quinta-feira, 8 de setembro de 2016

Está em grande forma o Presidente Vieira

Maduro, seguro do que quer para si e para o Benfica, sem fugir a nenhuma pergunta incómoda, frontal e objectivo, Luís Filipe Vieira falou muito do Benfica de hoje mas vê-se que já está mais focado no Benfica do futuro.
José Alberto carvalho fez o que pode, e não pode muito, mas quem salvou a noite foram Diamantino, Pedro Ribeiro e o Domingos Amaral, que levavam na ponta da língua todas as perguntas incomodas que os talibans exigiam na internet! Até parecia encomenda! Mas nem assim ficaram (os talibans) satisfeitos. Na opinião dessa escumalha, eles faziam as perguntas que lhes apetecesse mas só aceitavam as respostas que lhes dessem razão. No entender dessa canalha - já não lhes basta que todas as perguntas que eles queriam que fossem feitas tivessem sido feitas. Para esses democratas seria preciso também obrigar o Presidente a responder como eles queriam que ele respondesse. 

Ideias fortes...
O «tetra» e a confirmação da afirmação na Europa como grandes objectivos para esta época. 
Um Benfica cada vez mais jovem e mais português - cada vez mais, Made in Seixal.
Continuar competitivos, baixar folha salarial e reduzir a dívida.
O Seixal é, e vai ser ainda mais, a mola real do Clube.

Jorge lagarto "é uma página do passado do Benfica"
O anterior treinador não servia para o Benfica do futuro. Não por incapacidade profissional mas porque não é capaz de olhar para alem do umbigo. Ao contrario de Rui Vitória que mereceu grandes elogios às suas qualidades humanas e profissionais, e à sua capacidade de trabalhar em equipa, pensando e reflectindo em conjunto com a estrutura o futuro do Benfica - a curto, médio e a longo prazo.

Luisão (interpretação minha) sairá quando quiser, se quiser, mas está mesmo na sua ultima época de Benfica.
Markovic pode assinar por quem lhe apetecer e ninguém lhe pode levar a mal.
Taarabt nunca mais jogará no Benfica. Uma revelação que me pareceu reveladora mas, quiçá, extemporânea dita publicamente...
O Talisca é um mentiroso que fala demais na Turquia, e talvez tenha falado, e ouvido, demais durante a ultima temporada na Luz, usando, muito provavelmente, canais transviados para se fazer entender. Cheira-me que também nunca voltará ao Benfica e que acabará no foculporto a pedido do jorge, nessa altura já com o fato de fruteiro bem colado ao corpo de lagarto azulado.

Eleições; venham elas.
Centralização dos direitos televisivos; a ser feita será como e quando o Benfica quiser.
O negócio com a NOS tem tudo para (não) der certo. Pela reacção do Presidente muito ainda falta (re)escrever sobre o assunto.
Jorge Mendes e a gestifute são parceiros do Benfica e...interpretação minha; O Manchester acabará por comprar Jimenez por uma pipa de massa.

Enquanto isso, peido da costa reunia-se com meia dúzia de patetas, no Marco de Canaveses, gastando a pouca pólvora (seca) que ainda lhe resta em cima dos cumentadeiros televisivos. No final, um intenso cheiro a bufas e a certeza que o momento é de tentar a navegação à vista a todo o custo...tá fodido levantar a cabeça.

24 comentários:

  1. Gostei bastante da entrevista do nosso presidente. Disse tudo o que queria dizer sem picardias tanto aos lagartos com aos fruteiros.

    Não gostei mais uma vez de Pedro Ribeiro com as suas perguntas mal intencionadas, mas bem respodidas à letra. Dá ideia que está ali para dar voz aos antis e talibans.


    Miguel

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pedro Ribeiro é um idiota. Eu tenho guardado um texto que ele escreveu a mandar abaixo a BTV antes desta ser uma realidade usando os mesmos argumentos dos inimigos do clube. Uma vergonha!
      É um dos talibans fordidos por nunca terem tido um tacho no Benfica.

      Eliminar
  2. ...meu caro,permite-me:...e,tens toda a razão....basta ler os escritos do LIDER TALIBAN...um tal de SHADOWS......abraço(Afonso..

    ResponderEliminar
  3. Gostei muito que as perguntas mais incómodas tivessem tido colocadas e ainda gostei mais por ver que elas foram colocadas pelos próprios benfiquistas. Isso só valoriza a entrevista e engrandece o Benfica. Em geral a entrevista foi boa. Mostrou que LFV está em grande forma. Os avisos à NOS e ao Conselho de Arbitragem estão feitos. o filme de bajulação da TVI era perfeitamente escusado. Como pontos menos conseguidos estarão as explicações sobre os negócios com a NOS (acredito que não possa abrir o jogo) e a questão JJ. Em relação ao JJ, ficou por explicar porque é que insiste em dizer que por ele o JJ tinha continuado ao mesmo tempo que também diz o JJ não serve para o projecto do Benfica porque não programa a longo prazo. Aqui devia ter assumido que não conseguiu geriu este assunto da melhor maneira, mas que conseguiu minimizar os estragos. A maior parte dos benfiquistas entendem que quem faz muitas coisas não consegue evitar alguns erros. E os verdadeiros benfiquistas só se podem queixar da canseira que é estarem a levantar-se várias vezes para aplaudir os golos da equipa e a canseira das festas dos vários títulos.
    Gostei muito de o ouvir dizer que na Champions, a partir dos oitavos de final, tudo pode acontecer. É isso que eu também acho e um destes anos poderemos ser bafejados com a sorte dos campeões (não existem campeões sem sorte). É só metermo-nos a jeito.

    Sérgio.

    ResponderEliminar
  4. peido da costa é apenas e só um vegetal, nem para lamber cricas no presente serve, com um discurso miserávelista e de regionalismo bacoco, mais uns dias e vira putrefacção.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O problema é aquele médico austríaco q não lhe sai da cabeça...

      Eliminar
  5. "Se tivermos de seguir um caminho, vamos seguir um caminho" - LFVieira dixit.

    ResponderEliminar
  6. Guachos, meu Bom Amigo e Companheiro,

    Concordo que a entrevista foi melhor que todas as outras, mas acho que isso se fica a dever ao formato da segunda parte. Quanto ao Companheiro LFV ... se ele tivesse a capacidade para controlar alguns pequenos erros (os casos do Taarabt e, sobretudo, da NOS), então seria o comunicador "perfeito" para este tipo de ocasiões.

    De resto e quanto ao conteúdo ...:
    1 - continuo a achar que o Presidente (este ou qualquer outro) não vai conseguir reduzir os "Custos com Pessoal" e o impacto progressivo dos produtos da Nossa "Fábrica" vai permitir, isso sim, uma progressiva redução do Custo em amortizações contabilísticas (em ROPA); toda e qualquer redução significativa dos salários dos Atletas, resulta num acréscimo da sua exposição aos apelos dos clubes que melhor lhes poderão pagar;
    2 - confesso que me preocupa um eventual "rejuvenescimento" da Equipa, tal como já me preocupa a real perda de altura e peso médios; o futebol é um jogo, mas tem por base uma fortíssima componente atlética;
    3 - quanto ao Nosso Capitão e tal como eu já, aqui, tinha comentado, o Luisão é meu Irmão; e também é Irmão do Presidente; não há, nem haverá nunca, nenhum problema com o Nosso Capitão; quanto àquela parvoeira que ele divulgou no "livro das caras" (ó Luisão, pensa lá um pouco e, depois, conclui que tu, quer por méritos próprios, quer pelo que te damos Nós, nunca poderás passar por "semanas difíceis"; tu sabes lá o que é um dia difícil, quanto mais uma semana) ... há que pensar que ele ainda é muito novo, ahahah;
    4 - o sucesso da parceria com a NOS ... também depende da NOS (it takes two ... to tango); se a NOS não quiser estar à altura do Glorioso, Nós temos alternativa e a NOS pode ficar com os outros.

    Tu, meu Amigo, já sabias que o RS foi vendido por 60+20M€. Depois desta entrevista, só sendo muito burro se pode continuar a pensar que o negócio pode ficar abaixo dos 60M€.

    Espero que todos os Benfiquistas se tenham apercebido de como a BTV continua a ser uma parte FUNDAMENTAL do Nosso futuro coletivo.

    Viva o Benfica!
    (José Albuquerque)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. José se puder e quiser claro poderia explicar melhor o negocio com a NOS? Do que percebo existe um contracto, ele não tem de ser cumprido? Pelo que me pareceu existiu ali um recado, achas que se pode alterar as condições?

      Apenas um reparo menor á entrevista, o Presidente ao dizer que os futuros jogadores estão no seixal e na equipa e que não precisa de comprar pode levar a que os talibans comecem a falar caso surjam oportunidades de negocio no mercado e isso deve acontecer muito provavelmente.

      Existe ali alguma "certeza" no negocio Jimenez ..
      Força Benfica

      João Teixeira

      Eliminar
    2. Caro Companheiro João Teixeira,

      Se conseguires encontrar o texto que eu escrevi sobre a parceria entre o Clube e a NOS, vais perceber como é que eu "leio" o contrato que foi assinado pelas duas partes e essa minha leitura vai muito além do que qualquer contrato pode prever no seu clausulado.
      Mesmo sem ser jurista, garanto-te que há mais que suficiente neste contrato para que, caso a NOS não queira "desagradar" à osgalhada, o Benfica poder rescindir e, possivelmente, exigir a reparação por todos os danos que possa comprovar.

      Quanto à afirmação (excepto no "8" e no "PL") segundo a qual ele acredita que a SAD não terá de fazer investimentos nos próximos 3 anos, lamento ter de dizer que se trata de mais um erro de comunicação (mesmo que fosse verdade), um daqueles em que, por excesso de voluntarismo, o Nosso Presidente tem sido fértil.

      Quanto ao RJ, eu sei que já recusámos uma proposta de 40M€.

      Viva o Benfica!
      (José Albuquerque)

      Eliminar
    3. Dessa 'proposta' de 40 milhões sobre o Raúl Jimenez e da 'outra' de 35 milhões sobre o Carrilho, sabes tu e todos os que a 'crendice' levam a confundir o abrunho com o medronho ... !!!

      Eliminar
    4. Mais um que se perdeu do rebanho..
      João Teixeira

      Eliminar
  7. Ponto prévio, o Presidente foi um entrevistado frontal, gostei muito e partilho aliás da opinião expressa no post sem reservas.
    Começo contudo a ficar convencido que a alternância de liderança urge.
    No inicio ainda pensei que um desabafo - "o Benfica está cada vez mais jovem" - feito em tom contemplativo indiciava possuir a noção que qualquer líder incapaz de largar o poder(se possível com timming), destroi a "obra feita".
    Qual o meu espanto quando já rodeado dos benfiquistas (Pedro Ribeiro, considero-o apenas uma nódoa) se liberta e no caso da afirmação sobre Taarabt, incorre no risco de facilitar uma rescisão com justa causa do "jogador". Isto e depois de remeter o maluquinho para o passado referir demasiadas vezes e desnecessariamente o que quem quis já percebeu.

    De resto o que já todos sabiam, o Benfica é o Maior, tem um futuro risonho e começa a tornar-se imparável assim como a reeleição do grande benfiquista Luís F. Vieira que espero seja a ultima por sua iniciativa.

    Agora é deixar os papagaios palrar e bola para frente!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E esperas que seja a última porquê? Já sabes o que vai ser o seu próximo mandato? E se for bom?
      Deverá sair porque, eventualmente, quem sabe, o seguinte poderá ser mau?
      Honestamente gostava de perceber certos lugares comuns.

      Eliminar
    2. Companheiros Fernando Tomás e Manuel Afonso,

      A dimensão da obra já construída por Nós, TODOS UM, e pelos Nossos Corpos Sociais, nestes anos mais recentes, é mais do que suficiente para que o Companheiro Luís Filipe Vieira fique a ocupar um lugar ímpar na Nossa Gloriosa História.
      Pessoalmente, além da simpatia e da estima, tenho para com o Presidente uma profundíssima Gratidão Benfiquista e eu espero que nenhum Leitor do Guachos se surpreenda se eu disser que já me não vejo a votar contra qualquer lista por ele apresentada.

      Ainda assim, considero que a futura substituição do Presidente constitui um dos 3 desafios mais importantes no Nosso futuro coletivo.
      Quero continuar a confiar que, tal como já o ouvi prometer, o Presidente vai saber gerar uma excelente alternativa para esse desafio, alternativa essa que deverá merecer um apoio esmagador por parte dos Sócios.
      Eu confio, mas sei que não vai ser nada fácil, mesmo reconhecendo ao Companheiro LFV alguns pontos menos fortes, alguns erros, alguns graves.

      Viva o Benfica!
      (José Albuquerque)

      Eliminar
    3. Porque não existe plena democracia Manuel, tratamento igual e igualdade oportunidades em contextos de ausência de alternância democrática.
      Não respeita o facto de em ditadura a pluralidade já ser um valor nosso.
      Nada tem de pessoal ou sequer relacionado com o desporto, é uma questão de dimensão humana, de cidadania.
      Por muito bom que seja um líder e o nosso é de "calibre" histórico, falta-lhe na minha opinião demonstrar essa dimensão (não basta afirmar) para ser o nosso melhor de sempre na função. Criam-se relações de confiança na estrutura e inevitavelmente ignora-se quem não se conhece, quem não oferece garantias à partida, quem não foi recomendado, prolifera o poder da cunha, enfim, as vantagens são apenas uma excepção que confirma a regra.
      Quem faz questão de recordar repetidamente o sacrifício familiar que estas funções exigem, que não deseja eternizar-se, deveria ter presente este valor essencial da democracia e diria mesmo do Benfica que graças a Vieira é há uns anos de novo nosso.
      Se o Benfica vencer tudo mas tudo no próximo mandato, mais uma razão para desejar que demonstre esse tipo de Benfiquismo pois sem ele não sei se não sucederia igual ou melhor e considero-o um mérito seu, transformar o Glorioso na empresa ímpar que é no contexto Luso. Não receio a saída, anseio!

      Eliminar
    4. Caro Fernando, acho a tua resposta muito interessante. E genericamente compreendo o teu raciocínio. E o seu apelo.
      Só que não tem qualquer aplicação práctica. Simplesmente não é aplicável à realidade porque não tem em conta a natureza humana.
      Pedir a um ser humano que vislumbre numa altura de sucesso, de vitória, de construção, ser a altura de abandonar o comando da nau, ainda por cima em nome de um conjunto de valores relativos, é pedir o impossível. E nunca vai acontecer.
      E é também por isto, ou sobretudo por isto, que a decisão do momento da saída de um líder, em democracia, não cabe ao próprio. No caso cabe a nós, os sócios. Somos nós que definimos o nosso futuro colectivo e não um indivíduo, por muito destacado que seja.
      O contrário disto meu caro, é que não é democracia.

      O Luís Filipe Vieira vai sair quando sentir que é essa a vontade dos sócios. Nunca na vida se vai submeter a umas eleições que possa não ganhar. E nunca antes disto.
      E os sócios vão ter vontade que ele saia daqui a 4 anos? Duvido muito. Daqui a 8? Talvez...
      E sabes do que é que vai depender a vontade dos sócios? Claro que sabes. E o resto são cantigas.

      Mas se por acaso estiver errado, e se daqui a 4 anos decidir sair pelo seu pé após mais um mandato bem sucedido, é comprar-lhe um par de asas e preparar o processo de canonização.
      Mas como duvido muito que esteja, daqui a 4 anos lá vou eu a meter os meus votinhos no mesmo, o que, compreendo, se pode tornar numa actividade monótona e pouco entusiasmante. Mas cá está. É a minha escolha. Não a dele.



      Eliminar
    5. Paradigmáticas razões.

      Excelência não nos faltou desde a fundação, mas LFV não precisará sair para estar já no topo dos que "estiveram" dirigentes.

      Deverá sair porque é da natureza dos valores que nos orgulham e nos mantêm sãos. LFV sabe-o.

      Encontrar uma solução interna não resolverá os problemas apontados pelo Fernando, mesmo que alguns nomes sejam evidentes.

      Uma solução externa acarreta riscos de populismo ao qual a massa adepta não é imune e do qual não somos virgens. E pouco vale argumentar que os Benfiquistas estão escaldados porque a memória também é curta e temos milhares de sócios que nunca passaram pela dor de ver o que é nosso à beira do desaparecimento. O Benfica só será eterno se repetidamente soubermos escolher os que "estarão" dirigentes.

      Mantenhamo-nos sãos. Nada de PCs nada de JVAs e nada de BCs.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
    6. Meus caros, há um pormaior que estão a descurar: O nosso presidente já tem 67 anos e no fim do próximo mandato terá 71. Além do mais, já teve alguns problemas de saúde.
      Portanto, ele pode decidir sair, pura e simplesmente por recomendação médica, ou porque entende ter chegado a altura de ter uma vida mais calma, e dedicar mais tempo à família.
      Também sei que quando esse dia chegar, a sucessão estará devidamente preparada. Mas há sempre algum risco numa mudança de líder.
      Eu diria que os presidentes são como os melões, só depois de abertos é que temos a certeza que são realmente bons...

      Eliminar
  8. Quando me começaram a apelidar de Vieirista, afinava. Não que não gostasse de vieiras fresquinhas, com uma pitada de sal e umas gotas de limão. Mas porque quando se fala do Benfica, o único apelido que queria era o de Benfiquista.
    Mas com o tempo, e também porque os taliban usam o termo pejorativamente, logo só pode ser uma coisa boa, fui-me habituando, e hoje posso dizer que sou um orgulhoso Vieirista.

    E sou um fervoroso apoiante do presidente Vieira não por o achar perfeito, mas por conhecer os seus defeitos. E um deles é, e vais-me desculpar Albuquerque pelo roubo descarado do termo, ter um discurso não poucas vezes demasiado voluntarista.
    Ontem foi um exemplo perfeito disto mesmo. Acho que pontualmente falou de situações demasiado específicas. O presidente deve manter um discurso mais generalista.
    São estas situações a que os taliban se agarram para dizer que mente. O facto do presidente querer certa coisa, e já sabemos que regra geral quando ele quer consegue, não quer dizer que seja possível de alcançar amanhã, e de preferência ainda hoje. Por muito que seja esta a sua vontade.
    E cuidado com os excessos de confiança.

    Mas claro que isto são minudências, e que no essencial foi uma óptima entrevista.
    Salientava apenas um ponto interessante, e um ponto estruturante.

    O ponto interessante foi, finalmente, identificar a Gestifute como um parceiro estratégico, a quem o Benfica paga comissões que vão até aos 10% do valor envolvido nos serviços por ela prestados. E ponto final parágrafo.
    Quem não gosta que arranje um intermediário melhor, e quem acha que passava bem sem um, que comece a plantar as batatas que come antes de falar comigo sobre o assunto.

    O ponto estruturante tem a ver com a forma clara com que foi explicado o futuro do clube, tanto a nível das infraestruturas, como da parte financeira, como no que respeita á parte desportiva. E neste último ponto até com muito pormenor.
    E ainda bem. Para se perceber de forma cabal a diferença entre um projecto desportivo com pés e cabeça, e uma aposta cega no triunfo imediato, sem qualquer pensamento ou preocupação com o que se segue. É preciso ter a cabeça bem enfiada na areia para não ver a diferença.

    Estamos, obviamente, em boas mãos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ahahahahah,

      Considera-te ... desculpadíssimo, ahahah.

      Já houve tempo em que eu me irritava com estes excessos do Presidente, mas, agora, já sei que "aquilo" lhe está "na massa do sangue", ahahah.

      Dou-te este exemplo de ontem, evidente: ele já sabe que o mais certo é, em junho, ter de dar 15M€ (já nem sei se não serão 30) para ficarmos com o Danilo (toda a gente diz maravilhas do garoto), ainda assim ... larga aquela de não precisarmos de comprar ninguém durante anos.

      Não tem remédio, ahahah.

      Aquele Abraço e

      Viva o Benfica!
      (José Albuquerque)

      Eliminar
  9. Fiquei incredulo. Entao nao e que em Portugal todos os Presidentes dos "grandes" so falam no Benfica! Eu que pensei que LFV fosse falar na provincia espanhola de customil ou da retrete gigante a 2km da luz....mas nada.....
    Ric Santos

    ResponderEliminar
  10. Companheiros,

    Já é oficial!
    Já está publicado (cmvm.pt) o R&C da osgalhada para o exercício findo em junho p.p.!

    Eles tiveram a coragem de não antecipar o proveito relativo ao prémio de presença na CL: gostei!
    Eu tinha estimado mais de 28M€ de prejuízo e não errei por muito: foram 32M€ de prejuízo!!!

    Viva o Benfica!
    (José Albuquerque)

    ResponderEliminar
  11. Excelente resumo da entrevista, que gostei muito. O único pormaior que me deixou preocupado foi a possível falta de colaboração estratégica com a NOS, uma vez que assinámos contrato com essa empresa e é uma área em que me parece que a colaboração seria extremamente importante.
    MCL

    ResponderEliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não vale a pena perderes tempo...faz-te à vida malandro.