Diário, a vontade com que vários Companheiros falam do projecto BenficaFM, das saudades que o Guachos tem de ver uma Equipa de ciclismo vestida com o Manto Sagrado, etc., etc., etc.
A cada novo dia este Clube que Amamos e que já julgávamos conhecer, Nos surpreende em termos do seu potencial. Nestas situações, a sabedoria popular fala de “cada cavadela, cada minhoca”, mas nem esse ditado Nos serve, porque, de facto e no caso do Benfica, a coisa vai mais para cada cavadela ... mais um milhão!

Desde há uns 5/6 anos, Nós sabíamos que já tínhamos readquirido a força necessária para enfrentar o POLVO imundo e grosso. E sabíamos que iam ser 3 as frentes de batalha em que íamos ter de o vergar: a frente económica, a frente desportiva e a batalha da (mérdi@) comunicação.

O quadro 1 abaixo desenvolvido demonstra, à saciedade, que o Benfica já Venceu a “batalha económica”, mas disso falaremos mais adiante.
O conjunto dos resultados desportivos no último triénio demonstra, igualmente, que o Benfica já Venceu a “frente desportiva” e mesmo que reconheçamos que ainda sobram resquícios (BOIADA) de deturpação da Verdade Desportiva, saudosos do velho xistrema da fruta, do leitinho para dormir e dos envelopes vazios com dinheiro lá dentro.
Já quanto à batalha da comunicação, eu reconheço que ainda estamos muito longe de cumprir o Nosso papel patriótico de limpar a mérdi@ nacional e, com isso, conseguirmos tornar saudável todo o ambiente do fenómeno desportivo nacional. Ainda assim, eu já comecei a detectar alguns sinais claros de que esse processo é imparável e chamo a vossa atenção para o facto de que a Nossa última grande “derrota” (a nomeação do cabeça d’unto para a LPFP) pode vir a transformar-se numa das Nossas mais retumbantes Vitórias, assim a maioria dos clubecos manipulados percebam de que lado está a Verdade e, sobretudo, o Futuro.

E é com o futuro no olhar que o presente Nos prova que não podemos aligeirar na ambição, na determinação e na capacidade para realizar mais e novos sonhos: é que até num ano menos bom no futebol profissional, o presente insiste em esbofetear-Nos com sinais de futuro e também eu terei de confessar-me surpreendido e, mais ainda, maravilhado, com o que os “miúdos” estão a conseguir fazer, dos sub15 aos sub21. Impressionante!

Vamos lá às “contas”.

Já sabemos que vamos, até junho próximo, consolidar mais um exercício de reforço dos Nossos Capitais Próprios e, com esta panóplia de novos sponsors, os quatro anos imediatos vão ser marcados por uma substancial redução dos passivos (bancários) remunerados, num processo que, palpita-me, vai ultrapassar em muito o que eu consideraria equilibrado, até culminar numa situação em que quase vamos recuperar todo o Capital Social da Nossa SAD.

De facto, se levarmos à letra as mais recentes palavras do Presidente, daqui a 4 exercícios económicos (em junho de 2020), pode bem ser que aquelas famigeradas palavras dele (“não necessitaremos de vender Atletas”) se façam verdade e que o Grupo passe a ter Resultados Operacionais tão marcadamente positivos que qualquer Atleta que saia por uma carrada de milhões, fique com a sensação de que deveria era investir em acções da SAD.  

Quadro 1 – “contas” comparadas.
2015/16 Trimestre 1
(milhões de €)
S. L. BENFICA
osgalhada*
andruptos**
PROVEITOS OPERACIONAIS
29,8
20,2
22,7
TV
7,1
4,4
4,7
PUB e PATROC.
4,5
2,2
3,1
UEFA
8,4
5,4
6,5
Outros
9,8
8,2
6,4
CUSTOS OPERACIONAIS
24,0
18,7
28,7
CMV + FST's
8,1
5,3
10,2
Salários
12,4
11,7
17,2
Amortizações
3,2
1,1
0,9
Outros
0,3
0,6
0,4
Res. Op. s/ Atletas
5,8
1,5
(-) 6,0

Resultados "Atletas" ROPA
10,9
(-) 0,5
19,6




Resultados Op. Totais
16,7
1,0
13,6

Resultados Fin. De Inv/ e Imp.
(-) 4,5
(-) 1,0
(-) 4,1
Resultado do Semestre
12,2
0,0
9,5
BALANCOS SINTÉTICOS
Activo Total
445,6
239,4
411,7
Passivo Total
432,2
232,3
318,3
Situação Líquida
13,4
7,1*
93,4**
Nas osgas, a Sit. Líquida inclui 127,9M€ de VMOC’s.
Nos andruptos, a Si. Líq. inclui 59,3M€ de “Interesses sem controlo”.

Falando dos andruptos.

Uma vez mais vos recordo que olhar para estas “contas” de agora e para as de há uma década atrás ...
Aquele clubeco está controlado por uma quadrilha de malfeitores, que nada tinham antes de lá chegar e que, hoje, não só ostentam uma riqueza de que o clubeco não se pode gabar, como ainda distribuem muita riqueza por uma imensa turba de familiares e “famiglia”, num quadro que me espanta por continuar a não ser devidamente investigado pelas autoridades judiciais e tributárias.
Um clubeco que empobrece a olhos vistos, habitado por uma chusma de novos ricos ... só não vê quem não quiser!

Se, nesta semana, não conseguirem vencer o Chelsea, não estou a ver como raio é que vão conseguir equilibrar o barco, sem serem, pelo menos, multados no quadro do Fair Play Financeiro.
Se o Comité de Controlo do FPF (CCfpf) se permitiu corrigir em baixa os valores de alguns sponsors do PSG e do Man City, não vejo como podem permitir cambalachos como aquele da venda (antecipada) do J. Martinez, ou não investigar toda e qualquer venda que os andruptos vierem a anunciar no final desta época.
Sem um “jackpot” da UEFA, os andruptos vão necessitar de ultrapassar os 70M€ em mais valias com vendas (faltam-lhes 50) e, sinceramente, mesmo que eles vençam alguma coisa internamente (não dou isso por adquirido), eu receio que a barraca vá abanar, com mais um corropio de saídas.

Falando da osgalhada.

Ahahahahahah, bem que eles têm de ter muita fé no TAS (ai se lhes doyen) e no tal sobrinho do BESA, porque os “títalos” parecem estar pela hora da morte e os “sponsas” só a “piners”.
E, já em janeiro, vencem-se as primeiras VMOC’s (cerca de 55M€, creio), um processo que vai trazer para a ribalta a progressiva perca de controlo da osgasad pelo osgaclubeco.

Há 3 anos que eu (e o Companheiro Manuel) brincava com aquela do ChportAng, que, depois, passou a ChportAnG, com o advento da família Obiang e que, finalmente, parece que vai ficar-se por sportAng, nas mãos de um antigo gestor bancário que foi responsável por um bléu de quase 4 mil milhões de dólares norte americanos (atenção aos zeros US$4,000,000,000.00) com o qual quase fez esbardalhar todo o sistema financeiro português e que ainda vai custar muitas lágrimas e sangue aos contribuintes em Portugal.
Não consigo achar nem ponta de piada a um sistema de justiça que investiga, há mais de dois anos e teve preso, um ano, um ex-primeiro ministro ao qual ainda não apresentou uma acusação formal, tudo isso por alegados crimes que podem andar pela ordem dos 20M€, sem nada fazer a um bandido do pior calibre, (co)responsável por danos 200 vezes maiores.

O Companheiro FranciscoB inventou aquela que me parece a melhor alcunha para a osgalhada: os beneficiados do BES!

Uma cambada de caloteiros, que confrontaram os (incompetentes) amiguinhos do tio Ricciardi com aquela linda frase negocial do “tomem lá as chaves, que nós não vos pagamos” e, agora, numa brutal e assombrosa subversão da Verdade Desportiva, enchem as barriguinhas bobone com “mérito negocial”, “transparência” e, claro, “video árbitro”.

Não compreendo! Juro que não compreendo como é que clubes como os de Braga, de Guimarães, de Belém e do Funchal, por exemplo, não contestam a flagrante subversão que resulta do bónus de, pelo menos, mais de 10M€ anuais que dois bancos já “intervencionados” (o BES e o Millennium) concederam á osgalhada para uma dúzia de anos.
Tal como não compreendo, nem aceito, que o CCfpf não considere como custos financeiros esses juros por eles poupados à custa da mais flagrante caloteirice.

Enfim, seja como vier a ser, as contas atuais indicam que eles caminham alegremente para o abismo de onde acabaram de sair pela acção conjunta da tal caloteirice e de algum mérito na gestão do “downsizing”.
De facto e sem conseguirem aumentos nos proveitos (não há patrocínios sem a boleia do Glorioso), as osgas conseguiram, em 3 meses, mais que duplicar os custos salariais do futebol profissional, tendo esse grupo já mais caro que o Nosso: tem sido um fartar, vilanagem!

Não me parecendo que o tio esteja disponível para dar uma de tonel, resta-lhes o sobrinho, ahahah.
Veremos por mais quanto tempo a osgalhada se continua a contentar com a demagogia do brunalgas.

Viva o Benfica!    

27 comentários:

  1. As contas comparadas dizem-nos duas coisas.
    A primeira é que cada vez há menos comparação.
    A segunda, que a degradação da situação económica do fcp, com uma aceleração brutal no último par de anos, é algo de assustador no bom sentido. Ou seja, no sentido dos pés para a cova.

    Que o sportêm está falido já se sabe há muito tempo, e que a sad vai deixar de ser do clube também.
    No entanto não deixa de ser surpreendente a passividade com que as lagartixas assistem à venda da sua agremiação circense sem a mínima preocupação.

    ResponderEliminar

  2. Os VMOC'S são "Valores Mobiliários Obrigatoriamente Convertíveis" - Convertíveis em acções da osgaSAD. Certo José?
    Os VMOC têm um período de maturidade, após o qual se convertem em participações sociais dos lagartos e essa conversão significa que, no futuro, o capital social da lagartosSAD será de mais 'não sei quantos' milhões de Euros (o valor da emissão dos VMOC), que se reflectirá no aumento de capital...
    Quanto mais aumentarem o capital da SAD mais diluída fica a posição accionista das sociedades que fazem parte da dela. O que lagartos fazem é alienar parte da participação social que têm na SAD, perdendo cada vez mais influencia até entregarem aquilo a um qualquer Sobrinho...ou tio chinês. Estou certo Companheiro?

    Sobre o texto gostei sobretudo dos salários que as osgas pagam (no clube da fruta é um valor colossal) por mês. E a febre das contratações ainda não lhes passou -a uns e a outros. Quanto ao ciclismo José. Fonix! O que tu me foste lembrar. Ainda não parei de me rir com o W52 e a rasteira que peido da costa passou no compadre brunalgas! Hahahaha! Quem sabe não voltarei a ver as gloriosas camisolas nas estradas internacionais. É mesmo um sonho que um dia espero ver concretizado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu Bom Amigo,

      Mas ... tu estás um verdadeiro especialista em "contas", Companheiro: é que acertaste tudo direitinho!

      Os VMOC resultaram da transformação de dívidas (passivo) que a osgalhada não conseguia pagar e são de dois grupos: o maior (80M€, partilhados pelo NB e pelo Millennium) com maturidade daqui a 10 anos (12 após a sua constituição) e o menor (já não me recordo de onde nasceram, mas creio que são da era do gordinho dos paquetes) que se vence já no início de 2016.

      O que me faz rir a sério é ouvir a osgalhada, ignorantes até chorar, a declamar que não há problema nenhum, porque o clubeco é o único a deter ações da classe A (que atribuem direitos especiais), esquecendo que 99% das decisões do CA da osgasad são tomadas por maioria simples dos votos, uma maioria que estão em vias de perder.

      Sinceramente, eu acredito que o sobrinho do tio vai comprar as VMOC que se vencem agora e, com isso, passa a ser o maior acionista da osgasad. Veremos que planos ele tem para aquela barraca.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
    2. Arre nabo, que já me esquecia da cena do "o sportAng anuncia que vai reconstruir a sua equipa de ciclismo" ...

      O quê?

      Aquilo que os andruptos fizeram e que a osgalhada gostaria de ter feito (a ver se "respondiam" à parceria com a NOS) não passa de estabelecer um sponsor com uma equipa de ciclismo que já existe há anos, ahahah.

      São uns tristes ...

      Viva o Benfica!

      Eliminar
    3. E já somos dois. Não sei se é por causa do nosso símbolo sagrado, se pelo que é. Mas no que respeita ao ciclismo, não tenho apenas desejo de voltar. Irrita-me profundamente o facto de ainda não termos voltado.

      Eliminar
    4. Não é por acaso q surge esta notícia do ciclismo na ressaca dos 400M... eles sabem q há muitos Benfiquistas q queriam o ciclismo de volta...

      Eliminar
    5. Não foi uma rasteira Guachos, foi mais uma sodomização a la gangster. Depois de danilo, os corruptos de contumil vibram com mais uma cavalgada sobre os mouros.

      Eliminar
  3. É tão isto Guachos!

    Sobre a Mafia do Norte, vão para o terceiro ano consecutivo sem ganharem nada. Quero ver quanto tempo irão aguentar-se sem que os adeptos locais se passem da marmita e peçam para rolar cabeças naquela direcção. O Pinto da Costa está cada vez mais numa de sair daquilo. Estou certo que só não o faz porque se o fizer, sai directamente para a prisão. Contudo, o casamento com a brasileira, decerto que será uma fuga para o Brasil, muito ao jeito de muito bandido nortenho da altura do estado novo...

    De qualquer maneira, ainda sobre estes, podes explicar melhor em que consiste os tais "interesses sem controlo"? E, já agora, sabes quais são as contra-partidas da Doyen caso os seus jogadores não se valorizem como o esperado?

    Sobre os lagartos, gostava que detalhasses três assuntos: o "ChportAng", os "10M€ anuais perdoados(?) do BES e do Millennium ao Sporting" e o "CCfpf". Que histórias são essas?

    Grande abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enorme PP, Companheiro,

      Os "Interesses sem controlo" dos andruptos resultam de eles estarem a consolidar na sad a empresa que detém o estádio do ladrão, apesar da sad só deter 47,5% do Capital Social da Euroantas (acho que é assim que se chama a tal empresa).
      Desta forma, eles procederam ao aumento do Capital Social da andruptosad e safaram-se das consequencias do incumprimento do Fair Play Financeiro (pelos colossais prejuízos tidos nas 2 épocas anteriores).

      Não creio que existam consequências (da Doyen) no caso de não valorização dos atletas.

      Eu comecei a chamá-los ChportAng do millennium e espírito santo quando, ainda no tempo do gordinho, se falava que seriam capitais chineses e angolanos a safá-los de uma falência inadiável. Afinal, os chineses nunca apareceram (esses não têm nada de burros, ahahah).

      10M€/ano perdoados (pelo menos), porque é bem maior que esse o montante de juros que os 2 Bancos deixaram de receber e que estavam contratados nos contratos de mútuo que a osgalhada deixou de pagar.

      CCfpf - Comité de Controlo do Fair Play Financeiro, é a entidade que, na UEFA, aplica coercivamente as penalidades pelos incumprimentos dos clubes nessa sede.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
    2. Olá José, podes explicar melhor o que o CCfpf não fez na realidade? Era sobre isso que gostaria de saber... por acaso fiquei curioso sobre esse tema.

      Eliminar
    3. Companheiro,

      Os técnicos do tal CC têm o dever de "limpar" as contas dos clubes de quaisquer menipulações e/ou desvios da realidade, como, por exemplo, fizeram nos casos do Man. City e do PSG, cortando-lhes por metade o valor dos seus principais Sponsors (que também são os donos desses clubes), por estarem fora dos valores de mercado.
      Ora não há nada que esteja mais "fora das regras de mercado" do que o bónus que os beneficiados do bes contabilizam como custos financeiros, ou do que quando acontece um clubeco (andruptos) registar a venda de um atleta (Jackson) em junho e o clube comprador (Atl. Madrid) registar que a compra foi em julho ...

      O princípio do Fair Play Financeiro é, como indica o nome, fazer com que os clubes entrem em competição com as mesmas condições à partida, salvaguardadas as naturais diferenças e nenhumas outras: o caso dos beneficiados do bes e da respetiva "reestruturação financeira" constitui uma gritante subversão às regras da concorrência.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
  4. Caro José Albuquerque,
    Obrigado por este exercício de comparar as contas das 3 SAD's, no entanto, gostaria que esclarecesses o seguinte: a SAD do SL Benfica consolida todas as contas do grupo empresarial na SAD? Mas os lagartos têm diversos passivos espalhados por outras empresas do grupo lagarto? Em caso afirmativo a comparação acima descrita está inquinada, isto é, o cenário dos lagartos é ainda pior, correcto?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enorme Luís Lopes, Companheiro,

      Tens toda a razão!
      Enquanto as contas da Nossa SAD incluem todo o Grupo Benfica, exceto o Clube que não tem passivo bancário (porque quem lhe empresta dinheiro é a Nossa SAD), a osgasad só consolida a sociedade que detém os direitos de superfície dos terrenos de alvalidl.

      Confesso-te que não conheço com detalhe as contas totais das osgas (que foram apresentadas e votadas numa recente AG de osgasócios), mas dizem-me que o Companheiro Benfica Eagle (do NGB) publicou um texto em que descreve toda essa realidade, que se mede por um Passivo superior a 500M€ e Capitais Próprios negativos de cerca de 300M€.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
    2. Caro José Albuquerque, tens aqui o que o BE publicou.


      "Considerando todo o universo do Grupo Sporting (Clube, SAD, SPM, SGPS, etc), apresentou em termos "Consolidados":

      174,7M€ de Activo
      487,1M€ de Passivo
      - 312,5 M€ de capital próprio (negativo)

      De 1995 a 2013 o Grupo Sporting apresentou 357,5M€ de prejuízos acumulados.
      Estes valores (com referência a 30 de Junho de 2013) já são consolidados e excluem as operações intra-grupo, entre as várias empresas do "Grupo Sporting".

      A situação agora apresentada pela Auditoria é ainda mais grave do que a situação que tinha sido conhecida há 1 ano (178,2M€ de Activo, 443,7M€ de Passivo e -265,5M€ de capital próprio (negativo).

      Não admira que os Africanos estejam a chegar!
      O Sporting "Clube" não terá forma de pagar os 127M€ em VMOC's e é quase certo que a propriedade da Sporting "SAD" terá de passar para investidores .... quiçà "Africanos".


      Nem é preciso dizer mais nada. Eu tinha previsto a falência dos Sporténs mas esqueci-me que estamos em Portugal. Noutro pais europeu tinham mesmo - eram obrigados - fechado as portas. Os MPs locais não perdoavam porque as leis são para cumprir.

      Eliminar
  5. O aumento dos salários dos osgas só poderia ter sido mitigado com a qualificação para a FG da LC, o que não sucedeu. Cheira-me que terão de vender, e muito no verão para tentar equilibrar as contas destes salarios galopantes (e sem contar com as que Doyen). Os dragays, bem esses nem com os prémios dos 1/8 da LC se safarão de vender também muito no verão. É que os prémios ganhos até agora esta epoca, já estão contabilizados no trimestre passado.
    Ao Benfica resta-lhe, seguir serenamente o rumo delineado, e esperar, como na historia do Touro e do Sapo, que os rivais rebentem de tanto inchar.

    ResponderEliminar
  6. Saudações Benfiquistas,tudo isto é Guachos,tudo isto é J.ALbuquerque!!!
    EXCELENTE,só não mando a amigos osgas ,porque senão eles abrem os olhos hahahaha
    Carrega José Albuquerque
    Carrega Benfica

    ResponderEliminar
  7. Caro José Albuquerque, tens aqui o que o BE publicou.


    "Considerando todo o universo do Grupo Sporting (Clube, SAD, SPM, SGPS, etc), apresentou em termos "Consolidados":

    174,7M€ de Activo
    487,1M€ de Passivo
    - 312,5 M€ de capital próprio (negativo)

    De 1995 a 2013 o Grupo Sporting apresentou 357,5M€ de prejuízos acumulados.
    Estes valores (com referência a 30 de Junho de 2013) já são consolidados e excluem as operações intra-grupo, entre as várias empresas do "Grupo Sporting".

    A situação agora apresentada pela Auditoria é ainda mais grave do que a situação que tinha sido conhecida há 1 ano (178,2M€ de Activo, 443,7M€ de Passivo e -265,5M€ de capital próprio (negativo).

    Não admira que os Africanos estejam a chegar!
    O Sporting "Clube" não terá forma de pagar os 127M€ em VMOC's e é quase certo que a propriedade da Sporting "SAD" terá de passar para investidores .... quiçà "Africanos".


    Nem é preciso dizer mais nada. Eu tinha previsto a falência dos Sporténs mas esqueci-me que estamos em Portugal. Noutro pais europeu tinham mesmo fechado as portas. Os MPs locais não perdoavam porque as leis são para cumprir.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enorme Manuel, Companheiro,

      Obrigado por aqui divulgares esses números que são eloquentes!

      Todos os Leitores do GUACHOS sabem qual é a minha opinião sobre o Benfica Eagle: acho vergonhoso que uma pessoa com competências técnicas se dedique, por vezes, à mais baixa demagogia e especulação ao serviço de um antivieirismo demente, mas ... nunca o vi publicar um número errado.

      Em qualquer país decente, os gestores bancários que permitiram a situação da osgalhada tinham sido levados à barra dos tribunais pelos seus próprios Acionistas.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
  8. Caro José,

    Não querendo ser desmancha-prazeres, tenho sérias dúvidas quanto ao abismo para esses 2 clubes.
    Por um lado, já se viu o que aconteceu com o Sporting, perdão de juros e multas inerentes a não cumprimento de prazos de pagamento de juros e capital, por parte de 2 bancos intervencionados, que resultaram num perdão imediato de mais de 12 milhões de euros e além disso o estabelecimento de empréstimos que só vencem juros a taxas muito baixas em caso de resultados positivos. Volto a referir que se tratam de bancos para os quais o Estado pediu empréstimos à Troika para apoiá-los numa fase difícil, empréstimos esses que os portugueses pagaram com língua de palmo. O caso do Sporting é vergonhoso, mas foi negociado pelo Ricciardi e pelo Godinho antes de perderem as eleições. Se a isso juntarmos o investimento de uma sociedade detida por um senhor associado a um escândalo financeiro que ameaçou acabar com o banco privado português mais antigo, penso que isso mostra à saciedade que dificilmente se deixará cair algum clube. Mesmo sem estarem na Champions, caso ganhem o campeonato e ao contrário de muitos, eu acredito na competência da actua equipa técnica deles, poderão começar a vender jogadores por valores significativos para a sua realidade. Mais ainda, a maioria dos jogadores deles potencialmente vendáveis, foram formados no clube e cujo valor em balanço deve ser muito reduzido. Bastar-lhes-á fazer 50 milhões em vendas para que os seus proveitos líquidos atinjam os 40 milhões de euros, o que mais do que lhes equilibrar o orçamento, dar-lhes-ia folga para investirem no reforço da equipa.

    Quanto ao Porto, sabes tão bem quanto eu, que têm fácil acesso ao mercado, conseguindo sempre vendas por valores significativos o que lhes tem permitido um gestão muito acima das possibilidades. Se com o sucesso do Benfica foram obrigados a aumentar a parada, um novo insucesso, levar-lhes-á a novos investimentos na equipa de futebol, baseados em vendas cirúrgicas - Brahimi, Tello, Ruben Neves e Corona são activos potencialmente vendáveis por valores interessantes. Além disso, não acredito que mantenham a situação de ausência de sponsors para a próxima época.

    Com isto quero dizer que apesar de a situação deles ser menos animadora que a nossa, não acredito que quer a curto, quer a médio ou mesmo a longo prazo esses dois clubes deixem de ser competidores. O que pode aumentar as dificuldades para esses clubes é o TAS pôr um travão nas calotices de Alvalade ou o papa reformar-se, pois mesmo estando cada vez mais aviagrado, é a cola que une os adeptos, os políticos, os empresários (não só os do futebol) e todas os demais que gravitam à volta do pólo anti-Benfica/Lisboa.

    Posto isto, acho que tens razão quando falas da perda de tempo que é dedicar-mo-nos a eles. Vamos trilhar o nosso caminho e se e quando tiverem algo para nos ensinar, então aí sim, logo nos preocupemos em ver o que temos que aprender em termos de gestão. Não vale é a pena ilusionar-mo-nos quanto ao seu desaparecimento/enfraquecimento.

    Viva o Benfica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enorme BCool, Amigo e Companheiro,

      Antes de mais, tu sabes com que prazer respondo a este teu comentário aqui no GUACHOS: Obrigado pela oportunidade.

      E estou inteiramente de acordo contigo quando alertas para que nunca, mas nunca mesmo, osgalhada e andruptos vão desaparecer do mapa.
      Mais que isso e tu sabe-lo bem, eu estou absolutamente convencido de que, uns e outros, as osgas primeiro, vão passar para as mãos de investidores e isso vai acontecer com o apoio dos seus adeptos (adeptos do anti Benfica), exatamente para se poderem manter desportivamente competitivos com o Glorioso, pelo menos no que respeita ao futebol e às competições internas.

      Quanto ao perdão de juros aos beneficiados do BES, nem os meus 10 (mínimo), nem os teus 12M€: a serem corretos aqueles números que o Companheiro Manuel aqui reproduziu, o "bolo" tem de ser bem maior.

      Cá te espero, o mais tardar a seguir ao dia 10, para contribuires com a tua visão sobre a parceria (espero que o seja) com a NOS.

      Abraço e

      Viva o Benfica!

      Eliminar
    2. Excelente comentário. Permita-me apenas discordar da competência da equipa técnica liderada pelo velho treinador. E da possibilidade de fazerem bons negócios em vendas de jogadores, neste caso também me refiro aos corruptos.

      Eliminar
    3. Não estou nada de acordo. Em primeiro lugar eu próprio, e por "defeito profissional" (ahahahah), olho sempre para o que os adversários fazem. "Um olho no burro, outro no cigano" é um princípio meu.
      É um princípio de gestão que é importante preservar. Embora sem nunca desviar os olhos da nossa estrada que é o mais importante. Para não descarrilar.

      Quanto aos lagartos já deviam ter fechado a porta. Ponto final! A realidade é que não fecharam e por isso temos de ser realistas. No entanto, a realidade é que estão com grandes problemas de liquidez, já têm salários em atraso, o JJ é um deles, outros pagamentos por fazer, atrasos graves que a par de outros factores, para quem tem estado distraído têm no balanço uma coisa que chamam "descoberto bancário" de 26,8M (MILHÕES) que no fim de contas é um empréstimo encapotado, que de acordo com o que é habito no mundo bancário devia ser cobrado a juros mais elevados. Não é.

      Se vencessem o campeonato, o que eu não acredito, do ponto de vista de liquidez e resultados é mau. Porquê? Porque têm prémios elevados a pagar a treinadores e jogadores. Para além disso não é a vitória do campeonato português que irá valorizar os jogadores, é a Champions!
      Falo dos negócios de dezenas de milhões porque negócios de "mijinhas" qualquer vitória serve. Eles para para fazerem vendas de 50M brutos (30M líquidos) terão de vender muito. Apenas o caso Doyen pode dar-lhes um rombo de quase 20M e depená-los do ponto de vista de tesouraria.
      Na Champions não estão! Pior, tiveram um desempenho medíocre!
      Já há salários em atrasos, prémios em atraso, ainda estamos no princípio de Dezembro e consta que o Badochas já foi "confrontado".

      (continua)

      Eliminar

    4. Quanto ao Porto estão cada vez pior e isso nota-se de cada vez que apresentam contas. Estão num plano inclinado há anos. Basta dizer apenas isto:

      1. Utilizaram 15M do Empréstimo Obrigacionista (EO) para pagar despesas correntes em 2014/15. Já foram gastos.

      2. Ao contrário que se afirma, já não conseguem empréstimos bancários, muito menos dos bancos portugueses. O que fazem? Isto:

      3. Anteciparam receitas com a ajuda do Internationales Bankhaus Bodensee (IBB).

      A) O empréstimo 12M€ aberto em Maio apresentou como garantia o PRÉMIO de participação na Champions 2015-16. Esses proveitos já foram.
      B) O patrocínio da Warrior serve de garantia para um crédito de 1,533M€, aberto em janeiro de 2015. Também já foi.
      C) O market-pool da UEFA já foi destinado ao mesmo banco, como garantia de um empréstimo de 2,84M€, também de Julho. Também já foi.
      D) Empréstimo de 12M€ em Julho dando como garantia precisamente os 12M€ que o Real Madrid ainda tem que pagar por Danilo em Dezembro. Também já foi.

      Agora a cereja no topo do bolo.
      E) Para garantia do empréstimo de 22,195M€, a SAD antecipou o dinheiro a receber da Juventus por Alex Sandro. Esse também irá.
      A Juventus irá pagar os restantes 15M em Julho de 2017. Mas o dinheiro já veio e irá ser gasto até ao fim deste ano. Como sei isso? Porque no fim do 1º T o Porto tinha cerca de 32M em caixa. Ora isso é o que eles gastam em custos de exploração nos 3 meses (10M/mês) até ao fim de dezembro. Esse dinheiro é o que resta de todas antecipações que fizeram junto do IBB que ultrapassam os 40M em 2015.

      4) Não estou a contar com o que têm de pagar a fornecedores (curto prazo) pelas compras que fizeram no verão de 2014 (mais de 40M) e no princípio deste ano (outros ~40M). Não admira que o passivo tenha aumentado mais de 40M nos 3 primeiros meses deste ano.

      5) As taxas do IBB têm vindo a subir, de 4%, depois 5%, agora com Alex Sandro 6%. Em 2015 o FC Porto já pediu 40M€ ao IBB, de um total de 78M€ de dívida corrente.

      6) O Porto tem ainda a receber 17M€ em dívida do Mangala, que foi renegociada e tem como prazo de vencimento setembro de 2016. Depois de Mangala sair, a SAD deu Danilo como garantia do empréstimo ao NB. Agora que Danilo saiu, passam a estar dois jogadores sob garantia: Brahimi e Herrera.

      7) O Porto já paga tanto juros como o Benfica apesar de ter um passivo menor, mas sempre a subir. Aumentou 100% em 6 anos. Já pagam cerca de 1,5M/mês de juros.

      8) Deviam ter pago 10M ao Marselha pelo Imbula em Julho e Setembro, que os ameaçou com carta registada, falharam os pagamentos e empurraram a dívida com a barriga. Mau sinal…

      9) Deviam ter pago um empréstimo de 25M ao NB em Setembro, pagaram apenas 8M e empurram o resto (17M) um ano.

      10) Podia continuar com o facto de não terem jogadores com 100% para vender. Do Abouba têm 30%, do Brahimi 50%, Herrera 80%, Corona 70%, Layun está emprestado assim como Tello. Maxi, Casillas e Helton estão velhos mas custam os olhos da cara.

      11) Têm cerca de 100M emprestados uma grande parte não está paga. As mais valias e as vendas não devem dar para muito.

      12) Podem vender os portugueses Danilo, André e o miúdo Ruben dos quais têm 100%.

      13) É bom não esquecer que tudo o que compraram este verão, mais de 45M, foi tudo a crédito, isto é, está tudo em dívida, Imbula, Corona, Danilo, André, etc. Já para não falar no que compraram o ano passado.

      Como já afirmei várias vezes, é gestão ao sabor do vento, "come d´habitude". Sempre foi assim.
      Quando a concorrência aperta… como diz Warren Buffet, "quando a maré baixa é que se vê quem anda a nadar sem calções".

      Eliminar
    5. Os corruptos e os beneficiados não estão no abismo pq, como diz o ditado - "deves 1 milhão, és 1 barão"...

      Eliminar
  9. Caro José Albuquerque, mais um excelente Post, como é hábito.

    É verdade, fui eu que inventei a expressão beneficiados do BES. Depois de tantas vezes ouvir falar dos lesados do mesmo banco, lembrei-me do perdão dos juros e do sobrinho e pensei - espera lá, mas não há só lesados; há uns tipos que são beneficiados...

    ResponderEliminar
  10. Caro Benfiquista José Albuquerque

    Como não sou versado nestas questões contabilísticas e económico-financeiras, pedia-lhe um esclarecimento por motivos de ter já lido e ouvido discrepâncias que não têm (ou eu não tenho sabido encontrar) o devido realce.
    A questão é esta:
    - quando coloca o quadro e os números dos activos e passivos totais em confronto, está a comparar realidade semelhantes?
    - Isto é, sabendo que o activo e o passivo totais do Benfica são consolidados, são do conjunto de todas as empresas participadas e não apenas da sociedade que rege o futebol profissional (Benfica Futebol SAD), passa-se o mesmo com os outros?
    - por exemplo, o passivo total do SCP que apresentou não é apenas o da sua SAD de futebol?
    - e o do FCP, idem, aspas, aspas?

    Se me puder esclarecer estas dúvidas ficaria muito grato porque bem mais apetrechado para defender o nosso Glorioso e dar trancada no ignorante esverdeado e azulado.

    Saudações Benfiquistas, Companheiro.

    ResponderEliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não vale a pena perderes tempo...faz-te à vida malandro.