quarta-feira, 24 de novembro de 2021

Mais vale um bandeirinha na mão que dois pontos a voar!

Quando os especialistas e os exigentes (se fossem assim rigorosos nas suas profissões...) me vêm com a conversa fiada que o Benfica fez um mau resultado na Ucrânia (a inenarrável CNN/TBI palermo diz que Kiev fica na Rússia) eu recordo o penalti - que até o Soares a Dias teria dificuldade em ignorar - que bem poderia dar os três pontos ao Benfica. Também me lembro de, em Munique, ver um golo anulado (seria o 0-1) ao Benfica por um putativo fora-de-jogo que só aconteceu na cabeça dos xistras da UEFA. E em Barcelona vimos o bandeirinha...russo, levantar a bandeira (alegando que a bola curvou por fora da linha final) segundos depois de Otamendi marcar aquele que seria o primeiro (grande) golo do Benfica. Não é só na liga Palinha que o Benfica tem sido escandalosamente roubado. Não contem comigo para escamotear que na Europa tem sido um filme semelhante, com óbvios prejuízos para o maior clube português. 

Com azar ou sem azar, com árbitro ou sem árbitro, o Bayern demonstrou nos dois jogos (convém não esquecer que duram 90 minutos) ser melhor que o Benfica. Não custa reconhecê-lo. Com o Barça aconteceram dois jogos equilibrados em que, se no primeiro o SLB teve a sorte do jogo pelo seu lado (aquele golo logo aos dois minutos...) ontem, apesar do equilíbrio, o azar (e a arbitragem) tiraram a noite para marrar com o maior clube português. E assim chegamos à ultima jornada com Benfica e Barcelona (descomunal o tamanho da cornadura dos talibãs da internet e dos especialistas da especialidade) a lutarem pelo segundo lugar, com o Barça a depender apenas de si próprio mas com uma tarefa aparentemente bem mais complicada. Veremos o que a deusa da fortuna deixará no sapatinho no próximo dia 9 de dezembro. Antes há que descascar a B-SAD (sábado) e sapos (no dia 3), tarefas que devem merecer prioridade absoluta.

Deem lá as voltas que quiserem mas em  Barcelona o Benfica fez um enorme resultado. É claro que vai ser fod@ desatar o nó da garganta; golo anulado e golo falhado no último minuto da partida, mas, ainda assim e porque é justo dizê-lo, estão de parabéns jogadores e equipa técnica pela excelente performance que tiveram num dos estados mais emblemáticos da história. O Barcelona, em qualquer circunstância, é sempre um grande do futebol mundial e quaisquer tentativas de menorizar o colosso catalão apenas revelam falta de honestidade intelectual de quem as faz.

Notas do jogo. Louvar a enorme classe de Otamendi (incrível a quantidade de disparates que foram ditos sobre o seu caráter e a sua competência). Weigl idem idem, aspas aspas, tirando o facto de não ter jogado no clube da fruta antes de chegar à Luz para ajudar Jorge Jesus a afundar o Benfica. E a garra de Gilberto, negociata de Vieira e JJ, que nem na segunda liga tinha lugar. É tanto o que se aprende com os talibãs da internet e com os especialistas da especialidade!

Curiosidades. O contorcionismo dos analistas, especialistas da especialidade, que fizeram do Barcelona uma equipa de pixotes - a pior dos últimos trezentos e muitos anos - já estão desde ontem à noite com a crica aos saltos cheios de fé em que os desajeitados espanhóis reduzam (o Bayern de) Munique à mais ínfima expressão futebolística!

Meninos do Seixal. Na Youth League os jovens benfiquistas ofuscaram (0-3) o Bayern em Munique (ultimo classificado com 0 pontos) e discutirão com o Dínamo Kiev o primeiro lugar do grupo. Barcelona (com 4) já conhece o seu (terceiro) lugar definitivo na prova.

Escaparates. O empate em Barcelona, que seria épico conquistado por sapos ou clube da fruta, valeu - para além de ofuscar por completo as buscas ao curral de Contumil e ao peidoso senil - o insipido "Desperdício" no pasquim do Serpa, o "Quase quase" no pasquim (dos sapos) rascord, e um caloroso "Seferovic desperdiça final (in)feliz" no pasquim da fruta. 

No esgoto da manhã cheira mais a dor de corno do que outra coisa qualquer. Acusar o injinheiro macaco e os suspeitos de saberem antecipadamente a hora e os locais onde os farejadores da justiça actuariam, faz-me lembrar o ditado a mãe que aconselha a filha que andava na vida - 'Chama-lhes putas minha filha, chama-lhes putas antes que te chamem a ti'. Ou querem ver que foi o injinheiro burrié e os suspeitos a avisarem o pasquim da cofina, desde cedo na peugada dos investigadores!

Li hoje na imprensa online que o João Rendeiro só pode voltar a Portugal sem ser detido quando tiver quase cem anos. Eu até nem acho nada de especial. Pelas contas feitas (entrega ao município de Gaia 500 € de renda mensal) o clube da fruta levaria 2666 anos para pagar centro do Olival. E nunca vi ninguém muito preocupado com o assunto.

4 comentários:

  1. Só para acentuar o que uma cambada de merdas que se dizem do Benfica e que pululam nos blogues costumeiros disseram aquando da chegada de Otamendi, há um ano atrás.
    Hoje em dia, esses mesmos merdas, escuso-me a referir os nicks, vêm a pedir desculpa, desculpas o caralho!, e idolotram o homem.
    Esses merdas são os mesmos que não aprendem e passam a vida a marrar com qualquer jogador do clube a quem aqui e ali as coisas não corram bem. Não passam de facto duns merdas!

    ResponderEliminar
  2. Na Champions League e Youth League, em 4 jogos, as equipas do Benfica marcaram 10 (dez!) golos ás do Barça e o Barça marcou 0 (zero!) golos ao Benfica! Isto é brutal! E não vejo o merecido destaque em lado nenhum. Se isto fosse ao contrário ... Ou com outra equipa portuguesa ...

    ResponderEliminar
  3. A-Com muita sorte chegamos ao fim da fase de grupos a discutir com o Dinamo o acesso ao playoff de acesso à Liga Europa.
    B-Com um bocado de azar chegámos ao final da fase de grupos a discutir o apuramento para os oitavos da Champions com o Barcelona.

    A-O apuramento para a champions é o mínimo que se pode exigir.
    B-O que se podia esperar já foi atingido, e tudo o que vier a mais é excelente.

    A-Realidade virtual dos taliban da internet, e a sua adaptatividade aos factos reais de forma a que possam dizer que o Benfica nunca atinje o sucesso.
    B-O mundo em que nós vivemos.

    O taliban da internet, é aquele gajo que se dá ao trabalho de telefonar ao desgraçado que colou um panfleto na montra do café lá do bairro a anunciar que dá aulas de guitarra, para lhe dizer "mete as aulas de guitarra no cú, seu cabrão, que eu estava a precisar era de aulas de trombone!!!".

    ResponderEliminar
  4. A CS critica o Jorge Jesus porque não conseguiu fazer o que nunca ninguém conseguiu fazer, que é ultrapassar na classificação, um rival que usufruiu de mais 15 penaltis (FCP)! Para piorar ainda, não foi só uma evidente desvantagem arbitral comparativamente a um rival, pois teve outro rival que jogou com uma vantagem de 14 penaltis (Sporting). Quem já venceu nestas circunstâncias tão adversas? Guardiola ou Klopp mesmo com os seus super-plantéis a competir na Liga Fontelas Gomes, conseguiriam marcar golos suficientes para anular completamente desvantagens de 15 e 14 penaltis?

    Se retirares o efeito dos penaltis, facilmente vais ver, que no depende do Jorge Jesus, o Benfica apresenta um saldo positivo de 65 golos, o FCP de 54 golos e o Sporting de 47 golos. Vês que Jorge Jesus conseguiu comandar uma equipa que só por si seria capaz de ter uma vantagem de 11 golos sobre o FCP e 18 sobre o Sporting em 45 jogos. E olhe estamos a falar de um Benfica que a imprensa nos quer fazer crer que está mergulhado numa crise profunda, com os adeptos divididos, que não lutam em defesa dos interesses do clube, ao ponto de ter sido na época 2020/21, a 116ª e última do ranking de penaltis dos 116 clubes que disputaram as 6 principais Ligas de Futebol na Europa.

    Veja o link: https://influenciaarbitral.blogspot.com/2021/11/belenenses-sad-vs-benfica-qual-sera.html

    ResponderEliminar

Se pertenceres aos adoradores do putedo e da corrupção não percas tempo...faz-te à vida malandro.