sexta-feira, 13 de junho de 2014

Brasil - Nishimura, e as comadres portugas de olhos em bico...

Começo hoje a minha cronica "mundialista" que tentarei ser diária - durante o mundial Brasileiro...

A minha Tv é uma LG, com uma imagem bem agradável e é nela que verei os jogos do mundial. O de ontem, vi-o na ZDF-HD, algo que faço sempre que a estação alemã transmite jogos internacionais. Não pesco puto de alemão, mas é um descanso não ouvir ninguém a martelar-me o cérebro, relatando-me um jogo tão diferente do que eu vejo. E foi isto que a minha LG me mostrou...

Já vejo por aí muitas opiniões e muitas dores de coto, que não partilho de todo. Nada tenho contra o Brasil e não me movem sentimentos mesquinhos contra os brasileiros. Por isso...

Primeiro; o penalti para o Brasil foi absolutamente correcto. Segundo ouço e leio centenas de vezes; este tipo de lance depende da intensidade do agarrão e da visão periférica do árbitro! É ao árbitro e só ao árbitro que assiste o direito de decidir. Se marcou é porque viu. Se serve para Proença, Benquerença e companhia, também serve para Nishimura. Se serve para o Benfica - também serve para a Croácia.

Foi muito mais correcto este penalti que o golo de Maicon, marcado 3 metros fora de jogo, no estádio da luz, contra o clube do putedo, mas que Proença validou sem pestanejar, resultando em mais um titulo para o clube da fruta.
Foi muito mais correcto que o golo de Hulk, marcado em fora de jogo, para a taça de Portugal, ainda no estádio da luz, e que daria origem à reviravolta de uma eliminatória em que o Benfica começara a ganhar 2-0 em Contumil!

Foi muito mais correcto que o golo marcado em fora de jogo, ainda no estádio da luz, num jogo que decidia o titulo (mais um) e que deu o empate comprometedor (para o Benfica) ao Estoril.
Foi muito mais correcto que o golo do Guimarães, marcado em claro fora de jogo, desta vez no estádio Nacional, mas ainda contra o Benfica, que originou a derrota na taça e toda a polémica que se seguiu.

E se falarmos da final da Liga Europa, onde um alemão filho da puta não marcou 3 penaltis nítidos a favor de Benfica - imagine-se o que me vai na alma. Mesmo assim, O Benfica tinha obrigação de marcar golos, disseram as comadres, hoje tão indignadas com Nishimura!

Quando o Benfica é roubado, quando sofre golos ilegais, ou que não são marcados penaltis claros a seu favor, impedindo-O de ganhar troféus internacionais e campeonatos nacionais, a sentença é; que jogue mais e que reclame menos, e o raio que os parta a todos. Abaixo o presidente, mate-se o treinador!
Agora estão todos de pau feito por um lance que em Portugal acontece todas as épocas, em metade dos jogos dos campeonatos e taças, sempre a favor dos mesmos...e todos acham normal! Bardamerda.

Os árbitros resolvem a maioria dos jogos - até mesmo quando arbitram dentro da lei, que é, como se sabe; tremendamente subjectiva nas regras mais importantes. O resto é treta e conversa para boi dormir.

Fred é puxado (ligeiramente) pelo ombro e impedido de chegar à bola. O mal não esteve do japonês que apontou o correspondente penalti. Fred foi esperto, o defesa foi um idiota e pagou caro por isso. Se fosse a favor da selecção de Ronaldo andavam por aí todos aos saltos.

Do jogo jogado; ao contrario do que ouvi e li, acho que o Brasil demonstrou claramente que é uma equipa tremenda, com forte valores individuais, capazes de decidir os jogos mais complicados e que promete ser (ontem os nervos da estreia pesaram mais) muito forte colectivamente. E mais ainda, a julgar pela amostra de ontem...não será pelo árbitro que perderá qualquer jogo. Mas isso é assim em todos os campeonatos da UEFA e da FIFA. Não foi diferente em Portugal - no Euro de 2004.

Os croatas, muito fortes fisicamente, parecem ser um osso muito duro de roer, mas falta vê-los com a responsabilidade de assumirem o jogo e a obrigação de ganhar. 

Individualmente; Neymar esteve muito perto do seu (enorme) nível e Óscar que é um prodigioso jogador, foram os melhores em campo. David Luiz esteve portentoso, Marcelo muito mal, Thiago Silva com falta de ritmo mas sempre excelente, Daniel Alves quase tão mal como Marcelo e Júlio César sempre bem.

Os dois trincos - Luiz Gustavo e Paulinho estiveram muito nervosos, muito mal individualmente, com tremendos erros posicionais (parecia que jogavam juntos pela primeira vez)...Hernanes também entrou mal (os nervos da estreia) Bernard fez com que Hulk parecesse o monstro das bolachas e Fred teve no penalti que "sacou" ao totó croata o único momento do jogo. Ramires nem deu para aquecer.

No geral, com meia equipa a jogar mal e sobre brasas, deu para perceber que depois de passarem os nervos, a responsabilidade e a ansiedade do primeiro embate - vai ser o cabo dos trabalhos para bater este Brasil.

E para que conste;
O Brasil não é a equipa que eu apoio neste mundial...por agora.

18 comentários:

  1. Bem, se o penalti do Brasil é penalti, mais vale mudar o nome do jogo para basquetebol e impedir os contactos. Essa LG está descalibrada ou são os canais alemães que já estão preparados para esconder o favorecimento dos mais fortes.
    Quanto à comparação com os lances do Benfica - Contumil, são absolutamente desnecessários.
    Convém referir que continuam os lances com os cotovelos, os jogadores já perceberam que podem abusar deles porque raramente são castigados. Ontem o único que foi castigado foi o Neymar, mas houve mais lances iguais. Começa a ser preciso a pedagogia que foi aplicada nos lances por trás. Se os começarem a expulsar, mesmo que ao início sejam expulsões a mais, eles diminuem o olhos vistos.
    Quanto ao jogo, ligeiro ascendente do Brasil, mas sempre longe da baliza. Empate era o resultado que melhor se ajustava ao desempenho das equipas. E sem aquele penalti inventado, era o resultado provável.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os lances e as comparações que aqui faço são como as interpretações dos árbitros nos lances que referi no texto; eu é que que decido. Se decidi assim é porque está bem. Quer isso seja do teu agrado ou não.

      A ti só compete ler e interpretá-lo à tua maneira, ou em último caso arranjares um blog que escreva o que tu decidires estar bem. Aqui não decides nada. Eu sei que é chato mas é assim; faz de conta que eu sou o Felix Brych, ou o Proença... ou o Sousa...e tu és um daqueles milhões que tiveram de meter a viola no saco todos estes anos de roubos a fio.

      Quanto ao jogo; eu bem avisei - só relato aqui o que a minha LG me mostra. Nas outras não sei, não vejo.

      Eliminar
    2. Caríssimo Anónimo:

      Para quem acha as comparações desnecessárias, desde já indico que não faltaram antis por esses jornais desportivos on line a indicar que se a Croácia jogasse em Portugal, e contra o Benfica, já estaria habituada aos roubos, porque é o que acontece com o clube do regime, sempre beneficiado!!!!! Achas realmente que é com rigor e seriedade que vais ter razão perante o ódio e a cegueira clubistica que se vive em Portugal, e perante o Benfica???

      Que o Guachos me perdoe pelas palavras grossas, mas como me ensinaram: para puta, sê puta e meia! Chega de bancar o politicamente correcto, quando do outro lado não existe vergonha na cara e todas as mentiras valem para falar mal do Benfica, mesmo em pleno Mundial!

      Eliminar
    3. Que resposta mais brega e sem sentido, aqui tu é que decides no entanto não deixaste de criticar logo no inicio do texto os que têm opinião contrária em relação ao árbitro da partida, mas quando alguém te critica a ti, dizes que és tu que mandas aqui... vai-te catar pá!
      De resto, é sempre positivo relembrar a diferença de comportamento dos jornalistas e dos talibans da treta em relação aos casos de arbitragem, jamais esquecerei o silêncio na imprensa na final da Liga Europa.
      Abraço e continua a entreter o pessoal.

      Eliminar
    4. Catar, cato todos os dias os percevejos que me aparecem aqui. Alguns deixo passar para lhes poder responder...cá vai;
      Sou que que mando aqui. Qual é a tua duvida?
      Se lesses com um mínimo de atenção, perceberias que o enfoque não era esse (se sou eu que mando ou não, nem isso interessa para o caso) mas fazer perceber ao leitor que; quem manda (árbitros) é que decide. Bem ou mal. E quando decide contra o Benfica parece estar sempre tudo bem para as putas e as comadres tão ofendidas com o japonês!

      Eliminar
  2. Caríssimo e estimado amigo Guachos,

    Heheheheeh... enganaste-me bem!

    Mas, logo vi, que esse início de post... tinha no fim... uma « marreta » destinada à imprensa avençada e aos « apitadeiros » que tanto nos prejudicam.

    De resto tudo de acordo. O Brasil tem uma enorme equipa e demonstrou que fora o nervosismo da estreia, será um enorme e justificado candidato à vitória.

    Quanto ao tal de Neymar, penso que realmente atendendo à idade do mesmo e ao facto de Ronaldo e Messi também envelhecerem como o resto dos humanos... será provavelmente o próximo melhor do mundo.

    ResponderEliminar
  3. Enormerrimo Guachos, Companheiro e Bom Amigo,

    Era evidente que tu ias escrever um texto assim e teria sido um pecado perder esta oportunidade ...

    Haja coerencia e rigor, se fazem o favor: ou usamos toda a tecnologia possivel para evitar os erros arbitrais, ou teremos de deixar de criticar so' os que nos prejudicam e devemos concentrar recursos numa mais forte investigacao policial.

    Quanto ao desafio em si, estou de acordo com a tua apreciacao e gostei bastante do que vi: da Croacia vi so' uma equipa a apostar no contra-pe' (verdade que lhes faltava o Mandjukic) e do Brazil vi uma equipa tremendamente pressionada, que soube reagir bastante bem ao infeliz lance do Marcelo.

    As 3 coisas que nao percebi (se alguem me ajudar, agradeco) foram as seguintes:
    1 Porque raio de razao e' que o Thiago e o Luiz passaram toda a primeira parte a trocar de posicao?
    2 Porque raio de razao e' que o sargentao prefere o esverdeado, quando tem excelentes futebolistas (o Willian, o Bernard, etc) na equipa?
    3 Idem para aquele Paulinho (quando o Ramires encaixava ali na perfeicao).

    Muito dificil escolher o melhor em campo, entre o Oscar e o Neymar.

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não falei de Scolari (o post já era demasiado longo) mas concordo em absoluto com as tuas duvidas. Aliás, nem são duvidas; são coisas que me fazem pensar que de futebol não percebo mesmo nada. Esqueceste o Luiz Gustavo, bom jogador, mas que no Brasil deve haver pelo menos uns 345 melhores jogadores. Em Portugal há vários.

      Eliminar
  4. Bem, o Jesualdo dos dentes escovados também garantiu repetidamente que o Yebda fez penalty sobre o Lisandro e como tal o ladrão Proença esteve muito bem!!!!
    Acho que o penalty de ontem não passou de uma decisão ingénua de um Japonês ingénuo.
    Recordo que, na cultura Nipónica um CEO de uma empresa demite-se na sequência de um acidente grave, do qual ele não tem responsabilidade direta, ou seja os Japas são puros. Não passa pela cabeça do árbitro que aquilo fosse uma grande fita como foi.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os treinadores fazem o papel que acham melhor para si e para as suas equipas. Não é isso que me ofende. O que me ofende são as comadres que sempre aparecem neste momentos todas alvoraçadas e ofendidas, mas quando é o Benfica o prejudicado atiram para cima do treinador e do presidente o odioso da critica. Essas são as putas (comadres) que me enojam.

      Eliminar
  5. Grande post Guachos!
    Acho que ontem vi o último jogo do mundial deste ano. Que asco ouvir tadeia&gilberto falar de prendas.
    Estiveram todo o jogo a torcer pela croácia. Coitadinhos, este ano estão fartos de levar na peida. Ontem foram mais três.
    Eles falam em prendas!? Prendas!? Então andam há 30 anos a fazer de conta que não há prendas no futebol português, e agora vêm falar de prendas!?
    A rtp não tem rei nem roque. Os gajos vomitam aquilo que bem lhes apetece. O mínimo que se pede a uma estação pública é que seja isenta. Mais ainda quando não existe nenhum patrício envolvido. Que limpeza que é preciso fazer naquela casa!
    Quanto ao penalti, já li nessa imprensa estrangeira que foi oferecido ao brasil. Tal e qual guachos: dor de coto! o penalti é penalti, o jogador está em rotação, num lance de golo eminente, o defesa puxa-o (como se vê CLARAMENTE na repetição), com muita ou pouca intensidade, isso só os dois podem atestar se é suficiente para derrube. O avançado caiu, e portanto o árbitro fez muito bem em proteger o avançado (que é o que diz a lei). Para futebol defensivo já chega a alemanha, a itália e a argentina. Teve-os no sítio o sr. árbitro. O mesmo se pode dizer do felix brych esse fdgp, que protegeu conscientemente o defesa do sevilha, que no mesmo lance fez duas faltas para penalti sobre o gaitán. Agarrou-o e pontapeou na anca. Roubar 4 PENALTIS numa final de liga europa, televisionada mundialmente, só pode ser uma atitude de quem os tem no sítio. Ou então de quem os tinha esvaziado na fruta da noite anterior.
    Mundial na rtp? Fds! Não obrigado!

    ResponderEliminar
  6. Caro Guachos

    Já aqui o disse mais de uma vez que a minha selecção é o Benfica.
    Durante muitos anos fui um indefectível da selecção nacional, sendo que depois de 2004 fui perdendo o interesse, por contingências várias, muitas delas à vista de todos. A cruz definitiva foi quando em 2010 puseram, à pressa e sem o mínimo dos mínimos de pudor, um tal de levezinho Liedson, esse "transmontano de gema", a representá-la.
    Estou-me cagando para quem eventualmente pense que não sou um patriota, se de facto esse "chavão" for medido pela intensidade de apoio à dita selecção então definitivamente não sou um patriota. Já agora, para pôr os pontos nos iis, acresce que Ronaldo a mim pouco ou nada me diz, desde que num célebre jogo na Luz mandou os benfiquistas para o caralho. Eu tenho memória e como também não sou de oferecer a outra face, quero mesmo é que ele, o tendão e tudo o mais se fodam. Isto não significa que não o reconheça como um excelente profissional, um grande marcador de golos e, nessa perspectiva, compreenda seja um ídolo para milhões.
    Já agora, mesmo nunca tendo sido dado a ídolos, e vi alguns dos melhores jogadores da história do futebol e para que não haja dúvidas, dos de topo quem me encanta ver a jogar futebol, porque sou um apreciador da beleza, é, acima de todos, o genial Messi, depois Iniesta e o puto Neymar, que, se tiver juízo e sorte, não tarda nada é o melhor de todos.
    Quanto ao Mundial, pelo meu velho pai, que, com 18 anos, foi um dos 200 mil que esteve no Maracanã a assistir à lendária final perdida contra o Uruguai, donde saiu em lágrimas e que decorridas décadas ainda hoje carrega consigo esse tremendo desgosto, espero que o Brasil seja campeão no seu próprio país.
    Já agora, como em nós há sempre um pouco a mania de constituirmos a nossa equipa, e já que Filipe Luis, superior ao Marcelo, e Miranda, dos centrais mais inteligentes e certos que andam por aí, ficaram de fora, eu jogaria com o mesmo guarda-redes e defesa, no meio campo jogaria com Ramires, que desperdício não ser titular, Fernandinho (para mim muito melhor que Gustavo e Paulinho), Óscar e Willian. Na frente, Neymar e outro qualquer.
    Finalmente, se de facto não fosse pelo meu velho pai, diria, como diz um amigo, "quero que as selecções se fodam. Para mim é Benfica! E o futebol romântico/arte que o Guardiola fez renascer nas minhas memórias de rua e quando jogávamos para engatarmos miúdas..."

    Abraço Benfiquista

    ResponderEliminar
  7. Concordo com tudo o que o Guachos escreve. Também me pareceu penalty claro apenas na repetição fiquei com duvidas na intensidade, mas como nos jogos de futebol os intensitómetros não existem, nem os árbitros têm direito a repetições em Câmara lenta, aceita-se a decisão do árbitro. O defesa que não tivesse sido burro.
    Não havia necessidade.

    O guarda redes da Croácio é mau, ofereceu, na minha opinião, o 1º e 3º golos ao Brasil. Com aquele tamanho todo atirou-se em câmara lenta, não, não foi na repetição em câmara lenta, não chegando às bolas.

    A cotovelada do Neymar foi uma agressão com premeditação. Teve sorte apanhar apenas amarelo.

    O Brasil ganhou bem.

    ResponderEliminar
  8. Nem mais. Se for aplicado o critério que todos exigem para o Benfica é só pegar nos talibans:

    - A Croácia só tinha de ter feito melhor.

    E nos antis (sejam lagartos ou tripeiros):

    - Se o defesa fosse do Benfica era penalti... eu sei que, se fosse o atacante do Benfica nunca seria... mas nós já tivemos o Javi Garcia expulso por chutar uma bola para longe com o jogo a decorrer... enfim...

    Para todos os que estão aqui indignados com a interpretação do Guachos, eu acho que ele não concorda com o penalti (apesar de ser como ele diz... o defesa foi um totó do caraças)... mas tinha de atacar a falta de coerência de muito adepto do futebol anti-benfica... e acho que esteve muito bem.

    Aliás... no ano em que o Javi foi expulso por chutar uma bola para longe, foi assim que os lagartos tiveram um penalti... depois de ceifarem as pernas ao Gaitã e nada...

    ResponderEliminar
  9. Ora bem.
    Antes de mais, um grande abraço ao Guachos e aos gloriosos companheiros do blog.
    Embora não tenha escrito nada, nos últimos tempos, tenho-me mantido sempre atento a tudo que aqui se escreve, inclusive imprimindo tudo e divulgando por alguns Benfiquistas menos informados (ou mal informados pela cs avençada) a visão correcta da realidade do Benfica e a sua envolvência, que neste blog, tão certeiramente é retratada pelos seus responsáveis.
    Com respeito ao tema do post de hoje acerca do jogo Brasil-Croácia, lamento que a selecção do Brasil, com os valores individuais que tem (de sobra, até), não se consiga apresentar como uma equipa de futebol.
    Quero com isto dizer, que não há ideia de jogo, parece que jogam desafinados e posicionalmente deslocados. Pareceu-me a Croácia uma equipa (embora tecnicamente menos apetrechada) mais compacta, com cada jogador a saber o que tem de fazer em cada momento do jogo. Nota-se que há ali trabalho do treinador.
    No Brasil, dá-me a impressão que o treinador não está actualizado, relativamente aos modelos de jogo. Pode o Filipão ser um grande motivador, agarrado a santinhos e outras magias do além…mas não incute um fio de jogo ao imenso futebol que corre nas veias dos seus jogadores.
    Chamassem o nosso Jesus para preparar estes jogadores do Brasil, nesta fase final, e aposto que eram goleadas atrás de goleadas. Em 3 semanas o Jesus punha-os a jogar como uma equipa imparável e com grande nota artística. Era limpinho.
    Quanto à arbitragem, enfim, não se pode desligar da envolvência sociopolítica actual na sociedade brasileira. Daí que seria um perigo se o Brasil não conseguisse ganhar um jogo, para mais o jogo inaugural. Assim, as hostes vão-se acalmando…
    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
  10. Companheiros,

    Ahahahahah, isto vai ser "cada tiro, cada melro" e ... os mexicanos que "joguem mase' 'a bola" !!!

    Eu estou a ver o Mexico x Camaroes comentado por sul africanos (mesmo assim com o som quase inaudivel), mas imagino o que os tadeias devem estar a espumar por causa de mais esta arbitragem, ahahah.

    A FIFA quer transformar o futebol numa especie de circo e, por isso, mandou os seus "especialistas" estudar o "futeluso", ahahah.

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahahah, e vao 3 desafios ... 3 arbitragens miseraveis, com erros crassos a influenciarem os resultados.

      Hoje, fiquei ate' com pena do pobre do Casillas (se ele soubesse, recusava sair do hotel), mas, para um rapaz da minha idade, e' sempre bom ver dois "jovens promissores" holandeses a destrocarem a La Roja.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
    2. Eh pá..ca ganda coça!

      Se o jogo tivesse mais 20 minutos os galegos levavan praí 10.. Não sei porquê, mas sempre gostei e gosto do futebol Holandez. Alegre, sem manhas, desinibido, temerário, prá frentex!

      Nunca ouvi falar que no campeonato da Holanda houvesse trafulhice - tipo "apito dourado", ou coisa parecida.

      Gosto dos gajos a jogar a bola. Jogam o jogo pelo jogo. Apesar de ter bem fresca na minha memória aquela eliminatória com o Ajax do Cruyft (ganhamos lá em cima da neve 3-1, perdemos na Luz 1-3 e no tira-teimas em Paris levamos 3-0. Tinha o Cruyft só 19 anos. Fiquei danado, nesse tempo, mas..o que lá vai lá vai...que os gajos jogam um futebol agradável, jogam!

      Por isso fiquei contente com a encavadela que deram aos Espanhois!

      Viva o Benfica!

      Eliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não vale a pena perderes tempo...faz-te à vida malandro.