domingo, 6 de novembro de 2016

Desiludam-se; o tempo do vale tudo acabou.

Enquanto que alguma comunicação social dava voz ao macaco madureira e ao neto do pinto da costa divulgando mensagens de ódio e os resquícios de um passado que não voltará - vários blogs benfiquistas fizeram questão de nos mostrar - em imagens - o que foi o futebol português durante 30 anos, o futebol português que alguns gostavam de fazer ressuscitar. O futebol do guarda abel e do paulinho santos, do couto, do andré, do joão pinto, das metralhadores a tiracolo, do assustador tunel djantas, das agressões, do terror; da impunidade...

"Ides sofrer como cães"
Um arremedo de taliban de pacotilha, basicamente composto por futebolistas do canelas que semana após semana semeiam o terror nos campeonatos regionais da zona do Porto, juntou-se para receber o Tricampeão Nacional, atacando a comitiva do Benfica, devidamente protegida por um contingente policial a fazer lembrar um cenário de guerra!
Em vez de tantos agentes a proteger cidadãos livres, não seria melhor usar a força e desbaratar à bastonada os arruaceiros prevaricadores? Não seria melhor engavetá-los, de uma vez por todas, deixando a praça publica livre dessa escória que há muito está mais do que devidamente identificada? 

Se estivessem engaiolados, lugar apropriado para essa escumalha, não poderiam, durante a noite, recorrendo a métodos que durante tantos anos fizeram escola, fazer rebentar o fogo de artificio que seguramente não deixou descansar os futebolistas do Benfica, nem as gentes boas da cidade de Gaia. Mais logo, na chegada ao estádio, voltarão as pedradas e as bolas de golfe? Ressuscitarão o paulinho santos e o guarda abel? Voltará o tal «jogador à foculporto»? Voltaremos a ver o árbitro a fugir, aterrorizado, na frente da turba azul e branca? Voltará a mulher o reinaldo teles para agredir o árbitro à estalada? Regressará a creolina espalhada no balneário do Benfica? E os jornalistas voltarão a ficar cegos, surdos e mudos?

O povo benfiquista está atento. Há câmaras, há telemóveis que não deixarão passar em claro o que a comunicação social pretender esconder. Há muita gente que não permitirá esse regresso ao passado. Um passado morto mas que meia dúzia de arruaceiros (ainda) persiste em desenterrar. Em sonhar. Desiludam-se; o tempo do vale tudo acabou.
                                       

23 comentários:

  1. Essas imagens dão-me a volta ao estômago. Os comentadores da altura deviam ser questionados, assim como toda a gente envolvida nessa tristeza. Isto só envergonha o clube das put@s, mas porco que é porco não tem vergonha, ainda ficam é orgulhosos.

    ResponderEliminar
  2. Infelizmente não acredito que no jogo de hoje o Benfica não seja prejudicado pela arbitragem. Tenho quase a certeza que o será, no entanto não duvido que isso não será suficiente para nos impedir de sairmos de lá com um resultado positivo! Agora já viram que apenas nos blogues Benfiquistas é que se fala das ações criminosas que os macacos praticaram nas imediações do hotel onde pernoitaram os nossos atletas... nos sites dos desportivos nem uma referência, ainda que envergonhada, a esse crime... para alguns está merda continua uma grande macacada!! Fdp!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro amigo, apesar das coisas ainda não serem 100% correctas, o que se passa hoje não tem nada a ver com o faroeste de antigamente. Apesar da rebaldaria e das autoridades ainda não conseguirem acabar com eles, pelo menos mantêm-nos mais ou menos controlados. Eu vi, ninguém me contou, os capangas de peido da costa de 'automáticas' à mostra sem qualquer pudor. Eu sei, por gente que o viveu, o terror que era passar no túnel dajantas. E também sei, por gente que o viveu, da impotência das autoridades para estancar o problema...

      Eliminar
    2. A malta mais nova nem sonha o que se passava nas Antas.

      O cumulo era obrigar a equipa visitante a aquecer no campo contiguo ao estádio, onde era insultada, vaiada, cuspida e apedrejada. Depois tinham de cumprir o calvário de regressar ao estádio á mão de semear, com insultos, arremesso de garrafas e outras diatribes.

      A seguir, no celebérrimo túnel das Antas, valia tudo menos tirar olhos. Empurrões, ameaças, estaladas, calduços á vista das autoridades!!?, controladas pelo celebre gangue do guarda Abel.

      Esses tempos nunca mais voltarão, o tempo da corrupção, dos xitos, das conspirações, da violência e da impunidade.

      Um Benfica pujante, um Benfica moderno, um Benfica gigantesco obrigou e levou a seu reboque a mudanças profundas na estrutura do futebol profissional. Aliado as novas tecnologias, a um tempo onde toda a informação é instantânea, e á coragem de quem investigou o Apito Dourado (um bem haja á Maria José Morgado), paulatinamente a mudança foi acontecendo, e hoje tudo é mais claro e transparente, apesar de alguns resquícios, onde ainda sobeja o ódio e a estupidez primária.

      Neste momento, a pedra na engrenagem da modernidade chama-se Bruno de Carvalho, ressuscitando o antigo complexo de inferioridade do Sporting para com o Benfica, ateando fogos, semeando a discórdia e espalhando a insidia, a mentira e a lama sobre o imaculado nome do glorioso.

      Aguardemos os ventos e o rodar inexorável do tempo para ver para onde quer seguir o futebol português - um futebol moderno, que acompanhe a evolução europeia, ou o retorno aos tempos da guerras de terra queimada que nos deixaram como legado os 20 anos mais negros da historia do futebol em Portugal.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
  3. Agora que os lagartos estao tudos borrados pelo Braga e Quimaraes e os porcos tambem, ja desapareceu a PRESSAO!!! Ou so vale e para o Glorioso???

    1-3

    Forza Samaris, Vitoria sempre, Forza Benfica!!!

    ResponderEliminar
  4. Companheiro Guachos, meu Bom Amigo,

    Este teu texto e o vídeo que nos recordas, levam-me a confessar que foi esse antigo "futeluso" que me levou a começar a escrever em blogues (primeiro, em OANTITRIPA), depois de já me andar a debater com a censura do rascord há um tempo.

    Os mais novos não têm nem ideia daquilo porque o Nosso Clube teve de passar e é bom que continue tudo bem documentado, pelo menos para que se saiba.

    Esses tempos idos, até a forma de ser Pai me condicionaram: lembro-me, como se tivesse sido ontem, da minha impotência para explicar à minha Filsinha (aos rapazes também, mas esses eram mais velhos) como era possível tanta injustiça, tanta barbaridade, tanta mentira, tanta falta de Valores, ou o primado dos anti-valores.
    E, várias vezes, a vi com lágrimas de revolta a molharem-lhe aquela carita. E eu ... impotente.

    A malta mais nova não tem noção da dificuldade com que conseguimos reconstruir o Glorioso. Hoje, até parece que foi fácil.

    Viva o Benfica!
    (José Albuquerque)

    ResponderEliminar
  5. É inacreditável a batota que foi feita naquele antro durante décadas.
    Com a ajuda das autoridades do futebol em portugal.
    Até o anti-benfiquista primário do Coroado foi testemunha da corrupção e da batota.

    Mas os dirigentes do Benfica também tiveram a sua quota parte de responsabilidade.
    Deveriam ter denunciado até que a voz lhe doesse.
    E sempre tiveram pudor em falar naqueles crimes.
    O prejudicado foi sempre o Benfica.

    Muitas das vitórias do Porto foram ganhas com mais batota que as vitórias do Armstrong na volta a França.

    O Porto roubava e o Sporting aplaudia e fazia acordos para ficar com as sobras.
    Tudo o que de mal aconteça a estes 2 clubes dá-me imensa satisfação.
    JP

    ResponderEliminar
  6. Mas a equipa e o treinador do SLBenfica estão com medo de quê? assim se vai esfumando o 36.

    VB

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Deus é grande. Tu e eu somos pequeninos.

      Eliminar
    2. Ai, mas tu também és grande a prever desgraças...não sejas modesto.

      Eliminar
    3. O Joaquim deixa-te de tretas e agradece a Deus.

      Eliminar
    4. AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!!!
      Talibans, dragartos jornaleiros e espertos da bola.
      Vão buscar palha a outro sítio, que aqui ainda morrem de indigestão.

      Eliminar
    5. Devias ter esperado pelo minuto 92, morcão.
      Chupa que é de uva!

      Eliminar
  7. Epa, estou a fazer um zapping pelos diversos merdia (tvs e rádios) e ao contrário do que diz o 1-1 final, fomos goleados, muito inferiores, muito fracos, sem oportunidades de golo, entre outras pérolas. Fantástico!
    Ahh como é bom ser Benfiquista!
    E Vivó Benfica!
    BV

    ResponderEliminar
  8. Final feliz que merecemos porque uma equipa com 6 jogadores do top lesionados ir empatar as djantas e obra,podiamos ter ganho fiquei com a senssaçao que Lisandro podia ter feito algo mais no lance que sofremos o golo,Mitroglou sem o Jonas a sua volta nao e o mesmo nao gostei de ver os saltos loucos do somos porto com o golo aceito a sua felicidade mas aquilo para mim e mostrar o que andaram a fazer o macaco e o netinho durante a semana odio odio odio ao glorioso,mesmo com a arbitragem a jeito nao conseguiram vergar estes maravilhoss rapazes carrega Benfica.

    ResponderEliminar
  9. Companheiros,

    O bacano que inventou a expressão "karma is a bitch" ... devia ter recebido um Nobel!

    Hoje, a Equipa teve um desafio muito complicado (ainda mais do que previsto e com mais imprevistos) e, imaginem, eu tive de assistir a tudo num "pub" com uma esmagadora maioria de andruptos presentes. Depois de eu ter visto as coisas muito mal paradas, a primeira parte terminou com aquele cheiro a medo dos andruptos, fazendo-me confiar que as coisas iriam melhorar.
    E se já tive esse palpite, ainda o consolidei após o primeiro golo: só me apetecia sorrir, à medida que via os andruptos a olhar para mim com cara (de andrupto, pois claro) de quem queria apostar no resultado. Foi tão intenso, que eu, que sou frontalmente contra apostas, apostei várias cervejas (SAGRES, que eu não facilito), com outros tantos deles, em como o Glorioso não perdia o encontro.

    Agora imaginem lá a tromba dos andruptos, ahahah

    Viva o Benfica!
    (José Albuquerque)

    ResponderEliminar
  10. Boas,
    Parabéns! Soube a Vitória!? Era importante pontuar!
    Gostaria apenas de vos alertar para a ilusão de que "...o tempo do vale tudo acabou...". Não acredito nada que assim seja! Ou havia melhor árbitro que o Porco Soares para hoje, parece que não!? E veja-se traulitada distribuida durante os quase 100 minutos. Ouvi os paineleiros a chamar-lhe a agressividade e pressão dos PORCOS sobre a bola... Ai que dejavu...!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se tivesses mais de 40 anos, com um bocadinho de sorte, percebias melhor os mais velhos. Isto hoje, apesar de mau, em comparação com o que se passava antes foi uma maravilha. Antes não te livravas de uma expulsão nem do penalti da ordem. Muito menos das patadas e das cotoveladas. Quem tem mais de 50 sabe muito bem do que estou a falar. Um conselho, vê o video mais acima; e olha que aquilo é apenas uma amostra...

      Eliminar
    2. Mesmo no início do jogo, andavam a correr atrás do árbitro cheios de tesão, até o Mini Pereira queria-lhe encostar o par de enfeites da testa ao peito do Arturinho Dias que ficou a olhar para o anão. Lembrei-me logo do José Pratas a fugir do Fernando Couto e restante escumalha. 10 minutos depois que a maltosa estava a começar a repetir a "gracinha", acaba com a palhaçada e mostra um amarelo ao Corona para baixarem a crista e foi remédiozinho santo, não houve mais brincadeiras desse género até ao final do jogo. Outros tempos.
      Cumprimentos

      Cumprimentos

      Eliminar
    3. Agradeço a sugestão do video, já o conhecia, por que os presenciei, mas faltam outros tantos: dou um exemplo: dia de nevoeiro na cidade fantasma, Mostovoi prepara-se para bater o livre directo, parte para a bola e GOLO!! golo anulado e manda repetir o livre, creio que faltava 2 minutos para acabar o encontro da 2ª mão da Taça CO, depois do empate por 1-1 na LUZ... ~
      Mas a minha memória presencial é mais valiosa que o video que sugerem. Passo a exemplificar: tinha 14 anos, no mês de Agosto 83, atenção, disse Agosto não Maio. O meu Pai me convida para ir-mos ver a única Final da Taça, que me lembre, jogada fora do Estádio Nacional. Carlos Manuel do meio da rua, mas que pontapé magnifico, qual zé beto, qual caralho, GOLO do BENFAS. O meu Pai não foi a tempo de impedir-me de gritar GOLOOO!! Experimentem gritar golo naquele inferno...!!

      Eliminar
  11. Esta maltinha k diz k isto é uma farsa,nem se lembra,nem sabe,pk nada se fala disto na nossa press(tituta).Sabem k existe um Gr no mundo k levou um cartão amarelo aos 5' de jogo,por pretenso anti-jogo?! Claro k disto não se lembram,nem sabem,pois esse Gr chama-se Michel Preud'home,num jogo no ladrão,apitado por martins dos santos,um fdp gordo,vestido de negro,um dos acusados,e,punido no apiNto dourado.

    ResponderEliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não vale a pena perderes tempo...faz-te à vida malandro.