quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Gente feliz...sem lágrimas!

É bom sabermos que ainda há ainda há gente assim!


7 comentários:

  1. Apenas lamento que aqueles sempre tão atentos e rápidos a destacar frases contra JJ e o Benfica, não tenham agora a mesma capacidade de destacar estas palavras.

    ResponderEliminar
  2. É engraçado que o David Luiz, Ramires, Di Maria, Coentrão e o Javi tenham sempre elogiado o trabalho do Jesus... mas muitos continuam a não lhe dar importância.

    Devem sentir falta de saírem das competições europeias após um ou dois jogos...

    ResponderEliminar
  3. Vai fazer falta ao Benfica... Podia apostar!

    ResponderEliminar
  4. Este "paquéton" vindo do Osasuna onde estava emprestado pelo Real Madrid nem fora do Benfica deixa de fazer estragos nas cabecinhas frágeis, é impressionante.

    Off-topic, que prazer foi ver na goleada por 8-0 do Brasil à China, o Ramirez, autor do primeiro golo e que golão, ao ser substituído o 1º jogador que ele foi cumprimentar dos titulares foi o David Luiz. Que orgulho.

    ResponderEliminar
  5. Peço imensa desculpa pelo off-topic, mas isto é mais forte do que eu. Para os imbecis que falam de "opacidade".


    Porto ‘esconde’ vencimentos
    A criação de uma nova empresa, cujos resultados não são consolidados nas contas da FC Porto SAD, permitiu à sociedade dos dragões retirar salários dos custos da sociedade.
    De acordo com o Relatório e Contas relativo aos primeiros nove meses da época 2011/12, é possível verificar que a FC Porto – Serviços Partilhados (SP), criada em Março de 2011, tem como objectivo a "prestação de serviços de assessoria empresarial, administração e recursos humanos a todas as empresas do Grupo", sendo que os seus custos entram na rubrica de Fornecimentos e Serviços Externos. Aqui, a SAD registou custos de 26,8 milhões, uma subida de 10,6 milhões em relação aos mesmos meses da época 2010/11. E parte deste crescimento é justificado com "o pagamento dos serviços prestados" pela SP. A própria SAD admite que "parte dos funcionários, que estavam alocados às várias empresas" da SAD, transitaram para a Serviços Partilhados. Apesar desta transferência, o relatório diz que "verificou-se um aumento de 6% nos custos com o pessoal", que atingiram 31,5 milhões.


    Que é para enganar os adeptos e os papalvos dos jornalistas já todos sabemos mas será que é também para enganar o "fair-play" financeiro da UEFA, que exige que os custos com pessoal não devem ultrapassar uma certa percentagem dos proveitos?

    ResponderEliminar
  6. Grande Javi Garcia. Até na hora da saída mostra o seu enorme carácter.

    Grande ser humano e enorme jogador. Que seja muito feliz

    ResponderEliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não vale a pena perderes tempo...faz-te à vida malandro.