segunda-feira, 8 de novembro de 2021

Há tipos assim.

Com o redpass finalmente atualizado, ontem foi dia de regressar ao lugar do costume. Depois de saltitar de lado para lado no estádio, soube bem abraçar e rever algumas das velhas e as boas amizades de sempre. Antes, a provação da fila (tudo ao molho e fé em Deus), que a Covid-19 é selectiva e abstém-se de atacar às portas do estádio, e a paciente espera de passar pela crivo da segurança - da treta se olharmos para os petardos que entram sem qualquer dificuldade - que nos trata como gado. De positivo, os quatro especialistas da especialidade que transportei escondidos na cueca - para bem dos meus pecados o senhor dos apalpanços evitou investigar-me os entrefolhos, expondo-me o careca - para me ajudar a perceber todas as tremendas deficiências do treinador do Benfica e, por suposto, me explicar devagarinho - que eu ainda sou mais lento a pensar do que o Pepe, quando desprovido da baba de caracol e da placenta de burro, a escoucear - a forma, evidentemente espectacular, como o grande Carvalhal preparou a sua equipa para arrasar a Catedral. 

Acontecimento expectável - eu nem faço a mais pequena ideia da quantidade de posts antecipadamente preparados e das parangonas do apocalipse prontinhas a sair - desde que soubemos que a dupla Soares Dias/Hugo Macron foram destacados para a festa, que se previa de arromba. Depois de, em Munique, o Otamendi mandar Jesus levar no seu cu do boneco Conceição e de o Lucas Veríssimo espetar o dedo em riste nas fuças do boi do Jamor, nenhum especialista da especialidade que se prese esperaria menos da peleja da Luz.

Do o mal o menos, para quem vai à bola apenas para...ver bola. Infelizmente, não se pode dizer que ninguém se aleijou, mas, da carnificina que, durante a semana, tão bem planeada foi, para além do tremendo azar dos lesionados, nem as cornaduras do cagão Carvalhal e dos talibãs da internet saíram minimamente chamuscadas. O lambe-pilas do velho sarnoso tem créditos na MDCSDQT para dar e vender e aos raivosos do teclado basta-lhes um peido do treinador do Benfica para lhes atacar a micose e reforçar a verborreia. Lamentavelmente, ainda apanhei com um desses (este, pelo menos, largou o teclado) infelizes dois luares acima do meu, que passou 90 minutos com a merda na boca. 'Este jogador é uma merda', 'este futebol é uma merda', 'esta equipa é uma merda', 'este treinador é uma merda', 'este presidente é uma merda'…e já com 6-1 entalados no bucho ainda redobrou a sua raiva! Saiu a correr (ia a mancar o desgraçado, vá lá saber-se porquê) assim que o pasteleiro mandou os jogadores para as cabines, sempre a barafustar contra o mundo e, ainda com a boca cheia de merda, tremendamente irritado com a exibição do Benfica e a escassez do resultado! Há tipos assim.

Lucas Veríssimo! Assim que o vi tombar no relvado fiquei a pensar se a época não teria acabado para ele. Uma autêntica desgraça hoje confirmada pelos serviços do clube. E nem o facto de, a partir de agora, deixar de contar como mais uma negociata do Jesus e do Vieira, passando ser o melhor central que o Benfica podia desejar, lhe deve proporcionar qualquer tipo de conforto. Quanto ao resultado e ao jogo (agora de 11 contra 11) valeu tanto ou tão pouco como a clara vitória do Benfica sobre o Barcelona. Ou foi fruto do acaso, do demérito do Braga ou do cansaço da equipa. Qualquer bom talibã do teclado sabe disso. 

6-1 e tal, talibãs da internet com uns cornos do tamanho do mundo mas…aquele deplorável Soares Dias é mesmo um fruteiro da pior espécie. A arrogância com que aquele pedaço de merda se dirige aos jogadores do Benfica é absolutamente nojenta.

Curiosidades da liga Palhinha. Só no Tondela-Marítimo a equipa da casa beneficiou de mais grandes penalidades (3) assinaladas a seu favor do que o Benfica (0) nestas 11 jornadas e em toda a época passada (2 em 34 jornadas e quanto a classificação já estava definida).

Agora que o Cebolinha e o Rafa lhes espetaram dois ferros compridos no lombo, recordo que já não falta nada para ver a escumalha que rasgou Jota e Raúl de Tomás de cima abaixo a jurar que ambos eram, afinal, a salvação do Benfica e as últimas bolachas do pacote! E o Vinícios, por exemplo, antes apenas uma negociata do Mendes, ao serviço do PSV já passa por ser um autêntico Rónalde! Tal como o filho da melhor Dolores do mundo (com a inestimável ajuda do melhor Bruno Fernandes em campo), também o bom do brasileiro já transporta os holandeses (neerlandeses para os mais exigentes que eu, além de benfiquista doente, também presumo ser um tipo bem informado) ao colo! E se aprender a recriar a dieta do Rónalde ainda acaba como titular no Manchester!

12 comentários:

  1. À noite, o morcão Rodolfo Reis, disse todo encrespado, que jogar assim na Luz, só de malucos. Ficaram várias ideias por esclarecer: afinal é contra ou a favor do anti-jogo? Afinal, quis elogiar o Benfica ou, dizer que o Braga fez um frete ao Glorioso abrindo as pernas? Seja lá como for, os 6 - 1 que poderiam ter sido mais, fez aumentar os níveis de azia a estes paineleiros que se não cuidam, ainda morrem de gastrite...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na Luz ou com o Benfica? Eu não vi nem vejo, tenho mais que fazer que estar a perder o meu tempo a olhar para uma cagadeira como esse canal.

      Eliminar
  2. O O Nojo, é um mistério como aind existe, traz na sua fronha uma foto do ídolo do momento, o que vai resolver tudo ao kelube e encher os bolsos do seu presidente mailo rebento e outros morcões de nomeada. Cais lebandowsky, benzenas, sala (o do clube que lhes espetou uma manita), etc cais quê o zé é melhor que essa camonada toda carago. Quem o diz é a antiga glória do quelube futebol do puorco de seu nome secretário (faço aqui uma pausa para ler de novo a página e confirmar que li bem antes de limpar o orelhudo a ela e rir mais um pouco). Atão não é que o moce faz golos com os dois pés, cabeça e tudo (sobre se remata com o apêndice do meio ficamos sem saber falha grave do jornaleiro que escrevinhou este pedaço de merda não perguntou a nenhuma profissional do metier que inda por cima é a especialidade do quelube). Ora quem analisou tudo isto, foi uma antiga glória do fêcêpê (quem o afirma é o pasquim) de seu nome secretário que como todos sabem foi um defesa que nunca mais foi cagado até aos dias de hoje, um raro e único procólito este rapazito o cú que o arreou não mais o fez, mistério mantido até aos dias de hoje é a sua contratação pelo Real, tão grande barrete ninguém consegue explicar. O zé dispensava este morcon para difundir os seus méritos, está entalado com publicitários destes tão bons como foram do pontapé. Espero deste modo ansiosamente pelos próximos capítulos com análises a outras estrelas do universo porquista feitas pelas antigas cagalhoadas como o paulinho, que passou ao lado de grande carreira internacional pois o canelas ainda não existia e tinha um problemazito de não saber jogar à bola (problema menor pois o outro até jogou no Real Madrid), andré ferro velho, jaime cagalhães, etc., é trampa demais, não há cú que aguente, só o do peidoso que do seu hábito conseguiu transformar o futebol deste país numa latrina infecta e nauseabunda.


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O secretário não foi aquele moço que se foi abaixo das canelas com a célebre Paula, num famoso estágio da seleçón??

      Eliminar
    2. Das canelas? O rapaz estava era depauparado isso sim e deu bronca na brasileira por só conseguir estar em meias carnes.
      A amarelinha dá-lhes gás mas põe-os a mijar para os pés, mas como ele era "tão bom" jogador ninguém dava pela diferença.

      Eliminar
  3. Alguém me explica a tara do Coluna, o blog dele já mete mais nojo que o talibã do Shadows.

    ResponderEliminar
  4. Grande Guachos. Excelente texto como sempre.
    Aproveito para chamar a atenção ao caldinho que a SIC já anda a preparar contra o Benfica: https://twitter.com/PedroMCoelho/status/1457490544037347329?s=20

    ResponderEliminar
  5. Em vésperas de jogarmos com os verdes a SIC, prepara mais um frete aos verdes... Nós só temos que no dia 3, espetar mais uns pares de bandarilhas nesses porcos jornalistas e nesses porcos paneleiros...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não esquecer que el patron do canal é adepto do zporting, convém estar nas boas graças.

      Eliminar
  6. O Carvalhal deve ser como alguns Benfiquistas. Ainda acredita na MDCSQT. Assim pensou que estávamos em crise profundíssima, e que com uma estratégia arrojada deitaria por terra o edifício já de si em pré-ruina.

    Vamos ser claros. Em Portugal não se comenta futebol. Comentam-se resultados.
    O Benfica fez bem mais para ganhar e mereceu muito mais a vitória nos dois jogos em que não as conseguiu alcançar, do que os nossos adversários nos seus jogos nas mesmas jornadas.

    E para ser mais claro, isto não é verdade porque os clubes do Altis jogassem mal (que até jogaram). É verdade porque nós jogámos bem.

    E se ao primeiro resultado negativo, se à primeira fase menos boa, começamos a por tudo em causa, à boa e velha maneira lagarta, depois não nos podemos admirar de ter a MDCSQT à perna, a inventar conflitos com este, e se não pega afinal é com aquele, e se ainda assim não pegar há-de ser com o outro.

    Pois se gostam de merda, tomem lá merda com fartura.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os clubes do Altis - muito boa!

      A tática do Carvalhal parece-me evidente; ter sempre um ou dois jogadores a mais no meio-campo para controlar e lançar contra-ataques rápidos; serve para os jogos com os grandes mas é muito desgastante para o campeonato. Desta vez, o JJ não deixou criar superioridade e a dinâmica da Equipa fez o resto.

      Quanto à MDCSDQT, em especial o esgoto da manha, enquanto a Direcção não lhes fizer guerra a sério o circo vai continuar.
      FranciscoB

      Eliminar
  7. Começou a novela agora do novo central para o Benfica. Vão ser carradas deles, como estamos em época de natal o "papai noel" não vai ter saco para tanto jogador. O zé luis, esse, vai ter de se pôr na fila noticiosa, até pelo azar de ter sido apadrinhado pela antiga glória porquista, aquele do pirafo falhado na moça do trotoir, à gajos que não têm sorte nenhuma nos padrinhos que arranjam. Ao menos que fosse o chorão do Barça, também conhecido por vitor, esse ao menos ficou conhecido em terras de Espanha por mostrar que era rapazito sensível às frangadas. São uns pandegos estes morcões, e quando acompanhados pela grandiloquência da jornaleira cá do pedaço ainda melhor, é pena que os efeitos sejam zero, só conseguem ser como o pirilau do outro, é só fumaça.

    ResponderEliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não percas tempo...faz-te à vida malandro.