quarta-feira, 29 de março de 2017

A chuva é molhada e a terra redonda...

Incrível a 'qualidade' da trampa que já passou pelo Benfica! Depois de desenterrar o Jardel, o jornal oficioso do clube da fruta foi ressuscitar o «focinho de porco» que usurpou o apelido a Maniche. Diz o face-pig que "os jogos contra o Benfica eram os mais fáceis porque tínhamos a certeza que íamos ganhar". Para alguma coisa serviu rever o focinho do bicho. Numa simples frase conseguiu resumir na perfeição o "apito dourado" e mais de três decadas de corrupção na história recente do futebol português!

Dizer que Soares Dias não vai poder arbitrar o Benfica-foculporto é o mesmo que afirmar que a chuva é molhada, a terra redonda, que o sapo saraiva padece de raiva ou que o mergulhador André já nasceu de barbatana no pé. Se quisessem o Soares Dias a arbitrar o clássico não lhe tinham dado o apito no ultimo Feirense-Benfica. Com o Hugo Miguel (por motivos semelhantes) fora de combate, será um dos jovens lobos (Luís Ferreira, Fábio Veríssimo ou Tiago Martins) a decidir se o André tem licença para mergulhar ou se o Tiquinho já aprendeu a nadar. Seja como for; a caldeirada parece sinistra! E ainda há o xistra.

E se o Jorge Sousa, de repente, curar as maleitas que pareciam afectá-lo? Alguém lhe trata da viagem à Catedral ou vai ter de ser ele a arranjar uma boleia com a claque da selecção? E nem precisa de cantar o «filhos da puta SLB» e o «quem não salta é Lampião». Basta-lhe envergar o cachecol da naçon.

«A festa do Ronaldo». Foi assim que a comunicação social baptizou o Portugal-Suécia de ontem à noite! Dezasseis anos depois a selecção do macaco voltou a jogar na ilha do Ronaldo. O craque do Real Madrid ficou tão satisfeito que até levou na mala a taça de campeão europeu - que ele conquistou aos franceses - para a mostrar aos eufóricos ronaldenses.

Além do soldado Pepe, que o ajudou a transportar o troféu, acompanharam-no uns quantos rapazes que aproveitaram a visita ao aeroporto do Ronaldo para conhecer o museu e a estátua do Ronaldo. Da excursão constou, observar o pôr do sol na praia da Georgina e paragens obrigatórias para comprar suvenires na loja da Dolores, lingerie para as namoradas no boteco da Elma Aveiro e, na discoteca da Katia, arremataram-se 45 caixas do seu novo CD, devidamente empacotados pelo ex-marido da diva!

Depois de uma demorada visita guiada à melhor casa da melhor Dolores do Mundo, seguiu a procissão em direcção à praça Cristiano Ronaldo - no enfiamento das bombas de gasolina super CR7 - onde se atestaram as viaturas com o melhor combustível do Mundo. De regresso à estrada, já em plena avenida Cristiano Ronaldo - puderam finalmente contemplar o imponente hotel do Ronaldo, construído no melhor sopé na melhor encosta do Mundo. A sua fachada, de cariz aguçado, apontado às nuvens, faz lembrar um dos mais vistosos ''tomahawk's'' do craque. O Ronaldo Hotel tem a melhor vista do Mundo para o melhor mar do Mundo e uma capela com um busto do melhor Ronaldo do Mundo em cima do altar. Foi ali que todos fizeram as suas orações, antes de deitar.

Foi uma pena que ninguém pagasse a viagem, e o passeio, ao macaco. Sem esse imprescindível apoio percebeu-se melhor a fraqueza da selecção. Órfão dos cânticos do «filhos da puta SLB» e do «quem não salta é Lampião» assim se estragou a festa do anfitrião. Mesmo num particular na Madeira, que até deu para dar tempo de jogo aos jogadores do Benfica, não se pode facilitar dessa maneira!

Uma pergunta; se o antigo aeroporto da Madeira é agora o Ken do Ronaldo, Porto Santo pode aspirar ser a Barbie do Cristianinho?

Um fedelho parvo é um fedelho parvo. O facto de ter o nome escarrapachado num aeroporto não faz dele outra coisa que não um fedelho parvo que passou a ter o nome escarrapachado num aeroporto. 

Para não me sentir pior que um carneiro no meio do rebanho quero dizer publicamente que me revejo totalmente nos atingidos pelo discurso ressabiado que o fedelho parvo leu na cerimónia de atribuição do seu nome ao aeroporto da Madeira. De facto, se dependesse de mim, nunca esse fedelho teria o seu nome escarrapachado num vão de escada. Quanto mais num aeroporto!  

14 comentários:

  1. Sob pena de ser acusado de xenófobo e homofóbico, sempre vou dizendo que isto de dar nomes de vip's a aeroportos internacionais é coisa terceiromundista, mais aceitável em países, sei lá, tipo Marrocos. Aí sim, eu veria com toda a naturalidade um Aeroporto "Cristiano Ronaldo".

    ResponderEliminar
  2. Sempre em grande, Guachos.
    Geralmente a cagança dá mau resultado. E os corruptos do clube das putas estão cheios dela...
    Pau neles, companheiros! Sem dó nem piedade!

    Gonçalo
    Castelo Branco, cidade ENCARNADA

    ResponderEliminar
  3. Acho normal. Acho absolutamente normal.
    Os Americanos têm o Aeroporto JFK
    Os Franceses têm o Aeroporto Charles de Gaulle
    Os Italianos têm o Aeroporto Marco Polo
    E nós temos o Aeroporto Cristiano Ronaldo.

    E nem sequer estou a ser irónico. Acho mesmo absolutamente normal. Tristemente normal.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo. Com tantas figuras famosas que tornaram Portugal no país que no séc. XV e seguintes despoletou a globalização e o comércio universal, foi o paradigma da expansão europeia, criando interacções e conhecimentos entre povos de várias extremidades do mundo, estabelecendo laços que duraram mais de 500 anos e influenciaram a cultura, a comida, a flora, a arte, a história, a língua, os genes assim como o domínio Ocidental que só agora está a reverter.

      Podia chamar-se Cristóvão Colombo, por exemplo, um descobridor português que viveu na Madeira e que ao serviço de Espanha (e do rei D. João II) abriu aos espanhóis e aos europeus a porta da América.
      Ou Afonso de Albuquerque. Ou D. João II, o nosso grande rei, aquele esteve por detrás de toda a estratégia dos descobrimentos.
      Eu, se fosse Cristiano Ronaldo, teria recusado que em vida me fizessem isto.

      Eliminar
    2. desculpe la a pergunta mas onde leu escrito que Cristóvão Colombo foi um descobridor português? pelo que sei e reza a historia ele nao era nem português nem espanhol pelo que sei ele nasceu na republica de Génova em Itália. Pode conferir aqui...https://pt.wikipedia.org/wiki/Crist%C3%B3v%C3%A3o_Colombo............. E PLURIBUS UNUM

      Eliminar
    3. Carlos, nem tudo o que vem na Wikipedia é verdade ou está correcto. Eu também sei o que lá está escrito. Um conjunto de historietas falsa que são as tretas que os italianos andar a venderam durante centenas de anos mas que não são verdade. Colombo, que nem era o seu verdadeiro nome, nunca podia ser italiano. Só pode ser português.
      Mas se está interessado em informar-se, deixo-lhe o link. Mas aviso-o desde já que vai levar semanas a ler tudo.

      http://www.filorbis.pt/colombo/index.html

      Eliminar
    4. Carlos, não vou tão longe como o Manuel, afirmando perentóriamente que o Cristóvão era português.
      Agora as probabilidades de ter sido italiano são tantas como as de eu virar lagarto.

      Eliminar
    5. Manuel Afonso, ahahahahahahaah!

      Eliminar
  4. Por mais incrível e surrealista que pareça, e de coisas reais que mais parecem ficção está o futebol português atolado, entre aqueles jovens turcos e Xistra, que venha este. Mas acho que virá mesmo o Sousa dragão.
    Por falar em surreal, um dia destes não me admiro que a bela ilha onde vivi tantos anos e o meu filho mais novo nasceu, também ela, mude de nome e passe a ser ilha CR7. Já faltou mais.

    ResponderEliminar
  5. O ronaldo ter o nome no aeroporto conta como título do spitting? Não deveria o brunalgas dar uma volta olímpica ao aeroporto?

    ResponderEliminar
  6. Proponho que se mude tambem o nome da ilha da Madeira para ilha Ronaldo.

    ResponderEliminar
  7. Meus amigos,

    Continuo a aguardar a aposta é respectivas odds no Placard, mas ponho tudo no Fábio Veríssimo. Ia chamar-lhe qualquer coisa abaixo de "vendido corrupto filho da...", mas acho aquilo não merece que eu canse neurónios.

    Quanto aos nossos pasquins, gostava de partilhar convosco o progresso do meu processo de desintoxicação.

    Há cerca de 3 anos que não gasto um cêntimo na compra de Nojos, Bolhas ou Rascords.
    Esta parte foi mais difícil e exigiu algum rigor mental mas, há mais de seis meses que não dou dinheiro a ganhar àquela corja, com acessos às páginas na internet.

    Recomendo vivamente está terapia.

    VIVA O BENFICA!!!

    Pedro

    ResponderEliminar
  8. Quero aqui fazer um reparo para o quão a nossa blogosfera anda a trabalhar bem. Não só o guachos, mas todos os blogs BENFIQUISTAS! Continuemos pois rapaziada, mantenham a velocidade que eu antevejo um desfecho muito lindo. Existe um cântico que diz que ninguém pára o BENFICA, e que assim seja literalmente! Bravo rapazes! Vamos a eles, que eles abanam por todos os lados! Parecem baratas tontas! Quanto mais se mexem mais se enterram!

    ResponderEliminar
  9. Viva Guachos,

    Estava a ver que deixavas escapar as declarações do mete nojo do bairro da boavista que andou, juntamente com o seu irmão, a matar a fominha durante anos nas escolas da Luz. Nunca foi nada de especial no nosso clube e apenas desatou a correr que nem um doido quando foi para os ares de contumil, vá-se lá perceber porquê... o resto é história, não calçou em mais lado nenhum e acabou gordo como um porco que é! (danos colaterais da amarelinha)
    Dos outros desenterrados, como o agarrado do Jardel, nem vale a pena falar que até dá dó ao que chegou o homem... os mérdia esses continuam a desenterrar ilustres apoiantes dos fruteiros, tal é a força que torcem pela vitória destes.
    Dos apitadores, para mim, é tipo venha o diabo e escolha! Nenhum me dá garantias de um jogo limpo.
    Temos de dar 200% se quisermos vencer!
    Quanto ao assunto principal, é que não há pachorra para ver, ler e ouvir tanto lamber de tomates a um gajo!
    É quase tão proporcional com a escala de vulgaridade e brejeirice a que chegou a admiração colectiva a um tipo, que de tão vulgar que é, só dá razão à máxima de que as pessoas têm a importância que lhes dão, e no caso a importância vai muito para além para um tipo que apenas sabe dar uns pontapés na bola!
    Subscrevo, que para mim nem uma viela merecia ter o seu nome, mas isto sou eu que não tenho ídolos de pés de chinelo...

    Rossetti

    ResponderEliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não vale a pena perderes tempo...faz-te à vida malandro.