segunda-feira, 19 de junho de 2017

Video-coiso!

Num curto espaço de dois dias vivemos duas situações similares, julgadas de formas idênticas, mas de consequências diametralmente opostas. O fruta-árbitro ou o audio-fruta, como quiserem, anulou um golo limpo ao Benfica, impedindo o bicampeão português de hóquei em patins de renovar o merecido titulo. Num ápice, os merecidos festejos deram lugar à frustração e ao desânimo. O video-árbitro anulou um golo à selecção do Ronaldo impedindo-a de, cedo, começar a ganhar. Nada aconteceu porque o jogo não contava para nada e, sobretudo, porque muito faltava ainda por jogar.

Ricardo Quaresma -"Se disser o que penso sobre o vídeo-árbitro tenho um castigo" 
Quando desobrigados da cartilha dos clubes, ouço sempre com muita atenção as opiniões dos jogadores. Interessa-me muito perceber o sentimento dos artistas que nos fazem gostar de bola e nada quero saber dos cretinos que quase nos fazem odiá-la.

Quaresma sofreu na pele, pela primeira vez, os efeitos do video-árbitro. A selecção dos arautos da verdade desportiva, pioneiros das novas tecnologias apostados em mudar o mundo moderno, na mesma medida que esperam encher as depauperadas vitrinas de troféus, também. O jogo era (quase) a feijões e a imprensa desportiva, uma parte anda ocupada com os netos da Dolores e a inseminação da Georgina e a oura metade instalou-se à porta do fruta canal à espera que o xico jota descarregue os seus traques semanais. Não sobrou ninguém para debater as consequências do video-árbitro, mas...

Imaginem que tinha sido na final com a França e que o golo do Eder tinha sido invalidado dessa forma! Imaginem que já depois de roucos de tanto gritar vinha de lá um qualquer jorge coroado, sentado atrás de uns monitores, e dizia que não, que o golo tinha sido ilegal. Imaginem a cabeça dos jogadores e o animo para encarar o resto do jogo. Agora imaginem o cenário num Benfica-porto ou num sporting-Benfica, a uma jornada do fim, onde o campeão fosse decidido pela decisão do video-árbitro...Isto é amar o futebol? Sobre isto é que os inteligentes da bola devem reflectir e nada sobre o tamanho da pilinha do rui santos que existe em cada um deles...

Fernando Santos também fez umas breves declarações mostrando o incomodo que o assunto lhe provoca, sobretudo porque não pode ir contra a federação que se propôs alegremente ao papel de rato de laboratório. Não que a sua opinião conte demasiado para mim. De todo. Não sou capaz de valorizar a opinião de um profissional que prefere Marafona, mantendo dois guarda-redes no banco de suplentes, enviando Pizzi, o melhor futebolista da liga portuguesa, para as bancadas. Nunca me esquecerei dessa afronta.

27 comentários:

  1. O teu último parágrafo diz tudo. Aviltante a atitude de colocar o Pizzi na bancada.

    ResponderEliminar
  2. Claro que se houvesse video-árbitro no hóquei teríamos mais um título na modalidade. Uma coisa é certa, com o video-árbitro nunca teriam contado alguns golos que o Benfica sofreu na época futebolística passada. Por exemplo, contra o Setúbal e contra o Boavista. Seriam "só" mais 4 pontos no final do campeonato. A menos que quem estivesse por detrás dos ecrans fossem os tais Coroados, Calheiros, e outros que tais. Mas como os "olhos" da UEFA estão virados para nós, a Federação não vai querer coroadisses ou calheirisses pelo menos neste ano de laboratório. O Karma é tramado e tenho esperança que os dragartos tenham uns quantos golos anulados pelo video-árbitro. Ao fim de umas 10-12 jornadas estarão os dragartos a fazer tal alarido que vão ter que suspender o video-árbitro. E estará o rasteirinho santos a clamar por muma verdade desportiva sem video-árbitro.
    cada vez mais me convenço que qualquer dia eles tentarão aprovar uma lei que obrigue a uma maior equidade na atribuição de títulos.

    Sérgio.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sérgio

      Não concordo nada quando dizes que com video árbitro teríamos ganho no hóquei. Nós gánhamos limpinho, os árbitros viram claramente, mas não deixaram. O roubo estava arquitectado e a ocasião proporcionou-o.
      Há diferença entre dúvida razoável, que não foi o caso, e certeza inequívoca de um golo legal, como foi o caso.
      Tratou-se de um roubo despudorado. Ponto final parágrafo.

      Eliminar
    2. Continuo a defender que com video-árbitro teríamos ganho. Para começar, a agressão do Pedro Gil ao João Rodrigues não poderia ficar impune. Se sem ajuda televisiva se pode argumentar que os árbitros não viram, como é que poderiam fazer isso com as imagens à frente do nariz? A coisa seria muito mais grave. Não acredito que fosse possível desvirtuar tão facilmente a competição.

      Ainda assim, há efetivamente erro técnico no jogo, pois se o árbitro assinala falta contra o Benfica no tal lance do golo anulado, devia ter marcado livre directo, o que não aconteceu. Porquê? É um monumental peso na consciência. Aposto que na taça o Benfica vai ser beneficiado contra o Porto para depois ir à final perder com o Sporting (estamos casados, esta competição é para mim, aquela é para ti). O presidente do conselho de arbitragem, Agostinho Silva, já disse que está tranquilo com as críticas do Benfica e disse que é normal quem perde queixar-se da arbitragem. Referiu-se ao golo anulado dizendo "Não nos podemos esquecer que o jogo não terminou com aquele golo invalidado a 20 segundos do fim. A 9 segundos do fim houve um cartão azul para o Sporting, com o consequente livre direto, que o Benfica falhou. Aí o Paulo Rainha não foi um mau árbitro?". Portanto, esquecendo todas as decisões durante o jogo, um árbitro que assinala um livre a 9 segundos do final (se era livre ele não tinha que assinalar?) e deixar o guarda redes avançar aquilo que era preciso para defender o livre directo, é sinal de grande arbitragem para este indivíduo. Com licensa, vou ali vomitar.

      Sérgio.

      Eliminar
    3. Sérgio, sou obrigado a concordar com o nosso amigo Alma.
      Se nos roubaram desta forma, mesmo com o jogo transmitido em canal aberto, roubavam de outro modo qualquer.
      O resultado está feito, fomos roubados, o troféu "bai" para o museu "banco bmg" e acabou a "combersa".
      O clube sabe o que tem de fazer juridicamente, para responsabilizar quem tenha de ser responsabilidade.
      Mais importante que isso, o clube sabe que trabalhou para ganhar este campeonato e, independentemente de uma certa taça ir parar ao meio dos troféus do putedo, o campeão seria sempre o mesmo, O GLORIOSO!!!

      Eliminar
    4. As orgas não estão na final four da TP

      Eliminar
    5. Sérgio

      Acho que afinal acabamos por estar de acordo quando citas a vergonhosa e desonesta, inequivocamente desonesta, argumentação, que eu ignorava, do cretino presidente do CA, o tal Bernardino.
      De facto, na minha perspectiva, a declaração do gajo é sintomática de que com ou sem Var a ocasião faz o ladrão e ao proporcionar-se ocorreria o assalto. Foi tão, mas tão descarado, que até os gajos da merda da tvi ficaram atónitos.
      Enfim, espero que o Benfica reflicta sobre o que for melhor para o clube, face ao que ocorreu e que, convenhamos, é o corolário do que foi a arbitragem em vários jogos.
      Abraço benfiquista

      Eliminar
    6. Estava convencido que os lagartos ainda estavam nessa final four. Afinal não estão. Obrigado pela correcção.

      Sérgio.


      Eliminar
  3. A partir da proxima epoca o futebol que eu adoro e sempre defendi vai desaparecer. Vai aparecer um outro jogo que até pode ser mais espectacular, mas será menos emocional, menos vibrante e sobretudo com menos paixão.

    Ver um jogo da minha equipa e depois de um golo pular gritar e festejar com outros benfiquistas e passados 20 a 40 segundos ver um apitador apontar para o seu ouvido e gesticular com os dedos um formato retangular e depois de 2 , 3 minutos decidir que afinal não é golo!!!!!!!!

    Se pela TV já e dificil de aceitar e depois mostram uns jogadores parados e umas linhas!!!!

    No campo a ver um jogo decisivo e sem TV festejar e depois e 3 minutos recomeçar tudo?????

    Realmente quem decide isto não gosta nem percebe de futebol.

    Ainda assim prefiro os maus arbitros porque mesmo nas más decisões a coisa era instantanea e sem demoras e a malta já sabia com o que contar.

    Para isto não gasto dinheiro. È o principio do fim deste grande desporto.


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Campeonato 2012-2013. Benfica perde com menos um ponto que os corruptos.

      O que eu não daria para, na 4ª jornada, o árbitro ter estado uns minutos ao auricular e a gesticular até chegar à conclusão que o penalty que marcou contra o Benfica seria transformado em livre por a falta ter sido um metro fora da área.

      Há malta que nunca está satisfeita...


      ROC

      Eliminar
  4. Em cada lagartinho há um ser menor, mesquinho e normalmente um falso rico. E um falso moralista com retoques amaricados e ares de superior, um elitista da frustração. O Roro7, mesmo com roupas de marca e carros potentes, encaixa-se – em todos os sentidos – no acima descrito. E é mal-educado, prepotente. Faz-me lembrar os lagartinhos que ao sábado ou Domingo vejo naquele passo atarantado, efeminado até, desfilando no meio de prédios, estações de metro, túneis, pontes, centros comerciais, bombas de gasolina, até ao campozinho da fossa. Julgam-se grandes, inventam títulos e objectivos quando todos sabem, todos sabemos, qual o único significado da sua existência. Também os há de negro, tapados por “casualidade”, renegados agora pelos amigos com vozes de travesti e ares alucinados. Concluindo, todos tão iguais na completa felicidade do anti-benfiquismo.

    ResponderEliminar
  5. Sobre o hóquei, aconselho este vídeo em italiano. Até em Itália o jogador do Sportem que agrediu tudo e todos (e que mandou o stick para a bancada, colocando a vida dos adeptos em perigo) é criticado, mas cá nenhum jornal fala da vergonha que foi.

    vídeo:

    https://www.youtube.com/watch?v=41rapEqAJ3A

    - O Sonho de Damião -

    ResponderEliminar
  6. Aliás, este Pedro Gil, o tal jogador do Sportem que agrediu tudo e todos no jogo que deu o título aos dragartos, é um jogador que já devia ter sido irradiado da modalidade:

    (agressão de Pedro Gil a João ROodrigues

    https://www.youtube.com/watch?v=JdM8ZRVtWZ0

    Mas os árbitros em Portugal preferem fazer vista grossa, tudo valeu para que o Benfica não fosse campeão.

    - O Sonho de Damião -

    ResponderEliminar
  7. Guachos, com vídeo árbitro bastava os franceses protestarem e de certeza que um gajo na cabine via o agarrão ligeiro de Éder e marcaria falta. Golo anulado... e a choradeira que seria. :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por acaso, na jogada do golo do Éder existe, mesmo, falta contra nós...

      Com o vídeo-árbitro o golo do Éder seria anulado de forma totalmente justa...

      Eliminar
  8. Isto do video-arbitro ainda mal começou e já enjoa. Até no segundo golo de Portugal teve que se fazer um compasso de espera e nem se sabe bem porque (ridiculo se foi pra saber quem o marcador do golo)
    A cada decisão mais dificil la vem o video-arbitro (v-a)
    Tou mesmo a ver os arbitros principais ,pra nao se lixarem, em vez de decidirem eles primeiro, vão pedir a avaliaçao do v-a.
    Se os jogos no nosso campeonato já têm demasiadas paragens e anti-jogo, imagine-se a terem de recorrer ao v-a por tudo e por nada

    ResponderEliminar
  9. Mas alguem acredita que o video arbitro vai ajudar-nos em algo,entao voçes nao veem quem manda nisso tudo nao e o Benfica como se faz crer,quem se senta em frente dos monitores quem sao eles arbitros afectos ao sporting e fcp,na final da taça foi tal escamotear penalties a nosso favor,se no hoquei tivesse havido video arbitro o tal golo que nao valeu nos ultimos segundos se tivesse havido video arbitro nao valia na mesma,mas porque que razao que o presidente do scp fez força para que o video arbitro fosse um facto so assim serao campeoes porque quem se senta a frente dos monitores sao fectos a corruptada e lagartada,concordo plenamente com o texto e com os comentarios vamos festejar um golo durante 30 a 40 segundos e depois nao conta na minha opiniao vai gerar mais violencia e mais polemica puta que pario o video arbitro e mais quem teve a ideia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também acho!

      - O Sonho de Damião -

      Eliminar
  10. Ainda por cima, há regras no video-ábitro que são totalmente ridículas. Vejam esta:

    http://ofuraredes.blogspot.pt/2017/06/video-arbitro-um-penalti-pode-ser.html#.WUgH3pIrKCg

    Então num caso destes não deveriam interromper o jogo de imediato? Podemos chegar ao cúmulo de uma equipa marcar um golo e ver o mesmo anulado porque antes houve um penalty não assinalado pelo árbitro... Desculpem lá, senhores da UEFA, mas isto não faz o menor sentido...

    ResponderEliminar
  11. “Em última instância, podemos até ter um golo anulado porque não se marcou penálti do outro lado” - AH AH AH - Vai ser bonito, vai...

    ResponderEliminar
  12. E que dizer do guarda-redes estátua no segundo golo do México.

    E aqui em França os comentadores da TF1 (maior grupo televisivo francês) estranharam que o treinador não apostasse no certo Bernardo Silva...

    Vitor Ramalho
    Saudações benfiquistas

    ResponderEliminar
  13. Independentemente do Pizzi, cheguei à conclusão que o Fernando Santos é um desprezível filho da puta sem o mínimo de carácter e amaldiçoo o dia que o defendi enquanto treinador do Benfica.
    A rábula do video-vasco e Quaresma na Ronaldo Mendes & Amigos é deliciosa ironia.
    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  14. Sobre o vídeo árbitro, pode ser que me engane, mas veremos se não será perverso para os próprios árbitros. Veremos se, mais dia menos dia, mais jogo menos jogo, mais declaradamente ou mais discretamente, não andarão às turras uns com outros. Veremos.

    ResponderEliminar
  15. Vais-me perdoar Guachos, mas vou falar de uma merda que não interessa nem ao menino Jesus.
    Ontem estava em casa do meu pai, e lá tive que ver a porcaria do jogo da equipa da federação.
    E cheguei a algumas conclusões.

    O Frei Santos daria um excelente comentadeiro de futebol. No final do jogo fez uma análise perfeita do que se tinha passado em campo.
    Infelizmente, sendo ele o principal responsável pelo que se passou em campo, demonstrou também não ter jeito nenhum para ser treinador.

    Acho fantástico que a equipa de federação jogue com o Cedric em vez do Nelson Semedo, com o WC em vez do Danilo Pereira, com o Moutinho em vez do Pizzi, com o André Gomes em vez do Bernardo Silva, e com o Nani em vez do André Silva, sem haver um jornaleiro a piar sobre isto.

    Acho fantástico que a equipa da federação jogue de outra maneira que não em 4-4-2, tendo o melhor filho da melhor Dolores do mundo, quando toda a gente sabe que tendo o melhor filho da melhor Dolores do mundo, nada faz sentido que não o 4-4-2. E mais uma vez, nem um pio da jornaleirada sobre isto. E se a jornaleirada gosta de chilrear.

    Aparentemente o padreco Santos não é completamente asinino, e já percebeu que para agradar aos jornaleiros cá da terra não precisa de pôr a sua equipa a jogar a ponta de um corno, nem de fazer o mínimo sentido nas suas escolhas tácticas e estratégicas.
    Basta pôr a jogar muitos do lumiarense, de preferência nenhum do Benfica, e pode ficar descansado que vai ser sempre herói da jornalada.

    Pela minha parte cada vez mais satisfeito por não ser adepto da coisa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Está aí tudo!! Subscrevo completamente! É pena é que não haja mais fórmula 1 e 24h de Le Mans e desportos motorizados à mesma hora que joga a equipa da federação!

      Eliminar
    2. Eu não tenho desejo especial que o Pizzi e o Nélson Semedo joguem. Em princípio não jogando o risco de lesões é menor. E tomara que o pessoal não descubra que o Pizzi pode combinar muito bem com o André Silva.
      O André Silva deixou de ser necessário à selecção após ser vendido, contrariamente ao Renato que só foi necessário após ser vendido. É a vida.

      Sérgio.

      Eliminar
    3. Para arrematar este comentário, só falta o último parágrafo do Guachos.
      Um jogo da seleção que não tem no seu onze (nem ao longo de todo o jogo!) um único jogador do tetracampeão, diz tudo do interesse que me suscita (há anos, não é de agora) a seleção da FPF.

      Eliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não vale a pena perderes tempo...faz-te à vida malandro.