sexta-feira, 30 de março de 2012

Jesus e os mestres das tácticas...

 Em toda a sua História o Benfica teve 58 treinadores, contando com Jorge Jesus.
Todos eles com defeitos e virtudes, afinal o que é comum a todo o ser humano!
Teve o Benfica um treinador que tendo sido campeão Europeu, perdeu o campeonato!
Em 61/62, mesmo com Eusébio, Torres, Coluna, Simões, Zé Augusto, Águas e companhia, não foi capaz de acumular os dois troféus, abdicando do campeonato para poder meter a mão na taça dos Campeões!!!
Não sei se tinha bazófia, se era culto, se era teimoso...não sei. O que sei é que mesmo com todos aqueles craques na mão, teve de abdicar do campeonato!
Hoje, a avaliar pelo que se lê e ouve, não andará longe da verdade dizer que; temos uma equipa má e construída à pressa, com jogadores a chegar em cima do início do campeonato, jogadores gordos e lentos, grandes e desajeitados, outros que só correm na Champions, um que imagine-se, até Ramires, um desconhecido e muito fraco futebolista, parece que lhe ganhou em corrida 3 ou 4 sprints! Temos ainda outros bons "pa caralho", mas que o sacana do teimoso não mete a jogar. Neste ultimo lote, enquadram-se todos os dispensados, mais os não convocados (menos o Djaló) e todos os oriundos das camadas jovens...
O que ainda não consegui perceber, é;
Se temos um treinador que é gozado por todos, mas muito principalmente pelos benfiquistas, por ser; bazófias, um teimoso, um gajo que não sabe falar, um tipo que pinta o cabelo, que passa a vida a pentea-lo com os dedos, coisa que como sabemos mais ninguém gosta de fazer e ainda por cima, tem o desplante de o manter grande e bem lavado (a raiva que isso deve meter a tanto porco e careca que por aí anda)
 Chamam-lhe o «mestre da tácita» em forma de gozo quando as substituições não resultam em 5 golos de rajada;
Um gajo que mastiga pastilha de boca aberta, ao contrário de muitos de nós, moços de refinada educação e principalmente de sir Alex Ferguson, que só mastiga chiclete depois de fechar o éclair que traz na boca...
Sim, este este é o Jorge Jesus desta e da época passada, pois ao Jesus de 2008/2009 ainda se vislumbravam algumas virtudes não viesse ele a ser campeão!
É certo que perdeu com o Liverpool porque já nessa altura tinha a mania de inventar, mas tirando isso até nem foi muito mau!
Se bem me lembro, vi milhares de críticos de champanhe na mão a saltar ao seu lado, desde o Marquês até à catedral...seria por teimosia?
Ok. Ganhou o campeonato, mas...
Com aqueles craques todos, quem não faria melhor?...

Com um treinador assim. Com um grupo de jogadores, assim assim! Queriam o quê afinal?
Se tantos pensam que o treinador é basófias, inculto, teimoso,  que nada percebe de tácticas...
Se pensam que os jogadores são preguiçosos, gordos, desajeitados ou que só correm na Champions, porque carga de água lhes exigem bons jogos, grandes vitórias, goleadas, campeonatos e taças?

Desde 93/94, ano em que Toni foi campeão e até 2008, principio da era Jesus, tivemos 18 treinadores diferentes, sendo que Toni e Camacho repetiram! 
Em 15 anos,18 treinadores que ganharam no conjunto, UM campeonato!
UM campeonato!
Um campeonato em que o treinador (Trapatoni) era mais ou menos odiado por todos e foi despedido assim que o campeonato acabou, porque a equipa não dava espectáculo!!!
Isto no Fim de 11 anos sem ganhar porra nenhuma, se excluir-mos a taça de Portugal ganha com Camacho, também ele escorraçado anos mais tarde...
Hehehehehe! Se não fosse tão dramático, dava para rir durante horas...
Toni : 199293-1993/94
Artur Jorge : 1994/95
Mário Wilson: 1995/96
Paulo Autuori : 1996/97
Manuel José : 1996/97-1997/98
Mário Wilson: 1997/98
Graeme Souness : 1997/98-1998/99
Shéu Han : 1998/99
Jupp Heynckes : 1999/00-2000/01
José Mourinho : 2000/01
Toni : 2000/01-2001/02
Jesualdo Ferreira : 2001/02-2002/03
Jose Antonio Camacho : 2002/03-2003/04
Giovanni Trapattoni : 2004/2005
Ronald Koeman : 2005/2006
Fernando Santos : 2006/07-2007
Jose Antonio Camacho : 2007-2008
Fernando Chalana: 2008
Quique Flores: 2008


Será que estes Homens nada valiam? seriam todos incompetentes! Lembram-se do que diziam deles os fazedores de opinião? lembram-se do que se lia e ouvia na comunicação social?
Terão estes Homens algo em comum?
Pouco ou nada terão em comum, mas todos foram enxovalhados no Benfica!
Pelos adversários, pelos inimigos, mas principalmente pelos benfiquistas sempre lestos a atacar os nossos, juntando-se à festa que se faz nos lugares que todos sabem! Tal como acontece hoje afinal.
Constam nesta lista, entre outros, nomes como; Fernando Santos, treinador da selecção da Grécia!
Um senhor, Jupp Heynckes, gozado nas conferencias de imprensa (quem não se lembra das pilhas cagadas?) mas que hoje é treinador do Bayer de Monique!
Um rapazito de nome Mourinho, hoje treinador do Real Madrid e considerado por muitos (opinião que não partilho) o melhor treinador do mundo, mas que também foi corrido do Benfica, onde só não voltou mais tarde porque lhe queriam impor um adjunto...No seu lugar ficou Toni, com o beneplácito da maioria dos críticos de sempre...
E não me venham dizer que gostavam muito do Mourinho, pois tenho uma memória de elefante e lembro-me muito bem do que se dizia dele.
Um dia, quando Jesus sair do Benfica (espero que só daqui a muitos anos) rezarei para que não caia lá, no clube do putedo!
Macacos me mordam se o Homem não passará rapidamente a sumidade, nas tácticas, no trato, quer no uso da palavra ou da erudita sapiência, num abrir e fechar de olhos!
Mas isso serão peanuts comparado com o que deixaremos de ganhar, para ver-mos nos outros aquilo que não soubemos valorizar e preservar...

5 comentários:

  1. Se bem me lembro o Mourinho era tratado de pequeno mouro pela gandaia (não confundir com um blogger que por aí escreve).

    Eu gosto muito do Jesus e espero amanhã à noite gostar ainda mais!

    ResponderEliminar
  2. Totalmente de acordo, amigo Guachos. Os benfiquistas são os piores inimigos do Benfica, piores do que os árbitros. Pela simples razão de que utilizam o clube em proveito próprio. Desde que começaram a criticar a equipa esta nunca mais fez nada. E quanto mais criticam, pior joga. O que não pode causar admiração.

    Se a crítica tivesse o condão de acalmar os jogadores e torná-los mais lúcidos e fortes, dando-lhe ânimo e asas, eu seria o primeiro a fazê-la. Só que tem o efeito exactamente contrário. Torna os jogadores e os treinadores mais nervosos, mais inseguros, vira toda a gente, incluindo os árbitros contra eles. Esta época ,se se perder, à semelhança da do ano passado, a culpa é dos adeptos que quebraram a empatia que existir, e chegou a existir, entre adeptos e equipa. Destruíram o ânimo, a mística (empatia) que deve existir entre adeptos e jogadores, entre adeptos e treinadores.

    É impossível existir mística, empatia entre a equipa e os adeptos quando muitos criticam de modo violento na blogosfera e assobiam os jogadores no estádio. Estes não são máquinas e reagem naturalmente. Perdem a motivação e o ânimo. Com toda a razão, pois eu também perdia e mandava os adeptos todos para o car*lho!

    O Emerson é perneta? Pode ser, MAS É O NOSSO PERNETA! Vê mal de um olho? MAS É O NOSSO ZAROLHO, car*lho! O JJ enganou-se na táctica? Mas é o NOSSO treinador, NÃO TEMOS OUTRO, car*lho!

    Será que a equipa se for criticada começa a jogar melhor? Não! Então porque criticam? Porquê criticar se quem se aproveita das críticas são os nossos adversários?
    A equipa começa a jogar mais nervosa se começarmos a criticar? Claro que sim! Então calem-se, foda-se! A UNIÃO FAZ A FORÇA! Mas expliquem isso aos imbecis que escrevem em blogues. Nem estão interessados em ouvir, pois não começaram um blogue para defender o Benfica. Começaram para seu próprio prazer e satisfação do seu ego pessoal! ! Estão mais interessados em mostrar que eles é que sabem! Estúpidos que nem uma porta!

    Se criticar e assobiar não ajuda, apoiem! Apenas o apoio pode ajudar a equipa e os jogadores a jogar melhor e a crescer. Em vez de criticar tentem estabelecer alguma empatia com a equipa. Irão ver que os jogadores irão começar a jogar melhor. A crítica, tenha ela a forma que tiver, destrói a empatia e a mística que tem de existir entre os adeptos e a equipa.

    Infelizmente penso que o mal já foi feito ao longo do ano. Já toda a gente saltou para o vagão da crítica a alguns jogadores, a JJ, a LFV, etc. Jornalistas, árbitros, dirigentes, CJ, juntamente com muitos benfiquistas (os mais barulhentos e imbecis!) já destruíram a época ao Benfica. Cambada de filhos da p*ta!

    Os nossos inimigos nem se dão ao trabalho de dizer mal! Limitam-se a observar à distância os benfiquistas a fazerem o seu trabalho! Cambada de imbecis!

    ResponderEliminar
  3. o mourinho foi corrido??? ah! pensava que tinha um compromisso com o sport e que o veiga teve de pagar 150 mil contos depois de ser insultado pela juve léo... é giro inventar coisas como se fossem verdade. continua
    LUIS

    ResponderEliminar
  4. Mourinho foi corrido duas vezes.
    E se perguntassem à maioria dos benfiquistas até ajudavam com vassoura.
    A primeira a meio da época por troca com Toni e a segunda quando já estava praticamente no clube novamente, impuseram-lhe o jesualdo como adjunto e ele passou-se para os corruptos...
    Aqui não se inventa nada.

    ResponderEliminar
  5. Consegues ser dos poucos gajos lucidos nesta blogosesfera que se diz Benfiquista.

    De muitos duvido do Benfiquismo, mas não do Portuguesismo, invejosos, mesquinhos e pequenos!

    ResponderEliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não vale a pena perderes tempo...faz-te à vida malandro.