quinta-feira, 11 de julho de 2019

Volta sempre, Jonas!

Despedimo-nos de Jonas, o grande homenageado da noite, que saiu aos dez minutos lavado em lágrimas - talvez por já não aguentar as saudades do VARíssimo - mas no meio da enxurrada de craques a evoluir no relvado fica complicado fazer projecções. Hoje não há muito para dizer, malta. Valeu pela doce sensação do regresso a casa e ainda mais por rever bons amigos e companheiros de lugar. Que bom é voltar aonde nos sentimos tão bem! Ainda senti algum desconforto ao olhar para os estranhos desenhos espalhados pela (larga) zona central no relvado mas depressa percebi o alcance da coisa. No Benfica pensa-se em tudo. Não é só o "Benfica Lab" e as outras condições cientificas existentes no Caixa Futebol Campus que ajudam a evolução dos nossos craques. Trata-se de criar condições para a malta nova se ir adaptando aos pastos que embelezam a maioria dos estádios portugueses. Mas não se ficou por aqui...

Ontem saí do estádio convicto que o Fontelas Gomes é bem capaz de ser do Benfica. Só um adepto do campeão nacional se lembraria de preparar os novos craques para a merda de arbitragem que temos, exibindo-lhes, logo na estreia, um dos seus melhores exemplares.

Fábio VARíssimo não só provocou as saudades e o choro compulsivo do Jonas como se empenhou em mostrar a Chiquinho como é tão diferente jogar no Benfica. Pela amostra - na meia hora que me deixou de água na boca - parece que o futebolista natural de Santo Tirso entendeu perfeitamente o recado. Marcou o primeiro golo do Benfica da época, enviou um míssil à trave e nem teve tempo de se queixar da grande penalidade cometida sobre si. Pois se aquela besta nem com 30 câmaras na frente consegui ajuizar correctamente o foculporto-Benfica para a taça da liga como raio iria ver, no campo, o bom do Chiquinho abalroado na área dos belgas?

Na Suiça sim, há por ali muito bons árbitros e grandes motivos de interesse. Bruno Fernandes voltou aos penaltis e o Vagandas - discurso fluido de quem aparenta ter sempre a língua envolta num novelo de sapos - maravilhado com os cerca de 59 imigrantes que foram ver jogar o Rapperswill-Jona logo anunciou aos pés-de-microfone a real dimensão mundial dos batráquios! «Batemos recordes no merchandising, na venda de Gamebox e muitos outros vão cair» - explicou empolgado, o batráquio.

Militão sentiu-se mal na primeira conferência de imprensa do Real Madrid. Ao contrario das más línguas que se apresaram nas comparações fáceis com o desmaio de Lopetegui, na falta da amarelinha do Eder ou no peido em directo do então reforço Jefferson, nos sapos, eu vou mais pela falta da baba de camelo e da placenta de burro. Não deve ser fácil aguentar o impacto. 

Excelente. Dyego Sousa; para o Benfica diza-se que o Salvador nem por 10M o deixava sair. E não era?  Metido à suvela na selecção dos amigos do Rónalde, o brasileiro acabou por zarpar para a China por menos de 5 milhões. Não resultou, de todo, o engodo dado a conhecer pelos jornais, naquele almoço de comadres entres os presidente do foculporto e do Braga na véspera do jogo entre ambos...

Mais ou menos pelo mesmo valor e um ano depois de sair a custo zero para a Roma, chega Marcano ao foculporto. Ainda mais excelente. 

E prova que o Benfica não forma apenas excelentes futebolistas. João Félix; "Chegou o dia que nenhum amante de futebol queria que chegasse. Tenho que te agradecer por tudo o que fizeste por mim, és uma pessoa incrível, e como jogador... simplesmente não há palavras para te descrever". 

quarta-feira, 10 de julho de 2019

Vamos ter saudades tuas, Pistolas...

Ilustração de Patrícia Rodrigues

Cinco anos de vermelho vestido e duas vezes melhor marcador da liga. A terceira roubou-a Nuno Almeida (o tal Ferrari Vermelho) quando lhe invalidou um golo limpo, na ultima jornada da liga de 2014/15, para a oferecer a Jackson Martinez. 137 golos em 183 jogos. 110 na Primeira Liga, três na Liga dos Campeões, um na Liga Europa, dez na Taça da Liga, onze na Taça de Portugal e dois na Supertaça. Quatro campeonatos, duas Taças da Liga, duas Supertaças e uma Taça de Portugal. Parte como o segundo melhor marcador estrangeiro de sempre do Benfica, ultrapassando o registo de Óscar 'Tacuara' Cardoso. Mas mais do que todos os golos que marcou, muitos decisivos (aquele no Boavista...), fica na retina a sua classe e o brilhantismo que punha em todas as jogadas. Vamos ter saudades tuas, Pistolas...

Que as emoções da despedida do Jonas não nos retirem o foco. Fontelas Gomes. Está aí a primeira provocação da época ao campeão nacional: a nomeação do inenarrável VARríssimo para o jogo de apresentação do Benfica! E já se fala que o campo do Gil Vicente está de pernas para o ar! Que vai ser preciso um relvado novo que ainda nem sequer começou a ser preparado. O Estádio Cidade de Barcelos já foi inspeccionado pelo inginheiro macaco? O primeiro jogo do foculporto far-se-á em campo neutro? Há rachas à vista no estádio? Temos um novo Estorilgate e/ou um novo Portogilmonense na forja? Prepara-se um adiamento encapotado para facilitar a entrada do foculporto na Champions? Será tudo assim às claras? Inicia-se atapetado de flores o imparável caminho do 38º....

Começa hoje a escrever-se o primeiro capitulo do #Reinício. Está decidido. O caminho do 38º far-se-á sem Jonas e sem João Félix, os mágicos que fizeram miséria nas defesas contrárias. Boa sorte nas suas vidas - desde que os seus interesses não colidam com os do Benfica - é tudo o que lhes desejamos. Logo os meus olhos já estarão postos em Raúl de Tomás, Cádiz, Chiquinho, Caio Lucas, Vlachodimos, Rafa, Pizzi, Seferovic, Salvio, Gabriel, Samaris, Taarabt, Florentino, Ferro, Rúben Dias, Grimaldo, Jota, David Tavares, Tiago Dantas...e todos os que deram/darão tudo pela #Reconquista #Reinício do Penta. Adeus Jonas. Olá Benfica.

terça-feira, 9 de julho de 2019

Nakajimamos!

Sabe-se agora que o Nakajima, antes de imigrar para o Qatar, foi oferecido ao Benfica, sapos e clube da fruta, por 15M€. Rejeitado, Theodoro Fonseca, empresário/representante do japonês, accionista de referência do clube da fruta e dono da SAD do Portimonense, pegou no craque e espetou com ele no Al-Duhail, com a merda de comunicação social desportiva que temos a noticiar esse negócio da China, por 35M€. Seis meses depois chega ao clube da fruta por 12M por 50% do passe. Ao lado do japonês, peido da costa ufanou-se com o sucesso da operação, recordando um recente foculporto-Portimonense onde falou com Nakajima - em nihongo que o moço percebe menos da língua de Camões que o próprio Jorge Jesus - tendo Nakajima garantido que desde pequenino sonhava jogar ao lado de Herrera e Brahimi. Mais falou, o fugitivo de Vigo, dos que não podem ver o foculporto de camisa lavada, dando a "certeza de que (o japonês) vai ser um jogador à Porto"...a convicção que "é cada vez mais necessário ter jogadores que sintam a camisola"...rematando, como se estivesse no Calor da Noite com os olhos em (no) bico, que "nem sempre as aves de rapina conseguem os objectivos". E pronto.

O expert a quem o campeão nacional mais deve agradecer o negócio João Félix, de uma penada, não só roubou o japonês que o Benfica mais queria, como encontrou em Nakajima o novo Paulinho Santos, portador da antiga mística da fruta. Para os fruteiros que receavam a morte prematura do velho cacique aí está a prova que o mantém no activo. O onojo, explica como tudo se passou. Segundo o pasquim, "um intermediário apresentou-se como estando em representação do Benfica e ofereceu ao internacional japonês um contrato 40% superior" (...) "Nakajima quis o foculporto e recusou o salário". Ora toma. Nakajima que limpava 3,5 milhões anuais na canícula do deserto, recusou o frio glaciar da capital portuguesa optando pelo Calor da Noite portuense para transportar os valores tórridos do clube da fruta.

Percebemos agora porque é que o PSV resgatou o Bruma depois de ser anunciado no fruta canal como um dos próximos portadores da mística portista. O foculporto estava tão entretido a roubar o Nakajima das garras das aves de rapina que acabou por sucumbir ao poderio económico do clube holandês! Catio Baldé; «O FC Porto ia pagar o mesmo valor que o PSV vai pagar ao Leipzig. Em relação às questões financeiras para o jogador, também não é por aí. Não é por questões de dinheiro, até porque as condições não diferem muito».

Marcano é um bacano que no final da época de 2017/8 abandonou o clube da fruta a custo zero optando por assinar pela Roma. Uma época depois e apenas 13 participações no clube romano, "o central de 32 anos, indica o Corriere dello Sport, foi autorizado a voar para Portugal para assinar contrato com o foculporto, ao que tudo indica até 2022". E "o mesmo jornal indica que a Roma vai receber cerca de cinco milhões de euros pela transferência". Lá está. "Nem sempre as aves de rapina conseguem os objectivos". Ser portador da mística do clube da fruta é que faz toda a diferença.

A imprensa diz que o Fedorico Vagandas se encontra em Manchester (com Hugo Viana), "numa viagem que tem como propósito estreitar relações com o Manchester City tendo em vista a parceria acordada entre ambos os clubes e não para qualquer negociação com o United para a transferência de Bruno Fernandes, segundo apurou junto de fonte oficial do Sporting". Ufa! Pensei que iam contratar o Bernardo!

E quando eu vejo a brigada dos batráquios a rosnar com os contornos da transferência de João Félix para o Atlético de Madrid, esquecendo Luciano Vietto, o avançado argentino que lhes custou 7,5 milhões de euros (50% para o clube espanhol numa eventual venda futura), chegado ao alvalixo envolvido no acordo de transferência do novo Garrincha (Gelson) para o mesmo Atlético, recordo que...

Vida de ricos é assim. Segundo os mesmos pasquins, Marcel Keizer levou 29 jogadores para o estágio na Suiça, deixando 10 (alguns arrancados das garras das aves de rapina) a treinar à parte na academia do BCP. Alan Ruiz, Iuri Medeiros, Viviano, Jefferson, André Pinto, Petrovic, Ryan Gauld (o novo Messi), Mattheus Oliveira, Carlos Mané (o primeiro novo Garrinha) e Leonardo Ruiz, da família dos Ruiz.

segunda-feira, 8 de julho de 2019

O efeito João Félix!


As vendas por valores recordes dos jogadores portugueses (ou do campeonato nacional) para outros países sempre foram enaltecidas pelos especialistas da especialidade. Primeiro pela enorme capacidade negocial dos presidentes vendedores, pela categoria excepcional dos seus futebolistas e, depois, pelas vantagens que traziam para a divulgação do futebol luso o estrangeiro, bem como a promoção mediática da liga do rolha. Faz lembrar os fabulosos anos do Penta onde, à competividade se chamava amasso (do clube foculporto), e a falta de interesse da liga valia menos que um traque do Chico ou um fado da Katia Aveiro. Foi assim com Figo, Ronaldo, Anderson, Ricardo Carvalho, Paulo Ferreira, Hulk, Rámés Rodrigues, Mãogala, João Mário, André Piscinas, Jackson Martinez, Danilo (o brasileiro), Pepe, Slimani...Sem o dedo de Jorge Mendes (no cú) e sem as famosas lavandarias, mas que grandes negociadores existiam na altura!

Eu até sou capaz de me lembrar de um - no longínquo ano de 2018 - quando Diogo Dalot, 19 anos e 4 jogos como titular no foculporto, foi transaccionado para o Manchester United de José Mourinho por 22 milhões de Euros! Grande negócio do clube da fruta, o prestigio da Champions a dar frutos, enormes empresários, tudo limpinho, limpinho, tão natural num prodígio que convenceu o grande clube inglês a torrar milhões num defesa que ninguém tinha visto jogar ao mais alto nivel! Dizia-se que era pelo grande potencial que se via no craque!

Todos nos lembramos da tremenda tareia do Rónalde a Messi na transferência do Manchester United para Madrid, onde meteu o Real no mapa da Europa, de onde saiu - por valores que voltaram a orgulhar os portugueses e os especialistas da especialidade - para recriar a FIAT e refundar a Juventus! A cada actualização da revista Forbes e o acumular da fortuna do melhor filho (com licença da fadista grande Katia Aveiro) da melhor Dolores do Mundo, a expressão "chupa Messi" ganhava ainda mais...expressão! Agora não. Sempre pronta a vender os fados da Katia, o cu da Mayorga ou a lingerie da Georgina Rodríguez (Gio para a Vidas CM), a media portuguesa engasgou-se toda com o valor da transferência do João Félix! Bater recordes de transferências passou a ser crime de lesa (ronaldetes) pátria.

A CMTV, valha a verdade, já percebeu onde é que está o filão e já tem mais enviados especiais em Madrid a seguir o rasto do João Félix do que os mais de 34 gatos pingados que colocou na Guiné-Bissau na peugada do Nhaga! São 106€ por uma camisola de João Félix, diz um dos enviados especiais a Madrid! Segundo a CMTV a camisola do João já vende mais em Espanha do que o 'Pronta P'ra Te Amar' e o 'Povo que lavas no rio' da Katia! Com jeito pode ser que o Atlético consiga recuperar uma pequena parte do louco investimento.

A imprensa diz que os sapos partiram para o estágio com não sei quantos rapazes das escolas da academia do BCP alugada ao Sporting. Do foculporto, informa a merda de comunicação social desportiva que temos, que também está recheado de jovens formados no centro de estágio pago pela câmara municipal de Gaia. Por estratégia (Benfica) ou por falta de pilin (sapos e clube da fruta) este vai ser o ano em que o titalo de melhor formador também estará em cima da mesa. A lista interminável de vendas...Ivan cavaleiro, Bernardo Silva, Renato Sanches, Oblak, André Gomes, Cancelo, Hélder Costa, Gonçalo Guedes, Lindelof, Ederson, Nelson Semedo, João Carvalho, Yuri Ribeiro, João Félix...Jovic, Saponjic, deu-lhes cabo da marmita. Com sorte ainda os veremos outra vez apaixonados pelos méritos da formação!

Ps; agora que já conseguiram expurgar o brunalgas será que os justiceiros lagartos também vão expelir os quatro campeonatos do Peyroteo conquistados, numa única época, pelo terceiro olho do sapo? 

domingo, 7 de julho de 2019

Mercadão do melão...


Ilustração de Patrícia Rodrigues

Theodoro Fonseca empresário de Hulk que o meteu na China por 60M€ - há muito quem diga que o negócio não chegou aos 40 - foi o mediador de Nakajima na sua viagem de Portimão para o Qatar - diz-se que por 35M€ - e o mentor da excursão que o trouxe de volta a Portugal, seis meses depois, aproando em Contumil com um custo para o clube da fruta de 12 milhões de euros por 50% do passe! Líder da SAD, Theodoro Fonseca é dono do Portimonense e accionista de referência da SAD do foculporto. É bom lembrar que este mamífero representava o grupo de empresários que detinha 30% de Danilo, que jogava no Marítimo, mas que chegou ao foculporto vendido pelo Portimonense por menos dinheiro (3M€) que o sporting oferecera (4,5M€) ao clube madeirense. Fernando Rocha, autor da frase "há duas formas das pessoas serem conhecidas: ou vão para um clube ou assaltam um banco" é o presidente do Portimonense.

Na apresentação do craque, peido da costa não quis deixar passar a oportunidade de mostrar que ainda está vivo, apesar das aves de rapina que não conseguiram os objectivos de desviar o grande Nakajima dajantas! Ao ver o velho peidoso tão arrebitado recordei-me logo dos abutres que não conseguiram desviar Adrián Lopez contratado ao Atlético de Madrid (heheheheh) por módicos 11 milhões de euros por 60% do passe. De referir que Óliver Torres - outro prodigioso jogador que as aves de rapina não conseguiram desviar das garras do intrépido negociador - chegou àjantas pelo mesmo caminho (Atlético de Madrid) custando 20M€ ao clube da fruta! Consultado sobre a importância do negócio para promover o país, já ouvi um especialista da especialidade da CMTV a explicar aos incréus que vão vir chaters de japoneses que deixarão ajantas abarrotadas de olhos em bico. 

Curioso com a mediatização do fenómeno de 24 anos, fui ver o percurso do prodigioso avançado. 39 golos marcados em toda a carreira que começou no Tokio Verdy aos 17. Seguiram-se Kataller Toyama, J League U22 e FC Tokyo, até aterrar em Portimão onde apontou 15 golos em época e meia (seriam mais se Manuel Mota lhe tivesse assinalado, najantas, o derrube do Felipe vale-tudo). Mais curiosidades; Rui Faria, treinador do japonês no Qatar, é um antigo treinador do foculporto e o Al-Duhail já tem um estagio marcado no Algarve.

Dos grandes craques mundiais, desejados por todo o mundo, pode-se dizer que, até agora, o José Mourinho terá recusado uma oferta de outro mundo feita pelo Guangzhou Evergrande da China, e que o Bruno Fernandes...nem isso. E não saímos disto. Enquanto que os sapos não conseguem vender o melhor jogador português e o Tiquinho "vai tomar no seu cu" Soares ainda nem chegou ao Japão, do Benfica diz-se que se prepara para enfiar mais um enorme barrete ao Atlético...

Em Espanha (jornal AS) foi noticiado que o Atlético de Madrid quer comprar o passe de Ivan Šaponjić ao Benfica. Em Portugal os antigos 'lesados do dez' - 10-0 ao Nacional da Madeira - actuais 'peidolas em sangue' dos 126M€ da venda de um flop que só sabia cair, mudaram de imediato o discurso. Dois dias antes a corrente informativa era a que o Benfica iria comprar uns 38 pernas-de-pau ao clube espanhol para justificar os milhões que gastaram em João Félix. Agora já não é bem assim. Continuar a vender flops ao Atlético Madrid é que tem de ser investigado. A única certeza é que o Vieira continua a enganar o Benfica. Endividou o campeão nacional para vender um flop e, não contente com isso, ainda lhes enfiou o Šaponjić da equipa b. Mais um negócio à moda do Jovic. Estou em pulgas pela crónica do RGS.

Bruno de Carvalho. Acabou como eu sempre disse desde o dia em que tomou posse. Miseravelmente escorraçado pelos que o elegeram, que lhe sustentaram as mentiras e as arruaças, transportando-o num andor de impunidade durante cinco anos. Ficou outra vez provado que o Benfica dá mais pica que a baba de caracol e a placenta de burro mas que não dura para sempre. Se o brunalgas, penosamente, apenas anda a colher o que com grande pompa semeou, não deixa de ser repugnante o comportamento dos sapos mais mediáticos! 

O presidente da assembleia geral, Rogério Alves, lagartoide megalocéfalo da pior espécie, ao enaltecer a ''forma tranquila como decorreu AG do Sporting'' deu o mote para se perceber como funciona a cabeça dos sapos; em permanente negação quaisquer que sejam as circunstancias. Fedorico Vagandas - que em campanha eleitoral prometeu que nunca permitiria a expulsão do brunalgas - desapareceu do mapa! Mas a maior indecência é que ambos aceitassem expulsar o ex-presidente no pavilhão que o próprio brunalgas  - pouco importa se nunca foi pago ou se foi feito com os dinheiros da Doyen - mandou construir! É preciso não ter um pingo de vergonha na puta da cara!

sábado, 6 de julho de 2019

Coerência acima de tudo!

Foi ontem a "puta da gala" da liga (que saudades do brunalgas, meu Deus!). No porto, para onde levaram a sede da maior competição nacional, com um cenário a feder a azul por todos os poros, os dois defesas esquerdos destacados para a equipa ideal dizem tudo da credibilidade daquela cerimónia. Um central (Militão) a jogar à direita, onde provou não ter categoria para desempenhar o lugar - os especialistas da especialidade afirmaram que foi por ali que o foculporto começou a perder o campeonato - o melhor central (Rúben Dias) esquecido e Pizzi, rei das assistências, eleito pela UEFA como o melhor jogador do campeonato, de fora. Deve ser a única liga do mundo onde o campeão nacional não mete mais jogadores no onze ideal! Melhor jogador, como esperado, foi entregue ao rei dos penaltis.

Não gostei do prémio Fair-Play entregue a Militão - uma injustiça para Pepe, Gudelje, Bruno Fernandes e Felipe - e achei muito estranho ver o Seferovic no lugar que me parece de direito do Tiquinho "vá tomar no seu cu" Soares. De relevar o prémio 'Fair-Play' da segunda Liga entregue à equipa b do Benfica e que a equipa b do foculporto (Portimonense), apesar das muitas multas aplicadas pela liga, venceu muito justamente o prémio para o melhor relvado. A coerência acima de tudo!

Também achei imensa graça ao prémio de 'melhor jovem da liga'! Não terá sido por muito, incomparavelmente menos que 126 milhões de razões, que o João Félix terá batido a concorrência. Fantástico o critério que entregou o Melhor Jogador Liga NOS a Bruno Fernandes mas não arranjou um lugar no melhor onze a Pizzi que, com João Félix, competia pelo prémio. O prémio prestígio atribuído a Joaquim Oliveira não poderia ser mais justo. Vislumbro no homem que conduziu a Controlinveste a uma declaração de insolvência o substituto natural para o "homem do ano" entregue na época passada, pelo pasquim a bolha, ao boneco Conceição.

No melhor onze da liga, o destaque vai para a baba de caracol e placenta de burro, corporizada em Marega - prodigioso avançado com dois tijolos no lugar onde Pizzi tem os pés - que, com os seus estratosféricos 11 golos no campeonato, mereceu amplamente o lugar! Casillas foi o melhor frangueiro - pelos critérios do onojo e da liga acredito que ganhará nos próximos anos mesmo a jogar de fato e gravata. A coerência acima de tudo! Sobra-nos Mathieu. Que dizer de Mathieu? Mathieu é  Mathieu. É Mathieu, porra. O post ficou meio confuso e os temas entrelaçados sem muita coerência? Foi o que saiu, pá. Não gostam, queixem-se ao querido Proença.