domingo, 10 de janeiro de 2016

O Mathayus é que me “topa”!

Por José Albuquerque

Quando ele previu que eu reapareceria assim que visse um bando de Taliban a rodar a malinha, o meu Amigo Mathayus, que não me conhece pessoalmente, destapou-me a careca toda, mesmo sem eu a ter.

Serei eu, então, mais um fedelho que se despede apenas para ver se recebe alguma homenagem?

(E recebi! E fiquei sem palavras para te agradecer, meu Bom Amigo! E quando se fica sem palavras, só me resta sentir)

Não, Companheiros!
Eu tenho, mesmo, algo para fazer que não pode esperar: ou faço agora, ou já não deverei ter forças para o fazer mais tarde.
Mas acontece que, (in)felizmente, dei um pulo de dez fusos horários e essa desorganização fez-me perder o controle sobre este (doce) vício: como já estava no google ... não resisti.

Vamos ao que interessa ...

Acordou tarde e mal, o Companheiro Jaime Antunes.

Há mais de dois anos que eu alertei para o caso que, hoje, chamamos “os beneficiados do BES” e, logo desde o início, expliquei que se tratava da mais grave deturpação da Verdade Desportiva desde a década de 90, em que a BOIADA andava, impune, roubando às ordens do D. Cor(no)leone.
Senti que andava a pregar num deserto e não me recordo de ter ouvido o Companheiro Jaime Antunes abrir a boca, nem destapar a caneta. Curiosamente, foi o meu Colega (de carteira) Nicolau Santos o único a escrever sobre este tema, pelo menos que eu lesse.

Já nessa altura defendi que o Nosso Clube deveria protestar contra essa vergonha em todas as instituições que regem o “des_porto” nacional, esclareci que a solução não podia ser gritar “também não pagamos” e sugeri que fosse estudada uma verdadeira reestruturação financeira que Nos libertasse desses dois Bancos incompetentes (o antigo BES e o Millennium). Que Nos libertasse, mas ... sem rasgar os contratos que com eles assinámos.

Espero que o Companheiro Jaime Antunes, agora que falou em “talvez tomasse uma atitude mais radical”, já tenha sugerido alternativas à Nossa SAD e que nenhuma delas passe por “valeazevedices”: é que ele não tem desculpa se escrever barbaridades como “o Presidente que vá renegociar com os Bancos”, ou “não pagamos”, ou qualquer outra bestialidade do mesmo género.

Há uma coisa que tem de ficar completamente clara na cabeça dos Benfiquistas: o Nosso caminho não passa por tentar entrar no clube dos “beneficiados do BES”!

Por favor, Companheiros, depois de termos sido capazes de Nos levantarmos daquele abismo e sem ajuda de ninguém (ou com a “ajuda” do mamão chupista), não vai ser agora que vamos regressar às “valeazevedices”.
Mais faltava haver Benfiquistas a defender que seja seguido o exemplo do brunalgas Al Calotes!

Corrigir a ilegítima vantagem desportiva dos “beneficiados do BES”, é o dever de todos os clubes, da sua associação de classe – a LPFP, da própria FPF, instituição de utilidade pública responsável pelo “futeluso” e, também, do Comité Olímpico nacional. Em última análise e se estas instituições se continuarem a demitir das suas responsabilidades, compete aos principais clubes nacionais levar esta questão até à UEFA, quer no quadro do Fair Play Financeiro, quer mesmo fora dele.

E os Taliban deveriam era corar de vergonha, quando, no seu antivieirismo desencabrestado, aproveitam esta situação vergonhosa para alegar que “o Vieira não sabe defender o Benfica”, ou, ainda mais grave, “que ele está calado porque também é um beneficiado do BES”. Execráveis sem escrúpulos, é o que eles continuam a ser!

Não é quem nunca recorreu a um empréstimo bancário que mais ofendido se deve sentir com estes benefícios ilegítimos concedidos à osgalhada. É quem, como o Presidente nos seus negócios pessoais, sempre honrou os seus compromissos bancários, com maior ou menor sacrifício, ou aqueles que, por não terem sido capazes de cumprir, ficaram sem as suas casas e bens que garantiam esses mútuos, esses sim, são quem mais repulsa deve sentir por estas “borlas” oferecidas ao Al Calotes.

Mas, afinal, como é que as osgas conseguiram isto?

É simples: exploraram as debilidades do sistema financeiro!
Primeiro começaram por se encalacrar (com alcoshit). Depois usaram apelidos como Roquette, Bettencourt e Ricciardi para se encalacrarem até ao ponto de não haver regresso.
No mundo financeiro usa-se uma expressão que, traduzida, pode ficar assim: entregaram as chaves da casa.

Se um caloteiro deve 10, não paga e tem um património de 1, é o próprio Gerente do balcão que assina a ordem para que lhe sejam cativadas todas as contas e que o dossier seja remetido ao contencioso para execução da dívida.
Se um empresário deve 10 milhões, não paga e tem um património de 1 milhão, reúne-se um comité de crédito para ver se se consegue salvar a bronca e, se não conseguirem, fazem um relatório a justificar a perda e a recomendar o despedimento do Gestor das contas e do Gerente do balcão.
Se um grande homem de negócios deve 10 mil milhões, não paga e tem um património de mil milhões, é todo o Conselho de Administração desse banco que fica em causa e que tudo vai fazer para que a “bomba” se mantenha quieta.

O que o brunalgas fez, literalmente, foi levar aos (2) bancos um relatório sobre as consequências da falência do antigo Sporting e, literalmente, entregar as chaves de todos os imóveis: “tomem lá, é o que temos”!
E quando os bancários (não, não são banqueiros, ou nunca teriam permitido que a situação fosse criada) ficaram muito pálidos, o brunalgas colocou na mesa um “plano de downsizing”, com base no qual se previa a recuperação das dívidas a muito longo prazo, caso fossem concedidos mais alguns benefícios.
E os bancários, recuperando a cor na cara mas ainda com menos vergonha, “negociaram” despedimentos e cortes em todos os custos (é sempre assim que se deixam comer de cebolada, os incompetentes), tal como se estivessem a falar com gente séria. E o brunalgas aldrabão aproveitou!

Aproveitou, cumpriu todos aqueles quesitos meio parvos (cumpriu com distinção e até lhes juntou alguns resultados desportivos) e, logo que possível, trocou o brunalgas pelo Al Calotes!
Promovido a “beneficiado do BES”, liberto dos compromissos assumidos com o tio (BES Ricciardi) e com a ajuda do sobrinho, cansou-se de “ficar atrás do Benfica”, coisa que ele sabia que o levaria ao despedimento, e passou ao ataque: já quase duplicou os custos salariais da equipa de futebol (e, imagino eu, de outras modalidades também)!

E agora?
Parece que teve um dia difícil, ahahah.
É que não é fácil anunciar contratos de 515M€, contratar o treinador mais caro do mercado, alguns futebolistas caros, recusar boas propostas sobre outros e, depois, pedir mais uma esmola.

Os dois bancos parece que têm as “chaves da casa” (chamam-se VMOC, Valores Mobiliários Obrigatoriamente Convertíveis ... em acções da osgasad) e, ao que parece, têm a opção de, ou entrar por ali a dentro para tentar nova redução de custos (dificílimo, a menos que desatem a rasgar contratos), ou continuar a acreditar no pai natal do Al Calotes e dar mais uma década de borlas.

Eu confesso que desconheço os detalhes da operação, mas fala-se em 55M€ de VMOC’s (que poderiam ser resgatadas por 27M€???) que, se os dois bancos quiserem, lhes podem permitir o controle suficiente sobra a osgasad de tal modo que, se tudo correr pelo melhor, possam vir a receber alguns (poucos) juros durante uma década e, no final, receber todo ou parte do segundo bolo de 80M€ (mais VMOC’s).

Como vai ser o futuro?

Dizem-me que já houve um iluminado, também ele Benfiquista, que sugeriu que a Nossa SAD “lançasse uma OPA” (??? nada disto acontecia se a ignorância pagasse imposto) sobre essas VMOC’s.
Posso garantir que não é isso que vai acontecer, ahahah.

Talvez os credores do Al Calotes assumam as suas responsabilidades, ... ou talvez não.
Os Accionistas e os Clientes do Millennium, tal como os Clientes do Novo Banco e todos os Contribuintes deveriam ter uma palavra a dizer: manifestem-se, carago!

Independentemente disso, todos aqueles que, não sendo “beneficiados do BES” e pagando as suas contas todas, concorrem com a osgalhada em competições desportivas, podem e devem fazer o mesmo que os clubes franceses fizeram ao verem-se confrontados com uma gritante desigualdade (fiscal, nesse caso) face a um outro concorrente (o Mónaco), impondo-lhe uma penalização material compensatória que, se não fosse paga imediatamente, implicaria a descida de divisão.

Até sempre, Companheiros e    

Viva o Benfica!

P.S.: este texto é a excepção que confirma a regra e, por isso, perdoem a ausência de resposta aos vossos contributos na caixa de comentários.

24 comentários:

  1. Mas, perdoa-me a inocencia. Se alguem me dever 50 euros e disser que nao mos pode pagar, eu digo-lhe assim, entao mas pagas-me 5 cada ano, e eu subo-te os juros. Assim ao fim de 10 anos tens a divida paga (excluindo os juros). Ou alguem que quer fazer crer que o Sporting nao pode pagar 5 milhoes cada ano? Mas, merceeiro que sou, concerteza que nao lhe digo: "o pa, nao podes pagar, somos amigos, paga-me so daqui a dez anos". Deviam vir a publico quais os nomes dos gestores responsaveis por esta xico-espertice economica feita com o dinheiro das nossas sobretaxas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Brilhante Rfa. Brilhante.
      É tão só isso.
      E estamos a falar de dois dos maiores bancos portugueses.
      E estamos a falar de um banco intervencionado (???).
      Onde páram os reguladores? O Banco de Portugal? A CMVM? Vergonha. Percebe-se porque é que o JEB(o) do Carriche não foi alvo do duplo-queixo badocha... o lugarzito de assessor da direção do Novo banco serviu para alguma coisa.
      Já o presidente do Novo Banco, envergonhado Benfiquista, génio da finança internacional, o special one da finança londrina, de seu nome Stock, foi "comido de cebolada".
      E os lesados do BES também.
      Ministro das Finanças neste país, há? Governo, existe, ou é preciso nova coligação?
      O que eu sei: 135 milhões empurrados com a barriga em pouco menos de 2 anos, 2,5 milhões de encargos financeiros.
      Nós: 20 milhões de encargos financeiros.
      E a grande paladina Helena Roseta que tanto se indignou há tempos com as propostas de uns perdões de "peaners" com o Benfica? Está caladinha? E nós, também?
      A força da marca Benfica e o Renegociar da nossa dívida ficam onde?
      Enfim...
      Saudações Gloriosas,
      Chama Omensa

      Eliminar
  2. Há ilegalidades com os contratos do Trinca Bolotas? se as há, que está à espera a administração do SLB para agir? ou calados e sem mexer uma palha como é o caso dos "voucheres" é que se está bem?

    Matheus

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como é que tu queres que o Benfica mexa na palha se tu a continuas a comê-la toda?

      Eliminar
    2. eheheheheh!!!
      Grande resposta!!!!
      Não consigo parar de rir.

      Eliminar
    3. Ó anónimo coitadinho ou Rui ( Matheus ),

      Ilegal é a porcaria que o teu único neurónio produz. Daí que sugira para apreciação imediata um novo projecto de lei à Assembleia da República:

      Todos os anónimos e Ruis à paisana habitualmente produtores de dejectos verbais, devem circular na via pública acompanhados por pessoa adulta e com trela colocada em coleira ou peitoral, sendo-lhes dispensado o uso de açaimo funcional.

      Se circular solto na via pública, tem de ser na presença de pessoa adulta e com açaimo funcional.

      Eliminar
    4. Não como palha seu anormal da cabeça! se tivesses tanta preocupação com todos os assuntos do SLB como eu, tinhas muito mais rugas, cabelos brancos, tensão arterial altíssima, etc. e eras uma pessoa mais bem educada. Pensas que sou um rapazola? sou um Homem, tenho filhos, tenho a minha vida bem estruturada, não sou uma merda como queres fazer entender, tu, Mathayus (REUS eu conheço-te doutros sitios). Claro que o meu nome não é Matheus, nem muito menos Rui.

      Matheus

      Eliminar
    5. Ou és burro ou comes palha. Agora escolhe. Já andaste por aqui com outro nick (o estilo não engana ninguém) e desde que ficaste viúva do lagarto ficaste ressabiado comigo. As rugas e os cabelos brancos não fazem ninguém inteligente. Apenas mais velho. No teu caso, mais velho e mais burro.

      Eliminar
    6. Ó Rui ( Matheus ), o teu problema é seres inconfundível!

      Por mim até te podias chamar Idalina, Tânia Vanessa ou Jaquina vai com todos. A questão central é que permanece sempre a mesma:

      Quando abres a boca saem de lá dentro sapos com vouchers e ainda com o depósito na conta do Cardinal enfiado nos traseiros.

      Quando tentas pensar, demonstras que comes todos os fardos de palha que te dão e que nem paras para ruminar melhor antes de te rebolar no feno.

      E quando te esticas, fazes suspirar de saudade todas as velhas da ala psiquiátrica do centro de detenção e reabilitação criminal Dasjantas.

      Enfim, se um dia quiseres ser levado a sério convém que te tornes Benfiquista primeiro ou então que deixes de dizer imbecilidades dignas de um gajo que com um funil na cabeça e uma mão no bolso do casaco afirma que é o Napoleão Bonaparte.

      Eliminar
    7. Amigo Mathayus, este jumento não é rui. Esse agora assina como «alex», mas vai direitinho para a etar. Este é apenas uma viúva do visconde novo que não se conforma. O seu estilo é tão perfeito que não me engana...conheço-o de outros carnavais.

      Eliminar
    8. Enormérrimo amigo, muito me surpreendes. Este jumento não é o Rui?

      Deve ser então um caso de parecença de estilos, provavelmente formaram-se na mesma escola...

      Aposto na Associação para preservação do burro, Burricadas. Com o currículo deles, deve ter sido fácil obter muitas equivalências!!!

      Eliminar
    9. Realmente com vocês não há pachorra. Guachos, um dia um amigo comum, vai-te dizer se sou aquilo que dizes de mim e se sou do lidl ou dasjantas... e pelo nome vais ver quem sou. Depois gostava de ver a tua cara... sócio 12mil e tal. a minha AP anda sempre na lapela.

      Eliminar
  3. Saudações Benfiquistas,excelente,excelente,o período de ausência foi longo mas quando voltou,voltou em GRANDE,toda lá dentro,o Benfica,acho eu,deveria de reagir a esta situação,como,não sei mas devia,porque é simplesmente vergonhoso o que se fez,somos TODOS lesados do BES!!
    Uma pergunta ao Enorme José ou a quem me possa elucidar,como os depositantes se podem manifestar nos dois bancos,com que argumentos?
    Carrega José Albuquerque
    Carrega Benfica

    ResponderEliminar
  4. Bem me parecia que estivesses onde estás, se tiveres um teclado à mão, não irias resistir........
    Mesmo que te possa ser difícil ter acesso ao covil do Guachos, não te esqueças ne nós.

    ResponderEliminar
  5. é pena que cada vez que ouça ou veja o Nicolau Santos, lembro-me imediatamente do tipo do 'Nós na ONU'. e ele não merece pois, realmente, foi o único a alertar para o descalabro do BES, ao contrário de muitos dos seus colegas que diziam o contrário, a começar por aquele execrável do Santos Guerreiro.
    posto isto, nada a dizer sobre o artigo em si, está tudo lá.
    abraço

    ResponderEliminar
  6. Porra, até que em fim, percebi estas manigancias financeiras. Fico banzado é como as autoridades (???) financeiras admitem estas jogadas sujas, deixem andar. Banzado fico, quando vejo FPF e LPF, de braços cruzados como se a lei da concorrencia (verdade desportiva) não fosse gravemente ferida. Garantidamente acho que o Benfica (LFV) já fez chegar, pelo menos, às entidades desportivas a necessidade de uma actuação firme sobre a matéria.
    Considero ainda, que também o poder politico deveria ter os olhinhos abertos para evitar não serem os contribuintes a pagar os desmandos da banca, como tem vindo a acontecer, devido à existencia de salafrários dos mais variados tipos. É que hoje, e de há muito, a banca vive do Estado, que somos nós.
    Grato ao amigo albuquerque e ao gv. São ENORMES.

    ResponderEliminar
  7. Mas em q raio de buraco é q o Enorme José Albuquerque se foi meter, a 10 fusos horários de distância, sem net e sem tempo para os seus brilhantes Posts?

    ResponderEliminar
  8. Grandíssimo E enormérrimo amigo José Albuquerque,

    Graças a Deus que acertei na minha previsão, é que este Post é a prova da tua indispensabilidade. Confesso aliás, que chegaste mesmo a tempo...

    É que se eu me tenho como um alguém ponderado e reflexivo, devo no entanto dizer que existe toda uma clareza, lucidez e capacidade de preservação do sangue frio que colocas nestes teus textos que por norma me ultrapassa largamente.

    Uma pequena parte de mim já estava a incorrer em pecado grave e em devaneio de loucura já cogitava a hipótese de no âmbito daquelas relações institucionais obrigatórias entre Benfica e fcp tanto na Liga como na FPF, serem unidos momentaneamente esforços numa plataforma de pressão que diria aos bancos: condições iguais ou no mínimo juros iguais aos pagos pelas osgas ou também não pagaremos.

    E pronto, penitencio-me pela insanidade do pensamento e agradeço-te por ME teres feito sentir verdadeiramente envergonhado por ainda que de forma indirecta estar a seguir o modus operandi do Al Calotes ( Cruz Credo )!

    O caminho é declaradamente o exposto no teu último parágrafo e deve ser trazido para a ribalta de modo concertado e sistemático. Diria que é um ponto e questão em que toda a Benficosfera se deveria unir e martelar consecutivamente até que algum dos jornaleiros com a alma mais intacta o eleve à categoria de artigo, produziNdo « ruído » intenso até que seja impossível à Liga e à FPF ignora-lo.

    Grande Abraço.


    ResponderEliminar
  9. Tens que repensar as tuas rotas e voltares a navegar !!!

    ResponderEliminar
  10. Esta questão deve ser discutida nas mais altas instancias, por isso foi criada uma petição, que assinei. http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT79624.
    Bem sei que poderá nao reverter a negociata, mas temos de desmascarar esta pouca vergonha. Em vez de seguirem o caminho penoso de gerir o clube sem dinheiro e de novo se reerguer (tal como o Benfica fez) têm um perdão bancário encapotado. Os gestores bancários que concordaram com este "novo2 perdão até 2025, são de um banco intervencionado pelo estado e pago com o meu dinheiro. Eu não aceito isto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na minha opinião, é muito importante assinar esta petição.

      Eliminar
  11. http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT79624

    Tudo a assinar, crl!

    ResponderEliminar
  12. Brilhante explicação!

    O problema de todos os que não são beneficiados pelos bancos tomarem medidas não será arranjar alguém que tome a iniciativa? Parece que ninguém quer dar o 1º passo...
    Nem autoridades, nem instituições, nem clubes... parece que está tudo parado a ver se algum dos outros faz alguma coisa!
    Nem percebo como a UEFA não reage a esta questão, por causa do Fair play financeiro...

    E já agora... se o Albuquerque não tem disponibilidade, não se encontra outro com conhecimentos suficientes para analisar isto?
    https://openload.co/f/SKc7fmYtvU8/Acordo_Quadro_-_SCP_%26_Bancos.pdf

    ResponderEliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não vale a pena perderes tempo...faz-te à vida malandro.