terça-feira, 30 de abril de 2013

Um tiro nos pés...

Foi um tiro nos pés...
Nos pés dos corruptos, dos seus seguidores e dos seus adoradores.

O Benfica, através do director de comunicação João Gabriel, veio a público denunciar aquilo que considera «uma campanha desprezível para contestar o mérito da liderança do clube da Luz no campeonato.»

«Durante uma semana mantivemos de forma paciente o silêncio que hoje termina, de forma a acabar com a campanha mais baixa, 
incendiosa, fraudulenta e imoral dos últimos anos. Uma campanha de insinuações e mentiras, promovida por alguém que evidentemente queria tirar dividendos do clima de intimidação que foi criado. Alguém que em qualquer país da Europa seria um caso e exemplo de estudo em faculdades de Direito, nomeadamente em cadeiras de Direito penal, mas que em Portugal continua a ser recebido na Assembleia da República»

«Tentaram contestar o mérito da liderança do Benfica de forma desprezível. Essa resulta do trabalho, do empenho e do talento de muita gente de dentro do clube, ninguém deu nada ao Benfica»

«Convém, por isso, recordar a essa virgem ofendida que só há uma equipa na Liga portuguesa que ainda não sofreu qualquer penalty ao longo do campeonato, um caso que deve ser único na Europa.»

Foi assim que o Benfica respondeu à execrável campanha feita pela imprensa desportiva nestas ultimas duas semanas.
Está tudo dito e muito bem dito - tudo o que eu próprio já tinha denunciado neste blog.

Mais do bem dito, foi dito no timing perfeito.

Agora que estamos por cima é que não podemos deixar que ninguém belisque o mérito alcançado - o que tanto custou a conquistar - limpamente.

Se fosse apenas para responder ao corrupto, não concordaria de todo, e aí sim, o timing seria completamente  errado. A esse, o desprezo ainda é e será (quase) sempre a melhor opção.

Foi na comunicação social que quiseram quiseram amesquinhar os nossos méritos desportivos - foi agora - é agora que devemos responder.
Antes que as mentiras passem a ser verdades - antes que os ladrões passem a ser vitimas e as vitimas passem a ser os ladrões.

Foram ditas as mais torpes mentiras e o Benfica foi achincalhado por gente miserável.
Não deveria responder?
Aquele ser pequenininho, sem contraditório, a mentir descaradamente na SiC notícias ao afirmar que o Benfica teve dois controlos anti-doping desde o início da época, quando na realidade foi controlado em mais de 40% dos jogos.
E o Benfica tem de aturar este e outros merdas sem defender a sua honra?

TIMING PERFEITO


4 comentários:

  1. só quem não lê aqui o Guachos é que pode estar surpreendido com o que foi referido ;)

    de facto o timing foi perfeito. e colocaram o dedo na ferida sem atingirem os árbitros porque se há uns maus não se podem colocar todos no mesmo saco ou assim é que nunca se muda para melhor!

    o mesmo jornalista da Antena 1 que é referido na peça e que falou tanto sobre o árbitro, hoje de manhã em vez de falar no jogo que tinha acontecido na véspera, só falou no próximo jogo do Benfica e nas queixas do treinador do Marítimo sobre a arbitragem. A azia era tanta que nem quis falar da "final" que o Benfica ganhou com toda a justiça. até parece que o Jesus também não falou do penalti que ficou por assinalar sobre o Cardozo! mais uma vez branqueamento sujo em acção!

    ResponderEliminar
  2. É isso mesmo GuachosVermelhos,
    O TIMING foi PERFEITO

    O nosso merito não pode ser posto em causa da forma miserável como fizeram na comunicação social...
    Esteve muito bem o benfica

    DL

    ResponderEliminar
  3. Caros Benfiquistas, tratem sempre os adeptos do fcp por ANDRADES CORRUPTOS. equivale a meter-lhes um ouriço do mar no cu!

    ResponderEliminar
  4. Fodace,para mim foi é mazé escasso ainda

    ResponderEliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não vale a pena perderes tempo...faz-te à vida malandro.