sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Casamento perfeito!

Luiz Adriano é o nome do insurrecto que (num jogo da Champions) aproveitado-se da boa fé da equipa adversária, que parada esperava a devolução da bola após uma paragem de jogo, correu em direcção à baliza e perante os espanto de todos, colegas inclusive, marcaria o golo mais porco da história do futebol!



A UEFA acabaria por castigar o crápula com um jogo de suspensão, mas na verdade o que este anormal merecia eram umas chapadas no focinho para aprender a ser gente!
Com este cartão de visita, é normal que o seu actual clube queira ver-se livre do suíno...
Com este cartão de visita, também é normal que o energúmeno procure um clube, onde roubar, corromper, enganar, vender, usurpar, apintar ou chular, sejam coisas naturais e que façam parte do dia a dia de uma agremiação em tempos condenada por corrupção! 
Se isso acontecer num País onde a imprensa venera o chico-espertismo, a má criação, os dichotes e a corrupção, então o destino não poderá ser outro e o casamento perfeito!

Há um ditado antigo que diz; «quando nasce a cabra 'mocha' também nasce o comprador para ela»
No futebol pode dizer-se que, quando nasce um porco, o destino levá-lo-á até ao Porto - mais cedo ou mais tarde...

5 comentários:

  1. "destino levará-lo-há até ao Porto" escreve-se "levá-lo-á"!

    ResponderEliminar
  2. O Hulk também já fez o mesmo só que não conseguiu marcar...

    Carlos

    ResponderEliminar
  3. Ele há porcos e porkos!
    Comi á bocado umas bifanas dos primeiros!
    Dos segundos, pode-se também fazer bifanas, mas tragá-las, fónix!

    ResponderEliminar
  4. Se não me engano, o Capucho fez a mesma canalhice num jogo da Champions. Os avençados na altura elogiaram a sabujice!

    ResponderEliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não vale a pena perderes tempo...faz-te à vida malandro.