segunda-feira, 16 de novembro de 2015

O que fazer com a pasquinada? (Ou mais um texto polémico sobre Comunicação)

Por José albuquerque

Não cessa de me surpreender a quantidade de especialistas em comunicação que abundam nos Nossos blogues. Há anos que assim é e não me parece que vá deixar de ser.

Dia sim, dia sim, há sempre textos e/ou comentários de Companheiros a estraçalhar a Nossa “estratégia de comunicação” e o Nosso Departamento de Comunicação. Companheiros que, certamente doutorados no assunto e em poder de dados estatísticos incontestáveis, não hesitam em qualificar como abaixo de cão a qualidade da Nossa Comunicação e se declaram envergonhados com os respectivos resultados.
Então de cada vez que o Presidente, ou algum funcionário (Atletas incluídos), dá uma entrevista a um dos três pasquins “des_portivos” ... é o fim.

Que me perdoem esses Companheiros, mas, na minha humilde opinião, mais de 95% do que tenho lido constitui, acima de tudo e de mais provas de muita paixão pelo Clube, um corrupio impressionante de confissões da mais aguda ignorância.

Com um pouco de humildade e maior reflexão, estou certo de que se poderiam evitar inúmeras bacoradas (perdoem-me pela brutalidade do adjectivo). Ainda por cima quando se trata de bacoradas que ficam escritas.
Bastaria que admitissem a sua falta de preparação técnica, a sua ignorância quanto aos enquadramentos legais mais básicos, uma ignorância que, bastas vezes, mais parece ser esgrimida intencionalmente e como se fosse um atributo e, finalmente, que se interrogassem e duvidassem de ser os únicos inteligentes da cidade.
Ou bastaria que reflectissem e constatassem como a Nossa Marca é, de longe, a mais valiosa e reconhecida entre todos os clubes nacionais.

Todos os Leitores regulares do GUACHOS conhecem bem a minha opinião pessoal sobre a qualidade da mérdi@ “des_portiva” nacional e do jornaleirismo dominante, pelo que me não parece necessário escrever mais nada sobre esse tema. Pelo menos não neste texto.

E a maioria dos Leitores já pode ter lido um texto que o Guachos publicou há muitos meses (um texto que nenhum “especialista” contestou), ao longo do qual eu defendi algumas teses que (ainda) são muito minoritárias entre os Benfiquistas, teses que a experiência tem validado grandemente e que eu expliquei terem sido construídas com a ajuda de um verdadeiro profissional da área (de renome internacional) e depois de alguns meses de trabalho e discussões aturadas.

Não é necessária uma formação jurídica para se saber que os chamados “black out” são de legalidade muito duvidosa e apenas podem produzir algum efeito prático num horizonte temporal de muito poucos dias. O “clube desportivo de cascalheira de cima” talvez possa recorrer a um tal instrumento no sentido de, uma vez por ano, ter jornaleiros à porta a tentar saber o que se passa, mas o Nosso Clube, se declarar um tal período, vai ser confrontado com ainda maior atenção (se tal for possível) por parte de toda a mérdi@, ao mesmo tempo que se formarão batalhões de “cumentadores” ligados ao Glorioso, todos disponíveis para obterem os chamados “5 minutos de fama”, à custa de qualquer frase que inclua o Nome do Benfica.

Façam um favor a vocês próprios e consultem a Lei de Imprensa: vão ver que, com esse simples procedimento, encontrarão resposta para a maioria das vossas ignorâncias.
Façam outro favor a vocês próprios, leiam a Declaração Universal dos Direitos do Homem e confirmarão que um simples contrato de emprego não permite que nenhuma das partes impeça a outra de prestar declarações à mérdi@, por mais rasca que ela seja.
Se quiserem, como deveriam, manter uma honestidade intelectual acima do nível de baratas, parem de sugerir que o Nosso Clube poderia (antes mesmo de pensarem se deveria) limitar as declarações que são prestadas à mérdi@ pelos indivíduos a ele contratualmente ligados. Ao vosso nível atual, “palhaços”, autores de “mais tiros nos pés” e quejandos ... são vocês próprios, além de declarados ignorantes.

A “batalha da Comunicação” e o exemplo da Nossa BTV.


“Não há rosas sem espinhos” e até a mais bela das Nossas Vitórias do presente – a Nossa BTV, além de ter revolucionado o espectro televisivo nacional e Benfiquista, também teve pelo menos uma consequência negativa: enquanto demonstração do imenso poder comunicacional do Clube que Somos Nós, Nós “TODOS UM”, também comprova como as coisas são quando Nós desperdiçamos esse Nosso imenso poder.

A Nossa BTV tem mais de meio milhão de subscritores regulares, o que quer dizer que chega a, pelo menos, 4 centenas de milhar de Famílias Benfiquistas (eu tenho a subscrição em duas residências), 24/24 horas por dia e 7/7 dias por semana. No seu conjunto, sabemos que ela já pode ser vista por muito próximo de 3 milhões de pessoas.
O sítio slb.pt recebe mais de 3 milhões de “hits” mensais, feitos por cerca de uma centena de milhar de visitantes habituais e algumas dezenas de milhar de visitantes ocasionais.
A “Mística” é regularmente lida por todos os mais de 160 mil Sócios e “O Benfica” chega a casa de quase 10 mil assinantes e é lido, regularmente, por algumas dezenas de milhar de Benfiquistas.
Uma imediata leitura destes números, permite uma única conclusão: a BTV é, de muito longe, a melhor arma com que Nós contamos para Vencer a tal “batalha da Comunicação” e, apesar de alguns condutos, todos conhecemos o contributo verdadeiramente letal que ela tem dado em nome do Clube e contra os Nossos inimigos.
E esse contributo, adicionado ao das Nossas outras armas (sítio oficial, Mística e O Benfica), só não é ainda maior e mais determinante porque muitos Benfiquistas não lhes prestam a devida atenção, ou sentem falta de “assistir ao contraditório” (ahahah, que vontade de rir que me dão) e, plenos de masoquismo, insistem em seguir toda a mérdi@ que, pelas suas próprias palavras, “ofende e desrespeita sistematicamente o Benfica”.

Perdoem-me, mas eu não consigo entender que haja quem frequente “locais” onde se sente desrespeitado e mal tratado e, mesmo sem pagar para tanto, lá volte todos os dias, a menos que sinta a responsabilidade de lá ir buscar informação que, depois, desmascara perante as suas audiências de Benfiquistas.

É como se alguém me dissesse que tem um fornecedor de fruta onde não paga (quer dizer ... paga, mesmo que não lhe saia dinheiro do bolso), mas que lhe oferece 9 frutos podres em cada 10 ...

A irrepetibilidade da fórmula BTV.


Infelizmente, há muitos Companheiros (alguns dos quais imensos Benfiquistas, cujas opiniões eu leio com respeito e prazer) que parecem ainda não ter compreendido que o sucesso da Nossa BTV (ou o Nosso sucesso com a BTV, como preferirem) se deve à exclusividade dos seus conteúdos. Dos Nossos conteúdos.

Só esses é que Nos permitiram fazer implodir o antigo monopólio do “mamão chupista” e impor, neste mercado badalhoco, a Nossa estratégia de comunicação.
Enquanto a BTV não conquistou à sporcostv um número significativo, em qualidade e quantidade, de conteúdos televisivos, ela nunca conseguiu nem as audiências, nem o impacto determinante que tem hoje.

E essa exclusividade de conteúdos é, na prática, impossível de generalizar a um eventual “O Benfica” com publicação plurisemanal, ou a uma desejável BenficaFM.


Por favor, Companheiros, pensem!

Reflitam e informem-se minimamente, antes de escreverem bacoradas sucessivas nos Nossos blogues.   

Viva o Benfica!

51 comentários:

  1. Grande texto. Para ler e reler e refletir.
    Convido todos os sócios e adeptos do nosso querido BENFICA a aderirem à BTV. Tem bons conteúdos e é a nossa melhor estratégia de comunicação. Talvez seja o melhor projeto desta década para o BENFICA.
    Concordo consigo em relação à BENFICA FM, seria muito interessante e o presidente já abordou em algumas entrevistas essa possibilidade. Espero que se venha a concretizar.
    CARREGA

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Benfica FM não é uma possibilidade, mas sim uma certeza. Já foi confirmada por LFV. Portanto, a dúvida é apenas quando vai ser uma realidade. Eu apostaria no 1º ou 2º trimestres de 2016.

      Eliminar
    2. Se a programação da rádio for tão boa, e diversificada, como é a BTV (tirando os jogos em directo), vai ser outra pasmaceira.

      Eliminar
  2. Eu sou daqueles que sempre se insurgiram pela má, em muitos casos, muito má, politica comunicacional do Benfica. Os leigos são assim meu caro amigo. São ''especialistas'' de tudo mas não percebem nada de quase nada. Nos ultimos tempos, muito por força do que nos vais ensinando, vou percebendo melhor (muito melhor) coisas que antes a minha paixão pelo Benfica me impedia de ver. Mas é preciso dizer que ''este'' Benfica comunicacional já não tem nada a ver com o fraco e premissivo Benfica do antigamente. Agora, até eu consigo compreender que o profissionalismo exemplar da nossa SAD, é - a todos os niveis - (mesmo com alguns precalços a fugir para o ridiculo) de primeira categoria. Basta ver o desespero dos nossos inimigos e os esforços inauditos que fazem para nos combater. Eles, com as suas campanhas e ataques diários, são o melhor barometro da eficácia dessa estratégia. Bastava isso para estar de acordo contigo. São essas explicações que aqui nos trazes que podem esclarecer os mais inflamáveis. Obrigado também por isso. Abraços

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu Bom Amigo,

      Não pode haver um único Benfiquista (a menos que tenha sangue de réptil) que não se passe dos carretos com a mérdi@ nacional, especialmente a "des_portiva": com honrosas e raríssimas exceções, tudo parece um imenso mar de anti Benfiquismo do mais primário.

      Mas, antes de mais, importaria que muitos Companheiros entendessem que isso só acontece pelo masoquismo de tantos de Nós, que preferem descarregar as suas frustrações em alguns daqueles que trabalham para o Clube que todos Amamos.
      "O Benfica vende ainda mais quando perde" é uma conclusão que tu já aqui enunciaste por muito mais do que o número que deveria ser suficiente para que os teus Leitores pensassem no assunto.

      E, como tu bem sabes, também eu cheguei a fazer a apologia de toda a agressividade possível na tal "batalha da comunicação". Pelo menos assim foi até ter sido parido aquele final abjeto do "apinto dourado".

      E foi, também, por isso que quando tive a oportunidade de obter um parecer fundamentado de um verdadeiro especialista, decidi dedicar-me ao assunto e, finalmente, formar uma opinião devidamente fundamentada.
      Como aqui confessei logo após da conquista do Bi (34), aproveitei a oportunidade de estar em frente ao João Gabriel para, uma vez mais, lhe manifestar o meu desacordo por muitos dos seus comportamentos. Essa foi, apenas, a mais recente das vezes em que tentei contribuir junto do Clube (quase sempre junto do Presidente) para que se desse uma profunda reflexão interna sobre os caminhos a seguir nesta área de intervenção.

      Tem dias em que até eu preferia que o Nosso Clube fosse uma coisa pequena, familiar e gerível a partir de AG's, mas todos sabemos que o Benfica é um imenso porta aviões, grande demais para se preocupar com botes a remos.

      A Nossa rota tem tido defeitos?
      Tem! Pequenos e raros mas ... existem!
      Há o que melhorar, incluindo em termos de Comunicação?
      Seguramente!

      Melhor ficaremos à medida que cada vez mais Companheiros consigam juntar racionalidade (e humildade e honestidade e boa-fé e ... e ... e ...) à Paixão que têm pelo Glorioso.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
  3. Sempre ponderado, amigo José.

    Concordo com quase tudo o que dizes, sobretudo com a qualidade dos meios de comunicação ao serviço do Clube. Falta maior fidelização dos Benfiquistas.
    (Já instalaram a nova app da Mística?)

    O único reparo é que, na minha otica, devemos "limitar" as entrevistas dos nossos jogadores. Os jogadores certamente compreenderao que estão a alimentar uma máquina que todos os dias desrespeita a Instituição que representam.

    Saudações Benfiquistas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enormérrimo Fred, Companheiro,

      Antes de mais e porque não me lembro de já o ter feito antes, quero agradecer-te pelo vosso soberbo blogue, do qual eu sou visita regular.

      Quanto ao teu comentário e porque duvido que tu detestes mais do que eu esses pasquins de que falas, permite que te recorde que o Nosso Clube tem responsabilidades para com os Nossos Parceiros e Sponsors e, por piores que sejam alguns conteúdos da mérdi@, não pode fazer mal nenhum se eles publicarem uma ou outra entrevista interessante.

      No limite, aquilo que tu quase sugeres pode ser confundido com uma coisa muito feia (que os pasquins merecem, nisso concordamos) e que passaria por alguma tentativa de os instrumentalizar, ou condicionar.
      Como não sou ingénuo, eu até posso admitir que o Glorioso possa tentar condicionar os mérdi@, desde que seja pela positiva e nunca, nunca, pela negativa (como me andas a tratar mal, não te damos entrevistas).

      Viva o Benfica!

      Eliminar
  4. Saudações Benfiquistas,artigo muito bom,leva a ponderar vários aspectos da "Nossa" critica,embora sejamos Benfiquistas,mas ao criticarmos erradamente,só dá força aos rivais.
    Não sou doutorado em nada mas sinto o Benfica,e como tal Guachos,o amor nos cega por vezes,mas para isso,temos o caro Amigo Albuquerque,Guachos e perdoem-me os restantes por não mencionar o nome,para nos elucidar o caminho.
    Carrega Guachos
    Carrega Albuquerque
    Carrega Benfica
    Ps: Uma pergunta que deixo e espero que me respondam se souberem:Este silêncio da Sad em relação ao "ruído" do Badochas,não será uma estratégia para os casos em tribunal?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enorme Francisco Ramalhete, Companheiro,

      Obrigado pelo incentivo.

      Quanto à tua pergunta, a minha humilde resposta é ... OBVIAMENTE!

      Viva o Benfica!

      Eliminar
  5. Caríssimo e enormérrimo amigo José Albuquerque,

    Mais um texto de excelência e de leitura obrigatória para os que comungam dessa visão e principalmente para todos os que divergem sobre ela, não se cansando de proferir um monte de considerandos demasiado voláteis e inquinados pela sede de protagonismo e de maledicência pura contra o nosso Benfica.

    Todavia e a bem da verdade, discordo no último parágrafo de algumas das reticências colocadas...

    No caso da Benfica FM, penso tratar-se já de uma inevitabilidade, que virá a ser cumprida com o êxito de sempre. Na altura e no tempo certo, confio plenamente que se essa possibilidade foi colocada no horizonte pelo nosso presidente, é porque já estará sustentada por diversos estudos e formas de implementação e concretização no terreno.

    Já no que concerne à eventualidade da criação de um jornal desportivo diário, creio que ela dispensará certamente a irrepetibilidade da fórmula BTV. O Benfica tem a capacidade de se reinventar e de apresentar novas formas e conteúdos, sendo o seu universo informacional praticamente inesgotável.

    Mas, para que fique bem mais claro vou apresentar à moda de uma receita, os ingredientes de que falo e que acredito levariam a uma adesão clara e objectiva dos Benfiquistas:

    Primeiro, pega-se num jornal Record, com todos os conteúdos e formas de apresentação da informação desportiva habitual, preservando todo esqueleto do bicho!

    De seguida, selecciona-se todas as batatas que lá costumam estar e cortam-se e descascam-se cuidadosamente de toda a agenda paga pelos nossos rivais, tendo atenção para raspar bem todos os laivos de fanatismo sportinguista e portista que restem e atiram-se para o lixo todas as couves e bróculos jornaleiros já estragados. Substituem-se então por uns novos e reluzentes e deita-se tudo num recipiente de aço puro e imaculado.

    Então, é tempo de adicionar um apontamento gastronómico para dar sabor e verte-se para o recipiente todo o conteúdo já existente no jornal semanário do Benfica.

    Para dar sabor, junta-se uma forte pitada de respostas diárias e constantes a todas as insinuações e ataques perpetrados pela corja anti-Glorioso contra o seu bom nome e contra todas as tentativas de desestabilização da sua equipa..

    Finalmente e para apurar, deixa-se tudo a ferver com uns quantos ataques na mesma moeda aos rivais e serve-se...

    Chegados aqui, creio que a fome e a sede de metade de Portugal por um jornal desportivo diário onde se possa ler tranquilamente as notícias de todos os desportos e do Benfica, sem ter de ler toda a trampa que é servida actualmente fará o resto. E de que maneira!!!

    Abraço.




    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enormérrimo Mathayus, Amigo e Companheiro,

      Estes teus comentários são impagáveis e ... imprescindíveis, ahahah. Obrigado, meu Amigo.

      Quanto à Benfica FM, creio que tens razão e já falta pouco para que ela se torne uma realidade, mas eu desconheço que figurino ela vai ter.

      Quanto a "O Benfica", o que aqui deixaste foi uma proposta bem diferente do que eu conhecia (vou ter de pensar nesta tua "fórmula", antes de dar opinião), uma vez que tu sugeres um verdadeiro diário desportivo e não um "jornal diário do Clube", que são coisas muito diferentes.
      No teu cozinhado, creio que deves juntar dois temperos: Zé Nuno Martins e, sobretudo, Leonor Pinhão.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
    2. Exactamente enormérrimo amigo José Albuquerque,

      O que sugiro é um verdadeiro diário desportivo, com nome à escolha ( só não pode ser: « o Chuto », porque teríamos de pagar direitos de autor por causa da farinha Dasjantas ) sob a orientação e rédeas do nosso amado e Glorioso Benfica.

      No fundo e se repararmos, temos o pasquim o nojo, que é uma jornal diário desportivo mal disfarçado dos cadastrados azuis. Depois, a borla e o rascord, que são uma espécie de rafeiros amestrados completamente à ordem e ao serviço dos depositantes verdes de dinheiro em conta de árbitros.

      Portanto é de um diário desportivo e não de um diário do clube, de que eu sinto falta e pressinto que todos os Benfiquistas sentem.

      Creio que está à distancia de uma ordem do nosso presidente, mais um êxito tremendo e um novo marco na comunicação do clube ( ainda, que o possa não ser totalmente de forma expressa, pois é dispensável o agitar das bandeirinhas e o rótulo Benfica colado na capa ).

      O que interessa, é ele existir, nós sabermos ( os outros também um pouco... he he he ) e podermos comprar e ler tranquilamente um jornal que nos satisfaça a sede informativa e nos alegre, em vez de nos enfurecer ).

      E repara, bastou em falares em dos dois temperos de excepção: Leonor Pinhão e Zé Nuno Martins, para ficar quase a lacrimejar por um jornal assim e a pressentir que com a « receita » certa, o êxito também será certo.

      Abraço.

      Eliminar
    3. Caro Mathayus,

      Continuando a nossa conversa do Blogue do Papoila, não podemos esquecer o pequeno mercado em q estamos inseridos, a saturação de oferta de diários desportivos e, principalmente, a queda progressiva de tiragens de todo o tipo de publicação em papel.

      Acresce q os porquistas não deixariam de comprar o nojo nem os beneficiados do BES o rascord...

      Como disse antes penso q não seria 1 bom investimento para o Benfica.

      Eliminar
    4. E porque não fazer esse tal jornal desportivo generalista, como o expresso faz agora? Uma edição semanal em papel e electrónica, acrescida de uma edição diária, apenas electrónica, que seria gratuita para quem comprasse a edição semanal em papel.

      Eliminar
    5. Ha ha ha muito bom mesmo! Meu caro Mathayus temo pelo meu casamento se a Benfica FM avança, lugar cativo no estádio, televisão sempre na BTV e mais o rádio do carro sempre na Benfica FM! A mulher mata-me!

      Eliminar
    6. Caro António Viegas,

      No meu modesto entendimento é uma belíssima sugestão. Seria como que um primeiro passo. Permitiria como que preparar o caminho e avaliar a receptividade para uma possível passagem futura a diário desportivo em versão também em papel.

      E no imediato já permitiria o essencial:

      Providenciar o acesso à informação desportiva diária que os Benfiquistas pretendem, defender o clube dos ataques exteriores e começar a esvaziar o interesse nos pasquins que afrontam o Gloriosos, diminuindo a sua expressão e número de tiragens.

      Abraço.

      Abraço.

      Eliminar
    7. Caro FranciscoB,

      A única coisa que digo a respeito do pequeno mercado em que estamos inseridos e da saturação da oferta de diários desportivos, é que... não existe nenhum com vínculos ao Benfica.

      Existe um portista ( o nojo ) e que curiosamente se aguenta com essencialmente leitores portistas.

      Existem dois sportinguistas ( a borla e o rascord ) e que curiosamente se aguentam com um grosso de adeptos sportinguistas e tal como no caso do nojo, com alguns Benfiquistas.

      Nós temos meio Portugal por nossa conta. Os os outros dois juntos não fazem um dos nossos... e para eles é possível existir sustentabilidade e lucro dos pasquins e para nós não?

      Creio que estará a ocorrer algum fenómeno matemático e estatístico que me ultrapassa, pois que possui o maior universo potencial de leitores... é aquele que pelos vistos e aparentemente menos hipóteses terá para ter lucro e sucesso!

      Abraço.

      Eliminar
    8. Grande Liverpool,

      Temo que possa sofrer com os mesmos problemas...

      Para mim, vivíamos como naquela história do homem vermelho, que vivia numa casa vermelha, com quadros vermelhos, televisão vermelha e torneiras vermelhas. E todos os dias saíamos para a rua vermelha, nos nossos carros vermelhos, num mundo onde todas a pessoas eram vermelhas... e por aí fora até ao infinito.

      P.S: O Brunalgas e o Pintos, ficavam numa prisão vermelha, vestidos com fatos às riscas vermelhas.

      Abraço.

      Eliminar
  6. Como jovem gosto muito deste blog em especial dos textos do Guachos e do José Albuquerque. O meu pai contagiou-me com a sua paixão incondicional pelo Benfica, como filho, o sangue vermelho que me corre pelo corpo prende me cada dia mais a este clube, esta família. Aprendi com os mais velhos o que é o Benfica e não esqueco das palavras do grande Jose, o Benfica não é nosso, está temporarimente nas nossas mão ate O passarmos aos mais novos. Dito isto obrigado por aqui o passarem todos os dias um bocadinho, quase como o meu pai o faz somente de observar tamanha paixao. Em relação à comunicação do Benfica, acho humildemente que o estatuto internacional que o clube tem nao permite que se agache perante reles individuos disfarçados de presidentes, dirigentes, etc. A resposta que tem sido dada é exactamente uma forma discreta de "dizer" jornalecos, cumentadeiros, escumalha...pouco nos importa, temos os nossos jornais, o nosso canal, o nosso site, até os nossos blogs ( os verdadeiros) que esses sim sao as respostas certas. Tudo o resto é isso mesmo, resto. Obrigado

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enorme Diogo Cordeiro, Jovem Companheiro,

      Muito Obrigado por este teu comentário: se querias emocionar-me ... conseguiste.

      O que está em causa neste meu texto, não é a Paixão que Nos une em torno do Clube e eu tenho a certeza de que, nesse ponto, tu já nada tens a aprender de quem quer que seja.
      A ti que és jovem e tens de estar a preparar as tuas mãos para nelas receber o Benfica intemporal, o que eu quis dizer é que tens de juntar cada dia mais Razão a essa tua já enorme Paixão.

      Os Nossos Fundadores escolheram o lema Et Pluribus Unum que, como sabes, sublinha o necessário espírito de corpo, assente na partilha dos Nossos Valores e deve ser por isso que me custa compreender alguns Companheiros que parecem preferir uma espécie de desporto que passa por, sem pés nem cabeça, zurzir em alguns dos Nossos.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
  7. Começa a ser comum neste espaço que quando discordam da opinião de outros benfiquistas partem imediatamente para o insulto fácil, esquecendo da mais elementar forma de boa educação e respeito pela opinião do próximo.
    Já foi aqui escrito muita coisa, um exemplo era quando falavam mal de Rui Vitória e chamavam-lhe de Rui Chouriço, mas agora apoiam o treinador mesmo com a equipa do Benfica a praticar um péssimo futebol, vocês não conseguem ter opinião própria, mesmo quando está à vista de todos que algumas das opções tomadas foram autênticos tiros nos pés.
    Se para vocês tudo está bem, pois continuem assim, a defender o indefensável e continuem a fazer o que fizeram com Rui Chouriço Vitória, primeiro digam que ele é fraco e depois defendam-no mesmo com o Benfica a praticar um futebol miserável, devem pensar que o pessoal é parvo, ao menos tentem respeitar as opiniões de outros benfiquistas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso não é verdade companheiro. O Guachos já teve oportunidade de esclarecer as suas posições em relação a isso. Ele sempre foi um defensor acérrimo de JJ mas no momento em que este deixou o clube da forma como deixou e Rui Vitória ingressou no Benfica, passou logo a ser defendido por este, pois trata-se de um funcionário do nosso clube. Sim ele sempre foi contra a contratação de Rui Vitória mas agora é um dos nossos. Uma coisa não tem nada a ver com a outra.

      Eliminar
    2. Tem tudo a ver uma coisa com a outra, lá por o Rui Vitória ser o treinador do Benfica não quer dizer que se mude de opinião em relação à qualidade do treinador, agora por ser treinador do Benfica já é bom???
      Cada jogo que passa mais fica claro que Rui Vitória foi um erro e se não forem os benfiquistas a criticar quero ver quem será, por os nossos rivais o Chouriço bem pode por lá ficar anos, é da forma que começamos a ficar sempre em terceiro ou quarto lugar, no final deste mês voltamos a falar.

      Eliminar
    3. Pois pois, é bem verdade... no Sábado lá teremos q eliminar o catedrático em pleno wc do fosso...

      Eliminar
    4. Não percebo nada de Futebol...
      Chego sempre à mesma conclusão...Eu gosto, Amo o Benfica...A confirmação é que quando estou a ver um grande clássico do Futebol Inglês, o melhor futebol do mundo e, mudo de canal, na btv claro, deparo-me com um qualquer jogo da formação ou das modalidades e já não consigo mudar de canal...aí percebo perfeitamente do que gosto e o que quero...gosto do SLB e quero ganhar sempre em todas as modalidades, em todos os escalões...
      O anterior treinador nunca me empolgou, o que sempre me empolgou foram as vitórias, títulos e os bons jogos que fizémos, nada mais!!
      Também nunca senti necessidade de ter autógrafos de jogadores, o que eu amo mesmo é o BENFICA, bom com a excepção do REI, creio que se compreende esta exceção...afinal, fazendo um paralelismo com Jesus, o verdadeiro JESUS CRISTO, também EUSÉBIO foi o nosso profeta que encarnou e se tornou homem, como nós, no meio de nós...simbolizando o lema vivo da nossa RELIGIÃO...E PLURIBUS UNUM.
      Quanto ao Rui Vitória, como não percebo nada de Futebol, não me resta mais do que...confiar naqueles que nos dirigem e, no final do mandato...farei o meu juizo.
      Por isso Apoio o Rui Vitória, como apoiei o anterior treinador e apoiarei os seguintes.
      Para mim só faz sentido, assim!!
      Já vi grandes jogos do Benfica, esta época...em casa com o Belenenses, praticamente o jogo todo, uma extraordinária primeira parte no estádio do ladrão, os jogos com o galatasarai, o jogo em Madrid...
      Por acaso lembram-se de todos os jogos das ultimas 6 épocas? Tive muitos jogos na Catedral, eu só vou à Catedral, que só estive até ao fim, porque por princípio não abandono nunca os meus, seja qual for o resultado e independentemente da exibição!!!
      Vão lá idolatrar o ex... para o caralho!!!
      Não tens palas nos olhos, mas, a não ser que me digas o contrário e percebas muito de futebol, sejas encartado, és tão treinador como eu...de bancada!!
      Foda-se porque é que não esperas pelo final do campeonato ou, se fores muito ansioso...pelo final da primeira volta para teorizares com essa sapiência unica?
      Apoia mas é o GLORIOSO!!
      Estás agora a perceber porque é que se apoia um treinador e se diz mal do outro e depois bem do outro e mal do primeiro??

      Eliminar
    5. Não percebo nada de Futebol...
      Chego sempre à mesma conclusão...Eu gosto, Amo o Benfica...A confirmação é que quando estou a ver um grande clássico do Futebol Inglês, o melhor futebol do mundo e, mudo de canal, na btv claro, deparo-me com um qualquer jogo da formação ou das modalidades e já não consigo mudar de canal...aí percebo perfeitamente do que gosto e o que quero...gosto do SLB e quero ganhar sempre em todas as modalidades, em todos os escalões...
      O anterior treinador nunca me empolgou, o que sempre me empolgou foram as vitórias, títulos e os bons jogos que fizémos, nada mais!!
      Também nunca senti necessidade de ter autógrafos de jogadores, o que eu amo mesmo é o BENFICA, bom com a excepção do REI, creio que se compreende esta exceção...afinal, fazendo um paralelismo com Jesus, o verdadeiro JESUS CRISTO, também EUSÉBIO foi o nosso profeta que encarnou e se tornou homem, como nós, no meio de nós...simbolizando o lema vivo da nossa RELIGIÃO...E PLURIBUS UNUM.
      Quanto ao Rui Vitória, como não percebo nada de Futebol, não me resta mais do que...confiar naqueles que nos dirigem e, no final do mandato...farei o meu juizo.
      Por isso Apoio o Rui Vitória, como apoiei o anterior treinador e apoiarei os seguintes.
      Para mim só faz sentido, assim!!
      Já vi grandes jogos do Benfica, esta época...em casa com o Belenenses, praticamente o jogo todo, uma extraordinária primeira parte no estádio do ladrão, os jogos com o galatasarai, o jogo em Madrid...
      Por acaso lembram-se de todos os jogos das ultimas 6 épocas? Tive muitos jogos na Catedral, eu só vou à Catedral, que só estive até ao fim, porque por princípio não abandono nunca os meus, seja qual for o resultado e independentemente da exibição!!!
      Vão lá idolatrar o ex... para o caralho!!!
      Não tens palas nos olhos, mas, a não ser que me digas o contrário e percebas muito de futebol, sejas encartado, és tão treinador como eu...de bancada!!
      Foda-se porque é que não esperas pelo final do campeonato ou, se fores muito ansioso...pelo final da primeira volta para teorizares com essa sapiência unica?
      Apoia mas é o GLORIOSO!!
      Estás agora a perceber porque é que se apoia um treinador e se diz mal do outro e depois bem do outro e mal do primeiro??

      Eliminar
    6. Exacto, acho que a Direcção deveria seguir o sábio e sapiente conselho do "benfiquista" (assim mesmo, entre aspas e com minúscula) e despedir imediatamente Rui Vitória. Porquê? Porque o Benfica joga mal (não tem processos de jogo, não faz transições eficazes, não defende a preceito, blá, blá, blá). A culpa será da circunstância, de uma mudança de paradigma, juntando ao "desmamar" de uma equipa habituada a outros métodos há seis anos? Claro que não! A culpa é do Rui Vitória, esse incompetente! Está com pé e meio na próxima fase da Champions, mas o que conta é o campeonato! Aliás, o ano passado por esta altura, o treinador também era um incompetente, a equipa não jogava nada, liderava o campeonato, mas estava quase afastada da Champions, e o ano passado o que contava era a Champions. Aliás, já na sua segunda época, Jesus deveria ter sido despedido! Perder contra a equipa dos "jogos-de-merda-vencidos-por-1-0-de-penalty-gamado-a-meio-da-época-para-estarem-fresquinhos-como-alfaces-nas-decisões" não se admite! Que se lixem os roubos de início de época, o doping adversário ou as expulsões ridículas de fim de época, que role a cabeça do treinador! Então na época seguinte é que não se admite! Perder todas as finais? Rua com o treinador! Que se lixe que todo o esforço extra dispendido se deveu a um perseguidor que foi sendo candidato graças a acabar uma época inteira apenas com um penalty (à jornada 28, e a ganhar 3-0) e uma expulsão contra (a ganhar por 2-0), o facto de jogar com 3 guarda-redes (uma quase dezena de grandes defesas protagonizadas por Alex Sandro e Mangala) ou vencer o título com um penalty que aconteceu quase no meio campo! Que se lixe tudo isso! Temos é que agir impulsivamente e mandar os treinadores com as putas! Aliás, a roda vida de treinadores resultava lindamente há uma décadas atrás! Nada de esperar que os métodos resultem, nada de esperar que as ideias de jogo assentem, é rua logo com eles. Toda a gente sabe que é com essa impaciência que se ganham todos os quatro títulos nacionais numa época desportiva. E a nível europeu isso também se nota. O Real Madrid, com a sua troca de treinadores todos os anos, ganha muito mais vezes que o Barcelona, que aposta na estabilidade! E o Manchester Utd é muito mais vistoso e vencedor agora, com Moyes e Van Gaal, do que foi naquele reinado vergonhoso de 25 anos com Alex Ferguson! E obviamente a Juventus de Allegri está muito melhor agora do que esteve com Conte. Graças a Deus que quem toma as decisões no Benfica são pessoas competentes e profissionais, e não esquizofrénicos como este "benfiquista" que à mínima contrariedade quer é cabeças a rolar. Espero sinceramente que este "benfiquista" encontre este tipo de ambiente no local onde desempenhe a sua profissão. Para ir para o olho da rua ao primeiro peido que solte no local errado. Irra, que estas pragas nunca mais acabam...

      Eliminar
    7. Excelente meu caro. Apetece-me pegar nisso e transcrevê-lo num post...
      Amanhã penso nisso.

      Eliminar
    8. Enormérrimo Guachos, Companheiro e Bom Amigo,

      AHAHAHAHAHAH, de facto!
      E a tua dificuldade vai estar na seleção dos Autores.

      Escrevem-se coisas importantes por aqui ...

      Viva o Benfica!

      Eliminar
  8. Companheiro Zé, o acabar com a ignorância blogueira é tão difícil como acabar com o terrorismo. Para irradicar este, seria necessário destruir primeiramente o outro terrorismo que o fomenta: o terrorismo político!
    Faço-me entender?

    Abraço

    ResponderEliminar
  9. Caro José Albuquerque,

    Parabéns por mais um magnífico post. E já agora obrigado pela resposta às minhas questões do post sobre o R&C.
    Estou 100% de acordo.
    O combate aos merdia não pode ser feito na base da política de terra queimada. Se secássemos tudo a nossa volta acabávamos por morrer também.
    Tal como a abordagem à sporcostv (com a criação da BTV) foi acertada, nunca entrando em confronto directo e criando hostilidades desnecessárias, mas sim desenvolvendo (espectacularmente) todo o projecto associado à Benfica TV, a mesma estratégia se aplica aos pasquins.
    Também me parece que um jornal diário do Benfica não será um projecto viável.
    Os pasquins estão a radicalizar o discurso, e aquilo que acontece há já longo anos com o nojo (com leitores maioritariamente porquistas) vai inevitavelmente acontecer com o rascord e eventualmente com a bolha.
    Neste último caso, embora não possa ser feito directamente, sou da opinião que se deveria tomar "controlo" através de uma sociedade parceira, no sentido de devolver a bolha ao verdadeiro manual jornalístico que foi "A Bola" durante muitas décadas.
    Finalmente e relativamente à exclusividade dos nossos conteúdos, continuo sem perceber a razão da BTV não transmitir os jogos da taça de Portugal onde participa o Benfica. Existe algum contrato com a sporcostv? Quando termina? São valores pornográficos? Penso que esta seria mais uma estocada certeira no "mamão chupista"!

    CARREGA BENFICA RUMO AO TRI!

    ResponderEliminar
  10. Como já aqui referi antes, partilho da opinião do Mathayus quanto à criação de um diário desportivo de chancela gloriosa a somar à Benfica FM já anunciada pelo Presiddente.
    E só não aponto o exemplo do Boca Juniors que tem um serviço de taxis e um cemitério por manifesta vergonha.
    Olhá, já apontei! Ahahahha!!!

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grande Cosimo Damiano,

      Obrigado pelo apoio. Creio que a generalidade dos Benfiquistas ainda não compreendeu que o que defendo não é apenas um jornal de clube, mas sim um novo diário desportivo.

      Algo similar ao Record, Bola e jogo, mas sob a alçada e controle editorial do Benfica, mesmo que à « distância ». O que está bem longe de ser uma repetição diária do jornal semanário O Benfica. Este tem um conceito mais estanque e fechado.Não providencia informação desportiva fresquinha. Não fala por exemplo: sobre Federer no ténis, sobre os resultados do campeonato alemão, sobre Guardiola ou sobre o puto das motos... e não tem a possibilidade de a cada dia nos defender das mentiras e ataques que nos são lançados a toda a hora.

      Apesar das reticências que encontro em muitos, quer-me parecer que passando a palavra, a coisa pode acontecer e surgir espontaneamente mais cedo ou mais tarde.

      Um abraço.

      Eliminar
  11. Eu confesso que por vezes gostava que a comunicação do Benfica fosse mais incisiva e eficaz, e mantivesse sempre um certo nível o que não acontece com algumas pessoas ligadas ao departamento de comunicação.

    Relativamente a isto das entrevistas também me parece que o universo benfiquista (presidente, directores, treinador, jogadores, modalidades) podia perfeitamente dar apenas entrevistas aos jornais menos hostis tipo Bola e CM, ostracizando o Record, ou seja não era impedir os jogadores de falarem mas excluir certos locais, o que me parece perfeitamente legitimo.

    Aproveito para referir que também sou subscritor da BTV (a box também está sintonizada 24/24 a 7/7 XD) e que nunca compro jornais desportivos, apesar de sempre ir visitando os sites dos jornais desportivos, algo que até fazia múltiplas vezes ao dia. Contudo tenho feito um esforço e tenho deixado de frequentar certos locais, sendo que é muito raro entrar no site do Jogo e no ultimo mês também deixei de frequentar completamente o site do Record. É importante que os benfiquistas tenham noção que não podemos estar a alimentar quem está constantemente a rebaixar o Benfica.

    Existem diversos sites que os benfiquistas podem usar como alternativa, pois para além da blogosfera benfiquista existem sites como a Bola, Visão de Mercado, Zerozero onde é possível estar actualizado sem estar a ser contaminado com todo um lamaçal que tenta denegrir a imagem do Benfica.

    Cumprimentos,
    RTDD

    ResponderEliminar
  12. Caro Guachos e José obrigado por mais um post elucidado,acho que estamos a perder imenso tempo com este silêncio,não estou a falar dos blogs esses já fazem o triplo para defender o nome do Benfica,este silêncio interno que começo a pensar que será incapacidade para gerir tudo o que surge na pasquinada,os blogs tem poder mas tem que sentir que não estão abandonados pelo clube,é o que me dá a entender,à muito que sinto uma falta de estrutura nesta direção para gerir estas situações não é de agora.
    Tudo isto permite a tudo o que seja permitido ou seja a impunidade transparece para várias áreas seja desportiva ou judicial,o que determinado clube faz é digno de destaque e protegido na comunicação social,podem fazer tudo,gozar com o clube,com patrocinios,com jogadores,com os adeptos e socios do glorioso,que de um lado apenas vamos ter o silencio e do outro lado o lado o dos blogs alguns vão resistindo e lutando.
    Deixo uma pergunta... até quando vai durar esta impunidade?

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se o clube começa a responder a toda a lama que vem nos merdia, acaba ele próprio no lodaçal onde o brunalgas e o pdc chafurdam à vontade; e só tem a perder com isso.
      Não conheces aquela máxima: "Nunca discutas com um idiota. Ele baixa-te ao seu nível e ganha pela experiência."
      Portanto, respostas institucionais, só mesmo em tribunal. JJ já lá está. E o brunalgas vai pelo mesmo caminho...

      Eliminar
  13. Caro José Albuquerque,

    Mais 1 excelente Post c/ o qual concordo na íntegra. Isto pq, embora 1 pouco duro para c/ outros Blogues q considero de referência na Gloriososfera como são os Enormes Papoila e Benfiliado, penso q eles não levarão a mal como grandes Benfiquistas q são... e, afinal, não passa de uma opinião estratégica diferente, embora, no seu caso, mt + (bem) fundamentada.

    E tb se compreende a sua revolta qd vê Blogues de referência como os citados publicarem Posts + emotivos. É importante q todos os Benfiquistas tenham a verdadeira noção da dimensão q o nosso Clube tem vindo a tomar bem visível na recente visita à Guiné - Neste momento o Benfica é mt + do q 1 clube de futebol - é uma grande marca desportiva internacional q adquiriu 1 enorme poder social, político e até "religioso". O correcto posicionamento desta Direcção Benfica ao longo dos anos tem reforçado a capacidade de ultrapassar as fronteiras de 1 país demasiado pequeno para o albergar, tendo como base valores democráticos, éticos e morais inquestionáveis, constituindo-se como uma verdadeira "nação transnacional" - a Nação da Lusofonia.

    ResponderEliminar
  14. Companheiros,

    Muito Obrigado pelos vossos comentários e incentivos.

    Lendo-vos, sinto-me obrigado a esclarecer que tenho o maior respeito possível pelo Benfiquismo de Companheiros como o Papoila e, ainda mais (já explico), como o Carlos Alberto do BENFILIADO.
    Este último, pela qualidade de muitos dos seus textos sobre temas da Comunicação do Nosso Clube, sugere-me, inclusivamente, a detenção de alguma "expertise" (não estou a brincar) na matéria, além de uma genialidade sintoma de uma inteligência privilegiada.

    Mais que isso, nem sequer este texto foi escrito por inspiração de alguma coisa que eu tenha lido naqueles dois blogues, embora não tenha gostado do que lá tenho lido nestes últimos dias. Dou-vos a minha palavra de honra.

    E se repararem bem, este meu texto nem sequer faz a apologia do que tem sido o trabalho realizado pelos Nossos responsáveis desta área, embora se trate de dois "monstros" do métier (o José Eduardo Moniz e o João Gabriel).

    Mas importaria que o maior número possível de Companheiros (Autores de blogues incluídos) tomasse consciência da complexidade de todo este tema e, já agora, se possível, fossem menos "ligeiros no gatilho" quando se trata de fazer "fogo amigo" sobre os que trabalham no Glorioso.

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
  15. Que blog estás a falar meu caro? O papoilas da bisca?

    Em relação ao tema: acho que a CS é merda. Ponto final parágrafo e não se toca mais no assunto!

    ResponderEliminar
  16. A diversidade de opiniões traz a Luz, mas quando não se trata de opiniões mas de "achamentos" apenas se produz ruído.

    Nós Benfiquistas somos como o vulgar ser humano, apenas nos distingue o sangue encarnado e a gloriosa história de um clube lendário, por isso também "achamos" que assim é que devia ser, "achamos" que aquele treinador era melhor, "achamos" que o central está velho, "achamos" que a politica de comunicação é pouco profissional, "achamos" isto e mais aquilo e o seu contrário.

    E porque é que "achamos"? Porque nós somos, pertencemos, partilhamos e comungamos Benfica, de manhã, á tarde, á noite, sempre e na eternidade. Somos doutores, carroceiros, artistas, poetas, varredores mas o nosso orgulho é único, e o nosso amor é eterno, é Benfica!

    Et Pluribus Unum, é isto que quer dizer. somos um corpo único mas diverso, irrepetivel mas diverso, somos tantos a partilhar deste espírito que "achamos" ter sempre a melhor solução, a melhor estratégia, porque o Benfica não é nosso, faz parte de nós.E quem não quer o melhor para si?

    Por isso, eu "acho" que todas as opiniões de Benfiquistas são do coração, no entanto, por muitos de nós "acharem" que LFV era o melhor neste momento para o nosso Clube, a ele compete decidir e dirigir, ouvindo na sua diversidade opiniões altamente profissionais de elementos muito bem pagos e motivados para conduzir a nossa Nau a bom porto.

    No entanto, vou continuar a "achar", porque o meu Amor e paixão pelo Benfica é tão grande que por vezes me dói o que alguns querem fazer dele, e se forem Benfiquistas sinto-o como se fora traição.

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
  17. Fui um grande cliente da bosta e do rascord, mas vai para mais de 5 anos que nem velos. E programas na tv a mais de dois anos.
    Nao alimento essa corja, espero que fecham as portas o mais cedo possivel.

    Ja se sabe alguma coisa acerca do contrato com a Fly-Emirates???

    Sport Luis Benfica

    ResponderEliminar
  18. Apesar de todo o anti-Benfica que impera na cs em Portugal, não nos podemos esquecer que o SL Benfica é um clube português e portanto tem de conviver com este ambiente, ora, apesar de tudo, a promoção do produto SL Benfica também tem de ser feito através da cs e por isso as entrevistas de jogadores e dirigentes têm de continuar porque assim a mensagem institucional alcança um maior universo de leitores, ouvintes e telespectadores, incluindo muitos Benfiquistas.
    A expansão da Benfica TV tem de continuar e será este canal o nosso "cavalo de batalha" contra o anti-Benfica da cs para tal tem de existir criatividade para desmascarar todas as campanhas ridículas e infames lançadas por avençados do polvo corrupto e criminoso e dos seus aliados calimeros.

    ResponderEliminar
  19. http://www.record.xl.pt/futebol/nacional/1a-liga/sporting/detalhe/octavio-machado-isto-e-coacao-e-tem-de-ser-denunciado-987633.html

    Isto é já senilidade ou doença degenerativa!!!! Ainda bem que esta gente não está no Benfica! Arre...


    http://www.record.xl.pt/futebol/nacional/1a-liga/sporting/detalhe/estilo-do-presidente-esta-a-ter-resultados-987655.html

    Sem dúvida que o estilo do presidente está a dar frutos!!! Nota-se nas arbitragens amigas!!!!

    ResponderEliminar
  20. Meu caro e ilustre Glorioso José Albuquerque (permita que o trate assim),
    habituei-me a ler, de há muito tempo a esta parte, com dedicada atenção, e elevada consideração, os seus escritos.
    A maioria concordando quase "ipsis verbis", outras vezes discordando muito ou pouco, conforme os pontos de concordãncia ou dissonãncia.
    E é normal que assim seja. Faz parte da vida.
    O único ponto comum transversal que nos une a todos é o BENFICA.

    Isto para dizer que no que concerne a este seu post, pode-se concordar ou não com o conteúdo, já com a forma...
    Sem querer, de todo, fazer juízos valorativos, permita-me que lhe diga que não me parece correto (vou escolher a palavra) recriminar de uma forma tão contundente outros membros da nossa Gloriosa família, somente pelo facto de não terem o mesmo pensamento que o nosso.
    Para isso, já bastam as sombras e derivados noturnos desta vida.

    Os epítetos com que apodou muitos dos nosso companheiros e as referências à sua inteligência (ou falta dela) só pelo facto de não concordarem e/ou não serem "especialistas" em comunicação, no meu modesto contributo, não justificam o tom.

    Respeito, como sempre respeitei, a opinião dos Gloriosos Companheiros, que advogam outras correntes de pensamento que não o meu. E julgo que por esse motivo, não são uns mais Benfiquistas do que os outros (talibãs à parte e outros infiltrados).

    Em síntese: se confinarmos a discussão das "coisas" aos "especialistas", de pouco poderíamos opinar nesta vida.
    Se não posso questionar as opções do treinador, ou o sitema tático utilizado, por não ter curso de treinador ou formação em desporto, podemos, em limite, opinar em quê no futebol do Nosso Benfica?
    Obviamente que um profissional de determinada área está a priori muito melhor preparado do que os que não têm "formação" na área. Mas não se esgota aí. Nós conseguimos discernir se uma política de comunicação é eficaz ou não, particularmente tendo em consideração o contexto em que se trabalha.
    Todos nós, no exercício das nossas profissões, convivemos com "política de comunicação", de cariz institucional.
    Não somos peritos, nem doutorados, mas conseguimos discernir a eficácia.
    E eu nem vou falar sobre a nossa política de comunicação institucional, particularmente na sua relação de assessoriado à imprensa e à forma de lidar melhor com ela neste contexto bélico impregnado de mastins travestidos de touro a marrarem constantemente com o vermelho.
    Refiro-me somente ao meu sentir Benfiquista na pluralidade do seu todo. Apontar uma ação menos positiva não pode servir para rotular a diferença.
    Claro que "há diferença" e "diferença". Mas os que apoiando por vezes vão discordando, não podem ser colocados na mesma prateleira "categorativa" da geração baby boom.

    Saudações Gloriosas,
    Chama Imensa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enormérrimo Chama Imensa, Companheiro,

      Registo e aceito (e, até, compreendo) o principal desta tua crítica sobre a forma com a qual escolho comunicar as minhas ideias.

      Quanto ao conteúdo, mantenho e reafirmo tudo o que me parece fundamental e, para não me repetir, resumo essa mensagem no já referido: por favor, juntem Razão à vossa Paixão pelo Nosso Clube.

      Entretanto, sugiro-te que não confundas o normalíssimo "treinador de bancada" (especialmente quando estamos na bancada e durante o desafio), com o "especialista em contas", o "especialista em comunicação", o "especialista em contratações" e todos os outros "especialistas" aos quais me referi em moldes, eventualmente, demasiado duros.

      Viva o Benfica!
      (José Albuquerque)

      Eliminar
    2. O problema (eu sinto isso demasiadamente) é saber que há sempre gente a quem as mensagens e a linguagem mais dura não são dirigidas, mas que se sentem atingidos pela metralha. A esses, jamais me passaria pela cabeça melindra-los fosse com o que fosse, para lá das simples discordâncias de opinião. O pior é que não há forma de o evitar...

      Eliminar
  21. Meu caro amigo José de Albuquerque, enorme Benfiquista

    Eu, que mantenho o que escrevo há 5 anos é que fico surpreendido por vos ver a defender o que tanto combatíamos.

    Dar entrevistas exclusivas a órgãos de comunicação social requer, ao abrigo do Regulamento de Disciplina do Sport Lisboa e Benfica de autorização expressa por parte da 'estrutura'.

    Posto isto chegamos à conclusão que a direcção do Benfica, continua a dar "pérolas a porcos" (tenho a certeza de tanto eu como o Guachos já termos usado este termo.

    Não é por eu não gostar do Rui Vitória que defendo esta posição, não de black-out, obviamente inadequado a quem tem parceiros internacionais mas sim a abstinência completa de conteúdos exclusivos a qualquer jornal ou televisão que não a nossa. Aliás como sabes eu até defendo que ao contrário de blackouts se inunde a CS com as nossas posições.

    Defendo isso com Rui Vitoria ao comando como defendia com Jesus no leme. Lembro-me até de termos todos defendido que o Jesus na altura deveria ter sido mais defendido, tal como agora defendo que o Vitória também merecia outro elan mediático da nossa parte.

    Um grande abraço para ti e para o Guachos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Abraços amigo Carlos.
      O que eu te digo é que hoje olho para isso tudo de uma forma menos inflamada (embora por vezes me apeteça dar uns pontapés no sofá) do que antes. O José Albuquerque (e outros amigos menos rápidos a puxar do gatilho) a isso me ensinaram. E há algum tempo que comecei a perceber que o caminho não pode ser outro. Se o Benfica entrar em guerrilhas com o brunalgas (como no passado com o velho crápula de Contumil) vai ser trucidado. E eu nunca me meto em guerras perdidas à partida. Prefiro ver o Benfica lutar no seu território e com as suas armas. E mais, com alguns aliados que de outra forma nunca teria...

      Do Rui Vitória tu (e os leitores do GV) bem sabes o que eu penso/pensava dele. Mas também sabes, que lutarei com tudo (enquanto acreditar que este é o caminho) para o defender. E não sinto que possa fazer outra coisa. Foda-se pá! Era só o que me faltava começar a disparar contra o nosso treinador com meia dúzia de jogos feitos. Na época passada a Champions é que era importante, agora só o campeonato é que conta! Nunca entenderei esse tipo e comportamentos. O jorge lagarto precisava de ser defendido, não por não saber comunicar, mas porque era atacado miseravelmente, na mesma proporção com que agora lhe lambem os entrefolhos.

      O Rui Vitória não precisa disso. Tem forte personalidade intelectual e sabe muito bem defender-se. Até agora tem estado sempre bem, em sintonia perfeita com a SAD. Ninguém quer mais do que eu que o Benfica ganhe o campeonato. Mas não será por causa dele que eu pedirei à direcção que mande para a sanita toda a estratégia actual e principalmente - o futuro do Benfica.

      Eliminar
    2. Enormérrimo Carlos Alberto, Amigo e Companheiro,

      Eu sei, que tu sabes, que eu não sei (ahahah) quais são os teus percursos académico e profissional. Ainda assim, eu tenho um "feeling" que tu tens muito bons conhecimentos sobre "Comunicação", reforçados por uma inteligência que te permite momentos de verdadeiro brilhantismo.
      E ambos sabemos como eu te tenho felicitado por várias sugestões/críticas que tens feito no teu BENFILIADO.

      Mas, já não posso estar de acordo contigo quando escreves "Dar entrevistas exclusivas a órgãos de comunicação social requer, ao abrigo do Regulamento de Disciplina do Sport Lisboa e Benfica de autorização expressa por parte da 'estrutura'." no sentido que lhe quiseste dar, que foi o de que o Clube pode impedir qualquer entrevista exclusiva, o que não é verdade.

      O que é verdade é que o Regulamento que referiste, assente na especificidade e complexidade da constituição da Nossa Marca, obriga todos os que trabalham para o Clube a reconhecer que "devem articular com o Departamento de Comunicação" qualquer intervenção previsível junto dos orgãos da CS.

      Nem outra coisa seria admissível, uma vez que esse Regulamento seria (pior que) inconstitucional se coartasse (quanto mais se proibisse) a liberdade individual de qualquer cidadão que fosse.

      Esclarecido este ponto, vamos ao que verdadeiramente nos divide: tu consideras que os conteúdos exclusivos devem ser monopólio dos Nossos meios (BTV e "O Benfica") e eu discordo em absoluto, mesmo sem perder tempo a perguntar-te como raio é que conseguirias garantir esse "desejado monopólio".

      Finalmente e partindo do princípio que tu sabes que eu sei o significado do que a seguir vou escrever, o sistema comunicacional da Marca Benfica é de caráter matricial (múltiplos meios e múltiplos alvos), primordial (100% de notoriedade e universalidade) e de alto conflito (meios concorrenciais, alvos antagónicos e concorrência "inimiga").
      Juro-te que não conheço um Autor (nem um só) que não recomende que a Comunicação de uma tal Marca seja marcada e eminentemente "Institucional" e "Centrada nos Valores".

      Se conheceres algum, por favor, manda-me um correio com o respetivo nome.

      Meu Caro Carlos Alberto, Amigo que eu tanto respeito e admiro,

      Nunca terei palavras para te agradecer (e felicitar) pelo que fazes em prol do Clube, através do BENFILIADO.
      Tu, Companheiro, fazes parte daquele grupo restrito de pessoas que eu não conheço pessoalmente mas aos quais me une uma empatia tão urgente que me dá vontade de vos tratar por Amigos e isso é independente da existência de opiniões diferentes, ou mesmo opostas.

      Por tudo isto, espero que saibas que não há nada de intencionalmente pessoal e ofensivo neste meu texto (quando muito, eu critico comportamentos, nunca pessoas), mas ..., mas, caso haja alguma coisa que te melindrou, Meu Caro, aqui te apresento as minhas sentidas desculpas.

      Viva o Benfica!
      (José Albuquerque)

      Eliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não vale a pena perderes tempo...faz-te à vida malandro.