quinta-feira, 19 de maio de 2016

Vá lá entender-se os especialistas!

Norte da América, Austrália e China! Milhões e prestigio às toneladas chamam os grandes clubes da Europa que ali acorrem, encantados. 
Muito foi dito, e continua a dizer-se, sobre a participação do tricampeão nacional na «International Champions Cup 2015» - competição que reúne a nata do futebol europeu, interessada em expandir as sua marca em mercados onde o dinheiro abunda. Emparceirar com equipas, como Inter, Milan, Fiorentina, Roma, Barcelona, Atlético, Real Madrid, Paris Saint-Germain, Manchester United, Manchester City, Leicester City, Chelsea, Arsenal, Tottenham, Liverpool, Bayern de Munique e Borrussia Dortmund, não é para quem quer. É só para quem pode! E só um perfeito idiota pode sequer pensar em recusar um convite dessa grandeza! 

Assim mesmo, especialistas de todos os géneros, desde os expert em temperaturas tropicais, dos treinos e da táctica em condições adversas, passando pelos que sabem tudo de medicina desportiva e tempos de recuperação, aos inevitáveis craques do planeamento da época, das compras e das vendas ao desbarato, da fisioterapia e das viagens sem sair da porta de casa - todos juraram que a época do tricampeão seria uma catástrofe, um apocalipse de proporções épicas, capaz de catapultar os compadres de Contumil e do Lumiar para épocas de inesquecíveis conquistas, esses sim, que aproveitaram a pré-época para, com tranquilidade e sapiência, prepararem o futuro magnifico que só os tolos não viam estar ali mesmo, ao pé da porta! (não constam nesta lista os especialistas da dor de cotovelo e de corno)

Nos outros países não faço ideia de como os clubes mais importantes projectam as suas épocas, mas imagino que nenhum gestor, presidente, treinador ou departamento médico, se atreva a fazê-lo sem antes consultar sapientes paineleiros ou os especialistas da internet...terá sido por isso que partiram alegremente para as longínquas terras prometidas...
Falando apenas dos mais conhecidos, os clubes europeus, analisemos então o que foram as épocas dos clubes envolvidos nessa tenebrosa e maléfica competição que tanta tinta (ainda) faz correr...

Foi este o resultado da participação catastrófica - segundo os especialistas - das equipas europeias na International Champions Cup 2015!...

Na Alemanha - Bayern de Munique e Borrussia terminaram nos primeiros lugares da classificação e disputarão a final da taça entre si!
Em Espanha - Barcelona, Real Madrid e Atlético acabaram nos três primeiros lugares do campeonato. Real e Atlético estão na final da Champions! O Barcelona está na final da Taça do Rei.
PSG - campeão francês e vencedor da Taça da Liga; está na final da Taça de França.
Juventus - campeão de Itália; está na final da Taça. Fiorentina, Roma e Inter ficaram nos lugares europeus.
Em Inglaterra -  campeão Leicester City; Arsenal, Tottenham, Manchester City e Manchester United nos primeiros lugares; Liverpool finalista da Liga Europa. Manchester United na final da Taça e o Manchester City conquistou a taça da liga frente ao...Liverpool.
Celtic - campeão escocês.

Em Portugal - apesar dos festejos lagartos e do melhor futebol do universo - o Benfica foi campeão (tricampeão) batendo todos os recordes de pontos e golos marcados. Chegou aos quartos de final da Champions League e está na final da Taça da Liga!
Vá lá entender-se os especialistas!

33 comentários:

  1. Acabei de abrir o blog taliban NGB. De vez em quando visito aquela casa de putas só para me rir um bocado.
    Mas hoje nem deu para rir. Então não é que aqueles ordinários de merda já andam a prever o descalabro da próxima época?!? Não faz 5 dias de nos termos sagrado tri-campeões, com a final da taça da liga para disputar amanhã, e aqueles filhos da puta já entraram em campanha para a próxima época?!?
    Metidos num contentor e enviados para a Síria vestidinhos de preto, e um recado ao Putin com local e hora, perdia-se alguma coisa?

    Caro Guachos, eu não sei se vamos voltar a repetir a nossa presença na Internacional Champions Cup.
    Mas seja nas Américas, no Seixal, na Suiça, ou no Azerbeijão, há uma coisa que é certa.
    Vai ser uma pré-época miserável, mal preparada, mal pensada, mal executada.

    Mas também não interessa nada. Segundo o pasquim record, o campeão da próxima época já está encontrado de qualquer forma.
    Segundo um tal de Alexandre Carvalho, jornaleiro do referido pasquim, "...João Palhinha e Luri Medeiros vão integrar a equipa que vai alcançar o tão almejado título em 2016/2017. ..."


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dão com o cornos na parede todos os anos, mas não aprendem.
      Se não fosse assim marravam aonde?

      Eliminar
    2. Tudo o q for menos do q dar passeios de bicicleta na Suiça é para esquecer...

      Eliminar
  2. Caríssimo e grandíssimo amigo Guachos,

    Não diria que está dar uma estalada nos especialistas! É que com a tua soberba chamada de atenção final, isto faz lembrar mais o hobby do simpático Vlad o empalador dos Cárpatos!!!

    Cada exemplo que colocaste é uma estaca no traseiro da matilha taliban.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa coisa da estaca,para eles,não é tortura...é prazer!!!arranja outra,eheehh!

      Eliminar
  3. Vamos por partes:

    1. Um convite destes deve ser aceite, pois dá muito prestígio, além do dinheiro. Daí até ser bom desportivamente, vão outros quinhentos. E se é verdade que o Benfica foi campeão, também é verdade que começou muito mal a época.
    2. Se a participação no torneio foi bem aceite, já o jogo inaugural do estádio, no México, a menos de uma semana do jogo para a supertaça, foi brincar com o fogo. Todos sabemos que, mesmo com ajuda química, o jet-lag não é fácil de ultrapassar em tão poucos dias. Terminado o torneio, a equipa devia ter regressado logo a Portugal, onde deveria fazer mais um ou dois (ou mesmo três, se possível) jogos de preparação.
    3. Para mim o maior problema nem foram as viagens, mas sim o baixo número de jogos efectuado na pré-época. Com um treinador novo, a precisar de assentar as suas ideias para a equipa, impunham-se, pelo menos, nove jogos na pré-época; fizeram-se cinco. Conclusão? Rui Vitória andou a apalpar terreno no início do campeonato. Foi como se os primeiros jogos oficiais ainda tivessem pertencido à pré-época, daí as baixas prestações.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Seria brincar com o fogo se o objectivo da época fosse ganhar a super-taça. Até aí, mesmo eu, que não sou especialista de nada, (no reino da bola) sou capaz de observar. O resto deixo para quem no Benfica tem essa responsabilidade e competências. E como os resultados indicam - mais uma vez - são eles que estão certos.

      Eliminar
    2. Caro António Viegas, o RVitória não andou a "apalpar terreno" na "Pré-Época Desastrosa" e no "Início do Campeonato Desastroso" - andou, mesmo, "nas nuvens"... e lá continua...

      Eliminar
    3. Acho que todas as equipas gostam de começar bem a época, ou não? De notar que isso não quer dizer apontar o pico de forma para o início da mesma (como fez o JJ), mas tão só ter uma equipa já rotinada e com o onze base e o modelo de jogo minimamente consolidados.
      Claro que podemos sempre começar mal e acabar bem, mas todos nos lembramos da 2ª época de JJ, em que o campeonato ficou comprometido nas primeiras 4 jornadas.

      Eliminar
    4. Só mais uma coisa: Como fomos campeões, tirar daí a conclusão de que tudo foi bem planeado, parece-me perigoso. Um equipa para vencer regularmente, tem de estar sempre em auto-análise, para poder aprender com os próprios erros, mesmo quando a coisas acabam bem.
      No último ano em que os corruptos foram campeões, também acharam que tudo estava bem, e depois foi o que se viu...
      Mas se bem conheço a estrutura do Benfica, vão com certeza fazer uma análise aprofundada de toda a época, para identificar eventuais erros e não os voltar a cometer.

      Eliminar
    5. Pelo atrás explicado é que eu acho que, para o ano, temos fortes hipóteses de chegar ao Tetra e seis.
      Palpita-me que vamos garantir o título na antepenúltima jornada. Na Champions League, acho que as meias-finais estão ao nosso alcance. E se lá chegarmos, o céu é o limite...
      Chamem-me maluco, mas é este o meu feeling.

      Eliminar
    6. Caro António Viegas,
      A pré-época foi muito bem planeada, isto porque é necessário ter dinheiro para pagar aos jogadores e funcionários.
      Outros andaram a dar passeios de bicicleta ou a defrontar equipas fortíssimas como o Atlético e depois tiveram de trocar aviões por barcos ou contratar suks e maregas...
      Esses sim, planearam mal a época.

      Eliminar
  4. Parabéns Guachos! - aí está a "Pré-Época Desastrosa" em todo o seu esplendor!

    Mas há + temas para a "Silly Season":

    - A "Mudança de Paradigma" (qd tudo estava a correr bem...)

    - O "Futebol aos Repelões", "Sem Fio-de-Jogo" c/ "Charutos" e "Rasgos"

    - O "Treinador de Equipa Pequena" (consagrado, posteriormente, em Alvalade)

    - A "Equipa sem Laterais"

    - As "Boleias para o Aeroporto" para jogadores como Talisca, Eliseu ou Fejsa (sim, Fejsa...)

    - As listas se substitutos para o Rui Vitória

    ResponderEliminar
  5. Um clube grande tem de se habituar a isto e tirar partido. A verdade é que muitos começaram o campeonato num ritmo mais baixo mas todos recuperaram.

    E aqui houve a sensação de que começou mal porque outros apostaram tudo no início da época por motivos de motivação e de dinheiro, falhando o segundo. A verdade é que, por incrível que pareça, a equipa do JJ quebrou num dos momentos em que costuma ser mais forte (janeiro até março)... e temos pena.

    Vamos lá é esperar para fazer balanços destes porque amanhã ainda é época para nós :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Discordo - eles não quebraram nessa altura - foram levados ao colo das arbitragens e das malas no início e no fim do campeonato.

      De Janeiro a Março apenas se descuidaram - pensavam q já estava no papo...

      Eliminar
    2. Também existe isso. Aliás, no final do campeonato foi isso e as equipas que perdiam qualquer vontade de tentar ganhar pontos a eles.

      Mas eles jogaram melhor no início da época onde tentaram ganhar moral, confiança e dinheiro.

      E de Janeiro a Março também tiveram ajudas (como em Guimarães) mas não chegou :P

      Eliminar
  6. Guachos, meu Bom Amigo,
    Bom dia a todos os Companheiros,

    Mais uma visita e ... mais um texto fundamental!
    Nós os dois podemos não ter sido os primeiros a apaixonar-mo-nos pelo Nosso Técnico, mas na crítica aos "críticos da pré-época" ... acertámos em cheio.

    Lembras-te de quando eu escrevia sobre as Nossas três batalhas (resultados desportivos, resultados económicos e comunicação) contra o POLVO?
    Pois bem, depois de o Clube ter demonstrado tudo o que eu defendia em termos de estratégia de comunicação, goleando os Nossos inimigos por um resultado avassalador, eu vou retirar este item da lista (a partir desta época a Nossa superioridade, em termos de comunicação, deixa de ser contestável) para o substituir pela "Batalha da Internacionalização" (honras ao Companheiro B Cool, por ter tido razão sobre este aspeto, ainda que a tivesse "antes de tempo").

    Acabei de ler (no FT) que o Presidente está de visita à China e eu espero que ele, entre outras coisas, esteja a tratar da próxima pré-época da Equipa (e, porque não, das duas ... Honra e B).
    Dir-me-ão que é preferível aproveitar para visitar países com grandes comunidades lusófonas e eu reconheço a validade desse argumento, mas recordo a todos o papel absolutamente determinante (em todos os prazos) da China, especialmente quando os seus líderes tomaram a decisão estratégica de apostar no chamado "Desporto Rei".

    Claro que as variáveis a equacionar são múltiplas e eu desconheço quase todas, mas, na generalidade, ficaria radiante se as Nossas Equipas viessem a fazer parte da pré-época no extremo oriente (o maior jet-lag possível, ahahah), especialmente se isso resultasse de um envolvimento total dos Nossos parceiros da Huawey.

    O maior trunfo de uma estratégia de Marketing não é o seu brilhantismo: é a sua COERÊNCIA!

    Portanto, Guachos e demais Companheiros, já ficaram avisados de que, quando eu regressar aos textos (sim, já é só uma questão de tempo), vou fazê-lo estreando um novo "cavalo de batalha": a internacionalização da Nossa Marca.

    Viva o Benfica!
    (José Albuquerque)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hahahaah! As boas notícias não param! Só faltas mesmo tu para animar ainda mais a malta. Este blog já tem saudades do enorme Albuquerque! A concretizar-se a pré-época na China os talibans (e os outros da dor de corno) vão saltar como sapos! Hahahaha!

      Eliminar
    2. Guachos, meu Bom Amigo,

      Apercebi-me, agora, que aquele meu desejo pode ser interpretado como alguma informação privilegiada à qual eu tivesse tido acesso, mas juro que não: trata-se, apenas, disso mesmo ... algo que me deixaria radiante.

      Entretanto (tu já sabias) e uma vez que me dizem que já há muita "contra informação" a propósito da transferência do "Bulo", eu desafio os Companheiros Leitores do GUACHOS a guardarem este meu comentário, para, daqui por 5 anos, me poderem chamar todos os nomes feios se o seguinte não se vier a verificar nos Nossos "R&C": 35M€ mais 5 pagamentos adicionais de 5M€ cada, para um total mínimo de 60M€.

      E não posso explicar porquê, mas os termos deste contrato (assinado em exemplar único, convenientemente depositado num cofre de um Banco, depois de competente auditoria) não se devem a nenhum "cuidado com o Fair Play Financeiro", como parece que já foi escrito por alguns especuladores, uma vez que os dois Clubes signatários cumprem largamente os requisitos desse sistema de controle.

      Viva o Benfica!
      (José Albuquerque)

      Eliminar
    3. Ah, não. Congratulei-me com a tua volta à escrita. Na China ou na América o que eu quero é terminar a época no Marquês...

      Eliminar
    4. José Albuquerque e aquele seu post/comentário sobre o treinador Rui Vitória?

      M.Marques

      Eliminar
    5. Meu Maro M. Marques,
      (Se não me engano, tu és um Companheiro de longa data, nesta leitura dos Nossos blogues)

      Ainda bem que me recordaste desse texto (à laia de "carta aberta") que eu escrevi ao Nosso Técnico, porque eu creio que a época demonstrou terem sido erros estrear o Nelsinho sem ter o Capitão ao seu lado, colocar o "Pistolas", ainda por cima só, lá na posição 9 e, ainda pior, trocá-lo pelo "Mitrogolo", nos derradeiros minutos e depois de apenas 2 treinos efetuados.
      Ou seja e se bem te recordas, o que eu fiz foi uma crítica positiva e correta, para mais acompanhada do que me parece ter sido uma excelente sugestão: Mister, aproveite o máximo possível do sistema em que a Equipa estava habituada a competir e, depois, quando a vir estabilizada, introduza-lhe os enriquecimentos táticos que preferir.

      Achas que eu estive mal e me devo penitenciar por essas críticas e sugestão?

      Acresce que, como tu bem sabes, eu sou um fanático da "estabilidade técnica" (paranóia que, inclusivé, me levou a defender a manutenção do "Quique" Flores), principal razão pela qual eu, que me lembre e desde a 2ª passagem do Erikson, só aplaudi uma troca de Técnico: quando da chegada do Trap!

      E mesmo essa, além de muitos argumentos racionais, teve uma razão emocional: a de saber que ia poder chamar-lhe FDGP pela agressão cobarde dele ao Nosso Monstro Sagrado naquela vergonhosa Final da TCCE, ahahah (e juro-te que lhe chamei isso mesmo; isso e ainda pior).

      Viva o Benfica!
      (José Albuquerque)

      Eliminar
    6. Companheiros,

      Quando, mais acima, eu me referi à Huawei e ao seu desejável (necessário, até) envolvimento quando a(s) Equipa(s) for(em) estagiar à China, obviamente não me referi a todos os Nossos outros principais Sponsors (Adidas, SAGRES, Emirates, Coca Cola, NOS/BTV, etc., etc.) para não me alongar no texto, quando a forma como eu vejo esses estágios da(s) Equipa(s) (Honra, B e, porque não, reforçadas com outras modalidades) é a de oportunidades para deslocar verdadeiras "Embaixadas Itinerantes" do Clube (uma espécie de "Presidência Aberta", à escala do Maior Clube do Mundo), com o envolvimento empenhado dos Nossos Sponsors e visando, além da preparação desportiva da(s) Equipa(s) e do "aproach" aos mercados alvo, o estebelecimento de relações o mais estáveis e duradouras possível com os clubes mais representativos desse(s) país(es).

      A International Champions Cup oferece-Nos a vantagem adicional de ser um "veículo global com posterior impacto local" nas regiões em que a Equipa se instala e joga, o que não constitui condição nem necessária, nem suficiente.
      A Nossa Marca (e as Nossas Equipas, modalidades incluídas e BTV incluída), desde que com um envolvimento dos Nossos Sponsors, tem força e penetração mais do que bastante para enquadrar esse tipo de "embaixada" a que me referi antes.

      Viva o Benfica!
      (José Albuquerque)

      Eliminar
  7. Muito bom post. Mais um a desmascarar os talibans que já andam com o pito aos saltos a fazer de caixa de ressonância da propaganda lagarta que querem ver metade da equipa vendida.

    Afinal, a miserável pré época, como os talibans ainda lhe chamam, (ui como eles já andam a sair de debaixo das pedras onde hibernaram), foi um sucesso não só no aspecto financeiro como de imagem e marketing já que levámos o Benfica a novos mercados. Desportivamente não terá sido a melhor mas ficámos em boa companhia com o Barcelona, MU, Chelsea, etc. Mas é claro que esses não percebem nada de marketing.

    Lembro-me bem do ano passado em que aconteceu exactamente o mesmo. Metade da equipa estava vendida. Afinal não saiu quase ninguém, Maxi e Lima, e ainda fomos buscar o Julio César, o Ederson, o Carcela e uma catrefada de miúdos fora e dentro.

    Este ano não precisamos de ir buscar fora miúdos já que os temos dentro de portas na equipa B. Estes serão os maiores reforços do anO como foram o ano passado o Renato, o Guedes, o Semedo, o Ederson e outros.

    Atenção que os lagartos começam este ano mais cedo com a propaganda para atacarem o próximo campeonato. O ruído já começa a subir em termos de vendas. Temas a equipa toda vendida, até alguns jogadora da B.
    A plantação de notícias em jornais e sites, até no estrangeiro, é impressionante. Em Itália então tudo que de lá vem sobre o Benfica é mentira! Tudo! Ainda não acertaram em nada porque é tudo plantado! Há anos que é assim!




    ResponderEliminar
  8. Até o Grimaldo que fez 3 jogos a titular está a caminho do Dortmund.....mas ainda há pessoas que vão atrás disto?

    ResponderEliminar
  9. Bem-vindo de volta, caríssimo e grandíssimo amigo José Albuquerque,

    Em boa verdade, sempre preferi os originais aos sucedâneos, pelo que me congratulo com o regresso do selo de qualidade e Benfiquismo puro e inteligente da região demarcada enormerrimo.

    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Amigo Mathayus,

      Agradeço-te, derretido, mais este teu Abraçalhão, mas ... peço-te que mantenhas a elegância merecida pelo Nosso Companheiro que, mesmo com algum sacrifício pessoal, aceitou garantir a habitual análise económica aos Nossos "R&C", coisa que, aliás, ele tem feito com brilhantismo.

      Viva o Benfica!
      (José Albuquerque)

      Eliminar
    2. Exacto, Mathayus. Sinto-me honrado com a preferência do José, mas tenho enorme apreço pelo B Cool, a quem agradeço a prestimosa colaboração. Espero que volte em breve ao nosso convívio, com a qualidade que o Nosso Albuquerque lhe reconhece.

      Eliminar
    3. Caríssimos e enormérrimos amigos Guachos e José Albuquerque,

      Peço-vos perdão pela falta de elegância deste meu comentário, a qual reconheço verdadeiramente.

      Em boa verdade, ainda que não tenha sido " bonito " vi-me obrigado a optar por entre dois caminhos: a deselegância ou a hipocrisia pessoal.

      É que para além dos méritos e sapiência desse Benfiquista na área económica (que não tenho sequer como questionar, em face da minha total ignorância e desconhecimento na área), é a sua forma de ver o Benfica que sempre me fez lembrar demasiado outras visões que sempre aqui tanto critiquei.

      Optei portanto pela clareza e objectividade, em detrimento da omissão. Todavia e acima de tudo, penitencio-me pelo incomodo e constrangimento que causei, particularmente ao amigo Guachos pois não o merecia de forma alguma.

      Grande abraço.

      Eliminar
    4. Ficas perdoado com 36 penitências, já na próxima época, em forma de post..

      Eliminar
    5. He,he,he,he,he... fica prometido. A minha inspiração há-de regressar, grandíssimo amigo.

      Eliminar
  10. "Vá lá entender-se os especialistas!" kkkkk Especialistas?! kkkkk qual especialistas qual quê? Estão mais para pés de microfone, junta letras, leitores de guiões encomendados, paineleiros "bem" "informados" e sincronizados nas letras das "musicas" do momento...em suma, carneiros em rebanho todos berrando em uníssono...Méééééééééééé....

    ResponderEliminar
  11. CARREGA BENFICA!!! Mais um caneco.
    Ver o Jonas e o Samaris a celebrar todos os golos como se fossem miudos a fazer o primeiro golo é Lindo!!!!

    ResponderEliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não vale a pena perderes tempo...faz-te à vida malandro.