quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

A diferença está no treinador...

O professor Rui Vitória - como gosta de lhe chamar o Pedro War para meter jorge lagarto no lugar - recusa-se a fazer balanços de fim de ano e eu acho que ele tem toda a razão. Os balanços fazem-se, internamente, no segredo dos gabinetes, e em publico, somente no final da época. Outra coisa são os comentadores, especialistas e os abalizados paineleiros que vivem dos balanços, balancetes, macetes e, sobretudo, das previsões que, no caso da maioria, mudam - semana sim semana não - à medida dos desejos de cada um...Eu também gosto de balanços, mas como não sou vidente e de bola só entendo bem as que entram na baliza dos adversários do Benfica, divirto-me muito mais a fazê-los, analisando e seguindo à risca o que nos ensinam os expert da bola nacional...

Ao fim de 14 jornadas já podemos afirmar - com total segurança - que todos (a esmagadora maioria dos analistas) os que previram o passeio triunfal do lagartedo e do seu treinador, acertaram em cheio na mouche. O sporting do Campo Grande tem mesmo um grande plantel, jogou maravilhosamente na Europa, e em Portugal continua a passar a ferro os adversários. Sairam somente Slimani (apenas à terceira jornada) e João Mário, devidamente compensados com as dezenas de craques que aterraram no alvalixo. O novo Garrincha (Gelson) arrasa todas as semanas e o Bas Dost até marcou um golo ao Benfica. O prémio bola está cada vez mais à mão.

Najantas mora - segundo as mais recentes avaliações dos especialistas - o "melhor futebol da liga".
Mas nem sempre foi assim. O foculporto e o padre Nuno chegaram a ter algumas dificuldades para desenhar o maravilhoso quadro que nas ultimas semanas passou a ser consensual em Portugal. Mas o que é que mudou assim tanto para que os desenhos do padre Nuno desaparecessem da ordem do dia? As arbitragens, obviamente. Logo que a choradeira começou a marcar pontos...

Com o Braga - penalti e expulsão ao minuto 35; golo da vitória aos 96 mts. Com o Feirense - penalti e expulsão logo aos três minutos de jogo. Marítimo - minutos finais de credo na boca a queimar tempo....e Chaves, com o foculporto a perder até aos 72 minutos. Três vitórias tangenciais e uma folgada, em Vila da Feira, a jogar contra 10. É este o resumo da equipa que «joga o melhor futebol da liga»!!!

Na Luz, o primeiro balanço fez-me perceber que o Tricampeão Nacional se reforçou imenso com as saídas de Gaitan e Renato Sanches! Quando eu observo a choradeira com as 'ausências' de Slimani e João Mário (e de Adrien durante três jogos) e o absoluto silêncio que a partir do momento em que o Benfica chegou ao topo do campeonato se instalou nos fóruns da bola, não posso concluir outra coisa! A juntar a Renato e Gaitan, há que contabilizar a enorme vantagem que foi para o Benfica jogar sem o melhor jogador do campeonato; Jonas, o rei dos goleadores! E as muitas lesões que - segundo os mesmos especialistas -  foram uma sorte que permitiu ao Benfica retirar daí grandes proveitos, podendo rodar tranquilamente o plantel.

Grandes vantagens que foram evidentes também na arbitragem - com performances dos homens do apito absolutamente fantásticas. Em casa com o Setúbal, logo na segunda jornada; manuel oliveira - perda de 2 pontos. Em Arouca, com fabio verissimo ao mais alto nível. Em Chaves, onde tiago martins fez tudo o que pode, mas não pode. Na Madeira, frente ao Marítimo, onde o vasco santos levou para casa os três pontos da mala. No Estoril, com muita mas muita (bruno) paixão. E ontem - frente ao Rio Ave - em que rui costa nos maravilhou a todos com mais uma daquelas arbitragens à antiga portuguesa. Chorou-se baba e ranho na zona de Contumil, tal a nostalgia que ali se instalou!

Confirma-se que o Benfica só é forte contra os fracos; 7 pontos nos últimos três confrontos com sporting e clube da fruta. 

É espantosa a facilidade com que se continuam a mostrar cartões amarelos a jogadores do Benfica.

A sportv está cada vez mais parecida com o rascord.

O próximo clássico entre os compadres do cuspe e da fruta arrisca-se - pela segunda época consecutiva - a voltar a ser um amigável; agora com vontades e desfecho diferentes. 

Rui Pedro Brás já está outra vez em condições de garantir que o Jonas não volta a jogar este ano.

É muito provável que, na zona do campo Grande, a temperatura desça até uns agradáveis 11 graus negativos...

E que obrigar jogadores profissionais a dar explicações a bandidos e cadastrados passou a ser algo perfeitamente normal.

Frase do ano - «a diferença está no treinador»

16 comentários:

  1. Adorei ver o mestre da táctica esconder-se por detrás do super capitão para enfrentar o executante dos caprichos do ex vice e os seus muchachos.
    Se estivesse no lugar do capitão tirava o melhor dos seguros às rótulas dos joelhos, principalmente se o chefe perder as eleições, ou então piráva-me nesta abertura de mercado enquanto ainda tem condições de poder jogar.

    ResponderEliminar
  2. Os lagartos parecem baratas tontas... Completamente à nora, o desespero já não dá para esconder.
    Votos de Feliz Natal ao Guachos e a todos os adeptos do Maior que Portugal!
    Saudações Benfiquistas.

    Gonçalo
    Castelo Branco

    ResponderEliminar
  3. Aposto nos -10 graus.

    CARREGA BENFICA TRINTA E SEIS!

    ResponderEliminar
  4. Ainda com um sorriso bem vincado, desejo ao Guachos e a todos os que por aqui passam, um feliz Natal.
    Boas Festas!

    ResponderEliminar
  5. Excelente balanço! Falta ainda falar do Jorge Sousa contra o lagartedo, e da dificuldade dos adversários do Benfica em verem amarelos mesmo pedindo! Já ao Pizzi, fizeram-lhe o favor!!

    Mas as arbitragens... o próximo jogo está preparado por eles e vai ser difícil (daí o Marega não voltar). Mas nós também vamos apresentar reforços de peso!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim mas o vermelho que "despenalizava" só à segunda e eu estava a ver que o gajo apitava para o final do jogo só para nao lhe dar o cartao.

      Eliminar
  6. Excelente, a frase do ano - «a diferença está no treinador».

    ResponderEliminar
  7. "NO BENFICA NÃO MUDOU NADA... MAS O CÉREBRO NÃO ESTÁ LÁ"

    Pois não mudou, e pois não está.
    Não haja dúvidas que não estão os cérebros que acham boa ideia deixar entrar um grupo de arruaceiros, ou de meninos do coro, ou de jovens agricultores, ou do que seja, no centro de estágios onde os atletas têm que se sentir totalmente protegidos e seguros. Onde não devem ter que falar com quem quer que seja, nem aturar quem quer que seja exterior ao grupo de trabalho, só porque os cérebros decidem destruir um santuário a troco de mais uns minutos de tempo de antena.

    É a ver estes erros serem cometidos, uns atrás dos outros, que tenho cada vez mais a certeza que ganhar dá muito trabalho. Tanto trabalho que as vitórias só se conseguem através da acção de muitos. Muitos, unidos, focados, profissionais, com um rumo definido e uma liderança clara. Eis a nossa estrutura.

    Infelizmente lutamos contra um adversário que também não vai cometer erros básicos como este. Ou pelo menos não devemos contar com isso.
    E vai ter muito brevemente um aliado de peso na comunicação social. Para esta escumalha o Porto vai deixar de ser a reserva de luxo, para passar a a ser o cavalo onde se aposta tudo. De acordo com as notícias a vir de Belém, talvez até a partir de hoje.

    Mas como muito bem disse o nosso treinador na época passada, e se bem disse melhor fez, não vai ser fácil derrotar-nos.
    Confio na nossa estrutura, confio no seu trabalho, nos 10% que se vêm e nos 90% que não se vêm, e estou convicto que juntos vamos fazer história.
    É esta a minha previsão para o que falta da época.

    ResponderEliminar
  8. Caríssimo GuachosVermelhos! Não tenho o grande prazer que seria conhecê-lo pessoalmente, nem me considero um idólatra, mas serve a presente para lhe agradecer do fundo do coração, a dedicação e assertividade com que escreve os seus BRILHANTES textos, não só em defesa do nosso amado SLB como, apesar de toda a ironia, consegue ser de uma clarividência inigualável (já uma vez lhe disse, que igual a si só o ENORMÉRRIMO JOSÉ VILHENA"). Espero que em 2017 continue na sua saga de melhor blogue BENFIQUISTA, que nos motive quando estamos abatidos e descrentes, e que tenha um bom Natal e um óptimo Ano Novo na companhia daqueles que mais ama. UM ENORME BEM HAJA!

    ResponderEliminar
  9. Ouvir o velho corruptor falar de arbitragem, é o mesmo que ouvir um proxeneta criticar o negócio da prostituição...

    ResponderEliminar
  10. União inabalável e Foco nos objectivos. Essa foi a chave do ano passado e será todos os anos igual.
    Se mantivermos os dois, com a superior competência da nossa estrutura, será muito difícil não conseguirmos o título.
    Boas Festas a todos, e um Tetra no sapatinho.

    ResponderEliminar
  11. GV candidato a melhor blog do ano. Tenho dito.

    ResponderEliminar
  12. Saudações Benfiquistas!!!!
    Nada de novo no GV,sempre a abrir e a mete-los bem lá no sítio desta corja jornaleira e afins,e já agora nesses especialistas que são os talibans.

    Desejos de umas Boas Festas a todos os Benfiquista!!!!

    Carrega Guachos!!!!
    Carrega Benfica!!!!

    ResponderEliminar
  13. FESTA LEONINA DEIXOU VÁRIAS CADEIRAS SOLTAS NO RESTELO - http://www.record.xl.pt/multimedia/videos/detalhe/festa-leonina-deixou-varias-cadeiras-soltas-no-restelo.html

    LOLOLOLOLOLOLOL - jornalismo de primeira? chama-se cadeiras soltas a vandalismo?

    #nãoacabemnunca #aculpaédojorgesousa #maisumpenalti

    ResponderEliminar
  14. Ha jogadores com 3 pernas e treinadores com 4!!!

    Boas Festas,Guachos!!!

    ResponderEliminar
  15. Mais uma boa posta. Mas deixa lá o Rui Pedro Brás sossegado,que na demência colectiva televisiva cá do burgo,faz mais por nós que os outros todos juntos.

    ResponderEliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não vale a pena perderes tempo...faz-te à vida malandro.