quinta-feira, 30 de maio de 2013

Temos de repetir o que fizemos este ano e escrever, apenas, um final diferente!

Luís Filipe Vieira recebeu esta quinta-feira 70 deputados benfiquistas das bancadas parlamentares da Assembleia de República, aos quais dirigiu estas palavras sobre a época desportiva. 

«Em primeiro lugar queria agradecer a vossa presença aqui hoje, porque ela representa um sinal de amizade, de reconhecimento, mas também um estímulo para o futuro. 

Mas o estarem aqui - e não na Assembleia da República - significa que sabem exactamente para que serve e para o que não deve servir a Assembleia da República, e isso é algo que deve ser destacado para memória futura. 

Estarem aqui significa que o futebol é transversal a toda a sociedade, mas que há fronteiras que devem ser respeitadas, e que quem não percebe isso faz mal à democracia portuguesa.
Esta não foi uma época de sonho, mas foi uma época que nos fez sonhar como há mais de 20 anos não o fazíamos. 

É verdade que a tristeza destas últimas semanas é tanto maior quanto o caminho percorrido e as expectativas criadas durante os últimos meses, fruto do trabalho, da dedicação, do esforço dos profissionais desta casa.

Este clube está habituado a viver na pressão, fruto da sua grandeza, da sua história, daquilo que representa para os portugueses. 

E o nosso estado de tristeza tem precisamente a ver com o facto de termos estado muito perto de concretizar uma época fantástica.

O que vos digo é que só a morte não se consegue ultrapassar, o resto podemos superar tudo. 

Para o ano temos de repetir o que fizemos este ano e escrever, apenas, um final diferente. Temos condições para isso!
Tenho a serenidade de ter dado o melhor de mim a este clube, a amargura de ainda não ter chegado onde quero chegar, mas a certeza que aquilo que falta para lá chegar é muito pouco.

Somos hoje, no ranking da UEFA, a sexta melhor equipa europeia. Demos nos últimos anos um enorme salto qualitativo e competitivo. 

Mas é evidente que quando não se ganha temos a tendência suicida de colocar tudo em causa.

A verdade é que se tivéssemos ganho haveria coisas que teríamos de corrigir, mas também é verdade que o facto de não termos ganho não significa que tudo está mal. 

Vamos mudar aquilo que tivermos de mudar mas com ponderação, para não estragar tudo o que de bom conseguimos nos últimos anos. Não devemos ter medo das nossas convicções.

O Benfica é vivido, dentro e fora do clube, durante 24 horas, 7 dias por semana. Os jornais escrevem uma coisa hoje, outra coisa totalmente diferente amanhã. 

Escrevem o que julgam saber, o que não sabem e muitas vezes aquilo que gostariam de ver acontecer. 

Mas o Benfica de hoje não é um Benfica que se deixe condicionar pela imprensa. 

O Benfica de hoje decide em função do interesse do clube, e em função daquilo que a sua Direcção e o seu Conselho de Administração entendem ser o melhor para o Benfica. 

A única garantia que vos posso aqui deixar é que vamos manter o rumo e continuar a trabalhar com a mesma seriedade, o mesmo rigor e a mesma paixão que nos trouxe até aqui. 

E para aqueles que só aparecem nas horas más a criticar sem nunca ajudar a construir, os benfiquistas sabem o carácter e as razões que os movem.»

«Trata-se de um discurso quase perfeito, um discurso que me enche de Vaidade Benfiquista e que quase me faz sentir inveja de quem o escreveu» - palavras do nosso companheiro e amigo, o enorme José Albuquerque...
Palavras de quem sabe o que fala!

5 comentários:

  1. Discurso muito realista,e pragmático sobretudo se atendermos aos acontecimentos desportivos que ainda estão bem frescos na nossas memória.
    Aprender com os erros cometidos,saber lidar com os conflitos dando o "corpo ás balas e enterrando-os da forma mais correta" é o que se pede ao nosso presidente. Acredito firmemente que algo terá que ser mudado e vai se-lo certamente !

    ResponderEliminar
  2. Companheiros,

    Trata-se, de facto, de um excelente discurso de um Benfiquista que se continua a revelar merecedor de confianca e solidariedade.

    Parecem-me de destacar os 3 seguintes conceitos:

    1 "Tenho a serenidade de ter dado o melhor de mim a este clube, a amargura de ainda não ter chegado onde quero chegar, mas a certeza que aquilo que falta para lá chegar é muito pouco."

    2 "Vamos mudar aquilo que tivermos de mudar mas com ponderação, para não estragar tudo o que de bom conseguimos nos últimos anos. Não devemos ter medo das nossas convicções."

    3 "E para aqueles que só aparecem nas horas más a criticar sem nunca ajudar a construir, os benfiquistas sabem o carácter e as razões que os movem.»

    Razao teve aquele que escreveu "o Benfica tem tudo, so nao tem comparacao"

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
  3. Certo no alvo!

    É pena o tiro não ter abatido(ainda)uns quantos abutres esfomeados. Mas a hora vai chegar.

    ResponderEliminar
  4. Companheiros,

    Dei uma volta rapida pelos blogues de Benfiquistas e constatei um apoio generalizado a este discurso do Presidente.

    Depois ...

    Bem. Depois ha alguns Companheiros que achavam que o jantar de ontem era uma boa oportunidade para o Presidente 'discutir' as eventuais mudancas que o CA da SAD estara a preparar-se para implementar no futebol.

    Porra, que eu devo ser muito estupido, ahahah.

    Sera que esses Companheiros sabem que a epoca desportiva (da SAD, do Futebol) ainda nao terminou?
    Sera que sabem quantas pessoas estao envolvidas (fora os Atletas) na 'estrutura' da SAD?
    Sera que acham bem que o CA proceda a avaliacao da epoca sem consultar os mais importantes dos Colaboradores que formam essa 'estrutura'?
    Sera que lhes dariam um prazo para procederem a uma autoavaliacao dos respetivos departamentos e para apresentarem eventuais propostas de melhoria do desempenho?

    Mas sera que estes Companheiros fazem uma ideia, por minima que seja, do que e gerir uma Empresa que gere mais de 150ME de Proveitos?

    Ou eu sou muito estupido, ou ha alguns Companheiros que sofrem de uma especie rara de 'ejeculacao precoce', que os leva a escrever barbaridades inadmissiveis!

    Viva o Benfica (PORRA)!

    ResponderEliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não vale a pena perderes tempo...faz-te à vida malandro.