segunda-feira, 16 de setembro de 2019

Até tu, Theodoro da vergonha? Até tu?

Até o accionista maioritário da SAD do Portimonense, emérito accionista de referência da SAD da fruta, criticou arbitragem de Rui Costa chamando-lhe uma "Vergonha". Theodoro Fonseca, que denunciou uma sabotagem (!) do relvado, esqueceu-se, contudo, de evidenciar a VARgonha de como a sua equipa defendeu, ao minuto 98, o canto que deu a Marciano, perdão; a Marcano - verdadeiro extra-terrestre perdido na área - a possibilidade de validar a anterior canalhice do VAR. Depois da xistralhada da passada jornada atingiu-se o zénite da falta de vergonha e da filha da putice! Primeiro com Rui Costa a assinalar um penalti por bola na mão, que as imagens mostraram ter batido no peito, e as contas à moda do puorto, onde para o árbitro do Porto, noventa mais cinco é o mesmo que noventa e nove; 90+5=99.

Num país onde o macaco madureira e os superdragões do Canelas 2000 semeiam impunemente o terror por onde passam, o que não faltam são estranhos fenómenos do entroncamento. Criamos o cuspe electrónico, testemunhamos o jogo mais comprido da história, vimos o brunalgas conquistar quatro titalos do Peyroteo em menos tempo do que o Rui Costa deu de borla até que o clube da fruta marcasse. Temos o novo Lage dos sapos com ar de quem usa a calculadora do Rui (5=10) e o melhor - considerando que já quase ninguém se recorda do cantinho de Morais - esse canto à Portomonense, que acabará, estou certo, objecto de profunda analise dos especialistas mundiais dos fenómenos paranormais! Uma linha de quatro jogadores acampados a cobrir cinco toupeiras do Benfica no primeiro poste com a zona central da pequena área bem arejada para o Marciano aterrar. Se Folha acabar a carreia sem ninguém o reconhecer para além da esfera do Calor da Noite e da Taverna do Infante bem pode morrer descansado que deixará obra (canto à Portomonense) feita.

E depois de tanto vomitar já pouco mais há para contar. Indisponível para selecção do Rónalde, e já livre dos excessos de caspa que lhe sobejaram das loucas correrias da Luz, o arruaceiro Pepe durou os 99 mts do prolongamento mas, pela amostra, estava pronto para mais 38 dias se fosse preciso bater o recorde do Estorilgate! O boneco Conceição voltou a demonstrar que além de grunho é cobarde. Engoliu o elefante Danilo e ficou calado como um rato quando o Tiquinho Soares o mandou tomar no seu cu. Eu gostava de o ver tratar assim o Pepe ou o Marega, no lugar do pequeno japonês. Um verdadeiro canalha. A MDCSDQT não fez questões de arbitragem ao treinador da casa e nem quis saber do mau carácter do boneco para nada. É fruta a mais! Até o painel de antigos pilha-galinhas do pasquim onojo, carago! Quando até Fortunato Azevedo, Jorge encornado e José Leirós denunciam no pasquim da fruta a inenarrável roubalheira de Rui Costa e do VARasco Santos - árbitro do Estorilgate - percebemos de que massa são feitas estas duas desprezíveis criaturas.
Adiante que os sapos também são filhos do Diabo. O novo Bruno Lage entrou a empatar, Dumbo Fernandes acabou expulso - acredito que naquela que terá sido a melhor expulsão da liga do rolha - com o novo Yannick (Bolasie) dos sapos a substituir rapidamente o génio da MDCSDQT como o homem do jogo! E prontes. Regressou a choradeira, percebeu-se que o Leonel também tem bastante jeito para a comédia (a matemática é que não vai muito à bola com ele) e Braga e Guimarães terão de se haver com a forte concorrência dos sapos.

«João Félix já percebeu que Simeone não se compromete com ninguém, tenha o nome que tiver». Sempre citando o Jornal Marca, o pasquim rascord, dando corpo ao sentir dos lesados do Dumbo e dos 126M€, exultou com a primeira derrota do João Félix; perdão, do Atlético Madrid, só porque o treinador resolveu substituir o ex-jogador do Benfica aos 57mts de jogo! Segundo o pasquim, sempre citando a Marca, parece que o João Félix terá feito uma exibição horrorosa bem longe do esplendor do Rónalde, também a zeros no empate da Jumentus. O raio é que quando o moço saiu o Atlético ainda estava empatado a zero, sofrendo de imediato dois golos de rajada (aos 58 e 61). Obviamente que por culpa do João Félix, que o Simeone já disse que «não se compromete com ninguém, tenha o nome que tiver».

sexta-feira, 13 de setembro de 2019

Obrigado manos!

Paulo Gonçalves está acusado de meter umas cunhas para ter acesso a um tipo de informação que a maior parte da comunicação social obtém da mesma forma, chamando-lhe "fontes fidedignas". Não comprou árbitros, não depositou dinheiro nas suas contas, não lhes proporcionou aconselhamento matrimonial, não lhes ofereceu putas e férias à borla pagas pelo seu clube, não foi caçado - apesar das buscas diárias da PJ ao seu local de trabalho - com dinheiro vivo no seu gabinete, destinado a comprar equipas e jogadores adversários, não obteve vantagens desportivas, não foi avisado por uma toupeira da PJ antecipando a sua fuga para Vigo...nada. Terá metido umas cunhas para tentar saber o que a merda de comunicação social desportiva que temos (MDCSDQT) sabia com demasiada antecipação!

Declarando-se “chocado” peido da Costa deu três bufas no focinho do funcionário do ano, o indigente, caloteiro, compulsivo mentiroso, mau carácter, arguido Francisco traques, reencaminhando um e-mail (truncado) do Benfica à ex-deputada Gomes, para continuar a marrar com o Benfica, ligou o GPS da Rua da Madalena e partiu à desfilada para Vigo. O macaco madureira, aludindo a queda das twin towers, ficou tão alarmado com o declínio da justiça portuguesa que resolveu assaltar mais duas bombas de gasolina e roubar três estações de serviço, antes de arrancar aflito para o campo Coimbra da Mota, mesmo a tempo de evitar outra derrocada fatal! O clube da fruta, relembrando que o «E-Toupeira chega a julgamento com o banco dos réus desfalcado» correu a meter de lado outra parcela de 784 mil euros para pagar dividas (que não constam no relatório e contas) ao Estoril Praia, no intervalo do próximo jogo mais comprido da história mundial.

Os batráquios do alvalixo, em modo Paulo Cristóvão e André Cashball, revelaram-se "perplexos", garantindo continuar "a bater-se pela verdade desportiva com energia e intransigência" dispondo a Paulo Gonçalves os "dois juízes-conselheiros do Supremo, um procurador da República e o juiz-desembargador” que o presidente Vagandas informou dispostos a "fazer braço-de-ferro na justiça pelo Sporting".

Especialistas da especialidade, comentadores e demais paineleiros encornados, alinharam pela mesma diarreia mental, sentindo-se quase tão lesados como o António Simões se sentiu após os 10-0 do Benfica ao Nacional da Madeira! Compreende-se. Esperavam um Xistra de saias e saiu-lhes uma magistrada sem palas nem avenças. Recorrendo para o VAR, em vez de Fábio Veríssimo deram de caras com a lei!

E quem é o grande ídolo de toda esta maralha? O pirata Rui Pinto, que invadiu a correspondência privada de magistrados do Ministério Público, elementos da Administração Interna, PSP, escritórios de advogados, de clubes, jogadores, médicos, empresários! Paulo Gonçalves, por sua conta e risco, terá oferecido umas camisolas e uns bilhetes para consultar uns processos que (quase) toda a gente tinha acesso. Benfica para a segunda liga, escândalo Nacional, buscas da PJ, e a grandessíssima meretriz que teve a desdita de os parir.

Na apresentação da selecção portuguesa, realizada na tribuna de honra do Estádio Nacional, o atleta do Benfica, Pedro Pablo Pichardo chegou atrasado à cerimónia de apresentação por causa de mais um inopinado controlo antidoping. "É melhor assim, para verem que estou bem limpo. Já são para aí umas 15 vezes só este ano. Vão ao local onde treino, a minha casa, às seis da manhã"…15 vezes! Quantas vezes foram controlados o Nelson Évora, o Bruno Fernandes e o Marega no mesmo período de tempo?

«O FC Porto é o FC Porto e o jogo na Luz foi a prova». Eu é que não podia concordar mais com este Raul meio reles. Cabe ao Benfica perceber e anular esta esperada (única) maneira de estar. Eles são apenas aquilo. Arruaça, má criação, amarelinha e...mais nada.

Sapo a ser sapo! Salgado Zenha (i)responsável pela área financeira: 
«Os rivais perderam alguns dos melhores jogadores e o Sporting reforçou-se»

«Ana Gomes ouvida como arguida em processo por difamação movido por Aguiar-Branco». 
Agora já sem a imunidade diplomática, o melhor é arranjar umas compressas frescas para meter debaixo do enorme rabo. Nos próximos tempos é natural que venha a passar mais tempo sentada no banco dos réus do que a tentar arranjar mais tachos para a filha.

Coisas boas do futebol! A conferência de imprensa, de hoje, do mano Bruno Lage...
Um compêndio da arte de bem comunicar, de ensinar e de deixar a MDCSDQT no seu devido lugar. Que de tão rasteirinha até dói!

Bruno Fernandes melhor médio do mês de Agosto, Pizzi melhor jogador do mesmo mês. Incoerência, ou não, da liga do rolha, sobra a certeza de que os jogadores da bola...e a bola, são mesmo o melhor do mundo da bola. Reacção de Bruno Fernandes ao prémio atribuído a Pizzi; "Mereces craque".  Resposta de Pizzi que noutras ocasiões já tinha elogiado o rival. "Obrigado mano! Estamos juntos craque".

quinta-feira, 12 de setembro de 2019

Estão demasiadas bocas em risco.

Mais cedo ou mais tarde, se calhar bem mais cedo do que se pensa, acabará por ser criada uma superliga europeia à semelhança da NBA com as melhores equipas de cada país, de prestigio mundial inatacável e com mais poderio financeiro. As que mais vendem (maior numero de adeptos) estarão na primeira linha das que podem aspirar a fazer parte desse campeonato milionário. Pequenos países como o nosso aspirarão, no máximo, a uma equipa entre a elite e, assim visto à distância, nem isso é certo. O Benfica, pelo seu prestígio, organização, profissionalismo, boas contas, projecção mediática, conquistas e milhões de adeptos espalhados pelo mundo é, de longe, o maior - se não o único - candidato a figurar entre os grandes figurões da Europa! Com o Benfica na superliga o campeonato "acaba". 

A merda de comunicação social desportiva que temos terá de se reinventar, os programas de ódio ao Benfica deixarão de ter razões para existir, a liga do rolha murchará de vez, e a federação ficará exclusivamente dependente da selecção de...João Félix, do veterano Bernardo Silva e das jovens promessas que não pararão de brotar do Seixal! Um cenário, este sim apocalíptico, onde só vai dar Benfica, Benfica, Benfica e mais Benfica, Benfica, Benfica...A liga teme-o, a federação sabe-o e a MDCSDQT receia-o como ninguém. 

Por isso é que o brunalguismo (e o varandismo) e o chico-espertismo vieram para ficar. Puxar o Benfica para baixo passou a ser desígnio único de toda esta comandita em risco de falir. Nivelar por baixo e não deixar o Benfica escapar é o único objectivo que os norteia. Usarão quaisquer tipo de meios para evitar que o campeão nacional abandone o campeonato português. E o pior - e torna-se tão fácil perceber o porquê - é que o melhor dos dois mundos seria se conseguissem enfiar à força o clube da fruta na superliga europeia, aumentando exponencialmente o numero de fruteiros consumidores, mantendo o maior clube português controlado e restringido a competir somente nas provas nacionais, onde lhes asseguraria, ainda assim, a sobrevivência dos sapos, maiores receitas, proventos e polémicas sem fim!

Quando o Rui Pedro Brás faz os fretes que faz, luta arrevesadamente pela manutenção da gamela. Quando a Tânia do arranjo passa uma manhã inteira a garantir o contrário do que vai ter de desmentir ainda antes da hora do almoço, tenta apenas segurar o seu tacho. Quando o pasquim do Serpa, a bolha, concorre diariamente com o pasquim da fruta, onojo, tentando disputar-lhe a primazia das bufas do fugitivo de Vigo, apenas luta pela conservação da espécie. Quando o rascord faz primeiras paginas com notícias sobre o Benfica, que sabe que são falsas, apenas pretende continuar a ser uma opção válida ao sabão macaco e ao papel higiénico! E quando o grupo Cofina esconde dos leitores as descargas da Celtejo no Tejo, lava somente um dos seus membros mais porcos. É tudo uma questão de sobrevivência!

É isto que está em causa. E foi por isto que apareceram os Vouchers, os E-mails, o E-toupeira, a Operação Lex, acusações de lavagem de dinheiro, Mala Ciao, o pirata Rui Pinto e o mais que estará para vir.  Porque isto não ficará por aqui. Estão demasiadas bocas em risco.

quarta-feira, 11 de setembro de 2019

Game of cornos!

Ficou hoje conhecida a decisão do Tribunal da Relação de Lisboa (TRL) que confirmou a decisão da Juíza de Instrução Criminal, Ana Peres, no sentido de não pronunciar a Benfica SAD por todos os crimes de que vinha sendo acusada pelo Ministério Público no âmbito do processo vulgarmente conhecido por e-toupeira. O Tribunal da Relação de Lisboa e o Juiz Rui Teixeira (última esperança dos aliados do Altis) relator do acórdão que rasga de cima abaixo a leviandade (ou fervor clubístico) dos recorrentes (nem sei se é assim que se diz) Válter S. Alves do MP e o ex-árbitro Perdigão da Silva, sustenta que "não foi demonstrado, nem investigado sequer", que a administração da SAD do Benfica tenha "querido a conduta" do seu antigo assessor jurídico Paulo Gonçalves, no âmbito do processo E-toupeira. 

O procurador Válter S. Alves volta, assim, a cobrir de ridiculo o estado português, humilhando mais uma vez o Ministério Público - a outra foi quando se atirou a um cidadão canadiano por ter escrito um artigo num blog, acusando-o da derrocada da dívida pública portuguesa que levou à intervenção da Troika no país - retirando-se novamente de rabo entre as pernas, embora eu acredite que sem qualquer tipo de remorso pelas tristes figuras que tem feito. Afinal, conseguiu conspurcar por mais alguns meses o bom nome do Benfica!

Reacções diversas suscitou o acórdão do TRL. A oeste de pecos, o crime organizado, nas avalizadas opiniões do bardamerdas Carvalho, do arguido e assumidamente indigente Chico traques, bem como o notável inginheiro macaco - três dos mais (in)dignos, que não os piores, representantes da escória futeboleira - foram os primeiros a reagir, fornecendo a palha necessária - na falta de outros avalizados juristas - à merda de comunicação social desportiva que temos, enquanto se aguarda pelo o turno da noite onde opiniões ainda mais pertinentes, como as do professor doutor Jorge Amaral, do Fernando linhas-brancas e do pequeno batráquio Machado, trarão seguramente mais clareza ao assunto!...

Há coisas que nunca mudam. Os quatro titalos (Peyroteo) dos sapos, os recordes do foculporto no (onojo) pasquim da fruta, a excelência e o ouvido da Katia Aveiro para a música, as “certezas” do bacalhau à Brás, as fontes da Tânia do arranjo, o metro e meio do rasteiro Rui Santos, a cretinice do Rui Gomes da Silva, a vaca do inginheiro Fernando Santos e os prémios da liga para o Dumbo Fernandes! O forrobodó que se preparava para esta noite, os posts e os artigos de opinião que vão directamente para a ETAR, os prejuízos da pasquinada, as primeiras paginas atiradas para o lixo e as resmas de palha que serão desperdiçadas, davam para superlotar as estrebarias do campo pequeno em dia de festa. Por agora apenas foi ilibado o Benfica. Falta a Paulo Gonçalves ser julgado, provar a sua inocência, cobrindo de descrédito toda a gentalha sem escrúpulos que o condenou na praça pública antecipadamente. 

Do alto da sua presumida impunidade, houve um crápula que lançou esse slogan - "o melhor está para vir" - que viria a ser usado e abusado para denegrir o bom nome do Benfica. Muitos, que o adoptaram, já ficaram pelo caminho. Outros ou estão atrás das grades ou com enormes possibilidades de lhes seguir o caminho. Anda por aí muito menino que ainda vai acabar por fazer nas calças com o medo. A justiça tarda mas não falha, diz-se. E enquanto que "o melhor está para vir" não se vem, o melhor mesmo é tratar de adquirir vaselina, aprender a untar e a alargar. O tamanho do que ainda pode estar para vir pode ser bem mais complicado de E-lidar.

Para que conste. O clube da fruta safou-se (com uma multa pecuniária ridícula) da tarja gigante que a sua claque legalizada usou para acusar de corrupção personalidades como o Primeiro Ministro de Portugal e a Juíza Ana Peres. O que muitos parecem desconhecer é que foi levantado imediatamente um processo (crime público) pelo Ministério Público visando os autores da famosa tarja. Demorará o seu tempo mas que ninguém pense que os "macacos" e os seus mentores se ficarão a rir eternamente. Afinal, o melhor está (mesmo) para vir!

terça-feira, 10 de setembro de 2019

O implacável Meirim!

Continua intransigente, o justiceiro Meirim, ainda que, por uma vez, não tenha encontrado razões para interditar o estádio da Luz. Anda deveras assanhado o implacável Meirim. Obrigar o foculporto a pagar uma multa de 1150€ - por uma tarja do tamanho da bancada, com os rostos dos árbitros, uma juíza e o primeiro ministro, enaltecendo-os pelo titulo da época passada - não lembra ao diabo. Depois queixam-se que o país é demasiado cinzento e sem sentido de humor! Vamos que os adeptos organizados do Benfica se lembram de meter no Estádio da Luz uma tarja gigante com o justiceiro Meirim com um dióspiro maduro na mãos entre o Calor da Noite e a Taverna do Infante?

Já foi mau demais obrigar o patusco Brahimi a pagar 19,13€ por chamar maluco a Artur Soares Dias, obrigando o hilariante argelino a deixar o clube da fruta de calças na mão - partindo, de borla, para um país onde dão outro valor à comédia. O irascível Meirim, que teve a distinta lata de aproveitar uma divertida invasão de campo de um adepto do foculporto, que agrediu um internacional português (Pizzi) pelas costas, para aplicar ao clube da fruta uma severa condenação de 2.860€, aproveita tudo o que pode para interditar o Estádio da Luz!

Vá lá que o moço achou piada às gretas do Coimbra da Mota. Não fora essa queda especial para as rachas e invadir o campo do Estoril Praia, aproveitar a ocasião para roubar máquinas fotográficas, balanço que permitiu ao foculporto um intervalo de 37 dias para recuperar jogadores, marcar a segunda parte para uma data mais conveniente, sensibilizar o árbitro Vasco Santos para a problemática dos fora-de-jogo de três metros, ajudar o Estoril a perceber quais os jogadores a despachar antes da época acabar, reverter o resultado adverso e saldar uma divida de 784 mil euros, que nao aparecia das contas de Junho, milagrosamente reconhecidas em Dezembro, era coisa para acusar o clube da fruta de corrupção, enfiar o ingº macaco numa jaula e meter o foculporto jogar o pau com os ursos com o canelas 2000.

Média de 17M de prejuízo por ano, 60% das receitas - de dez anos de direitos televisivos - comprometidas ainda antes de entrar em vigor, plantel sem um único jogador da academia do BCP para vender; os "Aurélios" dissidentes, campeões da Europa, desapareceram (não fora o malandro Jorge Mendes e não deixariam um cêntimo) sem deixar rasto, processos de insolvência em tribunal, milhões de calotes reconhecidos a empresários, restando-lhes mais uma estruturação (perdão de dividas) financeira dos bancos para não afundar ainda mais. Nada que emperre a bazófia dos sapos (propostos aumentos salariais para o presidente Vagandas e seus administradores) nem os reputados especialistas da especialidade, ainda e sempre, às voltas com a falta de pontaria de Seferovic e os 20M que custou Raúl.

Tudo a gozar com os sapos por causa do Bas Dost limpar 6M por época mas ninguém fala dos 5,8M que o Aboubakar mama no clube da fruta! O prodígio camaronês que entra na sexta época ao serviço do foculporto (uma emprestado ao Besiktas) custou ao foculporto 16,6 milhões de euros (relatório e contas da SAD da fruta) marcando 56 golos! Seferovic, que chegou a custo zero ao Benfica, vai entrar na terceira e já leva - sem penaltis e já descontados os golos mal anulados pelos árbitros - 37 espetados na goela dos anti. Critérios!