quarta-feira, 28 de agosto de 2013

A revolta do Capitão!

Quando se pôs a 'enviar cumprimentos' para 'meia dúzia' de espectadores que insultavam o companheiro que momentos antes tinha tido uma falha comprometedora, que o insultavam a si próprio e à equipa, Luisão mostrava fibra de campeão, mostrava a fibra de um líder, deitando cá para fora a revolta por um resultado que era injusto, cruel e tremendamente penalizador para os jogadores, para o treinador, para a equipa, para o clube - para o futuro do Benfica!
Não, Luisão não insultou os benfiquistas - os milhões de benfiquistas que no mesmo momento saltavam e gritavam, juntando a nossa, à sua revolta, num abraço sem fim, num abraço solidário.

Esses, os benfiquistas, estavam demasiado eufóricos, demasiado felizes com a vitória de seu clube!
Esses, só queriam saltar para dentro do campo para abraçar o seu capitão, para abraçar a equipa - para festejar a vitória.
Eu gritei tanto que ainda estou rouco!
Fonix! Aquilo foi o descarregar de uma pressão do tamanho do mundo.

A turba uluante que continuada e insistentemente continua a querer fazer-se ouvir, não é o Benfica. Nem O representa. Não são os benfiquistas.
Os benfiquistas estão com o seu capitão, com os jogadores, com a equipa técnica, com o presidente, com o clube - com o Benfica.

Alguém faz ideia da pressão que foram aqueles 4 minutos finais? fazem ideia de quanto estava em jogo?
Ali não estava em jogo um simples jogo de futebol. Por ali passava muito do futuro do Benfica.
Alguém imagina a tremenda pressão que seria feita em cima da equipa - durante toda esta esta semana, se o resultado fosse uma derrota?
Ainda assim, há quem aproveite para malhar e...malhar em Luisão! Todas as semanas há alguém em quem malhar!

Nunca me juntarei à maralha dos maldizentes!
Jamais ajudarei a derrubar o Líder e Capitão de Equipa. NUNCA.
O Benfica ganhou. Vimos uma equipa e um treinador unidos. Cardozo voltou aos treinos. Oblak, que muitos previam aproveitar para mais um festim de insultos e mal dizer, também.
Se ganharmos em Alvalade prevêem-se dias difíceis para SLbotabaixo!
-----------------------------------------------------------------------------------
Em Portugal, a CS meteu na cabeça dos adeptos benfiquistas, que a supertaça portuguesa é tão importante como um campeonato!
De tal forma está enraizada a ideia, que os adeptos do Benfica se sentem ultrapassados em TÍTULOS só porque há um clube que colecciona TROFÉUS!

Eu, que já repeti vezes sem conta a mesma ideia, e que até já fui insultado por isso, conforta-me saber que há pelo menos um tipo - português ainda por cima, que pensa da mesma maneira!

O jogo com Gil Vicente, transmitido pela BenficaTV foi visto em 36 países e bateu em share, por comparação, toda a concorrência em Portugal!
Fantástico Clube que em tão pouco tempo dá esta lição a todos os maldizentes - a todos os botabaixo!

Ele há coisas do caraças...

Ele há (mais) coisas do caraças...
Um tal de Mourinho está em 3º e o outro português é...Villas-Boas.
(para ver mais clicar nos links)

Ele há mesmo coisas do caraças!!!!

7 comentários:

  1. Enormerrimo Guachos, Amigo e Companheiro,

    Os outros temas sao interessantes, alguns ate' sao muito importantes, mas eu nao quero falar de mais nada alem da parte do teu texto em que falas do Nosso Capitao e da Nossa Equipa.

    Obrigado, Amigo Guachos, por continuares a ser um promontorio de Benfiquismo (tu sei un punto, un sole, qui no roter mai), sem hesitar nem vacilar. Um exemplo!

    Obrigado, Guachos!

    Obrigado, Capitao e parabens por estas 10 anos.

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
  2. É assim mesmo!

    Benfiquista que é benfiquista está com a equipa, com o capitão, com o treinador, com os dirigentes. Está com o BENFICA em qualquer circunstância. A derrota é uma delas.

    Os outros...os outros...são os biltres do costume, a escumalha petardeira, os acéfalos do assobio.

    Força Capitão, estamos contigo!

    ResponderEliminar
  3. Depois de ler um texto recente que define os benfiquistas da blogosfera em adeptos cuja relação relativamente ao clube é puramente emocional e aqueles que misturam a emoção com razão, verifico que o caro guachos, para esse autor, está claramente no primeiro grupo, pois não consegue vislumbrar ou diferenciar o clube, Benfica, de quem o representa, puramente incompetentes, como dizem os talibans da internet.

    E por força desse texto, pelos vistos, a melhor forma de apoiar o Benfica é conciliar a emoção com a racionalidade e irá perceber V. Exa. que os iluminados por criticarem é que têm a razão toda, razão pela qual, o seu texto é só mais um punhado de fantasias!

    Só não entendo esses pseudo-intelectuais não conseguirem vislumbrar que o Benfica é muito mais do que as palavras redutoras que escrevem, e textos de Benfiquismo como o do caro Guachos não são apenas textos emocionais. São textos de defesa do Benfica, pelo Benfica e para o Benfica e nunca contra o Benfica!

    As críticas, a acontecer, devem ser nos locais certos e não em redes sociais, e blogues destinadas a fazer espalhar a crítica desestabilizadora, destrutiva que os nossos rivais adoram coleccionar e fazer uso! Será que os sócios do Benfica não entendem que além de direitos, possuem obrigações, e uma das quais é defender o Benfica!

    Claro que defender o Benfica não é defendê-lo de forma cega, nem criticá-lo. Mas uma coisa é criticar num espaço aberto a qualquer anónimo que nem Benfica poderá ser. Outra, é fazê-la numa assembleia geral do clube, numa casa do Benfica, num fórum de debate de benfiquistas pessoalmente, onde os sócios podem e tem o direito de delinear o rumo, os projectos e as politicas do clube de forma livre e esclarecida!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Companheiro,

      Depois de ler este teu comentario, so' lament que o nao tenhas assinado.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
  4. Concordo com o anónimo das 15:13. Viva o Benfica !

    ResponderEliminar
  5. Luisão não é santo do meu altar, mas defendeu o Benfica.

    ResponderEliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não vale a pena perderes tempo...faz-te à vida malandro.