sábado, 11 de julho de 2020

Ó cum kralj! Já posso morrer descansado.

Gajos que comprovadamente abominam o Benfica, que destilam e se babam de ódio ao Benfica, empenhadíssimos em desmerecer Luís Filipe Vieira! É extraordinário o apoio tácito que dão, sem relutância ou disfarce, a Rui Gomes da Silva, tentando por todos os meios derrubar o presidente do Benfica! E a força que fazem para eleger um moço que promete não só abafar sapos e clube da fruta, como ganhar a Champions League enquanto o Diabo esfrega o (terceiro) olho, sensibiliza-me. Baldaias, Serrões, Pintos, rasteiros Ruis Santos, Otávios "gosma" Lopes...tamanha compilação de pulhas unidos na nobre missão de ajudar o RGS (cada mau resultado do Benfica é uma orgia) a salvar o Benfica - derrotando sem apelo nem agravo os votos brancos e nulos - dá-me uma tesão louca de os abraçar!

O Benfica (em comunicado) destaca "justa reeleição" de Fernando Gomes e o «Reconhecimento ao extraordinário trabalho» na federação do Rónalde. Sem esquecer a 'justa' reeleição de Fontelas Gomes, que me merece o mesmo reconhecimento, respeito e consideração pelo extraordinário trabalho que tem feito em prol do titulo COVID-19 e da verdade desportiva, eu também quero parabenizar o antigo administrador responsável pelas finanças da foculporto SAD, enviando-lhe mui respeitosamente umas facturas do António Araújo por pagar, fruta para dormir em atraso e bilhetes para as "deusas" quiçá desaparecidas com o roubo dos computadores da federação. 

É verdade, já lá vão sete longos anos que os computadores do Naundinho das facturas e da sua assistente foram roubados da federação sem que até agora se saiba o que aconteceu ao material roubado; recorde-se que foi anunciada nos canais habituais a prisão do meliante mas dos PC's desaparecidos, nem uma linha até agora. Escafederam-se tal como o Cashball e o EstorilGate. Terá o bandalho escondido os computadores no local secreto onde o Mesquita Alves fez desaparecer a arma que o suicidou (um ano antes) no estádio dajantas?

Numa outra nota (AQUI) enviada à MDCSDQT, o Benfica fez um esclarecimento defendendo os seus jogadores, Pizzi, Rafa e André Almeida, vilipendiados em mais um artigo de sarjeta encomendado a uma publicação da Cofina. O esgoto a céu aberto só tem de beber na badalhoquice das redes sociais e dar voz às preocupações dos ''verdadeiros'' empenhados em varrer o balneário do Benfica! Ser grande com as calças do pai é fixe. Pega-se em activos como André Almeida, Pizzi e Rafa e deitam-se ao lixo num abrir e fechar de olhos! 

O que o Benfica está a precisar é de um médio internacional que marque  29 golos e que faça 17 assistências (ainda faltam três jogos) por época, que ostente no currículo uma Liga das Nações, uma Liga Europa e dez competições nacionais (4 campeonatos, 1 Taça de Portugal, 3 Taças da Liga e 2 supertaças Cândido de Oliveira). E de um defesa direito a sério que, apesar de lesionado na maior parte da época, consiga a bagatela de 4 golos e cinco assistências, ajude a conquistar cinco campeonatos e duas Taças de Portugal, quatro taças da liga e uma supertaça incluídas no bucho. Do comendador Rafa Silva, pouca coisa; Campeão da Europa e da Liga das Nações por Portugal, dois campeonatos, duas Taças e duas supertaças pelo Benfica! Junto-me à cofina e aos verdadeiros varredores. Por mim ia já tudo para o lixo! 

Diz que agora se transmite pelo ar! Tamanha é a coerência, exactidão, harmonia e coesão existentes entre todos os agentes envolvidos (especialistas da especialidade, benfiquistas e "verdadeiros" verdadeiros benfiquistas, talibans da internet, paineleiros especializados, comentadores encartados e avençados do mestre espalhados pela MDCSDQT, Brasil, ex-colónias e províncias ultramarinas) estou tentado a acreditar que o processo do putativo regresso de Jorge Jesus ao Benfica está a ser gerido pela DGS - com Graça Freitas, Marta Temido e o senhor da linguagem gestual a esgrabulhar o terreno - sob a orientação técnica do ponta de lança, Tedros Adhanom, da OMS. 

Vasco Mendonça e Pedro Adão Silva! Dos outros não falo porque não faço puto de ideia quem são, mas se forem verdadeiros da lavra dos dois campeões que citei faço-me à estrada e vou até ao fim do mundo com eles! A champions vai ser para meninos! Estremeço de felicidade só de os imaginar no comando de um projecto directivo para a salvação do Benfica! Ó cum kralj! Já posso morrer descansado.

sexta-feira, 10 de julho de 2020

''Contentes com a exibição" "de parabéns pela atitude''!

O Benfica, nestes últimos meses, transformou-se numa coisa medonha! Nélson Veríssimo após um resultado penalizador, em Famalicão, que entregou de bandeja o titulo ao clube da fruta - «Acabámos por sofrer o golo na parte final, mas os jogadores estão de parabéns, tiveram um atitude digna e lutaram sempre pelo resultado. Fomos penalizados pela ineficácia mas saímos daqui contentes com a exibição que fizemos». Três vitórias em 13 jogos, exibições deploráveis, vexames constantes...Eu não digo que me senti ainda mais humilhado porque não acho possível descer mais, mas, perante tamanha falta de noção, temo estar perante um buraco sem fundo. ''Contentes com a exibição'' e ''de parabéns pela atitude''! Senti-me tão parabenizado que arranquei directo a Lisboa para os festejos no Marquês! Parece que estou a vê-los, cientes do dever cumprido, parando no regresso à Luz para o já tradicional passeio à beira-mar com o presidente. 

E como lhes ficava em caminho, antes de um 'cimbalino' e um 'mil-folhas' na pastelaria Soares Dias, seria catita um jantar na marisqueira de Matosinhos, a tempo de confraternizar com Fábio Veríssimo e Vasco Santos, que também se exibiram a grande altura no outro jogo do dia, em Tondela, assim como com o dragon Sousa e o Hugo "Macron" que tão bem se portaram nessa grande exibição do Benfica! Estou absolutamente convencido que Jardel, A. Almeida, Pizzi e Rúben Dias (são estes os capitães do Benfica?) não deixariam o pequeno Cervi a lutar sozinho contra um batalhão de lagostas, travado na área de rigor por uma santola marota ou emaranhado numa teia de percebes.

E até podiam, aproveitando a satisfação pela exibição, convidar para a mesa o Sousa morcon e o Hugo Macron. Que melhor altura para os parabenizar pelo excelente trabalhinho, agradecendo-lhes a não expulsão de Cervi por ter sido ostensivamente rasteirado na área do Famalicão? Seria mais uma prova de grande atitude e podiam explicar ao dragon Sousa que os nossos capitães só não o apertaram em campo, deixando Cervi abandonado e com cara de parvo a levar um repugnante amarelo, por solidariedade com o boneco Ceição (depois de pedir mais penaltis para o foculporto já vai em cinco em quatro jogos)! Os nossos guerreiros terão muito justamente pensado que o penalti evidente sobre Cervi, seria, obviamente, contabilizado no próximo jogo do clube da fruta. Está tudo muito bem pensado!

Por mim fazia todo o sentido a nossa BTV começar já a elogiar os presumíveis árbitros da próxima final da Taça de Portugal, lambuzando o traseiro ao provavel nomeado, como tanto gosta de fazer o nosso especialista de arbitragem com o pasteleiro Soares Dias, Hugo Macron Miguel, dragon Sousa e companhia! Creio que seria crucial iniciar já o lambecuzismo a Carlos Xistra, um dos mais prováveis destacados desbloqueadores para o serviço de Coimbra, a tempo de o sensibilizar para mais uma bela arbitragem à...Xistra. E de caminho, isolar ainda mais os nossos comentadores que, como o José Manuel Antunes, mais se empenham em defender o Benfica!

quarta-feira, 8 de julho de 2020

"Estás a olhar para quem, seu car@lho?

Quanto vale ter um jornal de caserna disfarçado de desportivo a fazer fretes na MDCSDQT. O pasquim mais ordinário que temos, rascord, depois de dar como perdida a luta pelo segundo lugar com o Benfica, tenta agora, desdobrado-se em espalhar a mensagem dos sapos, impedir o avanço do Sporting Braga. Este print demonstra o esforço do anuro Bernardo em tornar a vida impossível a qualquer árbitro que se atreva a não beneficiar os batráquios. E se eles fazem o que fazem ao Tiago moedas imaginem se lhes aparecer um árbitro sem trela!

Isto foi ontem porque já hoje o badalhoco Bernardo voltou à carga com uma primeira página digna de se pendurar na retrete. Fico com a sensação que nem o pasquim da fruta conseguiu fazer tanto pelo continuado descredibilizar do chamado jornalismo desportivo! 

Agora a educação e o fino trato dos sapos...no caso a cavaqueira didáctica do aristocrata Viana; "No final do jogo, no túnel de acesso aos balneários, num tom ameaçador, exaltado e de claro confronto, dirigiu-se ao árbitro proferindo as seguintes injúrias 'pensas que és a estrela, já te fodeste, dois penaltis que não marcaste, amanhã já tens a medalha nos jornais'. O árbitro parou a olhar e o Sr. Hugo Viana continuou "estás a olhar para quem, seu caralho? não tenho nenhum problema em ser expulso'" - excerto do relatório do Tiago "moedas" transcrito no pasquim mais rasca da MDCSDQT. Não há hipótese. Um gajo, por muito sapo que seja, capaz de chamar ''seu caralho'' ao Tiago moedas merece-me o máximo de respeito. Hugo Viana, seu car@lho, acabas de ganhar toda a minha admiração! 

"O senhor (Beto) Severo tem de esperar, estou a rever vírgulas": Miguel Braga diz que o árbitro demorou 1h30 a fazer o relatório! Cum catano! Um idiota que demorou menos do riscar de um fosforo a encontrar cinco cêntimos na imensidão do relvado da Luz precisou de hora e meia para rever umas virgulas! Mas também não me parece motivo para tamanha indignação do senhor Beto. O que são 90 minutos para quem durante mais de uma década foi capaz de esperar pacientemente para assinar pelo Real Madrid?

Segundo a comunicação dos batráquios e o rascord (onde acaba uma e começa a razão da existência do outro fica ao critério de cada um) Tiago "moedas" Martins não assinalou uma cabazada de penaltis a favor dos batráquios! Depois do mestre Capela transformar 95 mts em 100, até o Coates marcar ao Tondela, já não se via um escândalo tão grande na MDCSDQT desde que a Melhor Dolores do mundo se zangou nas redes sociais com a silhueta esgrouviada da melhor Georgina e a sua abominável lingerie deslavada.

«"É para nós, malta! Vai ser penálti": estádio vazio permitiu ouvir reacções dos jogadores do Sporting no lance do (suposto) penalti sobre Coates, aos 90'+5, em que o árbitro consultou as imagens televisivas». Hehehehehe! Aí, rascord, seu car@alho! "Todo estádio a cantar, Força Sporting alé, lá, lá, lá, lá, lá. Sempre contigo além, lá, lá, lá, lá, lá. Só eu sei, porque não fico em casa".

«Quando VAR rima com...veto: árbitro Jorge Sousa na mira do Sporting». Segundo a comunicação dos batráquios e do badalhoco Bernardo, agora e ao que parece, todos os árbitros que costumam roubar o Benfica também são inimigos dos sapos! Por este andar ainda os vou ver às marradas com o lagarto Veríssimo, o bastardo Xistra, o sapo (António Nobre) das Caldas ou o "Macron" Hugo Miguel!

terça-feira, 7 de julho de 2020

Especialistas do consenso!

A MDCSDQT, na sua luta titânica pelo segundo lugar que disputa arduamente com o Benfica, sofreu um duro revés em Moreira de Cónegos com o empate do Moreirense (reduzido a dez desde os 50 mts) frente aos sapos. O prodigioso Jovane, para se proteger um bocadinho do forte assédio dos tubarões europeus, fez uma pausa no golos magistrais e nas jogadas de génio e o árbitro de serviço esqueceu-se do empurrão do costume. Foi quanto bastou para travar o percurso vitorioso de Rúben Amorim que já ameaçava quebrar o recorde (Bruno Lage) de 18 vitórias seguidas obtidas fora de casa! Rancorosa como uma rançosa meretriz que se prese deve ser, a MDCSDQT (o rascord e o onojo estão que nem bichas com o bicho) foi pouco meiga com Tiago "moedas" Martins, enchendo as primeiras páginas com os inesperados erros do ''moedas''. E assim se destrói uma reputação em alta desde que o bom do Tiago quase morria de susto com uma moeda de cinco cêntimos que encontrou perdida na imensidão do estádio da Luz!

Com a questão do segundo lugar praticamente resolvida - será difícil que em três jogos (o dajnatas nada conta) a MDCSDQT consiga recuperar os 11 pontos que separam os sapos do Benfica, todas as atenções virar-e-ão ainda mais para o próximo treinador do campeão nacional. Depois das cerca de duas dúzias de candidatos que, segundo a MDCSDQT, deram o não a Luís Filipe Vieira, a malha começa finalmente a apertar-se ao redor do mestre da tácita, senhor dos ventos do deserto que reinventou o Benfica, sapos, Al Hilal e Falamengo.

A aura de invencibilidade criada ao redor do divino Jorge será o melhor aríete para o alvejarem quando surgir a primeira oportunidade (o primeiro empate) de a todos provar a mortalidade do génio. Uma filha da putice semelhante (salvaguardadas as devidas proporções) à que fizeram a Helton Leite. Plantar a notícia que já era do Benfica dois dias antes de jogar com o Benfica posicionando-se na fila da frente para atacar a mais pequena falha, esquecendo a dignidade do homem e do Clube que, ainda assim, lhes mete a comida na mesa. Adiante...

O próximo passo é atacar o salário, esmiuçado ao cêntimo, do mestre. Primeiro uma jogada de génio do brunalgas, um orgulho para a nação depois da atribulada saía dos sapos, os milhões que virá a ganhar no Benfica serão vistos como uma ofensa para o Portugal dos pobrezinhos, coitados, condenados à fila de espera por uma sopa que lhes mate a fominha. As calinadas, as gargalhadas alarves e o mau português voltarão ao "mais futebol" e à badalhoca que saiu mas já regressou do Sporting, e o canal 11 (do careca Sousa) e o rasteiro rui santos demonstrarão à exaustão a gigantesca maleabilidade da espinha dorsal e a enorme versatilidade do contorcionismo intelectual. 

Há versões para todos os gostos. Dias atrás eu lia no pasquim da fruta, num artigo de opinião de um dos cristãos novos renascidos com o ascender do clube da fruta na liderança do campeonato, onde o especialista da especialidade, emérito cronista e verdadeiro benfiquista, se mostrava visivelmente incomodado com a inesperada vitória do Benfica. Que não, que o próximo treinador “tem de ser uma escolha consensual no universo benfiquista, desde logo porque é provável que, a partir de Outubro, o presidente do Benfica já não se chame Luís Filipe Vieira"! Put@ que pariu! Que sapiência, meu Deus! À genialidade da escrita (a barba de intelectual não engana) o moço junta-lhe a clarividência e a preocupação com os pormenores que, desde que Luís Filipe Viera é presidente, faltaram claramente ao Benfica!

Uma ''escolha consensual'' que o próximo presidente, arrisco dizer, deveria estender à construção do plantel, aos membros da direcção, SAD, e do onze, substituições incluídas, de cada jornada. Por mim até as idas à retrete dos jogadores e dos treinadores tinham que ter o 'agreement' antecipado das redes sociais e do especialista Jacinto (Lucas Pires). Nem sei como nunca me tinha lembrado disto! 

segunda-feira, 6 de julho de 2020

Aziados do Leite!

Antigamente dizia-se dos guarda-redes 'de engate', que tinham muito leite. Caganda leiteira! Era assim que se apelidavam as performances dos "frangueiros" depois de uma grande exibição contra a nossa equipa. Vem a propósito a exibição do guarda-redes do Boavista, que eu desejo ardentemente nunca ver no Benfica, que provocou mais um tsunami de malévolas insinuações que por umas horas tomaram conta do futebol português! Pensar que seria tão fácil ao Boavista -  aproveitando a visita da B-SAD a Contumil - mandar o Helton a Braga fazer um teste à COVID! Poupavam-se toneladas de creolina na desinfestação das redes sociais, dava-se algum descanso à MDCSDQT, no afâ de escutar primeiro o injinehiro macaco, e evitava-me a chatice de reviver momentos de nojo que preferia olvidar.

E lá fui eu em busca de um Helton sem Leite (valeu-me um video "emprestado" pelos "filhos do dragão") numa supertaça 2003/2004 onde o guarda-redes brasileiro da União de Leiria - que mais tarde assinaria pelo foculporto - acabou como grande protagonista do golo que deu a taça ao clube da fruta. Tudo para beneficiar o Benfica. De referir que o central João Paulo, que também viria a jogar no foculporto, acabou expulso por Pedro Proença, árbitro muito conhecido pelos grandes favores (são celebres os clássicos onde as expulsões e os penaltis foram sempre a favor do maior clube português) que fez ao Benfica em jogos com o clube da fruta! Proença foi de tal maneira importante no implementar do Benfiquistão que o Benfica apenas venceu um dos 9 clássicos por si arbitrados. O último da sua carreia.

E porque eu não quis transformar este post num filme do tamanho do servilismo repugnante do rolha, limitei-me a juntar meia dúzia de vídeos, dos mais recentes, onde os protagonistas, chamem-se Hélton Arruda, Lionn, Rafael Defendi, Mano, Vágner da Silva, Sulley, Dalcio, Tonel ou Cláudio Ramos (com azares sucessivos em dois jogos de épocas consecutivas), demonstraram uma enorme e insuspeita azia ao Leite! A estes nunca ninguém ninguém ousará chamar-lhes leiteiros!








COVIDados!

Depois do pandemónico Benfica-Boavista regressou a normalidade ao futebol nacional. O clube da fruta recebeu a B-SAD que não tem clube nem estádio, os COVIDados revelaram-se bem mais mansos do que no ultimo confronto do Jamor, não foi necessário o boneco bater no treinador adversário e até deu para Fábio Vieira (outro prodigioso Fábio na forja?) marcar um golo que terá batido (há que esperar pelas próximas edições de o onjo) uns 15 recordes do clube da fruta. Rui Pedro Soares, dono da BSAD e emérito dragão de ouro do clube da fruta, acabou como um dos maiores protagonistas da noite. Quando o vi na conferência de imprensa do pós jogo ainda pensei que tinha recuperado as imagens do boi do Jamor e o decoro. Mas não. A vergonha na puta da cara ainda continua pelas ruas da amargura. 

«Há um teste para fazer a 24 horas do jogo. Se fizéssemos o teste em Lisboa só iríamos poder viajar na manhã do dia do jogo, por isso viajámos na tarde de sábado e fizemos os testes em Braga. Hoje [domingo], às 6 da manhã, fomos acordados a dizer que havia um caso positivo de Covid-19. Era um dos três guarda-redes que tínhamos disponíveis» (...) blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá...

Desde o recomeço da liga a B-SAD, que não tem clube nem estádio, viajou até à Vila das Aves, Paços de Ferreira e Contumil. Nas duas primeiras viagens teve zero de problemas, os testes terão sido feitos em Lisboa e nunca o dragão de ouro Rui Pedro se queixou das viagens. De repente, com a pressa de chegar ao Porto, os laboratórios de Lisboa já não lhe serviam e foi preciso viajar até Braga para testar os jogadores! E foi assim (ou assado) que o velho Petit aceitou entrar najantas despidas de espectadores despojado dos valores da verdade desportiva! Uma completa desilusão para quem ainda se recorda da sua revolta perante o fabuloso golo que marcou a Vítor Baía na Luz, que o agora dirigente do clube da fruta retirou dois metros para lá do risco de baliza, sob o beneplácito do Olarápio Benquerença! 

Efeitos colaterais da (boa) exibição de Helton Leite no estádio da Luz! Ver o belenenses entrar najantas sem guarda-redes suplente e com metade do plantel impedido de actuar e é daquelas coisas extraordinárias - do tipo fazer-se um intervalo de 37 dias onde se aproveita para recuperar lesionados, mudar meia equipa e pagar quase um milhão de euros de uma divida que ninguém reconhecia - que faz do futebol português caso único no mundo. É mais um recorde mundial ao rico historial do clube das putas e nem foi preciso à MDCSDQT auscultar a abalizada opinião do injinheiro macaco!

Nota especial para Fontelas Gomes, um dos muitos trastes a quem pandemia refinou a eficácia. Juntar Rui Oliveira e Manuel Oliveira (no VAR) num jogo do clube da fruta, sabendo que do outro lado estariam os COVIDados do também dragão Rui Pedro Soares, é de génio.

Comparem-se os alegres COVIDados que o treinador da BSAD escolheu para visitar os pré-anunciados campeões nacionais com os convocados de Petit (completa desilusão!) para defrontar o Tondela na jornada anterior...e não é que nem faltas fizeram? 14 contra 18 do clube da fruta! No BSAD-Tondela o rácio foi de 19/15, só para se ter uma ideia da (falta de) agressividade com que actuaram najantas!

domingo, 5 de julho de 2020

Isso é que eram tempos, car@lho!

Que dizer da vitória do Benfica? Com tanto de inquestionável como de insólita, deu tanto jeito à MDCSDQT (sapos e clube da fruta só jogam mais tarde) que encheu de vermelho todas as primeiras paginas dos pasquins desportivos! E só não foi ainda mais estranha porque o habitual golo sofrido de bola parada apareceu. Acabou por dar um alento extraordinário ao campeão nacional para não soçobrar na luta que mantém com a MDCSDQT pelo segundo lugar e talvez tenha deixado o RGS um pouco mais longe de vencer os votos brancos e nulos.

Trata-se da 3ª vitória em 14 jogos, catano! Não havia necessidade. O Benfica ainda não ganhou nada, o clube da fruta mantém-se em primeiro e o Sporting ainda é o mais forte. Bastou o campeão nacional Benfica vencer o Boavista, a primeira vitória dos últimos cinco jogos disputados em casa, terceira nos últimos 14 e veja-se o pandemónio que provocou na MDCSDQT (de plantão no Instagram do injinehiro macaco) nos cartilheiros do clube das putas, paineleiros encartados, comentadores residentes, especialistas da especialidade, arguidos do roubo dos e-mails e indefectíveis do apito dourado.  É neste chiqueiro de badalhoquices e detritos tóxicos que o Benfica tenta a custo equilibrar-se. E é neste ambiente de rameiras que Luís Filipe Vieira terá de encontrar o aprumo para chegar pelo menos às mesas de voto. O que está em jogo - a hegemonia do futebol português para as próximas décadas - vai muito para lá de um simples jogo de futebol! 

Ontem, a propósito da visita do Boavista ao Benfica, a RTP memória dedicou parte da sua tarde a relembrar um filme de terror - Alice no país das maravilhas para a MDCSDQT, cartilheiros do clube das putas, paineleiros encartados, comentadores residentes, especialistas da especialidade, arguidos do roubo dos e-mails e indefectíveis do apito dourado - produzido em 1996, no estádio da Luz com capacidade para 120 mil espectadores, onde cerca de cinco mil almas assistiram ao fecho da jornada 9 do campeonato...

Benfica 1-1- Boavista. Actores principais; Michel Preud’homme, Hélder, Jorge Soares, Dimas, Marinho, Calado, João Vieira Pinto, Valdo, Ilian Iliev, Martin Pringle, Donizet. Arbitrado por Isidoro Rodrigues, uma espécie de vómito disfarçado de árbitro, o encontro acabaria empatado e com o Benfica reduzido a 9 unidades por expulsão de Hélder (54mts) e João Pinto aos 80. O treinador do Benfica era o simpático Paulo Autuori (fotocópia de Bruno Lage) de quem o rascord disse ter adoptado a «tatica do pirilau» num jogo em que o foculporto foi à Luz espetar 5-0 ao Benfica, na segunda mão da supertaça Cândido Oliveira. Lembrar que o árbitro foi o António Rola, actual comentador de arbitragem da BTV, a demonstrar que o Benfica já mandava nesta merda toda. Isso é que eram tempos, car@lho!

O presidente do Benfica era o popular Manecas, que um dia o fugitivo de Vigo se lembrou de transformar no seu tareco de mão na liga de clubes, e a época não terminaria sem que o Benfica perdesse  (2-3) a taça de Portugal para o mesmo Boavista, depois de um campeonato tranquilo - (Alice no país das maravilhas para a MDCSDQT, cartilheiros do clube das putas, paineleiros encartados, comentadores residentes, especialistas da especialidade, arguidos do roubo dos e-mails e indefectíveis do apito dourado - onde ficou em terceiro lugar a uns estonteantes 14 pontos dos sapos, 27 do clube da fruta. O treinador, com que muitos especialistas das redes sociais agora salivam, era o Manel Zezinho que substituíra - com enorme êxito, como se comprova - Paulo Autuori, o "pirilau" do rascord.

Preud’homme com 37 anos e Valdo (32) em fim de carreira, Helder, Dimas e João Vieira Pinto davam algum colorido a um plantel pejado de cepos e 'almas penadas' onde Wagner, Hassan, Hugo Leal, Hadrioui, Calado, Tahar El-Khalej, Ronaldo, Jorge Soares, Marinho, Donizet e Martin Pringle, se misturavam com Brassard, Pedro Henriques - sim, esse bosta que agora é especialista da sportv - Veríssimo, actual treinador do Benfica, Panduru que um capricho do velho sarnoso ainda levou ao foculporto, Iliev, Akwá (o novo Eusébio) e Mauro Airez! A caminho do penta, o foculporto conquistava o tricampeonato sem oposição, o Boavista trazia a taça para o Porto e o melhor marcador era o cocaína Jardel. Tudo na paz do senhor como era pratica (fruta) da época... Isso é que eram tempos, car@lho!

É por esses tempos de lisura, excelentes arbitragens, ausência de polémicas e maravilhosa competividade da liga, que a federação e a liga, a MDCSDQT, cartilheiros do clube das putas, paineleiros encartados, comentadores residentes, especialistas da especialidade, arguidos do roubo dos e-mails e indefectíveis do apito dourado suspiram! Pelo menos até às eleições, no lugar do presidente do Benfica, eu tinha muito cuidado - e não estou a brincar - com o que janta, com quem janta e com os sítios para onde o convidam a jantar.