sexta-feira, 12 de abril de 2013

A ciência dos números...


As teorias dizem - sempre que é preciso justificar fracassos - que são precisos anos para fazer uma grande equipa, às vezes mais alguns para se jogar futebol de qualidade.
A maioria dos grandes treinadores exige craques de renome e...tempo - muito tempo para fazer uma equipa ganhadora...

Em Newcastle, o Benfica entrou em campo com 6 jogadores que na época passada jogavam em clubes menores, alguns como segundas escolhas, longe de imaginarem que passados tão poucos meses estariam a lutar por títulos numa prova europeia!

4 putos com menos de 22 anos:
André Almeida, ontem defesa direito, jogava no Leiria como médio centro!
Melgarejo, defesa esquerdo, jogava no Paços de Ferreira como avançado!
Olá Jonh jogava no Twente da Holanda em corrida continua, apenas com tracção à frente, enquanto que Sálvio rompia os cueiros no banco do Atlético de Madrid!

Enzo Perez andava pela Argentina, 'sentado' no doce colinho da sua 'doente' mamã, e Lima, no Braga, suspirava por jogar num grande clube europeu...
Sobram, Artur Matic e Garay - todos com 2 épocas (a contar com esta) de Benfica, Gaitan com mais uma, e o "velho" capitão Luisão!

Para construir uma equipa eficaz, uma equipa ganhadora, uma equipa sólida, solidária, que pratica um excelente futebol, não são precisos nem passes de magia, nem é preciso ser poliglota ou ter 345 cursos de boas maneiras - não são precisos dois ou três anos para fazer uma grande equipa - uma equipa ganhadora.
O que é preciso é ter capacidade (muita) e inteligência (não confundir com cultura) para saber, primeiro escolher jogadores, e depois saber tirar-lhes o que de melhor eles têm para dar.

O que é preciso é ter alguém que "faça ciência" como afirmou, não há muito tempo, um grande treinador europeu, num colóquio, numa (FMH) faculdade portuguesa 

E isso, Jorge Jesus tem às carradas - muito mais que a maioria dos treinadores e seguramente mais que os sabichões comentadores das rádios tv e disco e da 'cassete pirata' que passam a vida a faltar-lhe ao respeito.
Em quatro épocas, o pior que já conseguiu é muito melhor do que fizeram a esmagadora maioria das dezenas de técnicos da história benfiquista, mas ainda se ouve e lê, frases como, «se Jesus não inventar» «as teimosias de Jesus» e outras palermices semelhantes!

Mais de 20 milhões, já rendeu esta época ao Benfica a sua participação nas provas europeias, sem contar com receitas de bilheteira...
60 milhões pelas vendas de Javi e Witsel, mais 5,5 de Bruno César e uns 'trocos' pelos empréstimos - para além de uma máquina de produzir bom futebol e valorizar jogadores, Jorge Jesus é o sonho de qualquer SAD desportiva...

Já se vislumbram na fila, os muitos parasitas à espreita, à espera da boleia das vitórias, à espera do Marquês, prontos a tomar os lugares da frente, para tomar como seu parte do quinhão das vitórias - basta ver as diferenças das suas criticas...
O que ontem era lixo é hoje material de primeira!
E já se clama pela renovação de Jesus quando apenas 3 meses antes se gritava, vai-te embora!

Tudo o que o Benfica conseguir desportivamente esta época tem apenas um pai: JORGE JESUS
A seguir, o presidente e a estrutura que o segurou, manteve e apoiou.
O resto...é resto - tenham vergonha na cara e mantenham a distância.

Ainda há resistentes à espera de um tropeção, escondidos na sombra, espreitando, aqui e ali, uma no cravo outra na ferradura, que à cautela já vislumbram algum mérito, por enquanto apenas dos jogadores, e quem sabe, se tudo correr como nós queremos e desejamos, ainda os iremos ver, travestidos e vestidos a rigor, em manifestações de grande teor benfiquista - agora sem petardos, sem insultos, sem paredes conspurcadas...
Assim seja.

3 comentários:

  1. Os mesmos de sempre amigo Guachos - Sempre os mesmos de sempre. Quer na net, quer nos jornaleiros avençados e submissos.

    Miguel

    ResponderEliminar
  2. Esses, os tais, estão a preencher as agendas dos alfaiates para a respectiva viradela da casaca, só que o cheiro a mofo do "novo visual" detecta-os a léguas.

    Cá estaremos para os "desinfectar".

    ResponderEliminar
  3. sempre corrosivo e genial... mas sei que os nossos críticos ainda afiam as facas, à espera do primeiro deslize, para vir debitar as suas patacoadas!

    Parabéns pelo texto Guachos! Um abraço

    ResponderEliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não vale a pena perderes tempo...faz-te à vida malandro.