sábado, 5 de novembro de 2016

Jornal record é mesmo uma merda.

Não há que ter medo das palavras; o rascord é mesmo uma merda. Fazendo a analogia com o cachecol da foto divulgada no pasquim, pode dizer-se que toda a merda do futebol advém do rascord. Numa altura em que qualquer facto ou uma palavra mal dita pode acabar em tragédia - o pasquim mais rasca da cs desportiva faz o que pode para incentivar a violência, promovendo o ódio de forma reles; cobardemente porque atira a pedra e tenta esconder a mão. Não é o neto do costa que incendeia o clássico. O rascord é que o quer ver a arder. 
Quanto ao fedelho do cachecol - tem a mesma importância de outros que já vi com outras cores - também a vermelha - exactamente nenhuma, zero, bola para quem preferir linguagem de sapo. 

A cs afadiga-se, apostando tudo na motivação das tropas, tentando provar que a tradição ainda é o que era...Que o Rui Vitória nunca ganhou ao foculporto, não ganhando njantas nem em lado nenhum. Estudos, comparações, datas, pesquisas...e uma só conclusão; Rui Vitória é um perdedor nato perante o poderoso opositor. Curiosamente (hahahah) - ainda não vi nenhum estudo sobre o percurso, certamente esplendoroso, do actual treinador do foculporto quando pela frente lhe coube em sorte o Benfica!
Ora, segundo as minhas pesquisas, porque me obrigaram a fazê-las, Rui Vitória nunca ganhou ao foculporto excepto no dia em que, com o Fátima, eliminou o clube da fruta da taça de Liga, após a marcação de pontapés da marca de grande penalidade. O guarda-redes do foculporto, só por curiosidade, foi um tal de Nuno Espírito Santo. Uma bonita efeméride que a ninguém interessou...

Da imprensa e ainda no rescaldo da semana europeia....
Benfica; perante um adversário fraquíssimo, vitória tangencial e sem brilho do Tricampeão Nacional sem nada de relevante a considerar. A lesão de Fejsa foi uma sorte que o Rui Vitória não deixará de capitalizar a seu favor. 

Najantas, fantástica goleada do foculporto com o magnifico André Silva a desbaratar os poderosos belgas. Faltou-lhe uma pontinha de sorte para marcar mais dez golos...todos os grandes da Europa suspiram pelo goleador. Nada sobre o novo andebolista Óliver Torres.

Esplendorosa performance do sporting do campo grande, outra exibição espantosa do novo Garrincha, e o regresso do D. Sebastião Adrien festejado como um novo titulo. jorge lagarto voltou a espantar o Mundo engendrando uma intrincada táctica que enganou completamente o adversário, e só faltou mesmo a bolinha entrar na baliza. Ou como afirmou o visconde novo no final da partida, faltou ser bocejados pela sorte.

No resto da Europa, pouca coisa a relevar. Guardiola esmagou o Barça, provando que se tem aplicado nas lições do vitó da mosca, José Mourinho esmagou (outra vez) a própria equipa - numa esplendorosa conferência de imprensa, onde, brilhou (outra vez) a grande altura, e o Real Madrid foi esmagado pelo silêncio das bancadas nuas do "Pepsi Arena". Rezam as crónicas que mais ninguém no Mundo conseguiu jogar como fez o Legia contra o colosso espanhol. 3-3 foi o resultado final, houve futebol de encantar o universo, foram descobertos 5 ou 6 novos Garrinchas, e até já há quem lhes chame os novos Gelson Martins! Eu nem quero pensar se o Legia tivesse perdido.

13 comentários:

  1. Nem mais. Esses gajos deviam todos perder a licença de jornalistas...

    ResponderEliminar
  2. Independentemente do significado que a vitória possa ter, de todas as manifestações de ódio que têm surgido em relação ao Benfica e do ambiente hostil que vão encontrar, confio que Rui Vitória consiga fomentar objectividade e o pragmatismo nas suas tropas de modo a que possamos potencializar a vantagem pontual e exibicional que temos em relação ao adversário.
    Confiança, controlo emocional e ambição.
    1-3 vence o Glorioso.
    Pedro

    ResponderEliminar
  3. É como dizerem que o Benfica chegou à vitória 100 na LC... segundo o site da UEFA, temos 106... Que "jornalistas" de merda!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essas 6 vitorias foram em pré-eliminatórias, há quem não as considere.

      Eliminar
  4. Muito bem dito: "Não é o neto do costa que incendeia o clássico. O rascord é que o quer ver a arder. "

    ResponderEliminar
  5. Esta atitude do rascord foi demasiado porca para merecer adjetivações. Como dizia o outro, todos acorrentados e largados em alto mar, seria um bom princípio.

    Mas sobre o resto, tenho que admitir que por vezes posso ser injusto para com jornaleiros e espertos da bola.
    Estou certo que ontem, ao ver o Mais Futebol, tive um destes momentos.
    Talvez influenciado pelo profundo asco que senti ao assistir estupefacto á puta da apresentadora a rir das imagens de agressões bárbaras ocorridas em clássicos da década de oitenta e noventa, perante a complacência de árbitros corruptos.
    Mas isto não serve de desculpa para a desconfiança militante que demonstrei de seguida acerca dos conhecimentos futebolísticos desta seita.

    A verdade é que quando a vaca, supra referida como puta de merda, começou a dissertar acerca da audácia táctica do Jesus no jogo com o Borussia, sem sequer pensar no assunto adoptei uma postura de total condescendência. No fim de contas não terá sido pelos seus dotes no manuseamento de bolas de futebol que se tornou apresentadora.
    E quando um dos espertos da bola que lhe fazem companhia continuou na mesma onda, não pude evitar largar uma profunda e sonante gargalhada.

    E à primeira vista chamar audácia táctica a passar de um 4-4-2 para um 5-4-1 é algo de absolutamente risível.
    Mas tenho que admitir que foi precipitado na minha análise, e só me apercebi que eles tinham razão quando começaram a falar repetidamente num esquema de 3-4-3.
    Estudando o assunto, chaga-se facilmente á conclusão que têm toda a razão. Repare-se:

    3 Defesas- Semedo, Casacos, Oliveira, Esqueleto e Se Calhar. Toda a gente sabe que os cinco juntos só valem três com boa vontade.
    4 Centro Campistas- Garrincha, Ruiz, W.C. e César. Bate certo até à entrada do Peléssi. Nome apaneleirado que resulta da mistura de Pelé com Messi, e que assenta que nem uma luva em Adrien. Com ele em campo o Lumiarense joga com 15. Vale por 5.
    3 Avançados- Castanho. Estando o Das Bost extremamente cansado, o Castanho vale pelo menos 3 dele. Ora sendo o Das bost avançado, estiveram 3 avançados em campo. Pura lógica.

    Claro que isto para mim demora horas a entender, enquanto que para os peritos referidos é imediato. As minhas humildes desculpas, em especial para a vaca, puta de merda.


    ResponderEliminar
  6. Respostas
    1. 0 - 3 fica melhor.......


      Miguel

      Eliminar
  7. Tudo tem sido feito, para nos condicionar, meter medo. Quando todo mundo sabe que quem não pode perder, e esta cheio de medo é o porco. Isto esta semana chegou a níveis inacreditáveis de estupidez, e logo por aqueles que deviam zelar por um espetáculo, limpo e correto.
    Isto esta ao nível de um campeonato dos distritais da A. F. Porto.
    Aí eu vejo que ter sido campeão europeu foi mesmo uma sorte do caraças.

    ResponderEliminar
  8. Castigat ridendo mores.

    ResponderEliminar
  9. AAAhhahahaha, melhor que o post só mesmo o titulo do mesmo.

    Esta vai ficar para o meu repertório - .."não foi bocejado pela sorte..", eeheheheheheheheeh, , como diria o mesmo no final do jogo na Alemanha, não fosse o azar e tínhamos tido sorte, aahahahah.

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
  10. Caro Companheiro; ,ais u,a postada daquelas habituais que nos poe, be, dispostos ao nascer de mais um dia obrigado:So um aparte, temos de reconhecer que alem do director que foi alias castigado nao houve da parte de responsaveis dos dois clubes qualquer atitude ou palavras para incendiar o classico, o que e de louvar mesmo sabendo que ja nao ha dinheiro para fruta e cafe com leite eheheheheh abraço GLORIOSO

    ResponderEliminar
  11. R E C M E R D A
    E
    C
    M
    E
    R
    D
    A

    ResponderEliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não vale a pena perderes tempo...faz-te à vida malandro.