sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Valha-nos Jorge Jesus!


Agora que o lagartedo deu mais um passo em direcção ao abismo, parece-me ser boa altura para tentar despertar algumas consciências, que me parecem viver num mundo de fantasia inconsciente...
Muitos dos habituais leitores do Guachos podem até nem concordar, mas não tenho nenhuma duvida em afirmar que,
Jesus, mais que o presidente, mais que qualquer dirigente ou qualquer jogador, é o maior responsável não só pelos êxitos desportivos e financeiros destes últimos anos, mas pela própria sobrevivência do Benfica enquanto equipa de top!

Os adeptos do futebol são iguais em todo o lado!
No Benfica, no Freamunde, no Sporting, no Porto, no Braga ou no Alguidares de baixo, são todos iguais; na pré-temporada eufóricos e capazes de por goleada arrasarem os 'barcelonas' deste e do outro mundo, passados os dois primeiros jogos oficiais, com duas vitórias no 'bornal' acham que a equipa é a melhor do universo, com duas derrotas a pior da história!

A paixão acima de qualquer razão e os conhecimentos futebolísticos apenas contemplam goleadas de arrasar, ou vitórias (mesmo que sofridas) sobre os rivais directos...
No resto, se ganhas és o maior, se perdes não vales um traque! - No Freamunde, no Sporting, no Porto, no Braga ou no Alguidares de baixo, são todos iguais...

Os nossos vizinhos lagartos, andaram quatro anos a odiar o seu treinador (Paulo Bento) porque, pensavam eles, com os Yaniks e os Pereirinhas, fabulosos craques de então, qualquer treinador poderia ser campeão...europeu!
Não lhes bastava ficar à frente de um tristemente celebre Benfica, por essa altura entregue a treinadores educadíssimos e de fina estampa...

Hoje, estupidamente, ainda não terão percebido o 'ouro' que tinham em mãos, trocado imbecilmente pelos 'pechisbeques', Paulos Sérgios, Carvalhais, 'Paciências', Sá Pintas...
Ouvindo-os, ainda hoje pensam que Paulo Bento é que não prestava; ainda insistem que o Bento é que era o culpado!!!
Paulo Bento fez um trabalho fantástico, quase sobre-humano, com os fracos recursos que dispunha, mas mesmo assim foi enxovalhado, com apupos, insultos e lenços brancos, até se tornar insustentável a sua permanência em Alvalade!
Uma questão de burrice, muito comum à generalidade dos clubes, nomeada e repetidamente no Benfica!
..............................................................................................................................................
O adepto GuachosVermelhos, confessa não ter dado qualquer tipo de atenção ao nível da competência futebolística ao treinador Jorge Jesus, antes de este chegar ao Benfica...
Do que me lembro, detestava os modos estupidamente agressivos, e nunca o vi reconhecer o mérito das nossas vitórias, destilando arrogância, azia e mau perder, sempre defrontava o Benfica...
Fui por esse motivo, um daqueles que torceu o nariz quando LFV resolveu contratá-lo e por mim jamais entraria no Benfica...

Estou por isso completamente à vontade, para afirmar que Jorge Jesus me convenceu e me 'converteu' de cima abaixo após poucas semanas no comando da equipa!
Ao fim de escassos jogos, vendo a transformação que exerceu num clube amargurado e enterrado nos seus próprios fantasmas, carente de vitórias e de estímulos que o catapultassem para um patamar minimamente aceitável com os seus pergaminhos e história, definitivamente, converteu-me e convenceu-me da sua capacidade como treinador, homem capaz de transformar jogadores adormecidos e descrentes do seu próprio valor, em grandes figuras do futebol europeu e mundial!

Não o fez apenas com os jogadores, não! - Fez o mesmo a uma imensidão de adeptos, que após tantos anos de sofrimento e gozação, agarraram a benesse com unhas e dentes, transformando um clube triste e agonizante, num clube pujante de força, capacidade futebolística, futebol de encantar, orgulho de milhões!

Voltamos aos adeptos...
«No Benfica, no Freamunde, no Sporting, no Porto, no Braga ou no Alguidares de baixo, são todos iguais; na pré-temporada eufóricos e capazes de por goleada arrasarem os 'Barcelonas' deste e do outro mundo, passados os dois primeiros jogos oficiais, se com duas vitórias no 'bornal' acham a sua equipa a melhor universo, com duas derrotas acham-na a pior da história!»

Tal como os lagartos do outro lado da segunda circular, ferozes críticos dos quatro anos de Paulo Bento, os adeptos benfiquistas (na sua maioria?) detestam hoje os Três/quatro anos de Jorge Jesus no Benfica!
Esquecidos do que eram (apenas) quatro antes, esquecidos do gozo e das frustrações, esquecidos dos quartos e dos sextos lugares, esquecidos do patético futebol de antes, esquecidos das medíocres prestações futebolísticas, esquecidos das bancadas tristes e dolorosamente nuas, esquecidos que em 19 longos anos apenas ganharam 2 campeonatos um deles com Jesus a treinador, imaginam que Jesus é o mau da fita e é ele nos impede de sermos campeões...europeus, quiçá capazes de golear a melhor equipa do mundo, talvez mesmo a melhor da história!

Para além do magnifico futebol de ataque, Jesus fez entrar nos cofres do Benfica mais de 100 milhões de euros em valorizações de jogadores, sem contar os vários milhões em cotas de novos sócios, receitas de  bilheteira, transmissões televisivas, força negocial para novos contratos, e ainda os vários milhões resultantes das participações em provas europeias, onde antes da sua chegada raramente o Benfica conseguia qualquer vitória, algumas vezes não conseguindo vaga para sequer participar...
Prestigio, que antes estava ao nível zero, de novo (re)conquistado, e a Europa voltou a soletrar o nome do Benfica, sem pena, sem risos, sem chacota...

Olhando para as dificuldades financeiras dos clubes e do Benfica em particular, não posso deixar de me questionar, como seria hoje o Benfica sem a injecção de confiança, sem a injecção de capital humano e capital financeiro que Jesus proporcionou ao Benfica, assim como aos seus adeptos e simpatizantes!
Como seria o Benfica de hoje sem a acção preponderante e esmagadoramente influente da passagem de Jorge Jesus pelo Benfica?
O que seria o Benfica sem Jesus nestes quatro anos?
O que será o Benfica depois de Jorge Jesus?

Jesus, mais que o presidente, mais que qualquer dirigente ou qualquer jogador, é o maior responsável não só pelos êxitos desportivos e financeiros destes últimos anos, mas pela própria sobrevivência do Benfica enquanto equipa de top!
Jesus é o melhor acto de gestão de todo o consulado de Vieira - sem Jesus, nem Vieira teria sobrevivido! 


Até quando teremos gente que nada percebe de futebol a influenciar a permanência dos treinadores?
Os sócios têm sempre razão? As claques ou blogosfera é que fazem e desfazem treinadores?
Mas que grande estupidez!

9 comentários:

  1. Guachos,

    é o que digo sempre a toda a gente, espero que o Jorge Jesus seja o nosso Sir Alex Fergunson, que fique 25/30 anos.
    Nunca vi um futebol tão atraente no Benfica, nunca vi tanto respeito pelo nosso futebol, tanto em casa como fora. O JJ na 1ª época surpreendeu tudo e todos, e como ninguém tinha respeito pelo nosso futebol vinham jogar olhos nos olhos e conseguiamos goleadas atras de goleadas. Agora é tudo mais complicado, as outras equipes têm medo e jogam todos as defesa, o sistema para travar o nosso potente futebol, teve e tem que gastar mais e as coisas estão a vista apesar de todos o quererem esconder.
    O JJ há de ser também responsável pela queda do sistema, acredito verdadeiramente nisso.
    Saudações

    ResponderEliminar
  2. Totalmente de acordo, caro Guachos. Eu sou de opinião que o LFV depois das eleições devia prolongar o contrato do JJ por mais 2 ou 3 anos.

    Além disso, e ao contrário de muitos imbecis ingratos e ignorantes que só dizem mal dele, muitas vezes apenas com intenção de atacar a direcção do clube, acho que ganha o ordenado justo em relação ao valor que tem acrescentado ao clube e à competência como treinador que é muita.

    Os invejosos e os ignorantes devem ser combatidos e ignorados por todos os benfiquistas pois estão a fazer o favor ao PC que só está à espera que o JJ saia do Benfica para o contratar. E nessa altura iremos ter problemas, acreditem!

    Por isso está a aguentar o VP enquanto a altura certa não chega. Ainda este ano tentou contratá-lo outra vez. Aqui temos de ser espertos, temos de lhe trocar as voltas prolongando-lhe o contrato! A gestão de um clube também se faz com decisões destas! Temos de ser mais espertos do que os outros!


    ResponderEliminar
  3. Enorme Guachos, Companheiro,

    Uma vez mais, demonstras a razao pela qual este teu Blogue (com maiuscula, obviamente) e absolutamente essencial ao Benfiquismo. O Meu Muito Obrigado!

    E escrevo-te isto 'em resposta' a um texto que eu nao teria escrito, porque nao estou inteiramente de acordo com ele (e contigo, ahahah).
    Que o Nosso Tecnico tem tido um papel determinante, fundamental e/ou essencial, eu estou de acordo (e, tal como tu, estou absolutamente a vontade para o reconhecer, depois de tambem me nao ter agradado a sua contratacao), por todas as razoes que explicitaste e mais outras tantas.
    Mas elege-lo como o maior responsavel pelos Nossos sucessos recentes ... ja nao estarei de acordo.

    Queiramos ou nao, gostemos menos ou mais, nos sucessos como nos insucessos, o primeiro e maior responsavel nao pode deixar de ser o Companheiro Luis Filipe Vieira.

    Os pecados e as virtudes do Glorioso vao muito alem da SAD (a area onde o JJ exerce a sua influencia determinante), ultrapassam as 'Modalidades', a dinamica do Clube e a sustentabilidade economica do Grupo.

    O 'elo', o 'cimento', o 'denominador comum' entre todo este universo, quer nos (poucos) erros, quer nos (incontaveis) sucessos, e um so: incontestavelmente, o Presidente!

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
  4. Um bom texto, como sempre, do enorme adepto Guachos! É sempre um prazer ler as suas prosas, e nesse sentido este é um dos blogues que mais sigo!

    Quanto ao Jesus, penso que a sabedoria popular diz tudo sobre o valor dele: depois dele, virá quem bom dele fará! E ai o benfiquistas vão lamentar todas as injustiças que cometeram contra ele - tirando os adeptos que são sumidades no futebol e que nunca se enganam. Só não entendo porque é que não são treinadores, dirigentes, presidentes ou agentes desportivos de futebol - é algo que escapa ao meu intelecto!

    No entanto, costumo participar num pequeno fórum de benfiquistas no facebook, e pelos poucos benfiquistas que lá participam, verifico que a maioria está farta do Jesus e que dizem que com ele o Benfica não irá atingir mais nenhum título, uma vez que é um treinador medíocre. E que o seu ciclo acabou no Benfica!

    Espero que um dia o tempo faça justiça à passagem de Jesus pelo Benfica!

    ResponderEliminar
  5. Bom texto sobre o qual concordo totalmente

    Viva o Benfica

    ResponderEliminar
  6. Sim, caro José. Tem razão. LFV é a cola e importantíssimo na estrutura actual. Mas a estrutura actual não é mais que a soma das partes. Não para desvalorizar o que eu considero um dos melhores presidentes da história do Benfica (lá vem as ofensas), mas por exemplo na época em que fomos campeões, JJ pareceu-me muito mais importante do que LFV. Quero com isto dizer que na verdade todos são importantes ao Benfica. Uns mais outros menos neste ou naquele momento.
    Um exemplo do momento é a estrutura das modalidades do Benfica. Tem devolvido e mantido de uma forma por vezes invisível, a esperança e confiança de que o Clube tem os objetivos bem definidos e que o caminho está a ser percorrido para a hegemonia. No frutabol Português as coisas demoram mais tempo. O caminho não se percorre, apalpa-se, está totalmente armadilhado.
    Lá chegaremos a seu tempo, para isso precisamos de mais tempo e que - uma das criticas em que concordo com a auto-intitulada oposição - o Presidente seja mais firme perante os o que se passa já sem disfarce e vergonha no futebol Português.

    Abraço

    RC

    ResponderEliminar
  7. Perfeito, Guachos!!
    De facto o JJ é a figura mais atacada (por vezes com ataques dissimulados) pela CS e por arrasto pelos benfiqistas "mais benfiquistas" e "notáveis".
    Estes "notáveis", que legitimam os ataques desconexos e cobardes da CS, enquanto estiveram dentro da estrutura do SLB, a única coisa que fizeram foi gozar das mordomias do Glorioso. Na minha querida Barcelos costuma-se chamar chulos a esta gente nunca notáveis!
    Não tenho a mínima dúvida que só o carater forte do JJ o faz aguentar os sucessivos ataques e provocações que quase diariamente lhe lançam. Eu também estou convicto, que neste momento o JJ é mais preponderante que o LFV. Claro está que tal facto só é possivel por decisão do LFV.
    Saúdações Vermelhas!

    ResponderEliminar
  8. Jose Albuquerque,
    Há ideias que para serem melhor entendidas, têm de ser escritas talvez com demasiada veemência, tal é a vontade de fazer passar a ideia...
    Obviamente que o responsável máximo pelos êxitos ou falta deles é sempre a maior figura do Clube!
    O facto de pôr o ênfase maior sobre Jesus, visa alertar consciências e chamar a atenção para o perigo que é não olharmos para dentro, não valorizarmos o que temos de bom, lembrando o que de tão mau tínhamos num passado tão recente...
    Diria que Jesus deve muito ao Benfica e a LFV, mas LFV também deve muito do seu sucesso desportivo a Jesus, bem como muitas mais valias financeiras...
    Por mim, fazem uma excelente dupla, ainda com muito para crescer e acredito que o melhor deles ainda está para vir...
    Não espero menos de ambos!

    ResponderEliminar
  9. Falando em português, Foda-se! Ó Guachos, agora é que tu partiste esta merda toda!!!!

    ResponderEliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não vale a pena perderes tempo...faz-te à vida malandro.