Tudo pelo Benfica, nada contra o Benfica!

quarta-feira, 29 de Outubro de 2014

Estratégia de comunicação – um esclarecimento.

Por José Albuquerque
 
Embora persista a minha aflição com falta de tempo livre, a gravidade deste tema, a vergonha da pedreira e, sobretudo, a amizade para com o Autor deste blogue e os seus Leitores, obrigam-me a esclarecer os fundamentos da minha opinião sobre a estratégia de comunicação do Nosso Clube.
 
Como sabem, a minha “tese” (aparentemente e por simples coincidência, a mesma seguida pelos Nossos Corpos Sociais) pode sintetizar-se na seguinte frase: (1) aguentar, sem estrilhar, as primeiras investidas dos BOIS, (2) reclamar, apresentando as provas insofismáveis, junto da FPF e do CA, (3) esperar que “a organização” corrija (pelo menos) os exageros e, finalmente (4), caso “a organização” não atue e permita uma acumulação dos ROUBOS, escolher o momento ideal para, nas condições cuidadosamente escolhidas, desferir um “ataque” sem defesa possível.
 
Notem que usei uma linguagem tecnicamente inaceitável (chumbaria, se isto fosse um teste académico), para que não subsistam dificuldades de interpretação. E notem que eu escolhi usar o conceito “a organização”, em vez do mais natural “xistrema” …
 
Quer gostemos, quer não, o Benfica pertence, tem de pertencer e tem de querer pertencer ao que chamei de “a organização”, embora correndo o risco de ver alguns Taliban nisso tentar fundamentar que “o orelhas faz parte do sistema”: cada modalidade desportiva que entre em crise em Portugal corresponderá a um grave problema para o Nosso Universo e, no caso do Futebol, isso colocaria em causa o Nosso futuro.
Como não escrevo para os Taliban, não vou perder tempo a enumerar as provas que demonstram que o Nosso Clube e desde que temos este Presidente, tem sido o epicentro de todos os terramotos que afrontaram o “xistrema”.
 
Como elemento primordial desta “organização” (também não vou perder tempo a demonstrar que o Benfica é o centro de todo o universo desportivo nacional), o Nosso Clube deve e tem de tentar contribuir para a sua evolução e crescimento, especialmente no que toca ao restabelecimento da Verdade Desportiva em todas as modalidades em que o POLVO a vem garroteando há mais de 3 décadas
 
Conclusão – o Nosso Clube tem de defender o Universo Desportivo nacional, ate’ dos seus vícios internos (o POLVO), por forma a determinar o seu crescimento e desenvolvimento sustentáveis e a defender a Verdade Desportiva.
 
Estou, com esta conclusão, a criticar todos os Companheiros que fizeram (muitíssimo bem) um coro de indignação contra a roubalheira da pedreira?
Não! Nada disso e muito antes pelo contrário: sou absolutamente solidário com todos vocês (tal como escrevi “emocionalmente solidário”), estou grato e orgulhoso com as múltiplas demonstrações de imenso Benfiquismo que, mesmo com pouco tempo, pude testemunhar.
Incoerência?
Não!
Não querendo tratar-vos como “totós”, ainda assim recorro a um exemplo simples: se um de Nós, simples consumidor, for mal atendido por uma certa Empresa (ou “organização”), deve reclamar imediatamente e com todos os argumentos possíveis, mas, se um grande “parceiro” (Cliente, Fornecedor, etc.) dessa Empresa for mal atendido, em vez de fazer um “basqueiro”, deve fazer uma reclamação formal e pelos canais apropriados, tentando levar o seu “parceiro” a corrigir o seu erro e, assim, contribuindo para o beneficio mutuo.
 
É claro que aquela conclusão coloca, imediatamente, a questão fundamental da “liderança da organização”, do seu crescimento e desenvolvimento.
Creio que todos concordamos que o Nosso Clube é o centro de toda esta “organização”, no sentido em que, mesmo sem nela termos capacidade de decisão, somos o seu elemento primordial, o maior, aquele que mais e melhor a “representa”, interna e externamente, o que maior parte do seu “valor” significa. Por mais que os anti se rebolem, o Nosso Clube só pode ser hegemónico em todo o Universo Desportivo nacional: esta é uma realidade que foi temporariamente colocada em causa, por obras do POLVO e muita culpa Nossa, mas que, uma vez ultrapassado esse período negro da Nossa História, é absolutamente incontestável e eu nem sequer vejo muitos a pretender contestá-la.
 
O Benfica, o Clube que Somos Nós, é o centro, o motor e o “ganha pão” de todo o Universo Desportivo nacional, ou seja … da “organização”. Para muitos Companheiros, o simples reconhecimento desta evidência deveria corresponder a uma presença determinante de Benfiquistas (representantes nomeados pelo Clube) em toda a cúpula da tal “organização”. Teoricamente e enquanto o POLVO preferiu (compreende-se) manter-se como uma espécie de “eminencia parda”, foi isso que aconteceu na esmagadora maioria das Federações.
 
Como sabem, eu tenho defendido a tese contrária e prefiro que os Benfiquistas continuem a concentrar-se no Clube, sem envolver-se diretamente no dirigismo federativo. Confesso que até posso concordar com exceções mas apenas nas modalidades que estejam limpas de um historial corrupto.
Que os Benfiquistas se compenetrem que Amam um Clube absolutamente impar! Impar desde a sua Fundação e impar ao longo da esmagadora maioria da Nossa Gloriosa História. Um Clube que ainda não conhece os seus limites, nem os físicos, nem os qualitativos e um Clube que tem a responsabilidade histórica e patriótica de “descobrir” esses limites, de os testar e, dessa forma, libertar o “des porto” nacional (para já) do POLVO andrupto.
Eu acredito que o POLVO transformou o Nosso Clube numa “mola comprimida” e que, nesta década, ele se extenuou a tentar impedir, ou retardar, a definitiva e imparável descompressão dessa “mola”. Eu acredito que o Nosso Clube e o Benfiquismo não é só hegemónico em Portugal: o Benfica é, potencialmente, absurdamente hegemónico em Portugal e para todo o universo desportivo e esse imenso potencial resulta assustador para a esmagadora maioria dos outros agentes desportivos, desde a mérdia aos outros clubes, passando por todos aqueles que subsistem destes “negócios”.
Eu acredito que o dia chegará em que, naturalmente, o dirigismo desportivo nacional vai estar repleto de Benfiquistas, respondendo a um processo perfeitamente natural e a uma afirmação dos Nossos Valores.
 
Mas, enquanto o “des porto” nacional em geral e o “futeluso” em particular, permanecerem minados pelos restos e fragmentos mortais do POLVO e subsistirem num cenário de corrupção e outros anti Valores, humildemente eu considero que o Benfica pode e vai ser o agente da mudança, mas sem que sejam Benfiquistas a protagonizá-la, sob pena de a inviabilizar.
 
Regressemos ao fator “comunicação” e com uma curtíssima passagem pela chamada “comunicação interna” …
Sei que alguns Companheiros acusaram os Nossos Dirigentes de não prepararem os Nossos Atletas e Equipas para tragédias como a da pedreira e outras como a que aconteceu há dias num desafio de hóquei em patins, mas eu discordo em absoluto e sustento esta opinião no comportamento absolutamente exemplar de todos os Nossos Atletas, Técnicos e Dirigentes perante essas ocorrências.
Todos os que já praticaram desporto de competição sabem bem que não há nada que se lhes possa fazer do que condicionar-lhes, externa e injustamente, o nível de desempenho. Sempre que isso me aconteceu, só muito dificilmente consegui (algumas vezes) controlar a raiva que esse tipo de afronta representa, sobretudo quando ela provém dos que deveriam ser Árbitros.
O comportamento exemplar das Nossas Equipas nestes dois casos constitui uma prova insofismável de que todos os seus elementos estão bem preparados para este tipo de incidentes.
 
Deve, então, o Clube continuar a “comer e calar”, perguntar-me-ão alguns dos Leitores?
Não! De modo nenhum!
Em primeiro lugar porque o Clube não “comeu e calou”: tal como aconteceu com a Federação de Patinagem, a quem o Clube já tinha apresentado outras reclamações, com a qual vivemos aquele clímax na final da TCE no ladrãocaixa, o Benfica acaba de anunciar uma medida tremendamente grave, ao anunciar que vai retirar de pista qualquer Equipa sua que seja objeto da falta de segurança em competição. A esta Federação o Benfica deu oportunidade de se emendar e, perante respostas insuficientes, reage com a indispensável determinação.
 
Apesar de tudo, temos todos que reconhecer que a BOIADA tem evitado “marrar” nas Nossas Equipas de futebol (apesar de aproveitarem todas as oportunidades para punir os Nossos Atletas, especialmente no capitulo disciplinar) nos meses mais recentes e, em particular, neste inicio de época. Este comportamento tem sido tanto mais surpreendente quanto todos esperávamos vê-los a agredir-Nos desencabrestados logo desde a primeira jornada.
Para sermos verdadeiros, até teremos de reconhecer que os BOIS andam a evitar aquele tradicional andor aos andruptos, tanto mais que todos prevíamos o contrário.
De facto e nas competições internas, o arraial da pedreira foi a primeira demonstração incontestável da miséria tradicional do “futeluso” nesta época desportiva.
 
Nestes termos como deveria o Clube reagir?
Espadeirando, de cima abaixo, a torto e a direito, tipo brunalgas aldrabão?
(quanto ao sucesso da estratégia da osgalhada, ainda temos de dar algum tempo ao tempo, mas, por enquanto …)
Ou, com rigor, seriedade e determinação, “avisando”, discretamente, a FPF (e o seu CA) que lhes compete a eles impedir que uma tal ROUBALHEIRA se repita?
E notem que eu escrevi ROUBALHEIRA porque considero que os factos demonstram uma intencionalidade premeditada que nada tem a ver nem com “incompetência”, nem com “erro humano” e nem mesmo com uma “má exibição num dia mau”.
 
Aos Companheiros que me contestarem recordando que o Nandinho “faturas de deusas” Gomes e o Vitinho “de cócoras” Pereira não merecem que o Benfica os … “defenda”, ou “defenda a organização” pela qual eles são os diretos responsáveis, eu pergunto se acham que seria este o momento para os substituir com a certeza de o fazer para melhor?
Parafraseando alguém de grande notoriedade, eu recordo-vos que o Grupo Benfica é ainda mais que um “porta aviões”: o Nosso Clube é o “Navio Almirante” de toda esta armada. Uma armada cheia de submarinos inimigos!
Por isso (e muitas outras razões), os Benfiquistas não devem deixar-se embalar nos típicos “cantos de sereia” dos diversos subtipos de brunalgas.
 
Ainda ontem o Enormérrimo Guachos escrevia que o mais grave de tudo, em casos como o da pedreira, é o branqueamento servilmente providenciado por uma mérdia asquerosamente anti, branqueamento esse que pode permitir a sucessiva repetição dos mesmos ROUBOS e … impunemente. Eu também preferia saber que, algures pelo meio dos jornaleiros, junta letras e pés de microfone, havia um número suficiente de Companheiros capazes de impedir esse branqueamento.
O Guachos lamentava-se de Nós não conseguirmos, mesmo juntando o coro de todos os Nossos blogues, evitar esse branqueamento. Eu também preferia que tivessem sido todos os blogues que se consideram Benfiquistas a lutar contra esse branqueamento.
 
Mas, ainda que eu possa concordar com parte desta indignação do Guachos e com 100% dos seus fundamentos, não reconheço a essa frustração razão suficiente para preferir que o Presidente, o Técnico e o Clube não dessem aos responsáveis da “organização” a motivação necessária para a emenda indispensável, trocando-a por comportamentos que fariam as parangonas do próximo mês, desviando todas as atenções do que, de facto, aconteceu.
 
Companheiros,
Eu não vos posso garantir que tenha razão e, mesmo que pudesse, nunca vos poderia garantir que esta estratégia vai conseguir produzir os resultados exigíveis e indispensáveis, mas aqui ficaram os meus argumentos, as minhas razões, que descrevi com a mesma Paixão Benfiquista que anima cada um de vós.
Se tiverem tempo para mais leitura e me quiserem distinguir com ainda mais consideração, então pesquisem, aqui no Guachos, uns textos publicados há uns 15 meses sob este mesmo titulo e assuntos.                                         
                  
Viva o Benfica! 

terça-feira, 28 de Outubro de 2014

Imprensa de merda - mais uma vez - imprensa de merda.

A imprensa de merda que temos continua a tentar vender a imagem de Jorge Jesus como um perdedor e afadigam-se por provar que ninguém perdeu tanto como ele, que não ganha os jogos importantes e eu sei lá quantas filhas da putice mais...

Só há uma pergunta a fazer ao povo a quem estes merdas pretendem influenciar e enganar; 
Quem foi o treinador que ganhou mais do que Jesus no Benfica?
E ''basta'' recuar 30 anos no tempo para melhor o percebermos. 
Só que, para esta corja maldita, o sucesso de Jorge Jesus mede-se pelos seus raros insucessos...

Seria o mesmo que um FDP qualquer - meter no seu jornal um titulo bombástico do tipo; Ronaldo é o jogador do Real Madrid que mais penaltis falha! É óbvio que Ronaldo é quem mais os falha, se só ele é que os marca. Mas...quem é o jogador que mais golos marca (esmagadormente) no Real Madrid? É sério dizer-se que Ronaldo é quem mais falha penaltis, mesmo sendo uma verdade irrefutável, escondendo que é ele que de forma esmagadora mais os marca com êxito?...

Outro possível titulo, este ainda mais imbecil; Ronaldo é o jogador do Real Madrid que mais remates faz para fora.
Se é Ronaldo o jogador que mais remata, de todos os ângulos, e em todos os jogos, não é evidente que é ele quem corre mais ricos de não acertar no alvo? Quer isto dizer que Ronaldo não sabe marcar penaltis ou que não sabe rematar certeiro?

Não deixando de ser verdade, fazendo desta estatística (rebuscada e simplista) uma revelação bombástica,  apenas revelaria o baixo nível que quem a fizesse; escondendo o tremendo sucesso de Ronaldo, mas pondo em evidencia dados que só servem para uma estatística de merda, que não vale uma merda, e que apenas defende os interesses de gente de merda.

Jorge Jesus tem um palmarés fraco contra as equipas boas...afirmam estes e mais uns quantos FDP.
Alguém conseguiu fazer melhor no Benfica?
Foram estudar os condicionalismos das derrotas e porque motivo aconteceram?

Eu, por exemplo, ainda no ano passado fui forçado a anular compromissos anteriormente assumidos, perdendo boas chances de ganhar bom dinheiro. E qual o motivo porque o fiz, perguntam vocês...
Houve um ou mais filhos da puta (a Jesus costumam ser 3 em Portugal e 5 na Europa) que me ROUBARAM o automóvel, forçando-me a ter que me dividir de um lado para o outro - perdendo tempo que não consegui recuperar...
Sem o ROUBO que me fizeram eu jamais anularia os compromissos assumidos e nunca perderia o que perdi. 

Recuando à época passada...
O Benfica (Jorge Jesus) ganhou os dois jogos ao Braga por 1-0, ganhou aos lagartos e aos corruptos de Contumil por 2-0...empatou no alvalixo e perdeu najantas jogando com a 4ª equipa no ultimo jogo do campeonato, num jogo sem qualquer interesse competitivo...

Na taça de Portugal eliminou os espanhois de Contumil (3-1) depois de jogar mais de meia parte reduzido a 10 unidades e carimbou os lagartos com um bye bye taça...por 4-3...

Na taça da liga meteu os patins aos corruptos, agora em pleno covil do clube da fruta, jogando com uma equipa de reservistas, e...mais uma vez - reduzido a 10 jogadores grande parte do tempo de jogo.

Na Champions, onde fez 10 pontos, ganhou em casa ao PSG e ao Anderlecht; foi ganhar fora ao Anderlecht e empatar no Olimpiakos...e em épocas anteriores conseguiu ganhar onde nunca o Benfica tinha ganho, nem com Eusébio&comp. batendo o Leverkusen na Alemanha e sei lá eu quantos recordes mais já ajudou o Benfica a pulverizar!

Na liga Europa, ganhou fora, por 3-1 ao Tottenham, por 1-0 ao POK e ao AZ Alkmar, empatando com menos dois jogadores em Itália contra a Juventus, depois de ter ganho em casa por 2-1 aos italianos...

Ver tanto filho da puta (da imprensa e não só) interessado em diminuir os méritos do treinador do Benfica, a cada dia que passa me convenço mais da sua enorme categoria. O tanto, mas tanto que eles esforçam por o verem sair - só pode ser pelo tremendo receio que continue no Clube por muitos e mais anos, deixando-os para trás, roendo a frustração e a raiva.

O problema maior do Benfica nem são os roubos evidentes de que é alvo. O problema são os branqueamentos que fazem desses roubos. Esses é que me põe fora de mim. E põe-me fora de mim não haver gente no Benfica capaz de o evitar. Se não houver branqueamentos dificilmente haverá mais roubos.  E nem sequer havia espaço para essas estatísticas de merda da cs desportiva de merda.

Custa tanto perceber isso? Alguém (com verdadeiro poder de influenciar as massas) tem de denunciar essa nojeira.
Eu, e mais uns quantos - fazemos o que podemos...mas podemos tão pouco...

segunda-feira, 27 de Outubro de 2014

Retrato de um desastre anunciado.

O futebol português continua uma merda de cima a baixo. Este fim de semana foi apenas o seu exacto retrato...
No sábado - tivemos um clube recebido com abraços e muitos carinhos, tapete estendido para mais uma jornada de descanso activo, após uma jornada europeia. De reserva, pronto para qualquer emergência, xistra e sus muchachos...
 
No Domingo, antes pelo contrario, tivemos o Benfica recebido em Braga como se aterrasse num cenário de guerra; antecipada e cuidadosamente preparado para o efeito. Do lado do Benfica, parece que ninguém sabia de nada. Uns a dormir na forma, e os outros; completamente desfasados da realidade. Como se todos vivessem em Marte. Palavra de honra que quando me passa a desilusão e o asco; chego a ter pena desta gente.
 
Valeu de tudo; agarrões, (dentro e fora da área) patadas, insultos, provocações...e nem se pode dizer que abaixo da cabeça tudo era canela...porque até a cabeça serviu de pasto aos enraivecidos mastins de sérgio conceição ...
Grunhos à solta, como a micaela enraivecida, sempre com a cobertura do FDP do apito destacado para o efeito, puderam bater à vontade, com a mesma impunidade de sempre.
 
É que, o filho da puta (há dias em que temos de os chamar pelo nome) do apito, sabia perfeitamente o que se iria passar, os jogadores do Braga também e até o treinador adjunto, aquele cara de rato que falou no fim do jogo sabia perfeitamente o que dizer...e nada foi deixado ao acaso.
 
Hoje, a cs completou a obra...
O Braga fez uma excelente exibição e o Benfica perdeu o primeiro jogo do campeonato. O árbitro talvez tenha estado mal mas se errou foi para os dois lados. E mais nada. Os rafeiros anti-Vieira, que pululam na blogosfera benfiquista, nos grupos e redes sociais - fazem o resto - completando o ramalhete.
 
O Benfica continua com uma politica de comunicação a modos que ''a mesma merda de sempre''...
Jorge Jesus, que na quarta feira passada saiu do registo ''manso'' para; armado em parvo, criticando a (reles) arbitragem no Mónaco, usar o sporting para cavalgar uma onda que não era sua, apareceu ontem como aparece na maioria das vezes quando o Benfica é roubado a serio; manso e conformado, sem qualquer tipo de estratégia - sozinho e completamente à deriva.
 
De brunalgas, que rápido e assertivo o meteu no seu devido lugar, levou o merecido e correspondente correctivo, e, ontem, não teve nem arte nem engenho para criticar o que tinha de criticar. Confirma-se; a politica comunicacional do Benfica está no mesmo nível de um xistra ou de um marco ferreira. Uma autentica merda. Mete dó.
 
E depois há Jardel...esse bandido que um dia ainda vai acabar por destruir o Benfica.
De facto, já ninguém pode ter duvidas; como sempre afirmaram os especialistas da cs, da blogosfera e das redes sociais; o Benfica com Jardel é uma autentica desgraça. Bastou Lizandro Lopes entrar na equipa para nunca mais o Benfica sofrer golos.
 
Na Covilhã e em Braga foi o que se viu; a baliza a zeros, nada de erros defensivos e uma confiança cega que no futuro tudo vai melhorar. Pelo meio, no Mónaco, uma expulsão muito bem conseguida - apenas ao alcance dos eleitos e dos meninos queridos da cs e dos especialistas da internet...
É. Foi uma sorte a lesão do Jardel. Sem ela - Jesus não metia Lizandro, o Benfica teria sofrido 4 golos e muitos sustos com os seus (de Jardel) evidentes falhanços...tinha perdido em Braga e não teria aplicado a 'tal' abada no Mónaco de Leonardo Jardim.
 
Tanto que eu aprendo com todos estes especialistas!

Não sei se já disse, mas, um árbitro que não marca aquele penalti sobre Gaitan só pode ser um grande filho da puta. E nem falo das agressões nem dos cartões perdoados aos raivosos mastins do Braga.

domingo, 26 de Outubro de 2014

Pedro e-manel e o pirómano cristo-vão..

Na época passada - o Arouca deu colinho ao debutante Luis Castro, que faria ali, segundo a imprensa, uma enorme demonstração de classe; pronuncio das grandes vitórias que se adivinhavam...4 chamegos e muitas festinhas foi o resultado da coisa. Ontem - mais 5 batatinhas, muitos abraços, beijinhos e salame-queques...
 
Quem viu os "mastins" de pedro e-manel, actuando no estádio da Luz e, ontem observou os cordeiros de Arouca, pôde facilmente perceber a forma como e-manel prepara a sua equipa, à medida de cada adversário...
Já enquanto jogador, pedro e-manel se diferenciava por ser visto às cavalitas de Mantorras, ferrando-lhe os dentes e os pitões nas canelas, para poucos dias depois se transformar num docinho - fazendo fosquinhas a McCarthy e Postiga...em amena cavaqueira competitiva.
Ontem como hoje; pedro e-manel não vale um cordel.

Mas nem tudo foi uma farsa; flopatego não se queixou do árbitro e só por isso já valeu a pena.
Teria sido interessante ouvir alguém de Contumil a queixar-se de xistra.
 
A federação condenou um vice-presidente dos lagartos por depositar um cheque na conta de um árbitro...mas esqueceu-se de condenar o seu clube, mandando-o para o seu devido lugar - nas divisões inferiores...
Segundo parece, para os doutos ''cavalheiros'' da justiça desportiva portuguesa, o incendiário cristo-vão pagou (comprovadamente) a um árbitro, não para beneficiar o clube do qual era vice-presidente no activo, mas sim para se beneficiar a si próprio...vai daí...7 meses de suspensão - agora que já não é dirigente.
 
Incendiário e agressor de mulheres (Leonor Cipriano) - ''comprador'' de árbitros, escutas ilegais a jogadores, dirigentes e funcionários...e tudo o mais que não chega a publico...é este o belo curriculum do artista. Tem tudo o que é preciso para receber uma medalha pelos bons serviços prestados ao País.
 
Quanto a bunalgas já sabe; a partir de agora pode, se quiser, vender o Shikabala para o Manchester Unitd, e com os 45 milhões do negócio pagar aos restantes árbitros que o pirómano cristo-vão não conseguiu comprar...
O mais que lhe pode acontecer é apanhar uns meses de castigo de inatividade desportiva quando já não for dirigente dos betos do alvalixo. E é assim que dois clubes comprovadamente corruptos continuam a disputar ao Benfica a primazia do futebol em Portugal.
 
O pasquim do serpa, outrora um jornal de referencia em Portugal,  é que não há meio de sair do registo de merda que nos últimos tempos se habituou...
Em dia de Braga-Benfica e como um interessante lagartos-Marítimo pelo meio - chamou para a sua primeira página um jogo do campeonato espanhol! Segundo esta espécie de ''jornalismo de sarjeta'' - um tipo que marca um golo de penalti consegue provar que é o melhor jogador do mundo; sem margem para duvidas.
Percebi finalmente o "carinho" que devotavam a Cardozo.

sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

Luis Filipe Vieira e Pinto da Costa mictaram no mesmo lugar!

Respondo assim ao apelo de um (ou mais) visitante do GV que não se cansou de me desafiar a fazê-lo...

Segundo a cs, sedenta de sangue...fornecendo lenha e resina à medida do terrorismo cibenauta;
- Vieira foi visto a almoçar num restaurante onde também estavam pinto da costa mais 25 presidentes dos clubes representantes da liga portuguesa de futebol.
- Vieira também esteve numa reunião de presidentes entre os quais estava o presidente do Porto.
- Vieira foi visto a entrar para essa reunião de presidentes onde segundo os jornais - recebeu (sem virar as costas) o cumprimento de pinto da costa - que lhe terá estendido a mão...

Como ninguém o acusou de recusar a apertar a mão a ninguém - é de supor que Vieira levava na bagagem pelo menos uns 26 bacalhaus - que fez questão de distribuir irmãmente...
E assim sendo - a única certeza que tenho, é que; o Presidente do Benfica cumprimentou não um, mas uma data corruptos...meia dúzia de papagaios e mais uns quantos sabujos atrelados.
Quem nunca foi obrigado, por razões profissionais ou outras, a apertar a mão de um grande FDP, quando a sua vontade seria mais de apertar-lhe o pescoço - atire a primeira pedra.

Muito fraquinha a "abolha" e os restantes junta-letras adestrados...
O GV - para vossa informação - sabe de fonte segura (a mesma que garantiu em Agosto a falência do Benfica por causa da crise da PT e do BES) que a 'coisa' foi muito mais além do que os merdias puderam ver e...perceber.
Posso garantir-vos que ambos os presidentes mijaram na mesma casa de banho e até se consta que o fizeram lado a lado.
Não fora pinto da costa soltar uma das suas famosas bufas mal cheirosas, obrigando à retirada estratégica de Vieira, e quem sabe não apertariam as mãos ali mesmo...
Sempre sobre o olhar atento de Luís Duque - vigilante e solicito - limpando todo e qualquer pingo extraviado...não fosse o serpa aparecer - disposto a papar-lhes os rissóis...

Sobre o que mais interessa; LFV com a sua argucia negocial - obrigou (num longo processo de 5 ou 6 anos) a que a sportv tivesse que renegociar os contratos abusivamente celebrados com os clubes - mas agora sem as clausulas ilegais de monopólio...e obrigou (ao fim de tantos anos de piadolas e deboches) pinto da costa a descer do pedestal e estender-lhe a mão...sujeitando-se (em publico) a ficar com ela a abanar...ainda mais.

Obrigou os lagartos a demonstrarem que não têm qualquer poder negocial (daí a ausência de brunalgas) por força das verbas já encaixadas e deixou a SportTV (e o foculporto) sem a a capa protectora que lhes deu o poder de mandar e manipular todo o edifício futebolístico em Portugal; sem qualquer tipo de oposição. Agora - têm de lutar pelo seu lugar no mercado, sofrendo a concorrência da BTV, tendo de lutar arduamente pela preferência dos telespectadores, disputando conteúdos, jogos e publicidade...
E ainda vai no adro a procissão...
E ainda há quem pense que Vieira é que está a ser comido!

Epah que gajo mau...
Um tipo que acabou com o monopólio da Sportv, condição exigida pelos 'mastins' para lhe darem apoio, mas que mesmo assim continuam agarrados às suas canelas.
O tipo que ''transformou'' um estádio a cair aos bocados num dos maiores, mais belos e melhores estádios europeus, escolhido entre os melhores para palco das provas mais importantes da Europa e do Mundo (a excepção é o mundial de futebol) - como são as finais do Europeu e da Champions League...

O tipo que fez com que o apito saísse da gaiola dourada onde estava guardado...
O tipo que dotou todo o universo benfiquista com as melhores condições e instalações, como o estádio ultra moderno e funcional, mais os pavilhões para as modalidades, a fantástica 'Caixa Futebol Campus' e o Museu Cosme Damião!
O Presidente que criou a 'Fundação Benfica' - obra de cariz social que enobrece e orgulha todos os benfiquistas.

O Presidente do regresso às finais europeias de futebol, campeão europeu e mundial no hóquei em patins, campeão nacional e europeu no futsal, que segue competitivo em todas as modalidades somando títulos e campeonatos, recordista de títulos numa só época (o famoso POKERalho)!
Que ainda assim; criou um canal televisivo - único no mundo - onde o Clube tem assegurados os direitos televisivos dos seus próprios jogos...e que numa só época quadruplicou rendimentos - pondo em pânico rivais, inimigos...e talibans.

Mas LFV tem um defeito grave; acabou com as negociatas da droga a uns putos (não tão putos assim) habituados a ''mandar'' no clube e também cortou o pio a meia dúzia de papagaios imbecis; as toupeiras que alimentavam os pasquins que hoje - sem acesso às actas das reuniões de direcção e sem bufos no balneário (obrigado Jorge Jesus pela limpeza levada a cabo) andam tão às cegas que mais parecem morcegos raivosos...

Pois...mas almoçou leitão na Bairrada...

quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

Vou comer que se faz tarde...

«Falta vontade de Europa»: é assim que o pasquim do Serpa dá voz aos benfiquistas mais radicais. Os que acham que o Benfica é uma merda mas que mesmo assim tem de ganhar por goleada em todos os jogos que participa. Os benfiquistas que dizem que o plantel não presta mas exigem-lhe o mesmo que exigem os adeptos do Real Madrid e do Bayern de Munique. 

Exigem-Lhe que vá ao Mónaco e que trucide aqueles ''idiotas'', postos ali para servirem de passadeira. Sim, porque o Mónaco, segundo os benfiquistas mais "europeus" e radicais, não passa de uma equipinha de trazer por casa, mais ou menos como Maribor ou o Bate Borisov. Sim, porque o Mónaco não foi empatar ao Zenit e não ganhou em casa ao Leverkusem. E o Mónaco até vendeu dois dos seus melhores jogadores. Não é como o Benfica que não vendeu nenhum dos seus melhores e ainda se reforçou muito com o Eliseu e, o coiso, e o não quem, mais o não me lembro agora....e outros que tal...

Mais ou menos assim como o Olimpiakos, que na época passada ficou à frente do Benfica, com os mesmos 10 pontos, mas com a vantagem de Lhe ganhar por 1-0 em casa - numa das melhores exibições da época do Benfica...que não chegou sequer para bater Roberto, o amaldiçoado Roberto que ontem voltou a provar que continua a ser um dos melhores que eu conheço. E olhem que eu conheço-os a todos! Roberto e os seus colegas ''marretas'' gregos que chegaram e sobraram para bater a Juventus. 

Pois é; todas as equipas que defrontam o Benfica são muito fraquinhas, e o Benfica tem obrigação de as golear a todas.
E depois ainda chamam arrogante a Jorge Jesus. Valha-lhes Deus.

«Falta de vontade na Europa»; 
Eu diria melhor, muito melhor; diria que Lhe faltam uma dezena de craques ''vendidos ao desbarato''...por centenas de milhões de euros.
Para ajudar um pouco com a vontade - eu que não sou treinador nem preciso de agradar aos especialistas da internet, arranjaria carradas de vontade desta simples maneira...

Para jogar no Mónaco...
Roberto
Maxi
Luisão
David Luiz
Fábio Coentrão
Matic
Witsel
Ramires
DiMaria
Gaitan
Rodrigo

E para Domingo em Braga...
Julio César
Silvio
Siqueira
Garay
Jardel
Fejsa
Enzo Perez
André Gomes
Salvio
Markovic
Jonas

E ainda me sobravam Javi Garcia (não consegui encaixa-lo) Cardozo, Lima e sei lá quantos mais...que agora não me recordo...
É cá com uma vontade que até faz fome...
E vou mas é comer que se faz tarde.