sexta-feira, 21 de junho de 2024

Olhos de rico!

Acompanhado de Rui Pedro Braz, Vangelis Pavlidis, ponta de lança ex-AZ Alkmaar, chegou a Portugal para jogar no Benfica! Com o Paulinho prestes a incendiar o México, o extraordinário Hjulmand a espalhar brasas na Alemanha e o Namaso na grelha de partida como parte do cardápio do resplandecente banquete do mister Bruno, ao maior clube nacional - tão em baixo nas expectativas dos flamejantes jornaleiros - resta-lhe esperar por uma crise apocalíptica, quiçá por um ataque de caspa, para voltar a ser notícia!!!

Nem a chegada do próximo saco de box dos verdadeiros exigentes, dos peritos em contratações, cientistas das substituições e do timing, especialistas da especialidade e outros encartados catedráticos, valeu uma pequena foto nos escaparates ditos desportivos! Os pasquins oficiosos de sapos e clube da fruta, ainda dedicaram uma nota de rodapé a Pavlidis. A bolha, que todos os dias consegue bater em imbecilidade o Rascord e o onojo, nem isso! Reduzido a um mero tabloide da chincha o antigo 'evangelho' da Travessa da Queimada já nem vale os tarecos de um gato. Tem uma vantagem. Sentado no trono, enquanto despachava um Rodolfo Reis retardado, à custa da primeira página de abolha, tive uma ideia genial. Quem quiser comprar uma das minhas bicicletas vai ter que me pagar 80 milhões dele. 

Bem, muito bem - quase ao nível do Armando Evangelista - está o Zé do boné, que ao fim de 4 jogos no Vasco da Gama já foi enxotado do Brasil. Ajudou a vender bonés como ninguém, bebeu um copo de vinho com o Abel (notícia importante que não escapou ao crivo de abolha, ao contrario da chegada do Pavlidis) mas sentiu demais a falta da MDCSDQT e dos treinadores do Benfica. Com o SLB do outro lado tinha espetado quatro bigodes a Roger Schmidt e muito provavelmente já estava na lista de espera dos grandes tubaralhos europeus, lado a lado com o pai do Moisés e do Rúben que um dia chegará a Liverpool depois de rasgar o Rio Mersey. Uma coisa tenho como certa. Enquanto não surge (e há-de surgir inevitavelmente) um clube onde o seu charme o leve às primeira paginas de abolha, um lugar de comentador ao lado do Domingos Paciência (discurso escorreito, vocabulário de mestre) e do Freitas Lobo caíam-lhe que nem ginjas. 

Renato Paiva/Paulinho. Enquanto que sapos e clube da fruta espalham por esse mundo fora (em Portugal são às toneladas) ex-jogadores, agora treinadores, que lhes despacham entulho a preços de craques, o SLB continua a não ter um único ex-funcionário - acho que o último foi o José Mourinho quando, no Chelsea, comprou Tiago ao Benfica - que olhe para os seus excedentes com olhos de rico. 

quinta-feira, 20 de junho de 2024

O mundo vibra de espanto!

Três minutos em campo, um golo, um cartão amarelo e uma festa na cabeça do Rónalde, bastaram ao reduzido incendiário para receber nota máxima da MDCSDQT e deixar incrédula de espanto a galáxia futeboleira! Nunca um pequeno arruaceiro teve tantos serviçais a lamber-lhe a tomatada. O azeite mudou de marca! O pai do fedelho malcriado, com todos os grandes clubes europeus na peugada, arranjou tempo - sabe-se lá como - para, entre as várias propostas que tem em mãos, esperar incógnito - entre os milhares de espectadores - pelos 3 minutos finais para se tornar também ele uma lenda. Diz que tanto dá um abraço apertado ao pai do Rúben Dias como cospe num treinador adversário, ameaça um árbitro ou deixa o melhor amigo (João Felix) do filho de mão estendida no relvado. 

A façanha foi tão transcendente que a folha de couve do clube da fruta, onojo, garante que o pequeno cuspidor, além do cognome «Chico espalha-brasas» que ganhou, tem a Europa a seus pés, ofuscando completamente os fados da Kátia Aveiro e os tomahawks do Rónalde! Esqueçam o azeite das manas e os celebrizados agachamentos da Georgina. Hoje por hoje vale mais um suspiro do Moisés Ceição nas bancadas - o que tem sofrido a família é de cortar o coração - do que uma visita a Fátima da melhor Dolores do mundo ou um remate fantástico do puto Cristianinho, com os pés-de-microfone a babarem-se com a proeza no final de um jogo da selecção!

Provando que não escolhe apenas o dia e a hora das buscas da justiça em processos de corrupção onde está metido, um mês depois do que era obrigado, o foculporto «comunicou à Comissão de Mercado e Valores Mobiliários (CMVM) que o clube foi multado em €1,5 milhões por parte da UEFA e incorre numa pena suspensa de um ano das competições europeias da UEFA nas próximas duas épocas». Os polícias da bolsa, de pila feita sempre que o assunto é o Benfica, meteram a dita na 'padieira' não tugindo nem mugindo. 

Ainda no reino do forrobodó azul às riscas, com os cheques sem cobertura sem consequências, a câmara da Maia, pela voz do presidente António Silva Tiago, «garantiu que os 680 mil euros pagos, em fevereiro, pela SAD do FC Porto como sinal para a compra em hasta pública de 14 parcelas de terrenos "ficam para o município".». Com o inginheiro macaco enjaulado faz muito bem o edil maiato. Não é todos os dias que um negócio cai sem o consequente penalti para o foculporto. E afinal, o que são 680 mil euros comparados com os 784 que o clube da fruta pagou (que não devia) ao Estoril Praia, no intervalo do jogo mais comprido (37 dias) da história mundial!

O organismo que tutela o basquetebol mundial não concorda com a designação de 'campeões do mundo' atribuída pelos americanos aos vencedores da NBA. Fã dos Boston Celtics o pequeno Carlos (Moedas) já avisou que, se a FIBA não der o dito pelo não dito, agendará uma assembleia na câmara de Lisboa para ratificar mais quatro titalos Peyroteo para a saparia, por conta da não convocação do Pote e do seu Chico...Trincão de estimação.

quarta-feira, 19 de junho de 2024

Os espalha-brasas!

Apesar dos esforços dos verdadeiros verdadeiros, rápidos como um raio (que os parta) a culpabilizar Roger Schmidt pela vitória sofrida da selecção do Rónalde, e da mais valia dos inenarráveis Marco Caneira e Nuno Luz (que bem esteve a SIC a escalar de entre a nata os melhores cocksuckers da empresa para o efeito), o prémio idiota da noite tem de ser entregue ao abilolado que, ainda o árbitro não tinha apitado para o início do jogo, já ia largado a espalhar brasas no meio campo adversário. Não sei qual mas que caiu mais um recorde, caiu.

Do jogo jogado, como não gosto de falar de ouvido, não tenho nada a acrescentar. Sei, pelo que já li, que a equipa que marcou dois golos perdeu 2-1. Sei que os jogadores do Benfica jogaram tantos minutos como o Rafa e o Arthur Cabral, e que se notou muito a falta do inginheiro macaco e do Mustafá da casinha, quer nas bancadas - onde o seu apoio tantos recordes proporcionaram ao melhor Rónalde das arábias - quer nas imediações do estádio, onde o trafego de bilhetes e do pó branco sofreu forte revés. Esteve muito mal o Nandinho das facturas, presidente da FPF, ao não substituir os lideres incontestados da sua claque, símbolos da pátria injustamente engavetados. 

Uma palavra final para o filho da melhor Dolores do mundo que, a julgar pela pressa com que começou a partida, vai mais ou menos a meio das participações em europeus e mundiais. Além de correr como um galgo, é preciso (há que reconhecer) ter tomates de ferro para resistir a tantas lambidelas! Tenho a certeza absoluta que nem os da estátua - de uns 200 quilos de bronze - que mandou erguer na Madeira, resistiriam às línguas (de trapo) do Nuno Luz e do Caneira e de toda a Merda De Comunicação Social Desportiva Que Temos.

Dica preciosa. Se puderem, assistam ao europeu nos canais alemães que são de borla. A curiosidade e o tempo livre - e assim se foi a caminhada da ordem - levou-me a espreitar, de tarde, a qualidade da concorrência do Rónalde. Vi o Turquia 3-1 Geórgia com o intuito de perceber se o Kökçü ficaria a descansar como o João Neves e o António Silva ou se jogaria no lugar que, no Benfica, exige só para si. Jogou da meia esquerda para o meio, procurando surgir de surpresa na área (foi assim que, por milímetros, falhou dois golos cantados) esteve envolvido nos 3 golos dos turcos, mas o dono da selecção é Çalhanoğlu (gira tudo à sua volta) e o génio à solta é o Arda Güler. 

Num jogo muito bem disputado, quer a Geórgia - servida por jogadores que actuam em campeonatos competitivos - quer a Turquia, não sendo selecções exímias a defender, têm muita qualidade individual e jogam com coração e pulmões para dar e vender. Com jogadores do Inter, da Juventus, Dortmund, Roma, Lille, Rennes, Manchester United, Leicester, West Bromwich, Ajax, do Real Madrid e do Benfica, venceu a Turquia com dois golos monumentais que ajudaram a selar o resultado que só no ultimo lance da partida, assistência de Kökçü, ficou definitivamente decidido. No lugar do Martínez eu não abusaria da sorte e mandava comprar mais dois pares de cuecas extra.

terça-feira, 18 de junho de 2024

Apaixonados por Neemias Queta e Fernando Pimenta!

«Os apaixonados» é o cognome que Roberto Martínez escolheu para a cambada (titalo do pasquim do Bernardete) que o Rónalde, com o 'agrement' do arruaceiro Pepe, lhe meteu no regaço. Para justificar a presença no sexto europeu (vai mais ou menos a meio do recorde que pretende bater) do melhor do universo, Martinez não tem dúvidas em afirmar que o «Rónalde está na seleção com mérito, e os números atestam isso». Já o Rui Patrício, por exemplo, suplente de Svilar desde 18-02-2024, não sei que números é que o atestam.

Com toda a paixão do mundo, Martínez - segundo o jornal espanhol «Relevo» - aceitou todas as exigências do melhor Rónalde das arábias desde que evitasse a presença dos habituais parceiros de alcova, José Semedo, Miguel Paixão e Ricardo Regufe, que tanto brilharam entre os jogadores nos saudosos tempos do Fernando da Femacosa. Diz que o Rónalde, agora que tem mais tempo para eles, tornou-se uma tão pessoa encantadora que até aceita comer com os companheiros que se mostram deliciados com a benesse do craque!

Uma paixão que não convence Poborsky, antigo internacional checo, que entende que o filho da melhor Dolores do mundo «será um dos elos mais fracos de Portugal». Ora cá está um ponto de vista que só tempo dirá quem está certo. Se a paixão do Martínez ou a opinião (que eu partilho a 100%) do avançado ex-Benfica. Martínez pode não ser muito coerente com os números mas no porte não engana. O espanhol, que sempre cultivou um ar lavado, também garantiu aos pés-de-microfone portugueses - «Trouxe sete camisas» - que tem roupa na mala para um mês. Com a Chéquia do Jurásek na mira veremos se um par de cuecas a mais não seriam mais valia.

Os mais favoritos lá vão ganhando com maior ou menor facilidade. Ontem foi a vez da França (entre outros craques deixou de fora do 11 titular os campeões europeus do Real Madrid, Camavinga, Tchouaméni e Mendy) bater a Áustria - numa espécie de luta livre permitida pelos árbitros - pela margem mínima e com um autogolo à Jorge Costa. Mbappé, futuro craque do Real, torceu o nariz aos golos mas se há jogador do Real Madrid que este europeu já revelou é o guarda-redes da Ucrânia, decisivo na derrota 0-3 frente à Roménia.

Nunca um ex-adjunto, creio que nem mesmo o Carlos Azenha conseguiu tamanha unanimidade, reuniu tantos predicados! Ao novo Bitó do clube da fruta só falta a benção do Papa Francisco para manter o prodigioso Ceição aquietado. O mirífico Ceição que desapareceu dos escaparates enquanto o peido da fruta esfrega o olho! Disputado por todos os grandes tubarões da Europa, que se digladiavam pelas suas rodinhas da sorte, o pai do Moisés - depois de Barcelona, PSG, Inter, Marselha, Chelsea, Newcastle perderem o seu contacto - vê-se agora ultrapassado por um português de segunda linha. A provar que a razão esteve sempre do lado da MDCSDQT, Paulo Fonseca foi anunciado treinador do AC Milan, outro dos tubarões que mais se mostrara interessado. Só se enganaram no ex-foculporto. 

Fernando Pimenta - curioso como o seu Clube desapareceu das publicações online da MDCSDQT - canoísta do SL Benfica, arrecadou mais três medalhas, ouro, prata e bronze, no europeu da modalidade. Nem uma puta de uma nota de rodapé conseguiu nos escaparates da MDCSDQT. Neemias Queta - curioso como o rótulo de ex-Benfica desapareceu por completo da MDCSDQT - primeiro português a sagrar-se campeão da NBA, nem uma referência, uma linha. Coisa pouca para quem tem tantos peidos do Rónalde para contar. 

segunda-feira, 17 de junho de 2024

A meia dúzia tomou conta do Benfica

Está nas escutas da Operação Influencer e foi divulgado pela CNN Portugal. Em 2021 a PSP acertou a data de buscas com Pinto da fruta para não perturbar o seu e o sossego do foculporto antes de um jogo com o Liverpool. Está-se mesmo a ver o filme... - O senhor desculpe, em que dia lhe dá jeito uma busca à SAD da fruta e à moradia na rua da Madalena onde costuma dar aconselhamentos matrimoniais a árbitros de futebol em vésperas dos jogos com o foculporto? - Olhe meu santo, pela minha agenda, hoje não posso que vou estar ocupado. Chega à fruta SAD um carregamento de brasileiras enregeladas e eu não posso perder pitada. Só tenho 8 mil euros em caixa e o pomar do Calor da Noite já não me fia mais nada. Amanhã também não me dá jeito que já tenho marcadas duas reuniões de tupperware. Uma numa loja de  dióspiros que pertencia a Reinaldo Teles e a outra a caminho de Fátima, onde vou sempre que não preciso correr à desfilada para Vigo. Vou ligar ao Ceição e já lhe digo o que fazer. Dois minutos depois... - Sim, é da PSP? Sim, sim sou eu, o fugitivo de Vigo... O boi do Jamor diz que desde que não lhe remexam o stock de W52 se está a cagar para as buscas. Podem vir à fruta SAD quando jogarmos com o Feirense e a minha casa também, assim que a mulher a dias deixar os documentos em ordem. 

No Benfica ninguém sabe de nada. Pior, no Benfica ninguém quer saber de nada. O Benfica está transformado no circo que se viu no passado sábado. Enquanto que o maqueiro Vagandas dinamitou a "casinha" do Mustafá, acabando com a sua meia dúzia que punha e dispunha de presidentes, treinadores e jogadores - com os resultados que se vêm - e o Billas-Boas arrumou a casa descartando os macacos do sótão num ápice, no Benfica, a meia dúzia das tochas e dos petardos é quem mais ordena. Organizados e com a prestimosa ajuda da MDCSDQT, têm mais poder que uma direcção que prepara as assembleias gerais como prepara os jogos contra o clube da fruta. Sem perceber rigorosamente nada do que vai enfrentar. Como nas buscas à sua SAD, sabia mais a CMTV da AG que o próprio Benfica. 

Sabe-se como é. Munido de um telemóvel comprado na loja dos trezentos qualquer grunho pode filmar a ex-namorada pelada e meter as imagens num site de putaria. Foi o que fizeram os petardeiros em conluio com o pornhub da manhã. Quem é conivente com o cheiro a nhanha pode servir (o Benfica é que não é de certeza absoluta) para muita merda mas nunca para tomar conta - que é o que os move acima de tudo - dos direitos televisivos do Benfica. Com o meu apoio, nunca. Rui Costa tem de preparar a próxima AG (se esta não for conclusiva) como se fosse disputar e ganhar a Champions League. Se a encarar como a ultima, ficando à mercê da meia dúzia, será completamente arrasado. Os direitos dos sócios que não estão associados às tochas e aos petardos - vitimas de insultos, urros, intimidação e porrada - foram trucidados. Assim como o seu (de se defender com honra e dignidade) miseravelmente esmigalhado. Chame a Polícia a capitulo se quer uma assembleia pacifica. E já agora, venda os direitos televisivos do 'evento' e acabe com a putaria.  

sábado, 8 de junho de 2024

Devagar, devagarinho, e um doce cheirinho a férias...

Tempo de férias sem grandes motivos de interesse. O Benfica mantém-se focado em todos os jogadores que acabarão nos sapos e clube da fruta e vai perder para outros clubes os restantes 350 por quem já 'manifestou' atração. Por falta de vontade dos que já nasceram fruteiros e sapos ou da penúria das depauperadas finanças do Clube. O Bitó (Bruno) tomou finalmente conta da retrete de sonho, não sem antes trair a senhora da limpeza que fornecia o papel higiénico ao anterior inclino, e o Billas-Boas liquidou os salários de Maio com o que sobrou dos 8 mil euros que o velho peidoso esqueceu numa gaveta da (fruta) SAD. Corre, por isso, tudo às mil maravilhas no foculporto. 

Nos sapos circula-se com cuidado e com grande tranquilidade. Trincão 'espetou-se' contra uma árvore com o Porsche, Fresneda (muito valorizado pelo Rúben) prossegue o plano e a marcha lenta que o deixa a um pequeno passo da Roma e o Eduardo Quaresma aproveitou o aniversário da avó para correr à chapada uma tia da festa (do estalo)! Com a PSP e os bombeiros a tentarem refrear o cheiro da borracha queimada, "entre mortos e feridos" - como sói dizer-se - safou-se Quaresma sem direito ao estrelato caso fosse futebolista do Benfica. Diomande, de regresso à selecção da Costa do Marfim, meteu a marcha atrás (por opção técnica nem na ficha do jogo constou) acelerando - garantia da MDCSDQT - à grande até estacionar em Manchester. Ten Hag nem dorme com o iminente negócio. 

Ao contrário de sapos e clube da fruta, que não precisam vender para viverem tranquilos, no Benfica, desesperadamente a precisar de pilin (nem todos têm os cofres a abarrotar com 8 mil euros), tem sido o Diabo. Enquanto que a pressão diabólica (segundo abolha) por João Neves não dá tréguas a Rui Costa (a falta que faz um Diomande para vender!), por incompetência dos gestores que não sabem o que fazer ao futsal, o Benfica, em Basquetebol, voltou a bater o clube da fruta no ladrão caixa, ficando a uma vitória do tricampeonato. Ainda assim, não se compreende que depois de na primeira partida ter ganho por uma diferença de 23 pontos, só no 4º período é que acelerou, ultrapassando o foculporto por apenas 11 pontos - resultado da cultura do deixa andar e da falta de exigência.

Em modo velocidade de cruzeiro, David Jurásek estreou-se a marcar pela Chéquia num jogo de preparação para o Euro 2024. Após o apito final, a deitar os bofes pela boca, o lateral esquerdo do Benfica revelou que a sua companheira o tem ajudado a praticar a finalização. Diz o ditado que «por trás de um grande homem, há sempre uma grande mulher». Eu digo que, ao bom do David - como a muitos outros - o que lhe faltou no Benfica foi fazer «ouvidos moucos» às «vozes de burro que não chegam ao céu»!