terça-feira, 6 de setembro de 2016

Estão todos de relógios acertados, os pastores e a carneirada...

Luisão; de ídolo benfiquista a deus das lagartixas e da carneirada anti-Benfica; o empresário do capitão e o jorge lagarto estão ambos de acordo e com timings absolutamente perfeitos. 
Eu digo que ter o empresário e o jorge lagarto com os relógios acertados é caso para ficar com as orelhas a arder. Eu ficava.
E ainda digo mais; eu, se fosse capitão do Benfica, num instante fechava a fossa ao lagarto e ainda obrigava o meu empresário a fechar a matraca. Se há alturas da vida em que o silêncio é de ouro - há outras em que basta uma frase para que tudo volte a luzir.

É que nem disfarçam...
O cortejo anti-Benfica volta a atacar em força neste inicio de época. Concertados, como convém, não há cabresto que se prese que não vá ao baú das ratazanas em busca de esterco que possa chamuscar o sossego do Tricampeão Nacional. Veja-se a quantidade de filhos de uma arternadeira a usar, hoje, essa noticia requentada da venda de Garay. Não sei qual é a marca dos relógios que usam, mas tenho a certeza que é a mesma que patrocina o jorge lagarto e o empresário do Luisão. É que não falham um segundo.

Lá longe, do outro lado do Atlântico, começaram por ferrar o dente numa estória de um antigo 'craque' do Tricampeão Nacional, que já tinha pendurado as botas, mas que se provou horas depois que ainda jogava, para o ligar ao Benfica e a um clube da América do Sul metido em trabalhos com a justiça. Já que estavam tão longe - bem que podiam aproveitar a história (e as estórias) de Casagrande, esse antigo jogador do clube da fruta que tanto tem para contar. E acreditem - tanto que ele já contou à tvglobo! E o moço desespera por quem queira puxar-lhe pela língua. Nessa, e noutras histórias de encantar, preferem não chafurdar. O Brasil fica-lhes fora de mão. 

Hoje, lá sacaram do sótão o requentado esqueleto do Garay, quando podiam, por exemplo, fazer uma entrevista à jovem promessa que os lagartos foram resgatar ao Clube Atlético e Cultural da Pontinha, que, por alegre coincidência, é filho do novo presidente do conselho de arbitragem. Acresce, e aí é que está a piada, que o garoto, que nem sequer era sequer titular do Atlético da Pontinha, foi logo despertar a cobiça da «melhor academia do Mundo»! Isso é que é ter olho para a coisa! Mas nem assim desperta a curiosidade dos queridos jornaleiros.

Não há um único cabresto da cs com vontade de entrevistar o pequeno craque, o pai e os avisados olheiros, e até o brunalgas, pela sagacidade demonstrada. Isso é que era uma grande "cacha" jornalística. Talvez até desse direito a um 'voucher' para comer umas bifanas na taverna do Infante, com visita guiada da antiga universitária, uns pistachios azedos no tasco do zeduardo, e uma foto no álbum de recordações do brunalgas, ao lado do Rónalde e do Figue...

14 comentários:

  1. Saudações Benfiquistas!!!! O Luisão pelos anos que tem já devia ter vindo a publico acabar com esta fantochada,é que o silêncio só o penaliza,devia ter em apreço o Nosso Presidente,sempre o defendeu e lhe pagou em bom dinheiro tudo o que deu ao Benfica.
    Eles (osgas) andam todos queimadinhos,o saraivadas então é do melhor,só aqui se vê que o clube da fruta já era,pois ele só abre a boca porca para falar do Glorioso mas vai ficar na me#da,sempre ficou e vai continuar.

    Carrega Guachos!!!!
    Carrega Benfica!!!!

    ResponderEliminar
  2. Longe de mim a ideia de me achar no direito de definir quem podem ser os amigos de outrem.
    Ainda me confundiam com quem tem que andar pelas sombras que a merda ao sol derrete, e que passa a vida a comentar as amizades do Presidente do clube.

    Mas posso dizer, em termos genéricos, que nunca terei um amigo que me use para atingir os seus objectivos, quando esses objectivos para além de serem contrários aos meus, me prejudicam claramente.
    E posso dizer isto com toda a clareza, pois um amigo meu que me fizesse tal coisa, deixaria imediatamente de o ser.

    Relativamente ao Luisão, nada me interessa quem são os seus amigos. Interessa-me o facto de ser capitão da minha equipa, e como tal exige-se que tome posição em sua defesa quando a situação o determina. No caso percebo muitíssimo mal o seu silêncio.
    Na mesma medida em que percebo muitíssimo bem que o Benfica está acima de tudo e de todos.





    Os habitantes da bolha estão em total estado de euforia. Ninguém os segura.
    Vendem o melhor jogador da época passada mais o maior goleador da época passada, isto lá no planeta da lagartagem, e no entanto estão muito mais fortes.
    Depois de segundo os próprios habitantes da bolha, terem sido vítimas do enorme sucesso que obtiveram na época passada, teria que ser um poeta para classificar o tipo de sucesso que vão obter esta época. Campeões nacionais já são. A ver se lá para a 5ª jornada ainda deixam alguma coisita para os outros, mas duvido.

    A verdade é que o exagero está ser tão grande, e falo em particular dos mérdia, que até os tripeiros se começam a virar contra a osgalhada.
    E é bom que o façam. Ainda assim ficar em segundo, é muito diferente de ficar em terceiro. E no futuro vai ser mais ainda.

    ResponderEliminar
  3. Uma das coisa que tenho achado mais incríveis, é esta questão sobre o Luisao!

    Normalmente, um empresário quer que os clubes vendam os seus jogadores, para receberem as suas comissões. Correcto?
    Normalmente, quando os empresários dos jogadores vêm para a comunicação social falar, é para pressionar os clubes a venderem os seus jogadores, para receberem as suas comissões. Correto?

    Ora. O empresário do Luisão vem-se queixar que o Benfica quer vender 'à força' o Luisão, ou seja:

    1. Um jogador em fim de carreira;
    2. Se acabar a carreira no Benfica, o empresário não recebe um cêntimo furado;
    3. Se sair, o empresário recebe prémios de assinatura (custo zero) ou a percentagem da venda.

    Pergunta, qual é a coisa que mais interessa ao empresário do Luisão?

    1. Acabar a carreira no Benfica (ganha o Benfica, ganha o Luisão) PERDE o empresário!
    2. Saída do Luisão (perde o Benfica, o Luisão pode perder ou ganhar) GANHA o empresário!

    Se admitirmos que o Benfica quer manter o Luisão, e o Luisão quer ficar no Benfica, como pode o empresário fazer NEGÓCIO?

    Simples, cria um conflito entre o Luisão e o Benfica (com a ajuda do JJ ?!?!?!) e o Benfica decide despachar o Luisão... Correcto?

    Por isso, este assunto é um não assunto (depende do Luisão e da vontade do Benfica)

    VIVA O BENFICA

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda por cima o empresário só veio falar depois do mercado estar fechado, quando já não havia nada a fazer, é no mínimo estranho. Porque não disse nada na altura que se falava do interesse do tal clube inglês? Enfim. O fim de uma carreira nunca é fácil, o jajum está a tentar aproveitar-se disso.

      BA

      Eliminar
    2. Os empresários ganham comissões não só nas transferências mas também ganham uma percentagem do ordenado do jogador... daí ele não estar muito interessado em que o Luisão saia dado ter um bom contrato, dos melhores senão o melhor do plantel.

      Eliminar
  4. Esta questao do Luisao e so para desviar as atencoes do verdadeiro problema, que se chama Adrien.
    Mas quem foi que deve uma proposta para sair fazendo o contracto de uma vida, e ja com 27 anos, e vendo outros a sairem, recebendo 4 ou 5 vezes mais. E que muito dificilmente voltara a ter???? Ja viram com que cara ira Adrien olhar para o bruno decoca e pro judas?

    Abrem os olhos!!!!!!!!!!!

    Vitoria sempre! Forza AHorta, Forza Benfica!!!!

    ResponderEliminar
  5. Tenho estado entretido a assistir a esta novela de pé e chinelo cujo os principais protagonistas são os alucinados afectos ao grémio dos batráquios de circo do lumiar, dizem em uníssono que o Tricampeão SL Benfica não está a tratar o seu histórico capitão, Luisão, com dignidade.
    É claro como clube diferente, facto do qual fazem gala, sempre trataram bem os seus capitães e a título de exemplo lembro a forma condigna como negociaram com os corruptos doo freixo a cedência de João Moutinho, capitão da equipa dos batráquios, ou a forma como o Iordanov conseguiu obter o prometido jogo de despedida na barra dos tribunais.
    Podemos ir mais longe e relembrar a forma como trataram o Peyroteu, basta ler o seu livro biográfico para saber quem é que o ajudou no final da carreira.
    Enfim, nada mais a acrescentar, os batráquios vivem numa realidade paralela onde, como afirma o Guachos, consideram os desejos como factos! Esta época vai ser ainda mais difícil para o Tricampeão Nacional SL Benfica

    ResponderEliminar
  6. Basta pesquisar um pouco e perceber que o empresário de Luisão (que está em final de carreira e ja nao deve render ao empresário muito mais) e o empresário de João Mário (um tal iraniano) têm parceria em bastantes jogadores brasileiros, nomeadamente da famosa selecção do Dunga (está na net na CS brasileira). Ora para mim esta declaração do gianlucca não é inocente.

    ResponderEliminar
  7. Embora off topic, descobri um texto absolutamente fantástico num blogue verde, escrito por um sportinguista, que tenho de partilhar. As semelhanças assustam!


    O Fuhrer de Alvalade:
    Abril de 1918 - A Alemanha completa a sua conquista dos territórios Russos após assinada a Paz de Brest-Litovsk, e aproxima-se a passos largos de Paris. É um apogeu do poderio Alemão, daí em diante, uma série de derrotas e humilhações levariam o país a mergulhar num período negro, que levaria à ascenção de um ditador sanguinário de seu nome Adolf Hitler.
    Abril de 2002 - O Sporting sagra-se campeão nacional pela 18ª vez na sua História, a 2ª vez em 3 anos. Nesses mesmos 3 anos venceu 2 campeonatos nacionais, 1 Taça de Portugal (e outras 2 finais) e foi o vencedor de 2 Supertaças. Era o apogeu do clube de Alvalade, depois de quase 2 décadas sem títulos da liga. Daí em diante, uma série de derrotas e humilhações levariam o clube a mergulhar num período negro, que levaria à ascenção de um ditador lunático de seu nome, Bruno de Carvalho.
    As semelhanças entre estes dois líderes não acaba aqui, senão vejamos:
    Anos antes de chegar ao poder, Hitler teve uma tentativa falhada. O famoso Putsch da Cervejaria. Em 1923, Hitler (que já possuía uma base de apoio relevante dentro do partido e em várias zonas da Alemanha) decide tomar o poder. No entanto o seu golpe, sendo as razões principais, a falta de apoio dos membros mais velhos e experientes dos partidos da direita (apesar de ter o apoio dos jovens mais fanáticos e mais violentos) que não acreditavam na sua retórica de luta contra tudo e contra todos. Outra razão importante foi que, na altura a Alemanha estava mal, mas ainda mantinha um nível minimo de sustentabilidade, e havia um sentimento que as coisas estavam a melhorar aos poucos.
    Anos antes de chegar ao poder, Bruno teve uma tentativa falhada. As famosas eleições de 2011. Bruno (que já possuía uma base de apoio relevante junto aos adeptos) decide tomar o poder. No entanto a sua candidatura falha, sendo as razões principais, a falta de apoio dos sócios mais velhos e experientes (apesar de ter o apoio dos jovens mais fanáticos e mais violentos) que não acreditavam na sua retórica de luta contra tudo e contra todos. Outra razão importante foi que, na altura o Sporting estava mal, mas ainda mantinha um nível minimo de sustentabilidade, e havia um sentimento que as coisas estavam a melhorar aos poucos.
    Mas tudo mudou anos mais tarde:
    No caso de Hitler foi a crise de 1929 que destruiu o que restava da economia alemã e do orgulho (já ferido dos alemães), e obrigou a população a enveredar por uma opção nada convencional, com um discurso absolutamente diferente dos políticos até então, e com esperança num futuro melhor.
    No caso de Bruno, foi a crise de 2012-2013, que colocou o Sporting num, nunca antes visto, 7º lugar, que destruiu o orgulho (já ferido dos sportinguistas), e obrigou os sócios a enveredar por uma opção nada convencional, com um discurso absolutamente diferente dos dirigentes até então, e com esperança num futuro melhor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas.

      Podia estar num blog verde mas não foi escrito por um sperdinguista. O original é de uma página de facebook, com fotos e tudo - https://www.facebook.com/odentedobruno/posts/969348083175303:0

      Hoje essa página meteu o contracto do Adrián onde consta que o scp era obrigado a aceitar uma proposta de 15M, ou então pagar os 30% que a gestifute tinha direito. Ou não chegou proposta nenhuma e o Adolf de parvalho andou a fazer bluff ou então a que chegou não chegava aos 15M.

      Eliminar
    2. Obrigado pela informação. Então não é lagarto mas vai dar ao mesmo. Acertou na mouche!
      O Adolf de Carvalho é um aldrabão encartado e acredito que nem tenha informado das oferts que recebeu. Por isso o Mendes andou a oferecer os serviços do Adrien na gala do Mónaco aos dirigentes europeus por 15M.

      Eliminar
  8. continuação


    A partir daí deu-se uma grande mudança graças a esses líderes:
    A Alemanha, recusou-se a pagar as dividas que tinha para com os aliados no seguimento da Primeira Guerra Mundial. Além disso passou a ter uma politica isolacionista, saíndo de várias Organizações Internacionais, declarando que o resto do mundo estava contra eles, e que era preciso destruir os oponentes externos (liberais e comunistas) bem como os oponentes internos (judeus, intelectuais e dissidentes). Para isto, Hitler utilizou a sua imagem como salvador da Pátria germânica, tornando-se a personificação do ideal ariano, o chefe supremo a quem todos os alemães deveriam venerar. Todos os que pensassem diferente tinham de ser identificados, capturados e eliminados rapidamente. O contraditório não poderia existir, era preciso calar a qualquer custo, quem pensasse por si próprio e fosse contra o líder. Para alcançar isto, Hitler criou uma vasta rede de bufos e informadores, bem como promoveu uma série de fanáticos para espalhar mentiras que o fizessem parecer um herói nacional.
    O Sporting, recusou-se a pagar as dividas que tinha para com os seus credores. Além disso passou a ter uma politica isolacionista, declarando que o resto do mundo futebolistico estava contra eles, e que era preciso destruir os oponentes externos (Benfica e FC Porto) bem como os oponentes internos (apoiantes de outros candidatos à presidência, dissidentes dentro do clube, e até simples adeptos que discordavam do modus operandi de BdC). Para isto, Bruno utilizou a sua imagem como salvador da Nação Sportinguista, tornando-se a personificação do ideal leonino, o chefe supremo a quem todos os sportinguistas deveriam venerar. Todos os que pensassem diferente tinham de ser identificados, localizados e calados rapidamente. O contraditório não poderia existir, era preciso calar a qualquer custo, quem pensasse por si próprio e fosse contra o líder. Para alcançar isto, Bruno criou uma vasta rede de bufos e informadores, bem como promoveu uma série de fanáticos para espalhar mentiras que o fizessem parecer um herói dentro do clube.
    Ora daqui para a frente, todos sabemos o que aconteceu com a Alemanha, graças à insanidade de Hitler:
    2ª Guerra Mundial, de onde saíu derrotado, e a economia alemã foi destruída. Após esse terrível acontecimento muitos alemães estavam incrédulos com as atrocidades cometidas pelo seu líder. Enquantos outros, absolutamente cientes do que tinham feito, fugiram ou foram mortos.
    No entanto ninguém sabe até onde a loucura de BdC levará o Sporting. Aqui na boca do Bruno todos desejamos que os sportinguistas sejam capaz de parar o seu próprio fim e aprendam que os meios não justificam os fins.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aí está - o pequeno hitler.

      Eliminar
    2. Bonito, bonito será vermos o que irá acontecer nas páginas finais da novela. Não vamos esperar muito tempo.

      Eliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não vale a pena perderes tempo...faz-te à vida malandro.