sexta-feira, 27 de maio de 2016

A “Batalha Económica” II.

Por José Albuquerque

Já está quase!
Já falta pouco para que eu regresse aos textos sobre o Clube, tão habituais até há alguns meses e dos quais tantas saudades tenho tido.
Devem ser mais de um milhão os temas sobre os quais tive vontade de escrever alguma coisa que pudesse ser pertinente, que, talvez, acrescentasse alguma coisa ao que se diz e escreve a propósito do Glorioso. É tanta coisa que vou ter de me esforçar para fazer sentido e não me baralhar a meio: é para isso que servem os títulos, como este que escrevi ali em cima e que escolhi para me antecipar ao texto que o Companheiro B Cool nos vai escrever sobre as “Contas” do último trimestre (do fim de março) que devem estar para ser publicadas, aproveitando, também, a oportunidade gerada pela publicação do “Estudo” da KPMG “football clubs valuation” (para leitura do documento, copiem o endereço abaixo).


Passaram uns anos desde que eu escrevi um primeiro texto com este título e, confesso, sonhei que seria possível o Benfica acumular bons resultados desportivos com a recuperação dos Capitais Próprios do Nosso Grupo económico (o que implica a melhoria da relação Activo/Passivo), exactamente porque eu acredito que se trata de um binómio que se deve manter insolúvel e que se potencia biunivocamente no longo prazo.
E o triénio que terminará em junho próximo vai demonstrar tudo o que eu anunciei!
Um TRIntaecinco e um verdadeiro tsunami de títulos em quase todas as modalidades, incluindo vários títulos continentais e, melhor ainda, um papel crescente dos títulos obtidos pelas Nossas Equipas e Atletas femininas, tudo isto combinado com uma recuperação de algumas dezenas de milhão de euro nos Nossos Capitais Próprios.

Razões para festejarmos?
Claro! Muitas razões e muitos festejos ... e uma catástrofe entre os anti, Taliban incluídos, cujo sofrimento excede, largamente, a surpresa dos especialistas da mérdi@, aparafusados na ignorância quase comatosa de centenas de previsões desmentidas.

Sofremos bastante, Companheiros.
Sofremos e suportámos, anos a fio, um castigo que merecemos por inação. Por inação e por termos permitido que, em quase duas décadas, a incompetência e o populismo desbaratassem boa parte do que fora construído nas primeiras 8 da Nossa Gloriosa História.
Sofremos muito, é inegável, mas também estivemos à altura dos “Ases que Nos Honraram o passado” e deitámos mãos à obra de reconstruirmos o Clube, para o deixarmos aos Mais Novos melhor e Maior do que o recebemos dos Mais Velhos.

O “Football clubs valuation” da KPMG (estudo reportado a 31/12/2015).

21º Clube mais valioso, é o que a KPMG diz que Nós somos e avalia-Nos em 285M€! Sabiam?
Claro que não sabiam, porque a mérdi@ nacional está sem saber como divulgar esta notícia e por uma razão evidente: os andruptos aparecem só no 28º lugar (188M€) e a osgalhada ... nem lá aparece.
Ou seja, faz-me lembrar a anedota do professor que explica a um pai as notas dos seus filhos dizendo que: este nada e aquele, nem nada!

Se querem saber, aproximadamente, como é que a KPMG chega àqueles valores, então sigam o endereço que vos dei e tratem de ler (se tiverem dúvidas, venham cá dar conta delas e tentaremos resolvê-las), mas se vos contentar uma síntese do trabalho (na parte que Nos toca), então aqui vai ...

Basicamente, os técnicos da KPMG elaboraram um algoritmo (uma “caixa negra”, em economês, referida na página 11) que relaciona 5 variáveis tidas por fundamentais (Rentabilidade, medida pelos resultados contabilísticos, Popularidade, medida pelo número de seguidores nas “redes sociais”, Potencial Desportivo, medido pelo valor do plantel no Transfermarket, Direitos de TV e, finalmente, Propriedade do Estádio) e, depois, completam esse resultado com um outro a que chamam EV (Enterprise Value) e que me obriga a escrever um novo parágrafo, todo sublinhado, para castigo de todos os anti, Taliban incluídos ...

O tal EV (página 9) calcula-se somando o Valor das Ações (tomando a cotação em bolsa) com o Valor do Passivo (?????) e subtraindo (ahahah) o Valor do dinheiro “em caixa”!

Confusos?
É natural, ahahah (estou a imaginar o espanto do Companheiro Mathayus), porque a KPMG preferiu ir do Rossio ao Marquês ... passando pelo Castelo.

Ora sigam lá este raciocínio ...
Admitindo que o Valor das Acções (como se tivessem o seu valor facial, ponderado pelas Reservas e Resultados) era igual aos Capitais Próprios, a sua soma com o Passivo seria igual a ... ao Activo, pois claro!
E se ao Activo total retirarmos a liquidez imediata (Caixa, Depósitos, etc.) ficamos com o quê?
Claro que ficamos com aquilo que mais fundamentalmente tem Valor numa SAD: o Valor do Plantel, das instalações, dos equipamentos e dos Créditos ligados ao “core business”.
Exactamente aquilo a que os “especialistas” se recusam a “dar valor” porque ... “não se pode vender”, ahahah!

Digam-me lá se não tem muita piada que os especialistas (estes sim, especialistas) considerem o “Valor” de um clube directamente proporcional ao Valor do seu Passivo?

Claro que tem graça!
Até chega a ser quase poético e eu prevejo que o Al Calotes vai fazer uma posta no feicebuque, só para gritar, agora sim, que é a osgalhada que tem o maior Passivo, ahahahah.
Não admira que os “especialistas da mérdi@” tenham fugido deste estudo ainda mais que o diabo foge de cruzes.

O que é mesmo importante, é que o Companheiro B Cool nos vai explicar como as “Contas” do Grupo Benfica estão cada vez mais sólidas e, se possível, prevendo qual o nível de recuperação dos Capitais Próprios (pelo Resultado deste Exercício) que podemos esperar para o final de junho, mesmo que, até lá, não “saiam” mais Atletas além do Bulo e do Nico.
E isso é importante porque, depois de um triénio de “Lucros” e bons resultados Desportivos, só as bestas pior intencionadas poderão continuar a alimentar dúvidas sobre a qualidade da Nossa Gestão, atribuindo à “sorte”, a coincidências ou ao raio que os parta aquele que, de muito longe, é o melhor desempenho de todos os clubes nacionais (e um dos melhores em todo o planeta).

Viva o Benfica!

P.S.1 – sai a notícia formal da renovação do “Imperador” e o que concluem os anti? Obviamente, que o Ederson “já foi”;
P.S.2 – o Presidente foi à China? Obviamente foi vender o “Pistolas” e, por “sorte”, trouxe de lá o naming da Catedral;
P.S.3 – a serem verdade as declarações do Nosso Técnico, considero uma vergonha que a Nossa “estrutura” não tenha sabido garantir que a última pré época decorria nas melhores (e necessárias) condições de treino. Vergonhoso!

quinta-feira, 26 de maio de 2016

Cronologia (muito resumida) da época 2015/16

Verão quente...
Sai o lagarto ressabiado entra Rui Vitória. Pânico na hostes benfiquistas, grande euforia nos lagartos, muito foguetório e vivas ao novo campeão. Especialistas e paineleiros - de todos os quadrantes - declaram outra hecatombe (todos os anos aumenta a eminente tragédia) no Benfica, os taliban pedem - outra vez - a cabeça de Vieira, Ricardo Araújo Pereira ablita-se a ser uma besta, o bruxo de Fafe corre para o telefone à espera de um telefonema do "rascord", e o GV vê-se obrigado a engolir um chouriço.

Pré-época apocalíptica do Benfica, como que a querer dar razão aos críticos, e o Mundo prestes a desabar! O Rui já era derrota, maxi paneleira prometia a Champions - encantando os jornaleiros - e o Casillas cansava só de o ver bater recordes. Maicon era um centralão, Osvaldo um achado e o Martins Indi valia mais que toda a defesa do bicampeão. O Benfica, dizia-se, lutaria com o Guimarães e Paços de Ferreira, quiçá com o Marítimo, pelos despojos do Braga, por essa altura a terceira força nacional. O titulo estava entregue - em partes iguais - aos compadres de Contumil e alvalixo.

Nunca uma super-taça foi tão festejada. Nunca uma super-taça foi tão importante! Momentos mágicos que provocaram 35 orgasmos múltiplos a rui santos enquanto acariciava o video vasco do namorado...Esgotado com tamana emoção - dormiria que nem um carneiro.

Momento marcante, arrepiante, que ficará na história do Benfica...
Minuto 70, a perder 0-3 - em casa com as osgas - os adeptos levantam-se em peso para gritar Benfica, Benfica, Benfica. Foi assim durante vários minutos. Incrível manifestação de orgulho e paixão genuína. Ninguém naquele plantel poderá jamais esquecer! Um banho de benfiquismo para uns, Baptismo, Crisma, Comunhão Solene para todos. O Ferrari começava a rugir!

Com os especialistas à perna...
Vivia-se o tempo dos patéticos chavões - sem o fio de jogo e futebol aos repelões, uma lenga-lenga que duraria meses e que nem as muitas goleadas que se seguiram conseguiam calar...
Era o tempo dos testes...em Braga é que era, em Guimarães é que ia ser...
Era o tempo em que a canalha taliban - que neste momento não larga as canelas a LFV porque havendo propostas milionárias para quase todo o plantel há enormes possibilidades de vendas - rosnava que o plantel não tinha classe e que era preciso comprar 30 jogadores e enviar outros tantos para Cuba. Agora já são todos bons e ai de Vieira se os vender, ao desbarato, pois claro!

Momentos chave da época...
Foram três, na minha opinião, os momentos que decidiram os rumos do campeonato.
1º - A derrota do foculporto no alvalixo, deixando o peidoso a falar fininho. "Morreu" aí Lopetegui e com ele toda e qualquer possibilidade do clube da fruta voltar a ser verdadeiramente competitivo. Com um foculporto mais forte estou absolutamente convencido que os lagartos não aguentariam a pressão de perseguir o Benfica aguentando o bafo quente do foculporto. Um enorme tiro no pé de peido da costa que pagaria bem caro no Jamor, frente ao Braga.

2º - A vitória do Benfica no alvalixo. Ficou aí decidido o campeonato, que esteve quase a descambar no Bessa, onde Jonas - 3º momento da época - lhe deu o golpe de misericórdia.

Momentos mais rascas...
Foram muitos, a maioria protagonizados pelos batráquios.
O jogo com Tondela, no alvalixo, onde nos vimos transportados para o terceiro mundo da bola, com o lagartedo em polvorosa exigindo ao árbitro que adulterasse o resultado do jogo. 

As cotoveladas impunes do Slimani (Sulimane em linguagem de sapo) e o aborto que resultou do acórdão do conselho de disciplina.
A mão inacreditável do Tonel, no lagartos-Belenenses, que salvou o lagartedo mesmo em cima da hora, e o golo do mesmo Tonel - na própria baliza - no Belenenses-foculporto que abriu caminho à vitória do clube da fruta...

E as poupanças - a famosa mala - que fizeram da parte final do campeonato uma verdadeira farsa.
Lito Vidigal, Quim Machado, Pedro Martins e José Peseiro, fizeram fretes evidentes ao sporting de Lisboa e/ou pouparam-se antes para aparecerem em grande nos jogos com o Benfica, adulterando a verdade desportiva. Paulo Fonseca foi o único, que, tendo feito o mesmo; oferecer uma vitória fácil aos lagartos, teve motivos compreensíveis para o fazer o que fez. Terá ganho aí a Taça de Portugal. Norton de Matos foi uma decepcionante vergonha e nelo vingada foi demasiado rasca para merecer mais conversa.

Constatação na cs;
Nunca, nem sob ameaça de arma, se referir ao bicampeão nacional usando o termo bicampeão nacional. Encarnados serve muito bem. O mesmo para BTV.
Sorte; se o bicampeão ganhar com um golo marcado nos últimos minutos - repetir até cheirar a alho que foi uma questão de sorte. Se o mesmo se passar com os lagartos - repetir magia e épico até doer as falangetas.

Momentos de excepção;
Vitórias do tricampeão em Madrid, no Vicente Caldeirón, e na Rússia, frente ao Zenit.
Os jogos frente ao Bayern, jogando de igual para igual, nos quarto de final da Champions.
Nico Gaitan e as lágrimas de despedida na final da Taça da Liga. 
A entrada de Renato Sanches na equipa que elevou o Benfica para um patamar de excelência e a afirmação de Lindelöf e Ederson.
AS 23 vitórias nos últimos 25 jogos do campeonato!!!

quarta-feira, 25 de maio de 2016

Prémios e trofeus do ano, GV

Ao sabor da pena...

Bichanice do ano - Carriço, namorado de Rakitić. Quatro jogos de castigo por chamar maricas ao árbitro.

Taça rui santos - Peseiro pelo futebol positivo.

Melhor indumentária - José Peseiro na final da Taça.

Melhor atacante - tonel.

Corno manso - brunalgas. Perfilha tudo o que encontrar no Jardim. Depois de semanas enrolado com o presidente do foculporto, se daqui a nove meses jorge lagarto parir um peidinho florido, o brunalgas chama-lhe filho.

Diz que é uma espécie de jornalista - rui santos.

Conferencia de imprensa mais patética do ano - todas as do José Peseiro.

Osga do ano - rui santos.

Bruxo do ano - Ricardo Araújo Pereira.

Comediante - bruxo de Fafe.

Tapete rasca - augusto suinácio.

Cabeçudo - Manuel Serrão.

Megalocéfalo - Rogério Alves.

Garrafão - rui oliveira e costa.

Carneiro - josé de pina.

Carneiro seboso - palitos ferreira.

Não acertamos uma  - mais transferências.

Taça do troféu mais importante - super-taça.

Melhor dor de corno da época - sporting do Lumiar 0 - Benfica 1.

Melhor falhanço da época - Bryan Ruiz no sporting do Lumiar 0 - Benfica 1.

Golo mais indigesto - Mitroglou no sporting do Lumiar 0 - Benfica 1.

Poupança da época - Norton de Matos (10 mudanças no alvalixo).

Carneiro manso - nelo vingada.

Primeiro lugar à condição - sporting do Lumiar.

Ironia do costume - Suk e Marega.

Mais diopetrias - miguel blind zero.

Melhor tácita suicida - pirolito vidigal no alvalixo.

Melhor suicídio colectivo - Arouca no alvalixo.

Sinto-me tricampeão - eduardo chungoso.

Frase mais inteligente da época - carlos xavier - «preocupa mais o foculporto a 4 pontos que o Benfica a 1».

Prémio "casal ventoso" - fernando mendes.

Diz que é uma espécie de carneiro - Carlos Severino.

Tia de Cascais - ótavio machado, cada vez mais parecido com a Betty Grafstein.

Vencedor do ano - jorge lagarto; venceu tudo o que não foi capaz de ganhar. 

Perdedor do ano - Rui Vitória; 'perdeu' tudo o que foi capaz de ganhar.

Liga da verdade - sporting do Lumiar.

Video vasco - o pináculo da perfeição.

Felatio do ano - rui santos entrevista jorge lagarto.

Picareta - Manuel José.

Tirem-me daqui - guilherme alguidar.

Comentarista que o Mundo consagrou - Carlos Daniel, professor do professor (Vitó da mosca) de Guardiola.

Navegar navegar - Hernán Barcos.

Contratação do ano - Osvaldo.

Mais utilizado - Taarabt.

Melhor cotovelo - Slimani (Sulimane em linguagem de sapo).

Ancião do ano - Renato Sanches.

Flop - Jonas.

Recusado porque prefiro o Teo Gutiérrez - Mitroglou.

Mais desejado - Teo Gutiérrez.

Mais vendido - William carvalho.

Mais recordes - Iker Casillas.

Menção desonrosa - peido da costa.

terça-feira, 24 de maio de 2016

Pior a emenda que o soneto...

É fodido quando não se consegue largar o luto.
O pior que pode acontecer a um humorista é querer ser levado a sério, quando opina publicamente sem estar a representar, prometendo retratar-se se errar no prognostico, e vir depois fazer uma rábula em forma de piadola, tentando dizer que disse o que não disse mas que o que disse foi porque disse e que se o disse foi porque disse o que os outros disseram! Foda-se! Ou retrata-se no mesmo registo - de especialista da treta - ou cala-se como um verdadeiro especialista da treta. Fazia como os outros (especialistas da treta) que disseram o disseram mas que o que disseram foi porque disseram o que os outros diziam! Bora lá para o Marquês e viva o Benfica que a todos tolera.

O Ricardo Araújo Pereira teve dois momentos maus. O primeiro e o segundo. Com a agravante de que o segundo foi muito pior que o primeiro. Ser um ejaculador precoce, com a mania de que se é engraçado, pode ser tratado nos locais apropriados. Ter a mania que se tem a razão mesmo quando os factos o desmentem a toda a linha - não tem piada nenhuma. É somente burrice. Ah, e pensar, pior; afirmar que o presidente o quer mandar calar, já passa para o domínio do irracional, do tipo imbecil, que ele de todo não é. Basta despir o luto, caralho!

O que eu acho mais anedótico é que os mesmos artistas que - em todos os inícios de época - só vislumbram catástrofes e cataclismos sem fim, voltem em Maio convencidos de que tudo o que de bom aconteceu foi por obra do acaso, das lesões, do raio que os parta a todos, ou da puta da auto-estrada que não tinha transito!

PS; Já andam por aí uns quantos mafagafos a surfar nas costas (largas) do Ricardo. O pior é que nunca têm graça. Ao contraio do Ricardo.



segunda-feira, 23 de maio de 2016

Prémios GuachosVermelhos - melhor treinador.

Começamos hoje a atribuição dos prémios GuachosVermelhos (prémios GV)
Melhor treinador...

Nomeados;
  1. Jorge Lagarto - por dar um bacalhau ao Lopetegui e por ganhar 10-0 ao Quim Machado.
  2. Torre do Lopetegui - porque deu outra visão ao campeonato.
  3. Quim Machado - por ter feito os melhores resultados contra o melhor treinador do rui santos.(0-10 no somatório)
Divididos em três fases - são estes os critérios previstos no regulamento para a atribuição do troféu;
  1. Ser corrido do Benfica.
  2. Fazer menos pontos que o campeão.
  3. Ganhar 3 jogos ao futuro campeão.
  4. Ter um roupeiro chamado Paulinho.
  5. Ser eliminado na pré-eliminatória da Champions League.
  6. Levar dois secos do Portimonense e ser escorraçado da Liga CTT.
  7. Comer três batatas do Skënderbeu.
  8. Ser eliminado pelo Braga da Taça de Portugal.
  9. Empatar em casa com o Tondela.
  10. Empatar com o Boavista.
  11. Empatar em casa com o Rio Ave.
  12. Perder no União da Madeira.
  13. Empatar em casa com o Paços de Ferreira.
  14. Perder em casa com o Benfica no jogo do titulo.
Não ter...
  1. A melhor pontuação.
  2. O melhor ataque
  3. O melhor marcador.
  4. A melhor série de vitórias.
  5. O Maior numero de vitórias em casa.
  6. O maior numero de vitorias fora (igual à do rival).
  7. A melhor media de golos marcados.
  8. A melhor media (tecnicamente igual à do rival) de golos sofridos.
  9. O melhor gol average entre os dois.
  10. O recorde absoluto de numero de pontos.
  11. O golo marcado fora mais importante (Mitroglou no alvalixo).
  12. Não ser Tricampeão.
  13. Não ganhar a Taça da Liga sem derrotas.
  14. Não chegar aos quartos de final da Champions League.
  1. Pensar que um ano não tem 12 meses.
  2. Assistir aos jogos do campeonato brasileiro - no PFC - pela noite dentro.
  3. Ter madeixas loiras à moda da Lili Caneças.
  4. Mastigar chiclas com classe.
  5. Cuspir mais longe.
  6. Gritar muita alto.
  7. Perceber bués de cortes do relvado.
  8. Ter uma capa na revista QG.
  9. Ser amigo do rui santos
  10. Chamar sulimane ao Slimani.
  11. Jogar muita bem na pleistachõm.
  12. Ter muitos amigos que são amigos do rui santos.
  13. Tratar por tu o rui santos.
  14. Ganhar a taça rui santos.
O prémio só pode ser atribuído por unanimidade.
Júri do concurso; GV
Factores de desempate; 
Ganha quem tiver uma amêndoa atravessada na garganta. 
Ganha quem exibir o melão maior.
Em caso de duvida usa-se o videovasco.
Se ainda assim persistir o empate aplicam-se os pontos 2º e 4º  da primeira fase do regulamento.  

Por ter jogado o melhor futebol desta liga o vencedor acumulará os troféus da Taça de Portugal e da Taça da Liga. Se chover entrega-se uma taça ao sporting do Lumiar. Se fizer sol - também. 

Quim Machado esteve várias jornadas na frente (depois que levou um acumulado de 10-0 frente aos lagartos) mas fracassou na parte final do campeonato ao não ser capaz de levar a mala (2-1 na Catedral da Luz) para casa. 
Caminho aberto à torre do Lopetegui que lutou até à ultima jornada com jorge lagarto pelo almejado troféu. Após várias horas de discussão e grandes duvidas - que nem o videovasco conseguiu desfazer - o Júri decidiu - por unanimidade - atribuir o prémio a jorge lagarto - aplicando o factor de desempate (pontos 2º e 4º ) previsto no regulamento.

domingo, 22 de maio de 2016

Mais outra injustiça...

Mais uma vez se comprova. Sem os árbitros debaixo da asa não valem a ponta de um corno. Qual estrutura qual carapuça! Sem putedo e árbitros corruptos não passam da cepa torta. 

As declarações mesquinhas, e pequeninas - do presidente e do treinador - focados no Benfica em vez de se concentrarem na Taça, levaram os adeptos a chamar muito pelas mamãs enquanto entoavam o SLB... sobrou o penoso regresso e uma enorme dor de corno.

Os compadres do alvalixo, e Contumil, que no inicio da época foram dados pelos especialistas como favoritos a ganhar tudo - acabam a temporada com um enorme melão em forma de consagração. O rasteiro rui santos já mandou fazer uma replica do troféu para entregar aos lagartos. Diz que também arrasaram na Taça.
Uma coisa é certa; nenhum ganhará o próximo campeonato (super-taça) da pré-época, ao tricampeão.