quarta-feira, 4 de junho de 2014

Benfica, um novo paradigma de Gestão?

Por José Albuquerque

Bem sei que no anterior post também tinha anunciado desenvolvimentos para os assuntos “comparação das Contas com as outras sad” e uma análise mais detalhada do Nosso “R&C” intercalar a 31/3/2014, mas … prefiro começar por escrever sobre este titulo, mantendo-me ao vosso dispor para quaisquer questões que entendam colocar-me na caixa de comentários.
Sinceramente, creio que é muitíssimo mais importante os Benfiquistas debaterem (e entenderem) estes, pelo menos, aparentes sinais de profunda mudança no Nosso “Modelo de Gestão”, do que eu ficar aqui a escrever coisas evidentes e que a esmagadora maioria (dos Leitores assíduos do GUACHOS) já domina razoavelmente. Entretanto, fica a promessa de abordar aqueles dossiers logo que não existam temas mais relevantes.

Os pressupostos.

Já lá vão muitos anos, desde que foram planeados o “Campus” do Seixal e a Nossa TV, o primeiro considerado como uma exigência de competitividade para a Equipa profissional de futebol (não me recordo de existirem planos para a Equipa B) e a segunda, mais um desafio para confirmar que o Presidente queria assentar o desenvolvimento e crescimento do Benfica no reforço da ligação entre o Clube e os Sócios e simpatizantes.
Mas os anos passados não diminuíram a minha memória e há testemunhas de como eu tentava mostrar aos Benfiquistas as outras facetas daqueles dois projectos, talvez menos importantes nos curto e médio prazos, mas seguramente fundamentais para o desenvolvimento estrutural do Benfica: ver o campus como a “Fábrica” que haveria de produzir os “Ases” do futuro e olhar para a BTV como o Nosso “grito do Ipiranga” perante o tentáculo do POLVO chamado “mamão chupista”.
A imensa paixão clubista dos Benfiquistas e a crescente competência da estrutura profissional de apoio ao Nosso futebol, foram as garantias que me permitiram acertar essas previsões e, muito mais importante, trazer o Grupo Benfica ao primeiro degrau de um patamar que, inexoravelmente, Nos vai distinguir dos outros clubes portugueses, por menos pequenos que eles sejam.

Sinteticamente, eu acredito que a “Fábrica”, além de continuar a contribuir para o crescimento do Nosso prestigio internacional, através da repetição de conquistas importantes e do reforço desta “invasão” ás selecções jovens, vai começar a provar contributos concretos, económicos e desportivos, nas Equipas profissionais, inclusive na Nossa Equipa principal.
Tal como já é incontestável que podemos considerar definitivamente “enterrado” aquele período em que o Clube se viu privado de uma justa compensação económica pelos seus direitos televisivos, um período negro filho do mais negro período da Nossa História centenária, anos e anos de uma humilhação crescente e de uma interferência sobre a Verdade Desportiva pela parte de um Nosso Accionista que preferiu favorecer os Nossos adversários e inimigos.
Estes foram anos em que, privados do que merecíamos, aguçamos o engenho e, contra tudo e todos, inclusive algumas minorias internas, tivemos a arte suficiente para reconquistar a autoestima e justificar a hegemonia no panorama desportivo nacional.

O futuro imediato.

Por isso, porque fizemos por isso, enquanto outros passavam da incredibilidade ao tentar parar o vento com as mãos, hoje podemos acreditar num futuro tão ímpar como o Nosso passado Glorioso.

Porque, imediatamente, continuaremos a testemunhar o nascimento (nem que seja por dez vezes) de alguns dos Nossos “Azes”, a beneficiar do seu brilhantismo desportivo e das consequências económicas da eventual partida de mais alguns.
E porque, imediatamente, vamos “fazer contas” a uma espectacular valorização dos Nossos direitos televisivos e a mais acréscimos de valor adicionados a uma “Marca” que já hoje não tem paralelo no horizonte da lusofonia.

O Grupo Benfica não conseguiu passar incólume pela mais profunda e grave crise económica mundial desde 29-33, nem pelo verdadeiro assalto fiscal que determinou este último triénio em Portugal, mas resistiu muito além das melhores expectativas.

Mas, alguns podem perguntar, a verificar-se uma debandada dos Atletas mais influentes, isso não pode colocar em causa o objectivo hegemónico para esta próxima época desportiva?
Na minha humilde opinião e no máximo, um tal fenómeno (a verificar-se e estamos muito longe de o verificar) apenas poderia adiar a confirmação dessa hegemonia por mais uma época, nada mais que isso.

Como sabem, eu defendo (e os números sugerem) que as operações concretizadas em janeiro já garantem um resultado positivo da SAD neste exercício e conferiram ao Nosso CA o maior grau de liberdade possível na planificação da época 2014/15 e é isso que os “wishful thinkers” das várias “subespécies anti” se esforçam por omitir.
Mas eu não! Eu conto com isso e com a competência confirmada do CA, da Prospecção, da Equipa Técnica e de toda a estrutura profissional de apoio ao futebol do Glorioso, para terem todas as possíveis variáveis equacionadas.

Além de que também conto com a Nossa TV e os, talvez, 30ME de “lucro” que ela nos vai propiciar no próximo exercício!

Por isso, Companheiros, se eles quiserem levar o Garay (eu só o “largava” pela cláusula e a p.p.), o Enzo (idem, idem, aspas, aspas), o Marko (uma música diferente, mas eu mantinha a letra), o Gaitan (para este, eu já dava “um jeito”), ou o Sálvio … eles que os levem e o JJ encarregar-se-á de reconstruir a Equipa.

Vamos perder competitividade imediata e ter de adaptar os objectivos desportivos imediatos?
Mais faltaria que não, se recebêssemos uns 150ME (que representariam uns “meros” quase 100ME de mais valias)! Claro que uma tal sangria iria corresponder a um recuo imediato, mas com consequências positivas suficientes em termos económicos, que a SAD deveria conseguir transformar nas condições para um reforço ainda maior da competitividade mediata da Equipa.
Ou seja, um “prejuízo” imediato, com um imenso potencial futuro e não só para o Nosso futebol.             

O futuro mediato

Sabemos que é imparável o processo jurídico e legal que há de “libertar” completamente os futebolistas profissionais da “canga” que ainda sobrou depois do Acórdão Bosman, um processo que já podemos “ler” no mais recente Regulamento de Transferências (que já permite aos atletas a rescisão unilateral, fora do denominado período de protecção dos contratos, com uma eventual indemnização a ser arbitrada pelo TAS e sem qualquer inibição profissional) e que melhor podemos prever a partir do Acórdão Dahmane. E para os que me disserem que eu não deveria usar o verbo libertar para estes casos, eu recordo que a osgalhada paga, hoje, menos de 60 mil euro ao ano (ou 30, ou ainda menos) a jovens de 20, 21, ou mesmo 22 anos, atletas internacionais, pedras angulares da sua equipa principal e para cujos contratos “exige” sempre cláusulas de rescisão de 45ME. Ainda por cima, sujeita-os á humilhação de os fazer partilhar o balneário com autênticos cepos a ganhar 30 (ou 50, ou mais) vezes o que lhes pagam!

Tal como sabemos que esse futuro mais longínquo projecta uma BTV poderosíssima, quem sabe grande demais para continuar a “viver em casa” …. Tal como aos Filhos, admito a hipótese de a ver atingir a maioridade, desde que se mantenha … Nossa.

Passa por aqui, talvez, a fórmula ideal de restruturação financeira do Grupo Benfica, capacitando-O para um patamar absolutamente impensável (eu sei, eu sei que nunca deixarei de sonhar) …

Num horizonte em que assistiremos a um tendência de queda, progressiva mas sustentada, dos valores das transferências dos futebolistas, paralelamente ao aumento (sim, ainda mais e para os melhores) dos seus salários, a uma “troca” entre os famigerados prémios de assinatura e os salários, a uma nova definição das obrigações do “Fundo de Solidariedade” da FIFA, que passará a ser uma permilagem dos salários, em vez dos actuais 5% sobre as transferências. Num horizonte em que o Glorioso vai poder pagar aos seus melhores profissionais (de facto, essa já é a realidade Actual, mas ainda se vai alargar a diferença) muito mais que os seus adversários internos e apenas terá de recear a concorrência externa (fora os mais ricos dos mais podres de ricos) caso a fiscalidade se mantenha desigual e em Nosso prejuízo.

Um horizonte em que o CA vai ter de “lutar” para que o Passivo não “desapareça” e em que vai ter de investir na preparação, por antecipação, de estratégias defensivas contra … uma (ou mais) OPA!

Anti Benfica, “tadinhos dos cãocrodilos”.

Há uma dúzia de anos, viveram a ilusão de ver morrer o Nosso Clube. Ano após ano, permaneceram nas ilusões da “falência técnica”, da “saída do JJ”, do “fracasso da BTV” e continuam a fugir da realidade: já não sabem viver sem ser numa permanente negação e estão obrigados a festejar as “betotas” e os boches ladrões.

Se eu tenho pena deles, ou dos Taliban?
Ahahahah, tanta que nem sei onde a guardar, ahahah.

Concluindo e para que fique registado (eternizado) aqui no GUACHOS, para que no futuro possamos reviver o passado, tomem nota de como eu antecipo “o tempo que o tempo tem” antes de 5 anos:

1 Um Benfica absolutamente hegemónico em Portugal e entre os 10 clubes mais competitivos (também em termos económicos) do futebol europeu;

2 Um Benfica com mais de 200ME de Proveitos sem somar as eventuais “vendas de Atletas” (mas contando com os ROPA rotineiros) e perto de 100ME de custos salariais (incluindo o futebol);

3 Um Clube com perto de 20.000 Atletas e com ainda bastantes mais “Modalidades” do que hoje (pelo menos com muitas modalidades X, com ciclismo e muitas mais Equipas Femininas);

4 Um Clube com um Parque Desportivo substancialmente mais rico e diversificado (pista de Atletismo, mais piscinas e um grande, grande pavilhão coberto e multiuso, capaz de suportar uma pista de Atletismo e outra de ciclismo e outra para X Games);

5 Um Clube com projectos de “filiais” em alguns países europeus (Irlanda, Bélgica, Suíça e França, seriam excelentes), africanos (Angola, Moçambique e, acima de tudo, Cabo Verde) e (porque não?) na América latina;

6 Uma BTV “fundadora” de uma rede europeia de TV’s de clube, com diversos canais e conteúdos competitivos numa escala planetária.

O Presidente confessou que necessita de projectos ambiciosos para que os Benfiquistas queiram dar o seu melhor e … superarem-se. Eu não podia estar mais de acordo!

“Eles não sabem nem sonham / que o sonho comanda a vida / e que sempre que um homem sonha / o mundo pula e avança / como bola colorida / entre as mãos de uma criança”

Viva o Benfica!      

34 comentários:

  1. Caro José Albuquerque,

    Aqui está um post cheio de entusiasmo e optimismo. Partilho dos seus sonhos quase todos (o que não nomeou mas sei que também é seu, é o de ver levantar o caneco da champions ao nosso capitão).
    Não sei se há aqui optimismo a mais, ou doses massivas de Benfiquismo que nos poderão inebriar.
    No entanto, seria de todo enriquecedor e também prudente, executar um exercício semelhante para as ameaças que poderão apresentar-se ao nosso GLORIOSO no futuro imediato e mediato. Sim, porque é preciso não esquecer que os nossos adversários não são estúpidos, e muito menos incompetentes quanto mais não seja a roubar (coagir, corromper, ameaçar, subornar, etc) e a plagiar (a grande revolução do século XX é a comunicação que permite a cópia imediata). Assim surge-me a questão: "O que pode o Benfica fazer para "fortificar" o seu império e impedir a sua ursupação?
    CARREGA BENFICA!

    ResponderEliminar
  2. Até gostei do texto, mas vejam lá essa perseguição de em todos os posts estar sempre a falar de talibans...

    Desde o post dos "Mercenarios", que foi uma clara declaração de guerra e que gerou celeuma nos comentários, 99% dos posts seguintes têm sempre referência a "talibanismo". Nem os outros blogs andam sempre destilar veneno contra os outros. Vocês escrevem bem e levantam temas interessantes, mas andar sempre de roda do mesmo cansa. Esqueçam isso... :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Em mais de 130 linhas de um post admirável, com tanta coisa boa por onde pegar, escolheste apenas duas linhas para poderes opinar? - ainda por cima para falares de um assunto que segundo tu mesmo afirmas não tem qualquer tipo de interesse!
      É obra.

      Eliminar
    2. Não foi por mal! :)
      Apenas levantei a questão pois já foi dito por aqui que o blog defende determinadas ideologias e que "quem não gosta, não precisa passar por aqui". E nos ultimos dias tem sido à base de:

      Benfica, um novo paradigma de Gestão? - 04/06/2014:
      "Anti Benfica, “tadinhos dos cãocrodilos”.
      "Se eu tenho pena deles, ou dos Taliban?"
      "Ahahahah, tanta que nem sei onde a guardar, ahahah."

      Os "eças de queirós", Jesus e o 'deus' Aimar - 02/06/2014:
      "Homem farta-se de tourear os inteligentes da internet"
      "Mas, claro - há sempre uma data de sabichões,(...) tentando amesquinha-lo."

      A 34ª GUERRA NACIONAL! - 31/05/2014:
      "Aqui logicamente o alvo é a moral do nosso exército e a tentativa de abalar o clube (...) completada pelo trabalho camuflado de um complexo de Blogues, sites e similares que a coberto do nome Benfica"

      Jorge Jesus - SuperStar! - 30/05/2014:
      "Esta é para responder a um talibansinho de merda que anda por aí;"

      Bruno mentiroso e os "analistas"... - 29/05/2014:
      "Esta vai ser sempre a conclusão dos talibans da internet. Não há volta a dar. E assim é que está bem. Adoro vê-los rebolar de raiva."

      Luís Filipe Viera - entrevista RTP - 28/05/2014:
      "Por muito que os talibans da internet não queiram aceitar (...)"

      Barbaridades. - 27/05/2014:
      "Depois de ter lido um impressionante chorrilho de barbaridades (...) no “livro das caras” de talibans,"

      2014 - Futebol de A a Z - 26/05/2014:
      "T - talibans da internet - em força até meio do campeonato, foram desaparecendo à mesma medida que apareciam as vitórias. Respiraram de alivio em Turim, na final da Liga Europa, e já andam por aí, de petardo nas unhas, de novo a caçar fantasmas... "

      Memórias e contas da Champions... - 25/05/2014
      "(...) e Jorge Jesus tinha mais não sei quantos talibans agarrados às canelas..."

      OS MERCENÁRIOS VIOLENTADOS! - 23/05/2014


      Não se chateiem com isso... Sério :)

      Eliminar
    3. Não confundir Benfiquistas com opiniões divergentes ( o que é bem salutar. É da discussão, do filosofar, do questionamento e da dúvida que surge a renovação do que antes somos e pensamos para melhor )... com a inqualificável conduta alienada e premeditada dos Talibans!

      Esses, os « Mercenários » terão sempre e sempre guerra... e nunca paz.

      E estranho seria se assim não fosse e a opção não fosse defendermos sempre o clube perante:

      Quem o desestabiliza e que nem mesmo perante as lições da vida ( que incluem tecer declarações execráveis sobre TUDO o que seja Benfica ou que SIRVA o Benfica e levar com um banho de realidade, de verdade e de história feita por quem antes destilavam ódio )... se arrepende e muda.

      E curioso, é também, que quem anda agora a agitar bandeiras brancas de tréguas ( até ao primeiro empate ou derrota em qualquer modalidade. E sim, no hóquei, no futsal e no andebol já começou o exercício de tiro indiscriminado, onde o insulto gratuito continua bastante barato e apreciado )...

      Seja, quem de forma totalmente inocente despoletou toda a questão, com referências tão cordatas e muitíssimo democráticas, como a opinião alheia ser... « um monte de merda » num outro Blog!!!

      Discutir o Benfica é uma coisa... prejudicar e lesar o Benfica, realizando por ignorância própria ou encomendada a vontade dos nossos rivais é outra!

      Eliminar
    4. Enorme Steady, Companheiro,

      Tu tens razao, admito sem pudor!

      Espero que nao necessites que eu te explique as razoes pelas quais nao me sentiria bem se, escrevendo sobre o Glorioso, nao guardasse umas migalhas para ... o POLVO e os Taliban/petardeiros.

      Um e outros exageraram ... demais. E ainda ai andam ...
      O primeiro ROUBOU-NOS o mais que imaginou.
      Os segundos ate' festejaram e tudo ... depois de todo o tanto mal que tentaram fazer.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
    5. Steady,
      Posso-te garantir que vou continuar da mesma maneira - a que eu entender ser a que melhor serve os interesses do Benfica. Se isso implica atacar ou denunciar uma série de crápulas, que a coberto de se fazerem passar por benfiquistas, mais não fazem do que todos os dias atacarem o Benfica e os seus profissionais - vou fazê-lo com toda a convicção.

      Esses são os que considero talibans. No meio deles habitam muitos Benfiquistas bem intencionados que se sentem melindrados como o que eu escrevo. Fazem mal. Não é para eles que eu atiro as carapuças...mas não posso a andar a bater à porta de cada um a explicar este conceito.

      E depois - existem os outros, principalmente na cs...
      Tudo gente a quem não darei qualquer trégua.
      Há quem goste e há quem não goste. Temos pena. A mim só me interessa o Benfica.

      Eliminar
  3. Meu caro José,
    é um consolo ler os teus posts carregados de esperança de no futuro vermos o Nosso Benfica cada vez mais forte! Podem sair alguns jogadores (dois até já saíram) que não estou minimamente preocupado.

    Todos os anos, com Jorge Jesus, mudaram sempre 5/6 jogadores (podem confirmar nos arquivos) titulares e nunca, com a excepção do seu segundo ano, a equipa perdeu qualidade. Mas aí seria quase um milagre que não acontecesse...
    Há uma base de trabalho e competência e o elo mais importante (Jorge jesus) mantém-se...e isso é meio caminho andado para termos sucesso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enormerrimo Guachos, Companheiro e Bom Amigo,

      Fico mais alegre por sentir que gostaste do texto.

      Estou inteiramente de acordo com o teu comentario e foi por isso mesmo que inclui neste texto um "ponto de ordem" para que os Benfiquistas nao so' nao queiram "antecipar tragedias", como perspetivem eventuais "crises" na sua real dimensao e nunca, nunca, nunca, deixem de querer mais e melhor.

      Ai se o Clube consegue explorar (no melhor sentido, claro) as competencias e a Vontade dos Benfiquistas ... Entao sim, creio que o Benfica vai conseguir conhecer os seus limites.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
  4. Enorme Nene', Companheiro,

    Pode ser que tenhas razao e eu seja demasiado otimista, ou o que me quiseres chamar ...

    Mas deixa que eu te repita o que e' que eu nao quero que o Benfica volte a ser (nao importa o que eu sou):

    Um Clube Imenso e ... parado. Um Clube Imenso e ... satisfeito.

    Expliquei-me?

    O Nosso Clube nunca mais pode parar: festejar os sucessos, claro que sim, mas apenas para ganhar ainda mais ambicao e determinacao.

    Por entre muitas lagrimas eu fui otimista em 2000. Voltei a ser em 2004 e nunca mais deixei de o ser: nao me digas que era agora que esperavas que eu deixasse de apelar 'a Nossa Determinacao e 'a Nossa Ambicao.

    O Nosso Clube continua sem ter chegado/testado os seus limites, Companheiro!

    Nem ainda chegamos aos 300 mil Socios, quando eu sinto que ja' deveriamos ter mais de meio milhao. A Nossa BTV ainda nem chegou aos lares norteamericanos (so' estamos nos subscritores HORECA) e mantem apenas os conteudos "antigos" alem fronteiras. Temos "so'" uma Equipa em cada um dos escaloes jovens, quando o programa Geracao Benfica nos permitiria ter umas 3.

    Etc., etc., etc.

    "O que pode o Benfica fazer para fortificar o seu imperio ..."?

    Cada dia eu sinto mais que as pessoas (quase todas e em quase todos os paises) estao mais recetivas "a Nossa "mensagem": Desporto, Universalismo, Verdade, Solidariedade.
    Cada dia eu sinto as pessoas (idem) mais recetivas aos conteudos que TEMOS de ter na BTV.

    Temos de descobrir as formulas para a elas chegar ... e se fosse simples, nao seria para o Benfica.

    Expliquei-me?

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
  5. Onde.está o dinheiro do empréstimo do Farina?. Não encontro no RC.

    Manu

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enorme Manu, Companheiro,

      Neste "R&C" intercalar nao consegues descer a esse detalhe, mas esse valor (como todos os outros relativos a recebimentos por emprestimos de Atletas) encontra-lo nos "Proveitos com Operacoes sobre passes de Atletas".

      Viva o Benfica!

      Eliminar
  6. Caríssimo e estimado amigo José Albuquerque,

    Confesso, que não estou surpreendido. Afinal, o raciocínio lógico antevê que a fonte geradora da palavra enormérrimo, só poderia... jorrar considerações e textos enormérrimos!

    Ora adicionemos à receita um Benfiquismo hiperactivo e daí a um pouco poderemos estar a conquistar galáxias!

    Mas atenção e por favor, não entendas mal o que digo... guarda é um lugar no « foguetão » porque eu também alinho no que pensas.

    P.S: Apetecia-me « vaporizar » o tal do Dahmane e todos os gajos que venham do planeta OPA!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enormerrimo Mathayus, Amigo e Companheiro,

      Neste foguetao, tu tens lugar mais que cativo.
      Pois se ate' os Taliban/petardeiros vao conseguir um lugar (desde que nao seja ao meu colo, tudo bem, ahahah), mais faltaria que nos o nao tivessemos.

      Eu compreendo-te, mas preferia que tu olhasses para o Dahmane e para os do planeta OPA apenas como mais um desafio.
      E o Glorioso necessita de desafios, sempre mais e maiores desafios, desde que eles cheguem com regras claras.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
  7. Como dizia Ernest Bloch, um filósofo alemão marxista e não nazi como o de Turim, "a esperança é algo tipicamente humano, pois permite que o homem transcenda o real ao superá-lo" e "Os princípios da esperança abrem caminho para a compreensão ontológica do ainda-não-consciente, permitindo verdadeiras antecipações do futuro".

    Duas questões:

    - Parque desportivo - será possível avançar sem dinheiros públicos?

    - Rede europeia de TV’s de Clube - naturalmente de imprevisível evolução mas c/ potencialidade para alterar o figurino das competições da UEFA e dar início ao tão ambicionado Campeonato Europeu de Clubes?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enorme FranciscoB, Companheiro,

      Obrigado por essas citacoes. Belissimas e muito oportunas!

      1 O Parque desportivo sem dinheiros publicos, mas com apoios em terrenos, acessibilidades, etc. (afinal vamos estar a prestar servico publico).

      2 Yes! Isso e como a "chave" para que os conteudos "internacionais" da BTV possam chegar aos Benfiquistas emigrados: parcerias com clubes gigantes ao nivel dos direitos de TV (e do Campeonato Europeu de Clubes) e "controle" de alguns clubes menores, para entrar nesses mercados nacionais.

      Os meus sinceros parabens pela qualidade destas perguntas.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
  8. A mim, que sou leigo, o que me preocupa mais é então estes momentos até termos total independência face ao trabalho do treinador (quer a gente queria, quer não, ele é o responsável principal por termos quem vender por muito. Felizmente não é o único e isso é um bom sinal).

    Vamos lá anunciar que o JJ renova por 5 anos :P lol.

    Mas mais um grande texto. O problema é só as forças que se mexem todas pelos interesses do corrupto mor mas... felizmente, as contas deles estão más e isso vai-se reflectir... sem dinheiro, como irão manter tudo a funcionar a 100%?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enorme Troza, Companheiro,

      "O caminho faz-se caminhando" e "de insubstituiveis estao os cemiterios cheios".

      O Nosso Clube e' Eterno! E' e sera' enquanto Nos o quisermos.

      Mas estou de acordo contigo e prorrogava, ja', o contrato do JJ por mais 2 epocas, deixando essas outras 3 que sugeres para a proxima Direcao.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
  9. O que seria do Benfica se não tem aparecido o companheiro Filipe Vieira? e quando for embora? credo, nem pensar nisso....aí então, o Benfica é exterminado, acaba-se com a carneirada, talibans e outros animais. Arre porra, que vocês até metem nojo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nojo e falta de bom senso, é aparecer em casa alheia, para proferir umas quantas bacoradas e fazer oink oink... ainda com o triplete espetado no lombo e 3 derrotas contra 10 e até 9 jogadores da segunda ou terceira equipa do Benfica!

      Eliminar
  10. Caro José,

    É muito positivo vislumbrar o Benfica capaz de superar as limitações e "custos" que o contexto nacional impõe, mas o caminho não é simples nem rápido.

    Continuar a ser referência na Europa implicará um esforço por obter patrociníos e parcerias internacionais, concretizar o desenvolvimento internacional do Benfica (casas, pontos de vendas e escolas de futebol ou outros desportos) e da BTV, para além da antecipação e adaptação aos desafios que a nova jurisprudência impõe, para haver uma transição sustentada. A mola das receitas do Benfica é e continuará a ser o desempenho desportivo, pelo que importa continuar a formar planteis que vençam internamente e permitam ambicionar conquistas europeias, sem que isso aumente mais o peso dos encargos financeiros suportados.

    Como não quero um mecenas ou um dono a determinar o rumo do Clube, e o contexto nacional é o que se conhece, só reforçando o rigor, competência e profissionalismo da gestão do Benfica é que se poderá caminhar para este novo paradigma de gestão.
    Por outro lado, como o "sistema" continua bem vivo, importa que o CA tenha presente as lições do passado (no que respeita ao domínio de interesses privados e privativos na conduta dos titulares dos orgãos do futebol), de forma a conseguir-se defender, finalmente, os interesses desportivos e financeiros do Benfica, nas competições internas e internacionais.

    Benfica sempre!


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enorme SuperAguia1904, Companheiro,

      Estou inteiramente de acordo com todo este teu comentario e sei muito bem que o caminho vai ser dificil e que vamos continuar a ter muito "contra vapor".

      Dono, ou mecenas? Nunca mais!
      Por isso nao me esqueci de referir a necessidade de ter solucoes pensadas contra uma eventual OPA.

      Quanto ao resto, "connosco quem quiser, contra Nos quem puder".

      Viva o Benfica!

      Eliminar
  11. Sempre em grande e no alvo!

    É engraçado como alguns pelintras têm a lta de continuarem a defender o indefensável.

    Este Steady está a comportar-se precisamente, em termos "lesão de pele", como os ex-LP e ex-MP, depois do 25 de Abril. Eram uns coitadinhos; não fizeram nada, não sabiam nada, nem sequer sabiam porque vestiam as fardas. Mas continuavam a defender a hipocrisia.

    Como este taliban, (que eu chamo "geração bastarda") há muitos a quererem dar o salto com pantufinhas de lã e a tentarem passar uma esponja sobre a ignorância cobarde e caceteira que tanto alimentaram e alguns continuam a alimentar por submissão, contra LFV/JJ, denegrindo toda a acção que culminou no sucesso retumbante que se conhece.

    Eles pretendem "limpar a eira" depois da malhação mas embora os grãos tenham sido guardados, esqueceram-se das folhas sêcas que continuam por lá espalhadas.

    Eles não querem ser chamados de talibans, geração bastarda,ricardettes etc., só porque, embora encapotados foram festejar ao Marquês misturando-se com aqueles que sempre defenderam e acreditaram que os timoneiros levariam o barco a bom porto.

    Os cornos incharam tanto que já não dá para esconder.
    Até o Arturinho Cangado, por mais de uma vez, foi lá ao cantinho tentar cantar a canção que só faz o boi dormir.Está lá!
    Claro que nunca o fez antes! Porque seria?

    Essa escumalha, embora mais acobardada dentro da sua própria cobardia, não merece tréguas. No que a mim toca, vão continuar a ser atacados, denunciados e massacrados até à exaustão. Só tenho pena viver fora do país, facto que me priva de maior acção e acutilância no combate, embora tenha alguns amigos e ex-colegas que quando podem dão uma achega com informações ou na pesquisa de factos.

    Força Guachos! Força Navegador!

    Não os deixem respirar.Tratem-nos como devem ser tratados. Sem rodriguinhos, aliás, que não é vosso apanágio.

    Tudo pelo Benfica!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enormerrimo Joseph Lemos, Companheiro,

      O Guachos, o Mathayus e os demais Companheiros falarao por eles, mas eu posso garantir-te que, mesmo nao tendo nada de vingativo, nunca me esquecerei de alguns personagens e, ainda menos, do que eles escreveram sobre o Nosso Clube, sobre o Presidente, sobre o Tecnico e, ate', sobre os que chamaram de "benfiquinhas".

      Quem, como tu, le ha' anos o que eu escrevo, sabe que so' sou intolerante perante a intolerancia e sao imensos os exemplos de debates que mantive com Companheiros com visoes diferentes, sem nunca perder o respeito e o objetivo de defesa do Glorioso.

      Tal como o Enormerrimo Guachos explicava mais acima, Talibans/petardeiros nao sao os Companheiros que discordaram de nos, ou que criticaram a Direcao em momentos em que eu a defendi: nada disso.

      Talibans/petardeiros sao todos aqueles que desrespeitaram o Clube (e todos Nos, Socios e Adeptos, porque Nos somos o Benfica), mentiram, ofenderam, omitiram, manipularam e insistiram no boato reles, na demagogia desavergonhada e em pinaculos de perfidia. Cambadas e matilhas de invejosos, com agendas proprias, que nao recuaram perante nada para prosseguir os seus objetivos invios e anti democraticos, repetindo provas de uma cobardia sem fim.
      Gente que fez muito mal ao Nosso Clube e que reincidirao se tiverem nova oportunidade.

      Repito que nao sou vingativo, mas confesso que lhes desejo o mesmissimo que desejo aos andruptos: muita saudinha, para assistirem 'as Nossas Vitorias.

      Viva o Benfica (PORRA)!

      Eliminar
    2. Joseph Lemos,
      Antes de mais, bom dia. Um bem haja. Espero que esteja tudo bem com consigo. Não percebo o porquê de me ter visado dessa forma... Apenas salientei que, tal como em outros espaços de opinião, por aqui também se tem investindo regularmente nesse tipo de ataque.

      Qualquer dia, temos bons artigos por toda essa Gloriosoesfera, sempre beliscados por 2 ou 3 frases com indiretas, provocações, insultos, etc. Se o objetivo é defender o Benfica, então teremos de ser todos superiores a isso.

      Já agora e por falar em insultos, o Joseph também tem o seu espaço de opinião no facebook e não se coibe de utilizar regularmente expressões como "cabrão" e "filho da puta" para descrever os escribas de blogs como o "Ontem Vi-te no Estádio da Luz" ou o "NGB". Logo, agradeço que no futuro, dado já ter uma idade avançada, que absorva toda a respeituosidade que adquiriu ao longo dos anos e pense duas vezes em chamar à atenção, quando tantos insultos ordinários tem soltado. Porque se bem reparar, a sua pessoa manteve-se sempre inatacável ao longo de vários posts/comentários que foram feitos sobre o tema Benfica. Se continuar a enveredar por ai, apenas visando o cariz pessoal, não é esperado que todos tenham a mesma paciência de santo...

      Eliminar
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    4. Que grande hiprocrisia...

      quando mais uma pessoa pensa no que certos escribas escreveram, e porque o escreveram, mais nojo metem e pior vernáculo apetece usar para descrevê-los.

      Chamá-los de oportunistas, vendidos e cobardes é realmente pouco, para aquilo que são e fazem.

      “Quem não se dá ao respeito não é respeitado", isso é factual neste contexto.

      Eliminar
    5. Superaguia1904, arrependeste-te da tua resposta?

      Eliminar
  12. É sempre um prazer passar por aqui ler os vossos temas e comentários.
    Viva o Benfica

    ResponderEliminar
  13. Companheiros,

    Estive a reler o texto e os comentarios e apercebo-me que posso nao ter sido suficientemente claro num ponto especifico e muito importante.

    No caso (que creio improvavel) de uma tal "hemorragia" dos Nossos Atletas mais valiosos, e' claro que a Equipa vai ser afetada de imediato e foi por isso que me referi a "reajustamento dos seus objetivos desportivos". Mas isto nao e' o mesmo que admitir que o Plantel ficaria menos forte, que ninguem confunda as coisas.

    Por isso quero, a quase 3 meses de 31 de agosto, garantir que acredito que o Nosso Plantel para 2014/15 vai ser ainda mais forte do que aquele que tivemos em 31 de agosto de 2013.
    Admitir menos que isso, seria como passar um atestado de incompetencia a quem o nao merece.

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
  14. José Albuquerque: Fiquei elucidado sobre a mudança de paradigma da gestão do nosso Benfica que tu aqui anuncias. Devo dizer que ficarei preocupado se saírem ao mesmo tempo todos os jogadores, que se anunciam como possíveis!!!! Ao longo dos últimos anos, o sucesso tem andado de mãos dadas com a manutenção de uma espinha dorsal da equipa... Por outro lado se não saírem jogadores, as contas da próxima época ficam em causa, dada a dependência dos resultados destas transacções... Continuo a confiar no CA e equipa técnica no sentido de serem tomadas as melhores decisões... Gostaria ainda de obter um esclarecimento teu relativamente a estas contas apresentadas no SB:
    Benfica:

    Benfica Sad (em 2014) : 423M
    Benfica Clube (em 2013) : 120M - (atenção que este valor poderá ser bem menor)
    Benfica SGPS (em 2013): 22M
    Outros (2013): 3M
    Total: 568M
    Confirmas estas contas e este passivo? ou existe aqui duplicação de passivos....
    abraço
    ps: a segunda parte do teu texto é um hino ao Benfiquismo. Obrigado!

    ResponderEliminar
  15. Enorme Companheiro 218219,

    Sim, existem varias duplicacoes e, assim de memoria, vou dar-te o exemplo mais simples ...

    Como sabes, sempre que o Grupo necessita de um emprestimo, quem o negoceia com o Banco e' a SAD e, depois de o obter, "repassa-o" para o Clube (ou a SGPS).
    Nestes casos e como a SAD nao consolida os Balancos do Clube e da SGPS, esse emprestimo fica no Passivo de ambas as entidades - SAD e Clube, ou SAD e SGPS.
    Assim de memoria, creio que estao neste caso 2 emprestimos: um de cerca de 45ME ao Clube e um de cerca de 20ME 'a SGPS, mas nao me lembro se algumas partes ja' foram amortizadas.

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não vale a pena perderes tempo...faz-te à vida malandro.