sexta-feira, 24 de maio de 2019

Tá fodide...

Os três melhores treinadores do mundo e arredores estão todos os dias no rascord a dar entrevistas. Se não estão, então é o rascord que reproduz, ou reinventa (que sei eu) todos os dias declarações de José Mourinho, Villas Boas e Jorge lagarto. São às toneladas. Enquanto Bruno Lage e Rui "Derrotas" foram ambos campeões pelo Benfica - Rui Vitória acumulou com o titulo da Arábia Saudita, de onde Jorge lagarto foi escorraçado - os três da vida airada, favoritos da merda de comunicação social que temos, desunham-se para arranjar um clube à medida das suas enormes e tão badaladas potencialidades. Tá fodide. O Barcelona tem treinador, o Bayern também, os Manchester City e Unitd não dão mostras de se querem ver livres dos seus, o PSG continua servido, o Liverpool parece bem preenchido e não estou a ver o Agnelli a contratar os três sem primeiro saber se o boneco Conceição se compromete a fazer a rodinha da sorte sempre no centro do relvado do Juventus Stadium. E o pior é que até o Braga já anunciou que o Abel Ferreira, tão cedo, não vai largar a cadeira!...

Em portugal esqueçam. Assim que houver uma vaga, pirolito Vidigal já veio dizer que é sua. «Lito Vidigal diz-se convicto de que, mais tarde ou mais cedo, irá sentar-se no banco de um dos ‘grandes’ do futebol português» (...) «Eu não quero treinar esses clubes só para dizer que passei por lá. Quando treinar esses clubes vou ter de ser campeão. Vai acontecer, mas vai acontecer num momento em que eu esteja preparado para ser campeão» (...) «Eu sei que vou treinar um desses clubes de maior dimensão em Portugal, não sei é quando. Importante é estar preparado e preparo-me todos os dias esperando que chegue esse momento. Se calhar ainda não aconteceu, porque se fosse agora, provavelmente, não seria campeão». E pronto. Depois do "special on", da "cadeira de sonho" do bilhas Boas e do Jorge lagarto, "grande conquistador" dos batráquios, venham de lá esses machos (entrevistas) do pirolito Vidigal!

Tá fodide vendar o moçe...A bolha do Serpa; DIRECTOR-DESPORTIVO DO MAN. CITY PRESENTE NO JAMOR PARA VER BRUNO FERNANDES. Bla, bla, bla, bla, bla, bla...e mais bla, bla, bla, bla, bla, bla até à realidade bem explicadadinha nas linha interiores...
"Txiki Begiristain, director desportivo do Manchester City, vai estar no Estádio Nacional a convite do próprio Sporting".

Mais da bolha do Serpa; «Caso o Sporting vença a Taça de Portugal, no próximo sábado, diante do FC Porto, a festa será no Estádio José Alvalade...Será aí que jogadores e restante staff irão celebrar com os sócios e simpatizantes». Fazem bem, os sapos, em festejar a conquista da taça em casa. Podem convidar os compadres da fruta para umas 'jolas' em família sem dar nas vistas e, depois do tsunami vermelho da semana passada, também tá fodide. Qualquer ajuntamento no Marquês iria sempre parecer uma chuveirada atrasada.

Do lado foculporto nada foi divulgado mas, sabendo-se como se pelam por celebrar as conquistas da fruta no aconchego do Calor da Noite e na Taverna do Infante, não custa perceber para onde é que irão celebrar a conquista. Levam umas fresquinhas das arcas do Reinaldo e celebram o feito com os padres da UEFA - "O FC Porto cumpriu parcialmente as metas estabelecidas para a temporada 2018/19. Como consequência, as medidas desportivas condicionantes previstas para o FC Porto, como as restrições de transferências e a limitação do número de jogadores na Lista A (competições europeias), continuarão a aplicar-se na temporada 2019/20". Ficou mais fodide?...

«Mihajlovic visa Sporting: «Acusaram-me de fazer coisas que nunca fiz e isso será provado». "Antigo treinador dos leões diz que em agosto caso irá à justiça". Tá fodide nos sapos...e o melhor...é perceber que eles ainda não perceberam que o melhor está para vir. 

«JORGE MENDES OBRIGADO A PROCURAR NOVO EMPRÉSTIMO PARA ANDRÉ SILVA»
Também tá fodide colocar o mergulhador. De empréstimo em empréstimo até à piscina dajantas...

quinta-feira, 23 de maio de 2019

As razões da chinfrineira...

Grandes arbitragens até à 20ª jornada (Rui Vitória, apelidado de Rui Derrotas pela esmagadora maioria dos especialistas da especialidade foi despedido à 15ª jornada) e o VAR a bombar espectacularmente até ao dia em que o Benfica passou para a frente do campeonato, após a vitória najantas em casa do clube da fruta. Grande foguetório no jogo a seguir - com o empate (2-2) no Benfica-Belenenses - e um crescente desencanto sobre a bondade dos árbitros e do VAR assim que se percebeu que o Benfica não iria vacilar. À 21ª jornada já surgiram aflitos alguns dos lesados do dez, ainda que esse momento histórico fosse encarado como um 'fait divers' - algo incomodativo pelo inesperado alarido - mas com muita sobranceria à mistura da aliança do Altis. Os meninos de Lage ainda não tinham barba na cara e faltavam as terríveis saídas à Vila das Aves, Contumil, Moreira de Cónegos, Feirense, Braga e Rio Ave... 

O Feirense-Benfica, à 28ª jornada, deu inicio a um tremendo festival de chinfrineira doentia que perdura até depois do campeonato acabar. Dos primeiros 19 jogos, onde o Benfica foi miseravelmente roubado - com os sapos e o clube da fruta a beneficiarem de grandes favores arbitrais - e de um continuado festim onde tudo parecia apontar para que até o quarto lugar fosse difícil o Benfica segurar, passou-se a um chinfrim irracional com o pânico dos paineleiros a crescer na mesma proporção em que as jornadas passavam sem o Benfica quebrar.

Chegou-se ao cumulo da tarja da vergonha, apresentada pelo clube da fruta no último jogo da época, onde acusam de favorecer o Benfica árbitros e video-árbitros como, Fábio Veríssimo, Hugo Miguel, João Pinheiro, Luís Godinho, Bruno Paixão e Tiago Martins, com forte contribuição no único titulo do clube da fruta conquistado nos últimos seis anos, para não falar da classificação adulterada desta época, com alguns dos representados na tarja que foram dos que mais contribuíram para manter o interesse do campeonato até à última jornada. 

O momento crucial do campeonato não foi a vitória (o amasso dos sapos) no alvalixo nem sequer a grande exibição e os três pontos conquistados em Contumil. O meu momento do campeonato foi...a meia final da taça da liga, onde aconteceu um dos maiores roubos da história conturbada do futebol nacional - apito dourado incluído - mas onde se percebeu que o Benfica era muito mais forte que o clube da fruta. A conferência de imprensa (patética) do boneco Conceição - disparando desabridamente para todos os lados apesar da "grande" vitória por 3-1 - por contraste com a serenidade e a confiança de Bruno Lage e dos jogadores do Benfica no final da (roubalheira) partida, "disseram-me" que o foculporto ficara borrado de medo e que a confiança do Benfica, paradoxalmente, saíra exponencialmente reforçada.

Os 5-1 ao Boavista, 2-4 ao Sporting, 10-0 ao Nacional, 0-3 ao Aves, 4-0 ao Chaves até ao saboroso 1-2 de Contumil, comprovam-no sem margem para dúvidas. O Foculporto, claramente afectado pelo amasso (apesar da vitória) em futebol jogado, perdeu a final nos penaltis com os sapos, e, depois de despachar o 'amigável' com o Belenenses, empatou de enfiada em Guimarães e Moreira de Cónegos. Ficou-lhes bem caro o serviço de Carlos Xistra e Fábio Veríssimo (um dos visados na tarja) em Braga. O resto é história, azia e mau perder. O mau carácter de uns quantos jamais beliscará a justeza (nem os números) de um titulo que, a certa altura, pareceu impossível conquistar.

No meu álbum de recordações entra directamente para o primeiro lugar, logo após o Tri e o inédito Tetra. Este campeonato - que eu considero o reinicio do Penta - como o Tri de Rui Vitória, foram conquistados num clima de ódio ao Benfica, que se generalizou pela merda de comunicação social que temos, com o beneplácito da liga do rolha Proença e da federação do Nandinho (das) facturas. Ficou claro que o Benfica unido jamais será vencido. Ficou demonstrado que o trabalho, o planeamento, a persistência e a confiança na vitória superam largamente a arruaça, a inveja e o bota-abaixo dos ressabiados. E ficou provado que nem sempre vence o crime organizado.

Nos 6 jogos com os primeiros classificados, Braga, clube da fruta e sapos; cinco vitórias e um empate. 103 golos marcados contra 74 do foculporto, 72 dos sapos e 56 do Sporting de Braga. Oitenta e sete pontos (a um do recorde extraordinário do Benfica de Rui Vitória!). 

Números do campeonato 2018/19. Melhor jogador do campeonato para a UEFA; Pizzi. 7 jogadores do Benfica no 11 ideal da UEFA. Maior numero de vitórias - 28, 27, 23, 21. Menos empates - 3,4,5,4. Menos derrotas - 3,3,6,9. Segunda equipa menos batida. Melhor marcador - Seferovic, 23 golos sem penaltis, Bruno Fernandes 20 (6 de penalti) e Rafa - 17, também sem nenhum penalti no bornal. Com os 15 penaltis (só no campeonato) dos sapos, Seferovic podia chegar a esse numero (38) extraordinário de golos!

40 golos marcados fora contra 33 do clube da fruta e 34 dos sapos. 15 penaltis para os sapos, 7 para o clube da fruta e 6 assinalados a favor o Benfica! Maior vitória (10-0) da liga. Média (sem batotas) de de 53, 209 espectadores do Campeão Nacional, contra os números (43,623) adulterados dos sapos; contam como espectadores o numero de cadeiras compradas. Seguem-se-lhe os 42,674 do clube da fruta, que há anos adulteram os números oficiais (a casa decimal coincide sempre com o marcador do golo da vitória) sem que a federação e a liga os obrigue a comportarem-se como as pessoas sérias.

70 cartões amarelos, 2 duplos amarelos e 5 vermelhos para o Benfica, contra os 61 amarelos do clube da fruta, nenhum duplo amarelo e um vermelho mostrado no ultimo minuto do último jogo do campeonato! 100 amarelos para os sapos, 2 duplos amarelos e 5 vermelhos. 

12 jogos em casa do Benfica nos 12 primeiros lugares da tabela de espectadores. Foculporto no 13º e 14º lugar (com um foculporto-Benfica evidentemente) mais Benfica no 15º lugar e só depois aparecem os sapos com esse Sporting-Benfica (of course) numa honrosa 16ª posição da tabela classificativa!

Alguns outros dados interessantes; Campeonato...
Benfica-foculporto. Lema expulso aos 82 minutos.
Foculporto-Benfica. Gabriel expulso aos 77 minutos. Golo irregular (fora-de-jogo de Pepe) de Adrián López.
Taça da liga, primeira parte. Os dois primeiros golos do clube da fruta marcados irregularmente e um mal anulado ao Benfica.

Campeonato..
Sporting-Benfica. Odisseas expulso aos 85 minutos. Penalti de Bas Dost.
Benfica-Sporting. Penalti de Nani.
Taça de Portugal. Sporting-Benfica. Rafa expulso depois do jogo acabar.

quarta-feira, 22 de maio de 2019

É lidar...

Não está fácil engolir o trigésimo sétimo campeonato do maior clube português. A UEFA compôs o onze ideal para a liga portuguesa com sete jogadores do Benfica. André Almeida, Rúben Dias, Grimaldo, Pizzi, Rafa, João Félix e Seferovic. Fruto da opinião dos especialistas da especialidade do "mais futebol" - ou será frutabol? - o SLB apenas colocou dois (Grimaldo e Pizzi) no seu melhor onze. Chupa, Benfica.

O francisco traques desdobra-se para manter a plateia - eu ia dizer a alcateia - unida à volta da desdita. Primeiro agarrou-se à batina dos padres. Debalde. A coisa não pega porque o papa (os dez pontos a mais na classificação) continua a mandar nesta merda. Agora, pendura-se na diferença de rendimento desde que o Bruno Lage tomou conta do Benfica. Diz o porta-voz do crime organizado que levanta muitas suspeitas. E eu, depois de me passar a euforia do titulo, sinto-me tentado a concordar com o arguido insolvente. Cheira-me que os doze pontos que o foculporto perdeu desde aí foram consequência de uma viagem de Bruno Lage à China. Diz que o novo treinador do Benfica regressou do oriente abarrotado de baba de caracol e placenta de burro! Era vê-lo correr que nem o Tiquinho Soares e o Marega!

Mas o pior é ciume que o deixa a arfar! 'Há um reatar de proximidade entre Benfica e Sporting'. O tonto nem sabe o que é um arrufo!

O boneco Conceição vai poder estar presente na final da Taça. Para os instrutores da liga "não foi claro e inequívoco" que o treinador do clube da fruta tenha agredido Renan. Confere. Depois das conclusões da cuspidela electrónica do saudoso brunalgas ao presidente do Arouca e do acórdão do conselho de disciplina da liga que transformou uma cotovelada pelas costas de Slimani a Samaris na "convicção de que o jogador Slimani procurou pressionar o detentor da bola – Pizzi – e que o jogador Samaris tentou obstar esse desiderato" eu até me admiro como é que os instrutores não acusaram o brasileiro de, com o pescoço, tentar molestar a doce manápula do Sérgio. Há que relembrar que também não foi claro e inequívoco que o Pizzi tenha sido agredido pelas costas por um adepto no estádio dajantas e que o mesmo Sérgio Conceição também não cuspiu, clara e inequivocamente, em João Henriques, treinador do Paços de Ferreira, na altura.

Eu acho muito bem. Sem os urros do apaziguador a rodinha não tem mesmo piada nenhuma, e -, se as coisas lhe correrem mal - vai poder despedir-se do clube da fruta - como exige o macaco - bem no centro do relvado. Desde que não o faça clara e inequivocamente, terá oportunidade para dar um bom calduço ao Renam, atirar a medalha de bom comportamento para as bancadas e, com sorte, ainda dará um xi-coração bem apertado ao Carlos Xistra, que também se despede das lides, recordando os bons momentos passados. É justo

Eu não me esqueci que a RTP, esta época, ostracizou a final da Taça de Portugal de futebol feminino. E porque me recordo bem que, no dia 27 de maio de 2018, a mesma RTP fez grande alarido com a final disputada entre o Sporting de Braga e as sapinhas do alvalixo, transmitida em directo para todo Portugal, não quero deixar passar em claro mais uma demonstração do que a merda de comunicação social que temos, mesmo a que é financiada pelo estado, é capaz fazer para disfarçar os inêxitos dos sapos.

«Corja» na BTV vale multa de 34 mil euros ao Benfica». Eu não sei se é legal multar o Benfica por algo que um comentador do canal diz. Excessos de linguagem do Valdemar Duarte à parte, seria o mesmo que multar o clube da fruta pelos dislates e falta de isenção do Luís Freitas Lobo (na sportv) semanalmente reiterados contra o universo benfiquista. Os 34 mil euros são pouco, muito pouco, para o acerto das palavras do comentador BTV. Ele próprio saberá que não o devia ter feito, mas, caramba! Que foi uma pena o bom do Valdemar não aproveitar a oportunidade para englobar na corja o CD da Federação e o justiceiro Meirim, isso foi.

terça-feira, 21 de maio de 2019

Está cada vez mais caro, o melão...

Rapidinhas dos jornais...umas frescas, outras a cheirar a alho...
«Vencer a Taça de Portugal vale um milhão ao plantel do Sporting»
Está de pila grande, o Vagandas. E vai pagar com VMOC's?

Augusto Inácio em exclusivo: "Bruno de Carvalho fez um trabalho fantástico"
E ainda não o acabou. Há muito quem pense que terminará o resto na Carregueira.

«Ministério Público encontra 635 mil euros sem explicação em contas da produtora de Moita Flores»
Como o Flores é lagarto é só juntar ao processo do André "Casball" Geraldes. Com sorte, a culpa é do Benfica.

«Chaves sofre acidente de autocarro após descer de divisão»
Consequência de despedir o 'motorista' (Tiago Fernandes) que foi transportar os sapos aos festejos do campeonato no Marquês.

«Praça do Município lisboeta enche-se para festejar o tetra»
Mais um bocadinho e não cabiam os 15 jornalistas que foram lá apoiar as duas ultimas conquistas dos sapos.

Nicolau Santos - «o Sporting é o verdadeiro campeão»
Eu - Nicolau Santos é o verdadeiro cabeça de melão.

«Francisco J. Marques critica Sporting: "Assim se incendeia uma final da Taça"»
Já vi brigas entre casais gays começarem por menos.

«Director de comunicação do FC Porto reage a queixa do Sporting e lembra o E-Toupeira»
São os efeitos e o peso dos E-cornos.

«Brahimi: SAD do FC Porto quer 30 milhões»
E uns trocos para gastar em melão na pastelaria do Soares Dias.

«O FC Porto rejeitou uma proposta concreta de 40 milhões de euros por Yacine Brahimi do Everton no último dia de transferências»
É que no último dia não dá muita pica.

«FC Porto recusou proposta do Milan por Brahimi»
Jogar em Itália é que não.

«Os Dragões estão dispostos a negociar o passe do extremo acima dos 30 milhões de euros e quer ver o caso fechado já esta semana, para começar depois a procurar no mercado por novos avançados». Constou que ficaram indispostos.

«O Desporto ao Minuto sabe que os 'dragões' tiveram em mãos uma proposta de 40 milhões de euros por Brahimi, mas não cederam na pretensão de receber os 60 milhões de euros relativos à cláusula de rescisão» 
E fizeram muito bem. 60, que eu saiba, ainda é bastante mais que 40. E se forem melões...

«Brahimi despede-se do FC Porto com um número especial»
Os 18,13€ de multa que o valente Meirim lhe aplicou por apertar o pescoço a Niltinho.

«SE NÃO VENDER BRAHIMI, FC PORTO TERÁ DE PAGAR 6,5 MILHÕES DE EUROS À DOYEN»
E como elas doyen!

«Herrera quase certo no Nápoles. FC Porto recebe 20 milhões»
Ou não...

Bimbo da costa - «Pelo Herrera ofereceram-nos 30 milhões no último dia do mercado. Também nos ofereceram 40 milhões pelo Danilo»
Eu também tive um amigo que tinha uma quinta todas as semanas.

«SAD do FC Porto recusa 20 milhões por Herrera»
Agora é que era...

HERRERA APRESENTADO NA PRÓXIMA SEMANA PELO ATL. MADRID
São às centenas os milhõnses nos cofres da fruta.

«André Silva despede-se do Sevilha: «Espero que o futuro traga coisas boas»
A piscina dajantas e o Carlos Xistra a tiracolo é que era.

segunda-feira, 20 de maio de 2019

A ingratidão do boneco...

No sábado foram dezenas e mais dezenas de horas televisivas. Hoje, a merda de comunicação social que temos, voltou em peso a cheirar o rabiosque do maior clube português. Andaram dois anos a fazer rebentar os foguetes para agora, submissos, apanharem as canas. É justo. Bruno Lage tinha pedido para que ninguém fosse para casa sem deixar a praça limpa. E foram os maiores badalhocos a cumprir a ordem sem refilar. Encheram-se camionetes de E-elefantes e comboios de E-trombas mas valeu a pena. Deixaram limpinha a arena.

Nos Paços do Concelho o presidente Medina anunciou o seu desejo que a outra equipa de Lisboa conquistasse, no domingo próximo, a Taça de Portugal ao foculporto. Ouviu-se um bruá nas hostes vermelhas, Luís Filipe Viera sorriu e aplaudiu. De facto, teria imensa piada que fossem os sapos, no seu ano (Vagandas) zero, a impor um valente xeque-mate ao boneco Conceição e aos compadres da fruta!

«Sporting decidiu mesmo avançar com queixa sobre a agressão de Sérgio Conceição ao guarda-redes Renan». Do clube do alvalixo e o tempo que demorou a pensar se valia a pena voltar a fazer queixinhas à liga nem me apetece falar. É a essência dos sapos. Os poucos momentos em que não estão em guerras fradicidas entre si passam-nos a fazer birras e queixinhas dos árbitros e do vizinho do lado. A novidade é olharem para a Taça de Portugal e pensarem que vale a pena medir o tamanho da pilinha com os aliados da fruta.

Sérgio Conceição e Renam. A ingratidão é das coisas que mais me indignam num ser humano, e só Deus sabe as toneladas de razões que eu tenho para me sentir triste com gente que não sabe ser grata! No caso em apreço, nem me refiro às queixas do boneco contra as arbitragens que, na época passada, lhe permitiram ser campeão com uma equipa infinitamente inferior ao Benfica, ou nesta época, que lhe deram a possibilidade de lutar até ao fim por um campeonato onde, sem a ajuda dos árbitros, muito dificilmente ficaria à frente do Sporting de Braga. Não. Refiro-me ao destempero e à falta de carácter que o levaram a apertar o pescoço a Renam. O Renam que na época passada, sendo guarda-redes do Estoril Praia, participou no Estorilgate, a maior farsa do mundo do futebol mundial! O boneco ferve em pouca água, é mal agradecido e, debaixo de pressão, não consegue medir as consequências. Vamos que ao brasileiro lhe apetece falar!...

Recordar aqui que os superdragões invadiram o campo num jogo que o Estoril vencia por 1-0 ao intervalo, que o mesmo só foi terminado 37 dias depois, que o treinador do foculporto fez seis substituições ao intervalo, que o clube da fruta aproveitou para pagar "uma divida" 784 mil euros - que não constava nas contas das sads da fruta e do Estoril Praia - e que Vasco Santos e o VAR Luís Ferreira (olha que dois) não viram um fora-de-jogo de quatro - repito; quatro futebolistas do foculporto - acampados na área da baliza à guarda de Renam!...

Com metade (Mustafá) dos lideres da claque da selecção do Ronaldo encarcerados à espera de julgamento, o injinheiro das rachas continua a sua saga pelos estádios portugueses a demonstrar porque é que o clube da fruta domina(va) o futebol nacional!
«O Canelas 2010 bateu o Tirsense por 1-0, num jogo a contar para a segunda jornada do apuramento de campeão da Divisão Pró-Elite da Associação de Futebol do Porto. Os dois primeiros classificados das duas séries disputam uma liguilha para decidir quem sobe ao Campeonato de Portugal. A partida ficou resolvida aos 15 minutos com um golo de David Santos, mas esteve envolta em alguma polémica. Relatos de violência por parte de pessoas afectas ao Canela – onde se destaca Fernando Madureira, conhecido líder dos Super Dragões – bem como a passividade da polícia presente no local levaram os adeptos do Tirsense a abandonar o recinto».

domingo, 19 de maio de 2019

Os pais do sucesso...

Não fosse o Rui Gomes da Silva - assim que "percebeu" que o Benfica jamais seria campeão depois dos sete pontos de atraso em relação ao foculporto - entrar em campanha eleitoral (rasteira) usando a sanha anti-Benfica do pasquim rascord para tentar lançar o caos (todas as segundas feiras) no seu Clube, nunca chegaríamos ao Marquês a não ser para ajudar os sapos a festejar o pré-anunciado bicampeonato do clube da fruta. Na verdade, são muitos os diligentes - alguns auto-proclamados - pais deste titulo. A chegada triunfal do arruaceiro Pepe a Contumil que, no mercado de Inverno, fez as delicias dos especialistas da especialidade. Desde logo o Álvaro Magalhães, que enviou a Luís Filipe Vieira a msg que o obrigou a contratar Bruno Lage. E eu tenho a certeza absoluta que se não fosse a profunda reflexão do futebol português, exigida por António Simões e pela imensa lista dos lesados do dez (ao Nacional da Madeira), nunca o Benfica se sagraria campeão nacional - cedendo apenas um empate na luta directa entre os quatro primeiros classificados.

Ademais, também me palpita que o VAR - essa ferramenta tão indispensável para cobrir de verdade desportiva o futebol português depois do tetracampeonato conquistado pelo Benfica - saiu mais uma vez reforçada. Estão de parabéns o brunalgas e o raquítico rui santos, os verdadeiros pais do video-árbitro que ia acabar com a hegemonia do Benfica. E todos os que queriam dispensar o Rafa, o Seferovic e o Pizzi - por não terem lugar no Benfica - terão sido os que mais correram para chegar ao Marquês em primeiro. Todos contam, como afirmou diversas vezes o "mister" Bruno Lage. 37º campeonato do maior clube português, um por cada ano do peidoso absolvido ao leme do clube da fruta. Ninguém fica de fora, carago. Nem  os sapos, que nunca contaram para nada!...

Foi chato, como diria um conhecido batráquio. Tudo à batatada, empurrões e insultos! O jogo das lamentações acabou com as comadres à bulha. Com o boneco Conceição, mais uma vez, a demonstrar o todo seu refinado fair play - ontem envolvido em mais um elogiável episódio de arruaça à maneira - no ultimo jogo da época, no ultimo minuto da partida, num jogo que só contava para preencher calendário (o Benfica ganhava tranquilamente por 4-1 ao santa Clara) o clube da fruta teve, finalmente, um jogador seu expulso do terreno de jogo!

É obra! Um clube que tem o arruaceiro Pepe e o canela do pescoço para baixo Felipe vale-tudo, mais o execrável cuspidor Otávio e o mini Pereira que agora parece uma freira, só não sai limpo deste campeonato porque o amigo VARíssimo, que expulsara um sapo logo aos 19 minutos de jogo, resolveu contrariar as estatísticas, evitando - à tangente - mais um fantástico recorde do clube das putas! 

Diz o pateta que o VAR só foi bom - quando estava bem aberto - até a 28ª jornada. O Fedorico Vagandas é um tonto. E foi como uma barata tonta que apareceu aos pés-de-microfone, periclitante, a gaguejar, vestindo a pele do sapo que pretende vencer no Jamor. Do mal o menos. Ficamos a saber que na próxima final da Taça de Portugal os batráquios não vão abrir, de ânimo leve, as pernas ao clube da fruta. 

A tarja exibida pelos superdragões no estádio do melão - com alguns árbitros expostos, a toda a largura da bancada, como campeões de 2018/19 - mereceu da APAF um comunicado ainda mais merdoso que a dor de corno do clube da fruta. Do justiceiro Meirim não se espera menos do que uma pesada multa, no mínimo tanto como os 19,13€ que o Brahimi pagou por apertar o pescoço a Niltinho. Da Federação e da Liga espera-se que continuem calados. Cobardemente calados. Do IPDJ sabemos que não sairá dali um suspiro. Das autoridades policiais e judiciais, a Juíza Ana Peres também foi (des)honrada na tarja, no mínimo eu espero uma busca às instalações do estádio do SLB, devidamente antecipada pelo canalhadas da manhã, em busca de documentação a provar que a culpa foi de uma toupeira da Luz.

Por ultimo, mas bem destacado no meu coração, as nossas meninas que, no Jamor, conquistaram a Taça de Portugal, sem espinhas. Começando do zero, já se percebeu que, na próxima época, o reinado tranquilo das sapinhas e do Braga tem os dias contados.