sexta-feira, 15 de junho de 2012

Casa de putas!

E pronto; mais uma visita à mais famosa casa de alterne deste país sem valores morais que vai definhando pouco a pouco no esterco dos sem vergonha!
Lá, onde a vergonha é proibida, faz o corrupto questão de todos os anos ir pessoalmente meter a coleira a uns quantos pobres de espírito, que sem um pingo de vergonha no focinho, continuam a latir e a dar ao rabo de satisfação, cada vez que o senhor das putas lhes afaga o toutiço...
Com a habitual ironia, o habitual corrupto insulta milhões de portugueses, perante os sorrisos da CS submissa.
Dentro de uma casa que é de todos os portugueses, supostamente habitada por gente séria!
Os amantes do putedo, da fruta e dos chocolatinhos, dos quinhentinhos, do GPS da casa da madalena, local privilegiado para aconselhamento matrimonial a árbitros de futebol, obviamente não fazem parte dos estúpidos que felizmente não diminuem...
Os dePUTAdos gostam da fruta...
O presidente da assembleia da republica cala-se!
O primeiro ministro não tuge!
O presidente da republica não muge!
Sobram os estúpidos...

2 comentários:

  1. No calor da noite de junho faustoso banquete na casa que mais reformas douradas concede
    a quem está acima da lei e á custa de pesadas contribuições fiscais a que estamos sujeitos…
    Esqueceram-se de convidar o dragrão José Veiga…

    ResponderEliminar
  2. Meu caro Guachos: chamar àquele covil de ladrões casa de putas entendo que não é muito próprio pois que há putas muito respeitáveis e esforçadas na luta pela sobrevivência. Na sua primeira eleição fui dos que votei Cavaco e fi-lo conscientemente apesar de raras vezes ter participado em eleições. Da segunda vez não votei: e disse por quê. Enviei um mail para a Presidência da República a explicar a minha atitude; a de o Sr. Cavaco ter permitido que numa determinada final da Taça de Portugal se tivesse sentado na sua tribuna um corrupto condenado e, por uma questão de coerência moral, nem morto votaria a menos, é claro, que estivéssemos num regime no qual até os mortos votavam. Mas, nesta altura, tenho que dar a mão á palmatória; eu é que estava e estou errado porque, pelos vistos, toda a gente acha bem e bate palmas quando um criminoso comprovado como o incontinente costa dos peidos, ainda por cima cidadão desprezível, foragido á justiça (ah se fosse um dos vulgares e miseráveis cidadãos) é tratado da forma que é pela assembleia de um País que deveria primar pela lei. Das duas uma; ou essa Instituição é da laia dele, (o que creio) ou então o melhor é agarrar nesse corrupto por excelência e conceder-lhe a honra dos altares. Pobre gentalha!

    ResponderEliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não vale a pena perderes tempo...faz-te à vida malandro.