quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Ano Novo hábitos velhos...há portugueses e "há" portugueses!

Começa o ano e os velhos hábitos que não mudam...
Os jornais desportivos de hoje destacam os mesmos de sempre e dão-nos uma amostra do que será 2013!
A "abolha" abre com LFV...
O "rascod" com Jorge Jesus. ..
O "onojo" diz que o estádio de Contumil é o mais seguro da Europa - espera-se que as pedradas e as bolas de Golfe usadas para agredir quem o visita, não contassem para essa estatística...
................................................................................................................................................
Cresci a ouvir e a ler (ainda vi muitos jogar) que Jogadores como Simões, José Águas e José Augusto, Coluna, Torres, Germano, Humberto Coelho e Chalana, só para citar alguns, eram grandes jogadores, dos melhores que o mundo viu jogar!
Cresci a ouvir e a ler que Eusébio era/foi um dos melhores do mundo e um dos melhores jogadores de sempre!
Cresci a ler e a ouvir que Pelé era/foi o melhor jogador do universo, embora muitos, entre os quais o GuachosVermelhos, apontem para Maradona como o maior génio de sempre...

Até mais ou menos 5/6 anos atrás, tudo isso eram verdades que ninguém ousaria pôr em causa!
Agora, por estes dias, anda a generalidade da imprensa portuguesa a desdizer o que durante décadas nos fez acreditar...
Anda uma boa parte dos portugueses a desdizerem as outrora verdades absolutas, menorizando os ídolos do passado!
Agora, para se ser melhor do mundo, tem que se jogar em pelo menos 3 Países - Portugal, Inglaterra e Espanha!
Se for treinador são 4 - acrescenta-se a Itália!

Quem só jogou (ou treinou) num País - num só clube - nada provou, e até que imigre para outras paragens, não passará de um produto forjado pela imprensa estrangeira - uma imprensa inimiga, espalhada por todo o mundo, convergente nos interesses anti-patrióticos e que tem por alvo dois pobres portugueses!
É desta forma simples e directa que o País futeboleiro decidiu mandar às malvas toda a história e enterrar as memórias do passado!
Os pendentes e dependentes do empresário Jorge Mendes desdobram-se em entrevistas em que nos juram que só quem jogou ou treinou em Inglaterra e em Itália, para além de Portugal e Espanha, é que pode ser considerado o melhor do mundo!
A generalidade dos comentadores desportivos (e outros) acha que é anti-patriótico afirmar o contrário e nas redes sociais 'morre-se' por defender a lei de Mendes!

Gente como, Simões, José Águas, José Augusto, Coluna, Torres, Germano, Humberto Coelho, Manuel Fernandes, Gomes, Oliveira, João Alves, Néné, Chalana e...Eusébio que 'só' jogaram em Portugal e representaram apenas 'um' clube...
Ídolos do passado como, Pélé, Tostão, Georg Best, Bobby Charlton, Gerd Müller, Franz Beckenbauer e Garrincha, Paolo Maldini, Puskas e Lev Yashin, ou idolos do presente como, Ryan Giggs, Steven Gerrard, Neymar ou...Lionel Messi, nada representam para esta espécie de censores implacáveis, defensores de um patético e ridículo patriotismo de algibeira!

De qualquer forma, para estes defensores e patrióticos censores, há portugueses e "há" portugueses: dezenas - o Duda, o Fábio, o Eliseu, o Simão, Tiago Pinto, André Santos, Diogo Salomão, Zé Castro, Bruno Gama, Pizzi, Nélson Oliveira e Roderick, Tiago. Tonel, Vieirinha, Dany, Quaresma, Geraldo, Cadú, Nuno Claro, Tony, Fredy, Dani, Manuel José e Semedo, Pedro Oliveira, Ricardo Carvalho, Manuel Fernandes, Ricardo Costa, Hilário, Paulo Ferreira, Bosingwa, Nani, José Fonte, Eduardo e Miguel Veloso, Filipe Oliveira, Sérgio Pinto, Hugo Almeida, Marcel Correia e Ricky Pinheiro, Roberto Pinto, Makukula, Ricardo Esteves e tantos outros, fazem pela vidinha, sem que as carpideiras andem todas as semanas a chorar baba e ranho contra a imprensa estrangeira, demasiado exigente para com qualquer destes "coitados" portugueses!

Ainda há mais umas boas dezenas de portugueses de segunda, treinadores que fazem pela vida em vários países do mundo, sem que em Portugal alguém esteja minimamente preocupado com os assobios ou a pressão a que estão sujeitos...
Manuel José, José Romão, José Garrido, Augusto Casimiro, Manuel Cajuda, Joaquim Preto, Eurico Gomes e Bernardino Pedroto, Mariano Barreto, Dinis, Augusto Portela, Vítor Manuel, Fernando Santos, José Couceiro, Pedro Caixinha, Carvalhal, Paulo Duarte, Henrique Calisto, Nelo Vingada, Carlos Queiroz, Ricardo Formosinho, Jaime Pacheco...

Para esta gente - gente digna na sua esmagadora maioria, gente que não passa o tempo a criar e a promover conflitos, gerando ódios difíceis de perceber e compreender, não há desculpas; ou apresentam resultados ou são despedidos como qualquer outro profissional...
Ou portam-se bem, respeitando os clubes e as instituições que representam, ou são corridos e escorraçados...
São portugueses? nem que fossem chineses...

3 comentários:

  1. A isto, chama-se falar verdade!

    Grande Guachos!

    Carlos Arsénio

    ResponderEliminar
  2. Hahahahaah!
    Quando comecei a ler a partir do segundo paragrafo logo vi que não ias ter muitos comentários...

    A cartilha do Mendes domina a blogosfera!

    ResponderEliminar
  3. Nem mais caro colega anonimo.
    Carrega guachos.

    ps: hoje estavam decorridos 3 minutos (essa infinidade de tempo) de jogo, que opôs o Glorioso com o Aves e já as bestas da tsf estavam a dizer que o Aves estava bem arrumadinho em campo, foi só entrar o 1º golo também ele aos (longínquos 4 minutos) para tudo mudar.
    Á coisa e tal, a equipa do Aves está mal posicionada os jogadores estão muito subidos, não pressionam e assim arriscam-se a sofrer mais dissabores! Em suma um fartote de asneiras…
    Mais uma vez CARREGA GUACHOS e não dês tréguas a esses filhos da p*ta.

    ResponderEliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não vale a pena perderes tempo...faz-te à vida malandro.